SlideShare uma empresa Scribd logo
Práticas Administrativas
a) Definições de Pessoa Física e Pessoa Jurídica;
b) Funções essenciais das empresas;
c) Tipos de empresas constituídas no Brasil;
d) Princípios das Práticas Administrativas;
Pessoa Física x Pessoa Jurídica
 Pessoa Física é a pessoa natural, isto é, todo indivíduo

(homem ou mulher), desde o nascimento até a morte.
 Pessoa Jurídica consiste num conjunto de pessoas ou

bens, dotado de personalidade jurídica própria e
constituida na forma da lei.
Classificação da Pessoa Jurídica
 Pessoa Jurídica de Direito Público Interno

Entes Diretos: União, Estados, DF e Municípios.
Entes Indiretos: Autarquias e Fundações Públicas.
 Pessoa Jurídica de Direito Público Externo

Estados estrangeiros, ONU, OEA, União Européia, MERCOSUL.
 Pessoa Jurídica de Direito Privado

Associações, Sociedades, Fundações, Organizações religiosas,
Partidos políticos e Empresas.
Conceito de Empresa
 “Uma empresa é uma associação de pessoas para a
exploração de um negócio que produz e/ou oferece bens
e serviços, com vistas, em geral, à obtenção de lucros.”
(Crepaldi, 1998)
 “Uma empresa é uma entidade jurídica que tem como

obrigação apresentar lucro, e este deve ser suficiente para
permitir sua expansão e o atendimento das necessidades
sociais.”
(Cassarro, 1999)
Classificação da Empresas
 Por Setor

Comercial
Industrial
Rural
Prestação de Serviços;
 Pela Forma Jurídica

Sociedade em Nome Coletivo
Sociedade em Comandita Simples
Sociedade Limitada (Ltda.)
Sociedade Anônima (S.A.)
Sociedade em Comandita por Ações
Classificação da Empresas
 Pela Atividade Econômica

Setor Primário – recursos naturais
Setor Secundário – indústria
Setor Terciário – comércio e prestação de serviços
 Pela Titularidade de Capital

Pública
Privada
Mista
Porte da Empresa
Classificação
Classificação

Receita operacional
Receita operacional bruta anual Quantidade de de
Quantidade
bruta anual
empregados
empregados

Microempresa
Microempresa
Pequena empresa
Pequena empresa

Menor ou igual a R$ 2,4 milhões
Maior que R$ 2,4 milhões e menor
ou igual a R$ 16 milhões

20 a 99

Média empresa

Maior que R$ 16 milhões e menor
ou igual a R$ 90 milhões

100 a 499

0 a 19

Média-grande empresa Maior que R$ 90 milhões e menor
ou igual a R$ 300 milhões

Mais de 500

Grande empresa

Mais de 500

Maior que R$ 300 milhões

FONTE: BNDS
Administração
 É o ato de gerenciar pessoas e recursos

a fim de alcançar objetivos definidos.
 Do Latim “administratione” > significa

“direção, gerência”.
Ato de Administrar
6 Funções Básicas
Fatores de Produção
Missão
 A missão de uma empresa corresponde ao que

esta se propõe a fazer e para quem.

 É o propósito de sua existência.

Exemplo > Missão da Microlins:
“Transformar os sonhos dos nossos alunos em
realidade, por meio da educação, formação
profissional e encaminhamento ao mercado de
trabalho.”
Visão
 Sonho ou meta da administração, como

enxerga as situações de sobrevivência da
empresa após a definição dos cenários
futuros.
 É o planejamento para o futuro.
Exemplo > Visão da Microlins:
“Realizar sonhos e cultivar a cidadania por meio da
formação profissional, agregando valores perceptíveis
para o país, os clientes, acionistas e parceiros.”
Valores
 Os valores de uma empresa devem ser a base de sua

administração, cada ação da organização deve ser
confrontada com os princípios determinados para garantir
que o mesmos existem e não estão lá apenas por simples
modismo.
Exemplo > Valores da Microlins:

Realização – Profissionalismo – Iniciativa – Justiça
Trabalho em Grupo – Prosperidade – Saúde
Comunicação
Objetivo
 Objetivo diz respeito a um fim que se quer atingir.

A razão de uma organização no(s) objetivo(s) que ela
persegue e, para atingí-los é preciso alocar recursos
que possibilitem alcançá-los ou realizá-los.
Exemplo:
“Aumentar o faturamento da organização em 30% para
o ano de 2009 com base no ano de 2007 e 2008 a fim de
alcançar a auto-sustentabilidade financeira.”
Meta
 São determinantes para atingir determinados fins,

tornando-se os objetivos correntes da empresa.
Os objetivos da empresa devem ser convertidos em
metas mensuráveis, para que possam fornecer
orientação e controle.
Exemplo:
1- incrementar a arrecadação de associados de
aparelhos móveis em 26% em relação ao ano de 2008;
2- incrementar a receita de serviços e produtos em 33%
em relação ao ano de 2008.
a) Constituição de Empresa;
b) Contrato Social;
c) Procedimento de abertura de Empresa.
Constitução de Empresa
 A constituição de uma sociedade empresária surge a partir

da vontade de duas ou mais pessoas, para desenvolver uma
atividade, quer seja na área da indústria, do comércio ou na
de prestação de serviço.
 As pessoas acordadas a constituírem uma sociedade devem

contribuir com bens ou serviços para o desenvolvimento
das atividades, e a dividir os resultados entre si.
 Estando de pleno acordo, estas pessoas elaboram o contrato

social.
Contrato Social
1. Qualificação completa dos sócios;
2. Indicação do tipo jurídico da sociedade;
3. Nome empresarial;
4. Endereço comercial da sede e de filiais
declaradas;
5. Objeto social;
6. Capital social;
7. Responsabilidade dos sócios;
8. Prazo de duração da sociedade
Contrato Social

(continuação...)

9. Administração;
10. Cessão de quotas;
11. Falecimento/interdição de sócio;
12. Data de encerramento do exercício social;
13. Participação dos sócios nos lucros e perdas;
14. Administrador (es);
15. Foro;
16. Local e data (dia, mês e ano);
17. Assinatura dos sócios.
Registro do Contrato Social
- Junta Comercial: registro do Contrato Social.
- Receita Federal: registro do CNPJ.
- Secretaria da Fazenda: registro da Inscrição Estadual.

- Prefeitura: emissão do Alvará de funcionamento.
Procedimentos
Abertura de uma empresa
1 – Avaliação do Perfil Empreendedor;
2 – Identificação da Oportunidade;
3 – Aspectos Legais;
4 – Implantação do Negócio;
5 – Gestão do Negócio.
1 – Avaliação do Perfil Empreendedor
Estou preparado para estar à frente de
um negócio?
Ter perfil de empreendedor é essencial!
2 - Identificação da Oportunidade
Você está abrindo um negócio porque é
modismo ou porque você acha que é um
bom negócio?
É necessário saber se a empresa que você
quer montar é uma boa oportunidade de
negócio.
3 – Aspectos Legais
 Para abrir uma empresa é preciso as

regulamentações legais do negócio.
 Legislação municipal, estadual e Federal
4 – Implantação do Negócio
 Conhecer

aspectos
empreendimento.

gerais

do

 Layout;
 Compra de produtos e equipamentos;

 Placa s e sinalização;
 Divulgação.

futuro
5 – Gestão do Negócio
Requisitos em relação a:
 Liderança;
 Estratégias e planos;
 Clientes;
 Sociedade;
 Informações e Conhecimento;
 Pessoas;
 Processos;
 Negócios.
Fatores que inviabilizam um negócio!
 Falta de experiência gerencial;
 Insuficiência de capital de giro, especialmente na fase







em que a empresa precisa de tempo para conquistar
seus clientes;
Produtos de baixa qualidade;
Localização equivocada;
Crescimento mal planejado;
Erros de avaliação sobre a concorrência e o momento
certo para iniciar o negócio;
Empregados desmotivados e sem vontade de crescer
com a empresa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística
Homero Alves de Lima
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e Organização
Prof. Leonardo Rocha
 
Fundamentos de contabilidade i
Fundamentos de contabilidade iFundamentos de contabilidade i
Fundamentos de contabilidade i
Kleber Mantovanelli
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da Administração
Divino Fredson
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
alemartins10
 
Tipos de Empresas
Tipos de Empresas Tipos de Empresas
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVOAula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
alunocontabil
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Celso Alfaia Barbosa
 
Áreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funçõesÁreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funções
Nyedson Barbosa
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
Gerisval Pessoa
 
Administração e Organização
Administração e OrganizaçãoAdministração e Organização
Administração e Organização
Jonathan Nascyn
 
Funções Administrativas
Funções AdministrativasFunções Administrativas
Funções Administrativas
rodspeed
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
Julio Pyramo
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1
Andrey Martins
 
Aula 1 - Profissão Auxiliar Adminsitrativo
Aula 1 -  Profissão Auxiliar AdminsitrativoAula 1 -  Profissão Auxiliar Adminsitrativo
Aula 1 - Profissão Auxiliar Adminsitrativo
Charles Lima
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
Alex Eduardo Ribeiro
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
Letícia Vilela de Aquino
 

Mais procurados (20)

01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e Organização
 
Fundamentos de contabilidade i
Fundamentos de contabilidade iFundamentos de contabilidade i
Fundamentos de contabilidade i
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da Administração
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
 
Tipos de Empresas
Tipos de Empresas Tipos de Empresas
Tipos de Empresas
 
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVOAula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
Aula 1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Áreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funçõesÁreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funções
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
 
Administração e Organização
Administração e OrganizaçãoAdministração e Organização
Administração e Organização
 
Funções Administrativas
Funções AdministrativasFunções Administrativas
Funções Administrativas
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1
 
Aula 1 - Profissão Auxiliar Adminsitrativo
Aula 1 -  Profissão Auxiliar AdminsitrativoAula 1 -  Profissão Auxiliar Adminsitrativo
Aula 1 - Profissão Auxiliar Adminsitrativo
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 

Semelhante a Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2

Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
Wandick Rocha de Aquino
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
Unipac - Conselheiro Lafaiete
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
LarissaBarbosa313356
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
consulte
 
Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
Anderson Alberto Ramos
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
Nyedson Barbosa
 
parte4-organizao-171014133358.pptx
parte4-organizao-171014133358.pptxparte4-organizao-171014133358.pptx
parte4-organizao-171014133358.pptx
KamilaRissi1
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
R Gómez
 
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Edcléia Ferreira
 
Técnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismoTécnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismo
Luís Roberto de Toledo
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Universidade de Pernambuco
 
Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups
Elizabeth Alves Fernandes
 
empresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendasempresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendas
João Costa
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Professora Patricia Lima
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Michelle Celestino
 
Como planejar seu negócio de moda
Como planejar seu negócio de modaComo planejar seu negócio de moda
Como planejar seu negócio de moda
Marcia Abrahim
 
Criar uma empresa
Criar uma empresaCriar uma empresa
Criar uma empresa
Silvosa
 
LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS
LEGALIZAÇÃO DE EMPRESASLEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS
Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1
iolanda1924
 
Como se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
Como se Tornar um Empresário- de Pedro FranciscoComo se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
Como se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
Pedro Fifa G Francisco
 

Semelhante a Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2 (20)

Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
 
Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
 
parte4-organizao-171014133358.pptx
parte4-organizao-171014133358.pptxparte4-organizao-171014133358.pptx
parte4-organizao-171014133358.pptx
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
 
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
 
Técnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismoTécnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismo
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
 
Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups
 
empresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendasempresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendas
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Como planejar seu negócio de moda
Como planejar seu negócio de modaComo planejar seu negócio de moda
Como planejar seu negócio de moda
 
Criar uma empresa
Criar uma empresaCriar uma empresa
Criar uma empresa
 
LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS
LEGALIZAÇÃO DE EMPRESASLEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS
LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS
 
Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1
 
Como se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
Como se Tornar um Empresário- de Pedro FranciscoComo se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
Como se Tornar um Empresário- de Pedro Francisco
 

Mais de Wandick Rocha de Aquino

Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
Wandick Rocha de Aquino
 
Processo Seletivo
Processo Seletivo Processo Seletivo
Processo Seletivo
Wandick Rocha de Aquino
 
Sped
SpedSped
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
Wandick Rocha de Aquino
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
Wandick Rocha de Aquino
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
Wandick Rocha de Aquino
 
Qualidade no Trabalho
Qualidade no TrabalhoQualidade no Trabalho
Qualidade no Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
Wandick Rocha de Aquino
 
Reforma Trabalhista
Reforma TrabalhistaReforma Trabalhista
Reforma Trabalhista
Wandick Rocha de Aquino
 
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivaçãoQualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Wandick Rocha de Aquino
 
Liderança
LiderançaLiderança
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Wandick Rocha de Aquino
 
Novo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planosNovo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planos
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Manual do Novo Empregado
Manual do Novo EmpregadoManual do Novo Empregado
Manual do Novo Empregado
Wandick Rocha de Aquino
 
Trabalho da Mulher
Trabalho da MulherTrabalho da Mulher
Trabalho da Mulher
Wandick Rocha de Aquino
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações CríticasResiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Wandick Rocha de Aquino
 

Mais de Wandick Rocha de Aquino (20)

Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
 
Processo Seletivo
Processo Seletivo Processo Seletivo
Processo Seletivo
 
Sped
SpedSped
Sped
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
 
Qualidade no Trabalho
Qualidade no TrabalhoQualidade no Trabalho
Qualidade no Trabalho
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
 
Reforma Trabalhista
Reforma TrabalhistaReforma Trabalhista
Reforma Trabalhista
 
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivaçãoQualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Novo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planosNovo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planos
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
 
Manual do Novo Empregado
Manual do Novo EmpregadoManual do Novo Empregado
Manual do Novo Empregado
 
Trabalho da Mulher
Trabalho da MulherTrabalho da Mulher
Trabalho da Mulher
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
 
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações CríticasResiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
 

Último

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 

Último (20)

TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 

Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2

  • 2. a) Definições de Pessoa Física e Pessoa Jurídica; b) Funções essenciais das empresas; c) Tipos de empresas constituídas no Brasil; d) Princípios das Práticas Administrativas;
  • 3. Pessoa Física x Pessoa Jurídica  Pessoa Física é a pessoa natural, isto é, todo indivíduo (homem ou mulher), desde o nascimento até a morte.  Pessoa Jurídica consiste num conjunto de pessoas ou bens, dotado de personalidade jurídica própria e constituida na forma da lei.
  • 4. Classificação da Pessoa Jurídica  Pessoa Jurídica de Direito Público Interno Entes Diretos: União, Estados, DF e Municípios. Entes Indiretos: Autarquias e Fundações Públicas.  Pessoa Jurídica de Direito Público Externo Estados estrangeiros, ONU, OEA, União Européia, MERCOSUL.  Pessoa Jurídica de Direito Privado Associações, Sociedades, Fundações, Organizações religiosas, Partidos políticos e Empresas.
  • 5. Conceito de Empresa  “Uma empresa é uma associação de pessoas para a exploração de um negócio que produz e/ou oferece bens e serviços, com vistas, em geral, à obtenção de lucros.” (Crepaldi, 1998)  “Uma empresa é uma entidade jurídica que tem como obrigação apresentar lucro, e este deve ser suficiente para permitir sua expansão e o atendimento das necessidades sociais.” (Cassarro, 1999)
  • 6. Classificação da Empresas  Por Setor Comercial Industrial Rural Prestação de Serviços;  Pela Forma Jurídica Sociedade em Nome Coletivo Sociedade em Comandita Simples Sociedade Limitada (Ltda.) Sociedade Anônima (S.A.) Sociedade em Comandita por Ações
  • 7. Classificação da Empresas  Pela Atividade Econômica Setor Primário – recursos naturais Setor Secundário – indústria Setor Terciário – comércio e prestação de serviços  Pela Titularidade de Capital Pública Privada Mista
  • 8. Porte da Empresa Classificação Classificação Receita operacional Receita operacional bruta anual Quantidade de de Quantidade bruta anual empregados empregados Microempresa Microempresa Pequena empresa Pequena empresa Menor ou igual a R$ 2,4 milhões Maior que R$ 2,4 milhões e menor ou igual a R$ 16 milhões 20 a 99 Média empresa Maior que R$ 16 milhões e menor ou igual a R$ 90 milhões 100 a 499 0 a 19 Média-grande empresa Maior que R$ 90 milhões e menor ou igual a R$ 300 milhões Mais de 500 Grande empresa Mais de 500 Maior que R$ 300 milhões FONTE: BNDS
  • 9. Administração  É o ato de gerenciar pessoas e recursos a fim de alcançar objetivos definidos.  Do Latim “administratione” > significa “direção, gerência”.
  • 13. Missão  A missão de uma empresa corresponde ao que esta se propõe a fazer e para quem.  É o propósito de sua existência. Exemplo > Missão da Microlins: “Transformar os sonhos dos nossos alunos em realidade, por meio da educação, formação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho.”
  • 14. Visão  Sonho ou meta da administração, como enxerga as situações de sobrevivência da empresa após a definição dos cenários futuros.  É o planejamento para o futuro. Exemplo > Visão da Microlins: “Realizar sonhos e cultivar a cidadania por meio da formação profissional, agregando valores perceptíveis para o país, os clientes, acionistas e parceiros.”
  • 15. Valores  Os valores de uma empresa devem ser a base de sua administração, cada ação da organização deve ser confrontada com os princípios determinados para garantir que o mesmos existem e não estão lá apenas por simples modismo. Exemplo > Valores da Microlins: Realização – Profissionalismo – Iniciativa – Justiça Trabalho em Grupo – Prosperidade – Saúde Comunicação
  • 16. Objetivo  Objetivo diz respeito a um fim que se quer atingir. A razão de uma organização no(s) objetivo(s) que ela persegue e, para atingí-los é preciso alocar recursos que possibilitem alcançá-los ou realizá-los. Exemplo: “Aumentar o faturamento da organização em 30% para o ano de 2009 com base no ano de 2007 e 2008 a fim de alcançar a auto-sustentabilidade financeira.”
  • 17. Meta  São determinantes para atingir determinados fins, tornando-se os objetivos correntes da empresa. Os objetivos da empresa devem ser convertidos em metas mensuráveis, para que possam fornecer orientação e controle. Exemplo: 1- incrementar a arrecadação de associados de aparelhos móveis em 26% em relação ao ano de 2008; 2- incrementar a receita de serviços e produtos em 33% em relação ao ano de 2008.
  • 18. a) Constituição de Empresa; b) Contrato Social; c) Procedimento de abertura de Empresa.
  • 19. Constitução de Empresa  A constituição de uma sociedade empresária surge a partir da vontade de duas ou mais pessoas, para desenvolver uma atividade, quer seja na área da indústria, do comércio ou na de prestação de serviço.  As pessoas acordadas a constituírem uma sociedade devem contribuir com bens ou serviços para o desenvolvimento das atividades, e a dividir os resultados entre si.  Estando de pleno acordo, estas pessoas elaboram o contrato social.
  • 20. Contrato Social 1. Qualificação completa dos sócios; 2. Indicação do tipo jurídico da sociedade; 3. Nome empresarial; 4. Endereço comercial da sede e de filiais declaradas; 5. Objeto social; 6. Capital social; 7. Responsabilidade dos sócios; 8. Prazo de duração da sociedade
  • 21. Contrato Social (continuação...) 9. Administração; 10. Cessão de quotas; 11. Falecimento/interdição de sócio; 12. Data de encerramento do exercício social; 13. Participação dos sócios nos lucros e perdas; 14. Administrador (es); 15. Foro; 16. Local e data (dia, mês e ano); 17. Assinatura dos sócios.
  • 22. Registro do Contrato Social - Junta Comercial: registro do Contrato Social. - Receita Federal: registro do CNPJ. - Secretaria da Fazenda: registro da Inscrição Estadual. - Prefeitura: emissão do Alvará de funcionamento.
  • 23. Procedimentos Abertura de uma empresa 1 – Avaliação do Perfil Empreendedor; 2 – Identificação da Oportunidade; 3 – Aspectos Legais; 4 – Implantação do Negócio; 5 – Gestão do Negócio.
  • 24. 1 – Avaliação do Perfil Empreendedor Estou preparado para estar à frente de um negócio? Ter perfil de empreendedor é essencial!
  • 25. 2 - Identificação da Oportunidade Você está abrindo um negócio porque é modismo ou porque você acha que é um bom negócio? É necessário saber se a empresa que você quer montar é uma boa oportunidade de negócio.
  • 26. 3 – Aspectos Legais  Para abrir uma empresa é preciso as regulamentações legais do negócio.  Legislação municipal, estadual e Federal
  • 27. 4 – Implantação do Negócio  Conhecer aspectos empreendimento. gerais do  Layout;  Compra de produtos e equipamentos;  Placa s e sinalização;  Divulgação. futuro
  • 28. 5 – Gestão do Negócio Requisitos em relação a:  Liderança;  Estratégias e planos;  Clientes;  Sociedade;  Informações e Conhecimento;  Pessoas;  Processos;  Negócios.
  • 29. Fatores que inviabilizam um negócio!  Falta de experiência gerencial;  Insuficiência de capital de giro, especialmente na fase      em que a empresa precisa de tempo para conquistar seus clientes; Produtos de baixa qualidade; Localização equivocada; Crescimento mal planejado; Erros de avaliação sobre a concorrência e o momento certo para iniciar o negócio; Empregados desmotivados e sem vontade de crescer com a empresa.