SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 8   recursos, níveis e ambiente organizacional
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Recursos organizacionais

    Os recursos organizacionais abrangem os meios
     que as empresas possuem para realizar suas
     tarefas e atingir os objetivos.
    Classificação dos recursos:
      –  Materiais e físicos: necessários para as
         operações básicas da empresa.
      –  Financeiros: permitem a aquisição dos outros
         recursos.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Recursos organizacionais

  –    Humanos: trazem para a empresa habilidades,
       conhecimentos,      atitudes,    comportamentos,
       percepções, etc.
  –    Mercadológicos: meios pelos quais a empresa
       localiza, entra em contato e influencia clientes e
       usuários.
  –    Administrativos: meios com os quais as
       atividades     empresariais    são    planejadas,
       organizadas dirigidas e controladas.
Aula 8   recursos, níveis e ambiente organizacional
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Níveis organizacionais

    As empresas possuem três diferentes partes ou
     níveis hierárquicos:

    Institucional
     –    Envolve o nível estratégico da empresa;
     –    Análise global da empresa (objetivos e estratégias
          globais);
     –    Busca um nível de otimização nas relações entre a
          empresa e seu ambiente;
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Níveis organizacionais

     –    Elaboração do planejamento estratégico e políticas
          institucionais.
    Intermediário
     –    Envolve o nível intermediário da empresa (média
          gerência);
     –    Amplitude departamental (objetivos e estratégias
          departamentais);
     –    Articulação interna entre os dois níveis;
     –    Elaboração e implementação dos planos táticos.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Níveis organizacionais

    Operacional
     –  Envolve o nível operacional da empresa;
     –  Responsável pelo desdobramento do plano tático
        de cada departamento em planos operacionais
        para cada tarefa;
     –  Relacionado à execução cotidiana e racional das
        tarefas básicas da organização;
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Níveis organizacionais

  –    Formaliza os planos de ação (recursos
       necessários, procedimentos básicos, produtos/
       resultados     finais   esperados,     prazos
       estabelecidos, responsáveis pela aprovação e
       execução).
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Ambiente Organizacional

    O ambiente representa tudo aquilo que está
     situado fora da Organização.

    É do ambiente que as empresas obtêm os
     recursos e informações necessários para
     subsistência e funcionamento, e é no ambiente
     que colocam os resultados de suas operações.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

Ambiente Organizacional

    Na medida que o ambiente sofre mudanças, a
     Organização é influenciada por essas mudanças.
     E alterações internas na Organização também
     podem provocar mudanças no ambiente.

    Para melhor compreender o ambiente de uma
     Organização, pode-se decompô-lo em dois
     segmentos:
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores tecnológicos: envolve custos e
     disponibilidades de todos os fatores produtivos
     utilizados nas empresas e as mudanças
     tecnológicas que envolvem e afetam esses
     fatores de produção, bem como novos produtos
     ou serviços que poderão substituir os atuais
     produtos ou serviços oferecidos.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores     políticos:  envolve     decisões
     governamentais no nível federal, estadual e
     municipal capazes de afetar as atividades e
     operações da empresa.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Os governos podem ser grandes compradores de
     bens e de serviços, subsidiar empresas e
     indústrias que os ajudam a sobreviver e
     prosperar, proteger as empresas locais da
     concorrência estrangeira e sobretudo ver nas
     empresas as oportunidades de emprego
     indispensáveis para a sobrevivência e o bem-
     estar dos cidadãos.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores econômicos: como o estágio da economia
     (em depressão, recessão, recuperação ou
     prosperidade), a tendência nos preços de bens e
     serviços (inflação ou deflação), políticas monetárias,
     políticas fiscais, balança de pagamentos etc.
    Cada uma dessas facetas da economia pode
     facilitar ou dificultar o alcance dos objetivos da
     empresa e o sucesso ou fracasso de sua estratégia.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores legais: as legislações federal, estadual e
     municipal vêm afetando cada vez mais as
     operações e atividades das empresas.
    A legislação sobre assuntos como:
      –  salários e controles de preços;
      –  higiene e segurança do trabalho;
      –  concessão de crédito direto ao consumidor;
      –  construção de edifícios;
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

     –    condições de trabalho;
     –    faturamento;
     –    estocagem e depósito de matérias-primas e de
          produtos acabados, e uma infinidade de outros
          aspectos tornam a atividade empresarial sujeita
          a limitações e restrições legais.
             Muitas   vezes, a estratégia empresarial
              esbarra em certos impedimentos legais.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores sociais: Os valores sociais e as atitudes das
     pessoas - como clientes ou empregados - podem
     afetar a estratégia empresarial.
    A qualidade desejada de vida, os padrões de conforto,
     as preferências de lazer, os costumes referentes a
     vestuário, passeios, interesses etc. influenciam os
     produtos e serviços desejados pela sociedade em
     geral, bem como sua qualidade, preço, importância
     etc.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente geral ou macroambiente

    Fatores demográficos - como a densidade
     populacional e distribuição geográfica da
     população, distribuição por idade, sexo, raça etc.,
     definem a maneira pela qual os clientes estão
     distribuídos no mercado.
    Fatores ecológicos: envolvendo aspectos do
     ambiente físico e natural, bem como políticas
     governamentais a respeito.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    Consumidores ou usuários dos produtos ou
     serviços da empresa, isto é, os clientes da
     empresa.
    É o chamado mercado (de consumidores,
     usuários ou clientes) e que pode absorver todos
     os resultados ou saídas da atividade empresarial.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    Tanto o mercado atual como o potencial precisam
     ser   abordados     para  a    verificação    de
     oportunidades e ameaças, a curto, médio ou
     longo prazo.
    As     necessidades     e   preferências     dos
     consumidores são aspectos que não podem ser
     ignorados pela empresa.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    A pergunta básica é:
      –  quais são os consumidores atuais e potenciais
         dos produtos ou serviços da empresa?
      –  Quais são suas necessidades e preferências?
      –  Quais outras alternativas para melhor atendê-
         los?
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    Fornecedores de recursos isto é, as empresas
     que proporcionam as entradas e os recursos
     necessários para as operações e atividades da
     empresa.
      –  Em outros termos, as demais empresas com às
         quais a empresa mantém relações de
         dependência.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

     –    Existem fornecedores de:
             capital e de dinheiro (mercado de capitais
              envolvendo     acionistas,  investidores  e
              particulares, bancos, entidades financeiras
              etc.);
             materiais e matérias primas (mercado de
              fornecedores que proporcionam os insumos
              materiais básicos para a empresa);
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

          equipamentos;
          tecnologia;
          mão-de-obra;
          espaço   a ser alugado, comprado ou
         arrendado, de serviços (como propaganda,
         assistência médico-hospitalar, recrutamento e
         seleção, limpeza e faxina, segurança e
         vigilância bancária e industrial etc.).
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa
     –    Muitas empresas procuram a integração vertical
          fabricando todos os subprodutos e componentes
          necessários para a produção de seus produtos ou
          serviços, a fim de diminuir sua dependência externa
          em relação a fornecedores, reduzir custos e melhor
          aproveitar recursos disponíveis;
     –    Outras procuram delegar a outras empresas
          fornecedoras uma parcela de suas atividades
          (terceirização), a fim de se concentrar e especializar
          nas operações essenciais para aumentar sua
          eficiência.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

     –    São duas estratégias opostas:

             A primeira reduz a dependência externa,
             mas provoca problemas de complexidade
             dentro da empresa que passa a lidar
             internamente com uma variedade de
             assuntos heterogêneos;
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa
         A segunda aumenta a dependência externa em
          relação às demais empresas fornecedoras,
          mas alivia internamente a empresa de uma
          enorme variedade de problemas, permitindo-
          lhe concentrar-se em problemas que ela não
          pode delegar nem abrir mão para terceiros.
         No primeiro caso há uma resposta empresarial
          a ameaças externas e, no segundo, a
          oportunidades externas.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

  Ambiente Tarefa
  Concorrentes (quanto a saídas ou entradas) da
   empresa. Podem disputar clientes, consumidores
   ou usuários, como é o caso de empresas que
   produzem os mesmos produtos ou serviços que são
   colocados no mesmo mercado consumidor.
     –    Podem disputar também os recursos necessários,
          como é o caso de empresas que precisam das
          mesmas entradas, como: dinheiro, materiais e
          matérias-primas, máquinas e equipamentos,
          tecnologia, recursos humanos, serviços etc.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    A concorrência quanto a saídas ou entradas
     provoca alterações no mecanismo de oferta e
     procura do mercado, interferindo:
      –  nas disponibilidades;
      –  nos preços;
      –  na qualidade e na relativa facilidade ou
         dificuldade    na    obtenção   dos   recursos
         indispensáveis às operações da empresa.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    A concorrência afeta a dinâmica do ambiente,
     provocando turbulência e reatividade ambiental.

    Agências regulamentadoras como:
     –  entidades governamentais;
     –  sindicatos;
     –  associações de classe;
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

     –    opinião pública etc., que interferem nas
          atividades e operações da empresa, quase
          sempre para vigiá-las, controlá-las e provocar
          restrições e limitações, reduzindo o grau de
          liberdade no processo de tomada de decisões da
          empresa.
Organização: uma visão sistêmica e
contingencial

    Ambiente Tarefa

    Em casos de hostilidade neste setor do ambiente
     de tarefa, a empresa precisa adotar estratégias
     bem planejadas e implementadas para reduzir ou
     neutralizar as coações e ameaças externas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valoresAula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valores
Kesia Rozzett Oliveira
 
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Gustavo Zimmermann
 
Introdução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da AdministraçãoIntrodução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da Administração
Rubens Vinicius Conte
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Luis Cunha
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Alexandre Conte
 
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3   teoria do desenvolvimento organizacionalAula 3   teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Niloar Bissani
 
Clima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power PointClima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power Point
Sandraguimaraes
 
Os 4P's do Marketing
Os 4P's do MarketingOs 4P's do Marketing
Os 4P's do Marketing
Jéssica Carneiro
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento Organizacional
Rui Loureiro
 
Aula cargos e salários
Aula cargos e saláriosAula cargos e salários
Aula cargos e salários
Valéria Fratini
 
Experiência de hawthorne
Experiência de hawthorneExperiência de hawthorne
Experiência de hawthorne
eduazzolin
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Prof. Leonardo Rocha
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
Sabrina Suellen
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
Denis Carlos Sodré
 
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e SeleçãoGerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
Ricardo Brandão Broker
 
Teoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministraçãoTeoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministração
carlossono
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
Michael Silva
 
A teoria de sistemas
A teoria de sistemasA teoria de sistemas
A teoria de sistemas
Tiago Maboni Derlan
 
Teoria da contingência 2012_01
Teoria da contingência 2012_01Teoria da contingência 2012_01
Teoria da contingência 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Clima Organizacional
Clima OrganizacionalClima Organizacional
Clima Organizacional
Dayane Menezes
 

Mais procurados (20)

Aula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valoresAula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valores
 
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
 
Introdução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da AdministraçãoIntrodução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da Administração
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
 
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3   teoria do desenvolvimento organizacionalAula 3   teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
 
Clima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power PointClima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power Point
 
Os 4P's do Marketing
Os 4P's do MarketingOs 4P's do Marketing
Os 4P's do Marketing
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento Organizacional
 
Aula cargos e salários
Aula cargos e saláriosAula cargos e salários
Aula cargos e salários
 
Experiência de hawthorne
Experiência de hawthorneExperiência de hawthorne
Experiência de hawthorne
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e SeleçãoGerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
 
Teoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministraçãoTeoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministração
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
A teoria de sistemas
A teoria de sistemasA teoria de sistemas
A teoria de sistemas
 
Teoria da contingência 2012_01
Teoria da contingência 2012_01Teoria da contingência 2012_01
Teoria da contingência 2012_01
 
Clima Organizacional
Clima OrganizacionalClima Organizacional
Clima Organizacional
 

Destaque

Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como SistemasMapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
Bruno Mazzali
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Correios
 
Palestra Marketing de Servicos e Logistica
Palestra Marketing de Servicos e LogisticaPalestra Marketing de Servicos e Logistica
Palestra Marketing de Servicos e Logistica
Wagner Gonsalez
 
Tipologias de Empresas
Tipologias de EmpresasTipologias de Empresas
Tipologias de Empresas
Ines Soares
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
Correios
 
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de DecisõesPalestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
Lauro Jorge Prado
 
Análise do Macroambiente - Grupo 5
Análise do Macroambiente - Grupo 5Análise do Macroambiente - Grupo 5
Análise do Macroambiente - Grupo 5
fernandajmiranda
 
Millor Fernandes - Orgasmo Trifásico!
Millor Fernandes -  Orgasmo Trifásico!Millor Fernandes -  Orgasmo Trifásico!
Millor Fernandes - Orgasmo Trifásico!
Aristides Monteiro
 
Introdução a administração
Introdução a administraçãoIntrodução a administração
Introdução a administração
Davi Amaral
 
Introdução a administração
Introdução a administração Introdução a administração
Introdução a administração
Lucas Caitité
 
Análise SWOT - Faturamento Direto
Análise SWOT - Faturamento DiretoAnálise SWOT - Faturamento Direto
Análise SWOT - Faturamento Direto
Concept Netservices
 
Técnica swot
Técnica swotTécnica swot
Aula 11 capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
Aula 11   capítulo 7 - delegação, centralização e descentralizaçãoAula 11   capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
Aula 11 capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
Correios
 
Barreiras Interpessoais à tomada de decisões
Barreiras Interpessoais à tomada de decisõesBarreiras Interpessoais à tomada de decisões
Barreiras Interpessoais à tomada de decisões
m4rkSpinelli
 
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
Aula 3  Adm. RH - RecrutamentoAula 3  Adm. RH - Recrutamento
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
Angelo Peres
 
50 ANOS DA PLAYBOY
50 ANOS DA PLAYBOY50 ANOS DA PLAYBOY
50 ANOS DA PLAYBOY
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Gestão em Design - Organização - 02
Gestão em Design - Organização - 02Gestão em Design - Organização - 02
Gestão em Design - Organização - 02
Prof.Valdir Soares
 
Aula 12 capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
Aula 12   capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicosAula 12   capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
Aula 12 capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
Correios
 
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionaisAula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Correios
 
Pasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
Pasta Penne al Oleo by Chef PedrouzoPasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
Pasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
jpedrouzo27
 

Destaque (20)

Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como SistemasMapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
Mapa de Sistema - Entendendo as Organizações como Sistemas
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
 
Palestra Marketing de Servicos e Logistica
Palestra Marketing de Servicos e LogisticaPalestra Marketing de Servicos e Logistica
Palestra Marketing de Servicos e Logistica
 
Tipologias de Empresas
Tipologias de EmpresasTipologias de Empresas
Tipologias de Empresas
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de DecisõesPalestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
Palestra Utilização de Cenários na Tomada de Decisões
 
Análise do Macroambiente - Grupo 5
Análise do Macroambiente - Grupo 5Análise do Macroambiente - Grupo 5
Análise do Macroambiente - Grupo 5
 
Millor Fernandes - Orgasmo Trifásico!
Millor Fernandes -  Orgasmo Trifásico!Millor Fernandes -  Orgasmo Trifásico!
Millor Fernandes - Orgasmo Trifásico!
 
Introdução a administração
Introdução a administraçãoIntrodução a administração
Introdução a administração
 
Introdução a administração
Introdução a administração Introdução a administração
Introdução a administração
 
Análise SWOT - Faturamento Direto
Análise SWOT - Faturamento DiretoAnálise SWOT - Faturamento Direto
Análise SWOT - Faturamento Direto
 
Técnica swot
Técnica swotTécnica swot
Técnica swot
 
Aula 11 capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
Aula 11   capítulo 7 - delegação, centralização e descentralizaçãoAula 11   capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
Aula 11 capítulo 7 - delegação, centralização e descentralização
 
Barreiras Interpessoais à tomada de decisões
Barreiras Interpessoais à tomada de decisõesBarreiras Interpessoais à tomada de decisões
Barreiras Interpessoais à tomada de decisões
 
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
Aula 3  Adm. RH - RecrutamentoAula 3  Adm. RH - Recrutamento
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
 
50 ANOS DA PLAYBOY
50 ANOS DA PLAYBOY50 ANOS DA PLAYBOY
50 ANOS DA PLAYBOY
 
Gestão em Design - Organização - 02
Gestão em Design - Organização - 02Gestão em Design - Organização - 02
Gestão em Design - Organização - 02
 
Aula 12 capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
Aula 12   capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicosAula 12   capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
Aula 12 capítulo 8 - amplitude de controle e níveis hierárquicos
 
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionaisAula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
 
Pasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
Pasta Penne al Oleo by Chef PedrouzoPasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
Pasta Penne al Oleo by Chef Pedrouzo
 

Semelhante a Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional

Aula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresasAula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresas
Homero Alves de Lima
 
Livro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresaLivro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresa
Homero Alves de Lima
 
Aula 4 sig - tomada de decisão - áreas funcionais
Aula 4   sig - tomada de decisão - áreas funcionaisAula 4   sig - tomada de decisão - áreas funcionais
Aula 4 sig - tomada de decisão - áreas funcionais
Correios
 
Ambiente Organizacoes
Ambiente OrganizacoesAmbiente Organizacoes
Ambiente Organizacoes
Unipinhal
 
Fundamentos de gestão empresarial cap5
Fundamentos de gestão empresarial cap5Fundamentos de gestão empresarial cap5
Fundamentos de gestão empresarial cap5
Professor Sérgio Duarte
 
Apresentação planejamento estratégico para si
Apresentação planejamento estratégico para siApresentação planejamento estratégico para si
Apresentação planejamento estratégico para si
Mozart Dornelles Claret
 
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de InformaçãoApresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
Mozart Dornelles Claret
 
Gestão Empresarial
Gestão EmpresarialGestão Empresarial
Gestão Empresarial
Sérgio Tessmann da Rocha
 
Aula macro ambiente e código de ética
Aula macro ambiente e código de éticaAula macro ambiente e código de ética
Aula macro ambiente e código de ética
PROF. SHASTIN
 
Adm fin orç aula 02
Adm fin orç aula 02Adm fin orç aula 02
Adm fin orç aula 02
Cristiano Ferreira Cesarino
 
Fsi 03 - capitulo 02
Fsi  03 -  capitulo 02Fsi  03 -  capitulo 02
Fsi 03 - capitulo 02
Caroline Raquel Rodrigues
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
PedroLuis216164
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
PedroLuis216164
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
PedroLuis216164
 
12297556 organizacoes e_o_ambiente
12297556 organizacoes e_o_ambiente12297556 organizacoes e_o_ambiente
12297556 organizacoes e_o_ambiente
Pelo Siro
 
Apostila sga
Apostila   sgaApostila   sga
Apostila sga
Rodrigo Ricardo
 
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
Elvio M. de Carvalho
 
Analise do Ambiente
Analise do AmbienteAnalise do Ambiente
Analise do Ambiente
neodo
 
AMBIENTE DA CONTROLADORIA
AMBIENTE DA CONTROLADORIAAMBIENTE DA CONTROLADORIA
AMBIENTE DA CONTROLADORIA
Aline Maia
 
Conceito de ambiente erika (1)
Conceito de ambiente erika (1)Conceito de ambiente erika (1)
Conceito de ambiente erika (1)
Diego Almeida
 

Semelhante a Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional (20)

Aula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresasAula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresas
 
Livro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresaLivro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresa
 
Aula 4 sig - tomada de decisão - áreas funcionais
Aula 4   sig - tomada de decisão - áreas funcionaisAula 4   sig - tomada de decisão - áreas funcionais
Aula 4 sig - tomada de decisão - áreas funcionais
 
Ambiente Organizacoes
Ambiente OrganizacoesAmbiente Organizacoes
Ambiente Organizacoes
 
Fundamentos de gestão empresarial cap5
Fundamentos de gestão empresarial cap5Fundamentos de gestão empresarial cap5
Fundamentos de gestão empresarial cap5
 
Apresentação planejamento estratégico para si
Apresentação planejamento estratégico para siApresentação planejamento estratégico para si
Apresentação planejamento estratégico para si
 
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de InformaçãoApresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
Apresentação planejamento estratégico para Sistemas de Informação
 
Gestão Empresarial
Gestão EmpresarialGestão Empresarial
Gestão Empresarial
 
Aula macro ambiente e código de ética
Aula macro ambiente e código de éticaAula macro ambiente e código de ética
Aula macro ambiente e código de ética
 
Adm fin orç aula 02
Adm fin orç aula 02Adm fin orç aula 02
Adm fin orç aula 02
 
Fsi 03 - capitulo 02
Fsi  03 -  capitulo 02Fsi  03 -  capitulo 02
Fsi 03 - capitulo 02
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
 
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdfaula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
aula-03-contexto-organizacional-o-ambiente-das-empresas.pdf
 
12297556 organizacoes e_o_ambiente
12297556 organizacoes e_o_ambiente12297556 organizacoes e_o_ambiente
12297556 organizacoes e_o_ambiente
 
Apostila sga
Apostila   sgaApostila   sga
Apostila sga
 
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
Trabalho processos gerenciais-wpsg[1]
 
Analise do Ambiente
Analise do AmbienteAnalise do Ambiente
Analise do Ambiente
 
AMBIENTE DA CONTROLADORIA
AMBIENTE DA CONTROLADORIAAMBIENTE DA CONTROLADORIA
AMBIENTE DA CONTROLADORIA
 
Conceito de ambiente erika (1)
Conceito de ambiente erika (1)Conceito de ambiente erika (1)
Conceito de ambiente erika (1)
 

Mais de Correios

Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Correios
 
Aula 6 departamentalização
Aula 6   departamentalizaçãoAula 6   departamentalização
Aula 6 departamentalização
Correios
 
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e MExercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
Correios
 
Aula 3 estratégia da produção
Aula 3   estratégia da produçãoAula 3   estratégia da produção
Aula 3 estratégia da produção
Correios
 
Aula 2 papel estratégico e objetivos da produção
Aula 2   papel estratégico e objetivos da produçãoAula 2   papel estratégico e objetivos da produção
Aula 2 papel estratégico e objetivos da produção
Correios
 
Aula 1 Administração da Produção - definições básicas
Aula 1   Administração da Produção - definições básicasAula 1   Administração da Produção - definições básicas
Aula 1 Administração da Produção - definições básicas
Correios
 
Teoria Geral dos Sistemas
Teoria Geral dos SistemasTeoria Geral dos Sistemas
Teoria Geral dos Sistemas
Correios
 
Sistemas administrativos
Sistemas administrativosSistemas administrativos
Sistemas administrativos
Correios
 
Conceitos básicos e o profissional de o,s e m
Conceitos básicos e o profissional de o,s e mConceitos básicos e o profissional de o,s e m
Conceitos básicos e o profissional de o,s e m
Correios
 

Mais de Correios (9)

Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
 
Aula 6 departamentalização
Aula 6   departamentalizaçãoAula 6   departamentalização
Aula 6 departamentalização
 
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e MExercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
Exercício Atendimento Ao Cliente - O, S e M
 
Aula 3 estratégia da produção
Aula 3   estratégia da produçãoAula 3   estratégia da produção
Aula 3 estratégia da produção
 
Aula 2 papel estratégico e objetivos da produção
Aula 2   papel estratégico e objetivos da produçãoAula 2   papel estratégico e objetivos da produção
Aula 2 papel estratégico e objetivos da produção
 
Aula 1 Administração da Produção - definições básicas
Aula 1   Administração da Produção - definições básicasAula 1   Administração da Produção - definições básicas
Aula 1 Administração da Produção - definições básicas
 
Teoria Geral dos Sistemas
Teoria Geral dos SistemasTeoria Geral dos Sistemas
Teoria Geral dos Sistemas
 
Sistemas administrativos
Sistemas administrativosSistemas administrativos
Sistemas administrativos
 
Conceitos básicos e o profissional de o,s e m
Conceitos básicos e o profissional de o,s e mConceitos básicos e o profissional de o,s e m
Conceitos básicos e o profissional de o,s e m
 

Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional

  • 2. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Recursos organizacionais   Os recursos organizacionais abrangem os meios que as empresas possuem para realizar suas tarefas e atingir os objetivos.   Classificação dos recursos: –  Materiais e físicos: necessários para as operações básicas da empresa. –  Financeiros: permitem a aquisição dos outros recursos.
  • 3. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Recursos organizacionais –  Humanos: trazem para a empresa habilidades, conhecimentos, atitudes, comportamentos, percepções, etc. –  Mercadológicos: meios pelos quais a empresa localiza, entra em contato e influencia clientes e usuários. –  Administrativos: meios com os quais as atividades empresariais são planejadas, organizadas dirigidas e controladas.
  • 5. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Níveis organizacionais   As empresas possuem três diferentes partes ou níveis hierárquicos:   Institucional –  Envolve o nível estratégico da empresa; –  Análise global da empresa (objetivos e estratégias globais); –  Busca um nível de otimização nas relações entre a empresa e seu ambiente;
  • 6. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Níveis organizacionais –  Elaboração do planejamento estratégico e políticas institucionais.   Intermediário –  Envolve o nível intermediário da empresa (média gerência); –  Amplitude departamental (objetivos e estratégias departamentais); –  Articulação interna entre os dois níveis; –  Elaboração e implementação dos planos táticos.
  • 7. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Níveis organizacionais   Operacional –  Envolve o nível operacional da empresa; –  Responsável pelo desdobramento do plano tático de cada departamento em planos operacionais para cada tarefa; –  Relacionado à execução cotidiana e racional das tarefas básicas da organização;
  • 8. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Níveis organizacionais –  Formaliza os planos de ação (recursos necessários, procedimentos básicos, produtos/ resultados finais esperados, prazos estabelecidos, responsáveis pela aprovação e execução).
  • 9. Organização: uma visão sistêmica e contingencial
  • 10. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Ambiente Organizacional   O ambiente representa tudo aquilo que está situado fora da Organização.   É do ambiente que as empresas obtêm os recursos e informações necessários para subsistência e funcionamento, e é no ambiente que colocam os resultados de suas operações.
  • 11. Organização: uma visão sistêmica e contingencial Ambiente Organizacional   Na medida que o ambiente sofre mudanças, a Organização é influenciada por essas mudanças. E alterações internas na Organização também podem provocar mudanças no ambiente.   Para melhor compreender o ambiente de uma Organização, pode-se decompô-lo em dois segmentos:
  • 12. Organização: uma visão sistêmica e contingencial
  • 13. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores tecnológicos: envolve custos e disponibilidades de todos os fatores produtivos utilizados nas empresas e as mudanças tecnológicas que envolvem e afetam esses fatores de produção, bem como novos produtos ou serviços que poderão substituir os atuais produtos ou serviços oferecidos.
  • 14. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores políticos: envolve decisões governamentais no nível federal, estadual e municipal capazes de afetar as atividades e operações da empresa.
  • 15. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Os governos podem ser grandes compradores de bens e de serviços, subsidiar empresas e indústrias que os ajudam a sobreviver e prosperar, proteger as empresas locais da concorrência estrangeira e sobretudo ver nas empresas as oportunidades de emprego indispensáveis para a sobrevivência e o bem- estar dos cidadãos.
  • 16. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores econômicos: como o estágio da economia (em depressão, recessão, recuperação ou prosperidade), a tendência nos preços de bens e serviços (inflação ou deflação), políticas monetárias, políticas fiscais, balança de pagamentos etc.   Cada uma dessas facetas da economia pode facilitar ou dificultar o alcance dos objetivos da empresa e o sucesso ou fracasso de sua estratégia.
  • 17. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores legais: as legislações federal, estadual e municipal vêm afetando cada vez mais as operações e atividades das empresas.   A legislação sobre assuntos como: –  salários e controles de preços; –  higiene e segurança do trabalho; –  concessão de crédito direto ao consumidor; –  construção de edifícios;
  • 18. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente –  condições de trabalho; –  faturamento; –  estocagem e depósito de matérias-primas e de produtos acabados, e uma infinidade de outros aspectos tornam a atividade empresarial sujeita a limitações e restrições legais.   Muitas vezes, a estratégia empresarial esbarra em certos impedimentos legais.
  • 19. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores sociais: Os valores sociais e as atitudes das pessoas - como clientes ou empregados - podem afetar a estratégia empresarial.   A qualidade desejada de vida, os padrões de conforto, as preferências de lazer, os costumes referentes a vestuário, passeios, interesses etc. influenciam os produtos e serviços desejados pela sociedade em geral, bem como sua qualidade, preço, importância etc.
  • 20. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente geral ou macroambiente   Fatores demográficos - como a densidade populacional e distribuição geográfica da população, distribuição por idade, sexo, raça etc., definem a maneira pela qual os clientes estão distribuídos no mercado.   Fatores ecológicos: envolvendo aspectos do ambiente físico e natural, bem como políticas governamentais a respeito.
  • 21. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   Consumidores ou usuários dos produtos ou serviços da empresa, isto é, os clientes da empresa.   É o chamado mercado (de consumidores, usuários ou clientes) e que pode absorver todos os resultados ou saídas da atividade empresarial.
  • 22. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   Tanto o mercado atual como o potencial precisam ser abordados para a verificação de oportunidades e ameaças, a curto, médio ou longo prazo.   As necessidades e preferências dos consumidores são aspectos que não podem ser ignorados pela empresa.
  • 23. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   A pergunta básica é: –  quais são os consumidores atuais e potenciais dos produtos ou serviços da empresa? –  Quais são suas necessidades e preferências? –  Quais outras alternativas para melhor atendê- los?
  • 24. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   Fornecedores de recursos isto é, as empresas que proporcionam as entradas e os recursos necessários para as operações e atividades da empresa. –  Em outros termos, as demais empresas com às quais a empresa mantém relações de dependência.
  • 25. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa –  Existem fornecedores de:   capital e de dinheiro (mercado de capitais envolvendo acionistas, investidores e particulares, bancos, entidades financeiras etc.);   materiais e matérias primas (mercado de fornecedores que proporcionam os insumos materiais básicos para a empresa);
  • 26. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   equipamentos;   tecnologia;   mão-de-obra;   espaço a ser alugado, comprado ou arrendado, de serviços (como propaganda, assistência médico-hospitalar, recrutamento e seleção, limpeza e faxina, segurança e vigilância bancária e industrial etc.).
  • 27. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa –  Muitas empresas procuram a integração vertical fabricando todos os subprodutos e componentes necessários para a produção de seus produtos ou serviços, a fim de diminuir sua dependência externa em relação a fornecedores, reduzir custos e melhor aproveitar recursos disponíveis; –  Outras procuram delegar a outras empresas fornecedoras uma parcela de suas atividades (terceirização), a fim de se concentrar e especializar nas operações essenciais para aumentar sua eficiência.
  • 28. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa –  São duas estratégias opostas:   A primeira reduz a dependência externa, mas provoca problemas de complexidade dentro da empresa que passa a lidar internamente com uma variedade de assuntos heterogêneos;
  • 29. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   A segunda aumenta a dependência externa em relação às demais empresas fornecedoras, mas alivia internamente a empresa de uma enorme variedade de problemas, permitindo- lhe concentrar-se em problemas que ela não pode delegar nem abrir mão para terceiros.   No primeiro caso há uma resposta empresarial a ameaças externas e, no segundo, a oportunidades externas.
  • 30. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   Concorrentes (quanto a saídas ou entradas) da empresa. Podem disputar clientes, consumidores ou usuários, como é o caso de empresas que produzem os mesmos produtos ou serviços que são colocados no mesmo mercado consumidor. –  Podem disputar também os recursos necessários, como é o caso de empresas que precisam das mesmas entradas, como: dinheiro, materiais e matérias-primas, máquinas e equipamentos, tecnologia, recursos humanos, serviços etc.
  • 31. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   A concorrência quanto a saídas ou entradas provoca alterações no mecanismo de oferta e procura do mercado, interferindo: –  nas disponibilidades; –  nos preços; –  na qualidade e na relativa facilidade ou dificuldade na obtenção dos recursos indispensáveis às operações da empresa.
  • 32. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   A concorrência afeta a dinâmica do ambiente, provocando turbulência e reatividade ambiental.   Agências regulamentadoras como: –  entidades governamentais; –  sindicatos; –  associações de classe;
  • 33. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa –  opinião pública etc., que interferem nas atividades e operações da empresa, quase sempre para vigiá-las, controlá-las e provocar restrições e limitações, reduzindo o grau de liberdade no processo de tomada de decisões da empresa.
  • 34. Organização: uma visão sistêmica e contingencial   Ambiente Tarefa   Em casos de hostilidade neste setor do ambiente de tarefa, a empresa precisa adotar estratégias bem planejadas e implementadas para reduzir ou neutralizar as coações e ameaças externas.