SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Gestão
OrganizacionalPRÁTICAS DE GESTÃO DA EMPRESA KISABOR
Portfólio em Grupo – 1º semestre de 2015
Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais I – UNOPAR – Nova Iguaçu – RJ
Alex Florentino de Melo
Patrícia de Souza Portella
Priscilla dos Anjos Ribeiro
 Analisar as Práticas de Gestão em uma empresa do ramo de
alimentação, identificando e sugerindo proposta de intervenções
(consultoria).
OBJETIVO DA ATIVIDADE
 Visando a preservação da imagem e identidade da empresa
pesquisada, utilizaram-se nomes fictícios
CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA PESQUISADA
 Instituição formal;
 Fundação: Ano de 2000;
 Razão Social: Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda;
 Nome Fantasia: Kisabor;
 Localização: Município de Nova Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro;
 Atuação: Ramo de Comércio e indústria de alimentos;
 Produtos: Xarope de frutas, coberturas (caldas) e bebidas prontas
para beber (refrescos);
 Clientes: distribuidores, consumidores finais, supermercados e
instituições;
 Mercado: Estado do Rio de Janeiro e outros estados;
 Força de trabalho: aproximadamente 130 funcionários.
ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE
 Sabe-se que o código de ética empresarial é um instrumento que
serve para demonstrar os princípios, a visão e a missão de uma
empresa. Através deste documento conhece-se a postura social
da instituição diante do público com quem interage.
 Conforme constatado através do material de estudo da disciplina
Ética, Política e Sociedade, o Código de Ética pode se referir a
conduta social da empresa, explicitando sua contribuição para a
comunidade e com o governo. Essas ações podem dar a ideia do
posicionamento da empresa, fator de identificação com
funcionários e clientes.
Verificou-se que a empresa entrevistada:
 Não possui um código de ética documentado e que não era notória
a importância dessa conduta social para a mesma.
 O Gestor entrevistado ao ser questionado sobre a Missão, Visão e
Valores que a Empresa empregava, demonstrou dúvidas, pois se
acreditava que somente “produzir com qualidade” e “realizar
entregas com a melhor agilidade” seria suficiente para apresentar a
razão de ser da empresa.
ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE
Verificou-se que a empresa entrevistada:
 Possui Missão, Visão e Valores escritos e divulgados no site conforme as
declarações a seguir:
• Missão: “Produzir e comercializar bebidas não alcoólicas e coberturas, com
certificação de origem da matéria prima, respeitando o consumidor e
garantindo um padrão de qualidade em toda a linha de produção e
comercialização".
• Visão: “Ser uma empresa que atenda aos diversos padrões de exigência no
ramo de bebidas não alcoólicas, contribuindo para uma vida saudável dos
consumidores respeitando as oportunidades de negócios presentes e
futuras”.
• Valores: "Ética, Responsabilidade Social, Respeito, Confiabilidade e
Integridade Absoluta".
ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE
MODELO DE GESTÃO DA KISABOR
 Natureza familiar;
 Diretoria: o pai, Geraldo e os dois filhos, Geraldo Junior
e Rafaela;
 Segunda geração a envolver-se com as atividades de
operações e de poder decisório de maneira
hereditária;
 Poder sobre o negócio está centralizado nas mãos dos
três familiares, que interferem diretamente no controle
administrativo da empresa.
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
 Recomenda-se a Kisabor:
 Buscar a profissionalização da gestão, com práticas administrativas
mais racionais e modernas.
 É percebida a centralização das decisões no nível de Diretoria,
especificamente as assumidas pelo filho Geraldo Junior, que
acumula funções tanto do nível estratégico quanto do tático, se
envolvendo de modo geral nas atividades da Empresa.
Segundo Ferreira (2006, p.19) “gerir significa organizar e modelar, por
meio de instrumentos e técnicas adequadas [...]”.
NÍVEIS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA KISABOR
Níveis Hierarquia Funções
Estratégico Diretoria
Planejamento, Organização, Direção e Controle.
Provisão de recursos financeiros, Definição de
Estratégias e Objetivos Organizacionais.
Tático Gerência e Supervisão
Planejamento, Organização, Direção e Controle
Efetividade das operações, liderança de equipes,
Qualidade técnica dos produtos
Operacional
Assistentes, Auxiliares,
Vendedores, Motoristas,
Representantes, Eletricista,
Soldador, Mecânico etc.
Execução das atividades
Administração é um processo de tomar decisões e realizar ações que
compreendem quatro processos principais e interligados: planejamento,
organização, direcionamento e controle (MAXIMIANO, 2003).
 Implantação na fábrica do PCP (Planejamento e controle da produção):
 Responsável pelo planejamento, organização, direção e controle da produção;
 Foco: aspectos técnicos, administrativos e operacionais.
 Operacionalização do PCP na Kisabor:
 Planejamento: Atendimento ao estoque de produto acabado, alinhado a demanda do
comercial (vendas);
Diretoria e Líderes / meios e recursos / objetivos e metas
 Organização: Divisão das tarefas para os setores / funções pertinentes;
Execução das tarefas pelos níveis operacionais
 Direção: Comando e coordenação pelos líderes;
Ambiente favorável e motivação da equipe
Comunicação e resolução de conflitos
 Controle: Monitoramento;
Relatórios de perdas, horas trabalhada, produção, consumo de matérias-primas etc.
Analisados pela Diretoria e Responsáveis, durante e ao final do processo produtivo.
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA KISABOR
SISTEMA ORGANIZACIONAL
 O conceito de “organização como sistema”, ou seja, um
organismo vivo formado de vários subsistemas interligados e
interagindo entre si em função de um todo maior, que por sua
vez inter-relaciona-se com o meio externo, caracteriza um
sistema aberto.
 Karl Ludwig Von Bertalanffy (1909-1972) propôs uma nova
estrutura integrada e útil, para organizar e interpretar o
conhecimento administrativo (SILVA, 2013, p. 114).
SISTEMA ORGANIZACIONAL DA EMPRESA KISABOR
 Conforme Chiavenato (2000, p. 88), há três tipos básicos de
habilidades necessárias ao administrador:
 Técnica;
 Humana;
 Conceitual.
HABILIDADES NA GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
 Observado que no gestor entrevistado, Geraldo Junior, as três
habilidades estão presentes.
 Possui um amplo conhecimento de todas as partes que
compõem a empresa;
 Domínio e experiência por parte do jovem diretor quantos
aos processos, a estrutura organizacional, as funções, as
finanças, o marketing, a produção e os recursos humanos.
HABILIDADES NA GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
ECONOMIA
 Informalidade no conhecimento dos concorrentes.
 Recomenda-se que a Empresa Kisabor realize uma pesquisa de
mercado estruturada para de fato identificar seus concorrentes,
que pode se iniciar com o uso de uma lista telefônica da cidade
ou mediante associações comerciais e industriais atuantes, que
também é possível adquirir uma lista de empresas associadas.
 O método de pesquisa de mercado utilizado pela Kisabor não é
algo aprofundado, somente busca informações básicas dos
concorrentes, valores, lançamentos de novos produtos e a
degustações de produtos da concorrência.
PROCESSO GESTÃO DE PESSOAS
Fonte: Adaptado de Chiavenato (2002, p. 155).
GESTÃO DE PESSOAS
 Para Chiavenato (2002), Gestão de Pessoas produz profundos
impactos nas pessoas e nas organizações. O modo de lidar com as
pessoas, de buscá-las no mercado, de integrá-las e orientá-las, de
fazê-las trabalhar e de controlá-las, ou melhor, a forma de como as
pessoas são geridas na organização é um aspecto crucial na
competitividade organizacional. Baseando-se no ponto de vista de
Chiavenato (2002, p.155), a Gestão de Pessoas compõe-se de cinco
processos básicos, que são demonstrados na figura 2 adaptada
pelos componentes do grupo de trabalho.
 Recomenda-se a empresa Kisabor levar em conta a Missão, a Visão
e os Valores da organização quando na definição das políticas e
práticas de Gestão de Pessoas a fim de que os resultados e objetivos
esperados sejam comuns a todos os níveis funcionais.
ESTRUTURA DE CARGOS DA KISABOR
 Enxuta;
 Comando da Empresa centralizado na Diretoria, ou seja,
nos familiares;
 Predominam os laços afetivos extremamente fortes,
influenciando os comportamentos, relacionamentos e
decisões da empresa.
A estrutura organizacional, diferentemente das formas de organização
que estão diretamente relacionadas às atividades, encontra-se
relacionada ao poder e à responsabilidade da empresa, visualizada mais
comumente pelo seu organograma (GURGEL e RODRIGUEZ, 2009, p. 112).
ORGANOGRAMA DA EMPRESA KISABOR
PROCESSO DE COMUNICAÇÃO
 O processo de comunicação na empresa Kisabor dá-se por:
 Reuniões regulares;
 Contatos diretos entre as pessoas diariamente;
 Quadro de avisos (normas, regras, datas comemorativas e
outros);
 Telefonia móvel (pessoal externo).
A empresa Kisabor beneficia-se
pela sua estrutura enxuta e
facilidade de proximidade de
contatos com todos os níveis.
PROCESSO DE COMUNICAÇÃO
 A comunicação é uma preocupação constante da sociedade, pois não
depende apenas do emissor, mas de todo o processo que envolve a
comunicação, com relevância principal a maneira como a mensagem é
percebida pelo receptor.
 Convém que seja dada mais atenção a este aspecto já que o mesmo
pode causar danos irreparáveis ao clima organizacional, de como o
ambiente de trabalho é percebido pelo funcionário. Como mostra
Nathan Laufer (2011, p. 122), “... pessoas diferentes usam maneiras
diferentes de aprender e recordar...”, a liderança deve usar diversas
formas para se comunicar com as pessoas.
 O principio básico do relacionamento humano e da liderança é a
comunicação, porém como o homem é um ser complexo ela também é
complexa e possui papel relevante nos processos de interação do
indivíduo com o grupo. O papel do líder é crucial para as relações
interpessoais de sua equipe e para o desempenho da organização.
TREINAMENTO
 As atividades de treinamento realizadas pela Empresa Kisabor acontecem
basicamente nos postos de trabalho, onde um funcionário treina o outro. É
considerado pelo Diretor que na produção as atividades são repetitivas e
não exigem tanto conhecimento e experiência dos ocupantes dos cargos.
Para os cargos do pessoal do comercial, adota-se como critério de seleção
a experiência em vendas e representação.
 No cenário atual as empresas consideram a importância do treinamento
como instrumento para melhorar/aumentar a produtividade e a
rentabilidade empresarial. O treinamento é um processo educacional de
curto prazo por meio do qual as pessoas aprendem conhecimentos
relativos ao trabalho, atitudes perante aspectos da organização e
desenvolvem habilidades e competência em função dos objetivos definidos
(CHIAVENATO, 2002).
 Com o intuito de manter as pessoas na organização, prepará-las e
desenvolvê-las para que estas gerem os resultados esperados, recomenda-
se a empresa repensar esta questão.
QUALIDADE DE VIDA E SATISFAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS
 Identifica-se que é em torno do bem-estar do trabalhador que os conceitos de
Qualidade de Vida no Trabalho, ou QVT, ganham forma e contribuem para a
evolução dos conceitos da Gestão de Pessoas. De acordo com a seguinte frase de
Chiavenato, “[...] refere-se à preocupação com o bem-estar geral e saúde dos
trabalhadores no desempenho de suas tarefas” (CHIAVENATO, 2004, p.324), admite-
se que Qualidade de Vida no Trabalho existe para gerar estratégias com o intuito de
promover um ambiente que estimule e dê suporte ao indivíduo e à empresa,
conscientizando sobre como sua saúde está diretamente relacionada à sua
qualidade e produtividade.
 Visando adaptar-se a novas e complexas interações em termos de excelência em
relação à produtividade e a qualidade dos serviços prestados, a Empresa Kisabor
oferta a seus funcionários a alimentação diária (café da manhã, almoço e lanche da
noite), promove confraternizações internas nas datas comemorativas, realiza
palestras motivacionais eventualmente, ministra uma vez por semana um culto
evangélico nas suas instalações e disponibiliza os Equipamentos de Proteção
Individual necessários para a equipe.
 Atualmente a empresa não utiliza nenhuma ferramenta para avaliar formalmente o
nível de satisfação dos funcionários. Foi-nos apresentado pelo Diretor Junior que a
empresa zela por um ambiente de respeito mútuo e espaço para diálogo, que é
facilitado pela proximidade de contato que existe entre os níveis organizacionais.
RECONHECIMENTO DOS FUNCIONÁRIOS
 Como forma de reconhecimento dos funcionários pela Kisabor é utilizada a
“participação na produtividade” para o pessoal da produção e
“premiações” para equipe de vendas, o que não envolve todos da
organização.
 Convém que a empresa estude e planeje sistematicamente as estratégias
de reconhecimento abrangendo todos os funcionários.
 É sabido que através do desenvolvimento de programas de
reconhecimento de funcionários, os empregadores podem melhorar, em
alguns casos dramaticamente, o desempenho, a retenção e os níveis de
engajamento de funcionários.
 O reconhecimento dos funcionários é um motor de engajamento de custo
potencialmente muito baixo que pode ter um impacto muito, muito
significativo no desempenho financeiro da empresa.
CONCLUSÃO
 Conclui-se que o resultado deste trabalho acadêmico foi atingido, pois se
seguiram as etapas e exigências propostas para a análise das práticas de
Gestão e sugestões de intervenções para empresa Kisabor.
 Este trabalho foi muito importante para o nosso conhecimento e
aprofundamento com relação aos temas estudados no ambiente
acadêmico porque permitiu-nos uma melhor aproximação com o mundo
empresarial, de forma orientada, mediante um roteiro de perguntas
interdisciplinares. Desta forma, também proporcionou-nos perceber o
quanto a empresa carecia de melhorias nas suas práticas de gestão,
uma vez que ficou notória a predominância dos laços afetivos de família,
impactando nas decisões e estratégias organizacionais.
AGRADECIMENTOS
 A Deus por ter nos dado saúde e força para superar as dificuldades.
 A esta universidade, seu corpo docente, direção e administração que
oportunizaram a janela que hoje vislumbramos um horizonte superior,
nutrido pela confiança no mérito e ética aqui presentes.
 Ao nosso Tutor e Orientador João Carlos Melo pelo suporte, pelas
suas correções e incentivos.
 A empresa Kisabor por ter nos recebido de portas abertas e por toda
a boa vontade em nos ouvir.
 E a todos que direta ou indiretamente contribuíram para nosso
trabalho, o nosso muito obrigado.
REFERÊNCIAS
 CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. Rio de Janeiro:
Campus, 2000.
 CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
 CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas
organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004, 2ª Reimpressão.
 FERREIRA, Victor Claudio Paradela et al. Modelos de gestão. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV,
2006.
 GURGEL, Claudio e RODRIGUEZ, Martius Vicente Rodriguez. Administração. Elementos
essenciais para a gestão das organizações. São Paulo: Atlas, 2009.
 LAUFER, Nathan. A Bíblia da liderança. O que a bíblia nos ensina sobre visão, valores e
liderança para a mudança. São Paulo: Via Lettera, 2011.
 MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Fundamentos de administração: manual
compacto para as disciplinas TGA e Introdução à Administração. São Paulo: Atlas,
2003.
 SILVA, Reinaldo Oliveira. Teorias da Administração. 3. ed. São Paulo: Pearson Education
do Brasil, 2013.
 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Biblioteca Central. Normas para apresentação
de trabalhos. 2. ed. Curitiba: UFPR, 1992. v. 2.
APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada
1) Informações Iniciais: caracterização da empresa pesquisada
 • Nome da Empresa:
 • Município onde está localizada:
 • Ramo de atividade (descreva o tipo de produto ou serviço que a
empresa oferece ao consumidor final):
 • Número de Funcionários:
2) Questões específicas sobre: Ética, Política e Sociedade
 • Há um código de ética na empresa?
 • O código de ética abrange todas as situações que surgem na empresa?
 • Apresente seu posicionamento sobre a eficiência ou não do código de
ética.
3) Questões específicas sobre: Modelos de Gestão
 Identificar na Estrutura Organizacional: dentro do organograma que será desenvolvido na
disciplina de gestão de pessoas, identifique quem está no nível estratégico, tático e operacional e
descreva a função destes.
 Escolha uma área da organização (exceto Recursos Humanos) e relate como o planejamento,
organização, execução e controle (PODC) são realizados.
 Utilizando o conceito de “organização como sistema”, identifique os elementos que compõem a
entrada, processamento, saída e feedback da organização pesquisada.
 Quais foram as habilidades encontradas no gestor da organização em questão? Quais são as
habilidades que faltam a este gestor conforme a sua análise e opinião? Justifique e comente.
4) Questões específicas sobre: Economia
 Qualquer relatório de consultoria exige o desenvolvimento de várias fases de pesquisa, além da
descrição do empreendimento (que já foi solicitada no início da atividade), é necessário abordar
aspectos relacionados ao ambiente interno da empresa e ao ambiente externo, assim, é
necessário que vocês descrevam:
a) Produtos e/ou serviços que a empresa oferta no mercado.
b) Público-alvo (consumidores).
c) Principais concorrentes.
APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada
5) Questões específicas sobre: Gestão de Pessoas
 Relatar como é a estrutura de cargos da empresa: de preferência construir o
organograma da empresa.
 Relatar como é o processo de comunicação na empresa e quais são os recursos que a
empresa utiliza para o processo de comunicação interna.
 Verificar como se dá o relacionamento entre os colaboradores e destes com seus
superiores, e se existem conflitos.
 Verificar se a empresa treina os funcionários ou oferece incentivo para capacitação e
desenvolvimento.
 Relatar se a empresa desenvolve ações que contribuam para o bem estar e
qualidade de vida no trabalho dos seus funcionários.
 Verificar se a empresa utiliza/aplica alguma ferramenta para medir o nível de
satisfação dos funcionários, descrevendo-a.
 Analisar se a empresa possui estratégias de reconhecimento dos funcionários, essas
estratégias podem ser através de remuneração ou outras formas de reconhecimento
que não envolva diretamente remuneração; explicando-as.
APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação do ERP
Apresentação do ERPApresentação do ERP
Apresentação do ERPMurilojose10
 
Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos
Estrutura Organizacional - Conceito e TiposEstrutura Organizacional - Conceito e Tipos
Estrutura Organizacional - Conceito e TiposMatheus Inácio
 
Check list para auditoria interna
Check list para auditoria internaCheck list para auditoria interna
Check list para auditoria internaMiguel
 
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineInterpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineGAC CURSOS ONLINE
 
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)Gustavo Zimmermann
 
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedorLogística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedorManuel Garcia Garcia
 
Especialização vertical e horizontal
Especialização vertical e horizontalEspecialização vertical e horizontal
Especialização vertical e horizontalAndrea Sousa
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Amanda Fraga
 
Trabalho interdisciplinar Pizaria Ramos
Trabalho interdisciplinar  Pizaria RamosTrabalho interdisciplinar  Pizaria Ramos
Trabalho interdisciplinar Pizaria RamosHelio Rebouças
 
Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Alexsandro Prado
 
Arh 5. planejamento de rh
Arh   5. planejamento de rhArh   5. planejamento de rh
Arh 5. planejamento de rhBernardoLima1
 

Mais procurados (20)

Aula 01 SGQ - Introdução
Aula 01 SGQ - IntroduçãoAula 01 SGQ - Introdução
Aula 01 SGQ - Introdução
 
Apresentação do ERP
Apresentação do ERPApresentação do ERP
Apresentação do ERP
 
Gestão Estratégica da TI - Apresentação
Gestão Estratégica da TI - ApresentaçãoGestão Estratégica da TI - Apresentação
Gestão Estratégica da TI - Apresentação
 
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos
Estrutura Organizacional - Conceito e TiposEstrutura Organizacional - Conceito e Tipos
Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos
 
Check list para auditoria interna
Check list para auditoria internaCheck list para auditoria interna
Check list para auditoria interna
 
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineInterpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
 
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAISSISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
 
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
Noções de Administração: Funções da Administração (aula 1)
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedorLogística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
 
Especialização vertical e horizontal
Especialização vertical e horizontalEspecialização vertical e horizontal
Especialização vertical e horizontal
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
 
Trabalho interdisciplinar Pizaria Ramos
Trabalho interdisciplinar  Pizaria RamosTrabalho interdisciplinar  Pizaria Ramos
Trabalho interdisciplinar Pizaria Ramos
 
Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)
 
Arh 5. planejamento de rh
Arh   5. planejamento de rhArh   5. planejamento de rh
Arh 5. planejamento de rh
 
Aula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - FluxogramaAula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - Fluxograma
 
Gestão de Projetos
Gestão de ProjetosGestão de Projetos
Gestão de Projetos
 

Destaque

PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.Alaxiel
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIAL
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIALPRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIAL
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIALClaudeir Novais
 
Modelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparModelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparRogerio Sena
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisMurilo Amorim
 
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONALGESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONALRicardo Dutra da Silva
 
Trabalho individual unopar. 1º semestre
Trabalho individual unopar.  1º semestreTrabalho individual unopar.  1º semestre
Trabalho individual unopar. 1º semestreBruno Leal
 
Slide atividade interdisciplinar em grupo
Slide   atividade interdisciplinar em grupoSlide   atividade interdisciplinar em grupo
Slide atividade interdisciplinar em grupoJoão Silva
 
Trabalho em grupo slide editado
Trabalho em grupo slide editadoTrabalho em grupo slide editado
Trabalho em grupo slide editadoJoão Silva
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 Douglas Moroni
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...Douglas Moroni
 
Portfolio unopar administração 7º periodo conceito excelente!
Portfolio unopar administração 7º periodo   conceito excelente!Portfolio unopar administração 7º periodo   conceito excelente!
Portfolio unopar administração 7º periodo conceito excelente!Rogerio Sena
 
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbi
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbiApresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbi
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbiTriunfoRi
 
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas   mayara crozettaTrabalho gestão de pessoas   mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas mayara crozettaJazon Pereira
 
Processos Empresariais
Processos EmpresariaisProcessos Empresariais
Processos EmpresariaisLeandro Lyria
 
Graduação - Processos Gerenciais - Unisinos
Graduação - Processos Gerenciais - UnisinosGraduação - Processos Gerenciais - Unisinos
Graduação - Processos Gerenciais - UnisinosUniversidade Unisinos
 
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...Raffaela Bonfim
 
Trabalho individual gestão industrial 5º semestre
Trabalho individual gestão industrial 5º semestreTrabalho individual gestão industrial 5º semestre
Trabalho individual gestão industrial 5º semestreÉderson Sierota
 

Destaque (20)

PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIAL
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIALPRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIAL
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL TEMA: GESTÃO EMPRESARIAL
 
Modelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparModelo portfólio unopar
Modelo portfólio unopar
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos Gerenciais
 
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONALGESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL
GESTÃO DE PESSOAS e DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL
 
Trabalho individual unopar. 1º semestre
Trabalho individual unopar.  1º semestreTrabalho individual unopar.  1º semestre
Trabalho individual unopar. 1º semestre
 
Slide atividade interdisciplinar em grupo
Slide   atividade interdisciplinar em grupoSlide   atividade interdisciplinar em grupo
Slide atividade interdisciplinar em grupo
 
Trabalho em grupo slide editado
Trabalho em grupo slide editadoTrabalho em grupo slide editado
Trabalho em grupo slide editado
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2
 
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...
PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL 1º SEMESTRE ON-LINE – 2014/2 - U...
 
Portfolio unopar administração 7º periodo conceito excelente!
Portfolio unopar administração 7º periodo   conceito excelente!Portfolio unopar administração 7º periodo   conceito excelente!
Portfolio unopar administração 7º periodo conceito excelente!
 
Apol 1 - Processos gerenciais Uninter
Apol 1 - Processos gerenciais UninterApol 1 - Processos gerenciais Uninter
Apol 1 - Processos gerenciais Uninter
 
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbi
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbiApresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbi
Apresentação – conferência sobre concessões bradesco – bbi
 
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas   mayara crozettaTrabalho gestão de pessoas   mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
 
Processos Empresariais
Processos EmpresariaisProcessos Empresariais
Processos Empresariais
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Graduação - Processos Gerenciais - Unisinos
Graduação - Processos Gerenciais - UnisinosGraduação - Processos Gerenciais - Unisinos
Graduação - Processos Gerenciais - Unisinos
 
Bradesco
BradescoBradesco
Bradesco
 
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
 
Trabalho individual gestão industrial 5º semestre
Trabalho individual gestão industrial 5º semestreTrabalho individual gestão industrial 5º semestre
Trabalho individual gestão industrial 5º semestre
 

Semelhante a Gestão organizacional da Kisabor

Atps tecnologia da gestãoo
Atps tecnologia da gestãooAtps tecnologia da gestãoo
Atps tecnologia da gestãooerminbazu
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasfarmwaine
 
Clima organizacional grupo
Clima organizacional grupoClima organizacional grupo
Clima organizacional grupoclonercos
 
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMódulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMarileneAs
 
cambole one apresentação da empresa cambolo one
cambole one  apresentação  da empresa cambolo onecambole one  apresentação  da empresa cambolo one
cambole one apresentação da empresa cambolo oneAngoPaz1
 
Pi mmodelo
Pi mmodeloPi mmodelo
Pi mmodelodynahina
 
Exame Organizacional
Exame OrganizacionalExame Organizacional
Exame OrganizacionalPlanno
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorUniversidade de Pernambuco
 
Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacionalRenatasabri
 
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo!
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo! Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo!
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo! Mauro de Oliveira
 
O planejamento estrategico(slides)
O planejamento estrategico(slides)O planejamento estrategico(slides)
O planejamento estrategico(slides)Jorge Leandro
 
Apresentação vero (prospect)!
Apresentação   vero (prospect)!Apresentação   vero (prospect)!
Apresentação vero (prospect)!rbelloto
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...nandogabriel2
 
Tecnologias de gestão atps
Tecnologias de gestão atpsTecnologias de gestão atps
Tecnologias de gestão atpsMaisa Macedo
 

Semelhante a Gestão organizacional da Kisabor (20)

Atps tecnologia da gestãoo
Atps tecnologia da gestãooAtps tecnologia da gestãoo
Atps tecnologia da gestãoo
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
 
Clima organizacional grupo
Clima organizacional grupoClima organizacional grupo
Clima organizacional grupo
 
Seminario Excelencia da Gestao - 2015
Seminario Excelencia da Gestao - 2015Seminario Excelencia da Gestao - 2015
Seminario Excelencia da Gestao - 2015
 
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMódulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
 
cambole one apresentação da empresa cambolo one
cambole one  apresentação  da empresa cambolo onecambole one  apresentação  da empresa cambolo one
cambole one apresentação da empresa cambolo one
 
Pi mmodelo
Pi mmodeloPi mmodelo
Pi mmodelo
 
Polipedras final
Polipedras finalPolipedras final
Polipedras final
 
Exame Organizacional
Exame OrganizacionalExame Organizacional
Exame Organizacional
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
 
Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacional
 
3m organiz --
3m organiz --3m organiz --
3m organiz --
 
Gestao e qualidade
Gestao e qualidadeGestao e qualidade
Gestao e qualidade
 
Seminario Excelencia da Gestao - 2015
Seminario  Excelencia da Gestao - 2015Seminario  Excelencia da Gestao - 2015
Seminario Excelencia da Gestao - 2015
 
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo!
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo! Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo!
Código de Ética nas empresas: principais objetivos e como organizá-lo!
 
Diagnostico Empresarial
Diagnostico EmpresarialDiagnostico Empresarial
Diagnostico Empresarial
 
O planejamento estrategico(slides)
O planejamento estrategico(slides)O planejamento estrategico(slides)
O planejamento estrategico(slides)
 
Apresentação vero (prospect)!
Apresentação   vero (prospect)!Apresentação   vero (prospect)!
Apresentação vero (prospect)!
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
 
Tecnologias de gestão atps
Tecnologias de gestão atpsTecnologias de gestão atps
Tecnologias de gestão atps
 

Mais de João Silva

Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - LogísticaTrabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - LogísticaJoão Silva
 
Gestão Pública
Gestão PúblicaGestão Pública
Gestão PúblicaJoão Silva
 
Extra supermercado
Extra supermercadoExtra supermercado
Extra supermercadoJoão Silva
 
Apresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodoApresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodoJoão Silva
 
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábadoT.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábadoJoão Silva
 
T.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingT.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingJoão Silva
 
T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.João Silva
 
T.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaT.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaJoão Silva
 
T.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalT.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalJoão Silva
 
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaTrabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaJoão Silva
 
Contabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoContabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoJoão Silva
 
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
Slides  T.I.G coca cola formato atualizado Slides  T.I.G coca cola formato atualizado
Slides T.I.G coca cola formato atualizado João Silva
 
Trabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okTrabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okJoão Silva
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)João Silva
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar
Excelência em gestão pública   portifólio unoparExcelência em gestão pública   portifólio unopar
Excelência em gestão pública portifólio unoparJoão Silva
 
Apresentação unopar cópia
Apresentação unopar   cópiaApresentação unopar   cópia
Apresentação unopar cópiaJoão Silva
 
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltdaUnopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltdaJoão Silva
 

Mais de João Silva (20)

Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - LogísticaTrabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
 
Gestão Pública
Gestão PúblicaGestão Pública
Gestão Pública
 
Extra supermercado
Extra supermercadoExtra supermercado
Extra supermercado
 
Apresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodoApresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodo
 
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábadoT.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
 
T.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingT.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em Marketing
 
T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.
 
T.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaT.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão Pública
 
T.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalT.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão Ambiental
 
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaTrabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
 
Contabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoContabilidade no setor público
Contabilidade no setor público
 
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
Slides  T.I.G coca cola formato atualizado Slides  T.I.G coca cola formato atualizado
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
 
Dliramodas
DliramodasDliramodas
Dliramodas
 
Trabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okTrabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga ok
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar
Excelência em gestão pública   portifólio unoparExcelência em gestão pública   portifólio unopar
Excelência em gestão pública portifólio unopar
 
T.I.G
T.I.GT.I.G
T.I.G
 
Apresentação unopar cópia
Apresentação unopar   cópiaApresentação unopar   cópia
Apresentação unopar cópia
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltdaUnopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
 

Último

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 

Último (20)

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 

Gestão organizacional da Kisabor

  • 1. Gestão OrganizacionalPRÁTICAS DE GESTÃO DA EMPRESA KISABOR Portfólio em Grupo – 1º semestre de 2015 Trabalho Interdisciplinar de Grupo Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais I – UNOPAR – Nova Iguaçu – RJ Alex Florentino de Melo Patrícia de Souza Portella Priscilla dos Anjos Ribeiro
  • 2.  Analisar as Práticas de Gestão em uma empresa do ramo de alimentação, identificando e sugerindo proposta de intervenções (consultoria). OBJETIVO DA ATIVIDADE  Visando a preservação da imagem e identidade da empresa pesquisada, utilizaram-se nomes fictícios
  • 3. CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA PESQUISADA  Instituição formal;  Fundação: Ano de 2000;  Razão Social: Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda;  Nome Fantasia: Kisabor;  Localização: Município de Nova Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro;  Atuação: Ramo de Comércio e indústria de alimentos;  Produtos: Xarope de frutas, coberturas (caldas) e bebidas prontas para beber (refrescos);  Clientes: distribuidores, consumidores finais, supermercados e instituições;  Mercado: Estado do Rio de Janeiro e outros estados;  Força de trabalho: aproximadamente 130 funcionários.
  • 4. ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE  Sabe-se que o código de ética empresarial é um instrumento que serve para demonstrar os princípios, a visão e a missão de uma empresa. Através deste documento conhece-se a postura social da instituição diante do público com quem interage.  Conforme constatado através do material de estudo da disciplina Ética, Política e Sociedade, o Código de Ética pode se referir a conduta social da empresa, explicitando sua contribuição para a comunidade e com o governo. Essas ações podem dar a ideia do posicionamento da empresa, fator de identificação com funcionários e clientes.
  • 5. Verificou-se que a empresa entrevistada:  Não possui um código de ética documentado e que não era notória a importância dessa conduta social para a mesma.  O Gestor entrevistado ao ser questionado sobre a Missão, Visão e Valores que a Empresa empregava, demonstrou dúvidas, pois se acreditava que somente “produzir com qualidade” e “realizar entregas com a melhor agilidade” seria suficiente para apresentar a razão de ser da empresa. ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE
  • 6. Verificou-se que a empresa entrevistada:  Possui Missão, Visão e Valores escritos e divulgados no site conforme as declarações a seguir: • Missão: “Produzir e comercializar bebidas não alcoólicas e coberturas, com certificação de origem da matéria prima, respeitando o consumidor e garantindo um padrão de qualidade em toda a linha de produção e comercialização". • Visão: “Ser uma empresa que atenda aos diversos padrões de exigência no ramo de bebidas não alcoólicas, contribuindo para uma vida saudável dos consumidores respeitando as oportunidades de negócios presentes e futuras”. • Valores: "Ética, Responsabilidade Social, Respeito, Confiabilidade e Integridade Absoluta". ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE
  • 7. MODELO DE GESTÃO DA KISABOR  Natureza familiar;  Diretoria: o pai, Geraldo e os dois filhos, Geraldo Junior e Rafaela;  Segunda geração a envolver-se com as atividades de operações e de poder decisório de maneira hereditária;  Poder sobre o negócio está centralizado nas mãos dos três familiares, que interferem diretamente no controle administrativo da empresa.
  • 8. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL  Recomenda-se a Kisabor:  Buscar a profissionalização da gestão, com práticas administrativas mais racionais e modernas.  É percebida a centralização das decisões no nível de Diretoria, especificamente as assumidas pelo filho Geraldo Junior, que acumula funções tanto do nível estratégico quanto do tático, se envolvendo de modo geral nas atividades da Empresa. Segundo Ferreira (2006, p.19) “gerir significa organizar e modelar, por meio de instrumentos e técnicas adequadas [...]”.
  • 9. NÍVEIS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA KISABOR Níveis Hierarquia Funções Estratégico Diretoria Planejamento, Organização, Direção e Controle. Provisão de recursos financeiros, Definição de Estratégias e Objetivos Organizacionais. Tático Gerência e Supervisão Planejamento, Organização, Direção e Controle Efetividade das operações, liderança de equipes, Qualidade técnica dos produtos Operacional Assistentes, Auxiliares, Vendedores, Motoristas, Representantes, Eletricista, Soldador, Mecânico etc. Execução das atividades Administração é um processo de tomar decisões e realizar ações que compreendem quatro processos principais e interligados: planejamento, organização, direcionamento e controle (MAXIMIANO, 2003).
  • 10.  Implantação na fábrica do PCP (Planejamento e controle da produção):  Responsável pelo planejamento, organização, direção e controle da produção;  Foco: aspectos técnicos, administrativos e operacionais.  Operacionalização do PCP na Kisabor:  Planejamento: Atendimento ao estoque de produto acabado, alinhado a demanda do comercial (vendas); Diretoria e Líderes / meios e recursos / objetivos e metas  Organização: Divisão das tarefas para os setores / funções pertinentes; Execução das tarefas pelos níveis operacionais  Direção: Comando e coordenação pelos líderes; Ambiente favorável e motivação da equipe Comunicação e resolução de conflitos  Controle: Monitoramento; Relatórios de perdas, horas trabalhada, produção, consumo de matérias-primas etc. Analisados pela Diretoria e Responsáveis, durante e ao final do processo produtivo. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA KISABOR
  • 11. SISTEMA ORGANIZACIONAL  O conceito de “organização como sistema”, ou seja, um organismo vivo formado de vários subsistemas interligados e interagindo entre si em função de um todo maior, que por sua vez inter-relaciona-se com o meio externo, caracteriza um sistema aberto.  Karl Ludwig Von Bertalanffy (1909-1972) propôs uma nova estrutura integrada e útil, para organizar e interpretar o conhecimento administrativo (SILVA, 2013, p. 114).
  • 12. SISTEMA ORGANIZACIONAL DA EMPRESA KISABOR
  • 13.  Conforme Chiavenato (2000, p. 88), há três tipos básicos de habilidades necessárias ao administrador:  Técnica;  Humana;  Conceitual. HABILIDADES NA GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
  • 14.  Observado que no gestor entrevistado, Geraldo Junior, as três habilidades estão presentes.  Possui um amplo conhecimento de todas as partes que compõem a empresa;  Domínio e experiência por parte do jovem diretor quantos aos processos, a estrutura organizacional, as funções, as finanças, o marketing, a produção e os recursos humanos. HABILIDADES NA GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
  • 15. ECONOMIA  Informalidade no conhecimento dos concorrentes.  Recomenda-se que a Empresa Kisabor realize uma pesquisa de mercado estruturada para de fato identificar seus concorrentes, que pode se iniciar com o uso de uma lista telefônica da cidade ou mediante associações comerciais e industriais atuantes, que também é possível adquirir uma lista de empresas associadas.  O método de pesquisa de mercado utilizado pela Kisabor não é algo aprofundado, somente busca informações básicas dos concorrentes, valores, lançamentos de novos produtos e a degustações de produtos da concorrência.
  • 16. PROCESSO GESTÃO DE PESSOAS Fonte: Adaptado de Chiavenato (2002, p. 155).
  • 17. GESTÃO DE PESSOAS  Para Chiavenato (2002), Gestão de Pessoas produz profundos impactos nas pessoas e nas organizações. O modo de lidar com as pessoas, de buscá-las no mercado, de integrá-las e orientá-las, de fazê-las trabalhar e de controlá-las, ou melhor, a forma de como as pessoas são geridas na organização é um aspecto crucial na competitividade organizacional. Baseando-se no ponto de vista de Chiavenato (2002, p.155), a Gestão de Pessoas compõe-se de cinco processos básicos, que são demonstrados na figura 2 adaptada pelos componentes do grupo de trabalho.  Recomenda-se a empresa Kisabor levar em conta a Missão, a Visão e os Valores da organização quando na definição das políticas e práticas de Gestão de Pessoas a fim de que os resultados e objetivos esperados sejam comuns a todos os níveis funcionais.
  • 18. ESTRUTURA DE CARGOS DA KISABOR  Enxuta;  Comando da Empresa centralizado na Diretoria, ou seja, nos familiares;  Predominam os laços afetivos extremamente fortes, influenciando os comportamentos, relacionamentos e decisões da empresa. A estrutura organizacional, diferentemente das formas de organização que estão diretamente relacionadas às atividades, encontra-se relacionada ao poder e à responsabilidade da empresa, visualizada mais comumente pelo seu organograma (GURGEL e RODRIGUEZ, 2009, p. 112).
  • 20. PROCESSO DE COMUNICAÇÃO  O processo de comunicação na empresa Kisabor dá-se por:  Reuniões regulares;  Contatos diretos entre as pessoas diariamente;  Quadro de avisos (normas, regras, datas comemorativas e outros);  Telefonia móvel (pessoal externo). A empresa Kisabor beneficia-se pela sua estrutura enxuta e facilidade de proximidade de contatos com todos os níveis.
  • 21. PROCESSO DE COMUNICAÇÃO  A comunicação é uma preocupação constante da sociedade, pois não depende apenas do emissor, mas de todo o processo que envolve a comunicação, com relevância principal a maneira como a mensagem é percebida pelo receptor.  Convém que seja dada mais atenção a este aspecto já que o mesmo pode causar danos irreparáveis ao clima organizacional, de como o ambiente de trabalho é percebido pelo funcionário. Como mostra Nathan Laufer (2011, p. 122), “... pessoas diferentes usam maneiras diferentes de aprender e recordar...”, a liderança deve usar diversas formas para se comunicar com as pessoas.  O principio básico do relacionamento humano e da liderança é a comunicação, porém como o homem é um ser complexo ela também é complexa e possui papel relevante nos processos de interação do indivíduo com o grupo. O papel do líder é crucial para as relações interpessoais de sua equipe e para o desempenho da organização.
  • 22. TREINAMENTO  As atividades de treinamento realizadas pela Empresa Kisabor acontecem basicamente nos postos de trabalho, onde um funcionário treina o outro. É considerado pelo Diretor que na produção as atividades são repetitivas e não exigem tanto conhecimento e experiência dos ocupantes dos cargos. Para os cargos do pessoal do comercial, adota-se como critério de seleção a experiência em vendas e representação.  No cenário atual as empresas consideram a importância do treinamento como instrumento para melhorar/aumentar a produtividade e a rentabilidade empresarial. O treinamento é um processo educacional de curto prazo por meio do qual as pessoas aprendem conhecimentos relativos ao trabalho, atitudes perante aspectos da organização e desenvolvem habilidades e competência em função dos objetivos definidos (CHIAVENATO, 2002).  Com o intuito de manter as pessoas na organização, prepará-las e desenvolvê-las para que estas gerem os resultados esperados, recomenda- se a empresa repensar esta questão.
  • 23. QUALIDADE DE VIDA E SATISFAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS  Identifica-se que é em torno do bem-estar do trabalhador que os conceitos de Qualidade de Vida no Trabalho, ou QVT, ganham forma e contribuem para a evolução dos conceitos da Gestão de Pessoas. De acordo com a seguinte frase de Chiavenato, “[...] refere-se à preocupação com o bem-estar geral e saúde dos trabalhadores no desempenho de suas tarefas” (CHIAVENATO, 2004, p.324), admite- se que Qualidade de Vida no Trabalho existe para gerar estratégias com o intuito de promover um ambiente que estimule e dê suporte ao indivíduo e à empresa, conscientizando sobre como sua saúde está diretamente relacionada à sua qualidade e produtividade.  Visando adaptar-se a novas e complexas interações em termos de excelência em relação à produtividade e a qualidade dos serviços prestados, a Empresa Kisabor oferta a seus funcionários a alimentação diária (café da manhã, almoço e lanche da noite), promove confraternizações internas nas datas comemorativas, realiza palestras motivacionais eventualmente, ministra uma vez por semana um culto evangélico nas suas instalações e disponibiliza os Equipamentos de Proteção Individual necessários para a equipe.  Atualmente a empresa não utiliza nenhuma ferramenta para avaliar formalmente o nível de satisfação dos funcionários. Foi-nos apresentado pelo Diretor Junior que a empresa zela por um ambiente de respeito mútuo e espaço para diálogo, que é facilitado pela proximidade de contato que existe entre os níveis organizacionais.
  • 24. RECONHECIMENTO DOS FUNCIONÁRIOS  Como forma de reconhecimento dos funcionários pela Kisabor é utilizada a “participação na produtividade” para o pessoal da produção e “premiações” para equipe de vendas, o que não envolve todos da organização.  Convém que a empresa estude e planeje sistematicamente as estratégias de reconhecimento abrangendo todos os funcionários.  É sabido que através do desenvolvimento de programas de reconhecimento de funcionários, os empregadores podem melhorar, em alguns casos dramaticamente, o desempenho, a retenção e os níveis de engajamento de funcionários.  O reconhecimento dos funcionários é um motor de engajamento de custo potencialmente muito baixo que pode ter um impacto muito, muito significativo no desempenho financeiro da empresa.
  • 25. CONCLUSÃO  Conclui-se que o resultado deste trabalho acadêmico foi atingido, pois se seguiram as etapas e exigências propostas para a análise das práticas de Gestão e sugestões de intervenções para empresa Kisabor.  Este trabalho foi muito importante para o nosso conhecimento e aprofundamento com relação aos temas estudados no ambiente acadêmico porque permitiu-nos uma melhor aproximação com o mundo empresarial, de forma orientada, mediante um roteiro de perguntas interdisciplinares. Desta forma, também proporcionou-nos perceber o quanto a empresa carecia de melhorias nas suas práticas de gestão, uma vez que ficou notória a predominância dos laços afetivos de família, impactando nas decisões e estratégias organizacionais.
  • 26. AGRADECIMENTOS  A Deus por ter nos dado saúde e força para superar as dificuldades.  A esta universidade, seu corpo docente, direção e administração que oportunizaram a janela que hoje vislumbramos um horizonte superior, nutrido pela confiança no mérito e ética aqui presentes.  Ao nosso Tutor e Orientador João Carlos Melo pelo suporte, pelas suas correções e incentivos.  A empresa Kisabor por ter nos recebido de portas abertas e por toda a boa vontade em nos ouvir.  E a todos que direta ou indiretamente contribuíram para nosso trabalho, o nosso muito obrigado.
  • 27. REFERÊNCIAS  CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Campus, 2000.  CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2002.  CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004, 2ª Reimpressão.  FERREIRA, Victor Claudio Paradela et al. Modelos de gestão. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.  GURGEL, Claudio e RODRIGUEZ, Martius Vicente Rodriguez. Administração. Elementos essenciais para a gestão das organizações. São Paulo: Atlas, 2009.  LAUFER, Nathan. A Bíblia da liderança. O que a bíblia nos ensina sobre visão, valores e liderança para a mudança. São Paulo: Via Lettera, 2011.  MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Fundamentos de administração: manual compacto para as disciplinas TGA e Introdução à Administração. São Paulo: Atlas, 2003.  SILVA, Reinaldo Oliveira. Teorias da Administração. 3. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2013.  UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Biblioteca Central. Normas para apresentação de trabalhos. 2. ed. Curitiba: UFPR, 1992. v. 2.
  • 28. APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada 1) Informações Iniciais: caracterização da empresa pesquisada  • Nome da Empresa:  • Município onde está localizada:  • Ramo de atividade (descreva o tipo de produto ou serviço que a empresa oferece ao consumidor final):  • Número de Funcionários: 2) Questões específicas sobre: Ética, Política e Sociedade  • Há um código de ética na empresa?  • O código de ética abrange todas as situações que surgem na empresa?  • Apresente seu posicionamento sobre a eficiência ou não do código de ética.
  • 29. 3) Questões específicas sobre: Modelos de Gestão  Identificar na Estrutura Organizacional: dentro do organograma que será desenvolvido na disciplina de gestão de pessoas, identifique quem está no nível estratégico, tático e operacional e descreva a função destes.  Escolha uma área da organização (exceto Recursos Humanos) e relate como o planejamento, organização, execução e controle (PODC) são realizados.  Utilizando o conceito de “organização como sistema”, identifique os elementos que compõem a entrada, processamento, saída e feedback da organização pesquisada.  Quais foram as habilidades encontradas no gestor da organização em questão? Quais são as habilidades que faltam a este gestor conforme a sua análise e opinião? Justifique e comente. 4) Questões específicas sobre: Economia  Qualquer relatório de consultoria exige o desenvolvimento de várias fases de pesquisa, além da descrição do empreendimento (que já foi solicitada no início da atividade), é necessário abordar aspectos relacionados ao ambiente interno da empresa e ao ambiente externo, assim, é necessário que vocês descrevam: a) Produtos e/ou serviços que a empresa oferta no mercado. b) Público-alvo (consumidores). c) Principais concorrentes. APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada
  • 30. 5) Questões específicas sobre: Gestão de Pessoas  Relatar como é a estrutura de cargos da empresa: de preferência construir o organograma da empresa.  Relatar como é o processo de comunicação na empresa e quais são os recursos que a empresa utiliza para o processo de comunicação interna.  Verificar como se dá o relacionamento entre os colaboradores e destes com seus superiores, e se existem conflitos.  Verificar se a empresa treina os funcionários ou oferece incentivo para capacitação e desenvolvimento.  Relatar se a empresa desenvolve ações que contribuam para o bem estar e qualidade de vida no trabalho dos seus funcionários.  Verificar se a empresa utiliza/aplica alguma ferramenta para medir o nível de satisfação dos funcionários, descrevendo-a.  Analisar se a empresa possui estratégias de reconhecimento dos funcionários, essas estratégias podem ser através de remuneração ou outras formas de reconhecimento que não envolva diretamente remuneração; explicando-as. APÊNDICE A – Roteiro da entrevista aplicada