SlideShare uma empresa Scribd logo
Tesouro Direto
e tributação dos títulos públicos
Consultor financeiro – Foco micro e pequenas
empresa
• Carlos Eduardo Rocha, gerente
de operações de negócios e
sócio-fundador da Inova Brasil
(Formação em Administração e
Contabilidade, responsável pelo
desenvolvimento de projetos
ligados a Mercado,
Globalização, Estratégia; Gestão
Financeiro; Custos,
Investimentos e Suprimentos).
• Parceria entre Tesouro Nacional e BM&FBovespa
• Títulos públicos de dívida federal
• “Empréstimo” ao Estado
• Renda fixa como alternativa mais segura à renda variável
(ações, quotas, commodities)
Tesouro Direto
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
• Ativos de renda fixa que captam recursos para o
financiamento da dívida pública
• Negociação escritural (sem documento físico)
• Investimento de menor risco da economia
Títulos públicos
• Títulos pré-fixados : rendimento no vencimento do título
(principal + juros)
• Títulos pré-fixados com juros semestrais: a cada seis meses ,
há o recebimento de cupons no valor dos juros recebíveis
(equivalente a 10% a.a do valor investimento na data de
vencimento)
Títulos públicos pré fixados
• Tesouro Selic : taxa de juros vinculada ao Selic
• Tesouro IPCA :
• Tesouro IPCA + Juros semestrais :
• Juros pré-fixados
+
• Juros que variam de acordo com a
taxa de inflação
• Tesouro IPCA +
• Cupons de Juros semestrais
Títulos públicos pós fixados
6
Tesouro Nacional
Sociedade
Investidor
Corretor
Esquema representativo
7
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
BM&FBovespa
Exemplo
Cotação
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Valor presente do fluxo do título descontado pela taxa de juros
ou pelo ágio/deságio
100,00
Taxa = 19 % aa
x0 x1
440 dias úteis
Cotação:
100
1+𝑡𝑎𝑥𝑎
𝐷𝑈
252
Cotação
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Valor presente do fluxo do título descontado pela taxa de juros
ou pelo ágio/deságio
73,8061
100,00
Taxa = 19 % aa
x0 x1
440 dias úteis
Cotação:
100
1+𝑡𝑎𝑥𝑎
𝐷𝑈
252
Cotação
11
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
R$ 102,9563
x0 x3
Taxa = 10,88 % aa
R$ 2,9563 R$ 2,9563
x1 x2
95 DU 223 DU 346DU
Cotação:
𝑅$
1+𝑡𝑎𝑥𝑎
𝐷𝑈
252
Cotação
R$ 102,9563
x0 x3
Taxa = 10,88 % aa
R$ 2,9563 R$ 2,9563
R$ 94,8861
x1 x2
95 DU 223 DU 346DU
Cotação:
102,9563
1+𝑡𝑎𝑥𝑎
346
252
2,9563
1 + 𝑡𝑎𝑥𝑎
223
252
2,9563
1 + 𝑡𝑎𝑥𝑎
95
252
• Taxa de custódia: 0,3% a.a, cobrada semestralmente
• Guarda de títulos e informações de movimentações
• Taxa de administração: cobrada anualmente.
• Primeiro ano: integral
• Demais anos: proporcional
Taxas
13
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
• Seguem a mesma linha de tributação de aplicação de
renda fixa
• O IR incide apenas sobre o total de rendimentos das
aplicações do tesouro direto
• A alíquota de IR é regressiva e varia de acordo com a
duração do investimento
Tributação de títulos públicos
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Até 180 dias
22,5%
Até 360 dias
20,0%
Até 720 dias
17,5%
Acima de 720 dias
15,0%
compra
resgate
Tributação – Imposto de Renda
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Tributação - IOF
16
• Cupom de juros = Fator de juros x VNA do título
• Fator de juros = 1 +
𝑡𝑥 𝑑𝑒 𝑐𝑢𝑝𝑜𝑚 𝑑𝑒 𝑗𝑢𝑟𝑜𝑠
100
0,5
*O VNA da NTN-F é sempre R$ 1.000,00 e os VNA das NTN-B e NTN-C
podem ser consultados no site
• Imposto de Renda = Respectiva Alíquota x cupom de juros
Cálculo do IR – cupom semestral
Exemplo: Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB)
Data de vencimento: 15/08/2026
Data de pagamento do cupom: 18/03/2016
Valor nominal atualizado em 18/03/2016: R$2.762,81
Cupom semestral de juros: 6% a.a.
Fator de juros = 1 +
6
100
6
12
− 1 = 0.029563
Cupom = 0,029563 x R$2.762,81 = 81,67
IR = alíquota x valor do cupom
Cálculo do IR – cupom semestral
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Exemplo: Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB)
Data de vencimento: 15/08/2026
Data de pagamento do cupom: 18/03/2016
Valor nominal atualizado em 18/03/2016: R$2.762,81
Cupom semestral de juros: 6% a.a.
IR = Alíquota x (PU Final – PU Inicial)
Cálculo do IR – principal
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
Instituição Agente
integrado
Aplicação
programada
Taxa Descrição Prazo do
repasse
Rico CTVM Sim Sim 0,10% Anual D+0
Easynvest Sim Sim 0,00% Não cobra D+0
Banco do Brasil Sim Não 0,50% Anual D+0
Itaú Sim Não 0,45%/
0,50%
Depende do plano D+0
XP Investimentos Sim Sim 0,10% Anual D+0
Caixa Não Sim 0,40% Anual D+1
Bradesco Sim Sim 0,50% Anual D+1
Santander CCVM Não Sim 0,40% Anual D+0
Socopa Sim Sim 0,10% Anual D+0
Agora CTVM Sim Sim 0,23% Anual D+0
Taxas das principais instituições financeiras
20
Como investir?
Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
1
CPF e conta corrente
em instituição
financeira
3
Cadastro na instituição
financeira
5
Trocar a senha
2
Escolher agente
de custódia
• Banco
• Corretora
4
E-mail com senha
provisória
6
Compra de títulos
• Programação
• Limites
• Horários
Como investir
• Tesouro Direto – STN. Disponível em: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-
direto. Acesso em: 10 mar. 2016
• Tesouro Direto – Itaú Corretora. Disponível em:
https://www.itaucorretora.com.br/nossosservicos/tesouro-direto.aspx. Acesso em:
12 mar. 2016
• Tesouro Direto – rentabilidade com segurança. Disponível em:
http://www.euqueroinvestir.com/titulos-tesouro-direto-seguranca-rentabilidade/.
Acesso em: 12 mar. 2016
• Dúvidas sobre o Tesouro Direto. Disponível em:
http://www.solidez.com.br/duvidas_tesouro_direto.html. Acesso em: 16 mar. 2016
Bibliografia
23
SEU
LOGO
www.consultoriainovabrasil.weebly.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello
8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello
8ª Conseguro - Bernardo Ferreira CastelloCNseg
 
Lista juros simples
Lista juros simplesLista juros simples
Lista juros simplesLúcio Costa
 
Matematica exercicios capitalizacao simples
Matematica exercicios capitalizacao simplesMatematica exercicios capitalizacao simples
Matematica exercicios capitalizacao simplesgabaritocontabil
 
Jn concursos simulado final cef-2012
Jn concursos   simulado final cef-2012Jn concursos   simulado final cef-2012
Jn concursos simulado final cef-2012profzoom
 
Porcentagem e juros simples e compostos
Porcentagem e juros simples e compostosPorcentagem e juros simples e compostos
Porcentagem e juros simples e compostosEgonDaniel
 
Escriturário Banco do Brasil - Questões de Informática
Escriturário Banco do Brasil - Questões de InformáticaEscriturário Banco do Brasil - Questões de Informática
Escriturário Banco do Brasil - Questões de InformáticaJailma Gomez
 
Juros compostos exercicios
Juros compostos exerciciosJuros compostos exercicios
Juros compostos exerciciosAlfrede Anderson
 
Fundo de desendividamento jose ferrazalves
Fundo de desendividamento jose ferrazalvesFundo de desendividamento jose ferrazalves
Fundo de desendividamento jose ferrazalvesDianova
 
Matematica exercicios capitalizacao composta
Matematica exercicios capitalizacao compostaMatematica exercicios capitalizacao composta
Matematica exercicios capitalizacao compostagabaritocontabil
 
Simulado matemática financeira
Simulado matemática financeiraSimulado matemática financeira
Simulado matemática financeiraFelipe Couto
 
Matemática financeira pronatec aula 2
Matemática financeira pronatec   aula 2Matemática financeira pronatec   aula 2
Matemática financeira pronatec aula 2Augusto Junior
 
Matematica Juros Simples
Matematica Juros SimplesMatematica Juros Simples
Matematica Juros SimplesRASC EAD
 
Questões de concursos públicos passados
Questões de concursos públicos passadosQuestões de concursos públicos passados
Questões de concursos públicos passadosFrancisco27081982
 

Mais procurados (18)

3 - 2014 juros simples
3  - 2014 juros simples3  - 2014 juros simples
3 - 2014 juros simples
 
5 - 2014 juros compostos
5  - 2014 juros compostos5  - 2014 juros compostos
5 - 2014 juros compostos
 
8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello
8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello
8ª Conseguro - Bernardo Ferreira Castello
 
Lista juros simples
Lista juros simplesLista juros simples
Lista juros simples
 
Matematica exercicios capitalizacao simples
Matematica exercicios capitalizacao simplesMatematica exercicios capitalizacao simples
Matematica exercicios capitalizacao simples
 
Prestação de contas- Outubro
Prestação de contas- OutubroPrestação de contas- Outubro
Prestação de contas- Outubro
 
Jn concursos simulado final cef-2012
Jn concursos   simulado final cef-2012Jn concursos   simulado final cef-2012
Jn concursos simulado final cef-2012
 
Porcentagem e juros simples e compostos
Porcentagem e juros simples e compostosPorcentagem e juros simples e compostos
Porcentagem e juros simples e compostos
 
Aula 5
Aula 5Aula 5
Aula 5
 
Escriturário Banco do Brasil - Questões de Informática
Escriturário Banco do Brasil - Questões de InformáticaEscriturário Banco do Brasil - Questões de Informática
Escriturário Banco do Brasil - Questões de Informática
 
Juros compostos exercicios
Juros compostos exerciciosJuros compostos exercicios
Juros compostos exercicios
 
Fundo de desendividamento jose ferrazalves
Fundo de desendividamento jose ferrazalvesFundo de desendividamento jose ferrazalves
Fundo de desendividamento jose ferrazalves
 
Matematica exercicios capitalizacao composta
Matematica exercicios capitalizacao compostaMatematica exercicios capitalizacao composta
Matematica exercicios capitalizacao composta
 
Simulado matemática financeira
Simulado matemática financeiraSimulado matemática financeira
Simulado matemática financeira
 
Matemática financeira pronatec aula 2
Matemática financeira pronatec   aula 2Matemática financeira pronatec   aula 2
Matemática financeira pronatec aula 2
 
Matematica Juros Simples
Matematica Juros SimplesMatematica Juros Simples
Matematica Juros Simples
 
Questões de concursos públicos passados
Questões de concursos públicos passadosQuestões de concursos públicos passados
Questões de concursos públicos passados
 
Juros simples e compostos
Juros simples e compostosJuros simples e compostos
Juros simples e compostos
 

Destaque

4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você
4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você
4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra vocêCarlos Rocha
 
Proposta comercial Consultoria Inova Brasil
Proposta comercial Consultoria Inova BrasilProposta comercial Consultoria Inova Brasil
Proposta comercial Consultoria Inova BrasilCarlos Rocha
 
Carlos visão global
Carlos visão globalCarlos visão global
Carlos visão globalCarlos Rocha
 
Proposta comercial tv lokal
Proposta comercial   tv lokalProposta comercial   tv lokal
Proposta comercial tv lokalRenan Farias
 
Estratégia vencer em meio a crise
Estratégia vencer em meio a criseEstratégia vencer em meio a crise
Estratégia vencer em meio a criseCarlos Rocha
 
Como Investir no Tesouro Direto
Como Investir no Tesouro DiretoComo Investir no Tesouro Direto
Como Investir no Tesouro DiretoRafaelPSilva
 
Estrutura das dem contabeis aula 1
Estrutura das dem contabeis   aula 1Estrutura das dem contabeis   aula 1
Estrutura das dem contabeis aula 1joseesade
 

Destaque (8)

4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você
4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você
4 investimentos-conservadores veja olher investimento pra você
 
Proposta comercial Consultoria Inova Brasil
Proposta comercial Consultoria Inova BrasilProposta comercial Consultoria Inova Brasil
Proposta comercial Consultoria Inova Brasil
 
Carlos visão global
Carlos visão globalCarlos visão global
Carlos visão global
 
Vendas no Tesouro Direto
Vendas no Tesouro DiretoVendas no Tesouro Direto
Vendas no Tesouro Direto
 
Proposta comercial tv lokal
Proposta comercial   tv lokalProposta comercial   tv lokal
Proposta comercial tv lokal
 
Estratégia vencer em meio a crise
Estratégia vencer em meio a criseEstratégia vencer em meio a crise
Estratégia vencer em meio a crise
 
Como Investir no Tesouro Direto
Como Investir no Tesouro DiretoComo Investir no Tesouro Direto
Como Investir no Tesouro Direto
 
Estrutura das dem contabeis aula 1
Estrutura das dem contabeis   aula 1Estrutura das dem contabeis   aula 1
Estrutura das dem contabeis aula 1
 

Semelhante a Tesouro Direto e tributação dos títulos públicos

PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08
PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08
PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08MarianaTakitane1
 
Administração financeira pessoal uso conciênte do dinheiro
Administração financeira pessoal   uso conciênte do dinheiroAdministração financeira pessoal   uso conciênte do dinheiro
Administração financeira pessoal uso conciênte do dinheiroElizabeth Marçola Herrgen
 
Caderno - Matemática Financeira
Caderno - Matemática FinanceiraCaderno - Matemática Financeira
Caderno - Matemática FinanceiraCadernos PPT
 
apresentação unetenet
apresentação unetenetapresentação unetenet
apresentação unetenetMateus Iida
 
Work shop plano de compensação Mister Colibri
Work shop plano de compensação Mister ColibriWork shop plano de compensação Mister Colibri
Work shop plano de compensação Mister Colibrimtasso
 
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.mtasso
 
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora?
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora? Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora?
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora? E-Commerce Brasil
 
Slide Economia 25-11.pptxggggggggggggggggg
Slide Economia 25-11.pptxgggggggggggggggggSlide Economia 25-11.pptxggggggggggggggggg
Slide Economia 25-11.pptxgggggggggggggggggPedroAntinarelli1
 
Tudo o que você sempre quis saber sobre Investimentos
Tudo o que você sempre quis saber sobre InvestimentosTudo o que você sempre quis saber sobre Investimentos
Tudo o que você sempre quis saber sobre InvestimentosYupee
 
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.ppt
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.pptEngenhariaEconômica_Aula1_2023.ppt
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.pptasmrsexual19
 
CREDICOR-SP Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...
CREDICOR-SP  Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...CREDICOR-SP  Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...
CREDICOR-SP Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...madlis
 
Financiamentos matematica hp
Financiamentos matematica hpFinanciamentos matematica hp
Financiamentos matematica hpTony Balbino
 

Semelhante a Tesouro Direto e tributação dos títulos públicos (20)

Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeira
 
PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08
PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08
PITSTOP - Juros e Tesouraria - final 2023-08-08
 
Perícia Judicial: pontos polêmicos da Matemática Financeira
Perícia Judicial: pontos polêmicos da Matemática FinanceiraPerícia Judicial: pontos polêmicos da Matemática Financeira
Perícia Judicial: pontos polêmicos da Matemática Financeira
 
Matematica financeira 01
Matematica financeira 01Matematica financeira 01
Matematica financeira 01
 
Administração financeira pessoal uso conciênte do dinheiro
Administração financeira pessoal   uso conciênte do dinheiroAdministração financeira pessoal   uso conciênte do dinheiro
Administração financeira pessoal uso conciênte do dinheiro
 
Caderno - Matemática Financeira
Caderno - Matemática FinanceiraCaderno - Matemática Financeira
Caderno - Matemática Financeira
 
apresentação unetenet
apresentação unetenetapresentação unetenet
apresentação unetenet
 
Work shop plano de compensação Mister Colibri
Work shop plano de compensação Mister ColibriWork shop plano de compensação Mister Colibri
Work shop plano de compensação Mister Colibri
 
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.
Work shop Cuiaba plano de compensação Mister Colibri.
 
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora?
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora? Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora?
Você cresceu e precisa sair do Simples Nacional. E agora?
 
Slide Economia 25-11.pptxggggggggggggggggg
Slide Economia 25-11.pptxgggggggggggggggggSlide Economia 25-11.pptxggggggggggggggggg
Slide Economia 25-11.pptxggggggggggggggggg
 
Atps cont int final.
Atps cont int final.Atps cont int final.
Atps cont int final.
 
Tudo o que você sempre quis saber sobre Investimentos
Tudo o que você sempre quis saber sobre InvestimentosTudo o que você sempre quis saber sobre Investimentos
Tudo o que você sempre quis saber sobre Investimentos
 
2_Juros Simples
2_Juros Simples2_Juros Simples
2_Juros Simples
 
dpAle
dpAledpAle
dpAle
 
Dp1
Dp1Dp1
Dp1
 
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.ppt
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.pptEngenhariaEconômica_Aula1_2023.ppt
EngenhariaEconômica_Aula1_2023.ppt
 
Ex.juros.simples
Ex.juros.simplesEx.juros.simples
Ex.juros.simples
 
CREDICOR-SP Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...
CREDICOR-SP  Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...CREDICOR-SP  Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...
CREDICOR-SP Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado...
 
Financiamentos matematica hp
Financiamentos matematica hpFinanciamentos matematica hp
Financiamentos matematica hp
 

Mais de Carlos Rocha

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIOPLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIOCarlos Rocha
 
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteBsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteCarlos Rocha
 
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para 2019
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para  2019Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para  2019
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para 2019Carlos Rocha
 
Curso nota fical produtor rural
Curso nota fical   produtor ruralCurso nota fical   produtor rural
Curso nota fical produtor ruralCarlos Rocha
 
Cartilha de retenções na fonte
Cartilha de retenções na fonteCartilha de retenções na fonte
Cartilha de retenções na fonteCarlos Rocha
 
Retenção na fonte
Retenção na fonteRetenção na fonte
Retenção na fonteCarlos Rocha
 
E-Book Grátis Palestra Simples Nacional
E-Book Grátis Palestra Simples NacionalE-Book Grátis Palestra Simples Nacional
E-Book Grátis Palestra Simples NacionalCarlos Rocha
 
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEI
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEIPALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEI
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEICarlos Rocha
 
Qualificação profissional em tempos de crise
Qualificação profissional em tempos de criseQualificação profissional em tempos de crise
Qualificação profissional em tempos de criseCarlos Rocha
 
Controles financeiros inova brasil
Controles financeiros   inova brasilControles financeiros   inova brasil
Controles financeiros inova brasilCarlos Rocha
 
Treinamento de custos
Treinamento de custosTreinamento de custos
Treinamento de custosCarlos Rocha
 
Curso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviçosCurso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviçosCarlos Rocha
 
Motivação para o sucesso
Motivação para o sucessoMotivação para o sucesso
Motivação para o sucessoCarlos Rocha
 
Marketing análise da concorrência
Marketing análise da concorrênciaMarketing análise da concorrência
Marketing análise da concorrênciaCarlos Rocha
 
Workshop direitos tributário
Workshop direitos tributário Workshop direitos tributário
Workshop direitos tributário Carlos Rocha
 
Palestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialPalestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialCarlos Rocha
 
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistas
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistasCandidato acerte no -curriculo e nas entrevistas
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistasCarlos Rocha
 
Fundamentos de marketing
Fundamentos de marketingFundamentos de marketing
Fundamentos de marketingCarlos Rocha
 

Mais de Carlos Rocha (20)

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIOPLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
 
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteBsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
 
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para 2019
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para  2019Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para  2019
Planejamento Tributário - Plano de fiscalização do fisco nacional para 2019
 
Curso nota fical produtor rural
Curso nota fical   produtor ruralCurso nota fical   produtor rural
Curso nota fical produtor rural
 
Cartilha de retenções na fonte
Cartilha de retenções na fonteCartilha de retenções na fonte
Cartilha de retenções na fonte
 
Retenção na fonte
Retenção na fonteRetenção na fonte
Retenção na fonte
 
E-Book Grátis Palestra Simples Nacional
E-Book Grátis Palestra Simples NacionalE-Book Grátis Palestra Simples Nacional
E-Book Grátis Palestra Simples Nacional
 
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEI
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEIPALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEI
PALESTRA SIMPLES NACIONAL E MEI
 
Empreendedorismo
Empreendedorismo Empreendedorismo
Empreendedorismo
 
Qualificação profissional em tempos de crise
Qualificação profissional em tempos de criseQualificação profissional em tempos de crise
Qualificação profissional em tempos de crise
 
Controles financeiros inova brasil
Controles financeiros   inova brasilControles financeiros   inova brasil
Controles financeiros inova brasil
 
Treinamento de custos
Treinamento de custosTreinamento de custos
Treinamento de custos
 
Curso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviçosCurso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviços
 
Motivação para o sucesso
Motivação para o sucessoMotivação para o sucesso
Motivação para o sucesso
 
Marketing análise da concorrência
Marketing análise da concorrênciaMarketing análise da concorrência
Marketing análise da concorrência
 
Workshop direitos tributário
Workshop direitos tributário Workshop direitos tributário
Workshop direitos tributário
 
Palestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialPalestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarial
 
Custos curso
Custos cursoCustos curso
Custos curso
 
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistas
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistasCandidato acerte no -curriculo e nas entrevistas
Candidato acerte no -curriculo e nas entrevistas
 
Fundamentos de marketing
Fundamentos de marketingFundamentos de marketing
Fundamentos de marketing
 

Tesouro Direto e tributação dos títulos públicos

  • 1. Tesouro Direto e tributação dos títulos públicos
  • 2. Consultor financeiro – Foco micro e pequenas empresa • Carlos Eduardo Rocha, gerente de operações de negócios e sócio-fundador da Inova Brasil (Formação em Administração e Contabilidade, responsável pelo desenvolvimento de projetos ligados a Mercado, Globalização, Estratégia; Gestão Financeiro; Custos, Investimentos e Suprimentos).
  • 3. • Parceria entre Tesouro Nacional e BM&FBovespa • Títulos públicos de dívida federal • “Empréstimo” ao Estado • Renda fixa como alternativa mais segura à renda variável (ações, quotas, commodities) Tesouro Direto Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 4. • Ativos de renda fixa que captam recursos para o financiamento da dívida pública • Negociação escritural (sem documento físico) • Investimento de menor risco da economia Títulos públicos
  • 5. • Títulos pré-fixados : rendimento no vencimento do título (principal + juros) • Títulos pré-fixados com juros semestrais: a cada seis meses , há o recebimento de cupons no valor dos juros recebíveis (equivalente a 10% a.a do valor investimento na data de vencimento) Títulos públicos pré fixados
  • 6. • Tesouro Selic : taxa de juros vinculada ao Selic • Tesouro IPCA : • Tesouro IPCA + Juros semestrais : • Juros pré-fixados + • Juros que variam de acordo com a taxa de inflação • Tesouro IPCA + • Cupons de Juros semestrais Títulos públicos pós fixados 6
  • 7. Tesouro Nacional Sociedade Investidor Corretor Esquema representativo 7 Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley BM&FBovespa
  • 9. Cotação Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley Valor presente do fluxo do título descontado pela taxa de juros ou pelo ágio/deságio 100,00 Taxa = 19 % aa x0 x1 440 dias úteis Cotação: 100 1+𝑡𝑎𝑥𝑎 𝐷𝑈 252
  • 10. Cotação Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley Valor presente do fluxo do título descontado pela taxa de juros ou pelo ágio/deságio 73,8061 100,00 Taxa = 19 % aa x0 x1 440 dias úteis Cotação: 100 1+𝑡𝑎𝑥𝑎 𝐷𝑈 252
  • 11. Cotação 11 Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley R$ 102,9563 x0 x3 Taxa = 10,88 % aa R$ 2,9563 R$ 2,9563 x1 x2 95 DU 223 DU 346DU Cotação: 𝑅$ 1+𝑡𝑎𝑥𝑎 𝐷𝑈 252
  • 12. Cotação R$ 102,9563 x0 x3 Taxa = 10,88 % aa R$ 2,9563 R$ 2,9563 R$ 94,8861 x1 x2 95 DU 223 DU 346DU Cotação: 102,9563 1+𝑡𝑎𝑥𝑎 346 252 2,9563 1 + 𝑡𝑎𝑥𝑎 223 252 2,9563 1 + 𝑡𝑎𝑥𝑎 95 252
  • 13. • Taxa de custódia: 0,3% a.a, cobrada semestralmente • Guarda de títulos e informações de movimentações • Taxa de administração: cobrada anualmente. • Primeiro ano: integral • Demais anos: proporcional Taxas 13 Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 14. • Seguem a mesma linha de tributação de aplicação de renda fixa • O IR incide apenas sobre o total de rendimentos das aplicações do tesouro direto • A alíquota de IR é regressiva e varia de acordo com a duração do investimento Tributação de títulos públicos Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 15. Até 180 dias 22,5% Até 360 dias 20,0% Até 720 dias 17,5% Acima de 720 dias 15,0% compra resgate Tributação – Imposto de Renda Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 17. • Cupom de juros = Fator de juros x VNA do título • Fator de juros = 1 + 𝑡𝑥 𝑑𝑒 𝑐𝑢𝑝𝑜𝑚 𝑑𝑒 𝑗𝑢𝑟𝑜𝑠 100 0,5 *O VNA da NTN-F é sempre R$ 1.000,00 e os VNA das NTN-B e NTN-C podem ser consultados no site • Imposto de Renda = Respectiva Alíquota x cupom de juros Cálculo do IR – cupom semestral
  • 18. Exemplo: Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB) Data de vencimento: 15/08/2026 Data de pagamento do cupom: 18/03/2016 Valor nominal atualizado em 18/03/2016: R$2.762,81 Cupom semestral de juros: 6% a.a. Fator de juros = 1 + 6 100 6 12 − 1 = 0.029563 Cupom = 0,029563 x R$2.762,81 = 81,67 IR = alíquota x valor do cupom Cálculo do IR – cupom semestral Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 19. Exemplo: Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB) Data de vencimento: 15/08/2026 Data de pagamento do cupom: 18/03/2016 Valor nominal atualizado em 18/03/2016: R$2.762,81 Cupom semestral de juros: 6% a.a. IR = Alíquota x (PU Final – PU Inicial) Cálculo do IR – principal Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 20. Instituição Agente integrado Aplicação programada Taxa Descrição Prazo do repasse Rico CTVM Sim Sim 0,10% Anual D+0 Easynvest Sim Sim 0,00% Não cobra D+0 Banco do Brasil Sim Não 0,50% Anual D+0 Itaú Sim Não 0,45%/ 0,50% Depende do plano D+0 XP Investimentos Sim Sim 0,10% Anual D+0 Caixa Não Sim 0,40% Anual D+1 Bradesco Sim Sim 0,50% Anual D+1 Santander CCVM Não Sim 0,40% Anual D+0 Socopa Sim Sim 0,10% Anual D+0 Agora CTVM Sim Sim 0,23% Anual D+0 Taxas das principais instituições financeiras 20
  • 21. Como investir? Grupo 2 – Anna, Elisangela, Ingrid, Paolla, Wesley
  • 22. 1 CPF e conta corrente em instituição financeira 3 Cadastro na instituição financeira 5 Trocar a senha 2 Escolher agente de custódia • Banco • Corretora 4 E-mail com senha provisória 6 Compra de títulos • Programação • Limites • Horários Como investir
  • 23. • Tesouro Direto – STN. Disponível em: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro- direto. Acesso em: 10 mar. 2016 • Tesouro Direto – Itaú Corretora. Disponível em: https://www.itaucorretora.com.br/nossosservicos/tesouro-direto.aspx. Acesso em: 12 mar. 2016 • Tesouro Direto – rentabilidade com segurança. Disponível em: http://www.euqueroinvestir.com/titulos-tesouro-direto-seguranca-rentabilidade/. Acesso em: 12 mar. 2016 • Dúvidas sobre o Tesouro Direto. Disponível em: http://www.solidez.com.br/duvidas_tesouro_direto.html. Acesso em: 16 mar. 2016 Bibliografia 23

Notas do Editor

  1. Em resumo: Com aplicações a partir de 30,00 o investidor (pessoa física) "empresta" esse dinheiro, que é aplicado de diversas formas em educação, saúde e infraestrutura, e recebe o que emprestou mais os juros deste. Isso contribui para a diversificação e complementação das alternativas de investimento disponíveis no mercado, ao oferecer títulos com diferentes tipos de rentabilidade e menor risco. Os títulos públicos por serem aplicações de renda fixa, dão a possibilidade de que o retorno possa ser dimensionado no momento do investimento ,diferente da aplicação de renda variável, além do mais de que estes tipos de títulos são 100% assegurados pelo estado (Tesouro Nacional).
  2. Captam recursos para financiar atividades do Governo Federal, como educação, saúde e infraestrutura. São negociados escrituralmente (sem documento físico),garantidos por meio de protocolos e registro no CPF.
  3. O tesouro nacional emite os títulos públicos, a BM&Fbovespa guarda os títulos, mantém o sistema do Tesouro Direto e envia os extratos aos investidores, e o Tesouro Nacional emite os títulos públicos.
  4. Cálculo dos dias úteis é possível no Excel com a função DIATRABALHOTOTAL
  5. Taxa de custódia é automática e sempre a mesma. A de administração varia de acordo com a instituição financeira escolhida, sendo integral no primeiro ano mesmo que seja feita retirada antecipada do dinheiro, e provisionada diariamente nos anos seguintes.
  6. Isenção do IOF ocorre a partir do 30º dia após a data de compra do título.
  7. A instituição financeira será um banco ou corretora. Se for agente integrado, permitirá a compra de títulos públicos diretamente através de seu site. A aplicação programada permite agendar a compra e a venda, além do reinvestimento automático dos juros semestrais dos títulos e o valor a ser pago na data do vencimento.
  8. Programação de compra e reinvestimento de rendimentos e juros Limites: Mínimo de 1% do título que deve ter valor mínimo de R$30,00; É possível apenas comprar múltiplos de 0,01 título; máximo de compra de um milhão de reais por mês, considerando toda a carteira de investimentos. Horários: das 9 horas de um dia até as 5 do dia seguinte; possível comprar durante a totalidade dos dias dos finais de semana e feriados; ocasionais suspensões do tesouro direto quando há instabilidade no mercado, de forma a evitar prejuízos materiais para investidores e para o Tesouro.