SlideShare uma empresa Scribd logo
RELACIONAMENTO
INTERPESSOAL E EQUIPES
DE TRABALHO
BRUNO C. MORAIS LOPES
EQUIPE DE TRABALHO
 Definida como ação conjunta de um grupo, em que todos agem em prol
da unidade e eficiência do mesmo
 O trabalho de um grupo é eficaz quando os indivíduos conseguem
subordinar seus interesses individuais em detrimento do grupo em si
DIFERENCIANDO CONCEITOS E
FUNCIONAMENTO
 AGRUPAMENTO: AMONTOADO, SEM DIREÇÃO NEM PORQUÊS
 GRUPO: EVOLUÇÃO DO AGRUPAMENTO, TRABALHO CONJUNTO CAPAZ
DE ANALISAR E RESOLVER QUESTÕES
 EQUIPE: TRANSFORMAR UM CONJUNTO DE INDIVÍDUOS COM
CARACTERÍSTICAS E NECESSIDADES DIFERENTES NUMA UNIDADE EFICAZ.
METAS E ENERGIAS SÃO CONVERGIDAS EM UM ÚNICO PROPÓSITO
GRUPO X EQUIPE
GRUPO
 Trabalhar sozinho
 Ênfase nas habilidades técnicas
 Atividades e tarefas estritamente
definidas
 Coordenadores determinam o
trabalho
 Informações restritas ao coordenador
 Recompensa individual
 Assumir riscos é desencorajado
EQUIPE
 Trabalhar juntos
 Ênfase nas habilidades interpessoais
 Tarefas com conhecimento e
habilidade amplas
 Coordenação e equipe agem juntos
 Informações são compartilhadas
 Recompensas individuais e de equipe
 Assumir riscos é encorajado
RELAÇÃO INTERPESSOAL
PARTE, SUBRETUDO, DE UMA
BOA RELAÇÃO CONSIGO
MESMO
SUBJETIVIDADE
 A subjetividade é aquilo que torna o sujeito pessoal, singular, único
 Envolve o mundo de significados, ideias e emoções que são inteiramente
pessoais, mas criadas à partir das relações sociais
SUBJETIVIDADE
 Todo sujeito é um mundo em si mesmo
E VOCÊ, É O QUE?
RECONHECENDO NO OUTRO UM MUNDO DE SIGNIFICADOS
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL
 As relações no trabalho são diferenciadas: não se escolhe com quem ou
para quem trabalhar e independente do tipo de relação é necessário agir
em conjunto
 O ambiente nos obriga o tempo todo a lidar com diferenças de visão,
formação, cultural, comportamental, opiniões...
 Portanto, antes de falar em lidar com o outro, relacionar-se, é importante
pensarmos em nós mesmos, assim as demais relações serão possíveis
PILARES IMPORTANTES NO
PROCESSO DE LIDAR BEM COM
O OUTRO
PARTINDO SEMPRE DE SI
AUTOCONHECIMENTO
 Primordial para gerir os demais relacionamentos
 Conhecer os próprios traços de comportamento e o impacto que isto
pode causar nos outros
 O autoconhecimento minimiza o conflito com outro, pois conheço meus
limites
EMPATIA
 Trata-se de considerar o outro, em suas opiniões, sentimentos e
motivações
 A empatia capacita a enxergar além de si e amplia nossa percepção da
realidade a partir do ponto de vista do outro
ASSERTIVIDADE
 Não basta ser empático, é preciso se expressar nas opiniões, vontades,
dificuldades
 A assertividade é a habilidade que nos permite expressar de forma direta e
clara, mas serena e respeitosamente
CORDIALIDADE
 Ser gentil, solícito e simpático nunca é demais
 Demonstrar considerar pelo outro de diversas formas, seja com um bom
dia ou mesmo um sorriso
 Um dos maiores facilitadores do relacionamento
ÉTICA
 Ter atitudes éticas, que não prejudiquem o outro, não quebrem acordos e
não contrariem aquilo que é considerado justo
 Todo o resto pode existir, mas sem a condução ética não é possível uma
relação equilibrada
ASPECTOS QUE DIZEM
RESPEITO AO
COMPORTAMENTO QUE AFETA
O OUTRO
SITUAÇÕES QUE OCORREM E TORNAM AS RELAÇÕES MAIS DIFÍCEIS
Valorizar pessoas, não coisas ou
cargos
 A empresa trabalha com números, não é incomum tratar as pessoas como
isto
 Por trás de uma função existe um sujeito
 Visão reducionista e objetiva de algo subjetivo
APONTAR ERROS SOMENTE NO
OUTRO
 A perfeição não é virtude, ninguém tem
 Preocupe-se com sua conduta, o outro age como acredita ser correto
 No futuro o erro apontado será o seu
NÃO OUVIR OS COLEGAS
 É importante manter a postura de ser ouvinte, mesmo que daqueles
menos experientes (inclusive são os que mais precisam ser ouvidos)
 Não finja ouvir, dedique tempo para aprender a ser verdadeiro nisto
DEIXAR CONFLITOS PENDENTES
 Conflitos acumulados se agravam, explodem
 Qualquer tipo de animosidade deve ser resolvida, no seu devido tempo
 Não mantenha tensões desnecessárias
MAIOR FLUIDEZ NO TRABALHO
Somados todos os pontos anteriores, é preciso colocar em prática
PAPÉIS
 Cada membro da equipe ocupa um papel importante, em suas funções e
atividades
 Serão esperados comportamentos compatíveis com isto
 Haverão também divergências entre expectativa e papel real, trabalhe para
alinhar isto
 Deixe seu lugar marcado
CONFLITOS
 Haverão, serão constantes, aprenda a lidar com eles
 Surge principalmente quando grupos ou pessoas divergem entre si,
quando não se dispõem a ceder ou ponderar
 Sempre serão discutidas diferenças, até que ambas partes compreendam
seus limites de ação e, antes disto, compreendam os limites do outro
 O conflito rompe com a rotina, desafia ideias fixas e estimula a criatividade
 Por outro lado, sem ponderar sobre isto a equipe se dissolve e se perde na
concretização dos objetivos
EM SUMA
 Lidar com outro, numa relação em só me compete 50% será sempre um
desafio
 Alinhar objetivos e saber limitar ações de ambas as partes trás suas
recompensas
 Manter-se em constante aperfeiçoamento, não só técnico, mas pessoal e
psicológico
 Antes de ser um profissional, preocupe-se em ser uma boa pessoa, terá
mais resultados
GRATO PELA ATENÇÃO!
Bruno C. Morais Lopes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
Fernando Lima
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Andrea Dalforno
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Fabrício Ottoni
 
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitos
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitosRelações interpessoais na organização e gestão de conflitos
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitos
Janaina Becker
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Celso Frederico Lago
 
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em EquipeRelações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Rosangella Bermanelly
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Renata Feol
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
inovaDay .
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
Avanti! Comunicação
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Jamile Coelho
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
MATARANGAS
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
Vinicius Souza
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
Milena Rebouças
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
Alexandre Rivero
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Camilo Almendra
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
Wandick Rocha de Aquino
 
A importância da boa comunicação
A importância da boa comunicaçãoA importância da boa comunicação
A importância da boa comunicação
Projeto Ações Preventivas na Escola
 
EMPATIA ASSERTIVA
EMPATIA ASSERTIVA EMPATIA ASSERTIVA
EMPATIA ASSERTIVA
Daniel de Carvalho Luz
 

Mais procurados (20)

Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitos
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitosRelações interpessoais na organização e gestão de conflitos
Relações interpessoais na organização e gestão de conflitos
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em EquipeRelações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
 
A importância da boa comunicação
A importância da boa comunicaçãoA importância da boa comunicação
A importância da boa comunicação
 
EMPATIA ASSERTIVA
EMPATIA ASSERTIVA EMPATIA ASSERTIVA
EMPATIA ASSERTIVA
 

Destaque

Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
Bruno Morais Lopes
 
Teoria comportamental
Teoria comportamentalTeoria comportamental
Teoria comportamental
Thamires Cavalcanti
 
Aula competencias gerenciais do enfermeiro
Aula   competencias gerenciais do enfermeiroAula   competencias gerenciais do enfermeiro
Aula competencias gerenciais do enfermeiro
mailsonenfermagem
 
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
Daniel de Carvalho Luz
 
Perspectivas centrais na teoria das organizações
Perspectivas centrais na teoria das organizaçõesPerspectivas centrais na teoria das organizações
Perspectivas centrais na teoria das organizações
Fernando Palácios
 
Diferencas individuais
Diferencas individuaisDiferencas individuais
Diferencas individuais
Jose Soares
 
Modulo3
Modulo3Modulo3
Modulo3
carlossono
 
Relações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuaisRelações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuais
Adilson P Motta Motta
 
Relações Interpessoais
Relações InterpessoaisRelações Interpessoais
Relações Interpessoais
Paula Borelli
 
As 4 regras de ouro da negociação
As 4 regras de ouro da negociaçãoAs 4 regras de ouro da negociação
As 4 regras de ouro da negociação
Agendor
 

Destaque (10)

Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Teoria comportamental
Teoria comportamentalTeoria comportamental
Teoria comportamental
 
Aula competencias gerenciais do enfermeiro
Aula   competencias gerenciais do enfermeiroAula   competencias gerenciais do enfermeiro
Aula competencias gerenciais do enfermeiro
 
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
Cultura Organizacional e Inovação - Aula N. 3 de 6
 
Perspectivas centrais na teoria das organizações
Perspectivas centrais na teoria das organizaçõesPerspectivas centrais na teoria das organizações
Perspectivas centrais na teoria das organizações
 
Diferencas individuais
Diferencas individuaisDiferencas individuais
Diferencas individuais
 
Modulo3
Modulo3Modulo3
Modulo3
 
Relações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuaisRelações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuais
 
Relações Interpessoais
Relações InterpessoaisRelações Interpessoais
Relações Interpessoais
 
As 4 regras de ouro da negociação
As 4 regras de ouro da negociaçãoAs 4 regras de ouro da negociação
As 4 regras de ouro da negociação
 

Semelhante a Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho

2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
Beacarol
 
Avaliação job coach
Avaliação job coachAvaliação job coach
Avaliação job coach
Ricardo Costa
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
edumm001
 
Trabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipeTrabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipe
Ligia Coppetti
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Giselli Espindola Boemer
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Leonardo Melo Santos
 
nicolas quebra galho
nicolas quebra galhonicolas quebra galho
nicolas quebra galho
nikiin
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Celso Frederico Lago
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
Celso Stumpo de Oliveira
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
Carmen Pinto
 
Atividade: O Trabalho em Grupo I
Atividade: O Trabalho em Grupo IAtividade: O Trabalho em Grupo I
Atividade: O Trabalho em Grupo I
Andreia Durães
 
Aula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de gruposAula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de grupos
Rudolf Rotchild Costa Cavalcante
 
Rit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoaisRit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoais
Paulo Ramos
 
Rit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoaisRit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoais
Paulo Ramos
 
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptxrelacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
ProfYasminBlanco
 
A corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus RelacionamentosA corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus Relacionamentos
Taila Poliana Becker
 
Trabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptxTrabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptx
ErickOdilon
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Nazareno P. Silva
 
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potxLider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Norberto Tomasini Jr
 
Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita
NorbertoTomasini
 

Semelhante a Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho (20)

2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
 
Avaliação job coach
Avaliação job coachAvaliação job coach
Avaliação job coach
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Trabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipeTrabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
 
nicolas quebra galho
nicolas quebra galhonicolas quebra galho
nicolas quebra galho
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
 
Atividade: O Trabalho em Grupo I
Atividade: O Trabalho em Grupo IAtividade: O Trabalho em Grupo I
Atividade: O Trabalho em Grupo I
 
Aula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de gruposAula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de grupos
 
Rit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoaisRit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoais
 
Rit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoaisRit relaçoes interpessoais
Rit relaçoes interpessoais
 
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptxrelacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
 
A corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus RelacionamentosA corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus Relacionamentos
 
Trabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptxTrabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptx
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
 
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potxLider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
 
Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita
 

Mais de Bruno Morais Lopes

Tabagismo
TabagismoTabagismo
Cidadania na escola
Cidadania na escolaCidadania na escola
Cidadania na escola
Bruno Morais Lopes
 
Bullying
Bullying Bullying
Psicologia e obesidade
Psicologia e obesidadePsicologia e obesidade
Psicologia e obesidade
Bruno Morais Lopes
 
Sexualidade feminina
Sexualidade femininaSexualidade feminina
Sexualidade feminina
Bruno Morais Lopes
 
Drogas e família
Drogas e famíliaDrogas e família
Drogas e família
Bruno Morais Lopes
 
Motivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagemMotivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagem
Bruno Morais Lopes
 

Mais de Bruno Morais Lopes (7)

Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Cidadania na escola
Cidadania na escolaCidadania na escola
Cidadania na escola
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Psicologia e obesidade
Psicologia e obesidadePsicologia e obesidade
Psicologia e obesidade
 
Sexualidade feminina
Sexualidade femininaSexualidade feminina
Sexualidade feminina
 
Drogas e família
Drogas e famíliaDrogas e família
Drogas e família
 
Motivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagemMotivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagem
 

Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho

  • 1. RELACIONAMENTO INTERPESSOAL E EQUIPES DE TRABALHO BRUNO C. MORAIS LOPES
  • 2. EQUIPE DE TRABALHO  Definida como ação conjunta de um grupo, em que todos agem em prol da unidade e eficiência do mesmo  O trabalho de um grupo é eficaz quando os indivíduos conseguem subordinar seus interesses individuais em detrimento do grupo em si
  • 3. DIFERENCIANDO CONCEITOS E FUNCIONAMENTO  AGRUPAMENTO: AMONTOADO, SEM DIREÇÃO NEM PORQUÊS  GRUPO: EVOLUÇÃO DO AGRUPAMENTO, TRABALHO CONJUNTO CAPAZ DE ANALISAR E RESOLVER QUESTÕES  EQUIPE: TRANSFORMAR UM CONJUNTO DE INDIVÍDUOS COM CARACTERÍSTICAS E NECESSIDADES DIFERENTES NUMA UNIDADE EFICAZ. METAS E ENERGIAS SÃO CONVERGIDAS EM UM ÚNICO PROPÓSITO
  • 4. GRUPO X EQUIPE GRUPO  Trabalhar sozinho  Ênfase nas habilidades técnicas  Atividades e tarefas estritamente definidas  Coordenadores determinam o trabalho  Informações restritas ao coordenador  Recompensa individual  Assumir riscos é desencorajado EQUIPE  Trabalhar juntos  Ênfase nas habilidades interpessoais  Tarefas com conhecimento e habilidade amplas  Coordenação e equipe agem juntos  Informações são compartilhadas  Recompensas individuais e de equipe  Assumir riscos é encorajado
  • 5. RELAÇÃO INTERPESSOAL PARTE, SUBRETUDO, DE UMA BOA RELAÇÃO CONSIGO MESMO
  • 6. SUBJETIVIDADE  A subjetividade é aquilo que torna o sujeito pessoal, singular, único  Envolve o mundo de significados, ideias e emoções que são inteiramente pessoais, mas criadas à partir das relações sociais
  • 7. SUBJETIVIDADE  Todo sujeito é um mundo em si mesmo
  • 8. E VOCÊ, É O QUE? RECONHECENDO NO OUTRO UM MUNDO DE SIGNIFICADOS
  • 9. RELACIONAMENTO INTERPESSOAL  As relações no trabalho são diferenciadas: não se escolhe com quem ou para quem trabalhar e independente do tipo de relação é necessário agir em conjunto  O ambiente nos obriga o tempo todo a lidar com diferenças de visão, formação, cultural, comportamental, opiniões...  Portanto, antes de falar em lidar com o outro, relacionar-se, é importante pensarmos em nós mesmos, assim as demais relações serão possíveis
  • 10. PILARES IMPORTANTES NO PROCESSO DE LIDAR BEM COM O OUTRO PARTINDO SEMPRE DE SI
  • 11. AUTOCONHECIMENTO  Primordial para gerir os demais relacionamentos  Conhecer os próprios traços de comportamento e o impacto que isto pode causar nos outros  O autoconhecimento minimiza o conflito com outro, pois conheço meus limites
  • 12. EMPATIA  Trata-se de considerar o outro, em suas opiniões, sentimentos e motivações  A empatia capacita a enxergar além de si e amplia nossa percepção da realidade a partir do ponto de vista do outro
  • 13. ASSERTIVIDADE  Não basta ser empático, é preciso se expressar nas opiniões, vontades, dificuldades  A assertividade é a habilidade que nos permite expressar de forma direta e clara, mas serena e respeitosamente
  • 14. CORDIALIDADE  Ser gentil, solícito e simpático nunca é demais  Demonstrar considerar pelo outro de diversas formas, seja com um bom dia ou mesmo um sorriso  Um dos maiores facilitadores do relacionamento
  • 15. ÉTICA  Ter atitudes éticas, que não prejudiquem o outro, não quebrem acordos e não contrariem aquilo que é considerado justo  Todo o resto pode existir, mas sem a condução ética não é possível uma relação equilibrada
  • 16. ASPECTOS QUE DIZEM RESPEITO AO COMPORTAMENTO QUE AFETA O OUTRO SITUAÇÕES QUE OCORREM E TORNAM AS RELAÇÕES MAIS DIFÍCEIS
  • 17. Valorizar pessoas, não coisas ou cargos  A empresa trabalha com números, não é incomum tratar as pessoas como isto  Por trás de uma função existe um sujeito  Visão reducionista e objetiva de algo subjetivo
  • 18. APONTAR ERROS SOMENTE NO OUTRO  A perfeição não é virtude, ninguém tem  Preocupe-se com sua conduta, o outro age como acredita ser correto  No futuro o erro apontado será o seu
  • 19. NÃO OUVIR OS COLEGAS  É importante manter a postura de ser ouvinte, mesmo que daqueles menos experientes (inclusive são os que mais precisam ser ouvidos)  Não finja ouvir, dedique tempo para aprender a ser verdadeiro nisto
  • 20. DEIXAR CONFLITOS PENDENTES  Conflitos acumulados se agravam, explodem  Qualquer tipo de animosidade deve ser resolvida, no seu devido tempo  Não mantenha tensões desnecessárias
  • 21. MAIOR FLUIDEZ NO TRABALHO Somados todos os pontos anteriores, é preciso colocar em prática
  • 22. PAPÉIS  Cada membro da equipe ocupa um papel importante, em suas funções e atividades  Serão esperados comportamentos compatíveis com isto  Haverão também divergências entre expectativa e papel real, trabalhe para alinhar isto  Deixe seu lugar marcado
  • 23. CONFLITOS  Haverão, serão constantes, aprenda a lidar com eles  Surge principalmente quando grupos ou pessoas divergem entre si, quando não se dispõem a ceder ou ponderar  Sempre serão discutidas diferenças, até que ambas partes compreendam seus limites de ação e, antes disto, compreendam os limites do outro  O conflito rompe com a rotina, desafia ideias fixas e estimula a criatividade  Por outro lado, sem ponderar sobre isto a equipe se dissolve e se perde na concretização dos objetivos
  • 24. EM SUMA  Lidar com outro, numa relação em só me compete 50% será sempre um desafio  Alinhar objetivos e saber limitar ações de ambas as partes trás suas recompensas  Manter-se em constante aperfeiçoamento, não só técnico, mas pessoal e psicológico  Antes de ser um profissional, preocupe-se em ser uma boa pessoa, terá mais resultados
  • 25. GRATO PELA ATENÇÃO! Bruno C. Morais Lopes

Notas do Editor

  1. Introdução ao autoconhecimento
  2. Propor que se pense sobre seu universo de significados, à partir das funções que exerce enquanto sujeito e colaborador
  3. Introduzir aspectos que precisam ser trabalhados em si
  4. Introdução à situações que podem ser evitadas
  5. Introdução à compreensão dos processos no trabalho em si