Relacionamento Interpessoal 20h

22.584 visualizações

Publicada em

relacionamento interpessoal
autor: Kalleman Ramos

Publicada em: Educação
1 comentário
15 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Extremamente partidario, não sei se foi aprovado por algum professor, mas devemos nos manter apartidarios em relação aos trabalhos academicos
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.584
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.938
Comentários
1
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relacionamento Interpessoal 20h

  1. 1. Relacionamento Intrapessoal
  2. 2. Relacionamento Interpessoal “A popularidade não dever ser a sua prioridade, mas sim o bem comum”. Bernardinho
  3. 3. O PODER DO SORRISO
  4. 4. - Reconhecer e aceitar as diferenças individuais; - Saber escutar; - Não interromper; - Postura corporal; - Falar o nome das pessoas; - Feedback; - Tom de voz; Ferramentas - Aperto de mão;
  5. 6. Tipos de Comunicação Linguagem Verbal: -  oral: fala -  escrita: letras e símbolos Linguagem Não-verbal: - comunicação visual: olhar - movimentos corporais: postura - expressões faciais: fisionomia
  6. 8. Visão Sistêmica dos Processos
  7. 9. organograma
  8. 10. fluxograma
  9. 11. Fluxograma Sim Não Olhar Aproximação Cantada sucesso Já era
  10. 12. Liderança 9 “ A liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum ” James Hunter
  11. 13. <ul><li>Estilo de lideranças </li></ul><ul><li>Democrática; </li></ul><ul><li>Autocrática; </li></ul><ul><li>Liberal (Laissez-Faire) e; </li></ul><ul><li>Paternalista. </li></ul>
  12. 14. Chamada ainda de liderança participativa ou consultiva, este tipo de liderança é voltado para as pessoas e há participação dos liderados no processo decisório. Democrática
  13. 15. O líder é focado apenas nas tarefas. É chamado de liderança autoritária ou diretiva. O líder toma decisões individuais, desconsiderando a opinião dos liderados. Autocrática
  14. 16. Laissez-faire é a contração da expressão em língua francesa laissez faire, laissez aller, laissez passer, que significa literalmente &quot;deixai fazer, deixai ir, deixai passar&quot;. Neste tipo de liderança as pessoas tem mais liberdade na execução dos seus projetos, indicando possivelmente uma equipe madura, auto-dirigida e que não necessita de supervisão constante. Por outro lado, a Liderança liberal também pode ser indício de uma liderança negligente e fraca, onde o líder deixa passar falhas e erros sem corrigí-los. Liberal (Laisses-faire)
  15. 17. O paternalismo é uma atrofia da Liderança , onde o Líder e sua equipe tem relações interpessoais similares às de pai e filho. A Liderança paternalista pode ser confortável para os liderados e evitar conflitos, mas não é o modelo adequado num relacionamento profissional, pois numa relação paternal, o mais importante para o pai é o filho, incondicionalmente. Já em uma relação profissional, o equilíbrio deve preponderar e os resultados a serem alcançados pela equipe são mais importantes que um indivíduo. . Paternalista
  16. 18. Capacidades do líder - Capacidade de filtrar as informações, separando o que é urgente daquilo que é prioritário, o que é fundamental do que é acessório; - Capacidade de ampliar os próprios conhecimentos de forma continuada; - Capacidade de manter relações interpessoais maduras, em patamares de igualdade, inclusive na relação organização; - Capacidade de agregar mais valor aos produtos e serviços oferecidos pela organização, em todos os níveis, inclusive naqueles relacionados aos procedimentos internos; - Capacidade de adequar-se às diretrizes da instituição, reconhecendo suas políticas, valores, visão. “ Escutar é a habilidade mais difícil de se aprender e a mais importante para se ter.” Lynn Upshaw
  17. 19. Perfil do líder - Entusiasta; - Envolvido; - Humano; - Motivador; - Vontade de aprender; - Visão Estratégica; - Ético; - Fazer a diferença; - Diplomata;
  18. 20. Chaplin
  19. 21. A importância do feedback
  20. 22. Trabalho em Equipe 8 “ Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.” Warren Bennis Autor Norte-Americano.
  21. 23. Trabalho em equipe ou trabalho de equipe é quando um grupo ou uma sociedade resolve criar um esforço coletivo para resolver um problema. O trabalho em equipe pode também ser descrito como um conjunto ou grupo de pessoas que dedicam-se a realizar uma tarefa ou determinado trabalho. O trabalho em equipe possibilita a troca de conhecimento e agilidade no cumprimento de metas e objetivos compartilhados.
  22. 24. O Indivíduo Barreiras Identidade como algo pronto Desvende a sua identidade Como interage com os outros Como fala e o que fala
  23. 25. Os Outros Entender e escutar as pessoas Minimizar receios e medos O que as motiva? Ótima comunicação é fundamental
  24. 26. A interação Trabalhar em grupo ou trabalhar em equipe? “Criar um espírito de equipe que torne o desempenho de um time muito superior a mera soma dos talentos individuais” Bernardinho
  25. 27. Envolvimento ou comprometimento?
  26. 28. Benefícios Otimização dos processos Redução dos stress pela divisão da tarefa Aumento da produtividade Melhor administração do tempo Maior criatividade
  27. 29. Importante lembrarmos A comunicação é a base do trabalho em equipe Deve-se usar constantemente o feedback Compartilhar as informações é fundamental Humildade intelectual Comportamento ético Fazer com que as pessoas se sintam realmente membros da equipe
  28. 30. Motivação A motivação é uma expressão que indica um estado psicológico de disposição ou vontade de perseguir uma meta ou realizar uma tarefa.
  29. 31. A desmotivação pode ser interna ou externa Organização
  30. 32. Motivo Interno
  31. 33. Motivo Externo
  32. 34. Teoria de Maslow
  33. 35. Processos de Mudança ARRISCAR
  34. 37. Zona de Conforto
  35. 39. Harley Davidson
  36. 40. Ética
  37. 41. ÉTICA Conceito: É um conjunto de princípios e disposições cujo objetivos é balizar as ações humanas em sociedade. A palavra Ética é originada do grego ethos , que significa modo de ser, caráter.
  38. 42. ÉTICA Não faça com os outros o que você não gostaria que fizesse com você.
  39. 43. ÉTICA Antiéticos porque todo mundo é.
  40. 44. ÉTICA Ética é muito pessoal, muda de região p/ região e também com o passar do tempo.
  41. 45. ÉTICA Código de ética profissional
  42. 46. ÉTICA É preciso que cada pessoa incorpore esses princípios sendo seu, com atitudes práticas na vida.
  43. 47. Percepção 8
  44. 48. Em psicologia, neurociência e ciências cognitivas, percepção é a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas.
  45. 49. A percepção do mundo é diferente para cada um de nós, cada pessoa percebe um objeto ou uma situação de acordo com os aspectos que têm especial importância para si própria.
  46. 50. FATORES QUE INFLUENCIAM A PERCEPÇÃO O processo de percepção tem início com a atenção que não é mais do que um processo de observação seletiva, ou seja, das observações por nós efetuadas. Este processo faz com que nós percebamos alguns elementos em desfavor de outros.
  47. 51. FATORES EXTERNOS INTENSIDADE - (pois a nossa atenção é particularmente despertada por estímulos que se apresentam com grande intensidade e, é por isso, que as sirenes das ambulâncias possuem um som insistente e alto); CONTRASTE - (a atenção será muito mais despertada quanto mais contraste existir entre os estímulos, tal como acontece com os sinais de trânsito pintados em cores vivas e contrastantes); MOVIMENTO - constitui um elemento principal no despertar da atenção (por exemplo, as crianças e os gatos reagem mais facilmente a brinquedos que se movem do que estando parados); INCONGRUÊNCIA - prestamos muito mais atenção às coisas absurdas e bizarras do que ao que é normal (por exemplo, na praia num dia verão prestamos mais atenção a uma pessoa que apanhe sol usando um cachecol do que a uma pessoa usando um traje de banho normal).
  48. 52. FATORES INTERNOS MOTIVAÇÃO - (prestamos muito mais atenção a tudo que nos motiva e nos dá prazer do que às coisas que não nos interessam); <ul><li>Ex: </li></ul><ul><li>Aula; </li></ul><ul><li>Jogo de Futebol; </li></ul><ul><li>Novela; </li></ul><ul><li>Desenho; </li></ul><ul><li>Programa de culinária; </li></ul>
  49. 53. EXPERIÊNCIA ANTERIOR ou, por outras palavras, a força do hábito faz com que prestemos mais atenção ao que já conhecemos e entendemos;
  50. 54. FENÓMENO SOCIAL que explica que a nossa natureza social faz com que pessoas de contextos sociais diferentes não prestem igual atenção aos mesmos objetos (por exemplo, os livros e os filmes a que se dá mais importância em Portugal não despertam a mesma atenção no Japão).

×