SlideShare uma empresa Scribd logo
SEMINÁRIO
EXCELENCIA DA GESTÃO
Michelle Raimundo dos Santos
O Sebrae-SP é pra você!
www.sebraesp.com.br
PARTE 1:
Palestra: O Modelo de Excelência da Gestão
PARTE 2:
Monitoramento da Gestão através de Resultados
Conteúdo
O Modelo de Excelência da Gestão
Parte 1
O Modelo de Excelência da Gestão
É a nossa maneira de estimular e apoiar as
organizações brasileiras no desenvolvimento e na
evolução de sua gestão para que se tornem
sustentáveis, cooperativas e gerem valor para a
sociedade.
O Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), é uma metodologia de
avaliação, auto avaliação e reconhecimento das boas práticas de gestão.
Critério Liderança
Este critério analisa como os dirigentes exercem a liderança na
empresa; o incentivo ao comportamento ético; a aplicação dos
conhecimentos e também como são promovidas inovações.
A missão da empresa está
definida e é conhecida pelos
colaboradores?
O comportamento ético é
incentivado pelos dirigentes nas
relações internas e externas?
O desempenho da empresa é
analisado pelos dirigentes?
Os dirigentes compartilham
informações com os
colaboradores?
Os dirigentes investem em seu
desenvolvimento gerencial e
aplicam os conhecimentos
adquiridos na empresa?
A busca de informações para
identificar oportunidades de
inovação incluem as fontes
externas e os colaboradores são
incentivados a apresentarem
ideias que podem se converter
em inovações?
Cultura organizacional e desenvolvimento da gestão, da governança,
dos riscos, da interação com as partes interessadas, do exercício da
liderança e da análise do desempenho da organização.
Este critério analisa a formulação da Visão de Futuro e sua
comunicação aos colaboradores; o cumprimento da visão e o
cumprimento das metas associadas aos indicadores.
A visão da empresa
está definida e é
conhecida pelos
colaboradores?
As estratégias que
permitem alcançar os
objetivos da empresa
estão definidas?
Os indicadores e
metas relacionados às
estratégias estão
estabelecidos?
Os planos de ação,
visando alcançar as
metas da empresa
relacionadas às
estratégias, estão
definidos?
Critério Estratégias e Planos
Formulação e implementação das estratégias, por meio de análise dos
ambientes interno e externo, ativos intangíveis, como a definição de
indicadores e metas, desdobramentos de planos de ação.
PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP
Critério Estratégias e Planos
Estratégias
Empresariais
Planeja Fácil
Consultorias
online e presencial
Consultoria na
empresa
Transforme sua
Ideia em Modelo de
Negócios
EMPRETEC
Critério Liderança
Este critério analisa as práticas de gestão da empresa em relação a
seus clientes atuais e potenciais; observa a divulgação dos
produtos/serviços; analisa o relacionamento; trata as reclamações
e satisfação e se utiliza dessas informações para a fidelização dos
clientes atuais e captação de novos clientes.
Os clientes são
agrupados e suas
necessidades e
expectativas são
identificadas?
Os produtos e
serviços são
divulgados aos
clientes?
As reclamações dos
clientes são
registradas e tratadas?
A satisfação dos
clientes é avaliada?
As informações obtidas
dos clientes são
analisadas e utilizadas
para intensificar a sua
fidelidade e captar novos?
Critério Clientes
Análise e desenvolvimento de mercado, entendimento das
necessidades e expectativas dos clientes atuais e potenciais,
gerenciamento da marca e imagem da organização e relacionamento
com clientes.
PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP
Critério Clientes
Oficinas SEI
Consultorias
online e presencial
Consultoria na
empresa
Seminários e
Palestras
Na Medida – Plano
de Marketing
Este critério analisa as práticas de gestão da empresa em relação à
sociedade no atendimento às exigências legais, aspectos
ambientais e sociais; trata os impactos ao meio ambiente,
provocados pelos produtos, serviços e atividades da empresa e
desenvolve ações voluntárias ou projetos sociais, com
envolvimento, também voluntário, de seus dirigentes e
colaboradores.
As exigências legais
necessárias para o
funcionamento da
empresa são conhecidas
e mantidas atualizadas?
Os impactos negativos
causados pela empresa
ao meio ambiente são
conhecidos e tratados?
A empresa demonstra
seu comprometimento
com a comunidade por
meio de ações ou
projetos sociais?
Critério Sociedade
Responsabilidade socioambiental e desenvolvimento social, que
incluem identificação das necessidades e expectativas da sociedade,
atendimento à legislação.
PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP
Critério Sociedade
Oficinas SEI
Consultorias
online e presencial
Consultoria na
empresa
Seminários e
Palestras
Este critério analisa as práticas de gestão em relação a definição das
funções e a responsabilidades; a seleção e a capacitação das pessoas
para o exercício das funções; analisa os riscos e perigos associados
ao trabalho e identifica e trata dos fatores que afetam o bem-estar e a
satisfação dos colaboradores.
Colaboradores: incluem empregados, temporários, aprendizes, estagiários e terceirizados.
As funções e
responsabilidades das
pessoas (dirigentes e
colaboradores) estão
definidas?
A seleção dos
colaboradores é feita
segundo padrões
definidos e considera
os requisitos da
função?
Os colaboradores são
capacitados nas suas
funções?
Os perigos e riscos
relacionados à saúde e
segurança no trabalho
são identificados e
tratados?
O bem-estar e a
satisfação dos
colaboradores são
promovidos?
Critério Pessoas
Sistemas de trabalho, identificação de competências, seleção e integração de
pessoas, avaliação de desempenho, remuneração e reconhecimento, capacitação
e desenvolvimento, preparação de novos líderes e qualidade de vida.
PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP
Critério Pessoas
Oficinas SEI
Consultorias
online e presencial
Consultoria na
empresa
Seminários e
Palestras
Na Medida – Gestão
de Pessoas
Este critério analisa os processos do negócio da empresa; o
relacionamento dos fornecedores com a empresa, por meio da análise
de sua seleção e avaliação do desempenho e assegura os recursos
financeiros necessários às operações e aos investimentos da
empresa.
Os processos principais do
negócio são executados de
forma padronizada, com
padrões documentados?
Os processos
principais do negócio
são controlados para
garantir a satisfação
das necessidades dos
clientes?
Os fornecedores da
empresa são
selecionados e
avaliados segundo
critérios definidos?
As finanças da
empresa são
controladas a fim de
otimizar a utilização
dos recursos?
Critério Processos
Processos da cadeia de valor em interação, projetados para atender aos requisitos
de produtos, das partes interessadas, que realizam as transformações e entregas
da organização, considerando em destaque os relativos a fornecedores e os
econômico-financeiros.
Este critério analisa as informações necessárias à execução das
atividades da empresa; observa como o conhecimento adquirido
pelas pessoas é compartilhado entre os dirigentes e colaboradores,
assegurando o domínio das técnicas no seu setor de negócios.
As informações necessárias
para o planejamento, a
execução e análise das
atividades e para a tomada
de decisão estão definidas e
disponibilizadas aos
colaboradores?
O compartilhamento
do conhecimento é
promovido?
São promovidas
melhorias nas práticas
de gestão?
São obtidas e utilizadas
informações comparativas
na análise do desempenho
e melhoria dos
produtos/serviços e
processos?
Critério Informações e
Conhecimento
Informações da organização, desde a identificação de necessidades até
a implantação do sistema de informação, e gestão do conhecimento
organizacional, ao identificar, desenvolver, reter e proteger, difundir e
utilizar os conhecimentos necessários para a implementação das
estratégias.
PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP
Critério Processos e
Informações e Conhecimento
Sebrae Mais /Na
Medida
Gestão Financeira
Consultorias
online e presencial
Consultoria na
empresa
Seminários e
Palestras
PAT – Programa de
Alavancagem
Tecnológica
Monitoramento da Gestão através de Resultados
Parte 2
Este critério analisa os resultados apresentados pela empresa
relativos aos clientes, aos colaboradores, aos processos principais do
negócio e aos resultados financeiros.
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos a
reclamações de
clientes?
Existem resultados
relativos às
capacitações
ministradas para os
colaboradores?
Existem resultados
relativos a acidentes
com colaboradores?
Existem resultados
relativos à
produtividade no
trabalho?
Existem resultados
relativos à margem de
lucro?
Critério Resultados
Apresentação de resultados estratégicos e operacionais relevantes para a
organização, na forma de indicadores que permitam avaliar, no conjunto, a
melhoria dos resultados, o nível de competitividade e o cumprimento de
compromissos com requisitos de partes interessadas, nas perspectivas
econômico-financeira, socioambiental e relativas a clientes e mercados, a pessoas
e aos processos da cadeia de valor.
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos a
reclamações de
clientes?
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos às
capacitações
ministradas para os
colaboradores?
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos a acidentes
com colaboradores?
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos à
produtividade no
trabalho?
Critério Resultados
Existem resultados
relativos à satisfação
dos clientes?
Existem resultados
relativos à margem de
lucro?
QUAIS SÃO AS MEDICAÇÕES PARA:
 Clientes: satisfação e reclamações de clientes
 Colaboradores: capacitações ministradas e acidentes
 Produção/Operação: produtividade no trabalho
 Finanças: margem de lucro
INDICADOR
O QUE FAZER?
FAÇA O DIAGNOSTICO DA
GESTÃO DA SUA EMPRESA !
DEPOIMENTO DE EMPRESAS
QUE SE ESTRUTURARAM
A PARTIR DO
DIAGNOSTICO DO MPE
Considerações Finais
 Promove a competitividade e a sustentabilidade.
 Proporciona um referencial para a gestão de
organizações.
 Promove o aprendizado organizacional.
 Possibilita a avaliação e melhoria da gestão de forma
abrangente.
 Prepara para participar do Prêmio MPE BRASIL
 Melhora a compreensão de anseios das partes
interessadas.
 Mensura os resultados do negócio de forma objetiva.
A Excelência da Gestão:
“Aperfeiçoar constante e continuamente todo o processo de
planejamento, produção e serviços, com o objetivo de aumentar a
qualidade e a produtividade e, consequentemente, reduzir os custos.”
Deming, 1990
De acordo com o item 8.4 da norma ISO 9001:2008, “a organização
deve determinar, coletar e analisar dados apropriados para demonstrar
a adequação e eficácia do sistema de gestão da qualidade e para
avaliar onde a melhoria contínua da eficácia pode ser feita.”
CUIDE DA SAÚDE DA SUA EMPRESA !
INDICADOR
Obrigada!
Michelle Raimundo dos Santos
Consultora de Qualidade e Produção
michellers@sebraesp.com.br
www.sebraesp.com.br
O Sebrae-SP é pra você!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
Apresentação Institucional Exo - Excelência OperacionalApresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
Apresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
Exo - Excelência Operacional
 
Gerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 moduloGerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 modulo
Thiago Reis
 
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
Lilian Resende
 
Gerenciamento da rotina do trabalho
Gerenciamento da rotina do trabalhoGerenciamento da rotina do trabalho
Gerenciamento da rotina do trabalho
SILMAR PEREIRA
 
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 gerenciar os processos para agregar valor a organização gerenciar os processos para agregar valor a organização
gerenciar os processos para agregar valor a organização
drifrutal
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados
Marcos Abreu
 
Mapeamento de processos técnicas e vantagens
Mapeamento de processos   técnicas e vantagensMapeamento de processos   técnicas e vantagens
Mapeamento de processos técnicas e vantagens
mateuspizetta
 
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
Stratec Informática
 
Indicadores de desempenho
Indicadores de desempenhoIndicadores de desempenho
Indicadores de desempenho
mauroconde
 
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotinaFases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
glaucelang
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
EloGroup
 
Portfólio - Acm Consultoria Empresarial
Portfólio - Acm Consultoria EmpresarialPortfólio - Acm Consultoria Empresarial
Portfólio - Acm Consultoria Empresarial
Fabricio Macedo
 
Chek list para uma boa gestão
Chek list para uma boa gestãoChek list para uma boa gestão
Chek list para uma boa gestão
Marcos Luthero
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Portfolio Institucional - Small Consultoria
Portfolio Institucional - Small ConsultoriaPortfolio Institucional - Small Consultoria
Portfolio Institucional - Small Consultoria
Small Consultoria
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
EloGroup
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
Templum Consultoria Online
 
Gestão do conhecimento - Gestão de processos
Gestão do conhecimento - Gestão de processosGestão do conhecimento - Gestão de processos
Gestão do conhecimento - Gestão de processos
Rodrigo Everton
 
Apresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta ConsultoriaApresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta Consultoria
Oportunitta Consultoria
 
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo   2a parteCriação e gestão de indicadores processo   2a parte
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
Priscila Nogueira
 

Mais procurados (20)

Apresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
Apresentação Institucional Exo - Excelência OperacionalApresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
Apresentação Institucional Exo - Excelência Operacional
 
Gerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 moduloGerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 modulo
 
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
Apresentação do trabalho gerenc. da rotina (2)
 
Gerenciamento da rotina do trabalho
Gerenciamento da rotina do trabalhoGerenciamento da rotina do trabalho
Gerenciamento da rotina do trabalho
 
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 gerenciar os processos para agregar valor a organização gerenciar os processos para agregar valor a organização
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados
 
Mapeamento de processos técnicas e vantagens
Mapeamento de processos   técnicas e vantagensMapeamento de processos   técnicas e vantagens
Mapeamento de processos técnicas e vantagens
 
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo - 2a parte
 
Indicadores de desempenho
Indicadores de desempenhoIndicadores de desempenho
Indicadores de desempenho
 
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotinaFases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
Portfólio - Acm Consultoria Empresarial
Portfólio - Acm Consultoria EmpresarialPortfólio - Acm Consultoria Empresarial
Portfólio - Acm Consultoria Empresarial
 
Chek list para uma boa gestão
Chek list para uma boa gestãoChek list para uma boa gestão
Chek list para uma boa gestão
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Portfolio Institucional - Small Consultoria
Portfolio Institucional - Small ConsultoriaPortfolio Institucional - Small Consultoria
Portfolio Institucional - Small Consultoria
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Gestão do conhecimento - Gestão de processos
Gestão do conhecimento - Gestão de processosGestão do conhecimento - Gestão de processos
Gestão do conhecimento - Gestão de processos
 
Apresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta ConsultoriaApresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta Consultoria
 
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo   2a parteCriação e gestão de indicadores processo   2a parte
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
 

Semelhante a Seminario Excelencia da Gestao - 2015

Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & GestaoApresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Patriciafpgoncalves
 
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & GestaoApresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Patriciafpgoncalves
 
Avaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide shareAvaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide share
Maria Helena Dantas
 
Apresentação apply human strategic
Apresentação apply human strategicApresentação apply human strategic
Apresentação apply human strategic
Renata Rodrigues Apply
 
Processo A+
Processo A+Processo A+
DISC
DISCDISC
As 18 etapas da avaliação de Competências
As 18 etapas da avaliação de CompetênciasAs 18 etapas da avaliação de Competências
As 18 etapas da avaliação de Competências
Alvaro Mello
 
Apresentação Institucional Wisdom
Apresentação Institucional WisdomApresentação Institucional Wisdom
Apresentação Institucional Wisdom
Eduardo Schumann
 
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdfCONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
ssuser6de5b4
 
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
Claudio Seixas
 
Melhoria gestao-13
Melhoria gestao-13Melhoria gestao-13
Melhoria gestao-13
Joao Rubens Barreto Araujo
 
Bsc notas de aula
Bsc notas de aulaBsc notas de aula
Bsc notas de aula
Wellington Boness
 
Apresentação Institucional ISK
Apresentação Institucional ISKApresentação Institucional ISK
Apresentação Institucional ISK
Katia Moreno
 
Apresentação bs consultores
Apresentação bs consultoresApresentação bs consultores
Apresentação bs consultores
BS - Roselene Scalabrin
 
Business Coaching para Empreendedores e PME’s
Business Coaching para Empreendedores e PME’sBusiness Coaching para Empreendedores e PME’s
Business Coaching para Empreendedores e PME’s
Ezencutivo
 
Business Coaching para Tecnologia da Informação
Business Coaching para Tecnologia da InformaçãoBusiness Coaching para Tecnologia da Informação
Business Coaching para Tecnologia da Informação
Ezencutivo
 
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento HumanoInstitucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
Marcelo Cassales
 
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
Sollcomm Empresariais
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
farmwaine
 
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa AdobeWisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
luizcarlosbueno
 

Semelhante a Seminario Excelencia da Gestao - 2015 (20)

Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & GestaoApresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
 
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & GestaoApresentação Institucional Proff Gente & Gestao
Apresentação Institucional Proff Gente & Gestao
 
Avaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide shareAvaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide share
 
Apresentação apply human strategic
Apresentação apply human strategicApresentação apply human strategic
Apresentação apply human strategic
 
Processo A+
Processo A+Processo A+
Processo A+
 
DISC
DISCDISC
DISC
 
As 18 etapas da avaliação de Competências
As 18 etapas da avaliação de CompetênciasAs 18 etapas da avaliação de Competências
As 18 etapas da avaliação de Competências
 
Apresentação Institucional Wisdom
Apresentação Institucional WisdomApresentação Institucional Wisdom
Apresentação Institucional Wisdom
 
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdfCONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
 
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
Painel Inde sistemas-de-gestão-empresarial-2011-06-21
 
Melhoria gestao-13
Melhoria gestao-13Melhoria gestao-13
Melhoria gestao-13
 
Bsc notas de aula
Bsc notas de aulaBsc notas de aula
Bsc notas de aula
 
Apresentação Institucional ISK
Apresentação Institucional ISKApresentação Institucional ISK
Apresentação Institucional ISK
 
Apresentação bs consultores
Apresentação bs consultoresApresentação bs consultores
Apresentação bs consultores
 
Business Coaching para Empreendedores e PME’s
Business Coaching para Empreendedores e PME’sBusiness Coaching para Empreendedores e PME’s
Business Coaching para Empreendedores e PME’s
 
Business Coaching para Tecnologia da Informação
Business Coaching para Tecnologia da InformaçãoBusiness Coaching para Tecnologia da Informação
Business Coaching para Tecnologia da Informação
 
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento HumanoInstitucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
Institucional Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano
 
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
2013 agosto-v2 - apresentacao sollcomm e servicos - clientes
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
 
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa AdobeWisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
Wisdom Portfolio Portugues Com Capa Adobe
 

Mais de Michelle Raimundo dos Santos

Satisfaça e encante seu cliente
Satisfaça e encante seu clienteSatisfaça e encante seu cliente
Satisfaça e encante seu cliente
Michelle Raimundo dos Santos
 
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Michelle Raimundo dos Santos
 
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiroPalestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
Michelle Raimundo dos Santos
 
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do LarPalestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Michelle Raimundo dos Santos
 
Workshop de Produção
Workshop de ProduçãoWorkshop de Produção
Workshop de Produção
Michelle Raimundo dos Santos
 
Sustentabilidade para Pequenos Negocios
Sustentabilidade para Pequenos NegociosSustentabilidade para Pequenos Negocios
Sustentabilidade para Pequenos Negocios
Michelle Raimundo dos Santos
 

Mais de Michelle Raimundo dos Santos (6)

Satisfaça e encante seu cliente
Satisfaça e encante seu clienteSatisfaça e encante seu cliente
Satisfaça e encante seu cliente
 
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
 
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiroPalestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
Palestra Sebrae - Controle seu estoque e não perca dinheiro
 
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do LarPalestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
 
Workshop de Produção
Workshop de ProduçãoWorkshop de Produção
Workshop de Produção
 
Sustentabilidade para Pequenos Negocios
Sustentabilidade para Pequenos NegociosSustentabilidade para Pequenos Negocios
Sustentabilidade para Pequenos Negocios
 

Último

FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

Seminario Excelencia da Gestao - 2015

  • 2. O Sebrae-SP é pra você! www.sebraesp.com.br
  • 3. PARTE 1: Palestra: O Modelo de Excelência da Gestão PARTE 2: Monitoramento da Gestão através de Resultados Conteúdo
  • 4. O Modelo de Excelência da Gestão Parte 1
  • 5. O Modelo de Excelência da Gestão É a nossa maneira de estimular e apoiar as organizações brasileiras no desenvolvimento e na evolução de sua gestão para que se tornem sustentáveis, cooperativas e gerem valor para a sociedade.
  • 6. O Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), é uma metodologia de avaliação, auto avaliação e reconhecimento das boas práticas de gestão.
  • 7. Critério Liderança Este critério analisa como os dirigentes exercem a liderança na empresa; o incentivo ao comportamento ético; a aplicação dos conhecimentos e também como são promovidas inovações. A missão da empresa está definida e é conhecida pelos colaboradores? O comportamento ético é incentivado pelos dirigentes nas relações internas e externas? O desempenho da empresa é analisado pelos dirigentes? Os dirigentes compartilham informações com os colaboradores? Os dirigentes investem em seu desenvolvimento gerencial e aplicam os conhecimentos adquiridos na empresa? A busca de informações para identificar oportunidades de inovação incluem as fontes externas e os colaboradores são incentivados a apresentarem ideias que podem se converter em inovações? Cultura organizacional e desenvolvimento da gestão, da governança, dos riscos, da interação com as partes interessadas, do exercício da liderança e da análise do desempenho da organização.
  • 8. Este critério analisa a formulação da Visão de Futuro e sua comunicação aos colaboradores; o cumprimento da visão e o cumprimento das metas associadas aos indicadores. A visão da empresa está definida e é conhecida pelos colaboradores? As estratégias que permitem alcançar os objetivos da empresa estão definidas? Os indicadores e metas relacionados às estratégias estão estabelecidos? Os planos de ação, visando alcançar as metas da empresa relacionadas às estratégias, estão definidos? Critério Estratégias e Planos Formulação e implementação das estratégias, por meio de análise dos ambientes interno e externo, ativos intangíveis, como a definição de indicadores e metas, desdobramentos de planos de ação.
  • 9. PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP Critério Estratégias e Planos Estratégias Empresariais Planeja Fácil Consultorias online e presencial Consultoria na empresa Transforme sua Ideia em Modelo de Negócios EMPRETEC Critério Liderança
  • 10. Este critério analisa as práticas de gestão da empresa em relação a seus clientes atuais e potenciais; observa a divulgação dos produtos/serviços; analisa o relacionamento; trata as reclamações e satisfação e se utiliza dessas informações para a fidelização dos clientes atuais e captação de novos clientes. Os clientes são agrupados e suas necessidades e expectativas são identificadas? Os produtos e serviços são divulgados aos clientes? As reclamações dos clientes são registradas e tratadas? A satisfação dos clientes é avaliada? As informações obtidas dos clientes são analisadas e utilizadas para intensificar a sua fidelidade e captar novos? Critério Clientes Análise e desenvolvimento de mercado, entendimento das necessidades e expectativas dos clientes atuais e potenciais, gerenciamento da marca e imagem da organização e relacionamento com clientes.
  • 11. PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP Critério Clientes Oficinas SEI Consultorias online e presencial Consultoria na empresa Seminários e Palestras Na Medida – Plano de Marketing
  • 12. Este critério analisa as práticas de gestão da empresa em relação à sociedade no atendimento às exigências legais, aspectos ambientais e sociais; trata os impactos ao meio ambiente, provocados pelos produtos, serviços e atividades da empresa e desenvolve ações voluntárias ou projetos sociais, com envolvimento, também voluntário, de seus dirigentes e colaboradores. As exigências legais necessárias para o funcionamento da empresa são conhecidas e mantidas atualizadas? Os impactos negativos causados pela empresa ao meio ambiente são conhecidos e tratados? A empresa demonstra seu comprometimento com a comunidade por meio de ações ou projetos sociais? Critério Sociedade Responsabilidade socioambiental e desenvolvimento social, que incluem identificação das necessidades e expectativas da sociedade, atendimento à legislação.
  • 13. PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP Critério Sociedade Oficinas SEI Consultorias online e presencial Consultoria na empresa Seminários e Palestras
  • 14. Este critério analisa as práticas de gestão em relação a definição das funções e a responsabilidades; a seleção e a capacitação das pessoas para o exercício das funções; analisa os riscos e perigos associados ao trabalho e identifica e trata dos fatores que afetam o bem-estar e a satisfação dos colaboradores. Colaboradores: incluem empregados, temporários, aprendizes, estagiários e terceirizados. As funções e responsabilidades das pessoas (dirigentes e colaboradores) estão definidas? A seleção dos colaboradores é feita segundo padrões definidos e considera os requisitos da função? Os colaboradores são capacitados nas suas funções? Os perigos e riscos relacionados à saúde e segurança no trabalho são identificados e tratados? O bem-estar e a satisfação dos colaboradores são promovidos? Critério Pessoas Sistemas de trabalho, identificação de competências, seleção e integração de pessoas, avaliação de desempenho, remuneração e reconhecimento, capacitação e desenvolvimento, preparação de novos líderes e qualidade de vida.
  • 15. PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP Critério Pessoas Oficinas SEI Consultorias online e presencial Consultoria na empresa Seminários e Palestras Na Medida – Gestão de Pessoas
  • 16. Este critério analisa os processos do negócio da empresa; o relacionamento dos fornecedores com a empresa, por meio da análise de sua seleção e avaliação do desempenho e assegura os recursos financeiros necessários às operações e aos investimentos da empresa. Os processos principais do negócio são executados de forma padronizada, com padrões documentados? Os processos principais do negócio são controlados para garantir a satisfação das necessidades dos clientes? Os fornecedores da empresa são selecionados e avaliados segundo critérios definidos? As finanças da empresa são controladas a fim de otimizar a utilização dos recursos? Critério Processos Processos da cadeia de valor em interação, projetados para atender aos requisitos de produtos, das partes interessadas, que realizam as transformações e entregas da organização, considerando em destaque os relativos a fornecedores e os econômico-financeiros.
  • 17. Este critério analisa as informações necessárias à execução das atividades da empresa; observa como o conhecimento adquirido pelas pessoas é compartilhado entre os dirigentes e colaboradores, assegurando o domínio das técnicas no seu setor de negócios. As informações necessárias para o planejamento, a execução e análise das atividades e para a tomada de decisão estão definidas e disponibilizadas aos colaboradores? O compartilhamento do conhecimento é promovido? São promovidas melhorias nas práticas de gestão? São obtidas e utilizadas informações comparativas na análise do desempenho e melhoria dos produtos/serviços e processos? Critério Informações e Conhecimento Informações da organização, desde a identificação de necessidades até a implantação do sistema de informação, e gestão do conhecimento organizacional, ao identificar, desenvolver, reter e proteger, difundir e utilizar os conhecimentos necessários para a implementação das estratégias.
  • 18. PORTFÓLIO DO SEBRAE-SP Critério Processos e Informações e Conhecimento Sebrae Mais /Na Medida Gestão Financeira Consultorias online e presencial Consultoria na empresa Seminários e Palestras PAT – Programa de Alavancagem Tecnológica
  • 19. Monitoramento da Gestão através de Resultados Parte 2
  • 20. Este critério analisa os resultados apresentados pela empresa relativos aos clientes, aos colaboradores, aos processos principais do negócio e aos resultados financeiros. Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos a reclamações de clientes? Existem resultados relativos às capacitações ministradas para os colaboradores? Existem resultados relativos a acidentes com colaboradores? Existem resultados relativos à produtividade no trabalho? Existem resultados relativos à margem de lucro? Critério Resultados Apresentação de resultados estratégicos e operacionais relevantes para a organização, na forma de indicadores que permitam avaliar, no conjunto, a melhoria dos resultados, o nível de competitividade e o cumprimento de compromissos com requisitos de partes interessadas, nas perspectivas econômico-financeira, socioambiental e relativas a clientes e mercados, a pessoas e aos processos da cadeia de valor.
  • 21. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos à satisfação dos clientes?
  • 22. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos a reclamações de clientes?
  • 23. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos às capacitações ministradas para os colaboradores?
  • 24. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos a acidentes com colaboradores?
  • 25. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos à produtividade no trabalho?
  • 26. Critério Resultados Existem resultados relativos à satisfação dos clientes? Existem resultados relativos à margem de lucro?
  • 27. QUAIS SÃO AS MEDICAÇÕES PARA:  Clientes: satisfação e reclamações de clientes  Colaboradores: capacitações ministradas e acidentes  Produção/Operação: produtividade no trabalho  Finanças: margem de lucro INDICADOR
  • 29. FAÇA O DIAGNOSTICO DA GESTÃO DA SUA EMPRESA !
  • 30. DEPOIMENTO DE EMPRESAS QUE SE ESTRUTURARAM A PARTIR DO DIAGNOSTICO DO MPE
  • 31.
  • 33.  Promove a competitividade e a sustentabilidade.  Proporciona um referencial para a gestão de organizações.  Promove o aprendizado organizacional.  Possibilita a avaliação e melhoria da gestão de forma abrangente.  Prepara para participar do Prêmio MPE BRASIL  Melhora a compreensão de anseios das partes interessadas.  Mensura os resultados do negócio de forma objetiva. A Excelência da Gestão:
  • 34. “Aperfeiçoar constante e continuamente todo o processo de planejamento, produção e serviços, com o objetivo de aumentar a qualidade e a produtividade e, consequentemente, reduzir os custos.” Deming, 1990 De acordo com o item 8.4 da norma ISO 9001:2008, “a organização deve determinar, coletar e analisar dados apropriados para demonstrar a adequação e eficácia do sistema de gestão da qualidade e para avaliar onde a melhoria contínua da eficácia pode ser feita.” CUIDE DA SAÚDE DA SUA EMPRESA ! INDICADOR
  • 35. Obrigada! Michelle Raimundo dos Santos Consultora de Qualidade e Produção michellers@sebraesp.com.br www.sebraesp.com.br O Sebrae-SP é pra você!