SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
MBA – Gerência de Projetos
Goiânia – GP 27
Disciplina: Gerenciamento da Integração em Projetos
Integrantes
Arsénio dos Santos C. Sanda
https://br.linkedin.com/pub/arsénio-sanda-sanda/31/6a0/b66
Geovany Rodrigues de M. Junior
https://br.linkedin.com/in/geovanyrodrigues
Vitor Hugo de Faustino Moreira
https://br.linkedin.com/pub/vitor-moreira/33/1a6/797
Odete Wadih Ghannam
https://br.linkedin.com/pub/odete-ghannam/31/425/628
Rael Carniello Saltarelo
https://br.linkedin.com/pub/rael-saltarelo/76/b78/448
Projeto de Construção
Estádio Goiás 2016
Apresenta:
Descrição da Empresa
 Planejamento Estratégico
 Missão: Desenvolver infraestruturas com segurança, confiabilidade
de nossos clientes e parceiros, e salvaguardar o interesses de nossos
stakeholders.
 Visão: Ser referência em todo o território brasileiro, no âmbito da
construção civil, incorporações e infraestrutura.
 Valores:
 Segurança
 Ética
 Zelo
 Confiabilidade
 Inovação
Apresentação da Empresa
 A VGA Construtora e Incorporadora é uma empresa
goiana, fundada em setembro de 2010, idealizada com o
objetivo de suprir demandas da sociedade, no que tange a
construção civil, incorporações e infraestrutura.
 Com 5 anos de mercado a empresa possui uma carteira
de clientes sólida, com crescimento no faturamento anual
em 15%. Atualmente, a empresa iniciou o processo de
criação do departamento de RSA – Responsabilidade
Socioambiental, visando expansão de sua atuação perante
a sociedade.
Apresentação do Projeto
 O projeto “Estádio Goiás 2016” é uma iniciativa do
Governo do Estado de Goiás, com o objetivo de atender
os anseios esportivos estadual, principalmente, os jogos
de futebol dos times locais.
 O projeto tem início em setembro de 2015, com data
prévia de entrega em dezembro de 2016.
 A VGA Construtora e Incorporadora venceu o Edital nº
337/2015 e executará o projeto de construção do novo
estádio.
Apresentação do Projeto
 O projeto deverá ser construído, atendendo os conceitos
de sustentabilidade:
 Fase do projeto: Inserção de tecnologias e inovações para o
aproveitamento da luz natural, emprego de energia renovável
em parte da obra, economia e reaproveitamento da água,
dentre outras ações;
 Fase de execução: Empregar materiais recicláveis, ações para
reduzir o consumo de água e energia, bem como gestão dos
resíduos sólidos;
Descrição do Escopo
 O projeto tem por escopo a construção civil e infraestrutura
geral de um novo estádio na região sul da cidade de Goiânia-
Goiás, em uma área 153.000 m², em um terreno de posse do
Estado de Goiás, o tempo de construção é de 15 meses, com
valor de investimento de R$ 3,7 bilhões, aportados
gradativamente, após medições realizadas na execução da obra.
Critérios de Aceitação
 Todas as instalações devem estar em conformidade com o
Edital nº 337/2015;
 As entregas deve seguir o disposto pela WBS;
 As medições de acompanhamento serão realizadas
mensalmente por empresa terceirizada contrata;
 A aceitação ocorrerá caso as medições satisfaçam os pré-
requisitos destacados pelo cliente, bem com as legislações
vigentes de regulamentação e fiscalização e normativas do
CREA-GO;
 A aceitação, também, deve estar em conformidade com a NR-
Norma Regulamentadora nº. 18.
Itens fora do Escopo
 O projeto não contempla decoração interna de áreas
exclusivas, bem como decoração de alambrados e/ou
negociação de naming rights;
 Outrossim, não esta incluso a manutenção e administração
após a construção civil e infraestrutura encerrada;
 Por fim, não contempla a mobília de áreas vips, camarotes e/ou
demais espaços de exclusividades e áreas de convivências, tais
como: lanchonetes, bares, restaurantes, banheiros, toaletes etc.
WBS – Work Breakdown
Structure
Estádio Goiás 2016
GP
Planejamento
Iniciação
Execução
Monitoramento e Controle
Encerramento
Aquisições
Matéria-Prima
Mão-de-Obra
Construção
Gramado
Arquibancada
Camarote
Vestiários
Área de Lazer
Cobertura
Estacionamento
Marketing
Divulgação
Inauguração
Encerramento
Lições Aprendidas
Pagamentos
Buy
Make
Iniciação:
Como Iniciar o Projeto
 Desenvolver TAP – Termo de Abertura do Projeto
 Elaborar os documentos e arquivos necessários para cumprir com os
requisitos e escopo do projeto, visando sanar as expectativas do
cliente;
 Busca-se a autorização formalizada para inicialização do projeto;
 O documento deve conter: Título do projeto, descrição, justificativas,
requisitos, premissas, escopo, objetivos, principais marcos e demais
descrições do projeto.
 Identificar Stakeholders
 Mapeamento dos influenciadores e influenciados pelo projeto;
 Analisar o grau de interesse e poder de cada stakeholder no projeto;
 Será utilizado a Matriz de Identificação de Stakeholders, contendo:
nome, grau de poder, influência e interesse.
Iniciação:
Como Iniciar a Fase
do Projeto
 A fase do projeto é iniciada, a partir do momento, que inserido
os insumos, mão-de-obra demais itens disponíveis;
 Utilizaremos o documento AE – Aprovação de Execução, para
identificar o início de cada fase do projeto.
Planejamento:
Como Planejar o Projeto
1. Definir as ferramentas e métodos e ferramentas que serão
empenhadas para Definir o Escopo, Custos, Tempo, Qualidade e
todas as áreas de conhecimento;
2. Coletar os requisitos e premissas do projeto e, também, do
produto;
3. Definir o Escopo do projeto e do produto, entregas, critérios de
aceitação e demais acordos com o cliente;
4. Elaborar a WBS/EAP, que contempla os entregáveis do projeto e
suas respectivas fases, bem como o Dicionário da WBS/EAP;
5. Gerar a Lista de Atividades, Orçamento e Cronograma, Mapa das
Comunicações, Registro e Plano de Respostas aos Riscos e o Plano
de Aquisições.
6. Plano de Recursos Humanos, Critérios de Aceitação da Qualidade
(Matriz de Competência e Responsabilidade);
Planejamento:
Como Planejar as Fases
do Projeto
 Inerente ao planejamento das fases e entregas do projeto,
utilizaremos o ciclo PDCA, representado abaixo pelo
quadrante Plan.
Plan
Do
Check
Act
Execução:
Como Executar o Projeto
 Para a execução do projeto executaremos as seguintes ações:
1. Mobilizar a equipe de projeto;
2. Desenvolver equipe do projeto;
3. Gerenciar a equipe do projeto;
4. Gerenciar expectativas dos stakeholders;
5. Conduzir aquisições;
6. Realizar garantia da qualidade;
7. Distribuir as informações.
Execução:
Como Executar o Projeto
1. Mobilizar a equipe de projeto:
Entrada
• Plano de Gerenciamento do Projeto, Ativos de
Processo e Fatores Ambientais.
Ferramentas e Métodos
• Seleção da equipe, Plano de Recursos Humanos e
Matriz de Competência e Responsabilidade.
Saídas
• Alocação do pessoal do projeto as atividades e
atualizações do Plano de Gerenciamento do Projeto.
Execução:
Como Executar o Projeto
2. Desenvolver a equipe do projeto:
Entrada
• Alocação do pessoal do projeto e Plano de
Gerenciamento do Projeto.
Ferramentas e Métodos
• Avaliação de performance da equipe, aplicação de
questionário para verificação de aplicação de
treinamentos e melhorias.
Saídas
• Relatório de Avaliação de Performance da equipe do
projeto e Atualização dos fatores ambientais e ativos de
processos.
Execução:
Como Executar o Projeto
3. Gerenciar a equipe do projeto:
Entrada
• Alocação do pessoal do projeto, Plano de
Gerenciamento do Projeto, Relatório de Performance
da equipe de projeto.
Ferramentas e Métodos
• Executar a administração e negociação de conflitos,
além de utilizar ferramentas de comunicação
interpessoal com a equipe do projeto, mitigando ruídos
da comunicação.
Saídas
• Atualização dos fatores ambientais e ativos de processos
e Atualização do Plano de Gerenciamento do Projeto.
Execução:
Como Executar o Projeto
4. Gerenciar expectativas dos stakeholders:
Entrada
• Registro das partes interessadas, Plano de
Gerenciamento do Projeto e Registro de Mudanças dos
Ativos de Processos.
Ferramentas e Métodos
• Executar reuniões para a tomada de decisão com o
objetivo de construir plano de ação para
implementação de melhorias e soluções.
Saídas
• Atualizar ativos de processos e fatores ambientais,
Atualizar Plano de Gerenciamento do Projeto e
Preencher Formulário de Solicitação de Mudança.
Execução:
Como Executar o Projeto
5. Conduzir aquisições:
Entrada
• Plano de Gerenciamento do Projeto, Critérios de
Seleção de fornecedores e Mapa de Aquisições.
Ferramentas e Métodos
• Realizar avaliação de desempenho dos fornecedores e
controlar as alterações de mutações contratuais.
Saídas
• Formulário de solicitações de mudanças e apresentar
fornecedores escolhidos.
Execução:
Como Executar o Projeto
6. Realizar garantia da qualidade:
Entrada
• Plano de Gerenciamento do Projeto e Métricas para
controlar a qualidade.
Ferramentas e Métodos
• Identificação de normas, padrões e processos sem
eficiência e desenvolver ações preventivas e corretivas.
Saídas
• Atualização do Plano de Gerenciamento do Projeto,
Atualização dos Ativos de Processos e Preenchimento
do Formulário de Solicitações de Mudanças.
Execução:
Como Executar o Projeto
7. Distribuir as informações:
Entrada
• Plano de Gerenciamento do Projeto, Ativos de
Processos e Mapa de Comunicação.
Ferramentas e Métodos
• Realizar reuniões com os stakeholders, com o objetivo
de divulgar as informações, além de realizar registros
das informações do projeto em banco de dados.
Saídas
• Atualizações dos Ativos de Processos.
Execução:
Como Executar o Plano de
Trabalho
 Utilizaremos o documento AE – Aprovação de Execução, para
identificar o início de cada fase do projeto.
 A AE – Aprovação de Execução, deverá conter os seguintes
itens:
 Nome do Projeto
 Fase do Projeto
 Pacote de Trabalho
 Recursos e Insumos Planejados
 Autorização do GP
Monitoramento e Controle:
Como Monitorar o Projeto
 A fase de Monitoramento e Controle do Projeto visa,
estritamente, a comparação do que foi planejado frente ao que
foi executado, sendo aferido por meio de relatório de
desempenhos e performances.
 Caso exija mudança, será realizado o Formulário de Solicitação
de Mudança e a atividade a ser realizada retornará para a fase
de Execução.
 Outrossim, será necessário documentar as mudanças, com a
finalidade de verificar impacto sobres outras áreas do
conhecimento e fases do projeto.
Monitoramento e Controle:
Como Monitorar o Projeto
 Nessa fase do projeto deve ser realizados as seguintes ações:
 Verificar o Escopo;
 Controlar o Escopo;
 Controlar o Cronograma e, respectivamente, os Custos alocados;
 Realizar o controle da Qualidade;
 Monitorar e controlar os Riscos, bem como identificar novos riscos;
 Administrar aquisições e realizações correções dos itens adquiridos.
 Inerente ao monitoramento e controle das fases e pacotes de
trabalho do projeto, utilizaremos o ciclo PDCA, representado
abaixo pelo quadrante Check.
Plan
Do
Check
Act
Monitoramento e Controle:
Como Monitorar as Fases e os Pacotes
De Trabalho do Projeto
 Com o objetivo de realização do Controle Integrado de
Mudanças, iremos realização a Solicitação de Mudança em cada
fase do projeto. Esse processo é representado no quadrante
Act, do ciclo PDCA, a seguir:
Plan
Do
Check
Act
Monitoramento e Controle:
Como Monitorar as Fases e os Pacotes
De Trabalho do Projeto
Encerramento:
Como Encerrar o Projeto
 A fase de Encerramento do projeto consiste em encerrar os
contratos, contratações e aquisições, obter a Termo de Aceite
Final das entregas do projeto, atualizar o plano de
gerenciamento de projetos e registrar as lições apreendidas.
 Via de regra, teremos dois processos a serem realizados:
1. Encerrar as Aquisições;
2. Encerrar o projeto por completo.
Encerramento:
Como Encerrar Cada Fase
do Projeto
1. Encerrar as Aquisições:
Entradas
• Plano de Gerenciamento do Projeto e
Documentação de Aquisições.
Ferramentas e Métodos
• Auditorias das aquisições, negociações das
aquisições e definição dos registros de aquisições.
Saídas
• Aquisições encerradas e Atualização dos ativos de
processos.
Encerramento:
Como Encerrar Cada Fase
do Projeto
2. Encerrar o Projeto por Completo:
Entradas
• Plano de Gerenciamento do Projeto, Entregas
aceitas por medições e Ativos de Processos
Ferramentas e Métodos
• Opinião dos stakeholders e reuniões para definir os
parâmetros finais das aquisições.
Saídas
• Atualização dos Ativos de Processos, Registro das
Lições Aprendidas,Termo de Aceite e Relatório
Final do Projeto.
Encerramento:
Como Encerrar Cada Fase
do Projeto
Por fim, o encerramento deve conter a avaliação da performance
do projeto, da equipe e na realização de algumas tarefas
realizadas, conforme informações necessárias abaixo:
Encerramento do Projeto
Produtos
Entregues
Plano de
Gerenciamento
do Projeto
Informações da
Performance do
Projeto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projetoMgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
Simba Samuel
 
Boas práticas para implementação mps.br
Boas práticas para implementação mps.brBoas práticas para implementação mps.br
Boas práticas para implementação mps.br
brunomatjas
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GP
joao87vidal
 
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
Márcio Pires
 

Mais procurados (19)

Administração de projetos - Integração - Aula 7
Administração de projetos - Integração - Aula 7Administração de projetos - Integração - Aula 7
Administração de projetos - Integração - Aula 7
 
Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projetoMgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
Mgp sisp --plano_de_gerenciamento_do_projeto
 
Boas práticas para implementação mps.br
Boas práticas para implementação mps.brBoas práticas para implementação mps.br
Boas práticas para implementação mps.br
 
Aula 6 - Gerenciamento de Escopo
Aula 6 - Gerenciamento de EscopoAula 6 - Gerenciamento de Escopo
Aula 6 - Gerenciamento de Escopo
 
GH-GUEST HOUSE
GH-GUEST HOUSEGH-GUEST HOUSE
GH-GUEST HOUSE
 
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosTreinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
 
Gestao de Projectos Doc1
Gestao de Projectos Doc1Gestao de Projectos Doc1
Gestao de Projectos Doc1
 
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
 
Planejamento e Gerenciamento de projetos
Planejamento e Gerenciamento de projetos Planejamento e Gerenciamento de projetos
Planejamento e Gerenciamento de projetos
 
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
 
Construção da Quadra de Esportes
Construção da Quadra de EsportesConstrução da Quadra de Esportes
Construção da Quadra de Esportes
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GP
 
Fabrica de bicicletas SLZ
Fabrica de bicicletas SLZFabrica de bicicletas SLZ
Fabrica de bicicletas SLZ
 
imperatriz-gp17-integ-betaville
imperatriz-gp17-integ-betavilleimperatriz-gp17-integ-betaville
imperatriz-gp17-integ-betaville
 
Processos de gerenciamento de projetos de um projeto
Processos de gerenciamento de projetos de  um projeto Processos de gerenciamento de projetos de  um projeto
Processos de gerenciamento de projetos de um projeto
 
Metodologia de gestão de projectos
Metodologia de gestão de projectosMetodologia de gestão de projectos
Metodologia de gestão de projectos
 
Gestão de Projectos
Gestão de ProjectosGestão de Projectos
Gestão de Projectos
 
Elaboração de projetos acadêmicos
Elaboração de projetos acadêmicosElaboração de projetos acadêmicos
Elaboração de projetos acadêmicos
 
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
O Modelo De Gestao De Projectos [Guardado Automaticamente]
 

Destaque

A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De ProjetosA RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
kilma lima
 
Processo criativo conceituação, mind map e análises subjetivas
Processo criativo   conceituação, mind map e análises subjetivasProcesso criativo   conceituação, mind map e análises subjetivas
Processo criativo conceituação, mind map e análises subjetivas
Brav Design
 

Destaque (20)

A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De ProjetosA RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
 
NOUS Gestão de conhecimento e colaboração em projetos - Simbiozi
NOUS Gestão de conhecimento e colaboração em projetos - SimbioziNOUS Gestão de conhecimento e colaboração em projetos - Simbiozi
NOUS Gestão de conhecimento e colaboração em projetos - Simbiozi
 
O que é projeto (2015)
O que é projeto (2015)O que é projeto (2015)
O que é projeto (2015)
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 
Processo criativo conceituação, mind map e análises subjetivas
Processo criativo   conceituação, mind map e análises subjetivasProcesso criativo   conceituação, mind map e análises subjetivas
Processo criativo conceituação, mind map e análises subjetivas
 
Roteiro projetos grupo unir 2016
Roteiro projetos grupo unir 2016Roteiro projetos grupo unir 2016
Roteiro projetos grupo unir 2016
 
Show me Your Board - AgileTrends 2016
Show me Your Board - AgileTrends 2016Show me Your Board - AgileTrends 2016
Show me Your Board - AgileTrends 2016
 
Introducao classe unir
Introducao classe unirIntroducao classe unir
Introducao classe unir
 
Gerenciamento de projetos 2016
Gerenciamento de projetos 2016Gerenciamento de projetos 2016
Gerenciamento de projetos 2016
 
Webquest semana da arte moderna
Webquest semana da arte modernaWebquest semana da arte moderna
Webquest semana da arte moderna
 
web 2.0 / web 3.0
web 2.0 / web 3.0web 2.0 / web 3.0
web 2.0 / web 3.0
 
Executive Lounge
Executive LoungeExecutive Lounge
Executive Lounge
 
Referencial de Competências IPMA Brasil
Referencial de Competências IPMA BrasilReferencial de Competências IPMA Brasil
Referencial de Competências IPMA Brasil
 
Iaetsd rtos based electronics industrial
Iaetsd rtos based electronics industrialIaetsd rtos based electronics industrial
Iaetsd rtos based electronics industrial
 
Seminário PERT\CPM
Seminário PERT\CPMSeminário PERT\CPM
Seminário PERT\CPM
 
Ferramentas Case - fase de análise e projeto
Ferramentas Case - fase de análise e projetoFerramentas Case - fase de análise e projeto
Ferramentas Case - fase de análise e projeto
 
Curso de design thinking FIAP 2016 - MBA Gestão de Projetos
Curso de design thinking FIAP 2016 - MBA Gestão de ProjetosCurso de design thinking FIAP 2016 - MBA Gestão de Projetos
Curso de design thinking FIAP 2016 - MBA Gestão de Projetos
 
Redes de Pert
Redes de PertRedes de Pert
Redes de Pert
 
Analise Pert em Projetos
Analise Pert em ProjetosAnalise Pert em Projetos
Analise Pert em Projetos
 
Gerenciamento de projeto
Gerenciamento de projetoGerenciamento de projeto
Gerenciamento de projeto
 

Semelhante a Estádio Goiás 2016

Pmbok
PmbokPmbok
Pmbok
lcbj
 

Semelhante a Estádio Goiás 2016 (20)

Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 
Taking - Revisão de Processos
Taking - Revisão de ProcessosTaking - Revisão de Processos
Taking - Revisão de Processos
 
PEdalaPE
PEdalaPEPEdalaPE
PEdalaPE
 
Project
ProjectProject
Project
 
Boas práticas para implementação Mps.br utilizando a ferramenta Channel
Boas práticas para implementação Mps.br utilizando a ferramenta Channel Boas práticas para implementação Mps.br utilizando a ferramenta Channel
Boas práticas para implementação Mps.br utilizando a ferramenta Channel
 
Gestão do escopo e qualidade em Gestão de Projetos
Gestão do escopo e qualidade em Gestão de ProjetosGestão do escopo e qualidade em Gestão de Projetos
Gestão do escopo e qualidade em Gestão de Projetos
 
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDOCURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
 
CURSO GERENCIAMENTO DE PROJETOS INDUSTRIAIS E AMBIENTAIS
CURSO GERENCIAMENTO DE PROJETOS INDUSTRIAIS E AMBIENTAISCURSO GERENCIAMENTO DE PROJETOS INDUSTRIAIS E AMBIENTAIS
CURSO GERENCIAMENTO DE PROJETOS INDUSTRIAIS E AMBIENTAIS
 
CANA DURA
CANA DURACANA DURA
CANA DURA
 
Trabalho gestão de projetos
Trabalho gestão de projetosTrabalho gestão de projetos
Trabalho gestão de projetos
 
Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1
 
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e QualidadeFundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
 
Projeto SAC
Projeto SACProjeto SAC
Projeto SAC
 
Projeto SAC
Projeto SACProjeto SAC
Projeto SAC
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Gerenciamento de integracao
Gerenciamento de integracaoGerenciamento de integracao
Gerenciamento de integracao
 
Pmbok - Em busca de campeões
Pmbok - Em busca de campeõesPmbok - Em busca de campeões
Pmbok - Em busca de campeões
 
Pmbok
PmbokPmbok
Pmbok
 
Projeto Integração
Projeto IntegraçãoProjeto Integração
Projeto Integração
 
12º Encontro - GUG Porto Alegre/Brasil
12º Encontro - GUG Porto Alegre/Brasil12º Encontro - GUG Porto Alegre/Brasil
12º Encontro - GUG Porto Alegre/Brasil
 

Mais de Marco Coghi

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Zika
ZikaZika
Zika
 

Estádio Goiás 2016

  • 1. MBA – Gerência de Projetos Goiânia – GP 27 Disciplina: Gerenciamento da Integração em Projetos
  • 2. Integrantes Arsénio dos Santos C. Sanda https://br.linkedin.com/pub/arsénio-sanda-sanda/31/6a0/b66 Geovany Rodrigues de M. Junior https://br.linkedin.com/in/geovanyrodrigues Vitor Hugo de Faustino Moreira https://br.linkedin.com/pub/vitor-moreira/33/1a6/797 Odete Wadih Ghannam https://br.linkedin.com/pub/odete-ghannam/31/425/628 Rael Carniello Saltarelo https://br.linkedin.com/pub/rael-saltarelo/76/b78/448
  • 3. Projeto de Construção Estádio Goiás 2016 Apresenta:
  • 4. Descrição da Empresa  Planejamento Estratégico  Missão: Desenvolver infraestruturas com segurança, confiabilidade de nossos clientes e parceiros, e salvaguardar o interesses de nossos stakeholders.  Visão: Ser referência em todo o território brasileiro, no âmbito da construção civil, incorporações e infraestrutura.  Valores:  Segurança  Ética  Zelo  Confiabilidade  Inovação
  • 5. Apresentação da Empresa  A VGA Construtora e Incorporadora é uma empresa goiana, fundada em setembro de 2010, idealizada com o objetivo de suprir demandas da sociedade, no que tange a construção civil, incorporações e infraestrutura.  Com 5 anos de mercado a empresa possui uma carteira de clientes sólida, com crescimento no faturamento anual em 15%. Atualmente, a empresa iniciou o processo de criação do departamento de RSA – Responsabilidade Socioambiental, visando expansão de sua atuação perante a sociedade.
  • 6. Apresentação do Projeto  O projeto “Estádio Goiás 2016” é uma iniciativa do Governo do Estado de Goiás, com o objetivo de atender os anseios esportivos estadual, principalmente, os jogos de futebol dos times locais.  O projeto tem início em setembro de 2015, com data prévia de entrega em dezembro de 2016.  A VGA Construtora e Incorporadora venceu o Edital nº 337/2015 e executará o projeto de construção do novo estádio.
  • 7. Apresentação do Projeto  O projeto deverá ser construído, atendendo os conceitos de sustentabilidade:  Fase do projeto: Inserção de tecnologias e inovações para o aproveitamento da luz natural, emprego de energia renovável em parte da obra, economia e reaproveitamento da água, dentre outras ações;  Fase de execução: Empregar materiais recicláveis, ações para reduzir o consumo de água e energia, bem como gestão dos resíduos sólidos;
  • 8. Descrição do Escopo  O projeto tem por escopo a construção civil e infraestrutura geral de um novo estádio na região sul da cidade de Goiânia- Goiás, em uma área 153.000 m², em um terreno de posse do Estado de Goiás, o tempo de construção é de 15 meses, com valor de investimento de R$ 3,7 bilhões, aportados gradativamente, após medições realizadas na execução da obra.
  • 9. Critérios de Aceitação  Todas as instalações devem estar em conformidade com o Edital nº 337/2015;  As entregas deve seguir o disposto pela WBS;  As medições de acompanhamento serão realizadas mensalmente por empresa terceirizada contrata;  A aceitação ocorrerá caso as medições satisfaçam os pré- requisitos destacados pelo cliente, bem com as legislações vigentes de regulamentação e fiscalização e normativas do CREA-GO;  A aceitação, também, deve estar em conformidade com a NR- Norma Regulamentadora nº. 18.
  • 10. Itens fora do Escopo  O projeto não contempla decoração interna de áreas exclusivas, bem como decoração de alambrados e/ou negociação de naming rights;  Outrossim, não esta incluso a manutenção e administração após a construção civil e infraestrutura encerrada;  Por fim, não contempla a mobília de áreas vips, camarotes e/ou demais espaços de exclusividades e áreas de convivências, tais como: lanchonetes, bares, restaurantes, banheiros, toaletes etc.
  • 11. WBS – Work Breakdown Structure Estádio Goiás 2016 GP Planejamento Iniciação Execução Monitoramento e Controle Encerramento Aquisições Matéria-Prima Mão-de-Obra Construção Gramado Arquibancada Camarote Vestiários Área de Lazer Cobertura Estacionamento Marketing Divulgação Inauguração Encerramento Lições Aprendidas Pagamentos Buy Make
  • 12. Iniciação: Como Iniciar o Projeto  Desenvolver TAP – Termo de Abertura do Projeto  Elaborar os documentos e arquivos necessários para cumprir com os requisitos e escopo do projeto, visando sanar as expectativas do cliente;  Busca-se a autorização formalizada para inicialização do projeto;  O documento deve conter: Título do projeto, descrição, justificativas, requisitos, premissas, escopo, objetivos, principais marcos e demais descrições do projeto.  Identificar Stakeholders  Mapeamento dos influenciadores e influenciados pelo projeto;  Analisar o grau de interesse e poder de cada stakeholder no projeto;  Será utilizado a Matriz de Identificação de Stakeholders, contendo: nome, grau de poder, influência e interesse.
  • 13. Iniciação: Como Iniciar a Fase do Projeto  A fase do projeto é iniciada, a partir do momento, que inserido os insumos, mão-de-obra demais itens disponíveis;  Utilizaremos o documento AE – Aprovação de Execução, para identificar o início de cada fase do projeto.
  • 14. Planejamento: Como Planejar o Projeto 1. Definir as ferramentas e métodos e ferramentas que serão empenhadas para Definir o Escopo, Custos, Tempo, Qualidade e todas as áreas de conhecimento; 2. Coletar os requisitos e premissas do projeto e, também, do produto; 3. Definir o Escopo do projeto e do produto, entregas, critérios de aceitação e demais acordos com o cliente; 4. Elaborar a WBS/EAP, que contempla os entregáveis do projeto e suas respectivas fases, bem como o Dicionário da WBS/EAP; 5. Gerar a Lista de Atividades, Orçamento e Cronograma, Mapa das Comunicações, Registro e Plano de Respostas aos Riscos e o Plano de Aquisições. 6. Plano de Recursos Humanos, Critérios de Aceitação da Qualidade (Matriz de Competência e Responsabilidade);
  • 15. Planejamento: Como Planejar as Fases do Projeto  Inerente ao planejamento das fases e entregas do projeto, utilizaremos o ciclo PDCA, representado abaixo pelo quadrante Plan. Plan Do Check Act
  • 16. Execução: Como Executar o Projeto  Para a execução do projeto executaremos as seguintes ações: 1. Mobilizar a equipe de projeto; 2. Desenvolver equipe do projeto; 3. Gerenciar a equipe do projeto; 4. Gerenciar expectativas dos stakeholders; 5. Conduzir aquisições; 6. Realizar garantia da qualidade; 7. Distribuir as informações.
  • 17. Execução: Como Executar o Projeto 1. Mobilizar a equipe de projeto: Entrada • Plano de Gerenciamento do Projeto, Ativos de Processo e Fatores Ambientais. Ferramentas e Métodos • Seleção da equipe, Plano de Recursos Humanos e Matriz de Competência e Responsabilidade. Saídas • Alocação do pessoal do projeto as atividades e atualizações do Plano de Gerenciamento do Projeto.
  • 18. Execução: Como Executar o Projeto 2. Desenvolver a equipe do projeto: Entrada • Alocação do pessoal do projeto e Plano de Gerenciamento do Projeto. Ferramentas e Métodos • Avaliação de performance da equipe, aplicação de questionário para verificação de aplicação de treinamentos e melhorias. Saídas • Relatório de Avaliação de Performance da equipe do projeto e Atualização dos fatores ambientais e ativos de processos.
  • 19. Execução: Como Executar o Projeto 3. Gerenciar a equipe do projeto: Entrada • Alocação do pessoal do projeto, Plano de Gerenciamento do Projeto, Relatório de Performance da equipe de projeto. Ferramentas e Métodos • Executar a administração e negociação de conflitos, além de utilizar ferramentas de comunicação interpessoal com a equipe do projeto, mitigando ruídos da comunicação. Saídas • Atualização dos fatores ambientais e ativos de processos e Atualização do Plano de Gerenciamento do Projeto.
  • 20. Execução: Como Executar o Projeto 4. Gerenciar expectativas dos stakeholders: Entrada • Registro das partes interessadas, Plano de Gerenciamento do Projeto e Registro de Mudanças dos Ativos de Processos. Ferramentas e Métodos • Executar reuniões para a tomada de decisão com o objetivo de construir plano de ação para implementação de melhorias e soluções. Saídas • Atualizar ativos de processos e fatores ambientais, Atualizar Plano de Gerenciamento do Projeto e Preencher Formulário de Solicitação de Mudança.
  • 21. Execução: Como Executar o Projeto 5. Conduzir aquisições: Entrada • Plano de Gerenciamento do Projeto, Critérios de Seleção de fornecedores e Mapa de Aquisições. Ferramentas e Métodos • Realizar avaliação de desempenho dos fornecedores e controlar as alterações de mutações contratuais. Saídas • Formulário de solicitações de mudanças e apresentar fornecedores escolhidos.
  • 22. Execução: Como Executar o Projeto 6. Realizar garantia da qualidade: Entrada • Plano de Gerenciamento do Projeto e Métricas para controlar a qualidade. Ferramentas e Métodos • Identificação de normas, padrões e processos sem eficiência e desenvolver ações preventivas e corretivas. Saídas • Atualização do Plano de Gerenciamento do Projeto, Atualização dos Ativos de Processos e Preenchimento do Formulário de Solicitações de Mudanças.
  • 23. Execução: Como Executar o Projeto 7. Distribuir as informações: Entrada • Plano de Gerenciamento do Projeto, Ativos de Processos e Mapa de Comunicação. Ferramentas e Métodos • Realizar reuniões com os stakeholders, com o objetivo de divulgar as informações, além de realizar registros das informações do projeto em banco de dados. Saídas • Atualizações dos Ativos de Processos.
  • 24. Execução: Como Executar o Plano de Trabalho  Utilizaremos o documento AE – Aprovação de Execução, para identificar o início de cada fase do projeto.  A AE – Aprovação de Execução, deverá conter os seguintes itens:  Nome do Projeto  Fase do Projeto  Pacote de Trabalho  Recursos e Insumos Planejados  Autorização do GP
  • 25. Monitoramento e Controle: Como Monitorar o Projeto  A fase de Monitoramento e Controle do Projeto visa, estritamente, a comparação do que foi planejado frente ao que foi executado, sendo aferido por meio de relatório de desempenhos e performances.  Caso exija mudança, será realizado o Formulário de Solicitação de Mudança e a atividade a ser realizada retornará para a fase de Execução.  Outrossim, será necessário documentar as mudanças, com a finalidade de verificar impacto sobres outras áreas do conhecimento e fases do projeto.
  • 26. Monitoramento e Controle: Como Monitorar o Projeto  Nessa fase do projeto deve ser realizados as seguintes ações:  Verificar o Escopo;  Controlar o Escopo;  Controlar o Cronograma e, respectivamente, os Custos alocados;  Realizar o controle da Qualidade;  Monitorar e controlar os Riscos, bem como identificar novos riscos;  Administrar aquisições e realizações correções dos itens adquiridos.
  • 27.  Inerente ao monitoramento e controle das fases e pacotes de trabalho do projeto, utilizaremos o ciclo PDCA, representado abaixo pelo quadrante Check. Plan Do Check Act Monitoramento e Controle: Como Monitorar as Fases e os Pacotes De Trabalho do Projeto
  • 28.  Com o objetivo de realização do Controle Integrado de Mudanças, iremos realização a Solicitação de Mudança em cada fase do projeto. Esse processo é representado no quadrante Act, do ciclo PDCA, a seguir: Plan Do Check Act Monitoramento e Controle: Como Monitorar as Fases e os Pacotes De Trabalho do Projeto
  • 29. Encerramento: Como Encerrar o Projeto  A fase de Encerramento do projeto consiste em encerrar os contratos, contratações e aquisições, obter a Termo de Aceite Final das entregas do projeto, atualizar o plano de gerenciamento de projetos e registrar as lições apreendidas.  Via de regra, teremos dois processos a serem realizados: 1. Encerrar as Aquisições; 2. Encerrar o projeto por completo.
  • 30. Encerramento: Como Encerrar Cada Fase do Projeto 1. Encerrar as Aquisições: Entradas • Plano de Gerenciamento do Projeto e Documentação de Aquisições. Ferramentas e Métodos • Auditorias das aquisições, negociações das aquisições e definição dos registros de aquisições. Saídas • Aquisições encerradas e Atualização dos ativos de processos.
  • 31. Encerramento: Como Encerrar Cada Fase do Projeto 2. Encerrar o Projeto por Completo: Entradas • Plano de Gerenciamento do Projeto, Entregas aceitas por medições e Ativos de Processos Ferramentas e Métodos • Opinião dos stakeholders e reuniões para definir os parâmetros finais das aquisições. Saídas • Atualização dos Ativos de Processos, Registro das Lições Aprendidas,Termo de Aceite e Relatório Final do Projeto.
  • 32. Encerramento: Como Encerrar Cada Fase do Projeto Por fim, o encerramento deve conter a avaliação da performance do projeto, da equipe e na realização de algumas tarefas realizadas, conforme informações necessárias abaixo: Encerramento do Projeto Produtos Entregues Plano de Gerenciamento do Projeto Informações da Performance do Projeto