SlideShare uma empresa Scribd logo
Publicidade e Propaganda | Profº Me. Ciro Gusatti
PROPAGANDA E
COMPOSTO
PROMOCIONAL
Qual a FUNÇÃO da
PROPAGANDA no
MARKETING?
1º DIFUNDIR
A PROPAGANDA serve para:
Fazer com que uma marca
seja RECONHECIDA E
LEMBRADA (despertar a
consciência da existência).
ESTÁGIO COGNITIVO
Despertar a
ATENÇÃO.
2º PERSUADIR
A PROPAGANDA serve para:
Convencer o consumidor
que a marca é a MELHOR
OPÇÃO. Criar uma ATITUDE
DE PREFERÊNCIA.
ESTÁGIO AFETIVO
Despertar o
INTERESSE.
3º MOTIVAR
A PROPAGANDA serve para:
INCENTIVAR o
consumidor a COMPRA.
Estimular ARGUMENTOS
DE DESEJO pelo produto.
ESTÁGIO AFETIVO
Despertar o
DESEJO.
ATENÇÃO
na marca
INTERESSE
na marca
DESEJO
na marca
AÇÃO
de compra
A I
A D
AIDA
Cada etapa do
AIDA é um
amadurecimento
do consumidor
para a compra.
O processo PODE
LEVAR MINUTOS
(como na compra
de uma coca-cola)
OU ATÉ ANOS
(como na compra
de uma casa).
A propaganda é
RESPONSÁVEL por
DESPERTAR a
ATENÇÃO, O
INTERESSE E O
DESEJO de CONSUMO.
Mas e como
FUNCIONA a
PROPAGANDA?
O entendimento clássico
é de que o AIDA da
PROPAGANDA busca
ATIVAR, MUDAR ou
REFORÇAR as ATITUDES
de um consumidor frente
a um produto.
PROPAGANDA ALAN COOPER
ATITUDES
Uma atitude é a predisposição para
avaliar um objeto ou produto positiva
ou negativamente.
CRENÇAS
AFETO
INTENÇÕES
As atitudes possuem três
componentes:
O que o consumidor acredita do produto.
O que o consumidor sente do produto.
O que o consumidor pretende com o produto.
“Acho que é boa”
“Gosto da Seara mas
a Sadia é melhor”
“Até compraria
para experimentar”
CRENÇAS
AFETO
INTENÇÕES
ATITUDE
“Dizem que é muito
boa. Tipo italiana.”
“Seara tem
qualidade. Vi na
propaganda da
Fátima Bernandes”
“Quero
experimentar para
ver se é boa
mesmo.”
CRENÇAS
AFETO
INTENÇÕES
ATITUDE
MAS NO FINAL DAS CONTAS...
Expectativa Realidade
A propaganda tem a capacidade de ATRAVÉS DA
ATENÇÃO, INTERESSE E DESEJO do consumidor,
ALTERAR A ATITUDE sobre um produto e
MOBILIZAR a sua ação de COMPRA.
Mensagem do
ANÚNCIO (AIDA)
ATITUDES dos
consumidores
Ação de
COMPRAAtivação,
Mudança ou
Reforço de
Atitude
Maior atenção
seletiva
Exposição
pós-compra e
incentivo de
re-compra
Experiência e comparação
com as expectativas
Intenção de compra incentiva a ação
MODELO NÃO LINEAR DO FUNCIONAMENTO DA
PROPAGANDA
O MIX DE
COMUNICAÇÃO
C A P Í T U L O 2
O MIX DE
COMUNICAÇÃO
OU COMPOSTO
PROMOCIONAL
Todos os TIPOS DE
ESTRATÉGIAS DE PROMOÇÃO
buscando os melhores
resultados em AIDA e,
indiretamente, o
ATINGIMENTO DOS
OBJETIVOS DE MARKETING.
MIX DE MKT
Jerome McCarthy, 1960
PUBLICIDADE E
PROPAGANDA
Mix de Comunicação ou
Composto Promocional
PATROCÍNIOS
MARKETING DIRETO
VENDA PESSOAL
MARKETING VIRAL
MARKETING DE GUERRILHA
PRODUCT PLACEMENT
EVENTOS
MARKETING DIGITAL
MERCHANDISING
O publicitário necessita
ser CAPAZ DE
DIAGNOSTICAR o cliente
e SUGERIR O MELHOR
CONJUNTO de
SOLUÇÕES para o seu
problema de P de
promoção.
PUBLICIDADE E
PROPAGANDA
MENSAGEM DE LEMBRANÇA, INFORMAÇÃO OU
PERSUASÃO comunicada a um MERCADO OU
PÚBLICO-ALVO.
Geralmente de FORMA MASSIFICADA (emitida
através de veículos de comunicação).
É um INVESTIMENTO NO VALOR DA MARCA.
Ajuda a construir a imagem de uma organização.
PUBLICIDADE E PROPAGANDA
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
ESTIMULA O DESEJO de
consumo.
PUBLICIDADE # PROPAGANDA
Na comunicação Na administração
PUBLICIDADE:
Mensagem de cunho
comercial para
promover um produto
PROPAGANDA:
Mensagem paga ao
veículo para
promover um produto
PROPAGANDA:
Mensagem ideológica
tentando convencer
ou vender uma ideia
(Propaganda Política)
PUBLICIDADE:
Mensagem gratuita
para promover um
produto em um
veículo
RELAÇÕES
PÚBLICAS
Tem por objetivo GERAR BONS COMENTÁRIOS E
EMPATIA por uma marca.
Através de um plano de comunicação, BUSCA
ESTABELECER UM RELACIONAMENTO COM OS
PÚBLICOS DE INTERESSE.
Uma das atividades mais importante do RP são os
esforços de ASSESSORIA DE IMPRENSA.
RELAÇÕES PÚBLICAS
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
ESTIMULA A SEGURANÇA E A
CREDIBILIDADE da marca
com os seus públicos
PATROCÍNIO
Promove indiretamente uma marca ATRAVÉS DE
UM EVENTO, INICIATIVA OU PESSOA (esportista,
artista).
A marca busca uma ASSOCIAÇÃO DOS VALORES
DO PATROCINADO PARA A SUA PRÓPRIA IMAGEM.
O patrocínio pode ser variado dependendo do
volume de investimento e envolvimento do
investidor.
PATROCÍNIO
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
ASSOCIA A IMAGEM DO
PATROCINADO à imagem
marca.
EVENTOS
ORGANIZAÇÃO OU PARTICIPAÇÃO DE EVENTOS
TÉCNICOS OU EVENTOS GERAIS com a intenção de
aproximar-se de público de interesse.
A TEMÁTICA E OS VALORES DO EVENTO AGREGAM
VALOR A MARCA PROMOTORA. A participação em
eventos pode, também, impactar em resultados
eficientes de vendas.
Eventos técnicos: congressos, feiras, fóruns.
Eventos gerais: shows, torneios, festivais
EVENTOS
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO e pode
ter impacto em VENDAS.
Pode impactar um ALTO
VOLUME DE PESSOAS.
O envolvimento do público
com a marca e a eficácia da
ação PODE DEPENDER DO
VOLUME DO INVESTIMENTO
MARKETING
DIRETO
Visa CRIAR UMA INTERAÇÃO PERSONALIZADA E
MENSURÁVEL com o consumidor.
A partir de um banco de dados, ENVIA-SE UMA
MENSAGEM DIRECIONADA (o receptor da
mensagem é um alvo conhecido).
Permite uma comunicação individualizada com
público (mala direta, telemarketing, venda direta,
e-mail marketing).
MARKETING DIRETO
Impacta na EM RESULTADOS
DE VENDAS
Tem EFEITO A CURTO PRAZO.
Tem IMPACTO DIRETO NAS
VENDAS.
Se mal explorada PODE
DENEGRIR A IMAGEM DA
MARCA do anunciante.
PROMOÇÃO DE
VENDAS
Campanhas que visam PROMOVER UM BENEFÍCIO
EXTRA COMO FORMA DE ESTIMULAR A COMPRA
em um determinado período de tempo.
Apresenta diversas de TÉCNICAS DE INCENTIVO
DE CONSUMO (utilização de cupons, produtos
gratuitos, prêmios exclusivos e outros).
Possui alto impacto a curto prazo.
PROMOÇÃO DE VENDAS
Impacta na EM RESULTADOS
DE VENDAS
Tem EFEITO A CURTO PRAZO.
Tem IMPACTO DIRETO NAS
VENDAS.
Se mal explorada PODE
DENEGRIR A IMAGEM DA
MARCA do anunciante.
PRODUCT
PLACEMENT
Trata-se da iniciativa de promoção de produtos ou
serviços DURANTE PROGRAMAS DE TELEVISÃO,
SERIADOS, FILMES E NOVELAS.
O produto pode ser APRESENTADO, MANUSEADO
e ainda receber um TESTEMUNHAL (dependendo
do nível do investimento).
Pode ser EXPLICITAMENTE APRESENTADO ou
atingir o consumidor INCONSCIENTEMENTE.
NO MÍNIMO 20 MARCAS
Playboy, Visa, Tomblerone,
Nikon, Spirit, Sony, Philips,
Pioneer, IBM, 7UP, Red Stripe,
Pepsi, Koet, Carlsberg, Aston
Martin, BMW, Jaguar, Land
Rover, Citroen, Audi...
MERCHANDISING
Técnica, ação ou MATERIAL PROMOCIONAL
USADO NO PONTO DE VENDA que proporcione
informação e MELHOR VISIBILIDADE A PRODUTOS
com o propósito de motivar e influenciar as
decisões de compra dos consumidores.
O merchandising PODE SER APOIADO DE
PUBLICIDADE OU DE PROMOÇÃO DE VENDAS
(quando se utiliza de preços mais baixos ou
brindes) para atingir os seus resultados.
MERCHANDISING
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO e em
RESULTADOS DE VENDA.
Tem IMPACTO NAS VENDAS.
ASSOCIA-SE DA IMAGEM do
estabelecimento que está
oferecendo o produto.
Tem impacto na LEMBRANÇA.
Desperta interesse e MOBILIZA
A AÇÃO DE COMPRA.
PRODUCT PLACEMENT
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO ou em
RESULTADOS DE VENDA.
Tem IMPACTO DIRETO OU
INDIRETO NAS VENDAS.
ASSOCIA-SE DA IMAGEM do
programa/filme.
Sofre menos o efeito ZAPPING
MARKETING
DIGITAL
PROMOÇÃO ATRAVÉS DA INTERNET. Objetiva a
conexão do consumidor a partir de:
1) VALOR DE MARCA: Promoção de sites, hotsites
e campanhas.
2) RELACIONAMENTO: Comunicação em redes
sociais, Facebook Ads; Marketing de conteúdo...
3) PERFORMANCE: Google Adwords, SEO, e-mail
marketing, remarketing...
MARKETING DIGITAL
Pode ser utilizado na
CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO
PRODUTO e também como
PROMOÇÃO DE VENDAS.
Pode ter IMPACTO INDIRETO
E DIRETO NAS VENDAS.
Oferece RECURSOS DE
INTERAÇÃO com o
consumidor.
Oferece RECURSOS DE
MENSURAÇÃO de resultados.
MARKETING
VIRAL
É o tradicional BOCA-A-BOCA A PARTIR DA
INTERNET DAS REDES SOCIAIS.
PUBLICIDADE CRIADA COM A INTENÇÃO DE
GERAR BURBURINHO (receber interações).
Depende de um CONTEÚDO/AÇÃO DE EMPATIA
ALTA CRIATIVIDADE E ORIGINALIDADE.
Por vezes, se apropria de conteúdos viralizados ou
personagens consagrados.
MARKETING VIRAL
Impacta na NA IMAGEM DO
PRODUTO.
Tem EFEITO DE MÉDIO A
LONGO PRAZO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
Suas características oferecem
MAIOR ADERÊNCIA para a
mensagem
ADVERTAINMENT
PUBLICIDADE passa a ser o PRÓPRIO CONTEÚDO
DE ENTRETENIMENTO.
É uma transformação do conceito tradicional (em
que a promoção interrompe o entretenimento).
A partir da interação do consumidor, o conteúdo
publicitário acaba tendo ALTO POTENCIAL DE
VIRALIZAÇÃO.
A PUBLICIDADE PASSA A SER DESEJADA pelo
consumidor.
ADVERTAINMENT
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
Alto potencial de
VIRALIZAÇÃO de conteúdo.
Suas características oferecem
MAIOR ADERÊNCIA para a
mensagem.
MARKETING DE
GUERRILHA
BUSCA SURPREENDER CONSUMIDORES em seus
ambientes e criar uma relação positiva.
Almejam um ALTO IMPACTO EMOTIVO através da
criação de SITUAÇÕES EXPERIENCIAIS.
A ação pode acabar virando conteúdo viral.
EXPERIÊNCIAS EMOCIONANTES POSSUEM MAIOR
IMPACTO NA LEMBRANÇA DO CONSUMIDOR.
MARKETING DE GUERRILHA
Impacta na CONSTRUÇÃO DA
IMAGEM DO PRODUTO.
Tem IMPACTO INDIRETO NAS
VENDAS.
Alto potencial de
VIRALIZAÇÃO de conteúdo.
Suas características oferecem
MAIOR ADERÊNCIA para a
mensagem.
O publicitário necessita
ser CAPAZ DE
DIAGNOSTICAR o cliente
e SUGERIR A MELHOR
CONJUNTO de
SOLUÇÕES para o seu
problema de P de
promoção.
MASSA
PERSONALIZADO
Publicidade e
Propaganda
Patrocínio
Promoção de
Vendas
Marketing
Direto
Venda
Pessoal
Product
Placement
Marketing
Digital
Merchandising
Eventos
Advertainment
Marketing
Viral
Marketing de
Guerrilha
VENDA MARCA
TUDO DEPENDERÁ...
Quem é
empresa?
Quem é o
consumidor?
Quem é o
mercado?
Qual é o
objetivo da
empresa?
Quem são os
concorrentes?
Qual é a
verba para a
campanha.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Criação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
Criação Publicitária - Aula 01 - CriatividadeCriação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
Criação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
Thiago Ianatoni
 
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Renata Corrêa
 
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidasO que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
Elaine Naomi
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
Rafael. Firmi
 
Construção da Marca - Conceitos fundamentais
Construção da Marca - Conceitos fundamentaisConstrução da Marca - Conceitos fundamentais
Construção da Marca - Conceitos fundamentais
Brav Design
 
Conceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de MarketingConceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de Marketing
Robson Costa
 
INSTAGRAM MARKETING
INSTAGRAM MARKETINGINSTAGRAM MARKETING
INSTAGRAM MARKETING
Renato Melo
 
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RPRedação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
Renato Melo
 
História do marketing
História do marketingHistória do marketing
História do marketing
Alexandre Rodriguez
 
Aula 001 marketing conceitos
Aula 001   marketing conceitosAula 001   marketing conceitos
Aula 001 marketing conceitos
Collaborativa Marketing e Tecnologia
 
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de MarketingPlano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Raissa Barros
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
Kenneth Corrêa
 
Conceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e ExecuçãoConceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e Execução
Doisnovemeia Publicidade
 
Construção de Personas
Construção de PersonasConstrução de Personas
Construção de Personas
Tracto Content Marketing
 
STORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETINGSTORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETING
Renato Melo
 
Marca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começarMarca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começar
Renato Melo
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Thiago Ianatoni
 
Mercado, análise SWOT e público alvo
Mercado, análise SWOT e público alvoMercado, análise SWOT e público alvo
Mercado, análise SWOT e público alvo
Ciro Gusatti
 
Comunicação integrada de marketing
Comunicação integrada de marketingComunicação integrada de marketing
Comunicação integrada de marketing
Ana Paula Rodrigues
 
Plano de comunicação e Plano de marketing
Plano de comunicação e Plano de marketingPlano de comunicação e Plano de marketing
Plano de comunicação e Plano de marketing
Filllipe
 

Mais procurados (20)

Criação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
Criação Publicitária - Aula 01 - CriatividadeCriação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
Criação Publicitária - Aula 01 - Criatividade
 
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
 
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidasO que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
 
Construção da Marca - Conceitos fundamentais
Construção da Marca - Conceitos fundamentaisConstrução da Marca - Conceitos fundamentais
Construção da Marca - Conceitos fundamentais
 
Conceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de MarketingConceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de Marketing
 
INSTAGRAM MARKETING
INSTAGRAM MARKETINGINSTAGRAM MARKETING
INSTAGRAM MARKETING
 
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RPRedação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
Redação para o Instagram 2 - Técnicas de Redação em RP
 
História do marketing
História do marketingHistória do marketing
História do marketing
 
Aula 001 marketing conceitos
Aula 001   marketing conceitosAula 001   marketing conceitos
Aula 001 marketing conceitos
 
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de MarketingPlano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
 
Conceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e ExecuçãoConceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e Execução
 
Construção de Personas
Construção de PersonasConstrução de Personas
Construção de Personas
 
STORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETINGSTORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETING
 
Marca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começarMarca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começar
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
 
Mercado, análise SWOT e público alvo
Mercado, análise SWOT e público alvoMercado, análise SWOT e público alvo
Mercado, análise SWOT e público alvo
 
Comunicação integrada de marketing
Comunicação integrada de marketingComunicação integrada de marketing
Comunicação integrada de marketing
 
Plano de comunicação e Plano de marketing
Plano de comunicação e Plano de marketingPlano de comunicação e Plano de marketing
Plano de comunicação e Plano de marketing
 

Destaque

Composto mercadológico Professor Danilo Pires
Composto mercadológico Professor Danilo PiresComposto mercadológico Professor Danilo Pires
Composto mercadológico Professor Danilo Pires
Danilo Pires
 
Propaganda Institucional
Propaganda InstitucionalPropaganda Institucional
Propaganda Institucional
Daiane Lins
 
Planejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacaoPlanejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacao
Bruno Mastrocolla
 
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de ComunicaçãoO Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
Paulo Milreu
 
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
Pedro Eugenio Toledo Piza
 
Wishop
WishopWishop
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
Fernando Fontanella
 
Em prol da leitura
Em prol da leituraEm prol da leitura
Em prol da leitura
António Pires
 
Dossiê módulo 2 ogd daniela dantas
Dossiê módulo 2 ogd   daniela dantasDossiê módulo 2 ogd   daniela dantas
Dossiê módulo 2 ogd daniela dantas
Vera Filipa Silva
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
Ciro Gusatti
 
Relações Públicas no Desporto
Relações Públicas no DesportoRelações Públicas no Desporto
Relações Públicas no Desporto
CatarinaNeivas
 
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAEPromoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
Jefferson Kennedy
 
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigidaCatálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
Dandara Simão
 
A morte da propaganda
A morte da propagandaA morte da propaganda
Propaganda Corporativa - FMU
Propaganda Corporativa - FMUPropaganda Corporativa - FMU
Propaganda Corporativa - FMU
Marcelo Sales
 
Planejamento Publicitário e Mídia
Planejamento Publicitário e MídiaPlanejamento Publicitário e Mídia
Planejamento Publicitário e Mídia
Doisnovemeia Publicidade
 
Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário  Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário
Bruno Araldi
 
Operação skol no verão 2012 case de marketing promocional produto de consumo
Operação skol no verão 2012   case de marketing promocional produto de consumoOperação skol no verão 2012   case de marketing promocional produto de consumo
Operação skol no verão 2012 case de marketing promocional produto de consumo
digaicomunicacao
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04 - Planejamento Publicitário
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04   - Planejamento PublicitárioIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 04   - Planejamento Publicitário
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04 - Planejamento Publicitário
Thiago Ianatoni
 
Planos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no DesportoPlanos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no Desporto
CatarinaNeivas
 

Destaque (20)

Composto mercadológico Professor Danilo Pires
Composto mercadológico Professor Danilo PiresComposto mercadológico Professor Danilo Pires
Composto mercadológico Professor Danilo Pires
 
Propaganda Institucional
Propaganda InstitucionalPropaganda Institucional
Propaganda Institucional
 
Planejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacaoPlanejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacao
 
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de ComunicaçãoO Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
O Planejamento de Mídia e a Gestão nas Agências de Comunicação
 
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
Black Friday 2012 Brasil. Como aumentar suas vendas?
 
Wishop
WishopWishop
Wishop
 
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
TTPP 2 - Tópico 1 parte 1
 
Em prol da leitura
Em prol da leituraEm prol da leitura
Em prol da leitura
 
Dossiê módulo 2 ogd daniela dantas
Dossiê módulo 2 ogd   daniela dantasDossiê módulo 2 ogd   daniela dantas
Dossiê módulo 2 ogd daniela dantas
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
 
Relações Públicas no Desporto
Relações Públicas no DesportoRelações Públicas no Desporto
Relações Públicas no Desporto
 
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAEPromoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
Promoção vendas e Propaganda - Manual do Empresário SEBRAE
 
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigidaCatálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
Catálogo de moda como estratégia de comunicação dirigida
 
A morte da propaganda
A morte da propagandaA morte da propaganda
A morte da propaganda
 
Propaganda Corporativa - FMU
Propaganda Corporativa - FMUPropaganda Corporativa - FMU
Propaganda Corporativa - FMU
 
Planejamento Publicitário e Mídia
Planejamento Publicitário e MídiaPlanejamento Publicitário e Mídia
Planejamento Publicitário e Mídia
 
Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário  Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário
 
Operação skol no verão 2012 case de marketing promocional produto de consumo
Operação skol no verão 2012   case de marketing promocional produto de consumoOperação skol no verão 2012   case de marketing promocional produto de consumo
Operação skol no verão 2012 case de marketing promocional produto de consumo
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04 - Planejamento Publicitário
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04   - Planejamento PublicitárioIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 04   - Planejamento Publicitário
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 04 - Planejamento Publicitário
 
Planos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no DesportoPlanos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no Desporto
 

Semelhante a Propaganda e composto promocional

Promoção e merchandising
Promoção e merchandisingPromoção e merchandising
Promoção e merchandising
Ana Cristina D Assumpcão
 
Aula3
Aula3Aula3
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Thiago Ianatoni
 
Planejando campanhas promocionais para o varejo
Planejando campanhas promocionais para o varejoPlanejando campanhas promocionais para o varejo
Planejando campanhas promocionais para o varejo
Elton Tamiozzo
 
Soluções - Moringa
Soluções - MoringaSoluções - Moringa
Soluções - Moringa
gabrielmoringa
 
PROMOÇÃO DE VENDAS
PROMOÇÃO DE VENDASPROMOÇÃO DE VENDAS
PROMOÇÃO DE VENDAS
Zé do Marketing
 
marketing online e a anatomia da comunicação
marketing online e a anatomia da comunicaçãomarketing online e a anatomia da comunicação
marketing online e a anatomia da comunicação
Cesar Pallares
 
Comunicação de Massa
Comunicação de MassaComunicação de Massa
Comunicação de Massa
Danilo Freitas Souza
 
Estratégias de Comunicação em Marketing
Estratégias de Comunicação em MarketingEstratégias de Comunicação em Marketing
Estratégias de Comunicação em Marketing
TEMA1
 
Cesar Pallares Espm
Cesar Pallares   EspmCesar Pallares   Espm
Cesar Pallares Espm
Cesar Pallares
 
Publicidade & Propaganda - aula 02/03
Publicidade & Propaganda - aula 02/03Publicidade & Propaganda - aula 02/03
Publicidade & Propaganda - aula 02/03
Ricardo Americo
 
Meios de Comunicaçao
Meios de ComunicaçaoMeios de Comunicaçao
Meios de Comunicaçao
Simone Chiaretto
 
Aula 16 marketing empresarial
Aula 16   marketing empresarialAula 16   marketing empresarial
Aula 16 marketing empresarial
MKTMAIS
 
Seminário pablo mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
Seminário pablo   mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!Seminário pablo   mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
Seminário pablo mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
Patricia Giusfredi
 
Comunicação e marketing
Comunicação e marketingComunicação e marketing
Comunicação e marketing
Liliane Mota Fonsêca
 
Cafecombuzz agências
Cafecombuzz agênciasCafecombuzz agências
Cafecombuzz agências
Elife Brasil
 
E.life café com buzz 2
E.life café com buzz 2E.life café com buzz 2
E.life café com buzz 2
Fátima Silana
 
INICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETINGINICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETING
PauloRoberto895836
 
A criação estratégica aula 03 - Dickson
A criação estratégica  aula 03 - DicksonA criação estratégica  aula 03 - Dickson
A criação estratégica aula 03 - Dickson
Fernando Souza
 
Aula pp
Aula ppAula pp

Semelhante a Propaganda e composto promocional (20)

Promoção e merchandising
Promoção e merchandisingPromoção e merchandising
Promoção e merchandising
 
Aula3
Aula3Aula3
Aula3
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
 
Planejando campanhas promocionais para o varejo
Planejando campanhas promocionais para o varejoPlanejando campanhas promocionais para o varejo
Planejando campanhas promocionais para o varejo
 
Soluções - Moringa
Soluções - MoringaSoluções - Moringa
Soluções - Moringa
 
PROMOÇÃO DE VENDAS
PROMOÇÃO DE VENDASPROMOÇÃO DE VENDAS
PROMOÇÃO DE VENDAS
 
marketing online e a anatomia da comunicação
marketing online e a anatomia da comunicaçãomarketing online e a anatomia da comunicação
marketing online e a anatomia da comunicação
 
Comunicação de Massa
Comunicação de MassaComunicação de Massa
Comunicação de Massa
 
Estratégias de Comunicação em Marketing
Estratégias de Comunicação em MarketingEstratégias de Comunicação em Marketing
Estratégias de Comunicação em Marketing
 
Cesar Pallares Espm
Cesar Pallares   EspmCesar Pallares   Espm
Cesar Pallares Espm
 
Publicidade & Propaganda - aula 02/03
Publicidade & Propaganda - aula 02/03Publicidade & Propaganda - aula 02/03
Publicidade & Propaganda - aula 02/03
 
Meios de Comunicaçao
Meios de ComunicaçaoMeios de Comunicaçao
Meios de Comunicaçao
 
Aula 16 marketing empresarial
Aula 16   marketing empresarialAula 16   marketing empresarial
Aula 16 marketing empresarial
 
Seminário pablo mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
Seminário pablo   mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!Seminário pablo   mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
Seminário pablo mkt guerrilha e buzz mkt - Agência Right Now!
 
Comunicação e marketing
Comunicação e marketingComunicação e marketing
Comunicação e marketing
 
Cafecombuzz agências
Cafecombuzz agênciasCafecombuzz agências
Cafecombuzz agências
 
E.life café com buzz 2
E.life café com buzz 2E.life café com buzz 2
E.life café com buzz 2
 
INICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETINGINICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETING
 
A criação estratégica aula 03 - Dickson
A criação estratégica  aula 03 - DicksonA criação estratégica  aula 03 - Dickson
A criação estratégica aula 03 - Dickson
 
Aula pp
Aula ppAula pp
Aula pp
 

Propaganda e composto promocional

  • 1. Publicidade e Propaganda | Profº Me. Ciro Gusatti PROPAGANDA E COMPOSTO PROMOCIONAL
  • 2. Qual a FUNÇÃO da PROPAGANDA no MARKETING?
  • 3. 1º DIFUNDIR A PROPAGANDA serve para: Fazer com que uma marca seja RECONHECIDA E LEMBRADA (despertar a consciência da existência). ESTÁGIO COGNITIVO Despertar a ATENÇÃO.
  • 4. 2º PERSUADIR A PROPAGANDA serve para: Convencer o consumidor que a marca é a MELHOR OPÇÃO. Criar uma ATITUDE DE PREFERÊNCIA. ESTÁGIO AFETIVO Despertar o INTERESSE.
  • 5. 3º MOTIVAR A PROPAGANDA serve para: INCENTIVAR o consumidor a COMPRA. Estimular ARGUMENTOS DE DESEJO pelo produto. ESTÁGIO AFETIVO Despertar o DESEJO.
  • 8.
  • 9. Cada etapa do AIDA é um amadurecimento do consumidor para a compra. O processo PODE LEVAR MINUTOS (como na compra de uma coca-cola) OU ATÉ ANOS (como na compra de uma casa).
  • 10. A propaganda é RESPONSÁVEL por DESPERTAR a ATENÇÃO, O INTERESSE E O DESEJO de CONSUMO.
  • 11. Mas e como FUNCIONA a PROPAGANDA?
  • 12. O entendimento clássico é de que o AIDA da PROPAGANDA busca ATIVAR, MUDAR ou REFORÇAR as ATITUDES de um consumidor frente a um produto. PROPAGANDA ALAN COOPER
  • 13. ATITUDES Uma atitude é a predisposição para avaliar um objeto ou produto positiva ou negativamente. CRENÇAS AFETO INTENÇÕES As atitudes possuem três componentes: O que o consumidor acredita do produto. O que o consumidor sente do produto. O que o consumidor pretende com o produto.
  • 14. “Acho que é boa” “Gosto da Seara mas a Sadia é melhor” “Até compraria para experimentar” CRENÇAS AFETO INTENÇÕES ATITUDE
  • 15. “Dizem que é muito boa. Tipo italiana.” “Seara tem qualidade. Vi na propaganda da Fátima Bernandes” “Quero experimentar para ver se é boa mesmo.” CRENÇAS AFETO INTENÇÕES ATITUDE
  • 16. MAS NO FINAL DAS CONTAS... Expectativa Realidade A propaganda tem a capacidade de ATRAVÉS DA ATENÇÃO, INTERESSE E DESEJO do consumidor, ALTERAR A ATITUDE sobre um produto e MOBILIZAR a sua ação de COMPRA.
  • 17. Mensagem do ANÚNCIO (AIDA) ATITUDES dos consumidores Ação de COMPRAAtivação, Mudança ou Reforço de Atitude Maior atenção seletiva Exposição pós-compra e incentivo de re-compra Experiência e comparação com as expectativas Intenção de compra incentiva a ação MODELO NÃO LINEAR DO FUNCIONAMENTO DA PROPAGANDA
  • 18. O MIX DE COMUNICAÇÃO C A P Í T U L O 2
  • 19. O MIX DE COMUNICAÇÃO OU COMPOSTO PROMOCIONAL Todos os TIPOS DE ESTRATÉGIAS DE PROMOÇÃO buscando os melhores resultados em AIDA e, indiretamente, o ATINGIMENTO DOS OBJETIVOS DE MARKETING.
  • 20. MIX DE MKT Jerome McCarthy, 1960 PUBLICIDADE E PROPAGANDA Mix de Comunicação ou Composto Promocional PATROCÍNIOS MARKETING DIRETO VENDA PESSOAL MARKETING VIRAL MARKETING DE GUERRILHA PRODUCT PLACEMENT EVENTOS MARKETING DIGITAL MERCHANDISING
  • 21. O publicitário necessita ser CAPAZ DE DIAGNOSTICAR o cliente e SUGERIR O MELHOR CONJUNTO de SOLUÇÕES para o seu problema de P de promoção.
  • 22. PUBLICIDADE E PROPAGANDA MENSAGEM DE LEMBRANÇA, INFORMAÇÃO OU PERSUASÃO comunicada a um MERCADO OU PÚBLICO-ALVO. Geralmente de FORMA MASSIFICADA (emitida através de veículos de comunicação). É um INVESTIMENTO NO VALOR DA MARCA. Ajuda a construir a imagem de uma organização.
  • 23. PUBLICIDADE E PROPAGANDA Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. ESTIMULA O DESEJO de consumo.
  • 24. PUBLICIDADE # PROPAGANDA Na comunicação Na administração PUBLICIDADE: Mensagem de cunho comercial para promover um produto PROPAGANDA: Mensagem paga ao veículo para promover um produto PROPAGANDA: Mensagem ideológica tentando convencer ou vender uma ideia (Propaganda Política) PUBLICIDADE: Mensagem gratuita para promover um produto em um veículo
  • 25. RELAÇÕES PÚBLICAS Tem por objetivo GERAR BONS COMENTÁRIOS E EMPATIA por uma marca. Através de um plano de comunicação, BUSCA ESTABELECER UM RELACIONAMENTO COM OS PÚBLICOS DE INTERESSE. Uma das atividades mais importante do RP são os esforços de ASSESSORIA DE IMPRENSA.
  • 26. RELAÇÕES PÚBLICAS Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. ESTIMULA A SEGURANÇA E A CREDIBILIDADE da marca com os seus públicos
  • 27. PATROCÍNIO Promove indiretamente uma marca ATRAVÉS DE UM EVENTO, INICIATIVA OU PESSOA (esportista, artista). A marca busca uma ASSOCIAÇÃO DOS VALORES DO PATROCINADO PARA A SUA PRÓPRIA IMAGEM. O patrocínio pode ser variado dependendo do volume de investimento e envolvimento do investidor.
  • 28.
  • 29. PATROCÍNIO Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. ASSOCIA A IMAGEM DO PATROCINADO à imagem marca.
  • 30. EVENTOS ORGANIZAÇÃO OU PARTICIPAÇÃO DE EVENTOS TÉCNICOS OU EVENTOS GERAIS com a intenção de aproximar-se de público de interesse. A TEMÁTICA E OS VALORES DO EVENTO AGREGAM VALOR A MARCA PROMOTORA. A participação em eventos pode, também, impactar em resultados eficientes de vendas. Eventos técnicos: congressos, feiras, fóruns. Eventos gerais: shows, torneios, festivais
  • 31.
  • 32. EVENTOS Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO e pode ter impacto em VENDAS. Pode impactar um ALTO VOLUME DE PESSOAS. O envolvimento do público com a marca e a eficácia da ação PODE DEPENDER DO VOLUME DO INVESTIMENTO
  • 33. MARKETING DIRETO Visa CRIAR UMA INTERAÇÃO PERSONALIZADA E MENSURÁVEL com o consumidor. A partir de um banco de dados, ENVIA-SE UMA MENSAGEM DIRECIONADA (o receptor da mensagem é um alvo conhecido). Permite uma comunicação individualizada com público (mala direta, telemarketing, venda direta, e-mail marketing).
  • 34. MARKETING DIRETO Impacta na EM RESULTADOS DE VENDAS Tem EFEITO A CURTO PRAZO. Tem IMPACTO DIRETO NAS VENDAS. Se mal explorada PODE DENEGRIR A IMAGEM DA MARCA do anunciante.
  • 35. PROMOÇÃO DE VENDAS Campanhas que visam PROMOVER UM BENEFÍCIO EXTRA COMO FORMA DE ESTIMULAR A COMPRA em um determinado período de tempo. Apresenta diversas de TÉCNICAS DE INCENTIVO DE CONSUMO (utilização de cupons, produtos gratuitos, prêmios exclusivos e outros). Possui alto impacto a curto prazo.
  • 36. PROMOÇÃO DE VENDAS Impacta na EM RESULTADOS DE VENDAS Tem EFEITO A CURTO PRAZO. Tem IMPACTO DIRETO NAS VENDAS. Se mal explorada PODE DENEGRIR A IMAGEM DA MARCA do anunciante.
  • 37. PRODUCT PLACEMENT Trata-se da iniciativa de promoção de produtos ou serviços DURANTE PROGRAMAS DE TELEVISÃO, SERIADOS, FILMES E NOVELAS. O produto pode ser APRESENTADO, MANUSEADO e ainda receber um TESTEMUNHAL (dependendo do nível do investimento). Pode ser EXPLICITAMENTE APRESENTADO ou atingir o consumidor INCONSCIENTEMENTE.
  • 38. NO MÍNIMO 20 MARCAS Playboy, Visa, Tomblerone, Nikon, Spirit, Sony, Philips, Pioneer, IBM, 7UP, Red Stripe, Pepsi, Koet, Carlsberg, Aston Martin, BMW, Jaguar, Land Rover, Citroen, Audi...
  • 39. MERCHANDISING Técnica, ação ou MATERIAL PROMOCIONAL USADO NO PONTO DE VENDA que proporcione informação e MELHOR VISIBILIDADE A PRODUTOS com o propósito de motivar e influenciar as decisões de compra dos consumidores. O merchandising PODE SER APOIADO DE PUBLICIDADE OU DE PROMOÇÃO DE VENDAS (quando se utiliza de preços mais baixos ou brindes) para atingir os seus resultados.
  • 40.
  • 41. MERCHANDISING Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO e em RESULTADOS DE VENDA. Tem IMPACTO NAS VENDAS. ASSOCIA-SE DA IMAGEM do estabelecimento que está oferecendo o produto. Tem impacto na LEMBRANÇA. Desperta interesse e MOBILIZA A AÇÃO DE COMPRA.
  • 42. PRODUCT PLACEMENT Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO ou em RESULTADOS DE VENDA. Tem IMPACTO DIRETO OU INDIRETO NAS VENDAS. ASSOCIA-SE DA IMAGEM do programa/filme. Sofre menos o efeito ZAPPING
  • 43. MARKETING DIGITAL PROMOÇÃO ATRAVÉS DA INTERNET. Objetiva a conexão do consumidor a partir de: 1) VALOR DE MARCA: Promoção de sites, hotsites e campanhas. 2) RELACIONAMENTO: Comunicação em redes sociais, Facebook Ads; Marketing de conteúdo... 3) PERFORMANCE: Google Adwords, SEO, e-mail marketing, remarketing...
  • 44. MARKETING DIGITAL Pode ser utilizado na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO e também como PROMOÇÃO DE VENDAS. Pode ter IMPACTO INDIRETO E DIRETO NAS VENDAS. Oferece RECURSOS DE INTERAÇÃO com o consumidor. Oferece RECURSOS DE MENSURAÇÃO de resultados.
  • 45. MARKETING VIRAL É o tradicional BOCA-A-BOCA A PARTIR DA INTERNET DAS REDES SOCIAIS. PUBLICIDADE CRIADA COM A INTENÇÃO DE GERAR BURBURINHO (receber interações). Depende de um CONTEÚDO/AÇÃO DE EMPATIA ALTA CRIATIVIDADE E ORIGINALIDADE. Por vezes, se apropria de conteúdos viralizados ou personagens consagrados.
  • 46.
  • 47. MARKETING VIRAL Impacta na NA IMAGEM DO PRODUTO. Tem EFEITO DE MÉDIO A LONGO PRAZO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. Suas características oferecem MAIOR ADERÊNCIA para a mensagem
  • 48. ADVERTAINMENT PUBLICIDADE passa a ser o PRÓPRIO CONTEÚDO DE ENTRETENIMENTO. É uma transformação do conceito tradicional (em que a promoção interrompe o entretenimento). A partir da interação do consumidor, o conteúdo publicitário acaba tendo ALTO POTENCIAL DE VIRALIZAÇÃO. A PUBLICIDADE PASSA A SER DESEJADA pelo consumidor.
  • 49.
  • 50. ADVERTAINMENT Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. Alto potencial de VIRALIZAÇÃO de conteúdo. Suas características oferecem MAIOR ADERÊNCIA para a mensagem.
  • 51. MARKETING DE GUERRILHA BUSCA SURPREENDER CONSUMIDORES em seus ambientes e criar uma relação positiva. Almejam um ALTO IMPACTO EMOTIVO através da criação de SITUAÇÕES EXPERIENCIAIS. A ação pode acabar virando conteúdo viral. EXPERIÊNCIAS EMOCIONANTES POSSUEM MAIOR IMPACTO NA LEMBRANÇA DO CONSUMIDOR.
  • 52. MARKETING DE GUERRILHA Impacta na CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PRODUTO. Tem IMPACTO INDIRETO NAS VENDAS. Alto potencial de VIRALIZAÇÃO de conteúdo. Suas características oferecem MAIOR ADERÊNCIA para a mensagem.
  • 53. O publicitário necessita ser CAPAZ DE DIAGNOSTICAR o cliente e SUGERIR A MELHOR CONJUNTO de SOLUÇÕES para o seu problema de P de promoção.
  • 55. TUDO DEPENDERÁ... Quem é empresa? Quem é o consumidor? Quem é o mercado? Qual é o objetivo da empresa? Quem são os concorrentes? Qual é a verba para a campanha.