SlideShare uma empresa Scribd logo
Professoras: Magda
Marques e Gisele Santiago
Educação Infantil,
para quê?
O segredo da genialidade é
carregar o espírito da
infância na maturidade.
Thomas Huxley
Ser criança e ter infância têm o mesmo
significado?
Ser criança e ter infância são termos distintos!
Para compreender a Educação Infantil é preciso antes,
compreender a infância; as suas peculiaridades e
necessidades.
Sabemos que o desenvolvimento humano passa por
fases, e que em cada uma a criança pensa, age, aprende
e desenvolve-se de maneiras distintas, porém
interligadas.
E a criança com a qual trabalhamos diariamente, em que
fase se encontra?
Qual sua maneira de perceber e apreender o mundo?
Como nós, enquanto professores, podemos tornar esse
momento ainda mais rico, potencializando a
aprendizagem?
Período pré-operatório
No estágio simbólico, que é dos 2 até por volta dos 7
anos, o pensamento da criança está centrado nela
mesma, é um pensamento egocêntrico. E é nesta
fase que se apresenta a linguagem, como
socialização da criança, que se dá através da fala,
dos desenhos e das dramatizações.
O lúdico está presente em todos os momentos.
Diante disso, qual são os objetivos da Educação
Infantil?
• Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez
mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção
de suas limitações.
• Descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas
potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de
cuidado com a própria saúde e bem-estar.
• Estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças,
fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas
possibilidades de comunicação e interação social.
• Estabelecer e ampliar cada vez mais as relações sociais, aprendendo
aos poucos a articular seus interesses e pontos de vista com os demais,
respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e
colaboração.
• Brincar expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e
necessidades.
• Utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e
escrita) ajustadas às diferentes intenções e situações de
comunicação, de forma a compreender e ser compreendido,
expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos e
avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo
cada vez mais sua capacidade expressiva.
• Conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de
interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a
diversidade.
Visando o alcance de tais objetivos, a Educação
Infantil trabalha com base em seis eixos.
• Movimento,
• Música,
• Artes Visuais,
• Linguagem Oral e Escrita,
• Natureza e Sociedade,
• Matemática.
O ato de brincar na Educação Infantil
Brincar é uma importante forma de comunicação, é
por meio deste ato que a criança pode reproduzir o
seu cotidiano. O ato de brincar possibilita o processo
de aprendizagem da criança, pois facilita a
construção da reflexão, da autonomia e da
criatividade, estabelecendo, desta forma, uma
relação estreita entre jogo e aprendizagem.
ROTINA
A organização da rotina das atividades da criança na escola é um
aspecto de suma importância. Essa deve ser pensada a partir do
planejamento feito pela equipe pedagógica e professores, traduzida
no plano de trabalho ou de aula. A rotina possibilita à criança
segurança e domínio do espaço e do tempo que passa na escola.
Não é uma tarefa fácil estabelecer uma rotina, pois para o adulto,
muitas vezes, é considerado algo ruim e repetitivo. Porém, para a
criança, é fundamental que exista uma rotina para que ela se sinta
segura, possa desenvolver a sua autonomia, bem como, ter o controle
das atividades que irão acontecer
A rotina precisa compreender três formas de
organização do trabalho pedagógico;
• Atividades Permanentes;
• Sequência de Atividades;
• Projetos Pedagógicos.
Ambiente Alfabetizador
Um lugar para se aprender deve ser aconchegante e despertar no
aluno a curiosidade para fazer suas próprias descobertas. Por isso o
professor alfabetizador deve gastar um tempo a mais se dedicando a
esse espaço na sala de aula. Não se trata apenas de decoração mas
de materiais didáticos que estejam ao alcance do aluno, que seja
manipulável, palpável, para que o aluno possa se sentir parte do
processo de alfabetização e assim trilhar com autonomia seu
caminho de alfabetização.
Educação Infantil e Alfabetização
Na educação infantil, as práticas pedagógicas precisam realizar
uma conexão entre o processo de alfabetização das crianças e o
mundo real, construir uma concepção de ensinar a ler e a
escrever no próprio contexto das práticas sociais da leitura e da
escrita, inserindo as crianças em um contexto amplo, rico,
fecundo e permeado de múltiplas linguagens, as quais
automaticamente as levarão à linguagem escrita.
Para que o processo de alfabetização ocorra de maneira rica e
eficaz precisamos compreender como a criança aprende, o que
nos leva a um questionamento ainda mais importante; como o
professor deve ensinar.
A leitura e a escrita fazem parte da linguagem do ser humano e, ao
serem desenvolvidas, é importante que estejam correlacionada às
outras linguagens. Tomemos a oralidade como exemplo. Ela envolve as
pessoas e, sendo compreendida em uma comunicação recíproca, pode
provocar o processo de alfabetização. A oralidade é uma linguagem
fundamental nas relações entre professores e crianças e das crianças
entre si, porém é ainda pouco discutida na educação infantil. Nessa
etapa, tanto o movimento quanto as expressões verbais e não verbais
estão fomentando simultaneamente o desenvolvimento infantil.
Para que o processo de aquisição da língua escrita
ocorra naturalmente é preciso compreender o que é
alfabetizar e letrar.
Alfabetização: Processo de apropriação do sistema de
escrita.
Letramento: Processo de inserção nas práticas sociais
e uso da leitura e da escrita.
Para que o letramento aconteça, a criança precisa estar
em contato com os diversos gêneros que circulam na
sociedade, sendo incentivada a refletir sobre sua função
social.
Na Educação Infantil, as crianças recebem informações sobre a escrita
quando: brincam com a sonoridade das palavras, reconhecendo
semelhanças e diferenças entre os termos; manuseiam todo tipo de
material escrito, como revistas, gibis, livros, fascículos etc.; e o professor
lê para a turma e serve de escriba na produção.
As práticas de escrita devem estar presentes em momentos reais de uso
social. O escrever deve estar ligado ao registro de vivências, expressão
de emoções, ou seja, como comunicação.
O trabalho partindo do nome das próprias crianças é o ponto de partida
ideal para dar sentido ao uso da escrita e para refletir o sistema de
escrita.
Luiza recitando 'A criança que pensa em fadas'
Fernando Pessoa.mp4
Que a cada reflexão possamos modificar nossa
prática!
Obrigada pela atenção!
Referências Bibliográficas
• http://loja.grupoa.com.br/revista-
patio/artigo/5995/alfabetizacao-e-educacao-
infantil.aspx
• https://novaescola.org.br/conteudo/585/alfabetizar-na-
educacao-infantil-pode
• http://www.unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/re
vistafafibeonline/sumario/28/11122013185355.pdf
• Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação
Infantil, volume 1.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantil
artemiselima
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumondInvestigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Proposta do maternal l e ll educação infantil
Proposta do maternal l e ll   educação infantilProposta do maternal l e ll   educação infantil
Proposta do maternal l e ll educação infantil
Rosemary Batista
 
Rotinas na Educação Infantil
Rotinas na Educação InfantilRotinas na Educação Infantil
Rotinas na Educação Infantil
Blogdiipa
 
Formação rcnei
Formação rcneiFormação rcnei
Formação rcnei
SimoneHelenDrumond
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
gabriellehdasilva
 
Proposta do infantil l educação infantil
Proposta do infantil l   educação infantilProposta do infantil l   educação infantil
Proposta do infantil l educação infantil
Rosemary Batista
 
Planejamento cad 2016
Planejamento cad 2016Planejamento cad 2016
Coleção Vila da Criança
Coleção Vila da CriançaColeção Vila da Criança
Coleção Vila da Criança
reginashudo
 
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico
Modalidades organizativas do trabalho pedagógicoModalidades organizativas do trabalho pedagógico
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico
Rosangela Barros
 
A descoberta da_escrita
A descoberta da_escritaA descoberta da_escrita
A descoberta da_escrita
Jessica Carriço
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
Magda Marques
 
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantilModalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
Bruna Sabrine
 
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVMProjeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
Suelilaranja
 
A importância do ambiente alfabetizador
A importância do ambiente alfabetizadorA importância do ambiente alfabetizador
A importância do ambiente alfabetizador
Benedilosn
 
Sequencia didatica na educao infantil
Sequencia didatica na educao infantilSequencia didatica na educao infantil
Sequencia didatica na educao infantil
João Rafael Lopes
 
o espaço escolar na atualidade
o espaço escolar na atualidadeo espaço escolar na atualidade
o espaço escolar na atualidade
Rhaykaisa
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
Paula Spadoni
 
Slides mostra anos iniciais
Slides mostra anos iniciaisSlides mostra anos iniciais
Slides mostra anos iniciais
IPA Metodista
 
Práticas na educação infantil
Práticas na educação infantilPráticas na educação infantil
Práticas na educação infantil
Vanderlita Gomes B Marquetti
 

Mais procurados (20)

Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantil
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumondInvestigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
 
Proposta do maternal l e ll educação infantil
Proposta do maternal l e ll   educação infantilProposta do maternal l e ll   educação infantil
Proposta do maternal l e ll educação infantil
 
Rotinas na Educação Infantil
Rotinas na Educação InfantilRotinas na Educação Infantil
Rotinas na Educação Infantil
 
Formação rcnei
Formação rcneiFormação rcnei
Formação rcnei
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
 
Proposta do infantil l educação infantil
Proposta do infantil l   educação infantilProposta do infantil l   educação infantil
Proposta do infantil l educação infantil
 
Planejamento cad 2016
Planejamento cad 2016Planejamento cad 2016
Planejamento cad 2016
 
Coleção Vila da Criança
Coleção Vila da CriançaColeção Vila da Criança
Coleção Vila da Criança
 
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico
Modalidades organizativas do trabalho pedagógicoModalidades organizativas do trabalho pedagógico
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico
 
A descoberta da_escrita
A descoberta da_escritaA descoberta da_escrita
A descoberta da_escrita
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
 
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantilModalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
Modalidades organizativas do trabalho pedagógico na educação infantil
 
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVMProjeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
Projeto interdisciplinar Educação INFANTIL-AVM
 
A importância do ambiente alfabetizador
A importância do ambiente alfabetizadorA importância do ambiente alfabetizador
A importância do ambiente alfabetizador
 
Sequencia didatica na educao infantil
Sequencia didatica na educao infantilSequencia didatica na educao infantil
Sequencia didatica na educao infantil
 
o espaço escolar na atualidade
o espaço escolar na atualidadeo espaço escolar na atualidade
o espaço escolar na atualidade
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Slides mostra anos iniciais
Slides mostra anos iniciaisSlides mostra anos iniciais
Slides mostra anos iniciais
 
Práticas na educação infantil
Práticas na educação infantilPráticas na educação infantil
Práticas na educação infantil
 

Semelhante a Educaoinfantilparaqu 170620120431

Função social da escrita eliane poster
Função social da escrita eliane  posterFunção social da escrita eliane  poster
Função social da escrita eliane poster
Eliane Tramontin Silveira Moleta
 
Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita
Luiza Souza
 
Palestra alfabetização
Palestra alfabetizaçãoPalestra alfabetização
Palestra alfabetização
GiseleDuraesPrudencio
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
SimoneHelenDrumond
 
Proposta gênios educação infantil
Proposta gênios educação infantil Proposta gênios educação infantil
Proposta gênios educação infantil
Marcos Azevedo
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
SimoneHelenDrumond
 
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantilProjeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Cecília Alcântara
 
Oppi
OppiOppi
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Elisa Maria Gomide
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
Hellen Mariano
 
Trabalho interdisciplinar
Trabalho interdisciplinarTrabalho interdisciplinar
Trabalho interdisciplinar
marciarsantos
 
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilProjeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Cecília Alcântara
 
Eixos Da Educação Infantil
 Eixos Da Educação Infantil Eixos Da Educação Infantil
Eixos Da Educação Infantil
TatianaGonalve8
 
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativasTecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
christianceapcursos
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Unidade 3
guest3b31a4
 
Projeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetizaçãoProjeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetização
AlineGarotti
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
AVM
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
AVM
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
danizinha_blog
 
Alfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantlAlfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantl
Alice Soares
 

Semelhante a Educaoinfantilparaqu 170620120431 (20)

Função social da escrita eliane poster
Função social da escrita eliane  posterFunção social da escrita eliane  poster
Função social da escrita eliane poster
 
Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita
 
Palestra alfabetização
Palestra alfabetizaçãoPalestra alfabetização
Palestra alfabetização
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
 
Proposta gênios educação infantil
Proposta gênios educação infantil Proposta gênios educação infantil
Proposta gênios educação infantil
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
 
Projeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantilProjeto.doc teatro na ed. infantil
Projeto.doc teatro na ed. infantil
 
Oppi
OppiOppi
Oppi
 
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
 
Trabalho interdisciplinar
Trabalho interdisciplinarTrabalho interdisciplinar
Trabalho interdisciplinar
 
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilProjeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantil
 
Eixos Da Educação Infantil
 Eixos Da Educação Infantil Eixos Da Educação Infantil
Eixos Da Educação Infantil
 
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativasTecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
Tecendo caminhos na relação entre as atividades Lúdicas e as praticas educativas
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Unidade 3
 
Projeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetizaçãoProjeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetização
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
 
Alfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantlAlfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantl
 

Mais de Prefeitura de Cianorte

Sequencia 160404143828
Sequencia 160404143828Sequencia 160404143828
Sequencia 160404143828
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Complete com a_silaba_faltane_tia_debora
Complete com a_silaba_faltane_tia_deboraComplete com a_silaba_faltane_tia_debora
Complete com a_silaba_faltane_tia_debora
Prefeitura de Cianorte
 
Palavras simples recorte_doc_evelyn
Palavras simples recorte_doc_evelynPalavras simples recorte_doc_evelyn
Palavras simples recorte_doc_evelyn
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
Prefeitura de Cianorte
 
Numeros turma da_monica-1
Numeros turma da_monica-1Numeros turma da_monica-1
Numeros turma da_monica-1
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Listas fabulosas -_eva_furnari
Listas fabulosas -_eva_furnariListas fabulosas -_eva_furnari
Listas fabulosas -_eva_furnari
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Jogo alfabeto_pontilhado
Jogo  alfabeto_pontilhadoJogo  alfabeto_pontilhado
Jogo alfabeto_pontilhado
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
Prefeitura de Cianorte
 
Placa meu nome_e_te_atividades
Placa meu nome_e_te_atividadesPlaca meu nome_e_te_atividades
Placa meu nome_e_te_atividades
Prefeitura de Cianorte
 
Silabas e-palavras
Silabas e-palavrasSilabas e-palavras
Silabas e-palavras
Prefeitura de Cianorte
 
Amostra gratis colmeia_especial
Amostra gratis colmeia_especialAmostra gratis colmeia_especial
Amostra gratis colmeia_especial
Prefeitura de Cianorte
 
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Prefeitura de Cianorte
 

Mais de Prefeitura de Cianorte (18)

Sequencia 160404143828
Sequencia 160404143828Sequencia 160404143828
Sequencia 160404143828
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Complete com a_silaba_faltane_tia_debora
Complete com a_silaba_faltane_tia_deboraComplete com a_silaba_faltane_tia_debora
Complete com a_silaba_faltane_tia_debora
 
Palavras simples recorte_doc_evelyn
Palavras simples recorte_doc_evelynPalavras simples recorte_doc_evelyn
Palavras simples recorte_doc_evelyn
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
Alfabetizacao com boquinhas_-_professor_-_edicao_2011
 
Numeros turma da_monica-1
Numeros turma da_monica-1Numeros turma da_monica-1
Numeros turma da_monica-1
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Listas fabulosas -_eva_furnari
Listas fabulosas -_eva_furnariListas fabulosas -_eva_furnari
Listas fabulosas -_eva_furnari
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Jogo alfabeto_pontilhado
Jogo  alfabeto_pontilhadoJogo  alfabeto_pontilhado
Jogo alfabeto_pontilhado
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Documento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeeeDocumento de gizeleeeeee
Documento de gizeleeeeee
 
Placa meu nome_e_te_atividades
Placa meu nome_e_te_atividadesPlaca meu nome_e_te_atividades
Placa meu nome_e_te_atividades
 
Silabas e-palavras
Silabas e-palavrasSilabas e-palavras
Silabas e-palavras
 
Amostra gratis colmeia_especial
Amostra gratis colmeia_especialAmostra gratis colmeia_especial
Amostra gratis colmeia_especial
 
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
 

Último

Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 

Último (20)

Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 

Educaoinfantilparaqu 170620120431

  • 1. Professoras: Magda Marques e Gisele Santiago Educação Infantil, para quê?
  • 2. O segredo da genialidade é carregar o espírito da infância na maturidade. Thomas Huxley
  • 3. Ser criança e ter infância têm o mesmo significado?
  • 4. Ser criança e ter infância são termos distintos!
  • 5. Para compreender a Educação Infantil é preciso antes, compreender a infância; as suas peculiaridades e necessidades. Sabemos que o desenvolvimento humano passa por fases, e que em cada uma a criança pensa, age, aprende e desenvolve-se de maneiras distintas, porém interligadas. E a criança com a qual trabalhamos diariamente, em que fase se encontra? Qual sua maneira de perceber e apreender o mundo? Como nós, enquanto professores, podemos tornar esse momento ainda mais rico, potencializando a aprendizagem?
  • 6. Período pré-operatório No estágio simbólico, que é dos 2 até por volta dos 7 anos, o pensamento da criança está centrado nela mesma, é um pensamento egocêntrico. E é nesta fase que se apresenta a linguagem, como socialização da criança, que se dá através da fala, dos desenhos e das dramatizações. O lúdico está presente em todos os momentos.
  • 7. Diante disso, qual são os objetivos da Educação Infantil? • Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações. • Descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem-estar. • Estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças, fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social. • Estabelecer e ampliar cada vez mais as relações sociais, aprendendo aos poucos a articular seus interesses e pontos de vista com os demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração. • Brincar expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades.
  • 8. • Utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva. • Conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a diversidade.
  • 9. Visando o alcance de tais objetivos, a Educação Infantil trabalha com base em seis eixos. • Movimento, • Música, • Artes Visuais, • Linguagem Oral e Escrita, • Natureza e Sociedade, • Matemática.
  • 10. O ato de brincar na Educação Infantil
  • 11. Brincar é uma importante forma de comunicação, é por meio deste ato que a criança pode reproduzir o seu cotidiano. O ato de brincar possibilita o processo de aprendizagem da criança, pois facilita a construção da reflexão, da autonomia e da criatividade, estabelecendo, desta forma, uma relação estreita entre jogo e aprendizagem.
  • 12. ROTINA A organização da rotina das atividades da criança na escola é um aspecto de suma importância. Essa deve ser pensada a partir do planejamento feito pela equipe pedagógica e professores, traduzida no plano de trabalho ou de aula. A rotina possibilita à criança segurança e domínio do espaço e do tempo que passa na escola. Não é uma tarefa fácil estabelecer uma rotina, pois para o adulto, muitas vezes, é considerado algo ruim e repetitivo. Porém, para a criança, é fundamental que exista uma rotina para que ela se sinta segura, possa desenvolver a sua autonomia, bem como, ter o controle das atividades que irão acontecer
  • 13. A rotina precisa compreender três formas de organização do trabalho pedagógico; • Atividades Permanentes; • Sequência de Atividades; • Projetos Pedagógicos.
  • 14. Ambiente Alfabetizador Um lugar para se aprender deve ser aconchegante e despertar no aluno a curiosidade para fazer suas próprias descobertas. Por isso o professor alfabetizador deve gastar um tempo a mais se dedicando a esse espaço na sala de aula. Não se trata apenas de decoração mas de materiais didáticos que estejam ao alcance do aluno, que seja manipulável, palpável, para que o aluno possa se sentir parte do processo de alfabetização e assim trilhar com autonomia seu caminho de alfabetização.
  • 15. Educação Infantil e Alfabetização Na educação infantil, as práticas pedagógicas precisam realizar uma conexão entre o processo de alfabetização das crianças e o mundo real, construir uma concepção de ensinar a ler e a escrever no próprio contexto das práticas sociais da leitura e da escrita, inserindo as crianças em um contexto amplo, rico, fecundo e permeado de múltiplas linguagens, as quais automaticamente as levarão à linguagem escrita. Para que o processo de alfabetização ocorra de maneira rica e eficaz precisamos compreender como a criança aprende, o que nos leva a um questionamento ainda mais importante; como o professor deve ensinar.
  • 16. A leitura e a escrita fazem parte da linguagem do ser humano e, ao serem desenvolvidas, é importante que estejam correlacionada às outras linguagens. Tomemos a oralidade como exemplo. Ela envolve as pessoas e, sendo compreendida em uma comunicação recíproca, pode provocar o processo de alfabetização. A oralidade é uma linguagem fundamental nas relações entre professores e crianças e das crianças entre si, porém é ainda pouco discutida na educação infantil. Nessa etapa, tanto o movimento quanto as expressões verbais e não verbais estão fomentando simultaneamente o desenvolvimento infantil.
  • 17. Para que o processo de aquisição da língua escrita ocorra naturalmente é preciso compreender o que é alfabetizar e letrar. Alfabetização: Processo de apropriação do sistema de escrita. Letramento: Processo de inserção nas práticas sociais e uso da leitura e da escrita. Para que o letramento aconteça, a criança precisa estar em contato com os diversos gêneros que circulam na sociedade, sendo incentivada a refletir sobre sua função social.
  • 18. Na Educação Infantil, as crianças recebem informações sobre a escrita quando: brincam com a sonoridade das palavras, reconhecendo semelhanças e diferenças entre os termos; manuseiam todo tipo de material escrito, como revistas, gibis, livros, fascículos etc.; e o professor lê para a turma e serve de escriba na produção. As práticas de escrita devem estar presentes em momentos reais de uso social. O escrever deve estar ligado ao registro de vivências, expressão de emoções, ou seja, como comunicação. O trabalho partindo do nome das próprias crianças é o ponto de partida ideal para dar sentido ao uso da escrita e para refletir o sistema de escrita.
  • 19. Luiza recitando 'A criança que pensa em fadas' Fernando Pessoa.mp4 Que a cada reflexão possamos modificar nossa prática! Obrigada pela atenção!
  • 20. Referências Bibliográficas • http://loja.grupoa.com.br/revista- patio/artigo/5995/alfabetizacao-e-educacao- infantil.aspx • https://novaescola.org.br/conteudo/585/alfabetizar-na- educacao-infantil-pode • http://www.unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/re vistafafibeonline/sumario/28/11122013185355.pdf • Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, volume 1.