Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)

293 visualizações

Publicada em

Slides da aula apresentada no dia 09 de abril de 2013.

Disciplina: Gestão de Projetos e Empreendedorismo.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)

  1. 1. 1° Semestre de 2013Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com09/04/2013
  2. 2. Se preparando para que tudo dê certo...
  3. 3. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  4. 4. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  5. 5. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  6. 6. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  7. 7. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  8. 8.  Primeiro, vamos entender a definição de risco...
  9. 9.  Definição do PMBoK, 4ª edição:  Um evento ou condição incerta que, se ocorrer, provocará um efeito positivo ou negativo nos objetivos de um projeto
  10. 10.  O risco envolve...  Incerteza  Impacto  Probabilidade  Oportunidades
  11. 11.  Fonte da imagem “Risco de Afogamento”: http://www.flickr.com/photos/kiko_fernandes /4148281427/
  12. 12.  Risco...  de atraso.  de não atender o escopo.  de não cumprir o orçamento.  de não ser homologado.  de algum membro da equipe sair da empresa.
  13. 13.  Premissa  São fatores que, para fins de planejamento, são considerados verdadeiros, reais ou certos sem prova ou demonstração  Talvez o seu projeto dependa de alguma premissa para dar certo Restrição  Limitação ou imposição de limite  Seu projeto precisa ser realizado dentro do limite definido
  14. 14.  Premissa: Talvez o seu projeto dependa de alguma premissa para dar certo... ▪ A Roberta, especialista em BI, vai participar do projeto. ▪ O cliente vai disponibilizar um analista de negócios em tempo integral na fase de levantamento de requisitos. Restrição: Seu projeto precisa ser realizado dentro do limite definido... ▪ O projeto precisa ser concluído antes de 31/12 ▪ O custo não pode ultrapassar R$ 500.000
  15. 15.  Premissas e restrições são um bom ponto de partida para identificação dos riscos a serem monitorados...  A Roberta, especialista em BI, vai participar do projeto. ▪ Quais eventos podem tirar a Roberta do projeto? ▪ O que faremos se ela sair?  O projeto precisa ser concluído antes de 31/12 ▪ Quais eventos podem fazer com que o projeto atrase? ▪ O que faremos se o projeto atrasar?
  16. 16.  Benchmarking Entrevistas Check-lists Opinião especializada  Consultoria Brainstorming Lições aprendidas
  17. 17.  Benchmarking Entrevistas Check-lists Opinião especializada  Consultoria Brainstorming Lições aprendidas
  18. 18.  Tempestade de idéias ou “toró de parpite” Diferenças de pensamentos e experiências geram novas ideias Compartilhar as ideias, sem filtros Julgamento pode “bloquear” o processo  A avaliação das ideias é feita no final da sessão de brainstorming
  19. 19.  Base histórica Reuniões entre equipes Aprendizado Inter-projetos  http://finito-log.blogspot.com/2004/08/o- aprendizado-inter-projetos.html Aprendizagem organizacional
  20. 20. # Descrição Fonte001 Entrega fora do prazo Falta de planejamento Mapeamento de requisitos002 Escopo não atendido inexistente003 Não aceitação do sistema pelos clientes Tecnologia nova
  21. 21.  Vários riscos serão identificados A análise permite priorizar o foco no tratamento dos riscos!  Probabilidade: Qual é a chance do risco ocorrer?  Impacto: Qual é o “tamanho” dos danos, caso o risco ocorra?  Probabilidade x Impacto = Prioridade, Criticidade ou Peso do risco
  22. 22. # Descrição Prob. Imp. Criticidade001 Entrega fora do prazo 4 5 20002 Escopo não atendido 3 4 12 Não aceitação do sistema003 2 3 6 pelos clientes
  23. 23.  Quando for um risco negativo...  Eliminar: Remover totalmente a ameaça (pode envolver mudanças radicais)  Transferir: Repassar o risco para um terceiro, mas não o elimina (por exemplo: Seguro)  Mitigar: Reduzir o impacto ou a probabilidade  Aceitar: Conheço o risco, sua probabilidade e seu impacto, mas concluí que é melhor “deixar a vida me levar” e atuar somente se o risco ocorrer
  24. 24.  Quando for um risco positivo...  Explorar: Direciono recursos para garantir que a oportunidade se concretize  Compartilhar: Envolvo um terceiro na exploração da oportunidade (por exemplo: Criação de uma joint venture)  Melhorar: Realizo ações para ampliar a probabilidade ou impacto positivo da oportunidade  Aceitar: Não tomarei ação, somente aproveitando os resultados caso a oportunidade se concretize
  25. 25. Estratégia de# Descrição Criticidade Resposta ao Plano de Ação Risco Entrega fora do O que fazer?001 20 Mitigar prazo Como fazer?002 Escopo não atendido 12 Mitigar Quem fará? Não aceitação do Quanto vai custar?003 sistema pelos 6 Aceitar Quem será clientes envolvido?
  26. 26. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  27. 27. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  28. 28. 1. Detalhar o 5. Criar o 7. Validar emapeamento 2. Detalhar o 3. Detalhar a 4. Criar o 6. Criar o Plano de divulgar os dos Escopo do EAP e o Plano de Plano de Recursos planos dostakeholders projeto Cronograma Comunicação Riscos Humanos projeto do projeto
  29. 29.  Se você fizer tudo da forma correta, a validação será tranquila...  Bom... O fato é que não depende somente de você... ▪ Sponsor ▪ Estrutura Organizacional ▪ Mapa do poder Depois é só divulgar os planos para os stakeholders e começar a Execução
  30. 30. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  31. 31.  Etapa crítica do projeto...  A forma como é realizada, impacta no sucesso ou fracasso Deve ser objetiva...  Foco nos documentos e ferramentas que realmente agregam O Gerente de Projeto direciona...  Mas não faz tudo sozinho
  32. 32. Planejamento do Projeto (Parte 3)
  33. 33.  Criem o Plano de Riscos do Projeto TCC
  34. 34. alessandro.almeida@uol.com.brwww.alessandroalmeida.com/unifieo.htmwww.slideshare.net/alessandroalmeida

×