SlideShare uma empresa Scribd logo
*Sempre quando se fala em Gestão por Competências no dia a
dia das empresas, aparecem as atitudes, comportamentos que
fazem parte do perfil de uma pessoa.
*Quando um cargo de liderança recebe o foco, logo são
levantadas atitudes como: liderança, espírito de equipe,
comunicação, entre outras. A seguir, será falado sobre uma das
principais competências que uma pessoa que exerce liderança
(ou que almeja liderar) deve possuir: relacionamento
interpessoal.
*Serão abordadas algumas dicas para você como líder, ou não,
melhorar seu relacionamento com as outras pessoas.
*Relacionamento Interpessoal é a pura habilidade de se relacionar
com as pessoas à sua volta, sejam elas de seu convívio ou
ambiente de trabalho. É também o conhecimento de suas
emoções, sentimentos, pensamentos, sua pura autorreflexão em
ação, e isso faz com que as pessoas ajam de forma eficaz diante
dos contratempos da vida de maneira mais saudável.
*Essas dicas foram tiradas do clássico livro de Dale Carnegie,
“Como fazer amigos e influenciar pessoas”. Apesar deste livro
ter sido escrito em 1936, traz ideias válidas para os dias atuais.
Também escolhemos algumas do site Virada 180º. Essas dicas
são:
*Não critique, condene ou queixe-se das pessoas;
*Aprecie as pessoas;
*Resolva seus próprios problemas resolvendo o problema dos
outros;
*Seja genuinamente interessado nos outros;
*Sorria;
*Seja um bom ouvinte;
*Faça os outros se sentirem importantes. Motive;
*Evite discutir, e entenda que você não está sempre certo;
*Se estiver errado, admita;
*Não converse com as pessoas com sentimento de raiva;
*Elogie somente o necessário, evite exageros!
*Não adote uma postura íntima com as pessoas só porque você
trabalha com elas. Seja cordial sempre.
*Adote um estilo e um linguajar para cada pessoa com quem você
tem contato. As pessoas não são iguais.
*Evite piadinhas desagradáveis e sarcasmos. Isso acaba com sua
imagem.
*Controle suas emoções. Aprenda a rir e a chorar nos momentos
certos.
*Leve prazer para as pessoas. Ninguém gosta de pessoas irritantes
e desagradáveis. Torne-se agradável sempre porque as pessoas
lembrarão de você com carinho.
*Tente usar uma técnica nova a cada semana e verá o quão
diferente as pessoas começarão a responder a você.
*Para Pablo Aversa, da Alliance Coaching, o segredo é buscar se
relacionar bem com todo tipo de pessoa.
“Todos nós sabemos que, para ser efetivo no mundo corporativo, é
necessário construir sólidas pontes ao nosso redor. O mais
importante é segurar ou neutralizar possíveis reações pessoais e
se concentrar primeiro nos outros”.
*Pensando nisso, o especialista apontou dez dicas (às quais
acrescentamos mais uma) que podem ajudar no desenvolvimento
de habilidades no relacionamento interpessoal. Confira a seguir.
*Cada pessoa é diferente da outra. Existe, portanto, uma riqueza
de variedade e diversidade de indivíduos. O principal, para fazer
qualquer coisa importante no mundo corporativo, é a capacidade
de ver as diferenças nas pessoas e saber utilizá-las para o bem da
organização. Ter habilidade no relacionamento interpessoal é
encontrar a pessoa que fará o que você deseja que seja feito.
*A empatia é a habilidade de entender e perceber as opiniões e
sentimentos dos outros, compreendendo a moral e seus valores.
Seja sempre empático!
*Você conhece pessoas arrogantes? Insensíveis? Distantes? Ocupadas demais
para dar atenção? Com pressa de discutir a própria pauta? Mas... E você?
Oferece respostas, soluções, conclusões, declarações ou simplesmente dá
ordens rápido demais durante uma interação? Este tipo de comportamento
é comum em pessoas que não ouvem. Interprete o seu público. Para uma
melhor abordagem, selecione sua abordagem interpessoal focando no
outro, em vez de ter como ponto de partida você mesmo. Sugestão: pense
em cada interação como se a outra pessoa fosse um cliente que você quer
conquistar. Como você criaria uma abordagem efetiva?
*DICA: No site do SEBRAE EAD é possível se cadastrar gratuitamente e
participar de um jogo intitulado “Perfil do Cliente”, para conhecer os
tipos mais comuns de clientes e como tratá-los. Além de se divertir um
pouco, você aprende algumas dicas para melhorar a relação
interpessoal!
*Site do SEBRAE EAD: http://www.ead.sebrae.com.br
*Administrar os três minutos iniciais é vital. Tente ficar aberto e
acessível para receber a maior quantidade de informação
possível no começo da interação. Isso significa deixar os outros à
vontade para que possam compartilhá-la. Ou seja, significa
iniciar uma boa relação com os colaboradores, ouvir,
compartilhar, entender e oferecer um ombro amigo. Quanto
mais você deixar que deem o primeiro passo e falem no início da
interação, mais você saberá sobre elas para poder adaptar sua
abordagem. Isso não tem preço!
*A confiança é a somatória de quatro habilidades:
*Credibilidade (que se conquista cumprindo o que se pede);
*Coerência (que se demonstra quando nas nossas manifestações
refletem o que pensamos e sentimos);
*Aceitação (saber conviver com verdades diferentes);
*Abertura (transformar informações em potencializadores de
ideias e ações, e não em instrumentos de poder).
*Pessoas com habilidade nos relacionamentos interpessoais são
boas ouvintes. Elas ouvem para compreender e recebem as
informações para escolher melhor a própria reação. Ouvem sem
interromper e fazem perguntas para ter um esclarecimento
maior. Não julgam imediatamente: a impressão poderá vir
depois. Fazem que sim com a cabeça e reafirmam o que a outra
pessoa disse, para mostrar que compreenderam. Podem até
mesmo fazer anotações. Ouvintes ativos obtêm mais dados.
*A flexibilidade é a habilidade de ouvir as pessoas à sua volta e
procurar entender sempre o ponto de vista alheio, apresentando
a capacidade de mudar de opinião, quando necessário. Procure
ser flexível!
*Fale o que pensa sobre um tema corporativo e pergunte pelo ponto de
vista dos demais. Repasse algumas informações que considera que
ajudarão os outros a trabalhar melhor ou ampliar seus horizontes.
Revele mais coisas sobre si. Revele coisas que as pessoas não precisam
saber para fazer um bom trabalho, mas que podem ajudá-las a se
sentir valorizadas. Invista tempo e energia para saber e se lembrar de
coisas importantes sobre as pessoas ao redor das quais, para as quais e
com as quais você trabalha. Tome conhecimento, se possível, de três
coisas sobre todos – seus interesses, seus filhos ou um assunto sobre o
qual possam conversar além da pauta corporativa. Estabeleça temas
sobre os quais possa conversar com cada uma das pessoas com quem
trabalha e que transcendam as interações estritamente profissionais.
*Não se exponha! Seja modesto e evite desconfianças e invejas alheias.
*Manter o olho no olho, concordar com a cabeça quando o outro
está falando, além de falar com o ritmo e de maneira agradável,
faz uma enorme diferença no processo interativo. Esforce-se
para eliminar os hábitos inconvenientes, tais como falar rápido
demais e de maneira forçada, usando palavras fortes ou uma
linguagem muito carregada, e evite entrar muito em detalhes.
Tenha sempre cuidado ao dar sinais de falta de interesse, como
olhar para o relógio, mexer em papéis ou lançar olhares de
impaciência do tipo “estou ocupado”.
*A comunicação adequada é a habilidade de transmitirmos as
mensagens para outras pessoas, pensamentos, sentimentos e
ações. Atenção em sua comunicação!
*Há quem fique à vontade e seja eficiente diante de algumas
pessoas, mas não de outras. Alguns podem ficar calmos com os
colaboradores diretos, mas sentem-se tensos diante da alta
gerência. O que as pessoas com quem você se sente à vontade
têm em comum? E aquelas com as quais você não se sente à
vontade? É o cargo? É o estilo? Sexo? Os princípios da habilidade
nos relacionamentos interpessoais são os mesmos.
*O equilíbrio entre a razão e a emoção é essencial para tomar
decisões eficazes e, certamente, o bom senso estará sempre
presente.
*Você é tímido? Geralmente hesita e deixa os outros assumirem o
comando? Sente-se vulnerável demais? Tem medo de como os
outros vão reagir? Não está plenamente confiante das suas
habilidades sociais? Estenda a mão primeiro. Mantenha o contato
visual. Faça a primeira pergunta. Pratique num ambiente de
baixo risco, conversando com estranhos fora do local de
trabalho. Estabeleça uma meta de conhecer pessoas novas em
todas as reuniões sociais e descubra o que você tem em comum
com elas. A única maneira de as pessoas saberem que é tímido e
está nervoso é se você demonstrar isso. E não deixe de observar
o que os extrovertidos fazem que você não faz. É sempre um
aprendizado ver e praticar estes comportamentos.
*O que os demais enxergam nessas pessoas para acabar gostando
delas? Que aspectos positivos elas possuem? Existem interesses
em comum com elas? Faça o que fizer, não deixe transparecer o
que pensa. Coloque suas opiniões sobre elas de lado, concorde
com a cabeça, faça perguntas e resuma o que foi dito, da mesma
forma que faria com qualquer outra pessoa. Não permita que
ninguém seja capaz de distinguir se são seus amigos ou não.
*O respeito pressupõe aceitar as características pessoais,
individuais e potencialidades existentes. Evite fazer pré-
conceitos, adote uma conduta de bom ouvinte, não julgue ou
avalie comportamentos e atitudes antecipadamente.
*Pratique o aikidô, a arte milenar de absorver a energia do adversário,
utilizando-a a seu favor para dominá-lo. Deixe o outro desabafar suas
frustrações, mas não reaja diretamente. Lembre-se de que,
geralmente, a pessoa que revida é a que acaba tendo mais problemas.
Não reaja. E não julgue. Quando o outro lado tomar uma posição
rígida, não a rejeite. Separe a pessoa do problema. Quando alguém
atacá-lo, reformule a frase como um ataque ao problema. Em reação a
propostas irracionais, falta de resposta a uma pergunta ou mesmo
ataque, você tem sempre a opção de ficar calado. Geralmente, elas
respondem falando mais, deixando um pouco de lado a posição que
assumiram, ou ao menos revelam seus vários interesses. Muitas vezes,
os desabafos sem limites e a sua compreensão são o bastante para
diminuir o conflito.
*http://www.administradores.com.br/mobile/noticias/carreira/c
onfira-10-dicas-para-melhorar-a-habilidade-interpessoal/55076/
*http://www.gestãoporcompetencias.com.br/artigo-recursos-
humanos/relacionamento-interpessoal/
*http://www.virada180.com.br/site/lista-de-outros-artigos-
sobre-dinheiro-e-carreira/73-outros-artigos-sobre-dinheiro-e-
carreira/220-melhore-o=-seu-relacionamento-interpessoal.html
*Imagens: sites Google Imagens e Facebook
TRANSPETRO/PRES/SE/ENG/STSPPCO - GAGE

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Giselli Espindola Boemer
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
Carmen Pinto
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
Avanti! Comunicação
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Diego Allan Oliveira
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
Vinicius Souza
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
Celso Stumpo de Oliveira
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Gerisval Pessoa
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Celso Frederico Lago
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
Viviane Gonçalves
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Eduardo Maróstica
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Fabrício Ottoni
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Camilo Almendra
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Lucas Fonseca
 
Palestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipePalestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipe
Joelson Matoso
 
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafiosComo lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
Luzirene Santos Vanderley
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
MATARANGAS
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Jamile Coelho
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
inovaDay .
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
Milena Rebouças
 

Mais procurados (20)

Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
 
Palestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipePalestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipe
 
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafiosComo lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
Como lidar com_mudancas_e_enfretar_desafios
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 

Destaque

Pesquisa de Clima Organizacional
Pesquisa de Clima OrganizacionalPesquisa de Clima Organizacional
Pesquisa de Clima Organizacional
Kenneth Corrêa
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Fernando Pinheiro
 
2007003
20070032007003
Assédio Moral e Assédio Sexual
Assédio Moral e Assédio SexualAssédio Moral e Assédio Sexual
Assédio Moral e Assédio Sexual
Haydee Svab
 
Assédio moral
Assédio moralAssédio moral
Assédio moral
Robson Zanetti
 
Assedio moral
Assedio moralAssedio moral
Cartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexualCartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexual
coeppelotas
 
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Pesquisa de Clima Organizacional - Etapas
Pesquisa de Clima Organizacional - EtapasPesquisa de Clima Organizacional - Etapas
Pesquisa de Clima Organizacional - Etapas
INSTITUTO MVC
 
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoaisLBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
Natalino das Neves Neves
 
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalhoPrevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
João Gretzitz
 
6 hábitos das pessoas altamente empáticas
6 hábitos das pessoas altamente empáticas6 hábitos das pessoas altamente empáticas
6 hábitos das pessoas altamente empáticas
Agendor
 
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
Debora Miceli
 
Legislação trabalhista ppt
Legislação trabalhista pptLegislação trabalhista ppt
Legislação trabalhista ppt
pri000
 
Legislação Trabalhista
Legislação TrabalhistaLegislação Trabalhista
Legislação Trabalhista
Jesus Martins Oliveira Junior
 
Dicas para usar o PowerPoint
Dicas para usar o PowerPointDicas para usar o PowerPoint
Dicas para usar o PowerPoint
silvanatsal
 
Algumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPointAlgumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPoint
José Alemão
 

Destaque (17)

Pesquisa de Clima Organizacional
Pesquisa de Clima OrganizacionalPesquisa de Clima Organizacional
Pesquisa de Clima Organizacional
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
2007003
20070032007003
2007003
 
Assédio Moral e Assédio Sexual
Assédio Moral e Assédio SexualAssédio Moral e Assédio Sexual
Assédio Moral e Assédio Sexual
 
Assédio moral
Assédio moralAssédio moral
Assédio moral
 
Assedio moral
Assedio moralAssedio moral
Assedio moral
 
Cartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexualCartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexual
 
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
4. conhecimentos, habilidades e objeções em vendas
 
Pesquisa de Clima Organizacional - Etapas
Pesquisa de Clima Organizacional - EtapasPesquisa de Clima Organizacional - Etapas
Pesquisa de Clima Organizacional - Etapas
 
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoaisLBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
LBA Lição 13 - O cultivo das relações interpessoais
 
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalhoPrevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
Prevenção ao assédio moral e sexual no trabalho
 
6 hábitos das pessoas altamente empáticas
6 hábitos das pessoas altamente empáticas6 hábitos das pessoas altamente empáticas
6 hábitos das pessoas altamente empáticas
 
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
 
Legislação trabalhista ppt
Legislação trabalhista pptLegislação trabalhista ppt
Legislação trabalhista ppt
 
Legislação Trabalhista
Legislação TrabalhistaLegislação Trabalhista
Legislação Trabalhista
 
Dicas para usar o PowerPoint
Dicas para usar o PowerPointDicas para usar o PowerPoint
Dicas para usar o PowerPoint
 
Algumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPointAlgumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPoint
 

Semelhante a Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal

relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptxrelacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
IngridSantos292767
 
Apostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoalApostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoal
Tableau Colégio
 
Motivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocionalMotivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocional
Cintia Meneghini
 
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptxrelacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
EmanuellaFreitasDiog
 
Habilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdfHabilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdf
JeffersonMonteiro46
 
Habilidades com pessoas
Habilidades com pessoasHabilidades com pessoas
Habilidades com pessoas
Cursos Profissionalizantes
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Evelise Cuesta
 
Comunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptxComunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptx
CrasCariniHumbertoAl
 
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_LiderancaInteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
CarlaMCAlmeida
 
Habilidades
HabilidadesHabilidades
Habilidades
Francisco
 
Inteligência+emocional
Inteligência+emocionalInteligência+emocional
Inteligência+emocional
Clovis Gonçalves
 
Inteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na LiderançaInteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na Liderança
Ismael
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Nazareno P. Silva
 
Documento de ma (4)
Documento de ma (4)Documento de ma (4)
Documento de ma (4)
Renata Duarte
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdfRelações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
KevinFontelles2
 
Aula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento socialAula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento social
Professor Cristiano Barreto
 
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafiosCelebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafiosCelebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Fomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedbackFomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedback
Mayra de Souza
 

Semelhante a Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal (20)

relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptxrelacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
 
Apostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoalApostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoal
 
Motivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocionalMotivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocional
 
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptxrelacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
relacionamentointerpessoalnoambientedetrabalho-140718213912-phpapp02.pptx
 
Habilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdfHabilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdf
 
Habilidades com pessoas
Habilidades com pessoasHabilidades com pessoas
Habilidades com pessoas
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
 
Comunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptxComunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptx
 
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_LiderancaInteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
 
Habilidades
HabilidadesHabilidades
Habilidades
 
Inteligência+emocional
Inteligência+emocionalInteligência+emocional
Inteligência+emocional
 
Inteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na LiderançaInteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na Liderança
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
 
Documento de ma (4)
Documento de ma (4)Documento de ma (4)
Documento de ma (4)
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdfRelações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
Relações Humanas no Trabalho - Sônia.pdf
 
Aula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento socialAula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento social
 
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafiosCelebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
 
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafiosCelebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
Celebrar as conquistas é enfrentar novos desafios
 
Fomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedbackFomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedback
 

Mais de Karol Oliveira

Prevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilhaPrevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilha
Karol Oliveira
 
Modelo de-ppra
Modelo de-ppraModelo de-ppra
Modelo de-ppra
Karol Oliveira
 
Pcmso Modelo
Pcmso    ModeloPcmso    Modelo
Pcmso Modelo
Karol Oliveira
 
-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho
Karol Oliveira
 
Escavação
EscavaçãoEscavação
Escavação
Karol Oliveira
 
Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacao
Karol Oliveira
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
Karol Oliveira
 

Mais de Karol Oliveira (7)

Prevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilhaPrevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilha
 
Modelo de-ppra
Modelo de-ppraModelo de-ppra
Modelo de-ppra
 
Pcmso Modelo
Pcmso    ModeloPcmso    Modelo
Pcmso Modelo
 
-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho
 
Escavação
EscavaçãoEscavação
Escavação
 
Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacao
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 

Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal

  • 1.
  • 2. *Sempre quando se fala em Gestão por Competências no dia a dia das empresas, aparecem as atitudes, comportamentos que fazem parte do perfil de uma pessoa. *Quando um cargo de liderança recebe o foco, logo são levantadas atitudes como: liderança, espírito de equipe, comunicação, entre outras. A seguir, será falado sobre uma das principais competências que uma pessoa que exerce liderança (ou que almeja liderar) deve possuir: relacionamento interpessoal. *Serão abordadas algumas dicas para você como líder, ou não, melhorar seu relacionamento com as outras pessoas.
  • 3.
  • 4. *Relacionamento Interpessoal é a pura habilidade de se relacionar com as pessoas à sua volta, sejam elas de seu convívio ou ambiente de trabalho. É também o conhecimento de suas emoções, sentimentos, pensamentos, sua pura autorreflexão em ação, e isso faz com que as pessoas ajam de forma eficaz diante dos contratempos da vida de maneira mais saudável.
  • 5. *Essas dicas foram tiradas do clássico livro de Dale Carnegie, “Como fazer amigos e influenciar pessoas”. Apesar deste livro ter sido escrito em 1936, traz ideias válidas para os dias atuais. Também escolhemos algumas do site Virada 180º. Essas dicas são: *Não critique, condene ou queixe-se das pessoas; *Aprecie as pessoas; *Resolva seus próprios problemas resolvendo o problema dos outros; *Seja genuinamente interessado nos outros; *Sorria;
  • 6.
  • 7. *Seja um bom ouvinte; *Faça os outros se sentirem importantes. Motive; *Evite discutir, e entenda que você não está sempre certo; *Se estiver errado, admita; *Não converse com as pessoas com sentimento de raiva; *Elogie somente o necessário, evite exageros! *Não adote uma postura íntima com as pessoas só porque você trabalha com elas. Seja cordial sempre.
  • 8.
  • 9. *Adote um estilo e um linguajar para cada pessoa com quem você tem contato. As pessoas não são iguais. *Evite piadinhas desagradáveis e sarcasmos. Isso acaba com sua imagem. *Controle suas emoções. Aprenda a rir e a chorar nos momentos certos. *Leve prazer para as pessoas. Ninguém gosta de pessoas irritantes e desagradáveis. Torne-se agradável sempre porque as pessoas lembrarão de você com carinho. *Tente usar uma técnica nova a cada semana e verá o quão diferente as pessoas começarão a responder a você.
  • 10.
  • 11. *Para Pablo Aversa, da Alliance Coaching, o segredo é buscar se relacionar bem com todo tipo de pessoa. “Todos nós sabemos que, para ser efetivo no mundo corporativo, é necessário construir sólidas pontes ao nosso redor. O mais importante é segurar ou neutralizar possíveis reações pessoais e se concentrar primeiro nos outros”. *Pensando nisso, o especialista apontou dez dicas (às quais acrescentamos mais uma) que podem ajudar no desenvolvimento de habilidades no relacionamento interpessoal. Confira a seguir.
  • 12.
  • 13. *Cada pessoa é diferente da outra. Existe, portanto, uma riqueza de variedade e diversidade de indivíduos. O principal, para fazer qualquer coisa importante no mundo corporativo, é a capacidade de ver as diferenças nas pessoas e saber utilizá-las para o bem da organização. Ter habilidade no relacionamento interpessoal é encontrar a pessoa que fará o que você deseja que seja feito. *A empatia é a habilidade de entender e perceber as opiniões e sentimentos dos outros, compreendendo a moral e seus valores. Seja sempre empático!
  • 14.
  • 15. *Você conhece pessoas arrogantes? Insensíveis? Distantes? Ocupadas demais para dar atenção? Com pressa de discutir a própria pauta? Mas... E você? Oferece respostas, soluções, conclusões, declarações ou simplesmente dá ordens rápido demais durante uma interação? Este tipo de comportamento é comum em pessoas que não ouvem. Interprete o seu público. Para uma melhor abordagem, selecione sua abordagem interpessoal focando no outro, em vez de ter como ponto de partida você mesmo. Sugestão: pense em cada interação como se a outra pessoa fosse um cliente que você quer conquistar. Como você criaria uma abordagem efetiva? *DICA: No site do SEBRAE EAD é possível se cadastrar gratuitamente e participar de um jogo intitulado “Perfil do Cliente”, para conhecer os tipos mais comuns de clientes e como tratá-los. Além de se divertir um pouco, você aprende algumas dicas para melhorar a relação interpessoal! *Site do SEBRAE EAD: http://www.ead.sebrae.com.br
  • 16.
  • 17. *Administrar os três minutos iniciais é vital. Tente ficar aberto e acessível para receber a maior quantidade de informação possível no começo da interação. Isso significa deixar os outros à vontade para que possam compartilhá-la. Ou seja, significa iniciar uma boa relação com os colaboradores, ouvir, compartilhar, entender e oferecer um ombro amigo. Quanto mais você deixar que deem o primeiro passo e falem no início da interação, mais você saberá sobre elas para poder adaptar sua abordagem. Isso não tem preço!
  • 18.
  • 19. *A confiança é a somatória de quatro habilidades: *Credibilidade (que se conquista cumprindo o que se pede); *Coerência (que se demonstra quando nas nossas manifestações refletem o que pensamos e sentimos); *Aceitação (saber conviver com verdades diferentes); *Abertura (transformar informações em potencializadores de ideias e ações, e não em instrumentos de poder).
  • 20.
  • 21. *Pessoas com habilidade nos relacionamentos interpessoais são boas ouvintes. Elas ouvem para compreender e recebem as informações para escolher melhor a própria reação. Ouvem sem interromper e fazem perguntas para ter um esclarecimento maior. Não julgam imediatamente: a impressão poderá vir depois. Fazem que sim com a cabeça e reafirmam o que a outra pessoa disse, para mostrar que compreenderam. Podem até mesmo fazer anotações. Ouvintes ativos obtêm mais dados. *A flexibilidade é a habilidade de ouvir as pessoas à sua volta e procurar entender sempre o ponto de vista alheio, apresentando a capacidade de mudar de opinião, quando necessário. Procure ser flexível!
  • 22.
  • 23. *Fale o que pensa sobre um tema corporativo e pergunte pelo ponto de vista dos demais. Repasse algumas informações que considera que ajudarão os outros a trabalhar melhor ou ampliar seus horizontes. Revele mais coisas sobre si. Revele coisas que as pessoas não precisam saber para fazer um bom trabalho, mas que podem ajudá-las a se sentir valorizadas. Invista tempo e energia para saber e se lembrar de coisas importantes sobre as pessoas ao redor das quais, para as quais e com as quais você trabalha. Tome conhecimento, se possível, de três coisas sobre todos – seus interesses, seus filhos ou um assunto sobre o qual possam conversar além da pauta corporativa. Estabeleça temas sobre os quais possa conversar com cada uma das pessoas com quem trabalha e que transcendam as interações estritamente profissionais. *Não se exponha! Seja modesto e evite desconfianças e invejas alheias.
  • 24.
  • 25. *Manter o olho no olho, concordar com a cabeça quando o outro está falando, além de falar com o ritmo e de maneira agradável, faz uma enorme diferença no processo interativo. Esforce-se para eliminar os hábitos inconvenientes, tais como falar rápido demais e de maneira forçada, usando palavras fortes ou uma linguagem muito carregada, e evite entrar muito em detalhes. Tenha sempre cuidado ao dar sinais de falta de interesse, como olhar para o relógio, mexer em papéis ou lançar olhares de impaciência do tipo “estou ocupado”. *A comunicação adequada é a habilidade de transmitirmos as mensagens para outras pessoas, pensamentos, sentimentos e ações. Atenção em sua comunicação!
  • 26.
  • 27. *Há quem fique à vontade e seja eficiente diante de algumas pessoas, mas não de outras. Alguns podem ficar calmos com os colaboradores diretos, mas sentem-se tensos diante da alta gerência. O que as pessoas com quem você se sente à vontade têm em comum? E aquelas com as quais você não se sente à vontade? É o cargo? É o estilo? Sexo? Os princípios da habilidade nos relacionamentos interpessoais são os mesmos. *O equilíbrio entre a razão e a emoção é essencial para tomar decisões eficazes e, certamente, o bom senso estará sempre presente.
  • 28.
  • 29. *Você é tímido? Geralmente hesita e deixa os outros assumirem o comando? Sente-se vulnerável demais? Tem medo de como os outros vão reagir? Não está plenamente confiante das suas habilidades sociais? Estenda a mão primeiro. Mantenha o contato visual. Faça a primeira pergunta. Pratique num ambiente de baixo risco, conversando com estranhos fora do local de trabalho. Estabeleça uma meta de conhecer pessoas novas em todas as reuniões sociais e descubra o que você tem em comum com elas. A única maneira de as pessoas saberem que é tímido e está nervoso é se você demonstrar isso. E não deixe de observar o que os extrovertidos fazem que você não faz. É sempre um aprendizado ver e praticar estes comportamentos.
  • 30.
  • 31. *O que os demais enxergam nessas pessoas para acabar gostando delas? Que aspectos positivos elas possuem? Existem interesses em comum com elas? Faça o que fizer, não deixe transparecer o que pensa. Coloque suas opiniões sobre elas de lado, concorde com a cabeça, faça perguntas e resuma o que foi dito, da mesma forma que faria com qualquer outra pessoa. Não permita que ninguém seja capaz de distinguir se são seus amigos ou não. *O respeito pressupõe aceitar as características pessoais, individuais e potencialidades existentes. Evite fazer pré- conceitos, adote uma conduta de bom ouvinte, não julgue ou avalie comportamentos e atitudes antecipadamente.
  • 32.
  • 33. *Pratique o aikidô, a arte milenar de absorver a energia do adversário, utilizando-a a seu favor para dominá-lo. Deixe o outro desabafar suas frustrações, mas não reaja diretamente. Lembre-se de que, geralmente, a pessoa que revida é a que acaba tendo mais problemas. Não reaja. E não julgue. Quando o outro lado tomar uma posição rígida, não a rejeite. Separe a pessoa do problema. Quando alguém atacá-lo, reformule a frase como um ataque ao problema. Em reação a propostas irracionais, falta de resposta a uma pergunta ou mesmo ataque, você tem sempre a opção de ficar calado. Geralmente, elas respondem falando mais, deixando um pouco de lado a posição que assumiram, ou ao menos revelam seus vários interesses. Muitas vezes, os desabafos sem limites e a sua compreensão são o bastante para diminuir o conflito.
  • 34.