SlideShare uma empresa Scribd logo
FORMAÇÃO CONTINUADA
07/03/2015
ABERTURA
OBJETIVOS
 Discutir e sistematizar a organização pedagógica e o
diagnóstico da escola;
 Adequar o PPP 2015 às necessidades da escola;
 Promover troca de informações e experiências
discutindo itens relevantes da equipe escolar com as
ideias apresentadas no vídeos –
ATIVIDADES
 1. Assistir e discutir entre a equipe os seguintes
vídeos:
a) Entrevista especial com Pedro Demo sobre
Educação
2. Solicitar aos grupos que façam o estudo do PPP da
escola em relação aos temas que serão levantados logo
abaixo e se caso seja necessário realizar a adequação
dos itens do PPP:
3. Cada grupo deverá elaborar um documento acerca das
adequações que foram realizadas e entregar à
coordenação pedagógica até o dia 31/03/2015.
TEMA: Diagnóstico da escola
O diagnóstico da escola trabalha a dimensão da
realidade. Deve refletir a unidade escolar como
integrante, ou seja, componente de uma realidade mais
ampla.
1. Aspecto social, cultural e físico:
- Deverá partir de um contexto que aborde a situação
global, socioeconômico, político, cultural, educacional
e outros, respondendo questões como:
- a) Que aspectos chamam a atenção, hoje, no Brasil e
na América Latina?
- b) Quais os valores preferenciais da sociedade
contemporânea? Como essas preferências se
manifestam?
- O texto deverá registrar a comunidade em que a
escola está inserida, características da população,
costumes, lazer, grupos comunitários, lideranças,
associações, clubes, igrejas, acesso aos meios de
comunicação, localização física da escola,
características do bairro, ruas, praças, espaços de
lazer, instituições educativas, sistema de transporte,
situação das residências, saneamento, serviços de
saúde e comércio.
2. Histórico da Escola
3. Situação Física da Escola e Recursos Humanos
- a) Situação Física da Escola
- b) Recursos humanos existentes na escola:
- Agente de atividades educacionais, agente de
merenda, agente de inspeção de alunos, coordenador
pedagógico, auxiliar de coordenação, agente de
limpeza, diretor, diretor adjunto, bibliotecário,
auxiliar de biblioteca, progetec, agente de
manutenção, gestor de atividades educacionais,
secretário, professores efetivos e convocados.
4. Recursos materiais e tecnológicos disponíveis
a) Relatar os recursos materiais e tecnológicos, móveis,
equipamentos, materiais didáticos, suas adequações
e disposições.
5. Existência de sala de recursos multifuncional
TEMA: Organização da escola
Este tema deve tratar da proposta de trabalho
para medidas de melhoria da organização da escola e
do desempenho, contém entre outros: atividades,
projetos, metodologia, ação, avaliação.
1. Gestão Escolar
2. Relatar como estão organizados o espaço e o tempo
escolar.
2. Relação entre escola e comunidade
- Diretor da unidade escolar; coordenador
pedagógico, representante do corpo docente no
Colegiado Escolar, representante dos
administrativos, dos alunos e dos pais.
2. Concepções Teóricas
a) Educação
b) Escola
c) Currículo
d) Ensino aprendizagem
e) Avaliação da aprendizagem
4. Critérios e formas de avaliação da
aprendizagem
3. Acompanhamento do processo de ensino -
aprendizagem
a) Planejamento docente
b) Metodologias de ensino
c) Definições das orientações pedagógicas
d) Material didático
e) Espaços pedagógicos
f) Interdisciplinaridade
g) Projetos e programas (PDE e PROEMI/JF)
h) Temas transversais
4. Indicadores de qualidade
a) IDEB
b) SAEMS
c) ENEM
d) Avaliações Externas
5. Formação Continuada
6. Avaliação Interna
TAREFAS A SEREM EXECUTADAS
NA HORA ATIVIDADE
 1. No artigo Educação Científica, de Pedro Demo (2010),
disponível em
http://sistemas.sed.ms.gov.br/arquivos/coges/primeira_formação_2015.pdf,
observa-se a educação científica como parte da formação
do aluno. Neste contexto, a escola, por meio do corpo
docente, elaborará uma aula (conforme modelo de plano
de aula em anexo II), em um dos anos, modalidades,
programas e projetos, escolhidos entre o 4º até o 3º ano
do Ensino Médio, considerando as seguintes hipóteses:
 A) educar pela pesquisa
 B) transformação da escola em laboratório de pesquisa e
produção de conhecimento
 C) refazer a proposta de formação docente
 2. Enviar a SED o plano de aula elaborado para análise,
por meio de email:
 aprenderauditoriasedms@gmail.com até o dia 20 de
março impreterivelmente.
ENCERRAMENTO
 Realizar uma avaliação e citar os pontos
relevantes deste encontro;
 Fazer uma lista de sugestões para os próximos
encontros (tema, metodologia, entre outros)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formacao continuada
Formacao continuadaFormacao continuada
Formacao continuada
Mauricio
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Cristiana Campos
 
Formação continuada de professores na rede municipal
Formação continuada de professores na rede municipalFormação continuada de professores na rede municipal
Formação continuada de professores na rede municipal
Cristina Assis
 
Coordenação Pedagogica
Coordenação PedagogicaCoordenação Pedagogica
Coordenação Pedagogica
serradourado
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
Beatriz
 
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
roessencia
 
Dimensões da Ação Supervisora
Dimensões da Ação SupervisoraDimensões da Ação Supervisora
Dimensões da Ação Supervisora
mylla1
 
CONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULOCONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULO
Jairo Felipe
 

Mais procurados (20)

Formacao continuada
Formacao continuadaFormacao continuada
Formacao continuada
 
Modelos e práticas de formação de professores na Europa e no Brasil
Modelos e práticas de formação de professores na Europa e no BrasilModelos e práticas de formação de professores na Europa e no Brasil
Modelos e práticas de formação de professores na Europa e no Brasil
 
Formação docente
Formação docenteFormação docente
Formação docente
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
 
A Identidade Profissional Suely
A  Identidade Profissional   SuelyA  Identidade Profissional   Suely
A Identidade Profissional Suely
 
Formação continuada de professores na rede municipal
Formação continuada de professores na rede municipalFormação continuada de professores na rede municipal
Formação continuada de professores na rede municipal
 
profissão docente
profissão docenteprofissão docente
profissão docente
 
Coordenação Pedagogica
Coordenação PedagogicaCoordenação Pedagogica
Coordenação Pedagogica
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
 
Supervisão e gestão na escola
Supervisão e gestão na escolaSupervisão e gestão na escola
Supervisão e gestão na escola
 
Formação de professores e profissão docente p
Formação de professores e profissão docente  pFormação de professores e profissão docente  p
Formação de professores e profissão docente p
 
Práticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão EscolarPráticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão Escolar
 
Educação e Supervisão: o trabalho coletivo na escola
Educação e Supervisão: o trabalho coletivo na escolaEducação e Supervisão: o trabalho coletivo na escola
Educação e Supervisão: o trabalho coletivo na escola
 
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
 
Dimensões da Ação Supervisora
Dimensões da Ação SupervisoraDimensões da Ação Supervisora
Dimensões da Ação Supervisora
 
CONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULOCONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULO
 
Taxonomia de bloom
Taxonomia de bloomTaxonomia de bloom
Taxonomia de bloom
 
1 historia ideias_supervisao_slideshare
1 historia  ideias_supervisao_slideshare1 historia  ideias_supervisao_slideshare
1 historia ideias_supervisao_slideshare
 
Apresentação Preparatório OTP
Apresentação Preparatório  OTPApresentação Preparatório  OTP
Apresentação Preparatório OTP
 
Supervisão pedagógica
Supervisão pedagógicaSupervisão pedagógica
Supervisão pedagógica
 

Destaque

Formação continuada
Formação continuadaFormação continuada
Formação continuada
elannialins
 
04 o papel do coordenador e supervisor
04  o papel do coordenador e supervisor04  o papel do coordenador e supervisor
04 o papel do coordenador e supervisor
Joao Balbi
 
3º encontro de formação continuada – 2012
3º encontro de formação continuada – 20123º encontro de formação continuada – 2012
3º encontro de formação continuada – 2012
luizlinsneto
 

Destaque (10)

Slide formação continuada
Slide formação continuadaSlide formação continuada
Slide formação continuada
 
Formação continuada
Formação continuadaFormação continuada
Formação continuada
 
Formação continuada de professores
Formação continuada de professoresFormação continuada de professores
Formação continuada de professores
 
Projeto de formação continuada
Projeto de formação continuadaProjeto de formação continuada
Projeto de formação continuada
 
Projeto Formação Continuada
Projeto Formação ContinuadaProjeto Formação Continuada
Projeto Formação Continuada
 
04 o papel do coordenador e supervisor
04  o papel do coordenador e supervisor04  o papel do coordenador e supervisor
04 o papel do coordenador e supervisor
 
3º encontro de formação continuada – 2012
3º encontro de formação continuada – 20123º encontro de formação continuada – 2012
3º encontro de formação continuada – 2012
 
Guião 02.03.2012
Guião 02.03.2012Guião 02.03.2012
Guião 02.03.2012
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADORREFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
REFLEXÃO - A IMPORTÂNCIA DE SER UM PROFESSOR - EDUCADOR
 

Semelhante a Formação continuada presencial

ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdfORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
ladycorreia1
 
Metodologias de operacionalização
Metodologias de operacionalizaçãoMetodologias de operacionalização
Metodologias de operacionalização
isabelsilvareis
 
Planejamento anual 2015-05-21
Planejamento anual 2015-05-21Planejamento anual 2015-05-21
Planejamento anual 2015-05-21
Michael Douglas
 
Apresentação reunião de diretores e coordenadoras
Apresentação reunião de diretores e coordenadorasApresentação reunião de diretores e coordenadoras
Apresentação reunião de diretores e coordenadoras
Rosemary Batista
 
1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs
Abel Antunes
 
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
Simone Mendes Dos Santos
 

Semelhante a Formação continuada presencial (20)

9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
 
12. simulado planejamento .docx
12. simulado planejamento .docx12. simulado planejamento .docx
12. simulado planejamento .docx
 
Politico
PoliticoPolitico
Politico
 
Planejamento 2012
Planejamento 2012Planejamento 2012
Planejamento 2012
 
Ppp 1
Ppp 1Ppp 1
Ppp 1
 
ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdfORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
ORIENTAÇÃO GESTORES PRESENCIAL E ONLINE.pdf
 
Plano geral do estágio supervisionado
Plano geral do estágio supervisionadoPlano geral do estágio supervisionado
Plano geral do estágio supervisionado
 
Sala de educador_02_03_2015 (2)
Sala de educador_02_03_2015 (2)Sala de educador_02_03_2015 (2)
Sala de educador_02_03_2015 (2)
 
Projeto político pedagógico
Projeto político pedagógicoProjeto político pedagógico
Projeto político pedagógico
 
INSTRUMENTO_ESCOLA.pdf
INSTRUMENTO_ESCOLA.pdfINSTRUMENTO_ESCOLA.pdf
INSTRUMENTO_ESCOLA.pdf
 
OPGEAENE AULA 6 : Coordenação, elaboração e avaliação de projeto político pe...
OPGEAENE  AULA 6 : Coordenação, elaboração e avaliação de projeto político pe...OPGEAENE  AULA 6 : Coordenação, elaboração e avaliação de projeto político pe...
OPGEAENE AULA 6 : Coordenação, elaboração e avaliação de projeto político pe...
 
Metodologias de operacionalização
Metodologias de operacionalizaçãoMetodologias de operacionalização
Metodologias de operacionalização
 
Slide aula otp
Slide aula otpSlide aula otp
Slide aula otp
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores
 
Planejamento anual 2015-05-21
Planejamento anual 2015-05-21Planejamento anual 2015-05-21
Planejamento anual 2015-05-21
 
Apresentação reunião de diretores e coordenadoras
Apresentação reunião de diretores e coordenadorasApresentação reunião de diretores e coordenadoras
Apresentação reunião de diretores e coordenadoras
 
CURRÍCULO ESCOLAR - SIMULADO COM 50 QUESTÕES
CURRÍCULO ESCOLAR - SIMULADO COM 50 QUESTÕESCURRÍCULO ESCOLAR - SIMULADO COM 50 QUESTÕES
CURRÍCULO ESCOLAR - SIMULADO COM 50 QUESTÕES
 
1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs
 
Paula coelho pais ppt
Paula coelho pais pptPaula coelho pais ppt
Paula coelho pais ppt
 
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando (1)
 

Último

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 

Formação continuada presencial

  • 3. OBJETIVOS  Discutir e sistematizar a organização pedagógica e o diagnóstico da escola;  Adequar o PPP 2015 às necessidades da escola;  Promover troca de informações e experiências discutindo itens relevantes da equipe escolar com as ideias apresentadas no vídeos –
  • 4. ATIVIDADES  1. Assistir e discutir entre a equipe os seguintes vídeos: a) Entrevista especial com Pedro Demo sobre Educação
  • 5. 2. Solicitar aos grupos que façam o estudo do PPP da escola em relação aos temas que serão levantados logo abaixo e se caso seja necessário realizar a adequação dos itens do PPP:
  • 6. 3. Cada grupo deverá elaborar um documento acerca das adequações que foram realizadas e entregar à coordenação pedagógica até o dia 31/03/2015.
  • 7. TEMA: Diagnóstico da escola O diagnóstico da escola trabalha a dimensão da realidade. Deve refletir a unidade escolar como integrante, ou seja, componente de uma realidade mais ampla.
  • 8. 1. Aspecto social, cultural e físico: - Deverá partir de um contexto que aborde a situação global, socioeconômico, político, cultural, educacional e outros, respondendo questões como: - a) Que aspectos chamam a atenção, hoje, no Brasil e na América Latina? - b) Quais os valores preferenciais da sociedade contemporânea? Como essas preferências se manifestam? - O texto deverá registrar a comunidade em que a escola está inserida, características da população, costumes, lazer, grupos comunitários, lideranças, associações, clubes, igrejas, acesso aos meios de comunicação, localização física da escola, características do bairro, ruas, praças, espaços de lazer, instituições educativas, sistema de transporte, situação das residências, saneamento, serviços de saúde e comércio.
  • 9. 2. Histórico da Escola 3. Situação Física da Escola e Recursos Humanos - a) Situação Física da Escola - b) Recursos humanos existentes na escola: - Agente de atividades educacionais, agente de merenda, agente de inspeção de alunos, coordenador pedagógico, auxiliar de coordenação, agente de limpeza, diretor, diretor adjunto, bibliotecário, auxiliar de biblioteca, progetec, agente de manutenção, gestor de atividades educacionais, secretário, professores efetivos e convocados.
  • 10. 4. Recursos materiais e tecnológicos disponíveis a) Relatar os recursos materiais e tecnológicos, móveis, equipamentos, materiais didáticos, suas adequações e disposições. 5. Existência de sala de recursos multifuncional
  • 11. TEMA: Organização da escola Este tema deve tratar da proposta de trabalho para medidas de melhoria da organização da escola e do desempenho, contém entre outros: atividades, projetos, metodologia, ação, avaliação.
  • 12. 1. Gestão Escolar 2. Relatar como estão organizados o espaço e o tempo escolar. 2. Relação entre escola e comunidade - Diretor da unidade escolar; coordenador pedagógico, representante do corpo docente no Colegiado Escolar, representante dos administrativos, dos alunos e dos pais.
  • 13. 2. Concepções Teóricas a) Educação b) Escola c) Currículo d) Ensino aprendizagem e) Avaliação da aprendizagem 4. Critérios e formas de avaliação da aprendizagem
  • 14. 3. Acompanhamento do processo de ensino - aprendizagem a) Planejamento docente b) Metodologias de ensino c) Definições das orientações pedagógicas d) Material didático e) Espaços pedagógicos f) Interdisciplinaridade g) Projetos e programas (PDE e PROEMI/JF) h) Temas transversais
  • 15. 4. Indicadores de qualidade a) IDEB b) SAEMS c) ENEM d) Avaliações Externas 5. Formação Continuada 6. Avaliação Interna
  • 16. TAREFAS A SEREM EXECUTADAS NA HORA ATIVIDADE  1. No artigo Educação Científica, de Pedro Demo (2010), disponível em http://sistemas.sed.ms.gov.br/arquivos/coges/primeira_formação_2015.pdf, observa-se a educação científica como parte da formação do aluno. Neste contexto, a escola, por meio do corpo docente, elaborará uma aula (conforme modelo de plano de aula em anexo II), em um dos anos, modalidades, programas e projetos, escolhidos entre o 4º até o 3º ano do Ensino Médio, considerando as seguintes hipóteses:
  • 17.  A) educar pela pesquisa  B) transformação da escola em laboratório de pesquisa e produção de conhecimento  C) refazer a proposta de formação docente  2. Enviar a SED o plano de aula elaborado para análise, por meio de email:  aprenderauditoriasedms@gmail.com até o dia 20 de março impreterivelmente.
  • 18. ENCERRAMENTO  Realizar uma avaliação e citar os pontos relevantes deste encontro;  Fazer uma lista de sugestões para os próximos encontros (tema, metodologia, entre outros)