SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Biografia
• Nasceu no dia 17 de novembro de 1896, em
Orsha- Bielorussia.
• Casou-se aos 28 anos e teve duas filhas.
• Viveu durante a revolução Russa.
• Produziu cerca de 200 trabalhos de psicologia
e 100 sobre arte e literatura.
• formou-se em Direito ela Universidade de
Moscou em 1918. Durante o seu período
acadêmico estudou
simultaneamente Literatura e História na
Universidade Popular de Shanyavskii.
• Formou-se também em Medicina.
• Faleceu no dia 05 de junho de 1934, aos 37
anos, vitima de tuberculose.
• Apesar da vida breve, foi autor de uma obra
muito importante, junto com seus
colaboradores Alexander Luria e Alexei
Leontiev - eles foram responsáveis pela
disseminação dos textos de Vygotsky, muitos
deles destruídos com a ascensão de Stalin ao
Kremlin. Devido à censura soviética, seus
trabalhos ganharam dimensão há pouco
tempo, inclusive dentro da Rússia. No
ocidente, a primeira tradução de um livro seu,
Pensamento e Linguagem, foi lançada em
1962 nos Estados Unidos.
Principais obras de Vygotsky publicadas no Brasil
• “A Formação Social da Mente”.
SP, Martins Fontes, 1999.
• “Psicologia da Arte”. SP, Martins
Fontes, 2001
• “Pensamento e linguagem.” SP,
Martins Fontes, 1987
• ”Psicologia Pedagógica.” Porto
Alegre, ARTMED, 2003
• “Linguagem, desenvolvimento e
aprendizagem.” SP,
Ícone/EDUSP, 1988
Piaget e Vygotsky
• Vygotsky e Piaget avaliaram as forças individuais e
sociais em desenvolvimento. Ambos relacionam social-
individual, mas é Vygotsky que focaliza mais o social,
dando ao social um papel específico no
desenvolvimento.
• Para Piaget, as crianças individuais constroem
conhecimento através de suas próprias ações:
entender é inventar. Para Vigotsky é a compreensão
através do contraste social e origem. Entretanto Piaget
nunca negou o papel da igualdade social na construção
do conhecimento. É possível encontrar em Piaget
afirmações em que a individualidade e o social são
importantes.
Principais conceitos na obra vygotskyana
• Fenômenos psicológicos são sociais;
• A interação social desempenha um papel
fundamental no desenvolvimento da
cognição.
• O potencial para o desenvolvimento
cognitivo é limitado a um determinado
intervalo de tempo que Vygotsky chamou
de "zona de desenvolvimento proximal" e
que depende da interação social plena.
• A gama de habilidades que podem ser
desenvolvidas com a orientação de adultos
ou de colaboração por pares excede o que
pode ser alcançado sozinho.
• O ser humano constitui-se enquanto tal na sua relação com o outro.
• As funções psicológicas têm um suporte biológico, pois são produtos da
atividade humana.
• O funcionamento psicológico fundamenta-se nas relações sociais entre os
indivíduos e o mundo exterior.
• Essas relações são mediadas por sistemas simbólicos.
• O cérebro não é um sistema de funções fixas e imutáveis, mas um sistema
aberto, de grande plasticidade, cuja estrutura e modos de funcionamento
são moldados ao longo da história da espécie e do desenvolvimento
individual; portanto, pode ser moldado pela ação de elementos externos.
Mediação
• Segundo a teoria vygotskiana, toda relação do indivíduo com
o mundo é feita por meio de instrumentos técnicos – como,
por exemplo, as ferramentas agrícolas, que transformam a
natureza – e da linguagem – que traz consigo conceitos
consolidados da cultura à qual pertence o sujeito. Em outras
palavras, para Vygotsky todo o aprendizado é
necessariamente mediado;
• A mediação simbólica é um pressuposto essencial para
explicar o funcionamento das funções mentais superiores
sendo uma característica presente em toda atividade
humana, pois dentro da teoria vygotskiana a relação do
homem com o mundo não é direta e sim mediada através
dos instrumentos e signos, sendo que o primeiro é externo e
o segundo interno.
Ainda sobre mediação...
• Dentro da teoria vygotskiana, através da interação social a criança entrará
em contato com elementos mediadores e também fará uso deles e com
isso surgem os processos mentais. A criança estrutura o seu
conhecimento utilizando-se de diferentes signos (mediadores internos,
ferramentas auxiliares no controle da atividade psicológica), e
instrumentos (mediadores externos, transformação e controle da
natureza), idealizando e problematizando situações para as quais cria
hipóteses que desvenda com criatividade e originalidade e segue
internalizando conhecimentos a cada dia através das relações
estabelecidas dentro de seu meio social.
• Aqueles mediadores simbólicos (sinais, símbolos, fórmulas, textos,
gráficos...) que permitem que o indivíduo organize, reestruture e controle
suas funções ‘naturais' de percepção, de atenção, de memória, de
comunicação, e de resolução de problemas. A apropriação, a
internalização e o uso de ferramentas psicológicas constituem a base da
diferença entre a aprendizagem humana e dos animais.
O papel da brincadeira no desenvolvimento infantil
Algumas implicações da abordagem
Vygotskiana para a Educação
1. A Valorização do papel da escola
2. O bom ensino é aquele que se adianta ao
desenvolvimento
3. O papel do outro na construção do conhecimento
4. O papel da imitação no aprendizado
5. O papel mediador do professor na dinâmica das
interações interpessoais e na interação das crianças
com os objetos de conhecimento
Piaget x Vygotsky
• Piaget afirmou que a mente é
governada através de mecanismos
biológicos. Ele também afirmou que
processos cognitivos são
originalmente egoístas e
antissocial. Eles só são dirigidos a
realidade e ao relacionamento
social depois de 7 a 8 anos de
idade.
Piaget x Vygotsky: pontos de
ruptura e de intersecção teóricos
Vygotsky colocou uma concepção bastante
diferente da criança. Ele afirmou que mecanismos
naturais governam o comportamento da crianças.
Porém, antes de 2 anos de idade, a criança participa
das relações sociais. Mecanismos biológicos operam
durante curto espaço de tempo. Porém, eles são
substituídos rapidamente através de influências
sociais. Assim que infância termine, o indivíduo
começa a participar de relações sociais. Relações
sociais formam o contexto desenvolvente de
crianças e constituem a natureza da criança.
Vygotsky considerou a criança como um indivíduo
social, Piaget considerou como anti-social. Para
Vygotsky, relações sociais constituem a psicologia
da criança desde o começo. Para Piaget, relações
sociais são secundárias à natureza biológica da
criança.
DIFERENÇAS PIAGET VYGOTSKY
Papel dos fatores
internos e externos no
desenvolvimento
Maturação
Biológica
Ambiente
Processo de
Construção do real
Do individual para o
social – é
espontâneo
Do social para o
individual
1o. Interpessoal
2o. Internalizaç.
Papel da
Aprendizagem
1o. Desenv.
2o. Aprend.
1o. Aprendizag.
2o. Desenv.
Papel da
linguagem no
desenvolv.;
relação entre
linguagem e
pensamento
Pensamento
aparece antes da
linguagem
Pensamento e
linguagem são
simultâneos
O desenvolvimento para Vygotsky
• Ele acreditava que o desenvolvimento
era um processo evolutivo e que as
funções psicológicas superiores –
como a atenção, a memória, o
pensamento, por exemplo -, se dava a
partir de um plano interpsicológico de
desenvolvimento (ou seja, através da
interação da criança, no caso, com o
outro). A partir dessa idéia, nasce a
concepção de Zona de
Desenvolvimento Proximal.
O conceito de Zona de desenvolvimento proximal
A Zona de Desenvolvimento
Proximal é tudo o que a criança
pode adquirir em termos
intelectuais quando lhe é dado o
suporte educacional devido
(através de um adulto, criança
mais velha ou com maior
facilidade de aprendizado, etc.),
ou seja, é a diferença entre o que
a criança é capaz de aprender e
fazer sozinha e aquilo que,
embora não consiga realizar
sozinha, e é capaz de aprender e
fazer com a ajuda de uma pessoa
mais experiente.
Zona de desenvolvimento
proximal
Nível de
desenvolvimento atual
Nível
potencial de
desenvolvimento
Capacidade de
solução de
problemas sem
ajuda
Capacidade de
solução de
problemas com
ajuda
Conhecer este processo da criança é
fundamental para diagnosticar os ciclos
completados e os que estão em vias de
formação
Conclusões de seus trabalhos com defectologia
• Distúrbios biológicos que
afetam a transmissão de
informação interferem na
percepção, entretanto a
maioria das pessoas
apresenta processos
biológicos normais, e a
experiência perceptiva é
determinada por
experiência social e
produtos culturais.
Importante lembrar...
Uma frase vygotskyana:
“Na ausência do outro, o homem não se constrói
homem.”
Palavra-chave:
Mediação.
Onde está o foco:
Na interação. É na relação aluno-professor e
aluno-aluno que se produz conhecimento.
Qual é o papel do professor:
Ele atua como mediador entre o aluno, os
conhecimentos que este possui e o mundo.
Como se aprende:
Observando o meio, entrando em contato com o
que já foi descoberto e organizando o
conhecimento junto com os outros (professor e
turma).
Considerações finais
• O ensino, para Vygotsky, deve se
antecipar ao que o aluno ainda não sabe
nem é capaz de aprender sozinho,
porque, na relação entre aprendizado e
desenvolvimento, o primeiro vem antes.
• o aprendizado não se subordina
totalmente ao desenvolvimento das
estruturas intelectuais da criança, mas
um se alimenta do outro, provocando
saltos de nível de conhecimento.
• O socioconstrutivismo ou
sociointeracionismo vygtskyano
surge da ênfase no social uma
oposição teórica em relação ao
biólogo suíço Jean Piaget (1896-
1980), que também se dedicou ao
tema da evolução da capacidade de
aquisição de conhecimento pelo ser
humano e chegou a conclusões que
atribuem bem mais importância aos
processos internos do que aos
interpessoais como fez Vygotsky.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

HENRI WALLON
HENRI WALLONHENRI WALLON
HENRI WALLON
LIMA, Alan Lucas de
 
Wallon - aula de psicologia
Wallon  -  aula de  psicologiaWallon  -  aula de  psicologia
Wallon - aula de psicologia
Fatinha Bretas
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
normaquilino
 

Mais procurados (20)

Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento ProximalVygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
 
Vygotsky e a teoria sociohistórica
Vygotsky e a teoria sociohistóricaVygotsky e a teoria sociohistórica
Vygotsky e a teoria sociohistórica
 
Apresentação jean piaget
Apresentação jean piagetApresentação jean piaget
Apresentação jean piaget
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas
 
Piaget e Vygotsky Convergências e Divergências
Piaget e Vygotsky Convergências e DivergênciasPiaget e Vygotsky Convergências e Divergências
Piaget e Vygotsky Convergências e Divergências
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
Henri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoriaHenri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoria
 
HENRI WALLON
HENRI WALLONHENRI WALLON
HENRI WALLON
 
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
 
A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen bee
 
Wallon - aula de psicologia
Wallon  -  aula de  psicologiaWallon  -  aula de  psicologia
Wallon - aula de psicologia
 
Biografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev VygotskyBiografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev Vygotsky
 
Estágios do desenvolvimento cognitivo segundo jean piaget
Estágios do desenvolvimento cognitivo segundo jean piagetEstágios do desenvolvimento cognitivo segundo jean piaget
Estágios do desenvolvimento cognitivo segundo jean piaget
 
Resumo piaget vygotsky e wallon
Resumo piaget vygotsky e wallonResumo piaget vygotsky e wallon
Resumo piaget vygotsky e wallon
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Fases do desenvolvimento - Piaget
Fases do desenvolvimento -  PiagetFases do desenvolvimento -  Piaget
Fases do desenvolvimento - Piaget
 
Lev Vigotsky e sua Contribuição para educação
Lev Vigotsky e sua Contribuição para educaçãoLev Vigotsky e sua Contribuição para educação
Lev Vigotsky e sua Contribuição para educação
 
As teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humanoAs teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humano
 

Destaque

Destaque (10)

Piaget e vygotsky
Piaget e vygotskyPiaget e vygotsky
Piaget e vygotsky
 
Skinner slides
Skinner   slidesSkinner   slides
Skinner slides
 
Burrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinnerBurrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinner
 
Emancipação e construção do conhecimento
Emancipação e construção do conhecimentoEmancipação e construção do conhecimento
Emancipação e construção do conhecimento
 
AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS - SELO UNICEF 2013 - 2016
AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS -  SELO UNICEF  2013 - 2016AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS -  SELO UNICEF  2013 - 2016
AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS - SELO UNICEF 2013 - 2016
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
Teoria Behaviorista
Teoria BehavioristaTeoria Behaviorista
Teoria Behaviorista
 
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallonDesenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 

Semelhante a Piaget x Vygotsky

Vygotsky e o desenvolvimento humano
Vygotsky e o desenvolvimento humanoVygotsky e o desenvolvimento humano
Vygotsky e o desenvolvimento humano
Caio Grimberg
 
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.pptFATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
CRISTINA380470
 
Vygotsky - Desenvolvimento psicológico
Vygotsky - Desenvolvimento psicológicoVygotsky - Desenvolvimento psicológico
Vygotsky - Desenvolvimento psicológico
Nuap Santana
 
Interacionismo
InteracionismoInteracionismo
Interacionismo
drycaaa
 

Semelhante a Piaget x Vygotsky (20)

Aula sobre Vygotsky - FPE
Aula sobre Vygotsky - FPEAula sobre Vygotsky - FPE
Aula sobre Vygotsky - FPE
 
Vygotski
VygotskiVygotski
Vygotski
 
Vygotsky slides
Vygotsky slidesVygotsky slides
Vygotsky slides
 
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de VygotskyA Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
 
Aula sobre vygotsky
Aula sobre vygotskyAula sobre vygotsky
Aula sobre vygotsky
 
LA TAILLE, Yves et alii. Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em ...
LA TAILLE, Yves et alii. Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em ...LA TAILLE, Yves et alii. Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em ...
LA TAILLE, Yves et alii. Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em ...
 
Lev Vygotsky - DIDÁTICA (AD1).pptx
Lev Vygotsky - DIDÁTICA (AD1).pptxLev Vygotsky - DIDÁTICA (AD1).pptx
Lev Vygotsky - DIDÁTICA (AD1).pptx
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
Biografia de vygotsky
Biografia de vygotskyBiografia de vygotsky
Biografia de vygotsky
 
Vygotsky e o desenvolvimento humano
Vygotsky e o desenvolvimento humanoVygotsky e o desenvolvimento humano
Vygotsky e o desenvolvimento humano
 
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.pptFATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
 
Didática..................................
Didática..................................Didática..................................
Didática..................................
 
Texto resenha psicologia 2
Texto resenha psicologia 2Texto resenha psicologia 2
Texto resenha psicologia 2
 
Teoria De Vygotyski
Teoria De VygotyskiTeoria De Vygotyski
Teoria De Vygotyski
 
SLIDES PSICOLOGIA (1).pptx
SLIDES PSICOLOGIA (1).pptxSLIDES PSICOLOGIA (1).pptx
SLIDES PSICOLOGIA (1).pptx
 
Tarefa 2 meireluce
Tarefa 2 meireluceTarefa 2 meireluce
Tarefa 2 meireluce
 
Aprendizado e desenvolvimento
Aprendizado e desenvolvimentoAprendizado e desenvolvimento
Aprendizado e desenvolvimento
 
Vygotsky - Desenvolvimento psicológico
Vygotsky - Desenvolvimento psicológicoVygotsky - Desenvolvimento psicológico
Vygotsky - Desenvolvimento psicológico
 
A teoria historico cultural de vygotsky
A teoria historico cultural de vygotskyA teoria historico cultural de vygotsky
A teoria historico cultural de vygotsky
 
Interacionismo
InteracionismoInteracionismo
Interacionismo
 

Mais de Elcielle .

A arte do renascimento texto resumido
A arte do renascimento  texto resumidoA arte do renascimento  texto resumido
A arte do renascimento texto resumido
Elcielle .
 
Sólidos apresentaçao
Sólidos apresentaçaoSólidos apresentaçao
Sólidos apresentaçao
Elcielle .
 

Mais de Elcielle . (20)

Propriedades da Potenciação
Propriedades da PotenciaçãoPropriedades da Potenciação
Propriedades da Potenciação
 
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - Fração
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - FraçãoMatemática Básica - Exercícios Corrigidos - Fração
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - Fração
 
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - Equação
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - EquaçãoMatemática Básica - Exercícios Corrigidos - Equação
Matemática Básica - Exercícios Corrigidos - Equação
 
Equação do 1º grau
Equação do 1º grauEquação do 1º grau
Equação do 1º grau
 
Apostila de Projeto de Vida
Apostila de Projeto de VidaApostila de Projeto de Vida
Apostila de Projeto de Vida
 
Operações Fundamentais
Operações FundamentaisOperações Fundamentais
Operações Fundamentais
 
Números Inteiros
Números InteirosNúmeros Inteiros
Números Inteiros
 
Horta Escolar
Horta EscolarHorta Escolar
Horta Escolar
 
A natureza cognitiva dos processos mentais
A natureza cognitiva dos processos mentaisA natureza cognitiva dos processos mentais
A natureza cognitiva dos processos mentais
 
Jogo dos discos - probabilidade
Jogo dos discos - probabilidadeJogo dos discos - probabilidade
Jogo dos discos - probabilidade
 
Análise do Erro
Análise do ErroAnálise do Erro
Análise do Erro
 
Superlogo
SuperlogoSuperlogo
Superlogo
 
Tangram
TangramTangram
Tangram
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
O uso de recursos tecnológicos em são mateus
O uso de recursos tecnológicos em são mateusO uso de recursos tecnológicos em são mateus
O uso de recursos tecnológicos em são mateus
 
Breve História da Ciência Moderna
Breve História da Ciência ModernaBreve História da Ciência Moderna
Breve História da Ciência Moderna
 
Influências de marketing
Influências de marketingInfluências de marketing
Influências de marketing
 
A arte do renascimento texto resumido
A arte do renascimento  texto resumidoA arte do renascimento  texto resumido
A arte do renascimento texto resumido
 
Sólidos apresentaçao
Sólidos apresentaçaoSólidos apresentaçao
Sólidos apresentaçao
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 

Piaget x Vygotsky

  • 1.
  • 2. Biografia • Nasceu no dia 17 de novembro de 1896, em Orsha- Bielorussia. • Casou-se aos 28 anos e teve duas filhas. • Viveu durante a revolução Russa. • Produziu cerca de 200 trabalhos de psicologia e 100 sobre arte e literatura.
  • 3. • formou-se em Direito ela Universidade de Moscou em 1918. Durante o seu período acadêmico estudou simultaneamente Literatura e História na Universidade Popular de Shanyavskii. • Formou-se também em Medicina. • Faleceu no dia 05 de junho de 1934, aos 37 anos, vitima de tuberculose.
  • 4. • Apesar da vida breve, foi autor de uma obra muito importante, junto com seus colaboradores Alexander Luria e Alexei Leontiev - eles foram responsáveis pela disseminação dos textos de Vygotsky, muitos deles destruídos com a ascensão de Stalin ao Kremlin. Devido à censura soviética, seus trabalhos ganharam dimensão há pouco tempo, inclusive dentro da Rússia. No ocidente, a primeira tradução de um livro seu, Pensamento e Linguagem, foi lançada em 1962 nos Estados Unidos.
  • 5. Principais obras de Vygotsky publicadas no Brasil • “A Formação Social da Mente”. SP, Martins Fontes, 1999. • “Psicologia da Arte”. SP, Martins Fontes, 2001 • “Pensamento e linguagem.” SP, Martins Fontes, 1987 • ”Psicologia Pedagógica.” Porto Alegre, ARTMED, 2003 • “Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem.” SP, Ícone/EDUSP, 1988
  • 6. Piaget e Vygotsky • Vygotsky e Piaget avaliaram as forças individuais e sociais em desenvolvimento. Ambos relacionam social- individual, mas é Vygotsky que focaliza mais o social, dando ao social um papel específico no desenvolvimento. • Para Piaget, as crianças individuais constroem conhecimento através de suas próprias ações: entender é inventar. Para Vigotsky é a compreensão através do contraste social e origem. Entretanto Piaget nunca negou o papel da igualdade social na construção do conhecimento. É possível encontrar em Piaget afirmações em que a individualidade e o social são importantes.
  • 7. Principais conceitos na obra vygotskyana • Fenômenos psicológicos são sociais; • A interação social desempenha um papel fundamental no desenvolvimento da cognição. • O potencial para o desenvolvimento cognitivo é limitado a um determinado intervalo de tempo que Vygotsky chamou de "zona de desenvolvimento proximal" e que depende da interação social plena. • A gama de habilidades que podem ser desenvolvidas com a orientação de adultos ou de colaboração por pares excede o que pode ser alcançado sozinho.
  • 8. • O ser humano constitui-se enquanto tal na sua relação com o outro. • As funções psicológicas têm um suporte biológico, pois são produtos da atividade humana. • O funcionamento psicológico fundamenta-se nas relações sociais entre os indivíduos e o mundo exterior. • Essas relações são mediadas por sistemas simbólicos. • O cérebro não é um sistema de funções fixas e imutáveis, mas um sistema aberto, de grande plasticidade, cuja estrutura e modos de funcionamento são moldados ao longo da história da espécie e do desenvolvimento individual; portanto, pode ser moldado pela ação de elementos externos.
  • 9. Mediação • Segundo a teoria vygotskiana, toda relação do indivíduo com o mundo é feita por meio de instrumentos técnicos – como, por exemplo, as ferramentas agrícolas, que transformam a natureza – e da linguagem – que traz consigo conceitos consolidados da cultura à qual pertence o sujeito. Em outras palavras, para Vygotsky todo o aprendizado é necessariamente mediado; • A mediação simbólica é um pressuposto essencial para explicar o funcionamento das funções mentais superiores sendo uma característica presente em toda atividade humana, pois dentro da teoria vygotskiana a relação do homem com o mundo não é direta e sim mediada através dos instrumentos e signos, sendo que o primeiro é externo e o segundo interno.
  • 10. Ainda sobre mediação... • Dentro da teoria vygotskiana, através da interação social a criança entrará em contato com elementos mediadores e também fará uso deles e com isso surgem os processos mentais. A criança estrutura o seu conhecimento utilizando-se de diferentes signos (mediadores internos, ferramentas auxiliares no controle da atividade psicológica), e instrumentos (mediadores externos, transformação e controle da natureza), idealizando e problematizando situações para as quais cria hipóteses que desvenda com criatividade e originalidade e segue internalizando conhecimentos a cada dia através das relações estabelecidas dentro de seu meio social. • Aqueles mediadores simbólicos (sinais, símbolos, fórmulas, textos, gráficos...) que permitem que o indivíduo organize, reestruture e controle suas funções ‘naturais' de percepção, de atenção, de memória, de comunicação, e de resolução de problemas. A apropriação, a internalização e o uso de ferramentas psicológicas constituem a base da diferença entre a aprendizagem humana e dos animais.
  • 11. O papel da brincadeira no desenvolvimento infantil Algumas implicações da abordagem Vygotskiana para a Educação 1. A Valorização do papel da escola 2. O bom ensino é aquele que se adianta ao desenvolvimento 3. O papel do outro na construção do conhecimento 4. O papel da imitação no aprendizado 5. O papel mediador do professor na dinâmica das interações interpessoais e na interação das crianças com os objetos de conhecimento
  • 12. Piaget x Vygotsky • Piaget afirmou que a mente é governada através de mecanismos biológicos. Ele também afirmou que processos cognitivos são originalmente egoístas e antissocial. Eles só são dirigidos a realidade e ao relacionamento social depois de 7 a 8 anos de idade.
  • 13. Piaget x Vygotsky: pontos de ruptura e de intersecção teóricos Vygotsky colocou uma concepção bastante diferente da criança. Ele afirmou que mecanismos naturais governam o comportamento da crianças. Porém, antes de 2 anos de idade, a criança participa das relações sociais. Mecanismos biológicos operam durante curto espaço de tempo. Porém, eles são substituídos rapidamente através de influências sociais. Assim que infância termine, o indivíduo começa a participar de relações sociais. Relações sociais formam o contexto desenvolvente de crianças e constituem a natureza da criança. Vygotsky considerou a criança como um indivíduo social, Piaget considerou como anti-social. Para Vygotsky, relações sociais constituem a psicologia da criança desde o começo. Para Piaget, relações sociais são secundárias à natureza biológica da criança.
  • 14. DIFERENÇAS PIAGET VYGOTSKY Papel dos fatores internos e externos no desenvolvimento Maturação Biológica Ambiente Processo de Construção do real Do individual para o social – é espontâneo Do social para o individual 1o. Interpessoal 2o. Internalizaç. Papel da Aprendizagem 1o. Desenv. 2o. Aprend. 1o. Aprendizag. 2o. Desenv. Papel da linguagem no desenvolv.; relação entre linguagem e pensamento Pensamento aparece antes da linguagem Pensamento e linguagem são simultâneos
  • 15. O desenvolvimento para Vygotsky • Ele acreditava que o desenvolvimento era um processo evolutivo e que as funções psicológicas superiores – como a atenção, a memória, o pensamento, por exemplo -, se dava a partir de um plano interpsicológico de desenvolvimento (ou seja, através da interação da criança, no caso, com o outro). A partir dessa idéia, nasce a concepção de Zona de Desenvolvimento Proximal.
  • 16. O conceito de Zona de desenvolvimento proximal A Zona de Desenvolvimento Proximal é tudo o que a criança pode adquirir em termos intelectuais quando lhe é dado o suporte educacional devido (através de um adulto, criança mais velha ou com maior facilidade de aprendizado, etc.), ou seja, é a diferença entre o que a criança é capaz de aprender e fazer sozinha e aquilo que, embora não consiga realizar sozinha, e é capaz de aprender e fazer com a ajuda de uma pessoa mais experiente.
  • 17. Zona de desenvolvimento proximal Nível de desenvolvimento atual Nível potencial de desenvolvimento Capacidade de solução de problemas sem ajuda Capacidade de solução de problemas com ajuda Conhecer este processo da criança é fundamental para diagnosticar os ciclos completados e os que estão em vias de formação
  • 18.
  • 19. Conclusões de seus trabalhos com defectologia • Distúrbios biológicos que afetam a transmissão de informação interferem na percepção, entretanto a maioria das pessoas apresenta processos biológicos normais, e a experiência perceptiva é determinada por experiência social e produtos culturais.
  • 20. Importante lembrar... Uma frase vygotskyana: “Na ausência do outro, o homem não se constrói homem.” Palavra-chave: Mediação. Onde está o foco: Na interação. É na relação aluno-professor e aluno-aluno que se produz conhecimento. Qual é o papel do professor: Ele atua como mediador entre o aluno, os conhecimentos que este possui e o mundo. Como se aprende: Observando o meio, entrando em contato com o que já foi descoberto e organizando o conhecimento junto com os outros (professor e turma).
  • 21. Considerações finais • O ensino, para Vygotsky, deve se antecipar ao que o aluno ainda não sabe nem é capaz de aprender sozinho, porque, na relação entre aprendizado e desenvolvimento, o primeiro vem antes. • o aprendizado não se subordina totalmente ao desenvolvimento das estruturas intelectuais da criança, mas um se alimenta do outro, provocando saltos de nível de conhecimento.
  • 22. • O socioconstrutivismo ou sociointeracionismo vygtskyano surge da ênfase no social uma oposição teórica em relação ao biólogo suíço Jean Piaget (1896- 1980), que também se dedicou ao tema da evolução da capacidade de aquisição de conhecimento pelo ser humano e chegou a conclusões que atribuem bem mais importância aos processos internos do que aos interpessoais como fez Vygotsky.