SlideShare uma empresa Scribd logo
 Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas
MOVIMENTAÇÃO E
IÇAMENTO DE CARGAS
Sua segurança está acima de tudo.
Cada vez mais usamos guindastes para movimentação de cargas.
É preciso ter atenção e respeito pelas normas de segurança para evitar
acidentes nessas operações.
ANÁLISE PREVENCIONISTA DA TAREFA
Antes de começar cada trabalho é
preciso fazer a APT - ANÁLISE
PREVENCIONISTA DA TAREFA, para
saber quais são os riscos e perigos.
PTR - PERMISSÃO PARA TRABALHOS
EM RISCO
A PTR – PERMISSÃO PARA
TRABALHOS EM RISCO
deverá ser elaborada se o
terreno for DESNIVELADO,
existirem VENTOS ou
CHUVAS FORTES, RAIOS ou
rede elétrica ENERGIZADA
por perto.
EXAMES MÉDICOS
Operadores de guindastes devem manter
sempre em dia os exames ocupacionais
indicados no Programa de Saúde do
Contrato.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
QUALIFICAÇÃO E
TREINAMENTO
Somente integrantes
treinados, habilitados e
aprovados nos testes
específicos podem ser
autorizados a operar
guindastes.
LISTA DE VERIFICAÇÃO (CHECK LIST)
RIGGER
•Desenvolve projetos
•Planeja e coordena operações de
movimentação de cargas
•Diariamente verifica condições do
guindaste e acessórios.
IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS
•O Encarregado, o Operador
e o Rigger devem preencher
a APT antes de começar a
tarefa.
PLANO DE RIGGING
Deve ser feito:
•Quando utilizar mais de um equipamento para levantar uma mesma carga.
•Quando a carga dinâmica calculada for maior que 80% da capacidade do
equipamento.
•Cargas de 8 ou mais toneladas.
•Isolar a área de movimentação de carga.
•Colocar placas de aviso, cavaletes, cones e telas
serquit.
•Afastar integrantes que não estejam envolvidos
na tarefa.
SINALIZAÇÃO DO LOCAL
CONDIÇÕES ATMOSFÉRICAS
•Suspender operações
com guindastes no caso
de chuva, raios neblina,
ventos fortes, baixa
visibilidade.
•Não se realizam movimentações de
cargas próximo à rede elétrica
energizada, com risco de fechar curto
circuito, energizar equipamento ou
provocar choque no operador.
CONDIÇÕES DO TERRENO
•Antes de patolar o guindaste,
verifique se não existem:
• Galerias de águas pluviais ou
industriais.
• Envelopes elétricos.
• Tubulações enterradas.
• Posições que apresentem
riscos.
CONDIÇÕES DO TERRENO
•Aumente a área de apoio
sobre terrenos instáveis com:
• Dormentes.
• Pranchas metálicas.
• Nunca inicie manobra sem
que as patolas estejam
corretamente apoiadas.
•Siga as especificações do setor
de engenharia.
APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS
•Para apoiar
estruturas pesadas
use calços específicos.
• Os calços devem ser
colocados antes de
começar a
movimentação da
carga.
APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS
•Nunca use objetos de
resistência
desconhecida como:
• Blocos de concreto.
• Cilindros vazios.
• Rochas.
APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS
•Nunca use objetos de
resistência
desconhecida como:
• Blocos de concreto.
• Cilindros vazios.
• Rochas.
APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS
•Nunca use objetos de
resistência
desconhecida como:
• Blocos de concreto.
• Cilindros vazios.
• Rochas.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
CORDAS E CABOS
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•No final das
manobras os cabos e
estropos devem ser
guardados sobre
cavaletes ou cabides e
ficar bem protegidos.
•Para controlar o
movimento das
cargas:
• Use cordas ou cabos
guias.
• Use sempre luvas.
•Mantenha a carga o
mais próxima possível
do chão.
•A tabela de carga e o Plano de Rigging
devem ficar com o Operador na cabine do
guindaste e com o Rigger responsável pela
operação.
TABELA DE CARGA
•Para guiar as manobras de movimentação devem ser usados códigos de sinais.
SINAIS DE COMUNICAÇÃO
ELEVAR CARGA ABAIXAR CARGA
ELEVAR LANÇA ABAIXAR LANÇA
•O responsável pela sinalização
deve conhecer todos os sinais e
não usar luvas.
•Se o local de
movimentação de carga não
permitir que o Operador
veja o Sinaleiro, deve ser
usado rádio ou telefone.
SINAIS DE COMUNICAÇÃO
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Durante a movimentação de cargas,
não se deve fazer nenhuma atividade
que desvie a atenção da tarefa.
•Não é permitido falar por celulares,
usar MP3 ou equipamentos similares.
ATENÇÃO NA OPERAÇÃO
•Se a carga estiver elevada e a área tiver que ser evacuada:
•Trave a máquina, mesmo com a carga suspensa.
•Desligue o motor.
•Amarre as cordas em estruturas e nunca em tubulações ou equipamentos.
•Siga o Plano de Atendimento a Emergências para sair da área.
•Adote as ações de mitigação ambiental no caso de vazamento de óleo dos
equipamentos.
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
ESTES SÃO OS PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA
MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS:
GUINDASTE MÓVEL SOBRE PNEUS
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
GUINDASTE MÓVEL SOBRE ESTEIRA
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
GUINDASTE DE TORRE (GRUA)
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
GUINDASTE DE TORRE (GRUA)
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
GUINDASTE ARTICULADO
PRINCIPAIS ACESSÓRIOS UTILIZADOS
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
É terminantemente proibido passar
embaixo das cargas suspensas.
O Operador deve acionar a sirene durante a
movimentação de cargas para que as pessoas não
envolvidas na tarefa se afastem.
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
O Operador deve acionar a sirene durante a
movimentação de cargas para que as pessoas não
envolvidas na tarefa se afastem.
É terminantemente proibido passar
embaixo das cargas suspensas.
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
Nunca posicione as mãos ou
parte do corpo sob cargas
suspensas.
Os ganchos do moitão
(papagaio) devem possuir
trava de segurança.
Não deixe peças soltas sobre a
carga pois elas podem cair
durante a movimentação.
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
Os planos de manutenções e
lubrificações devem ser
mantidos sempre atualizados.
Não deixe peças soltas sobre a
carga pois elas podem cair
durante a movimentação.
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
A movimentação de carga
deve ser feita o mais perto
possível do chão.
Nunca utilize as mãos
diretamente para estabilizar
cargas em movimento.
RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇAPLANEJE BEM A OPERAÇÃO
DE MOVIMENTAÇÃO OU
IÇAMENTO DE CARGAS,
ANTES DE REALIZÁ-LA!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
William Nascimento
 
Nr 20
Nr 20 Nr 20
NR 22
NR 22NR 22
Montagem de andaime
Montagem de andaimeMontagem de andaime
Montagem de andaime
Ane Costa
 
Pta
PtaPta
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
Andressa Macedo
 
Teste ponte-rolante-docx
Teste ponte-rolante-docxTeste ponte-rolante-docx
Teste ponte-rolante-docx
sandra brizolla
 
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
GAC CURSOS ONLINE
 
Plano de içamento lista de verificação
Plano de içamento   lista de verificaçãoPlano de içamento   lista de verificação
Plano de içamento lista de verificação
Universidade Federal Fluminense
 
Check list empilhadeira
Check list  empilhadeiraCheck list  empilhadeira
Check list empilhadeira
Fernando Batista
 
Seguranca em talhas[1]
Seguranca em talhas[1]Seguranca em talhas[1]
Seguranca em talhas[1]
Paulo H Bueno
 
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
quantizar
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr – 22
Nr – 22Nr – 22
Inspeção de epi modelo
Inspeção de epi   modeloInspeção de epi   modelo
Inspeção de epi modelo
Junior Arouca
 
Treinamento de munck
Treinamento de munckTreinamento de munck
Treinamento de munck
Jupira Silva
 
Procedimento movimentacao cargas
Procedimento movimentacao cargasProcedimento movimentacao cargas
Procedimento movimentacao cargas
Edson Vando Souza
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptxTreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
rafaelrustiqueli
 

Mais procurados (20)

Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
 
Nr 20
Nr 20 Nr 20
Nr 20
 
NR 22
NR 22NR 22
NR 22
 
Montagem de andaime
Montagem de andaimeMontagem de andaime
Montagem de andaime
 
Pta
PtaPta
Pta
 
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
 
Teste ponte-rolante-docx
Teste ponte-rolante-docxTeste ponte-rolante-docx
Teste ponte-rolante-docx
 
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
 
Plano de içamento lista de verificação
Plano de içamento   lista de verificaçãoPlano de içamento   lista de verificação
Plano de içamento lista de verificação
 
Check list empilhadeira
Check list  empilhadeiraCheck list  empilhadeira
Check list empilhadeira
 
Seguranca em talhas[1]
Seguranca em talhas[1]Seguranca em talhas[1]
Seguranca em talhas[1]
 
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Nr – 22
Nr – 22Nr – 22
Nr – 22
 
Inspeção de epi modelo
Inspeção de epi   modeloInspeção de epi   modelo
Inspeção de epi modelo
 
Treinamento de munck
Treinamento de munckTreinamento de munck
Treinamento de munck
 
Procedimento movimentacao cargas
Procedimento movimentacao cargasProcedimento movimentacao cargas
Procedimento movimentacao cargas
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
 
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptxTreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
 

Destaque

Curso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
Curso On Line - Gestão do Içamento de CargasCurso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
Curso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
eugeniorocha
 
Movimentação de cargas
Movimentação de cargasMovimentação de cargas
Movimentação de cargas
Fabio Prado
 
Movimentacao de cargas
Movimentacao de cargasMovimentacao de cargas
Movimentacao de cargas
José Castro
 
Içamento
IçamentoIçamento
Içamento
Daniel Sbizzaro
 
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
Risoaldo Cavalcanti
 
CURSO DE RIGGER
CURSO DE RIGGERCURSO DE RIGGER
CURSO DE RIGGER
Clodoaldo Oliveira
 
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
João Bosco
 
RAC - Cabos de Aço
RAC - Cabos de AçoRAC - Cabos de Aço
RAC - Cabos de Aço
eugeniorocha
 
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
eugeniorocha
 
4 Ponte Rolante
4   Ponte Rolante4   Ponte Rolante
4 Ponte Rolante
agenciasonar
 
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e PlanejamentoIçamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
Eugenio Rocha
 
talha eletrica
talha eletricatalha eletrica
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
eugeniorocha
 
Equipamentos Para ManutençãO
Equipamentos Para ManutençãOEquipamentos Para ManutençãO
Equipamentos Para ManutençãO
123marcao123
 
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
Eugenio Rocha
 
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalhoAcidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Pontes Rolantes
Pontes Rolantes Pontes Rolantes
Pontes Rolantes
Saulo Oliveira Chagas
 
Sinalização de Segurança act
Sinalização de Segurança actSinalização de Segurança act
Sinalização de Segurança act
APF Ngangu
 
Aula 1 reconhecimento de risco
Aula 1 reconhecimento de riscoAula 1 reconhecimento de risco
Aula 1 reconhecimento de risco
mpaffetti
 
Check List Talha Eletrica
Check List Talha EletricaCheck List Talha Eletrica
Check List Talha Eletrica
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 

Destaque (20)

Curso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
Curso On Line - Gestão do Içamento de CargasCurso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
Curso On Line - Gestão do Içamento de Cargas
 
Movimentação de cargas
Movimentação de cargasMovimentação de cargas
Movimentação de cargas
 
Movimentacao de cargas
Movimentacao de cargasMovimentacao de cargas
Movimentacao de cargas
 
Içamento
IçamentoIçamento
Içamento
 
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
 
CURSO DE RIGGER
CURSO DE RIGGERCURSO DE RIGGER
CURSO DE RIGGER
 
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
Segurança no Trabalho - Técnicas 4x4
 
RAC - Cabos de Aço
RAC - Cabos de AçoRAC - Cabos de Aço
RAC - Cabos de Aço
 
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
Participação de Eugenio Rocha em matéria na Revista Logweb.
 
4 Ponte Rolante
4   Ponte Rolante4   Ponte Rolante
4 Ponte Rolante
 
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e PlanejamentoIçamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
Içamento de Cargas - Roteiro para Auditoria e Planejamento
 
talha eletrica
talha eletricatalha eletrica
talha eletrica
 
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
Curso Rigging & Hoist Industrial - Informações
 
Equipamentos Para ManutençãO
Equipamentos Para ManutençãOEquipamentos Para ManutençãO
Equipamentos Para ManutençãO
 
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
Palestra Gerenciamento de Riscos no Içamento de Cargas na Indústria.
 
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalhoAcidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
 
Pontes Rolantes
Pontes Rolantes Pontes Rolantes
Pontes Rolantes
 
Sinalização de Segurança act
Sinalização de Segurança actSinalização de Segurança act
Sinalização de Segurança act
 
Aula 1 reconhecimento de risco
Aula 1 reconhecimento de riscoAula 1 reconhecimento de risco
Aula 1 reconhecimento de risco
 
Check List Talha Eletrica
Check List Talha EletricaCheck List Talha Eletrica
Check List Talha Eletrica
 

Semelhante a Movimentação e içamento de cargas

Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59
slideadg
 
Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58
slideadg
 
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.pptTREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
CESSTNET
 
PONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.pptPONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.ppt
Vilson Stollmeier
 
PONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.pptPONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.ppt
Vilson Stollmeier
 
Treinamento Ponte Rolante.pptx
Treinamento Ponte Rolante.pptxTreinamento Ponte Rolante.pptx
Treinamento Ponte Rolante.pptx
BrunoCorrea53
 
Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................
AndersonChristianEuf
 
Ponte carnauba
Ponte carnaubaPonte carnauba
Ponte carnauba
prevencaonline
 
Ponte rolante
Ponte rolantePonte rolante
Ponte rolante
marcos0007
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
Sérgio Alves
 
Trein ponte rolante_a
Trein ponte rolante_aTrein ponte rolante_a
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptxTreinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
ssuser7d6b72
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
RobertoKennedyVieira
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Salvador Campos Neto
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
FlvioSegredo
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
JTFSERVIOS
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
SAULOARAUJOVIEIRA
 
Segurança com Pontes Rolantes.ppt
Segurança com Pontes Rolantes.pptSegurança com Pontes Rolantes.ppt
Segurança com Pontes Rolantes.ppt
LuisGomes867866
 
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.pptTREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
zimmerambiental
 
Segurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantesSegurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantes
João Junior
 

Semelhante a Movimentação e içamento de cargas (20)

Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59
 
Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58
 
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.pptTREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
TREINAMENTO PONTE ROLANDO LIMPA.ppt
 
PONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.pptPONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.ppt
 
PONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.pptPONTES ROLANTES 004.ppt
PONTES ROLANTES 004.ppt
 
Treinamento Ponte Rolante.pptx
Treinamento Ponte Rolante.pptxTreinamento Ponte Rolante.pptx
Treinamento Ponte Rolante.pptx
 
Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................
 
Ponte carnauba
Ponte carnaubaPonte carnauba
Ponte carnauba
 
Ponte rolante
Ponte rolantePonte rolante
Ponte rolante
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
 
Trein ponte rolante_a
Trein ponte rolante_aTrein ponte rolante_a
Trein ponte rolante_a
 
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptxTreinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
 
Segurança com Pontes Rolantes.ppt
Segurança com Pontes Rolantes.pptSegurança com Pontes Rolantes.ppt
Segurança com Pontes Rolantes.ppt
 
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.pptTREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
TREINAMENTO OPERADOR DE PONTE REV_A_PONTE ROLANTE.ppt
 
Segurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantesSegurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantes
 

Mais de Karol Oliveira

Prevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilhaPrevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilha
Karol Oliveira
 
Modelo de-ppra
Modelo de-ppraModelo de-ppra
Modelo de-ppra
Karol Oliveira
 
Pcmso Modelo
Pcmso    ModeloPcmso    Modelo
Pcmso Modelo
Karol Oliveira
 
-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho
Karol Oliveira
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Karol Oliveira
 
Escavação
EscavaçãoEscavação
Escavação
Karol Oliveira
 
Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacao
Karol Oliveira
 

Mais de Karol Oliveira (7)

Prevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilhaPrevencao incendios cartilha
Prevencao incendios cartilha
 
Modelo de-ppra
Modelo de-ppraModelo de-ppra
Modelo de-ppra
 
Pcmso Modelo
Pcmso    ModeloPcmso    Modelo
Pcmso Modelo
 
-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho-Integraçãode segurança doTrabalho
-Integraçãode segurança doTrabalho
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
 
Escavação
EscavaçãoEscavação
Escavação
 
Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacao
 

Movimentação e içamento de cargas

  • 5. Sua segurança está acima de tudo. Cada vez mais usamos guindastes para movimentação de cargas. É preciso ter atenção e respeito pelas normas de segurança para evitar acidentes nessas operações.
  • 6. ANÁLISE PREVENCIONISTA DA TAREFA Antes de começar cada trabalho é preciso fazer a APT - ANÁLISE PREVENCIONISTA DA TAREFA, para saber quais são os riscos e perigos.
  • 7. PTR - PERMISSÃO PARA TRABALHOS EM RISCO A PTR – PERMISSÃO PARA TRABALHOS EM RISCO deverá ser elaborada se o terreno for DESNIVELADO, existirem VENTOS ou CHUVAS FORTES, RAIOS ou rede elétrica ENERGIZADA por perto.
  • 8. EXAMES MÉDICOS Operadores de guindastes devem manter sempre em dia os exames ocupacionais indicados no Programa de Saúde do Contrato.
  • 9. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 10. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 11. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 12. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 13. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 14. QUALIFICAÇÃO E TREINAMENTO Somente integrantes treinados, habilitados e aprovados nos testes específicos podem ser autorizados a operar guindastes.
  • 15. LISTA DE VERIFICAÇÃO (CHECK LIST) RIGGER •Desenvolve projetos •Planeja e coordena operações de movimentação de cargas •Diariamente verifica condições do guindaste e acessórios.
  • 16. IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS •O Encarregado, o Operador e o Rigger devem preencher a APT antes de começar a tarefa.
  • 17. PLANO DE RIGGING Deve ser feito: •Quando utilizar mais de um equipamento para levantar uma mesma carga. •Quando a carga dinâmica calculada for maior que 80% da capacidade do equipamento. •Cargas de 8 ou mais toneladas.
  • 18. •Isolar a área de movimentação de carga. •Colocar placas de aviso, cavaletes, cones e telas serquit. •Afastar integrantes que não estejam envolvidos na tarefa. SINALIZAÇÃO DO LOCAL
  • 19. CONDIÇÕES ATMOSFÉRICAS •Suspender operações com guindastes no caso de chuva, raios neblina, ventos fortes, baixa visibilidade.
  • 20. •Não se realizam movimentações de cargas próximo à rede elétrica energizada, com risco de fechar curto circuito, energizar equipamento ou provocar choque no operador.
  • 21. CONDIÇÕES DO TERRENO •Antes de patolar o guindaste, verifique se não existem: • Galerias de águas pluviais ou industriais. • Envelopes elétricos. • Tubulações enterradas. • Posições que apresentem riscos.
  • 22. CONDIÇÕES DO TERRENO •Aumente a área de apoio sobre terrenos instáveis com: • Dormentes. • Pranchas metálicas. • Nunca inicie manobra sem que as patolas estejam corretamente apoiadas. •Siga as especificações do setor de engenharia.
  • 23. APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS •Para apoiar estruturas pesadas use calços específicos. • Os calços devem ser colocados antes de começar a movimentação da carga.
  • 24. APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS •Nunca use objetos de resistência desconhecida como: • Blocos de concreto. • Cilindros vazios. • Rochas.
  • 25. APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS •Nunca use objetos de resistência desconhecida como: • Blocos de concreto. • Cilindros vazios. • Rochas.
  • 26. APOIO PARA ESTRUTURAS PESADAS •Nunca use objetos de resistência desconhecida como: • Blocos de concreto. • Cilindros vazios. • Rochas.
  • 27. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 28. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 29. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 30. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 31. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 32. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 33. CORDAS E CABOS •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •No final das manobras os cabos e estropos devem ser guardados sobre cavaletes ou cabides e ficar bem protegidos. •Para controlar o movimento das cargas: • Use cordas ou cabos guias. • Use sempre luvas. •Mantenha a carga o mais próxima possível do chão.
  • 34. •A tabela de carga e o Plano de Rigging devem ficar com o Operador na cabine do guindaste e com o Rigger responsável pela operação. TABELA DE CARGA
  • 35. •Para guiar as manobras de movimentação devem ser usados códigos de sinais. SINAIS DE COMUNICAÇÃO ELEVAR CARGA ABAIXAR CARGA ELEVAR LANÇA ABAIXAR LANÇA •O responsável pela sinalização deve conhecer todos os sinais e não usar luvas.
  • 36. •Se o local de movimentação de carga não permitir que o Operador veja o Sinaleiro, deve ser usado rádio ou telefone. SINAIS DE COMUNICAÇÃO
  • 37. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 38. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 39. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 40. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 41. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 42. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 43. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 44. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 45. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 46. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 47. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 48. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 49. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 50. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Durante a movimentação de cargas, não se deve fazer nenhuma atividade que desvie a atenção da tarefa. •Não é permitido falar por celulares, usar MP3 ou equipamentos similares.
  • 51. ATENÇÃO NA OPERAÇÃO •Se a carga estiver elevada e a área tiver que ser evacuada: •Trave a máquina, mesmo com a carga suspensa. •Desligue o motor. •Amarre as cordas em estruturas e nunca em tubulações ou equipamentos. •Siga o Plano de Atendimento a Emergências para sair da área. •Adote as ações de mitigação ambiental no caso de vazamento de óleo dos equipamentos.
  • 52. EQUIPAMENTOS UTILIZADOS ESTES SÃO OS PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS: GUINDASTE MÓVEL SOBRE PNEUS
  • 58. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA É terminantemente proibido passar embaixo das cargas suspensas. O Operador deve acionar a sirene durante a movimentação de cargas para que as pessoas não envolvidas na tarefa se afastem.
  • 59. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA O Operador deve acionar a sirene durante a movimentação de cargas para que as pessoas não envolvidas na tarefa se afastem. É terminantemente proibido passar embaixo das cargas suspensas.
  • 60. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA Nunca posicione as mãos ou parte do corpo sob cargas suspensas. Os ganchos do moitão (papagaio) devem possuir trava de segurança.
  • 61. Não deixe peças soltas sobre a carga pois elas podem cair durante a movimentação. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
  • 62. Os planos de manutenções e lubrificações devem ser mantidos sempre atualizados. Não deixe peças soltas sobre a carga pois elas podem cair durante a movimentação. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
  • 63. A movimentação de carga deve ser feita o mais perto possível do chão. Nunca utilize as mãos diretamente para estabilizar cargas em movimento. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇAPLANEJE BEM A OPERAÇÃO DE MOVIMENTAÇÃO OU IÇAMENTO DE CARGAS, ANTES DE REALIZÁ-LA!

Notas do Editor

  1. Animação automática
  2. Animação automática
  3. Animação automática
  4. Animação automática
  5. Clique para passar ao próximo slide.
  6. Apresente-se e explique a importância da APT e como deve ser preenchida. Clique para prosseguir.
  7. Explique o que é a PTR, como deve ser preenchida e dê exemplos da sua necessidade. Clique para prosseguir.
  8. Reforce a importância que a ODEBRECHT dá à saúde dos seus integrantes. Clique para prosseguir.
  9. Animação automática
  10. Animação automática
  11. Animação automática
  12. Animação automática
  13. Ressalte a importância e a oferta que a ODEBRECHT faz de capacitação e treinamento. Clique para prosseguir.
  14. Destaque a importância da verificação diária de equipamentos e acessórios e explique melhor a função do Rigger. Clique para prosseguir.
  15. Explique a função de cada um dos personagens representados: encarregado, Operador e Rigger. Clique para prosseguir.
  16. Esclareça bem o que é um Plano de Rigging e como se calcula a carga dinâmica. Clique para prosseguir.
  17. Destaque os elementos da sinalização e explique a importância de manter pessoas não envolvidas na tarefa longe da área de movimentação de cargas. Clique para prosseguir.
  18. Pergunte se alguém já enfrentou situações semelhantes e detalhe as medidas de segurança para a situação. Clique para prosseguir.
  19. Destaque a importância dos riscos elétricos em operações de movimentação e içamento de cargas. Clique para prosseguir.
  20. Explique cada uma das situações, esclarecendo dúvidas. Clique para prosseguir.
  21. Reforce a importância de seguir as especificações do setor de engenharia para usos dos dormentes ou calços. Clique para prosseguir.
  22. Animação automática
  23. Animação automática
  24. Explique porque não se usam outros elementos a não ser os calços específicos para suporte de estruturas pesadas. Ninguém quer ser um Zé Gambiarra! Clique para prosseguir.
  25. Animação automática
  26. Animação automática
  27. Animação automática
  28. Animação automática
  29. Animação automática
  30. Animação automática
  31. Ressalte a importância do uso das luvas e explique porque devem ser usados cordas e cabos. Reforce o cuidado com cabos, cordas e estropos. Clique para prosseguir.
  32. Explique o que é e como é calculada a tabela de Carga. Clique para prosseguir.
  33. Descreva bem os sinais usados para comunicação entre o Sinaleiro e o Operador. Clique para prosseguir.
  34. Descreva condições onde a comunicação só pode ser feita por rádio ou telefone. Clique para prosseguir.
  35. Animação automática
  36. Animação automática
  37. Animação automática
  38. Animação automática
  39. Animação automática
  40. Animação automática
  41. Animação automática
  42. Animação automática
  43. Animação automática
  44. Animação automática
  45. Animação automática
  46. Animação automática
  47. Animação automática
  48. Descreva os riscos que podem ocorrer provocados pela falta de atenção durante as manobras. Clique para prosseguir.
  49. Destaque cada um dos itens e apresente o Plano de Atendimento de Emergência do contrato. Escalreça as medidas de mitigação ambiental. Clique para prosseguir.
  50. Descreva as características do equipamento e quando deve ser usado. Clique para prosseguir.
  51. Descreva as características do equipamento e quando deve ser usado. Clique para prosseguir.
  52. Animação automática.
  53. Descreva as características do equipamento e quando deve ser usado. Clique para prosseguir.
  54. Descreva as características do equipamento e quando deve ser usado. Clique para prosseguir.
  55. Descreva cada um dos acessórios e verifique se todos os conhecem e sabem o seu uso. Clique para prosseguir.
  56. Animação automática.
  57. Explique que o acidente com o Zé Gambiarra, se fosse na realidade, seria fatal. Clique para prosseguir.
  58. Destaque, novamente, que se o acidente fosse real, causaria invalidez. Destaque a trava de segurança do moitão. Cliqu para prosseguir.
  59. Animação automática.
  60. Mostre o perigo de peças mal posicionadas e a importância do plano de manutenção. Clique para prosseguir.
  61. Animação automática.