SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Curso de Psicopedagogia
Níveis de consciência:
   Consciência intransitiva: a realidade a partir de
    explicações mágicas;

   Consciência transitiva ingênua: o indivíduo está
    insatisfeito com a realidade, mas resiste em alterá-
    la, ainda usa explicações mágicas. É a típica opinião
    de massa.

   Consciência transitiva: forma crítica de pensar. O
    indivíduo vê a si próprio em função do mundo e em
    termos de sua dependência histórica e social.
       pág.: 30


                                           3
   É local de conhecimento mútuo para o aluno e
    o professor;
   A    escola   não   é,   ela    está     sendo
    historicamente;
   A escola só pode ser compreendida no
    contexto em que está inserida (sociedade);
   A educação formal vivida na escola é um
    subsistema de um sistema maior;
   uma instituição que existe     num     contexto
    histórico de uma sociedade;
                                     4
   A relação professor-aluno é horizontal.
   A educação deve guiar o processo de superação da
    relação   opressor-oprimido  através   de    uma
    educação problematizadora.
   O professor deve estar engajado numa prática
    transformadora. “Ensinar é transformar”.
   Visa levar o aluno a superação da consciência
    ingênua, até que seja capaz de criticar seu meio.
   O processo educativo       é   um    processo   de
    conscientização.
   É importante que o professor valorize a cultura do
    aluno.
                                          5
   Professor e aluno aprendem conjuntamente;
   Transforma-se o contexto real em contexto
    teórico;
   A busca de um tema gerador, que é codificado,
    visa explicitar o pensamento do homem sobre a
    realidade;
   Utilizam-se situações vivenciais do grupo em forma
    de debate;


    Intervenção do professor: A consciência transitiva
    é desenvolvida quando o professor consegue que seu
    aluno faça uma transposição didática 6do conteúdo
Diante do desafio de educar:

   A culpa pelo fracasso escolar, um jogo onde ora se
    culpa a criança, a família, seguimento social, o
    sistema econômico, político e social. Se a
    aprendizagem      ocorre     num     vínculo    de
    subjetividades, nunca uma única pessoa pode ser
    culpada. “a culpa, o considerar-se culpado, em
    geral está no nível imaginário” (FERNÀNDEZ,
    1994) ela ainda afirma que o contrário da culpa é
    a responsabilidade.
                                                  Pág.: 40




                                        8
O trabalho na instituição escolar apresenta duas
    naturezas:

   O Primeira - voltada para alunos que com
    dificuldades.

    Objetivo: reintegrar e readaptar o aluno à
    situação de sala de aula, respeitando às suas
    necessidades e aos ritmos.

    Meta:    desenvolver   as   funções    cognitivas
    integradas    ao   afetivo,   desbloqueando     e
    canalizando o aluno gradualmente para a
    aprendizagem dos conceitos, conforme os
    objetivos da aprendizagem formal.
                                        9
   O    segunda    -    assessoria   aos
    pedagogos,       orientadores       e
    professores.
       Objetivo: trabalhar as questões
    pertinentes às relações vinculares,
    entre professor e aluno.
     Meta: redefinir os procedimentos
    pedagógicos, integrando o afetivo e o
    cognitivo, por meio da aprendizagem
    dos conceitos, às diferentes áreas do
    conhecimento.               10
   1º nível, diminuir a frequência dos problemas de
    aprendizagem. Questões didático-metodológicas,
    formação e na orientação de professores, e
    aconselhamento aos pais.

   2º nível, diminuir e tratar dos problemas de
    aprendizagem já instalados, procura-se avaliar os
    currículos com os professores para que não se repita
    tais transtornos.

   3º nível, eliminar os transtornos já instalados, em um
    procedimento clínico com todas as suas implicações. O
    caráter preventivo permanece aí, uma vez que, ao
    eliminarmos um transtorno, estamos prevenindo o
    aparecimento de outros.                  11
Segundo João Beauclair,

   Vivenciar Psicopedagogia é um estado de ser e estar
    sempre em formação e em processo de criação.

   Criação de sentidos para nossa própria trajetória enquanto
    aprendentes e ensinantes, enquanto seres viventes na
    complexa gama de relações que estabelecemos com o nosso
    tempo e espaço humano.

   (processos   de    transmissão    e    apropriação   dos
    conhecimentos) o papel essencial do psicopedagogo é o de
    ser mediador em todo esse movimento.


                                               12
   Segundo       Beatriz      Scoz,“(...)     a
    psicopedagogia deve ser direcionada não só
    para os descompassos da aprendizagem,
    mas também para uma melhoria da
    qualidade de ensino nas escolas” (1996,p.8).


   Olívia Porto diz que a psicopedagogia tem
    como objetivo resgatar uma visão mais
    globalizante do processo de aprendizagem e
    dos problemas decorrentes desse processo
    (2006, p.111)

                                         13
   A psicopedagogia Institucional
    propõe analisar a instituição e
    suas relações com uma abordagem
    reflexiva e crítica, buscando
    construir um espaço que contribua
    para a redução do fracasso
    escolar em nosso país.

                                14
   define a aprendizagem como um processo de
    troca mútua entre o meio e o indivíduo, tendo o
    outro como mediador.


   Cabe     ao  professor     instigar   o    sujeito,
    desafiando,     mobilizando,     questionando     e
    utilizando os “erros” de forma construtiva,
    garantindo    assim    uma     reelaboração    das
    hipóteses levantadas, favorecendo a construção
    do conhecimento.
                                         15
   A Psicopedagogia defende que “para que haja
    aprendizagem, intervêm o nível cognitivo e o
    desejante, além do organismo e do corpo”
    Fernández, 1991, p. 74)


   o construtivismo foca a subjetivação, enfatizando
    o interacionismo; acredita no ato de aprender
    como uma interação, fundamentada nas ideias de
    Pichon Riviére e de Vygotsky; defende a
    importância da simbolização no processo de
    aprendizagem baseada nos estudos psicanalíticos,
    além da contribuição de Jung.
                                       16
   É necessário que o psicopedagogo
    tenha um olhar abrangente sobre
    as causas das dificuldades de
    aprendizagem, indo além dos
    problemas biológicos, rompendo
    assim com a visão simplista dos
    problemas de aprendizagem

                               17
   Educação: tem caráter amplo;
   Ciência: explicitada   como    um    produto
    histórico;
   Educação como ato político;
   Conhecimento como transformação contínua;
   Aspecto técnico não é excluído, mas não é
    priorizado.



                                    18
FAGALI,      Eloisa   Quadros.   Psicopedagogia
Institucional Aplicada: A aprendizagem escolar
dinâmica e construção em sala de aula.,
Petrópoles, RJ:Vozes, 2011.



Scoz, Beatriz. Psicopedagogia e Realidade
Escolar: O problema escolar e de aprendizagem.
16ª edição. Petrópoles, RJ: Vozes, 2009.
Curso Psicopedagogia Níveis Consciência

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaVanessa Casaro
 
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteAula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteKelly da Silva
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavaresCÉSAR TAVARES
 
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarO que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarSeduc MT
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogiapsicologiainside
 
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno"
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno" "Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno"
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno" Wagner da Matta
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantillucavao2010
 
Formação Docente Profissional
Formação Docente ProfissionalFormação Docente Profissional
Formação Docente Profissionalprofamiriamnavarro
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Slides rcnei 05052014
Slides rcnei 05052014Slides rcnei 05052014
Slides rcnei 05052014João Alberto
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilVIROUCLIPTAQ
 
Metodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantilMetodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantilMarília Bogéa
 

Mais procurados (20)

Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
 
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteAula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da PsicopedagogiaApresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
 
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarO que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
 
CRECHE
CRECHECRECHE
CRECHE
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno"
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno" "Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno"
"Aspectos psicoafetivos na relação professor-aluno"
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Formação Docente Profissional
Formação Docente ProfissionalFormação Docente Profissional
Formação Docente Profissional
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Slides rcnei 05052014
Slides rcnei 05052014Slides rcnei 05052014
Slides rcnei 05052014
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
 
Metodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantilMetodologia da educação infantil
Metodologia da educação infantil
 
Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem
 

Destaque

Destaque (7)

Slides psicopedagogico
Slides psicopedagogicoSlides psicopedagogico
Slides psicopedagogico
 
Pré-projeto de um Trabalho de Conclusão
Pré-projeto de um Trabalho de ConclusãoPré-projeto de um Trabalho de Conclusão
Pré-projeto de um Trabalho de Conclusão
 
Como Elaborar Projetos Sociais
Como Elaborar Projetos SociaisComo Elaborar Projetos Sociais
Como Elaborar Projetos Sociais
 
Projeto pronto
Projeto prontoProjeto pronto
Projeto pronto
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
 
Meu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara naraMeu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara nara
 

Semelhante a Curso Psicopedagogia Níveis Consciência

1 Artigo Letícia Chaval.docx
1 Artigo Letícia Chaval.docx1 Artigo Letícia Chaval.docx
1 Artigo Letícia Chaval.docxana gomes
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educaçãocleusamoreira
 
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTIL
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTILINTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTIL
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTILcefaprodematupa
 
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoO desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoJucemar Formigoni Candido
 
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.pptvdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.pptBinho36
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educaçãocleusamoreira
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaEdilene Jadao
 
Projeto para o tcc orientação educacional – mediação e intervenção diante ...
Projeto para o tcc   orientação educacional – mediação e  intervenção diante ...Projeto para o tcc   orientação educacional – mediação e  intervenção diante ...
Projeto para o tcc orientação educacional – mediação e intervenção diante ...Psicanalista Santos
 
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educaçãoTeoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educaçãoMilka Mota
 
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introduçãoFundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introduçãoMARACRISTINAFORTUNAD
 
Dicas conhecimentos pedagógicos
Dicas conhecimentos pedagógicosDicas conhecimentos pedagógicos
Dicas conhecimentos pedagógicosAna Magistério
 
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADO
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADOPressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADO
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADOMagno Oliveira
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402maria152302
 

Semelhante a Curso Psicopedagogia Níveis Consciência (20)

A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
1 Artigo Letícia Chaval.docx
1 Artigo Letícia Chaval.docx1 Artigo Letícia Chaval.docx
1 Artigo Letícia Chaval.docx
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
 
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTIL
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTILINTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTIL
INTERDISCIPLINARIDADE LITERÁRIA NA EDUCAÇÂO INFANTIL
 
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoO desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
 
Educação Especial
Educação EspecialEducação Especial
Educação Especial
 
Apostila o psicopedagogo e a educação especial pdf
Apostila o psicopedagogo e a educação especial   pdfApostila o psicopedagogo e a educação especial   pdf
Apostila o psicopedagogo e a educação especial pdf
 
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.pptvdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literária
 
Projeto para o tcc orientação educacional – mediação e intervenção diante ...
Projeto para o tcc   orientação educacional – mediação e  intervenção diante ...Projeto para o tcc   orientação educacional – mediação e  intervenção diante ...
Projeto para o tcc orientação educacional – mediação e intervenção diante ...
 
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educaçãoTeoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
 
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introduçãoFundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
 
Dicas conhecimentos pedagógicos
Dicas conhecimentos pedagógicosDicas conhecimentos pedagógicos
Dicas conhecimentos pedagógicos
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADO
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADOPressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADO
Pressupostos teoricos para o ensino da didatica REMODELADO
 
Tendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdosTendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdos
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
 

Mais de estudosacademicospedag

Diagnóstico institucional slides nº 03
Diagnóstico institucional slides nº 03Diagnóstico institucional slides nº 03
Diagnóstico institucional slides nº 03estudosacademicospedag
 
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01estudosacademicospedag
 
Slide o estágio na história da educação
Slide o estágio na  história da educaçãoSlide o estágio na  história da educação
Slide o estágio na história da educaçãoestudosacademicospedag
 
Slide o estágio na história da educação
Slide o estágio na  história da educaçãoSlide o estágio na  história da educação
Slide o estágio na história da educaçãoestudosacademicospedag
 
Slide automatico-professora mestre e tia
Slide automatico-professora mestre e tiaSlide automatico-professora mestre e tia
Slide automatico-professora mestre e tiaestudosacademicospedag
 
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacao
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacaoSlide psicologia da aprendizagem-posgraduacao
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacaoestudosacademicospedag
 

Mais de estudosacademicospedag (20)

Teste tibetano
Teste tibetanoTeste tibetano
Teste tibetano
 
Para pensar e responder
Para pensar e responderPara pensar e responder
Para pensar e responder
 
Slides nº 02 ok
Slides nº 02 okSlides nº 02 ok
Slides nº 02 ok
 
Slides nº 01 ok
Slides nº 01 okSlides nº 01 ok
Slides nº 01 ok
 
Psicopedagogia hospitalar
Psicopedagogia hospitalarPsicopedagogia hospitalar
Psicopedagogia hospitalar
 
Psicopedagogia hospitalar blog
Psicopedagogia hospitalar blogPsicopedagogia hospitalar blog
Psicopedagogia hospitalar blog
 
Diagnóstico institucional slides nº 03
Diagnóstico institucional slides nº 03Diagnóstico institucional slides nº 03
Diagnóstico institucional slides nº 03
 
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
 
Slide a funçao supervisora
Slide  a funçao supervisoraSlide  a funçao supervisora
Slide a funçao supervisora
 
Slide revoluçao tecnologica
Slide revoluçao tecnologicaSlide revoluçao tecnologica
Slide revoluçao tecnologica
 
Slide revoluçao tecnologica
Slide revoluçao tecnologicaSlide revoluçao tecnologica
Slide revoluçao tecnologica
 
Slide o estágio na história da educação
Slide o estágio na  história da educaçãoSlide o estágio na  história da educação
Slide o estágio na história da educação
 
Slide o estágio na história da educação
Slide o estágio na  história da educaçãoSlide o estágio na  história da educação
Slide o estágio na história da educação
 
Slide orientação educacional
Slide orientação educacionalSlide orientação educacional
Slide orientação educacional
 
Slide automatico-professora mestre e tia
Slide automatico-professora mestre e tiaSlide automatico-professora mestre e tia
Slide automatico-professora mestre e tia
 
Slide prof primaria-mestre ou tia
Slide  prof primaria-mestre ou tiaSlide  prof primaria-mestre ou tia
Slide prof primaria-mestre ou tia
 
Slide pesquisa de campo-atrasos
Slide pesquisa de campo-atrasosSlide pesquisa de campo-atrasos
Slide pesquisa de campo-atrasos
 
Slide matematica-pesquisa de campo
Slide matematica-pesquisa de campoSlide matematica-pesquisa de campo
Slide matematica-pesquisa de campo
 
Slide matematica-pesquisa de campo
Slide matematica-pesquisa de campoSlide matematica-pesquisa de campo
Slide matematica-pesquisa de campo
 
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacao
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacaoSlide psicologia da aprendizagem-posgraduacao
Slide psicologia da aprendizagem-posgraduacao
 

Último

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 

Último (20)

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 

Curso Psicopedagogia Níveis Consciência

  • 2.
  • 3. Níveis de consciência:  Consciência intransitiva: a realidade a partir de explicações mágicas;  Consciência transitiva ingênua: o indivíduo está insatisfeito com a realidade, mas resiste em alterá- la, ainda usa explicações mágicas. É a típica opinião de massa.  Consciência transitiva: forma crítica de pensar. O indivíduo vê a si próprio em função do mundo e em termos de sua dependência histórica e social.  pág.: 30 3
  • 4. É local de conhecimento mútuo para o aluno e o professor;  A escola não é, ela está sendo historicamente;  A escola só pode ser compreendida no contexto em que está inserida (sociedade);  A educação formal vivida na escola é um subsistema de um sistema maior;  uma instituição que existe num contexto histórico de uma sociedade; 4
  • 5. A relação professor-aluno é horizontal.  A educação deve guiar o processo de superação da relação opressor-oprimido através de uma educação problematizadora.  O professor deve estar engajado numa prática transformadora. “Ensinar é transformar”.  Visa levar o aluno a superação da consciência ingênua, até que seja capaz de criticar seu meio.  O processo educativo é um processo de conscientização.  É importante que o professor valorize a cultura do aluno. 5
  • 6. Professor e aluno aprendem conjuntamente;  Transforma-se o contexto real em contexto teórico;  A busca de um tema gerador, que é codificado, visa explicitar o pensamento do homem sobre a realidade;  Utilizam-se situações vivenciais do grupo em forma de debate; Intervenção do professor: A consciência transitiva é desenvolvida quando o professor consegue que seu aluno faça uma transposição didática 6do conteúdo
  • 7.
  • 8. Diante do desafio de educar:  A culpa pelo fracasso escolar, um jogo onde ora se culpa a criança, a família, seguimento social, o sistema econômico, político e social. Se a aprendizagem ocorre num vínculo de subjetividades, nunca uma única pessoa pode ser culpada. “a culpa, o considerar-se culpado, em geral está no nível imaginário” (FERNÀNDEZ, 1994) ela ainda afirma que o contrário da culpa é a responsabilidade. Pág.: 40 8
  • 9. O trabalho na instituição escolar apresenta duas naturezas:  O Primeira - voltada para alunos que com dificuldades. Objetivo: reintegrar e readaptar o aluno à situação de sala de aula, respeitando às suas necessidades e aos ritmos. Meta: desenvolver as funções cognitivas integradas ao afetivo, desbloqueando e canalizando o aluno gradualmente para a aprendizagem dos conceitos, conforme os objetivos da aprendizagem formal. 9
  • 10. O segunda - assessoria aos pedagogos, orientadores e professores. Objetivo: trabalhar as questões pertinentes às relações vinculares, entre professor e aluno. Meta: redefinir os procedimentos pedagógicos, integrando o afetivo e o cognitivo, por meio da aprendizagem dos conceitos, às diferentes áreas do conhecimento. 10
  • 11. 1º nível, diminuir a frequência dos problemas de aprendizagem. Questões didático-metodológicas, formação e na orientação de professores, e aconselhamento aos pais.  2º nível, diminuir e tratar dos problemas de aprendizagem já instalados, procura-se avaliar os currículos com os professores para que não se repita tais transtornos.  3º nível, eliminar os transtornos já instalados, em um procedimento clínico com todas as suas implicações. O caráter preventivo permanece aí, uma vez que, ao eliminarmos um transtorno, estamos prevenindo o aparecimento de outros. 11
  • 12. Segundo João Beauclair,  Vivenciar Psicopedagogia é um estado de ser e estar sempre em formação e em processo de criação.  Criação de sentidos para nossa própria trajetória enquanto aprendentes e ensinantes, enquanto seres viventes na complexa gama de relações que estabelecemos com o nosso tempo e espaço humano.  (processos de transmissão e apropriação dos conhecimentos) o papel essencial do psicopedagogo é o de ser mediador em todo esse movimento. 12
  • 13. Segundo Beatriz Scoz,“(...) a psicopedagogia deve ser direcionada não só para os descompassos da aprendizagem, mas também para uma melhoria da qualidade de ensino nas escolas” (1996,p.8).  Olívia Porto diz que a psicopedagogia tem como objetivo resgatar uma visão mais globalizante do processo de aprendizagem e dos problemas decorrentes desse processo (2006, p.111) 13
  • 14. A psicopedagogia Institucional propõe analisar a instituição e suas relações com uma abordagem reflexiva e crítica, buscando construir um espaço que contribua para a redução do fracasso escolar em nosso país. 14
  • 15. define a aprendizagem como um processo de troca mútua entre o meio e o indivíduo, tendo o outro como mediador.  Cabe ao professor instigar o sujeito, desafiando, mobilizando, questionando e utilizando os “erros” de forma construtiva, garantindo assim uma reelaboração das hipóteses levantadas, favorecendo a construção do conhecimento. 15
  • 16. A Psicopedagogia defende que “para que haja aprendizagem, intervêm o nível cognitivo e o desejante, além do organismo e do corpo” Fernández, 1991, p. 74)  o construtivismo foca a subjetivação, enfatizando o interacionismo; acredita no ato de aprender como uma interação, fundamentada nas ideias de Pichon Riviére e de Vygotsky; defende a importância da simbolização no processo de aprendizagem baseada nos estudos psicanalíticos, além da contribuição de Jung. 16
  • 17. É necessário que o psicopedagogo tenha um olhar abrangente sobre as causas das dificuldades de aprendizagem, indo além dos problemas biológicos, rompendo assim com a visão simplista dos problemas de aprendizagem 17
  • 18. Educação: tem caráter amplo;  Ciência: explicitada como um produto histórico;  Educação como ato político;  Conhecimento como transformação contínua;  Aspecto técnico não é excluído, mas não é priorizado. 18
  • 19. FAGALI, Eloisa Quadros. Psicopedagogia Institucional Aplicada: A aprendizagem escolar dinâmica e construção em sala de aula., Petrópoles, RJ:Vozes, 2011. Scoz, Beatriz. Psicopedagogia e Realidade Escolar: O problema escolar e de aprendizagem. 16ª edição. Petrópoles, RJ: Vozes, 2009.