SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO
INTRODUÇÃO
gleydsonrocha@Hotmail.com
A Psicologia Escolar/Educacional
• O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar?
• O psicólogo escolar desenvolve, apoia e promove a utilização de
instrumental adequado para o melhor aproveitamento acadêmico do
aluno a fim de que este se torne um cidadão que contribua
produtivamente para a sociedade.
A Psicologia Escolar/Educacional
• O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar?
• A Psicologia Escolar tem como referência conhecimentos científicos
sobre desenvolvimento emocional, cognitivo e social, utilizando-os
para compreender os processos e estilos de aprendizagem e
direcionar a equipe educativa na busca de um constante
aperfeiçoamento do processo ensino/aprendizagem.
A Psicologia Escolar/Educacional
• O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar?
• Sua participação na equipe multidisciplinar é fundamental para
respaldá-la com conhecimentos e experiências científicas atualizadas
na tomada de decisões de base;
• desenvolvimento de técnicas inclusivas para alunos com dificuldades
de aprendizagem e/ou comportamentais;
A Psicologia Escolar/Educacional
• O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar?
• Para isto o psicólogo escolar desenvolve atividades direcionadas com
alunos, professores e funcionários e atua em parceria com a
coordenação da escola, familiares e profissionais que acompanham os
alunos fora do ambiente escolar.
O psicólogo escolar/educacional
• Histórico e Formação:
• As origens históricas da Psicologia Escolar remontam ao século XIX (A
expansão do ensino público nas cidades da América e da Europa)
• No final do século XIX e início do XX, dava-se ênfase à avaliação
psicológica individual de crianças e adolescentes suspeitos de serem
“deficientes mentais, físicos ou morais”
• Observação, prevenção, intervenção e mensuração de habilidades e
capacidades foram os principais alvos dos estudos científicos
desenvolvidos.
• Estados Unidos, França, Bélgica, Suíça, Grã-Bretanha,
Itália e Alemanha nos campos da inteligência,
subdotação e superdotação
• Os primeiros serviços de Psicologia Escolar foram
criados ao final do século XIX, na França.
• Ao longo dos últimos 30 anos os EUA vêm liderando este
domínio devido a vários fatores:
serviços efetivamente prestados às escolas e aos escolares;
consolidação do papel do psicólogo como um profissional
(geralmente com mestrado ou doutorado em Psicologia
Escolar);
produção de pesquisa científica e de literatura básica de
síntese de conhecimento e de natureza prática;
Psicologia Escolar no Brasil
• Primórdios: de 1830 a 1940
Fase essencialmente ligada às escolas normais.
Esta fase, denominada normalista, ofereceu grande evolução ao
estudo, padronização, aplicação e aperfeiçoamento dos testes
psicológicos destinadosaos escolares.
1938: Foi realizado o primeiro congresso de Psicologia do país, em
São Paulo.
• Fase universitária do ensino da Psicologia: de 1940 a 1962
professores provenientes da área da Pedagogia: na falta de
psicólogos formados, pedagogos assumiam as disciplinas de
Psicologia Escolar e Problemas de Aprendizagem,
professores estrangeiros ou brasileiros que fizeram sua pós-
graduação no exterior: Nessa época as práticas ora se limitavam a
observações de comportamento com algumas intervenções ora se
convertiam em orientação educacional ou vocacional, utilizando-se
dos poucos testes psicológicos existentes, traduzidos para o
português, ou ainda sustentados no modelo clínico.
• Introdução da Psicologia Escolar no currículo de graduação em Psicolo
• Os marcos são o “Primeiro Congresso Nacional de Psicologia Escolar”
(Valinhos, SP, 1991),
• a criação da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional
(ABRAPEE) e a
• realização do XVII Congresso Internacional de Psicologia Escolar em
1994 na PUCCAMP, em Campinas (SP), conjuntamente com o II
Congresso Nacional de Psicologia Escolar.
• Década de 70: Com a publicação da Lei Federal 5.766/71, que trata da
criação dos Conselhos de Psicologia e a consequente obrigatoriedade
de registro para atuação como psicólogo, os pedagogos puderam
registrar-se como tal. Destes, muitos permaneceram na área da
Psicologia Escolar
• Década de 80: A Psicologia Escolar dá um salto de qualidade ao
abandonar o enfoque clínico em favor do modelo pedagógico.
Redirige a atenção do indivíduo, sua doença e dificuldades dentro da
escola para uma concepção mais preventiva e voltada à saúde
psicológica. Inicia-se o olhar sistêmico, que inclui uma visão cultural e
histórica da escola e dos fenômenos educativos. O aluno,
anteriormente considerado um indivíduo com problemas, passa a ser
considerado um indivíduo em processo de desenvolvimento
cognitivo, afetivo e social.
• Década de 90: Em 1990 é criada a ABRAPEE (Associação Brasileira de
Psicologia Escolar e Educacional - www.abrapee.psc.br) com a
finalidade de buscar o reconhecimento legal do psicólogo nas
instituições de ensino, estimular e divulgar pesquisas nesta área,
reciclar e atualizar os psicólogos e incentivar a melhoria dos serviços
prestados por estes profissionais.
A Psicologia Escolar Contemporânea
• O conceito de Psicologia Escolar/Educacional abrange a intersecção
entre a Psicologia na Escola e a Psicologia da Educação.
• status de aplicada (visando a atuação prática) e à segunda, o de
acadêmica (visando a pesquisa).
• Segundo dados extraídos da pesquisa de perfil profissional, elaborada
pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP, 2004), a área da Psicologia
Escolar/Educacional envolve 9,2% dos profissionais da Psicologia.
• Hoje, o objetivo da Psicologia Escolar/Educacional é ser um esteio
para o desenvolvimento global do estudante.
• Através de ações com diretores, professores, orientadores, pais e os
próprios alunos, o trabalho se dirige à prevenção
• Avaliação, diagnóstico, acompanhamento e orientação psicológica são
aplicados dentro de um contexto institucional e não mais
exclusivamente voltados ao aluno individualmente.
• Ao psicólogo escolar/educacional cabe integrar a teia de relações e
fazer parte da equipe multiprofissional,
• que envolve o processo ensino/aprendizagem levando em conta o
desenvolvimento global do estudante e da comunidade educativa.
Objetivos da Psicologia Escolar/Educacional
• O trabalho do psicólogo escolar/educacional tem como diretriz o
desenvolvimento do viver em cidadania.
• Busca instrumentos para apoiar o progresso acadêmico adequado do
aluno, respeitando diferenças individuais.
• É pautado na promoção da saúde da comunidade escolar a partir de
trabalhos preventivos que visem um processo de transformação
pessoal e social.
• Para tanto, baseia-se nos conhecimentos referentes aos estágios de
desenvolvimento humano, estilos de aprendizagem, aptidões e
interesses individuais e a conscientização de papéis sociais.
Onde atua a Psicologia Escolar/Educacional
• Os espaços e práticas da Psicologia Escolar/Educacional incluem, além das
escolas, outras instituições com propostas educacionais, tais como: clínicas
especializadas, consultorias a órgãos que necessitam de compreensão
sobre os processos de aprendizagem (Sebrae, Sesi, etc.);
• equipes de assessorias com projetos para escolas;
• serviços públicos de saúde e educação;
• trabalhos de extensão universitária e projetos de pesquisa em empresas e
ONGs, promovendo a educação permanente e a educação no (e pelo)
trabalho.
• O mais importante não é o local de trabalho e sim os pressupostos e
finalidades do profissional da educação.
01 psicologia da educação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
Ana Pereira
 
Linguagem e Pensamento
Linguagem e Pensamento Linguagem e Pensamento
Linguagem e Pensamento
Rosana Leite
 
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
GLEYDSON ROCHA
 
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vidaPalestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Fernando R. G. Paolini
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
flamarandr
 

Mais procurados (20)

Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Linguagem e Pensamento
Linguagem e Pensamento Linguagem e Pensamento
Linguagem e Pensamento
 
Pensamanto e linguagem - Vygotsky
Pensamanto e linguagem - VygotskyPensamanto e linguagem - Vygotsky
Pensamanto e linguagem - Vygotsky
 
história da psicologia social
história da psicologia social história da psicologia social
história da psicologia social
 
Psicopedagogia
PsicopedagogiaPsicopedagogia
Psicopedagogia
 
Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
 
3. psicologia social
3. psicologia social3. psicologia social
3. psicologia social
 
A Psicologia Escolar (Conceitos, Desenvolvimento e Desafios)
A Psicologia Escolar (Conceitos, Desenvolvimento e Desafios)A Psicologia Escolar (Conceitos, Desenvolvimento e Desafios)
A Psicologia Escolar (Conceitos, Desenvolvimento e Desafios)
 
Psicologia geral fabiola
Psicologia geral fabiolaPsicologia geral fabiola
Psicologia geral fabiola
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
 
Plano de ação setor de psicologia
Plano de ação   setor de psicologiaPlano de ação   setor de psicologia
Plano de ação setor de psicologia
 
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
11 a atuação da psicologia escolar no atendimento aos estudantes encaminhados...
 
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vidaPalestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vida
 
História da psicologia
História da psicologiaHistória da psicologia
História da psicologia
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
 
Documentos Técnicos~ Psicologia
Documentos Técnicos~ PsicologiaDocumentos Técnicos~ Psicologia
Documentos Técnicos~ Psicologia
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
 

Destaque

Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
unieubra
 
Psicologia Escolar
Psicologia EscolarPsicologia Escolar
Psicologia Escolar
Ester Oyola
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
Carlos Tesch
 
Psicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleidePsicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleide
Alcicleide Alexandre
 
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
William Silva
 

Destaque (20)

Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Introdução - Psicologia da Educação
Introdução - Psicologia da EducaçãoIntrodução - Psicologia da Educação
Introdução - Psicologia da Educação
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
Slides da aula 1 psicologia - professora léia lídice
Slides da aula 1   psicologia - professora léia lídiceSlides da aula 1   psicologia - professora léia lídice
Slides da aula 1 psicologia - professora léia lídice
 
Psicologia Esse
Psicologia EssePsicologia Esse
Psicologia Esse
 
Aula+1+ +importância+e+caracterização+da+psicologia+da+educação
Aula+1+ +importância+e+caracterização+da+psicologia+da+educaçãoAula+1+ +importância+e+caracterização+da+psicologia+da+educação
Aula+1+ +importância+e+caracterização+da+psicologia+da+educação
 
Psicologia
PsicologiaPsicologia
Psicologia
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Psicologia Escolar
Psicologia EscolarPsicologia Escolar
Psicologia Escolar
 
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da EducaçãoIntrodução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
 
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
Psicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleidePsicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleide
 
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
Apostila de psicologia da educaã‡ãƒo (1)
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
03 psicologia e educação nossa historia nossa realidade
03 psicologia e educação nossa historia nossa realidade03 psicologia e educação nossa historia nossa realidade
03 psicologia e educação nossa historia nossa realidade
 
Introdução a paleontologia
Introdução a paleontologiaIntrodução a paleontologia
Introdução a paleontologia
 
Apresentacao psicologia
Apresentacao psicologiaApresentacao psicologia
Apresentacao psicologia
 

Semelhante a 01 psicologia da educação

Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogia
janpsicoped
 
02.psicologia escolar e educacional
02.psicologia escolar e educacional02.psicologia escolar e educacional
02.psicologia escolar e educacional
Rosenira Dantas II
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
regianeaparecida
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
UNICEP
 
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
Janio Clímaco
 

Semelhante a 01 psicologia da educação (20)

Trabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrnTrabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrn
 
01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar
 
Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogia
 
02.psicologia escolar e educacional
02.psicologia escolar e educacional02.psicologia escolar e educacional
02.psicologia escolar e educacional
 
Contribuições da ABEP no Ensino e Formação de Psicólogas(os)
Contribuições da ABEP no Ensino e Formação de Psicólogas(os)   Contribuições da ABEP no Ensino e Formação de Psicólogas(os)
Contribuições da ABEP no Ensino e Formação de Psicólogas(os)
 
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da PsicopedagogiaApresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
 
Artigo[1]
Artigo[1]Artigo[1]
Artigo[1]
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
 
Traços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da PsicopedagogiaTraços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da Psicopedagogia
 
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).pptFundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
 
Psicologia e Educação - Estágio Básico P
Psicologia e Educação - Estágio Básico PPsicologia e Educação - Estágio Básico P
Psicologia e Educação - Estágio Básico P
 
Psicologia do Desenvolvimento - slide 1 (1).pptx
Psicologia do Desenvolvimento - slide 1 (1).pptxPsicologia do Desenvolvimento - slide 1 (1).pptx
Psicologia do Desenvolvimento - slide 1 (1).pptx
 
Ementa de Introdução a Psicologia
Ementa de Introdução a PsicologiaEmenta de Introdução a Psicologia
Ementa de Introdução a Psicologia
 
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuaçãopsicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
 
Psicopedagogia no brasil
Psicopedagogia no brasilPsicopedagogia no brasil
Psicopedagogia no brasil
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
 
Artigo orientação da queixa escolar
Artigo orientação da queixa escolarArtigo orientação da queixa escolar
Artigo orientação da queixa escolar
 
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
83 cge 2010 novos paradigmas do psicologo escolar
 
A importância do conhecimento em psicomotricidade artigo
A importância do conhecimento em psicomotricidade   artigoA importância do conhecimento em psicomotricidade   artigo
A importância do conhecimento em psicomotricidade artigo
 
elza-160727045940.pptx
elza-160727045940.pptxelza-160727045940.pptx
elza-160727045940.pptx
 

Mais de GLEYDSON ROCHA

10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
GLEYDSON ROCHA
 
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
GLEYDSON ROCHA
 
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
GLEYDSON ROCHA
 
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
GLEYDSON ROCHA
 
Composição da nota e falta
Composição da nota e faltaComposição da nota e falta
Composição da nota e falta
GLEYDSON ROCHA
 
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2 apresentação de...
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2   apresentação de...Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2   apresentação de...
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2 apresentação de...
GLEYDSON ROCHA
 

Mais de GLEYDSON ROCHA (18)

O ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behavioristaO ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behaviorista
 
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piagetA abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
 
Atividade quesito cor ibge étnico racial
Atividade quesito cor ibge étnico racialAtividade quesito cor ibge étnico racial
Atividade quesito cor ibge étnico racial
 
Apresentação conceitos fg étnico racial
Apresentação conceitos fg étnico racialApresentação conceitos fg étnico racial
Apresentação conceitos fg étnico racial
 
Diretrizes dh ppt
Diretrizes dh   pptDiretrizes dh   ppt
Diretrizes dh ppt
 
Rl educação ambiental
Rl educação ambientalRl educação ambiental
Rl educação ambiental
 
10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
10 avaliação das dificuldades de aprendizagem novas perspectivas para a avali...
 
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
09 educação para a liberdade, psicologia da libertação e psicologia escolar u...
 
08 pesquisa - significações sobre a atuação do psicólogo escolar
08   pesquisa - significações sobre a atuação do psicólogo escolar08   pesquisa - significações sobre a atuação do psicólogo escolar
08 pesquisa - significações sobre a atuação do psicólogo escolar
 
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
06 repensendo a formacao e o exercicio profissional do psi esc na posmodernidade
 
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
05 formando psicólogos escolares no brasil, dificuldades e perspectivas
 
04 histórias, tendências e possibilidades.
04 histórias, tendências e possibilidades.04 histórias, tendências e possibilidades.
04 histórias, tendências e possibilidades.
 
02 a educação e a escola
02 a educação e a escola02 a educação e a escola
02 a educação e a escola
 
Historia da psicologia
Historia da psicologiaHistoria da psicologia
Historia da psicologia
 
A evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológicaA evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológica
 
Fd flyer1
Fd flyer1Fd flyer1
Fd flyer1
 
Composição da nota e falta
Composição da nota e faltaComposição da nota e falta
Composição da nota e falta
 
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2 apresentação de...
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2   apresentação de...Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2   apresentação de...
Diretrizes de oferta das disciplinas semipresenciais 2014.2 apresentação de...
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 

01 psicologia da educação

  • 2. A Psicologia Escolar/Educacional • O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar? • O psicólogo escolar desenvolve, apoia e promove a utilização de instrumental adequado para o melhor aproveitamento acadêmico do aluno a fim de que este se torne um cidadão que contribua produtivamente para a sociedade.
  • 3. A Psicologia Escolar/Educacional • O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar? • A Psicologia Escolar tem como referência conhecimentos científicos sobre desenvolvimento emocional, cognitivo e social, utilizando-os para compreender os processos e estilos de aprendizagem e direcionar a equipe educativa na busca de um constante aperfeiçoamento do processo ensino/aprendizagem.
  • 4. A Psicologia Escolar/Educacional • O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar? • Sua participação na equipe multidisciplinar é fundamental para respaldá-la com conhecimentos e experiências científicas atualizadas na tomada de decisões de base; • desenvolvimento de técnicas inclusivas para alunos com dificuldades de aprendizagem e/ou comportamentais;
  • 5. A Psicologia Escolar/Educacional • O que é Psicologia Escolar e o que faz o psicólogo escolar? • Para isto o psicólogo escolar desenvolve atividades direcionadas com alunos, professores e funcionários e atua em parceria com a coordenação da escola, familiares e profissionais que acompanham os alunos fora do ambiente escolar.
  • 6. O psicólogo escolar/educacional • Histórico e Formação: • As origens históricas da Psicologia Escolar remontam ao século XIX (A expansão do ensino público nas cidades da América e da Europa) • No final do século XIX e início do XX, dava-se ênfase à avaliação psicológica individual de crianças e adolescentes suspeitos de serem “deficientes mentais, físicos ou morais” • Observação, prevenção, intervenção e mensuração de habilidades e capacidades foram os principais alvos dos estudos científicos desenvolvidos.
  • 7. • Estados Unidos, França, Bélgica, Suíça, Grã-Bretanha, Itália e Alemanha nos campos da inteligência, subdotação e superdotação • Os primeiros serviços de Psicologia Escolar foram criados ao final do século XIX, na França.
  • 8. • Ao longo dos últimos 30 anos os EUA vêm liderando este domínio devido a vários fatores: serviços efetivamente prestados às escolas e aos escolares; consolidação do papel do psicólogo como um profissional (geralmente com mestrado ou doutorado em Psicologia Escolar); produção de pesquisa científica e de literatura básica de síntese de conhecimento e de natureza prática;
  • 9. Psicologia Escolar no Brasil • Primórdios: de 1830 a 1940 Fase essencialmente ligada às escolas normais. Esta fase, denominada normalista, ofereceu grande evolução ao estudo, padronização, aplicação e aperfeiçoamento dos testes psicológicos destinadosaos escolares. 1938: Foi realizado o primeiro congresso de Psicologia do país, em São Paulo.
  • 10. • Fase universitária do ensino da Psicologia: de 1940 a 1962 professores provenientes da área da Pedagogia: na falta de psicólogos formados, pedagogos assumiam as disciplinas de Psicologia Escolar e Problemas de Aprendizagem, professores estrangeiros ou brasileiros que fizeram sua pós- graduação no exterior: Nessa época as práticas ora se limitavam a observações de comportamento com algumas intervenções ora se convertiam em orientação educacional ou vocacional, utilizando-se dos poucos testes psicológicos existentes, traduzidos para o português, ou ainda sustentados no modelo clínico.
  • 11. • Introdução da Psicologia Escolar no currículo de graduação em Psicolo • Os marcos são o “Primeiro Congresso Nacional de Psicologia Escolar” (Valinhos, SP, 1991), • a criação da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) e a • realização do XVII Congresso Internacional de Psicologia Escolar em 1994 na PUCCAMP, em Campinas (SP), conjuntamente com o II Congresso Nacional de Psicologia Escolar.
  • 12. • Década de 70: Com a publicação da Lei Federal 5.766/71, que trata da criação dos Conselhos de Psicologia e a consequente obrigatoriedade de registro para atuação como psicólogo, os pedagogos puderam registrar-se como tal. Destes, muitos permaneceram na área da Psicologia Escolar
  • 13. • Década de 80: A Psicologia Escolar dá um salto de qualidade ao abandonar o enfoque clínico em favor do modelo pedagógico. Redirige a atenção do indivíduo, sua doença e dificuldades dentro da escola para uma concepção mais preventiva e voltada à saúde psicológica. Inicia-se o olhar sistêmico, que inclui uma visão cultural e histórica da escola e dos fenômenos educativos. O aluno, anteriormente considerado um indivíduo com problemas, passa a ser considerado um indivíduo em processo de desenvolvimento cognitivo, afetivo e social.
  • 14. • Década de 90: Em 1990 é criada a ABRAPEE (Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional - www.abrapee.psc.br) com a finalidade de buscar o reconhecimento legal do psicólogo nas instituições de ensino, estimular e divulgar pesquisas nesta área, reciclar e atualizar os psicólogos e incentivar a melhoria dos serviços prestados por estes profissionais.
  • 15. A Psicologia Escolar Contemporânea • O conceito de Psicologia Escolar/Educacional abrange a intersecção entre a Psicologia na Escola e a Psicologia da Educação. • status de aplicada (visando a atuação prática) e à segunda, o de acadêmica (visando a pesquisa). • Segundo dados extraídos da pesquisa de perfil profissional, elaborada pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP, 2004), a área da Psicologia Escolar/Educacional envolve 9,2% dos profissionais da Psicologia.
  • 16. • Hoje, o objetivo da Psicologia Escolar/Educacional é ser um esteio para o desenvolvimento global do estudante. • Através de ações com diretores, professores, orientadores, pais e os próprios alunos, o trabalho se dirige à prevenção • Avaliação, diagnóstico, acompanhamento e orientação psicológica são aplicados dentro de um contexto institucional e não mais exclusivamente voltados ao aluno individualmente.
  • 17. • Ao psicólogo escolar/educacional cabe integrar a teia de relações e fazer parte da equipe multiprofissional, • que envolve o processo ensino/aprendizagem levando em conta o desenvolvimento global do estudante e da comunidade educativa.
  • 18. Objetivos da Psicologia Escolar/Educacional • O trabalho do psicólogo escolar/educacional tem como diretriz o desenvolvimento do viver em cidadania. • Busca instrumentos para apoiar o progresso acadêmico adequado do aluno, respeitando diferenças individuais. • É pautado na promoção da saúde da comunidade escolar a partir de trabalhos preventivos que visem um processo de transformação pessoal e social. • Para tanto, baseia-se nos conhecimentos referentes aos estágios de desenvolvimento humano, estilos de aprendizagem, aptidões e interesses individuais e a conscientização de papéis sociais.
  • 19. Onde atua a Psicologia Escolar/Educacional • Os espaços e práticas da Psicologia Escolar/Educacional incluem, além das escolas, outras instituições com propostas educacionais, tais como: clínicas especializadas, consultorias a órgãos que necessitam de compreensão sobre os processos de aprendizagem (Sebrae, Sesi, etc.); • equipes de assessorias com projetos para escolas; • serviços públicos de saúde e educação; • trabalhos de extensão universitária e projetos de pesquisa em empresas e ONGs, promovendo a educação permanente e a educação no (e pelo) trabalho. • O mais importante não é o local de trabalho e sim os pressupostos e finalidades do profissional da educação.