SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 38
Baixar para ler offline
Workshop
Jishuken A3 / Hoshin Kanri
Aprenda fazendo o desdobramento
estratégico.
Por: Marcelo Rodrigues
Lean.
Eu acredito nessa
Filosofia, e Você?
A3
• O que é um A3?
• Porque usar o A3?
• Quais os benefícios de um processo A3?
O quê é um A3?
• A3 é um formato de papel que mede 297 x 420
mm.
• “O A3 é nossa hipótese. Acreditamos que essas
ações, baseadas nesta situação da empresa,
atingirão estes resultados”
Pascal Dennis
Porquê usar um A3?
• Porquê é aplicado através dos princípios do
PDCA e direciona para a solução de problemas.
• Porquê é vivo e pode ser atualizado
constantemente.
• Porquê temos um projeto completo em uma
única folha.
Quais os benefícios?
• Entendimento de um problema
• Desdobra a estratégia em níveis
• Envolve as pessoas e os departamentos
• Direciona ao “Norte Verdadeiro” (Compromisso).
A3
“Ao colocarmos um projeto completo em uma folha
de papel estamos comprendendo completamente o
que projetamos”.
Jhon Shook
“O importante não é o formato, mas a forma como
usamos e aplicamos a metodologia”.
Jhon Shook
O Processo na empresa
• Comprometimento da equipe
• Entendimento dos propósitos
• Reduz os ruidos na informação
• Direciona para a resolução de problemas.
• Encoraja e facilita iniciativas
• Clarifica os problemas
• Suporta analise efetiva baseada em fatos
A3
Direção
Gerencia
Operacional
Necessidades da empresa
Sustentando o plano
Aplicando o Kaizen
Definição dos requisitos
Desdobramento estratégico
Plano Operacional
MURA MURI MUDA
A3
• Fazer Kaizen• Verificação e
correção de
rotas
• Necessidades
• Hipóteses
• Padronização
A P
DC
A3
• Fazer Kaizen• Verificação e
correção de
rotas
• Necessidades
• Hipóteses
• Padronização
A P
DC
A3
A3
A Ferramenta O Processo
O formato A3 facilita o entendimento e
define propósitos para a plicação da
melhoria continua na empresa
O pensamento deve ser aplicado
conforme os princípios do PDCA,
identificando problemas, buscando a
melhoria contínua, gerenciando
indicadores e padronizando os processos
Passos para montar um A3
1- Qual é o problema?
2- Qual o desvio em relação ao ideal?
3- Qual a abrangência do problema?
4- Quais os objetivos e metas e serem alcançadas?
5- Qual o plano de melhorias?
6- Quais os indicadores de monitoramento?
A3
Requisitos do negócio
1. Qual é o problema?
Situação Atual
2- Qual o desvio em relação ao padrão ?
3- Qual a abrangência do problema?
Situação Alvo
4- Qual a meta a ser alcançada?
Plano de ação
5- Qual o plano de melhorias?
Indicadores
6- Quais os indicadores de monitoramento?
1
2
3
4
5
6
A3 Macro
Requisitos do Negócio
• Descreve-se o sonho,a busca, o desejo, a
necessidade da empresa.
A3 Macro
Requisitos do Negócio
• Alinhar o projeto com as necessidades da empresa
• Qualidade
• Entrega
• Rentabilidade
• Segurança
• Produtividade
?
Requisito do Negócio
Requisitos do Negócio
• Aumentar a rentabilidade do negócio e garantir a
estabilidade nos indicadores estratégicos:
• Entrega:100%
• Rentabilidade: 10%
• Segurança: 0 acidentes
• Qualidade: 0,8% de refugos
A3 Situação Atual
• Situação Atual – Perguntas a serem feitas
• Como estamos?
• Qual o desvio entre o padrão e a situação atual?
• Conhecemos o problema?
• Conhecemos a Fábrica escondida?
• IR AO GEMBA….sempre.
A3 Situação Atual
• Situação Atual - Analise
• Fotográfia do estado atual
• Indicadores de performance
• Mapeamento de fluxo de valor
• Mapeamento de processos
• Apontamentos de não conformidades
• Históricos
• Gemba…Gemba…Gemba!!!
A3 Situação Atual
• Situação Atual
• Indicadores não confiaveis
• Não há analise crítica de resultados
• Clientes insatisfeitos
• Riscos de acidentes
4
2
5
3
1
3
0
1
2
3
4
5
6
J F M A M J
Acidentes
2,5
3,6
2,7
4,2
1,9
2,9
0
1
2
3
4
5
J F M A M J
Refugos
Cliente
Atendimento
Investidores
Rentabilidade
Pessoas
Acidentes
Qualidade
Refugos
A3 Situação Alvo
• Situação Alvo
• Na situação alvo iremos desenhar algo possivel e
necessário para atender ao requisito do negócio.
O projeto deve prever
• Fluxo continuo
• Sistema puxado
• Flexibilidade
• Eliminação de desperdícios
A3 Situação Alvo
• Situação Alvo
• Analise crítica mensal
• Monitoramento de indicadores
• Zero acidentes
• Gestão visual em monitoramento
• MASP e analise de desvios
0
50
100
150
J A S O N D
%
Atendimento
0
5
10
15
J A S O N D
%
Rentabilidade
0
0,5
1
J A S O N D
Acidentes ( Horas
ausentes)
0
1
2
3
J A S O N D
%
Indice de Refugos
A transformação
Situação
Atual
Situação
Alvo
Lean
A3 - Plano de Ação
A3 Indicadores
• Indicadores alcançados com eficácia é o
resultado de um projeto elaborado, bem
definido e Gerenciado por um Gestor Lean..
A3 Indicadores
• Os indicadores devem estar alinhados ao
Requisito do Negócio e devem ser monitorados
periódicamente pois é através deles que
teremos informações que validam o projeto.
Atendimento
100%
Rentabilidade
10% Segurança
0 Acidente
Refugos
0,8%
A3 FinalRequisitos do Negócio
• Aumentar a rentabilidade do
negócioe garantir a estabilidade
nos indicadores estratégicos:
• Entrega:100%
• Rentabilidade: 13%
• Segurança: 0 acidentes
• Qualidade: 08% de refugos
• Situação Atual
• Indicadores não confiaveis
• Não há analise crítica de resultados
• Clientes insatisfeitos
• Riscos de acidentes
• Situação Alvo
• Analise crítica mensal
• Monitoramento de
indicadores
• Zero acidentes
• Gestão visual em
monitoramento
• MASP e analise de desvios
Montagem do A3 Macro
• Indicadores
A3
a se….
IMAGINE COMO SERIA…
Se TODOS conhecessem a estratégia do
negócio e soubessem exatamente
o que eles precisam fazer
para atingir os objetivos…
Membros
dos Grupos
Team Leader
Líder de
Grupo
Diretor de
Operações
O nível mais alto…..
O nível dos grupos …..
As pessoas no chão de fábrica…..
ESTRATÉGIA DO NEGÓCIO
A3 Hoshin Kanri
• Desdobramento Estratégico
1. Safety =
2. Cost =
3. Quality =
4. Customer =
Business Strategy
OEE > 95%
TIME
1. Safety =
2. Cost =
3. Quality =
4. Customer =
Business Strategy
Custo de Energia do Calcinador = $x/ton
AREA
1. Safety =
2. Cost =
3. Quality =
4. Customer =
Business Strategy
Planta X Alvo de $200/ton
PLANTA
Estratégia de Negócio:
Ser o fornecedor de menor custo de um
produto commodity, flexibilizando plantas
de alto custo para atingir a demanda de
mercado.
• Segurança = 0
• Custo = Benchmark
• Qualidade = Padrão da Indústria
• Performance de Entrega = 100%
Requisito de Negócio da AWA
Alvo da Unidade de Negócio: $100/ton
BU
Cada nível alinha a
performance com a estratégia
global do negócio.
29
A3 Hoshin
A3 Industrial
A3 Macro
A3 Nivel I - Industrial
• Requisitos do Negócio
Desdobrar a estratégia estruturando um plano de
melhorias para atingir as metas estabelecidas em :
• Qualidade
• Disponibilidade
• Produtividade
A3 Situação Atual
• Falta de Padronização
• Sistema de Produção empurrada
• Alto indice de retrabalho
• Alto indice de hora extra
A3 Situação Alvo
A3 Plano de Ação
A3 Indicadores
A3 Nível I
• A3 desdobrado e alinhado de acordo com a
necessidade da empresa, os indicadores e as
metas devem ser definidos com o objetivo de
suportar o A3 Macro.
A3• Requisitos do Negócio
Desdobrar a estratégia estruturando um plano de
melhorias para atingir as metas estabelecidas em :
• Qualidade
• Disponibilidade
• Produtividade
A3 Industrial Nível I
• Indicadores
Layout celular (fluxo contínuo)
Balanceamento de operações
Sistema de Kanban
Montagem de supermercado
Logística interna (montagem de
Kits)
• Situação Alvo
Falta de Padronização
Sistema de Produção empurrada
Alto indice de retrabalho
Alto indice de hora extra
• Situação Atual
“Ser Lean é ser Simples”
Marcelo Rodrigues
marcelo.rodrigues@gembatraining.com.br
Diretor Técnico / Coordenador do Programa de Formação Profissional Lean
www.gembatraining.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jit – just in time
Jit – just in timeJit – just in time
Jit – just in time
trainertek
 
Apresentação pdca
Apresentação pdcaApresentação pdca
Apresentação pdca
emc5714
 
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdfU1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
CelsoCiamponi1
 

Mais procurados (20)

Jit – just in time
Jit – just in timeJit – just in time
Jit – just in time
 
Masp
MaspMasp
Masp
 
Desdobramento de metas
Desdobramento de metasDesdobramento de metas
Desdobramento de metas
 
O que é fssc 22000
O que é fssc 22000O que é fssc 22000
O que é fssc 22000
 
Ação corretiva ou tratamento de não-conformidade II
Ação corretiva  ou tratamento de não-conformidade IIAção corretiva  ou tratamento de não-conformidade II
Ação corretiva ou tratamento de não-conformidade II
 
Apresentação pdca
Apresentação pdcaApresentação pdca
Apresentação pdca
 
Aula mrp
Aula  mrpAula  mrp
Aula mrp
 
Treinamento 5s
Treinamento 5sTreinamento 5s
Treinamento 5s
 
Relatório A3
Relatório A3Relatório A3
Relatório A3
 
Lean Manufacturing Nova Visão
Lean Manufacturing Nova VisãoLean Manufacturing Nova Visão
Lean Manufacturing Nova Visão
 
3 slides - planejamento mestre da produção (mps)
3   slides - planejamento mestre da produção (mps)3   slides - planejamento mestre da produção (mps)
3 slides - planejamento mestre da produção (mps)
 
Gestão De Processos
Gestão De ProcessosGestão De Processos
Gestão De Processos
 
Boas Práticas de Fabricação
Boas Práticas de FabricaçãoBoas Práticas de Fabricação
Boas Práticas de Fabricação
 
Metricas lean
Metricas leanMetricas lean
Metricas lean
 
Treinamento Lição de Um Ponto
Treinamento Lição de Um Ponto Treinamento Lição de Um Ponto
Treinamento Lição de Um Ponto
 
Sistema Toyota de Produção - Produção Enxuta x Desenvolvimento Lean
Sistema Toyota de Produção - Produção Enxuta x Desenvolvimento LeanSistema Toyota de Produção - Produção Enxuta x Desenvolvimento Lean
Sistema Toyota de Produção - Produção Enxuta x Desenvolvimento Lean
 
e-book - ISO 22000: Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar
e-book - ISO 22000: Sistemas de Gestão da Segurança Alimentare-book - ISO 22000: Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar
e-book - ISO 22000: Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar
 
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdfU1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
U1S1 - PPCP no contexto estratégico.pdf
 
O que é ISO
O que é ISOO que é ISO
O que é ISO
 
PDCA
PDCAPDCA
PDCA
 

Destaque

C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e DistribuiçãoC08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
Fábio Cardoso Alves
 
A Fábrica de Aviões
A Fábrica de AviõesA Fábrica de Aviões
A Fábrica de Aviões
Leandro Faria
 
Trabalhos realizados na A3 Editora
Trabalhos realizados na A3 EditoraTrabalhos realizados na A3 Editora
Trabalhos realizados na A3 Editora
GELDESIGN
 
3 a problemas organizacionais - po_
3 a problemas organizacionais - po_3 a problemas organizacionais - po_
3 a problemas organizacionais - po_
lymenezes2012
 
Método de resolução de problemas
Método de resolução de problemasMétodo de resolução de problemas
Método de resolução de problemas
Cristiana Gomes
 

Destaque (20)

Pensamento A3
Pensamento A3Pensamento A3
Pensamento A3
 
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e DistribuiçãoC08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
 
Formulário A3
Formulário A3 Formulário A3
Formulário A3
 
O Pensamento A3
O Pensamento A3O Pensamento A3
O Pensamento A3
 
Lean Manufacturing 1
Lean Manufacturing 1Lean Manufacturing 1
Lean Manufacturing 1
 
A Fábrica de Aviões
A Fábrica de AviõesA Fábrica de Aviões
A Fábrica de Aviões
 
Trabalhos realizados na A3 Editora
Trabalhos realizados na A3 EditoraTrabalhos realizados na A3 Editora
Trabalhos realizados na A3 Editora
 
Hoshin Kanri tornado simples
Hoshin Kanri tornado simplesHoshin Kanri tornado simples
Hoshin Kanri tornado simples
 
3 a problemas organizacionais - po_
3 a problemas organizacionais - po_3 a problemas organizacionais - po_
3 a problemas organizacionais - po_
 
Metodologia PDCA A3
Metodologia PDCA A3Metodologia PDCA A3
Metodologia PDCA A3
 
Desenvolvimento de uma Metodologia Lean para Gerenciamento de Projetos de Mel...
Desenvolvimento de uma Metodologia Lean para Gerenciamento de Projetos de Mel...Desenvolvimento de uma Metodologia Lean para Gerenciamento de Projetos de Mel...
Desenvolvimento de uma Metodologia Lean para Gerenciamento de Projetos de Mel...
 
WCM 2009-TT18 Saint Gobain-CÉLULA TÉCNICA E A3 CRIANDO SINERGIA INTERDEPARTAM...
WCM 2009-TT18 Saint Gobain-CÉLULA TÉCNICA E A3 CRIANDO SINERGIA INTERDEPARTAM...WCM 2009-TT18 Saint Gobain-CÉLULA TÉCNICA E A3 CRIANDO SINERGIA INTERDEPARTAM...
WCM 2009-TT18 Saint Gobain-CÉLULA TÉCNICA E A3 CRIANDO SINERGIA INTERDEPARTAM...
 
Lean Manufacturing
Lean ManufacturingLean Manufacturing
Lean Manufacturing
 
Lean Manufacturing 4
Lean Manufacturing 4Lean Manufacturing 4
Lean Manufacturing 4
 
Metodo Resolução de Problemas
Metodo Resolução de  Problemas Metodo Resolução de  Problemas
Metodo Resolução de Problemas
 
Lean Manufacturing 6
Lean Manufacturing 6Lean Manufacturing 6
Lean Manufacturing 6
 
Lean Manufacturing 2
Lean Manufacturing 2Lean Manufacturing 2
Lean Manufacturing 2
 
Método de resolução de problemas
Método de resolução de problemasMétodo de resolução de problemas
Método de resolução de problemas
 
Modelo 5 pq
Modelo 5 pqModelo 5 pq
Modelo 5 pq
 
Lean A3 Report for Planning Downtime Elimination
Lean A3 Report for Planning Downtime EliminationLean A3 Report for Planning Downtime Elimination
Lean A3 Report for Planning Downtime Elimination
 

Semelhante a A3 hoshin kanri

Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosIndicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Dora Machado Consultoria
 
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
Dora Machado Consultoria
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Leo Madeira
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Leo Madeira
 

Semelhante a A3 hoshin kanri (20)

Concepção e desenvolvimento de projectos 6 sigma
Concepção e desenvolvimento de projectos 6 sigmaConcepção e desenvolvimento de projectos 6 sigma
Concepção e desenvolvimento de projectos 6 sigma
 
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosIndicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
 
Seis sigma
Seis sigma  Seis sigma
Seis sigma
 
Processo seis sigma, uma visão geral
Processo seis sigma, uma visão geralProcesso seis sigma, uma visão geral
Processo seis sigma, uma visão geral
 
Processo seis sigma, uma visão geral
Processo seis sigma, uma visão geralProcesso seis sigma, uma visão geral
Processo seis sigma, uma visão geral
 
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | WorkshopPMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
 
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
 
Spin sp medidas aplicadas a software - kaizen
Spin sp   medidas aplicadas a software - kaizenSpin sp   medidas aplicadas a software - kaizen
Spin sp medidas aplicadas a software - kaizen
 
Tre Punti Soluções Industriais
Tre Punti Soluções IndustriaisTre Punti Soluções Industriais
Tre Punti Soluções Industriais
 
Tre Punti Soluções Industriais
Tre Punti Soluções IndustriaisTre Punti Soluções Industriais
Tre Punti Soluções Industriais
 
Semana de Comércio Exterior e Logística - Aplicação de ferramentas de melhori...
Semana de Comércio Exterior e Logística - Aplicação de ferramentas de melhori...Semana de Comércio Exterior e Logística - Aplicação de ferramentas de melhori...
Semana de Comércio Exterior e Logística - Aplicação de ferramentas de melhori...
 
Webinar IAB: Técnicas para a elaboração de um plano de ação
Webinar IAB: Técnicas para a elaboração de um plano de açãoWebinar IAB: Técnicas para a elaboração de um plano de ação
Webinar IAB: Técnicas para a elaboração de um plano de ação
 
Trabalho de 6 sigmas administração da produção 2
Trabalho de 6 sigmas   administração da produção 2Trabalho de 6 sigmas   administração da produção 2
Trabalho de 6 sigmas administração da produção 2
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por Processos
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
 
Plano operacional mmds
Plano operacional mmdsPlano operacional mmds
Plano operacional mmds
 
A minha experiência como Sensei - Bruno Oliveira Eng
A minha experiência como Sensei - Bruno Oliveira EngA minha experiência como Sensei - Bruno Oliveira Eng
A minha experiência como Sensei - Bruno Oliveira Eng
 
Slideshare green belt
Slideshare green beltSlideshare green belt
Slideshare green belt
 
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do ProjetoO Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
 
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
 

Último

Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
anapsuls
 

Último (20)

Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

A3 hoshin kanri

  • 1. Workshop Jishuken A3 / Hoshin Kanri Aprenda fazendo o desdobramento estratégico. Por: Marcelo Rodrigues
  • 3. A3 • O que é um A3? • Porque usar o A3? • Quais os benefícios de um processo A3?
  • 4. O quê é um A3? • A3 é um formato de papel que mede 297 x 420 mm. • “O A3 é nossa hipótese. Acreditamos que essas ações, baseadas nesta situação da empresa, atingirão estes resultados” Pascal Dennis
  • 5. Porquê usar um A3? • Porquê é aplicado através dos princípios do PDCA e direciona para a solução de problemas. • Porquê é vivo e pode ser atualizado constantemente. • Porquê temos um projeto completo em uma única folha.
  • 6. Quais os benefícios? • Entendimento de um problema • Desdobra a estratégia em níveis • Envolve as pessoas e os departamentos • Direciona ao “Norte Verdadeiro” (Compromisso).
  • 7. A3 “Ao colocarmos um projeto completo em uma folha de papel estamos comprendendo completamente o que projetamos”. Jhon Shook “O importante não é o formato, mas a forma como usamos e aplicamos a metodologia”. Jhon Shook
  • 8. O Processo na empresa • Comprometimento da equipe • Entendimento dos propósitos • Reduz os ruidos na informação • Direciona para a resolução de problemas. • Encoraja e facilita iniciativas • Clarifica os problemas • Suporta analise efetiva baseada em fatos
  • 9. A3 Direção Gerencia Operacional Necessidades da empresa Sustentando o plano Aplicando o Kaizen Definição dos requisitos Desdobramento estratégico Plano Operacional MURA MURI MUDA
  • 10. A3 • Fazer Kaizen• Verificação e correção de rotas • Necessidades • Hipóteses • Padronização A P DC
  • 11. A3 • Fazer Kaizen• Verificação e correção de rotas • Necessidades • Hipóteses • Padronização A P DC A3
  • 12. A3 A Ferramenta O Processo O formato A3 facilita o entendimento e define propósitos para a plicação da melhoria continua na empresa O pensamento deve ser aplicado conforme os princípios do PDCA, identificando problemas, buscando a melhoria contínua, gerenciando indicadores e padronizando os processos
  • 13. Passos para montar um A3 1- Qual é o problema? 2- Qual o desvio em relação ao ideal? 3- Qual a abrangência do problema? 4- Quais os objetivos e metas e serem alcançadas? 5- Qual o plano de melhorias? 6- Quais os indicadores de monitoramento?
  • 14. A3 Requisitos do negócio 1. Qual é o problema? Situação Atual 2- Qual o desvio em relação ao padrão ? 3- Qual a abrangência do problema? Situação Alvo 4- Qual a meta a ser alcançada? Plano de ação 5- Qual o plano de melhorias? Indicadores 6- Quais os indicadores de monitoramento? 1 2 3 4 5 6
  • 15. A3 Macro Requisitos do Negócio • Descreve-se o sonho,a busca, o desejo, a necessidade da empresa.
  • 16. A3 Macro Requisitos do Negócio • Alinhar o projeto com as necessidades da empresa • Qualidade • Entrega • Rentabilidade • Segurança • Produtividade ?
  • 17. Requisito do Negócio Requisitos do Negócio • Aumentar a rentabilidade do negócio e garantir a estabilidade nos indicadores estratégicos: • Entrega:100% • Rentabilidade: 10% • Segurança: 0 acidentes • Qualidade: 0,8% de refugos
  • 18. A3 Situação Atual • Situação Atual – Perguntas a serem feitas • Como estamos? • Qual o desvio entre o padrão e a situação atual? • Conhecemos o problema? • Conhecemos a Fábrica escondida? • IR AO GEMBA….sempre.
  • 19. A3 Situação Atual • Situação Atual - Analise • Fotográfia do estado atual • Indicadores de performance • Mapeamento de fluxo de valor • Mapeamento de processos • Apontamentos de não conformidades • Históricos • Gemba…Gemba…Gemba!!!
  • 20. A3 Situação Atual • Situação Atual • Indicadores não confiaveis • Não há analise crítica de resultados • Clientes insatisfeitos • Riscos de acidentes 4 2 5 3 1 3 0 1 2 3 4 5 6 J F M A M J Acidentes 2,5 3,6 2,7 4,2 1,9 2,9 0 1 2 3 4 5 J F M A M J Refugos Cliente Atendimento Investidores Rentabilidade Pessoas Acidentes Qualidade Refugos
  • 21. A3 Situação Alvo • Situação Alvo • Na situação alvo iremos desenhar algo possivel e necessário para atender ao requisito do negócio. O projeto deve prever • Fluxo continuo • Sistema puxado • Flexibilidade • Eliminação de desperdícios
  • 22. A3 Situação Alvo • Situação Alvo • Analise crítica mensal • Monitoramento de indicadores • Zero acidentes • Gestão visual em monitoramento • MASP e analise de desvios 0 50 100 150 J A S O N D % Atendimento 0 5 10 15 J A S O N D % Rentabilidade 0 0,5 1 J A S O N D Acidentes ( Horas ausentes) 0 1 2 3 J A S O N D % Indice de Refugos
  • 24. A3 - Plano de Ação
  • 25. A3 Indicadores • Indicadores alcançados com eficácia é o resultado de um projeto elaborado, bem definido e Gerenciado por um Gestor Lean..
  • 26. A3 Indicadores • Os indicadores devem estar alinhados ao Requisito do Negócio e devem ser monitorados periódicamente pois é através deles que teremos informações que validam o projeto. Atendimento 100% Rentabilidade 10% Segurança 0 Acidente Refugos 0,8%
  • 27. A3 FinalRequisitos do Negócio • Aumentar a rentabilidade do negócioe garantir a estabilidade nos indicadores estratégicos: • Entrega:100% • Rentabilidade: 13% • Segurança: 0 acidentes • Qualidade: 08% de refugos • Situação Atual • Indicadores não confiaveis • Não há analise crítica de resultados • Clientes insatisfeitos • Riscos de acidentes • Situação Alvo • Analise crítica mensal • Monitoramento de indicadores • Zero acidentes • Gestão visual em monitoramento • MASP e analise de desvios Montagem do A3 Macro • Indicadores
  • 28. A3 a se…. IMAGINE COMO SERIA… Se TODOS conhecessem a estratégia do negócio e soubessem exatamente o que eles precisam fazer para atingir os objetivos… Membros dos Grupos Team Leader Líder de Grupo Diretor de Operações O nível mais alto….. O nível dos grupos ….. As pessoas no chão de fábrica….. ESTRATÉGIA DO NEGÓCIO
  • 29. A3 Hoshin Kanri • Desdobramento Estratégico 1. Safety = 2. Cost = 3. Quality = 4. Customer = Business Strategy OEE > 95% TIME 1. Safety = 2. Cost = 3. Quality = 4. Customer = Business Strategy Custo de Energia do Calcinador = $x/ton AREA 1. Safety = 2. Cost = 3. Quality = 4. Customer = Business Strategy Planta X Alvo de $200/ton PLANTA Estratégia de Negócio: Ser o fornecedor de menor custo de um produto commodity, flexibilizando plantas de alto custo para atingir a demanda de mercado. • Segurança = 0 • Custo = Benchmark • Qualidade = Padrão da Indústria • Performance de Entrega = 100% Requisito de Negócio da AWA Alvo da Unidade de Negócio: $100/ton BU Cada nível alinha a performance com a estratégia global do negócio. 29
  • 31. A3 Nivel I - Industrial • Requisitos do Negócio Desdobrar a estratégia estruturando um plano de melhorias para atingir as metas estabelecidas em : • Qualidade • Disponibilidade • Produtividade
  • 32. A3 Situação Atual • Falta de Padronização • Sistema de Produção empurrada • Alto indice de retrabalho • Alto indice de hora extra
  • 34. A3 Plano de Ação
  • 36. A3 Nível I • A3 desdobrado e alinhado de acordo com a necessidade da empresa, os indicadores e as metas devem ser definidos com o objetivo de suportar o A3 Macro.
  • 37. A3• Requisitos do Negócio Desdobrar a estratégia estruturando um plano de melhorias para atingir as metas estabelecidas em : • Qualidade • Disponibilidade • Produtividade A3 Industrial Nível I • Indicadores Layout celular (fluxo contínuo) Balanceamento de operações Sistema de Kanban Montagem de supermercado Logística interna (montagem de Kits) • Situação Alvo Falta de Padronização Sistema de Produção empurrada Alto indice de retrabalho Alto indice de hora extra • Situação Atual
  • 38. “Ser Lean é ser Simples” Marcelo Rodrigues marcelo.rodrigues@gembatraining.com.br Diretor Técnico / Coordenador do Programa de Formação Profissional Lean www.gembatraining.com.br