SlideShare uma empresa Scribd logo
1
5
1 8 3 3
ESTADO DE SERGIPE
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPELA
SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
Rua Coelho e Campos, 1201 – Centro – Capela – Sergipe
CNPJ 13119961/0001 – 61
E-mail: smecapela@bol.com.br
CONCEPÇÕES SOBRE O BRINCAR DOS BEBÊS
Tânia Ramos Fortuna
Natália Souza da Silva
A tarefa de acompanhar os bebês
nos momentos lúdicos não se
resume a vigiar ou evitar
conflitos, pois a mediação efetiva
provoca a superação de desafios
e o aprimoramento de
habilidades.
O brincar não é uma forma de ocupar
o tempo, mas sim uma linguagem,
uma forma de expressão, sendo
também um meio de desenvolver
habilidades corporais e cognitivas,
além de propiciar a experimentação
de sentimentos, tais como: prazer,
alegria, medo, frustração, entre outros
que afloram no ato lúdico.
Essa forma de pensar o
brincar influencia a prática
de tal modo que as trocas
entre adulto/criança
tornam-se extremamente
significativas para o
desenvolvimento e a
aprendizagem dos bebês.
Piaget também realça a dimensão construtiva da capacidade de brincar,
concebendo-a como maneira de manipular o mundo externo para assimilá-lo.
Para ele, o brincar cumpre uma função imprescindível para o intelecto e
mantém-se presente no comportamento humano ao longo de suas diferentes
fases, sendo a primeira delas denominada de PERÍODO SENSÓRIO-MOTOR que
abranger os dois primeiros anos de vida, em que a criança apresenta
percepções sobre o ambiente em que está inserida e age sobre ele.
Para promover o brincar das crianças
bem pequenas, é essencial um
ambiente estimulante e uma
interação qualificada. Tais condições
e atitudes são resultantes da
percepção do adulto sobre o bebê
como um sujeito ativo, capaz de
aprender e sobre a importância do
brincar como elemento importante
para o desenvolvimento cognitivo,
social, motor e emocional dos bebês.
A mediação do adulto como um parceiro
experiente e sensível às necessidades do bebê é
fundamental.
Cada vez mais as professoras de berçário estão
entendendo melhor seu papel de mediadoras e de
participantes ativas nas brincadeiras infantis,
embora ainda seja necessário aproximar mais a sua
prática do discurso em relação ao brincar.
A prática docente COM OS BEBÊS
Angela Scalabrin Coutinho
O desafio de estar com os bebês passa
principalmente pela comunicação, pois
interpretá-los exige disponibilidade,
conhecimento e interesse por parte dos
adultos.
Os bebês não comunicam pela fala ou pela
escrita o que sentem, conhecem e desejam,
mas sim por variados meios de comunicação,
como o corpo, o choro, o olhar.
Esta percepção é bastante importante para a
constituição da docência para a Educação
Infantil – 0 a 3 anos.
Estar professora de bebês exige
competências e habilidades que nem sempre
os cursos de formação tem contemplado.
Estar com crianças pequenas significa
colocar-se intencionalmente disponível para a
relação.
Bebê: um sujeito racional, que
tem sentimentos, que
demonstra preferências, que
se comunica.
O cuidado é um traço marcante da profissionalidade
docente na Educação Infantil, por ser a atenção uma
prerrogativa da educação em espaços coletivos.
A presença do grupo de bebês pelos diversos espaços da creche pode
possibilitar, além da ampliação de suas aprendizagens, que o trabalho
pedagógico do berçário ganhe mais visibilidade.
Muitas práticas ainda são organizadas a partir de uma ação de proteção excessiva
dos bebês / crianças pequenas.
As crianças pequenas não precisam crescer para só então participar, pois
desenvolvem-se participando.
Em vez de os bebês precisarem transformar-se para poder frequentar os espaços,
estes devem ser transformados para que eles possam utilizá-los.
PARA ALÉM DA SALA DO BERÇÁRIO
Carolina Gobbato
“A leitura pelo professor, COM ENTONAÇÃO E VIVACIDADE,
dos mais variados textos desde a mais tenra idade, propicia já
nos primeiros anos de vida o gosto pela leitura, o despertar de
descobertas que se dão a partir dos livros, a viagem através do
tempo a lugares distantes, conhecendo pessoas –personagens
fantásticos.” Luziete Leite
REFERÊNCIAS
 Revista Pátio – Educação Infantil. Grupo A – Conhecimento que transforma.
Ano XI nº 35. Abril / Junho 2013.
 PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. 3 ed. Rio de Janeiro: Zahar,
1978.
 A importância de brincar na infância. HORN, et al. Pedagogia do Brincar.
Porto Alegre: Editora Mediação, 2012.
 BARBOSA, M.C.S. As especificidades da ação pedagógica com os bebês.
Brasília: MEC/SEB, 2010.
 www.google.com.br/imagens

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
Gislaine
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
SimoneHelenDrumond
 
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Rosicler Casal Bueno Cardoso
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
Adriana Mércia
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
Renata Costa
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação Infantil
Luúh Reis
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
Rita Brito
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
lucavao2010
 
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTILBNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
Pedagoga Claudia Oliveira Andrade
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
Heloiza Moura
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
Lucas Silva
 
Lúdico
LúdicoLúdico
Lúdico
estercotrim
 
Avaliação na educação infantil
Avaliação na educação infantilAvaliação na educação infantil
Avaliação na educação infantil
Fátima Regina
 
Rotina para quê
Rotina para quêRotina para quê
Rotina para quê
Anaí Peña
 
Metodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantilMetodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantil
Marília Bogéa
 
Rotina da educação infantil
Rotina da educação infantilRotina da educação infantil
Rotina da educação infantil
Dennyse Azevedo
 
Avaliação na Educação Infantil
Avaliação na Educação InfantilAvaliação na Educação Infantil
Avaliação na Educação Infantil
Ana Pierangeli
 
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantilProjeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Cecília Alcântara
 
Fundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantilFundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantil
mirafontela
 
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação InclusivaCapacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Secretaria de Educação e Cultura - SEMEC aAcari
 

Mais procurados (20)

Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
 
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação Infantil
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTILBNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
 
Lúdico
LúdicoLúdico
Lúdico
 
Avaliação na educação infantil
Avaliação na educação infantilAvaliação na educação infantil
Avaliação na educação infantil
 
Rotina para quê
Rotina para quêRotina para quê
Rotina para quê
 
Metodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantilMetodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantil
 
Rotina da educação infantil
Rotina da educação infantilRotina da educação infantil
Rotina da educação infantil
 
Avaliação na Educação Infantil
Avaliação na Educação InfantilAvaliação na Educação Infantil
Avaliação na Educação Infantil
 
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantilProjeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantil
 
Fundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantilFundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantil
 
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação InclusivaCapacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
 

Destaque

Berçario
BerçarioBerçario
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
João Cascaes
 
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
Alerj
 
Adriana Monteiro
Adriana MonteiroAdriana Monteiro
Adriana Monteiro
Embaixadoreseducopedia
 
Reunião berçário II
Reunião berçário IIReunião berçário II
Reunião berçário II
CRG
 
Oficinas pedagógicas maternal
Oficinas pedagógicas maternalOficinas pedagógicas maternal
Oficinas pedagógicas maternal
ceiraiodesol
 
Portfólio 10
Portfólio 10Portfólio 10
Portfólio 10
Portfolio2015
 
Portfolio 2 semestre
Portfolio 2 semestrePortfolio 2 semestre
Portfolio 2 semestre
Elisangela Gomes
 
Secretária municipal de educação 2014
Secretária municipal de educação 2014Secretária municipal de educação 2014
Secretária municipal de educação 2014
Tatiiana Reis Santos
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
Darmone Mendes
 
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivoA importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
Ilza Ibelli
 
Apresentação para Reunião Berçário II
Apresentação para Reunião Berçário IIApresentação para Reunião Berçário II
Apresentação para Reunião Berçário II
barbararib
 
Educação 0-3 anos
Educação 0-3 anosEducação 0-3 anos
Ficha para avaliação descritiva na educação infantil
Ficha para avaliação descritiva na educação infantilFicha para avaliação descritiva na educação infantil
Ficha para avaliação descritiva na educação infantil
Cleide Avila
 
Apresentação Júlia
Apresentação JúliaApresentação Júlia
Apresentação Júlia
Emei Margaridinha
 
Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche
Anabela Branco
 
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
SimoneHelenDrumond
 
Oficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de crecheOficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de creche
juniaerfs
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Educação Infantil
 
Berçário simone helen drumond
Berçário simone helen  drumondBerçário simone helen  drumond
Berçário simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 

Destaque (20)

Berçario
BerçarioBerçario
Berçario
 
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
Escola infantil da comunidade georgia paula garuva sc em 10 02 2014
 
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
“Educação infantil e formação de profissionais no Estado do Rio de Janeiro (1...
 
Adriana Monteiro
Adriana MonteiroAdriana Monteiro
Adriana Monteiro
 
Reunião berçário II
Reunião berçário IIReunião berçário II
Reunião berçário II
 
Oficinas pedagógicas maternal
Oficinas pedagógicas maternalOficinas pedagógicas maternal
Oficinas pedagógicas maternal
 
Portfólio 10
Portfólio 10Portfólio 10
Portfólio 10
 
Portfolio 2 semestre
Portfolio 2 semestrePortfolio 2 semestre
Portfolio 2 semestre
 
Secretária municipal de educação 2014
Secretária municipal de educação 2014Secretária municipal de educação 2014
Secretária municipal de educação 2014
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivoA importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
A importância da educação infantil na formação do cidadão crítico-reflexivo
 
Apresentação para Reunião Berçário II
Apresentação para Reunião Berçário IIApresentação para Reunião Berçário II
Apresentação para Reunião Berçário II
 
Educação 0-3 anos
Educação 0-3 anosEducação 0-3 anos
Educação 0-3 anos
 
Ficha para avaliação descritiva na educação infantil
Ficha para avaliação descritiva na educação infantilFicha para avaliação descritiva na educação infantil
Ficha para avaliação descritiva na educação infantil
 
Apresentação Júlia
Apresentação JúliaApresentação Júlia
Apresentação Júlia
 
Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche
 
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
O ludico e a prendizagem no berçario vol 2
 
Oficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de crecheOficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de creche
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
 
Berçário simone helen drumond
Berçário simone helen  drumondBerçário simone helen  drumond
Berçário simone helen drumond
 

Semelhante a CRECHE

Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
Rosinara Azeredo
 
Recnei ed. inf.
Recnei ed. inf.Recnei ed. inf.
Recnei ed. inf.
Elisa Maria Gomide
 
Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431
Prefeitura de Cianorte
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
Magda Marques
 
Oppi
OppiOppi
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
SocorroBrito12
 
Texto desenvolvimento infantil[1]
Texto desenvolvimento infantil[1]Texto desenvolvimento infantil[1]
Texto desenvolvimento infantil[1]
Ana Carreiro
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
gracabt2011
 
Talita
TalitaTalita
Palestra alfabetização
Palestra alfabetizaçãoPalestra alfabetização
Palestra alfabetização
GiseleDuraesPrudencio
 
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumondCmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
PatriciaDaSilvaMunho
 
Thaynara e vanuza
Thaynara e vanuzaThaynara e vanuza
Thaynara e vanuza
Fernando Pissuto
 
Função social da escrita eliane poster
Função social da escrita eliane  posterFunção social da escrita eliane  poster
Função social da escrita eliane poster
Eliane Tramontin Silveira Moleta
 
Desenvolvimento infantil 2
Desenvolvimento infantil 2Desenvolvimento infantil 2
Desenvolvimento infantil 2
SimoneHelenDrumond
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
SimoneHelenDrumond
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
marlene_herter
 
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do alunoA importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
cibelefernoli
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
SimoneHelenDrumond
 
Portifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgmPortifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgm
EscolaPedrita
 

Semelhante a CRECHE (20)

Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Recnei ed. inf.
Recnei ed. inf.Recnei ed. inf.
Recnei ed. inf.
 
Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
 
Oppi
OppiOppi
Oppi
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
 
Texto desenvolvimento infantil[1]
Texto desenvolvimento infantil[1]Texto desenvolvimento infantil[1]
Texto desenvolvimento infantil[1]
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
 
Talita
TalitaTalita
Talita
 
Palestra alfabetização
Palestra alfabetizaçãoPalestra alfabetização
Palestra alfabetização
 
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumondCmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
Cmei fotos atividades 1º semestre de 2009 por simone helen drumond
 
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
Afetividade na primeira infância - a importância do desenvolvimento infantil....
 
Thaynara e vanuza
Thaynara e vanuzaThaynara e vanuza
Thaynara e vanuza
 
Função social da escrita eliane poster
Função social da escrita eliane  posterFunção social da escrita eliane  poster
Função social da escrita eliane poster
 
Desenvolvimento infantil 2
Desenvolvimento infantil 2Desenvolvimento infantil 2
Desenvolvimento infantil 2
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
 
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do alunoA importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
 
Portifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgmPortifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgm
 

Último

APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 

Último (20)

APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 

CRECHE

  • 1. 1 5 1 8 3 3 ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPELA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Rua Coelho e Campos, 1201 – Centro – Capela – Sergipe CNPJ 13119961/0001 – 61 E-mail: smecapela@bol.com.br
  • 2.
  • 3. CONCEPÇÕES SOBRE O BRINCAR DOS BEBÊS Tânia Ramos Fortuna Natália Souza da Silva A tarefa de acompanhar os bebês nos momentos lúdicos não se resume a vigiar ou evitar conflitos, pois a mediação efetiva provoca a superação de desafios e o aprimoramento de habilidades. O brincar não é uma forma de ocupar o tempo, mas sim uma linguagem, uma forma de expressão, sendo também um meio de desenvolver habilidades corporais e cognitivas, além de propiciar a experimentação de sentimentos, tais como: prazer, alegria, medo, frustração, entre outros que afloram no ato lúdico. Essa forma de pensar o brincar influencia a prática de tal modo que as trocas entre adulto/criança tornam-se extremamente significativas para o desenvolvimento e a aprendizagem dos bebês.
  • 4. Piaget também realça a dimensão construtiva da capacidade de brincar, concebendo-a como maneira de manipular o mundo externo para assimilá-lo. Para ele, o brincar cumpre uma função imprescindível para o intelecto e mantém-se presente no comportamento humano ao longo de suas diferentes fases, sendo a primeira delas denominada de PERÍODO SENSÓRIO-MOTOR que abranger os dois primeiros anos de vida, em que a criança apresenta percepções sobre o ambiente em que está inserida e age sobre ele. Para promover o brincar das crianças bem pequenas, é essencial um ambiente estimulante e uma interação qualificada. Tais condições e atitudes são resultantes da percepção do adulto sobre o bebê como um sujeito ativo, capaz de aprender e sobre a importância do brincar como elemento importante para o desenvolvimento cognitivo, social, motor e emocional dos bebês.
  • 5. A mediação do adulto como um parceiro experiente e sensível às necessidades do bebê é fundamental. Cada vez mais as professoras de berçário estão entendendo melhor seu papel de mediadoras e de participantes ativas nas brincadeiras infantis, embora ainda seja necessário aproximar mais a sua prática do discurso em relação ao brincar.
  • 6. A prática docente COM OS BEBÊS Angela Scalabrin Coutinho O desafio de estar com os bebês passa principalmente pela comunicação, pois interpretá-los exige disponibilidade, conhecimento e interesse por parte dos adultos. Os bebês não comunicam pela fala ou pela escrita o que sentem, conhecem e desejam, mas sim por variados meios de comunicação, como o corpo, o choro, o olhar. Esta percepção é bastante importante para a constituição da docência para a Educação Infantil – 0 a 3 anos. Estar professora de bebês exige competências e habilidades que nem sempre os cursos de formação tem contemplado. Estar com crianças pequenas significa colocar-se intencionalmente disponível para a relação. Bebê: um sujeito racional, que tem sentimentos, que demonstra preferências, que se comunica.
  • 7.
  • 8. O cuidado é um traço marcante da profissionalidade docente na Educação Infantil, por ser a atenção uma prerrogativa da educação em espaços coletivos.
  • 9. A presença do grupo de bebês pelos diversos espaços da creche pode possibilitar, além da ampliação de suas aprendizagens, que o trabalho pedagógico do berçário ganhe mais visibilidade. Muitas práticas ainda são organizadas a partir de uma ação de proteção excessiva dos bebês / crianças pequenas. As crianças pequenas não precisam crescer para só então participar, pois desenvolvem-se participando. Em vez de os bebês precisarem transformar-se para poder frequentar os espaços, estes devem ser transformados para que eles possam utilizá-los. PARA ALÉM DA SALA DO BERÇÁRIO Carolina Gobbato
  • 10. “A leitura pelo professor, COM ENTONAÇÃO E VIVACIDADE, dos mais variados textos desde a mais tenra idade, propicia já nos primeiros anos de vida o gosto pela leitura, o despertar de descobertas que se dão a partir dos livros, a viagem através do tempo a lugares distantes, conhecendo pessoas –personagens fantásticos.” Luziete Leite
  • 11. REFERÊNCIAS  Revista Pátio – Educação Infantil. Grupo A – Conhecimento que transforma. Ano XI nº 35. Abril / Junho 2013.  PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. 3 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.  A importância de brincar na infância. HORN, et al. Pedagogia do Brincar. Porto Alegre: Editora Mediação, 2012.  BARBOSA, M.C.S. As especificidades da ação pedagógica com os bebês. Brasília: MEC/SEB, 2010.  www.google.com.br/imagens