SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Baixar para ler offline
Formação Continuada de
      proFessores: uma análise das
       modalidades e das prátiCas
         em estados e muniCípios

realiZação      pa r C e r i a
A Fundação Victor Civita, que tem por
missão contribuir para a melhoria da qualidade
da Educação Básica no Brasil, produzindo
publicações, sites, material pedagógico,
pesquisas e projetos que auxiliem na capacitação
                                                   eQuipe da Fundação ViCtor CiVita
dos professores, gestores e demais responsáveis
pelo processo educacional, implantou uma área      diretoria eXeCutiVa
                                                   Angela Cristina Dannemann
de estudos com objetivo de levantar dados e
informações que auxiliem as discussões sobre       Coordenação pedaGÓGiCa
                                                   Regina Scarpa
práticas, metodologias e políticas públicas de
Educação. Para acompanhar outros trabalhos,        reVista noVa esCola/reVista Gestão esColar
                                                   Gabriel Grossi
visite o nosso site www.fvc.org.br/estudos.        Paola Gentile

                                                   estudos, pesQuisas e proJetos
                                                   Mauro Morellato
                                                   Adriana Deróbio




                                                                       © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
EquipE dE Trabalho
Fundação Carlos Chagas

       assessoria Geral                 pesQuisadores de Campo
       Bernardete A. Gatti              Ana Maria Lima Teixeira
                                        Ana Maria Gimenes Corrêa Calil
       Coordenação do proJeto           Ani Martins da Silva
       Claudia Leme Ferreira Davis      Bruna Casiraghi Pançardes
       Marina Muniz Rossa Nunes         Claudia Leme Ferreira Davis
       Patrícia C. Albieri de Almeida   Eleny Mitrulis
                                        Juliana Cedro de Souza
       assistentes de pesQuisa          Luciane Maria Schlindwein
       Ana Paula Ferreira da Silva      Maria Eloisa Famá D´Antino
       Juliana Cedro de Souza           Maria Helena da Rocha Besnosik
                                        Marina Muniz Rossa Nunes
                                        Mary Julia Martins Dietzsch
                                        Neusa Banhara Ambrosetti
                                        Patrícia Cristina Albieri de Almeida


                                                                 © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
obJETiVos


    identificar como se configuram, atualmente, as ações de
    Formação Continuada de professores em diferentes estados
    e municípios brasileiros, bem como as modalidades por
    meio das quais elas são implementadas e os processos de
    monitoramento e avaliação empregados


    analisar as modalidades e práticas de formação visando
    subsidiar o fortalecimento de novos paradigmas na área,
    mais capazes de propiciar o aprimoramento profissional dos
    docentes e a melhoria da qualidade da educação oferecida
    pelas redes públicas de ensino


                                                  © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
o dEsEnVolVimEnTo do EsTudo
Foi proposTo Em quaTro ETapas:



     levantamento bibliográfico

     Coleta, tratamento e análise de dados

     discussão com especialistas

     elaboração do relatório técnico final




                                             © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
o quE a liTEraTura diz sobrE
Formação ConTinuada
                  os estudos enContrados podem ser reunidos
                            em dois Grandes Grupos
     abordagens de Formação                  abordagens de Formação Continuada
    Continuada que se centram                 que se centram no desenvolvimento
      na figura do professor                 das equipes escolares e das escolas


a Formação Continuada como                   o coordenador pedagógico como principal
desenvolvimento de características éticas    responsável pelos processos de Formação
e políticas essenciais para o exercício      Continuada nas escolas
profissional

a Formação Continuada como meio de           a Formação Continuada como meio de
suprir os déficits da formação inicial dos   fortalecer e legitimar a escola como um
professores                                  lócus de formação contínua e permanente
                                             para todos nela presentes
a Formação Continuada pautada pelo ciclo
de vida profissional

                                                            © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
sECrETarias dE EduCação
EnVolVidas no EsTudo
                                 sECrETarias inVEsTigadas
                                 Total (19 secretarias):
                                 6 Secretarias Estaduais
                                 6 Secretarias Municipais de Capital
                                 3 Secretarias Municipais de médio porte
                                 4 Secretarias Municipais de pequeno porte




                          rEgião sul
                          participaram:
                          1 Secretaria Estadual
                          1 Secretaria Municipal de Capital
                          1 Secretaria Municipal de médio porte
                          1 Secretaria Municipal de pequeno porte




                                            © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
sECrETarias dE EduCação
 EnVolVidas no EsTudo

rEgião norTE
participaram:
2 Secretarias Estaduais
1 Secretaria Municipal de Capital




                          rEgião CEnTro-oEsTE
                          participaram:
                          1 Secretaria Estadual
                          1 Secretaria Municipal de Capital
                          1 Secretaria Municipal de pequeno porte




                                                                    © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
sECrETarias dE EduCação
EnVolVidas no EsTudo
                                  rEgião nordEsTE
                                  participaram:
                                  1 Secretaria Estadual
                                  2 Secretarias Municipais de Capital
                                  1 Secretaria Municipal de médio porte
                                  1 Secretaria Municipal de pequeno porte




                          rEgião sudEsTE
                          participaram:
                          1 Secretaria Estadual
                          1 Secretaria Municipal de Capital
                          1 Secretaria Municipal de médio porte
                          1 Secretaria Municipal de pequeno porte




                                             © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
organização dos dados

  Visão sobre as
ações de Formação                                                          dificuldades
    Continuada              demandas
                          das Formações                                  enfrentadas nas
                           Continuadas                                   ações formativas
                                                      equipes de
    práticas formativas                               Formação
     mais frequentes                                  Continuada                processos
                                                                          de acompanhamento
                                                                              e de avaliação


                                         principais
                                        conclusões
                   proposições para
                   políticas públicas
                 relativas à Formação
                       Continuada
                                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
Visão sobrE as açõEs
  dE Formação ConTinuada

             nos disCursos das ses
                                             na aGenda das polítiCas das ses


         importância conferida aos                          Formação como eixo
      professores e à sua formação na                   articulador das intervenções
      melhoria da qualidade do ensino                             na escola



   Formação Continuada:                  “Consenso              Formação Continuada: possibilita
espaço de socialização entre             discursivo”            o desenvolvimento profissional e
      os professores                                               favorece a gestão escolar


             demandas de formação                      necessidade de promover
            apoiadas nas avaliações de                    práticas formativas
                     sistema                                 sistemáticas
                                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
Visão sobrE as açõEs
 dE Formação ConTinuada
           os dados Coletados Junto às ses permitem aFirmar...



                                         as práticas
                                                                           a intenção, na maioria
                                        de Formação                        das ses, é fortalecer a
  Há um grande esforço em
   atender às necessidades             Continuada vêm                     escola como um espaço
 formativas dos educadores,               evoluindo                      formativo para assegurar
    tentando superar ações                                             que a Formação Continuada
isoladas, pontuais e de curta                                             se processe de maneira
           duração                                                        contínua e sistemática,
                                                                        arraigando-se no cotidiano
                                                                           das ses e das escolas
                                          Entretanto

                        há problemas: trata-se de tarefa complexa, que exige,
                      das equipes que promovem a formação continuada, ações
                        articuladas, que, em geral, nem sempre são possíveis
                                                                        © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
Visão sobrE as açõEs
   dE Formação ConTinuada

                                     seCretarias de eduCação


         algumas estão bem
     organizadas - têm política de                             outras ainda não possuem
              formação                                         uma política de formação



    nas redes que possuem uma
  política de formação, destacam-se                       • Oferta de cursos e oficinas
             dois aspectos
                                                          • Programas do MEC

   processo               ações de                        • Terceiriza Formação Continuada
  histórico de         valorização dos                    • Delega Formação Continuada
continuidade das       profissionais da                     para a escola
 ações políticas          educação

                                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas

            Como as ses identiFiCam neCessidades e traçam o
           planeJamento das ações de Formação Continuada?


                            prática comum e recorrente

uso de resultados alcançados
  pelas escolas da rede em                          dados obtidos no processo
  avaliações de sistema em                            de acompanhamento
 âmbito estadual e nacional                             junto às escolas



      algumas ses também
 utilizam ferramentas próprias
de sistemas de gerenciamento
         de informação

                                                          © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas

             a natureZa das demandas em Formação Continuada


                    práticas formativas que contribuam para o
                           aperfeiçoamento pedagógico

 demanda mais recorrente:                                               outros temas demandados:
    cursos de conteúdo e                                                    currículo/propostas
 metodologia de matemática                                               curriculares, ppp, ensino
e português, notadamente do                                             Fundamental de nove anos,
  processo de alfabetização                                            avaliação da aprendizagem e
                                                                            educação inclusiva

                    Em menor grau: solicitações por temas do cotidiano escolar,
                     como: “como lidar com os conflitos interpessoais”, “como
                     combater a violência”, “como lidar com conflitos” e “como
                               conduzir as relações étnicorraciais”
                                                                         © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas

                     inCentiVos à Formação Continuada


       as ses que relatam contar com
                                                      uma estratégia, especialmente
    incentivos descrevem a certificação
                                                       utilizada pelas ses, é auxiliar
      dos participantes, com posterior
                                                        os professores, pagando as
      pontuação no plano de carreira e
                                                     despesas de transporte, diárias e
   melhoria nos cargos e salários, como
                                                  alimentação, situação que incentiva o
    o principal atrativo para estimular a
                                                  deslocamento de sua cidade e região,
  participação dos docentes em ações de
                                                     por implicar em menores custos
           Formação Continuada



                 nem todas as ses oferecem incentivo para os professores
                    frequentarem as ações de Formação Continuada


                                                                    © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs

          as polítiCas de Formação Continuada
                 de Grande parte das ses



                 são centradas em práticas
                 consideradas “clássicas”




             Cursos preparados por especialistas, que
          procuram oferecer subsídios que aprimorem os
                 saberes e as práticas docentes

                                                    © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs

                 Há seCretarias Que rompem Com essa Visão

              especialmente nas ses estaduais e municipais de grande porte,
              coexistem diferentes modalidades de Formação Continuada,
                       que procuram atender a diferentes objetivos:

    A formação continuada pode ser um curso, pode ser um workshop, pode ser uma oficina mesmo.
    Ela pode vir em forma de uma formação longa, como essa, agora de 360 horas. Você pode variar a
 estratégia e até é benéfico que se faça isso. A gente observou essa progressão, porém a gente não perde
 o foco, né? E vai graduando o desafio, vai avançando dentro do conhecimento da própria área. É isso que
                    é o norteador. A estratégia é usar muitas estratégias diferentes (...)
                          (secretaria municipal de educação de médio porte – região sudeste)



              o que diferencia a política de formação das ses é exatamente a
              ênfase dada a cada uma das modalidades oferecidas e o foco no
                              trabalho individual ou coletivo
                                                                                               © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs



          modalidades de Formação Continuada




          perspeCtiVas        perspeCtiVas
         indiVidualiZadas    ColaboratiVas




                                             © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs

        Valoriza o professor, sanando
       suas dificuldades de formação,                                   divulga mudanças ou a
            ensinando a lidar com                                      implementação de novos
         situações atuais da prática                                  programas ou políticas das
           pedagógica e da escola                                      secretarias de educação




Cursos de curta duração                   perspectivas                                     oficinas
                                        individualizadas


       ações pontuais                                                        Cursos de longa duração



                                    Ciclo de vida e desenvolvimento
                                               profissional

                                                                            © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs

                                   perspeCtiVas ColaboratiVas

                  apoiam-se                                      Centradas em atividades
                                                                  realizadas nas escolas


No papel do coordenador pedagógico como                   Grupos de estudos, com acompanhamento sistemático
corresponsável pela Formação Continuada dos               e rigoroso
professores no âmbito escolar                             Produção coletiva de materiais, posteriormente
No fortalecimento da equipe pedagógica como um            divulgadas nos portais das SEs
todo, incluindo aí a direção e a coordenação pedagógica   Envolvimento dos professores nos processos de
Na legitimização da escola como um espaço de              planejamento, implementação de ações e sua avaliação
Formação Continuada permanente, no qual uns auxiliam      Elaboração de projetos pedagógicos relativos às
os outros                                                 questões curriculares ou a problemas identificados em
                                                          sala de aula
                                                          Formação de redes virtuais de colaboração e apoio
                                                          profissional, envolvendo comunidades escolares e
                                                          sistemas educacionais, entre outros


                                                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
EquipEs dE Formação ConTinuada
 Aqueles que são profissionais das                       Os profissionais externos
próprias redes de ensino e assumem,    perfis          vinculados a outras instituições
 além de suas funções específicas, a                     parceiras das SEs oferecem
      formação dos professores                        assessorias e cursos de formação

             Função                                               Função

                                                       Oferecem assessorias e cursos
 Organizar as políticas de formação,
                                                      de formação para a melhoria e o
  atuar como formadores e realizar
                                                     desenvolvimento dos processos de
 o acompanhamento e a avaliação
                                                       Formação Continuada da rede
   das ações realizadas, podendo
     ou não receber o apoio de
        especialistas externos                      Em alguns casos, a equipe externa
                                                trabalha de forma articulada com a equipe
                                                interna da SE, que, por sua vez, se articula
                                                    com as equipes responsáveis pelas
                                                          modalidades de ensino
                                                                  © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
EquipEs dE Formação ConTinuada

        Central na articulação das                             Queixas recorrentes: perfil dos
  atividades de Formação Continuada                            profissionais e resistências dos
   e no trabalho cotidiano na escola                              professores especialistas



                                        Coordenador
Formação específica dirigida            pedagógico                        parceiro crítico dos docentes
ao Coordenador pedagógico


                                  observação em sala de aula
                                  para o acompanhamento dos
                                           professores


         (...) é necessário que o Coordenador Pedagógico deixe de ser um fiscal dos alunos
  e passe a auxiliar os professores na superação das dificuldades de aprendizagem, atuando como
               formador e facilitador nas relações da formação com a prática docente

                                                                          © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
proCEssos dE aCompanhamEnTo
E dE aValiação

           ValoriZados por todas as eQuipes enVolVidas
                   Com Formação Continuada


           Verifica-se                              no entanto




       o movimento de buscar           todas as ses revelam dificuldades para
    informações nas escolas que      executá-los e verificar o impacto das ações
      revelem melhorias para a
      aprendizagem dos alunos
                                        É comum o uso de várias estratégias
                                        na tentativa de verificar a efetividade
                                                     em sua ação


                                                      © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
proCEssos dE aCompanhamEnTo
E dE aValiação

               aCompanHamento                                       aValiação

                                             objetivos


                             Verificar como o professor avalia a
                             formação que recebeu
                             Verificar o impacto da formação na
                             aprendizagem dos alunos de forma indireta

        por meio                                                                   por meio


      Questionários                                                      Questionários indicadores de:
     Visitas e relatos                                                     • rendimento dos alunos
observação de sala de aula                                                 • Qualidade de educação



                                                                              © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
diFiCuldadEs EnFrEnTadas
nas açõEs FormaTiVas

        descompasso entre o                            desarticulação entre propostas de
   desenvolvimento tecnológico e a                     Formação Continuada oferecidas
   atuação docente em sala de aula                     pelo meC e/ou universidades e/ou
                                                        instituições de ensino superior


                                      principais
   Variedade das                     dificuldades              Custos elevados das formações
demandas de formação                                                  dos formadores




           políticas de lotação e                   resistência dos professores/
          remoção de docentes -                         técnicos das ses às
        impedem a continuidade das                   mudanças propostas nas
             ações formativas                             ações formativas


                                                                 © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
diFiCuldadEs EnFrEnTadas
nas açõEs FormaTiVas

        tempo remunerado                             professores substitutos para
       na jornada de trabalho                         a participação de ações de
            do professor                                Formação Continuada




política de Formação                  ausência               Centro de formação próprio
      Continuada




                                                   articulação entre ações
        preparo dos coordenadores
                                                    da própria secretaria
        pedagógicos e dos diretores
                                                 relacionadas aos docentes



                                                            © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs


   em relação às ações polítiCas:

         A existência de ações políticas que reconhecem e dão continuidade a
         experiências e trabalhos bem-sucedidos favorecem o aprimoramento
         da Formação Continuada, alcançando resultados bastante satisfatórios


A valorização e a manutenção de equipes bem formadas de Formação
  Continuada de professores mostraram-se centrais nesse processo

                   A experiência adquirida gera uma crítica mais acurada para
              diagnosticar o que está ocorrendo nas escolas e entre os professores,
             criando uma expertise da qual todas as ações formativas se beneficiam

                                                            © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs

  alGumas ses, notadamente as muniCipais, não têm
  elaborado uma polítiCa de Formação Continuada Com
  Contornos prÓprios
                   nelas, dois proCedimentos Foram obserVados:

   relegar a Formação Continuada
                                                 Contratar firmas
            dos docentes às
                                                especializadas em
   iniciativas das próprias escolas
                                               Formação Continuada


 De qualquer modo, em um e em outro caso, o que marca essas SEs é a ausência
  de um conhecimento sólido de sua rede de ensino, que permita um diagnóstico
       de suas carências e o encaminhamento de soluções para saná-las

                                                           © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs

              ainda em relação às ações polítiCas


                                 mEC

                        Esforço no sentido de

             encaminhar políticas e desenvolver estratégias
             que possam definir e regulamentar a Formação
                   Continuada de professores no país


         risco: as ações do MEC podem se tornar inócuas sem a
      necessária coordenação e articulação com outros programas e
                  políticas voltados para os professores

                                                        © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs


        em relação às ações de Formação Continuada


     ações de Formação Continuada nas sEs investigadas
   orientam-se, concomitantemente, por duas perspectivas:


        Perspectivas                  Perspectivas
      individualizadas               colaborativas




                                             © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs
                          polítiCa de Formação Continuada

                                             Fortalece

               A escola como                Qualidade da              Professores -
                  um todo                   escolarização            desenvolvimento
                                              oferecida                profissional


                    É importante que se invista nas necessidades:


      dos próprios docentes                                       da própria escola
   Em termos de didáticas específicas                Demandas de seu projeto político- pedagógico,
e temas pertinentes ao cotidiano escolar,        amparo aos docentes em diferentes momentos de seu
   habilidades pedagógicas, manejo de           desenvolvimento profissional, necessidades de atender às
                classe etc.                          demandas da SE e das famílias dos alunos etc.

                                                                           © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs

             para tanto, É preCiso Que as ses
         elaborem/oFereçam polítiCas FormatiVas




                 Que apresentem coerência interna
           (entre objetivos, métodos e resultados buscados)
                                  e
                coerência com as demais políticas
           voltadas para o desenvolvimento profissional dos
       professores, articulando-se com a carreira docente e com
                         os salários, entre outras



                                                        © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs

                   ilustra bem o Que se pretende diZer
                             a polítiCa Que:

Incentiva suas escolas a se converter em espaços colaborativos de formação
profissional

Investe em Centros de Formação, cuja tarefa é propiciar tanto a troca de experiências
e a socialização de ideias e conhecimentos envolvidos em suas metas como
constituir espaços de cursos sistemáticos, oficinas pedagógicas, elaboração de
material de trabalho junto aos alunos, grupos de estudos etc.

Dá suporte, cobra e articula as ações levadas a efeito nas escolas e nos Centros
de Formação, acompanhando a implementação de mudanças e verificando se elas
estão levando aos resultados esperados em termos de melhorias no processo de
ensino e aprendizagem

                                                               © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs
                 ações de Formação Continuada

                              preferências


                         Ações que ocorrem de
                          maneira sistemática


                 Que solidificam a identidade grupal e o
                          trabalho colaborativo

    Cursos de longa               Atividades regulares de formação,
       duração                    que se desenvolvam no contexto
                                     de trabalho dos professores

                                                           © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
prinCipais ConClusõEs
                   oferecer ações formativas que            Fortalecer, por meio das ações de
                    considerem o ciclo de vida e            Formação Continuada, a postura
                    desenvolvimento profissional                ética e o profissionalismo


 oferecer horários adequados                                                     descentralizar as ações de
 para a Formação Continuada                                                   Formação Continuada, de modo a
                                                                              permitir que todos os professores
                                                                                       delas participem
                                            o que é ainda
                                            preciso fazer
  incentivar a participação                                                      Criar instâncias capazes de
docente, sem atrelá-la apenas                                                coordenar, acompanhar e avaliar os
  à progressão na carreira                                                   projetos de Formação Continuada e
                                                                                  as instituições envolvidas


       equilibrar as atividades de Formação Continuada               incluir tempo para a
       - sem desconsiderar a necessidade de aprimorar             participação em Formação
       os conhecimentos e as práticas pedagógicas dos             Continuada na jornada de
      professores, investindo, sobretudo, em perspectivas              trabalho docente
               colaborativas, centradas na escola

                                                                                 © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:


1
     investir na formação inicial dos professores para que
     a Formação Continuada não precise atuar
     retrospectivamente e de forma compensatória


2    Coordenar a oferta de formação continuada com as etapas
     da vida profissional dos docentes, mediante a oferta de
     programas:
     • dirigidos especificamente ao professor ingressante na carreira
     • Voltados para professores que se encontram mudando de
       segmento ou nível de ensino
     • direcionados a estimular a autonomia progressiva e responsável
       do professor
     • delineados para docentes com mais de 15 anos de docência

                                                          © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:



3    desenvolver políticas que:
        • Formem e fortaleçam o corpo docente e a equipe gestora
        • aproveitem as competências disponíveis, colocando-as a
          serviço do projeto pedagógico da escola




4    ampliar a oferta da Formação Continuada para atender a
     professores de todos os níveis e modalidades de ensino




                                                      © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:



5    explorar adequadamente o papel das universidades na
     Formação Continuada, elaborando propostas que:
       • Favoreçam sua interação com as comunidades escolares
       • Vão ao encontro das demandas das redes de ensino,
        trazendo
                • novos conhecimentos do campo educacional
                • o debate acadêmico para o interior das escolas
                • aproximação dos docentes com o ambiente e espaço
                  da universidade e vice-versa
                • a possibilidade de superar problemas e/ou lidar
                  adequadamente com sua realidade

                                                         © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:



6    evitar que programas bem-sucedidos sejam interrompidos
     por mudanças de gestão ou adoção de políticas partidárias



7    investir na socialização de experiências bem-sucedidas de
     Formação Continuada em diferentes níveis e modalidades
     de ensino



8    desenvolver ações de Formação Continuada que
     contribuam para aumentar o capital cultural dos docentes


                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:

9    ampliar o tempo dedicado às ações de Formação Continuada, de
     modo que elas não se restrinjam apenas às reuniões pedagógicas
     coletivas na escola
     É preciso propiciar na escola - e entre escolas - oportunidades para
     a realização de encontros formativos e discussões pedagógicas por
     áreas de conhecimento e não apenas por ano ou nível de ensino



10   apoiar as escolas – equipe gestora e corpo docente - e
     incentivá-las a:
        • experimentar novas práticas educacionais
        • debater criticamente as propostas
        • empregar as inovações divulgadas nas ações
          de Formação Continuada
                                                          © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a
Formação ConTinuada dE proFEssorEs são:



11   avaliar os resultados dos programas de Formação Continuada
     e, portanto, sua qualidade, por meio da apropriação, por
     parte dos professores, dos conteúdos e das habilidades
     neles oferecidos, sempre diversificando as modalidades de
     avaliação
     evitar que a avaliação dos programas de Formação
     Continuada de professores centre-se basicamente nos
     resultados obtidos pelos alunos em avaliações censitárias




                                                   © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
Para mais informações sobre este e outros
    Estudos e Pesquisas da Fundação Victor Civita, acesse:
    www.fvc.org.br/estudos



realiZação               pa r C e r i a

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democráticaappfoz
 
Didática
DidáticaDidática
Didáticagadea
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavaresCÉSAR TAVARES
 
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianosGestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianosUlisses Vakirtzis
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagemAlba Mate Mate
 
Função e Atuação do Gestor Escolar
Função e Atuação do Gestor EscolarFunção e Atuação do Gestor Escolar
Função e Atuação do Gestor Escolarwr1996
 
Formação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarFormação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarMaria Cecilia Silva
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISJose Wilson Melo
 
FORMAÇÃO CONTINUADA
FORMAÇÃO CONTINUADAFORMAÇÃO CONTINUADA
FORMAÇÃO CONTINUADAlucavao2010
 
Slides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc finalSlides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc finalEdu Uninter
 
Eja metodologia políticas públicas de eja
Eja   metodologia políticas públicas de ejaEja   metodologia políticas públicas de eja
Eja metodologia políticas públicas de ejaPaulo Sérgio
 
Formação de professor
Formação de professorFormação de professor
Formação de professorcarmemlima
 
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNE
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNEPLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNE
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNEJulhinha Camara
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 

Mais procurados (20)

Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Coordenação pedagógica
Coordenação pedagógicaCoordenação pedagógica
Coordenação pedagógica
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Curriculo
 
Apresentação gestão educacional
Apresentação gestão  educacionalApresentação gestão  educacional
Apresentação gestão educacional
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianosGestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
 
Função e Atuação do Gestor Escolar
Função e Atuação do Gestor EscolarFunção e Atuação do Gestor Escolar
Função e Atuação do Gestor Escolar
 
Formação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarFormação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolar
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
Slide tendências pedagógicas
Slide   tendências pedagógicasSlide   tendências pedagógicas
Slide tendências pedagógicas
 
FORMAÇÃO CONTINUADA
FORMAÇÃO CONTINUADAFORMAÇÃO CONTINUADA
FORMAÇÃO CONTINUADA
 
Slides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc finalSlides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc final
 
Eja metodologia políticas públicas de eja
Eja   metodologia políticas públicas de ejaEja   metodologia políticas públicas de eja
Eja metodologia políticas públicas de eja
 
Estagio supervisionado
Estagio supervisionado Estagio supervisionado
Estagio supervisionado
 
Currículo escolar
Currículo escolarCurrículo escolar
Currículo escolar
 
Formação de professor
Formação de professorFormação de professor
Formação de professor
 
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNE
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNEPLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNE
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO -PNE
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 

Destaque

Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Elicio Lima
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentesrosangelamenta
 
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarO que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarSeduc MT
 
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADORREFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADORSaldoce Delícia
 
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosasSemana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosasSeduc MT
 
Saberes Docentes final
Saberes Docentes finalSaberes Docentes final
Saberes Docentes finalmefurb
 
Proposta de jornada pedagógica 2011
Proposta de jornada pedagógica 2011Proposta de jornada pedagógica 2011
Proposta de jornada pedagógica 2011Alfabeto Letramento
 
Formação continuada
Formação continuadaFormação continuada
Formação continuadaelannialins
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorCristiana Campos
 
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...Salete Perini
 
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de ProfessoresPesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professoreslereabracar
 
Formação continuada presencial
Formação continuada presencialFormação continuada presencial
Formação continuada presencialAgnaldo Paredes
 

Destaque (20)

Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
Projeto de formação continuada
Projeto de formação continuadaProjeto de formação continuada
Projeto de formação continuada
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentes
 
Projeto Formação Continuada
Projeto Formação ContinuadaProjeto Formação Continuada
Projeto Formação Continuada
 
Slide formação continuada
Slide formação continuadaSlide formação continuada
Slide formação continuada
 
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarO que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
 
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADORREFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
 
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosasSemana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosas
 
Saberes Docentes final
Saberes Docentes finalSaberes Docentes final
Saberes Docentes final
 
Proposta de jornada pedagógica 2011
Proposta de jornada pedagógica 2011Proposta de jornada pedagógica 2011
Proposta de jornada pedagógica 2011
 
Formação continuada
Formação continuadaFormação continuada
Formação continuada
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
 
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 1
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 1Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 1
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 1
 
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de ProfessoresPesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
 
Formação continuada slide 1
Formação continuada slide 1Formação continuada slide 1
Formação continuada slide 1
 
Formação continuada presencial
Formação continuada presencialFormação continuada presencial
Formação continuada presencial
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Formação ppt
Formação pptFormação ppt
Formação ppt
 

Semelhante a Formação continuada de professores

Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1
Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1
Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1brandermarlonxavier
 
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosCapacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosopensador
 
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosCapacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosGLAUCIA CASTRO
 
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia Melo
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia MeloPapel dos Fóruns de Educação_Virgínia Melo
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia MeloLuciana
 
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de Itaboraí
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de ItaboraíApresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de Itaboraí
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de ItaboraíSylvio Nunes
 
1 capacitação para controle social nos municipios
1  capacitação para controle social nos municipios1  capacitação para controle social nos municipios
1 capacitação para controle social nos municipiosAlinebrauna Brauna
 
Primeira Infância Melhor - PIM RS
Primeira Infância Melhor - PIM RSPrimeira Infância Melhor - PIM RS
Primeira Infância Melhor - PIM RSPim Das Ses
 
Apresentação PIM (07/2015)
Apresentação PIM (07/2015)Apresentação PIM (07/2015)
Apresentação PIM (07/2015)Pim Das Ses
 
Apresentação PIM
Apresentação PIMApresentação PIM
Apresentação PIMPim Das Ses
 
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptx
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptxProposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptx
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptxBleizyCosta
 
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambí
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambíPar 2011 2014_capacitacao 2-panambí
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambíSMEC PANAMBI-RS
 
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014Development Workshop Angola
 

Semelhante a Formação continuada de professores (20)

Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1
Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1
Conf temat catadores formacao e ass tec em es_2013-1
 
Apresentação Curso CB -2015.pptx
Apresentação Curso CB -2015.pptxApresentação Curso CB -2015.pptx
Apresentação Curso CB -2015.pptx
 
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosCapacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
 
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudosCapacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
Capacitacao de conselheiros de assistencia social guia de estudos
 
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia Melo
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia MeloPapel dos Fóruns de Educação_Virgínia Melo
Papel dos Fóruns de Educação_Virgínia Melo
 
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de Itaboraí
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de ItaboraíApresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de Itaboraí
Apresentação FEGESPI - Fundação Escola de Gestão Pública de Itaboraí
 
Apresentação Animador Comunitário
Apresentação Animador Comunitário Apresentação Animador Comunitário
Apresentação Animador Comunitário
 
Ed integral
Ed integralEd integral
Ed integral
 
Simulado 1
Simulado 1Simulado 1
Simulado 1
 
1 capacitação para controle social nos municipios
1  capacitação para controle social nos municipios1  capacitação para controle social nos municipios
1 capacitação para controle social nos municipios
 
12passos apuracaodooca
12passos apuracaodooca12passos apuracaodooca
12passos apuracaodooca
 
esaf-rn-maisgestaomunicipal-pptx.pptx
esaf-rn-maisgestaomunicipal-pptx.pptxesaf-rn-maisgestaomunicipal-pptx.pptx
esaf-rn-maisgestaomunicipal-pptx.pptx
 
Primeira Infância Melhor - PIM RS
Primeira Infância Melhor - PIM RSPrimeira Infância Melhor - PIM RS
Primeira Infância Melhor - PIM RS
 
Apresentação PIM (07/2015)
Apresentação PIM (07/2015)Apresentação PIM (07/2015)
Apresentação PIM (07/2015)
 
Apresentação PIM
Apresentação PIMApresentação PIM
Apresentação PIM
 
Projeto força jovem sumário executivo
Projeto força jovem   sumário executivoProjeto força jovem   sumário executivo
Projeto força jovem sumário executivo
 
Programa de Desenvolvimento Institucional
Programa de Desenvolvimento InstitucionalPrograma de Desenvolvimento Institucional
Programa de Desenvolvimento Institucional
 
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptx
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptxProposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptx
Proposta Metodologia Transforming Education Summit PT.pptx
 
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambí
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambíPar 2011 2014_capacitacao 2-panambí
Par 2011 2014_capacitacao 2-panambí
 
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
 

Mais de Fundação Victor Civita

Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2Fundação Victor Civita
 
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1Fundação Victor Civita
 
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2Fundação Victor Civita
 
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1Fundação Victor Civita
 
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011Fundação Victor Civita
 
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados Fundação Victor Civita
 
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolares
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolaresPráticas de seleção e capacitação de diretores escolares
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolaresFundação Victor Civita
 
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Fundação Victor Civita
 

Mais de Fundação Victor Civita (18)

Panorama História - 2011
Panorama História - 2011Panorama História - 2011
Panorama História - 2011
 
Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 2 - 2011
 
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011
Panorama de Matemática - Fundamental 1 - 2011
 
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2
Panorama - Língua Portuguesa - Fundamental 2
 
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1
Panorama Língua Portuguesa - Fundamental 1
 
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 2
 
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1
Myrian Nemirovsky - Semana da Educação 2011 - Parte 1
 
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011
Bibliografia - Palestra Cláudia Broitman - Semana da Educação 2011
 
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados
Pesquisa sobre Avaliações Externas - Resultados
 
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
 
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Educação Física - Prêmio Victor Civita 2011
 
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
 
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Arte - Prêmio Victor Civita 2011
 
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Alfabetização - Prêmio Victor Civita 2011
 
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolares
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolaresPráticas de seleção e capacitação de diretores escolares
Práticas de seleção e capacitação de diretores escolares
 
Estudos e Pesquisas Educacionais
Estudos e Pesquisas EducacionaisEstudos e Pesquisas Educacionais
Estudos e Pesquisas Educacionais
 
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
 
"Brasil: Educação nos últimos 25 anos"
"Brasil: Educação nos últimos 25 anos""Brasil: Educação nos últimos 25 anos"
"Brasil: Educação nos últimos 25 anos"
 

Último

APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 

Último (20)

APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 

Formação continuada de professores

  • 1. Formação Continuada de proFessores: uma análise das modalidades e das prátiCas em estados e muniCípios realiZação pa r C e r i a
  • 2. A Fundação Victor Civita, que tem por missão contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica no Brasil, produzindo publicações, sites, material pedagógico, pesquisas e projetos que auxiliem na capacitação eQuipe da Fundação ViCtor CiVita dos professores, gestores e demais responsáveis pelo processo educacional, implantou uma área diretoria eXeCutiVa Angela Cristina Dannemann de estudos com objetivo de levantar dados e informações que auxiliem as discussões sobre Coordenação pedaGÓGiCa Regina Scarpa práticas, metodologias e políticas públicas de Educação. Para acompanhar outros trabalhos, reVista noVa esCola/reVista Gestão esColar Gabriel Grossi visite o nosso site www.fvc.org.br/estudos. Paola Gentile estudos, pesQuisas e proJetos Mauro Morellato Adriana Deróbio © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 3. EquipE dE Trabalho Fundação Carlos Chagas assessoria Geral pesQuisadores de Campo Bernardete A. Gatti Ana Maria Lima Teixeira Ana Maria Gimenes Corrêa Calil Coordenação do proJeto Ani Martins da Silva Claudia Leme Ferreira Davis Bruna Casiraghi Pançardes Marina Muniz Rossa Nunes Claudia Leme Ferreira Davis Patrícia C. Albieri de Almeida Eleny Mitrulis Juliana Cedro de Souza assistentes de pesQuisa Luciane Maria Schlindwein Ana Paula Ferreira da Silva Maria Eloisa Famá D´Antino Juliana Cedro de Souza Maria Helena da Rocha Besnosik Marina Muniz Rossa Nunes Mary Julia Martins Dietzsch Neusa Banhara Ambrosetti Patrícia Cristina Albieri de Almeida © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 4. obJETiVos identificar como se configuram, atualmente, as ações de Formação Continuada de professores em diferentes estados e municípios brasileiros, bem como as modalidades por meio das quais elas são implementadas e os processos de monitoramento e avaliação empregados analisar as modalidades e práticas de formação visando subsidiar o fortalecimento de novos paradigmas na área, mais capazes de propiciar o aprimoramento profissional dos docentes e a melhoria da qualidade da educação oferecida pelas redes públicas de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 5. o dEsEnVolVimEnTo do EsTudo Foi proposTo Em quaTro ETapas: levantamento bibliográfico Coleta, tratamento e análise de dados discussão com especialistas elaboração do relatório técnico final © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 6. o quE a liTEraTura diz sobrE Formação ConTinuada os estudos enContrados podem ser reunidos em dois Grandes Grupos abordagens de Formação abordagens de Formação Continuada Continuada que se centram que se centram no desenvolvimento na figura do professor das equipes escolares e das escolas a Formação Continuada como o coordenador pedagógico como principal desenvolvimento de características éticas responsável pelos processos de Formação e políticas essenciais para o exercício Continuada nas escolas profissional a Formação Continuada como meio de a Formação Continuada como meio de suprir os déficits da formação inicial dos fortalecer e legitimar a escola como um professores lócus de formação contínua e permanente para todos nela presentes a Formação Continuada pautada pelo ciclo de vida profissional © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 7. sECrETarias dE EduCação EnVolVidas no EsTudo sECrETarias inVEsTigadas Total (19 secretarias): 6 Secretarias Estaduais 6 Secretarias Municipais de Capital 3 Secretarias Municipais de médio porte 4 Secretarias Municipais de pequeno porte rEgião sul participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 8. sECrETarias dE EduCação EnVolVidas no EsTudo rEgião norTE participaram: 2 Secretarias Estaduais 1 Secretaria Municipal de Capital rEgião CEnTro-oEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 9. sECrETarias dE EduCação EnVolVidas no EsTudo rEgião nordEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 2 Secretarias Municipais de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte rEgião sudEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 10. organização dos dados Visão sobre as ações de Formação dificuldades Continuada demandas das Formações enfrentadas nas Continuadas ações formativas equipes de práticas formativas Formação mais frequentes Continuada processos de acompanhamento e de avaliação principais conclusões proposições para políticas públicas relativas à Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 11. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada nos disCursos das ses na aGenda das polítiCas das ses importância conferida aos Formação como eixo professores e à sua formação na articulador das intervenções melhoria da qualidade do ensino na escola Formação Continuada: “Consenso Formação Continuada: possibilita espaço de socialização entre discursivo” o desenvolvimento profissional e os professores favorece a gestão escolar demandas de formação necessidade de promover apoiadas nas avaliações de práticas formativas sistema sistemáticas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 12. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada os dados Coletados Junto às ses permitem aFirmar... as práticas a intenção, na maioria de Formação das ses, é fortalecer a Há um grande esforço em atender às necessidades Continuada vêm escola como um espaço formativas dos educadores, evoluindo formativo para assegurar tentando superar ações que a Formação Continuada isoladas, pontuais e de curta se processe de maneira duração contínua e sistemática, arraigando-se no cotidiano das ses e das escolas Entretanto há problemas: trata-se de tarefa complexa, que exige, das equipes que promovem a formação continuada, ações articuladas, que, em geral, nem sempre são possíveis © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 13. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada seCretarias de eduCação algumas estão bem organizadas - têm política de outras ainda não possuem formação uma política de formação nas redes que possuem uma política de formação, destacam-se • Oferta de cursos e oficinas dois aspectos • Programas do MEC processo ações de • Terceiriza Formação Continuada histórico de valorização dos • Delega Formação Continuada continuidade das profissionais da para a escola ações políticas educação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 14. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas Como as ses identiFiCam neCessidades e traçam o planeJamento das ações de Formação Continuada? prática comum e recorrente uso de resultados alcançados pelas escolas da rede em dados obtidos no processo avaliações de sistema em de acompanhamento âmbito estadual e nacional junto às escolas algumas ses também utilizam ferramentas próprias de sistemas de gerenciamento de informação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 15. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas a natureZa das demandas em Formação Continuada práticas formativas que contribuam para o aperfeiçoamento pedagógico demanda mais recorrente: outros temas demandados: cursos de conteúdo e currículo/propostas metodologia de matemática curriculares, ppp, ensino e português, notadamente do Fundamental de nove anos, processo de alfabetização avaliação da aprendizagem e educação inclusiva Em menor grau: solicitações por temas do cotidiano escolar, como: “como lidar com os conflitos interpessoais”, “como combater a violência”, “como lidar com conflitos” e “como conduzir as relações étnicorraciais” © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 16. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas inCentiVos à Formação Continuada as ses que relatam contar com uma estratégia, especialmente incentivos descrevem a certificação utilizada pelas ses, é auxiliar dos participantes, com posterior os professores, pagando as pontuação no plano de carreira e despesas de transporte, diárias e melhoria nos cargos e salários, como alimentação, situação que incentiva o o principal atrativo para estimular a deslocamento de sua cidade e região, participação dos docentes em ações de por implicar em menores custos Formação Continuada nem todas as ses oferecem incentivo para os professores frequentarem as ações de Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 17. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs as polítiCas de Formação Continuada de Grande parte das ses são centradas em práticas consideradas “clássicas” Cursos preparados por especialistas, que procuram oferecer subsídios que aprimorem os saberes e as práticas docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 18. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs Há seCretarias Que rompem Com essa Visão especialmente nas ses estaduais e municipais de grande porte, coexistem diferentes modalidades de Formação Continuada, que procuram atender a diferentes objetivos: A formação continuada pode ser um curso, pode ser um workshop, pode ser uma oficina mesmo. Ela pode vir em forma de uma formação longa, como essa, agora de 360 horas. Você pode variar a estratégia e até é benéfico que se faça isso. A gente observou essa progressão, porém a gente não perde o foco, né? E vai graduando o desafio, vai avançando dentro do conhecimento da própria área. É isso que é o norteador. A estratégia é usar muitas estratégias diferentes (...) (secretaria municipal de educação de médio porte – região sudeste) o que diferencia a política de formação das ses é exatamente a ênfase dada a cada uma das modalidades oferecidas e o foco no trabalho individual ou coletivo © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 19. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs modalidades de Formação Continuada perspeCtiVas perspeCtiVas indiVidualiZadas ColaboratiVas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 20. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs Valoriza o professor, sanando suas dificuldades de formação, divulga mudanças ou a ensinando a lidar com implementação de novos situações atuais da prática programas ou políticas das pedagógica e da escola secretarias de educação Cursos de curta duração perspectivas oficinas individualizadas ações pontuais Cursos de longa duração Ciclo de vida e desenvolvimento profissional © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 21. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs perspeCtiVas ColaboratiVas apoiam-se Centradas em atividades realizadas nas escolas No papel do coordenador pedagógico como Grupos de estudos, com acompanhamento sistemático corresponsável pela Formação Continuada dos e rigoroso professores no âmbito escolar Produção coletiva de materiais, posteriormente No fortalecimento da equipe pedagógica como um divulgadas nos portais das SEs todo, incluindo aí a direção e a coordenação pedagógica Envolvimento dos professores nos processos de Na legitimização da escola como um espaço de planejamento, implementação de ações e sua avaliação Formação Continuada permanente, no qual uns auxiliam Elaboração de projetos pedagógicos relativos às os outros questões curriculares ou a problemas identificados em sala de aula Formação de redes virtuais de colaboração e apoio profissional, envolvendo comunidades escolares e sistemas educacionais, entre outros © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 22. EquipEs dE Formação ConTinuada Aqueles que são profissionais das Os profissionais externos próprias redes de ensino e assumem, perfis vinculados a outras instituições além de suas funções específicas, a parceiras das SEs oferecem formação dos professores assessorias e cursos de formação Função Função Oferecem assessorias e cursos Organizar as políticas de formação, de formação para a melhoria e o atuar como formadores e realizar desenvolvimento dos processos de o acompanhamento e a avaliação Formação Continuada da rede das ações realizadas, podendo ou não receber o apoio de especialistas externos Em alguns casos, a equipe externa trabalha de forma articulada com a equipe interna da SE, que, por sua vez, se articula com as equipes responsáveis pelas modalidades de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 23. EquipEs dE Formação ConTinuada Central na articulação das Queixas recorrentes: perfil dos atividades de Formação Continuada profissionais e resistências dos e no trabalho cotidiano na escola professores especialistas Coordenador Formação específica dirigida pedagógico parceiro crítico dos docentes ao Coordenador pedagógico observação em sala de aula para o acompanhamento dos professores (...) é necessário que o Coordenador Pedagógico deixe de ser um fiscal dos alunos e passe a auxiliar os professores na superação das dificuldades de aprendizagem, atuando como formador e facilitador nas relações da formação com a prática docente © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 24. proCEssos dE aCompanhamEnTo E dE aValiação ValoriZados por todas as eQuipes enVolVidas Com Formação Continuada Verifica-se no entanto o movimento de buscar todas as ses revelam dificuldades para informações nas escolas que executá-los e verificar o impacto das ações revelem melhorias para a aprendizagem dos alunos É comum o uso de várias estratégias na tentativa de verificar a efetividade em sua ação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 25. proCEssos dE aCompanhamEnTo E dE aValiação aCompanHamento aValiação objetivos Verificar como o professor avalia a formação que recebeu Verificar o impacto da formação na aprendizagem dos alunos de forma indireta por meio por meio Questionários Questionários indicadores de: Visitas e relatos • rendimento dos alunos observação de sala de aula • Qualidade de educação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 26. diFiCuldadEs EnFrEnTadas nas açõEs FormaTiVas descompasso entre o desarticulação entre propostas de desenvolvimento tecnológico e a Formação Continuada oferecidas atuação docente em sala de aula pelo meC e/ou universidades e/ou instituições de ensino superior principais Variedade das dificuldades Custos elevados das formações demandas de formação dos formadores políticas de lotação e resistência dos professores/ remoção de docentes - técnicos das ses às impedem a continuidade das mudanças propostas nas ações formativas ações formativas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 27. diFiCuldadEs EnFrEnTadas nas açõEs FormaTiVas tempo remunerado professores substitutos para na jornada de trabalho a participação de ações de do professor Formação Continuada política de Formação ausência Centro de formação próprio Continuada articulação entre ações preparo dos coordenadores da própria secretaria pedagógicos e dos diretores relacionadas aos docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 28. prinCipais ConClusõEs em relação às ações polítiCas: A existência de ações políticas que reconhecem e dão continuidade a experiências e trabalhos bem-sucedidos favorecem o aprimoramento da Formação Continuada, alcançando resultados bastante satisfatórios A valorização e a manutenção de equipes bem formadas de Formação Continuada de professores mostraram-se centrais nesse processo A experiência adquirida gera uma crítica mais acurada para diagnosticar o que está ocorrendo nas escolas e entre os professores, criando uma expertise da qual todas as ações formativas se beneficiam © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 29. prinCipais ConClusõEs alGumas ses, notadamente as muniCipais, não têm elaborado uma polítiCa de Formação Continuada Com Contornos prÓprios nelas, dois proCedimentos Foram obserVados: relegar a Formação Continuada Contratar firmas dos docentes às especializadas em iniciativas das próprias escolas Formação Continuada De qualquer modo, em um e em outro caso, o que marca essas SEs é a ausência de um conhecimento sólido de sua rede de ensino, que permita um diagnóstico de suas carências e o encaminhamento de soluções para saná-las © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 30. prinCipais ConClusõEs ainda em relação às ações polítiCas mEC Esforço no sentido de encaminhar políticas e desenvolver estratégias que possam definir e regulamentar a Formação Continuada de professores no país risco: as ações do MEC podem se tornar inócuas sem a necessária coordenação e articulação com outros programas e políticas voltados para os professores © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 31. prinCipais ConClusõEs em relação às ações de Formação Continuada ações de Formação Continuada nas sEs investigadas orientam-se, concomitantemente, por duas perspectivas: Perspectivas Perspectivas individualizadas colaborativas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 32. prinCipais ConClusõEs polítiCa de Formação Continuada Fortalece A escola como Qualidade da Professores - um todo escolarização desenvolvimento oferecida profissional É importante que se invista nas necessidades: dos próprios docentes da própria escola Em termos de didáticas específicas Demandas de seu projeto político- pedagógico, e temas pertinentes ao cotidiano escolar, amparo aos docentes em diferentes momentos de seu habilidades pedagógicas, manejo de desenvolvimento profissional, necessidades de atender às classe etc. demandas da SE e das famílias dos alunos etc. © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 33. prinCipais ConClusõEs para tanto, É preCiso Que as ses elaborem/oFereçam polítiCas FormatiVas Que apresentem coerência interna (entre objetivos, métodos e resultados buscados) e coerência com as demais políticas voltadas para o desenvolvimento profissional dos professores, articulando-se com a carreira docente e com os salários, entre outras © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 34. prinCipais ConClusõEs ilustra bem o Que se pretende diZer a polítiCa Que: Incentiva suas escolas a se converter em espaços colaborativos de formação profissional Investe em Centros de Formação, cuja tarefa é propiciar tanto a troca de experiências e a socialização de ideias e conhecimentos envolvidos em suas metas como constituir espaços de cursos sistemáticos, oficinas pedagógicas, elaboração de material de trabalho junto aos alunos, grupos de estudos etc. Dá suporte, cobra e articula as ações levadas a efeito nas escolas e nos Centros de Formação, acompanhando a implementação de mudanças e verificando se elas estão levando aos resultados esperados em termos de melhorias no processo de ensino e aprendizagem © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 35. prinCipais ConClusõEs ações de Formação Continuada preferências Ações que ocorrem de maneira sistemática Que solidificam a identidade grupal e o trabalho colaborativo Cursos de longa Atividades regulares de formação, duração que se desenvolvam no contexto de trabalho dos professores © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 36. prinCipais ConClusõEs oferecer ações formativas que Fortalecer, por meio das ações de considerem o ciclo de vida e Formação Continuada, a postura desenvolvimento profissional ética e o profissionalismo oferecer horários adequados descentralizar as ações de para a Formação Continuada Formação Continuada, de modo a permitir que todos os professores delas participem o que é ainda preciso fazer incentivar a participação Criar instâncias capazes de docente, sem atrelá-la apenas coordenar, acompanhar e avaliar os à progressão na carreira projetos de Formação Continuada e as instituições envolvidas equilibrar as atividades de Formação Continuada incluir tempo para a - sem desconsiderar a necessidade de aprimorar participação em Formação os conhecimentos e as práticas pedagógicas dos Continuada na jornada de professores, investindo, sobretudo, em perspectivas trabalho docente colaborativas, centradas na escola © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 37. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 1 investir na formação inicial dos professores para que a Formação Continuada não precise atuar retrospectivamente e de forma compensatória 2 Coordenar a oferta de formação continuada com as etapas da vida profissional dos docentes, mediante a oferta de programas: • dirigidos especificamente ao professor ingressante na carreira • Voltados para professores que se encontram mudando de segmento ou nível de ensino • direcionados a estimular a autonomia progressiva e responsável do professor • delineados para docentes com mais de 15 anos de docência © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 38. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 3 desenvolver políticas que: • Formem e fortaleçam o corpo docente e a equipe gestora • aproveitem as competências disponíveis, colocando-as a serviço do projeto pedagógico da escola 4 ampliar a oferta da Formação Continuada para atender a professores de todos os níveis e modalidades de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 39. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 5 explorar adequadamente o papel das universidades na Formação Continuada, elaborando propostas que: • Favoreçam sua interação com as comunidades escolares • Vão ao encontro das demandas das redes de ensino, trazendo • novos conhecimentos do campo educacional • o debate acadêmico para o interior das escolas • aproximação dos docentes com o ambiente e espaço da universidade e vice-versa • a possibilidade de superar problemas e/ou lidar adequadamente com sua realidade © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 40. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 6 evitar que programas bem-sucedidos sejam interrompidos por mudanças de gestão ou adoção de políticas partidárias 7 investir na socialização de experiências bem-sucedidas de Formação Continuada em diferentes níveis e modalidades de ensino 8 desenvolver ações de Formação Continuada que contribuam para aumentar o capital cultural dos docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 41. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 9 ampliar o tempo dedicado às ações de Formação Continuada, de modo que elas não se restrinjam apenas às reuniões pedagógicas coletivas na escola É preciso propiciar na escola - e entre escolas - oportunidades para a realização de encontros formativos e discussões pedagógicas por áreas de conhecimento e não apenas por ano ou nível de ensino 10 apoiar as escolas – equipe gestora e corpo docente - e incentivá-las a: • experimentar novas práticas educacionais • debater criticamente as propostas • empregar as inovações divulgadas nas ações de Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 42. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para a Formação ConTinuada dE proFEssorEs são: 11 avaliar os resultados dos programas de Formação Continuada e, portanto, sua qualidade, por meio da apropriação, por parte dos professores, dos conteúdos e das habilidades neles oferecidos, sempre diversificando as modalidades de avaliação evitar que a avaliação dos programas de Formação Continuada de professores centre-se basicamente nos resultados obtidos pelos alunos em avaliações censitárias © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  • 43. Para mais informações sobre este e outros Estudos e Pesquisas da Fundação Victor Civita, acesse: www.fvc.org.br/estudos realiZação pa r C e r i a