SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS SEMINÁRIO SOBRE AVALIAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO  FACULDADE DE EDUCAÇÃO Disciplina: Docência no Ensino Superior Profa. Dra. Alaide Maria Zabloski Baruffi.  Alunas: Ana Paula Moreira de Sousa e Janete  de Melo Nantes 1º Semestre 2010 09/06/2010
OBJETIVOS DO SEMINÁRIO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Desafios da  Educação  Escolar Desafios da Educação Escolar Currículo Aprendizagens Ensino Organização Avaliação
AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento “ Processo de obter informações sobre aspectos relevantes da experiência e das qualidades dos alunos/as para adotar decisões sobre o ambiente de aprendizagem que estimule o  progresso dos alunos/as e incremente a eficácia do professor”  (HARLEN , apud, GIMENO SACRISTÁN e PEREZ GOMES, p.340). “ Um juízo de qualidade sobre dados relevantes para uma tomada de decisão”  (Luckesi, 1995, p.69).
AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento “ É a reflexão transformada em ação. [...] que nos impulsiona a novas reflexões [...] permanente do educador sobre sua realidade, e acompanhamento, passo a passo, do educando, na sua trajetória de construção do conhecimento. Esta ação permite a análise, o conhecimento, o diagnóstico da realidade e daqueles que a fazem”  (HOFFMANN 1992, p.18). AVALIAÇÃO FORMATIVA:   [...]  está.... centrada essencial e imediatamente sobre a gestão das aprendizagens dos alunos (pelo professor e pelos interessados)”  (PERRENOUD, 1999, p. 89).
AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento Tem por finalidade : ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento Tem por finalidade : ,[object Object],[object Object]
Princípios para uma  avaliação com vistas a construção do conhecimento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A AVALIAÇÃO é muito mais que os itens acima..... é PARCERIA.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],AVALIAÇÃO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],AVALIAÇÃO
“  O real não está na saída nem na chegada... Ele se dispõe para a gente é no meio da travessia...”  (Guimarães Rosa) AVALIAÇÃO
Modelos de formação vigente Ensino superior qualitativamente diferenciado simultaneamente regido pela ética da solidariedade entre professores e estudantes (p. 238). Sociedade como palco de velozes mudanças tecnológicas, culturais, políticas e econômicas. Não há tempo para perder tempo com reflexão, com dúvidas epistemológicas. É preciso dar respostas precisas devido ao processo de mudanças aceleradas. AVALIAÇÃO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],AVALIAÇÃO
Experimentar a mudança, sem medo, encarando a avaliação da aprendizagem contemporânea: o mundo mudou, os jovens mudaram. Avaliação da aprendizagem regida pelos princípios pedagógicos da criatividade, da dúvida epistemológica, da autonomia, da criticidade. Inovação nos processos de avaliação em que a apropriação do saber seja usada em favor da busca por melhor qualidade de vida social. AVALIAÇÃO
Valorizam-se:  a) todas as etapas, todo o processo educativo b) a busca, as  indagações, a elaboração de hipóteses e resolução das situações problemas apresentadas.  c) utilização das  as aprendizagens das outras disciplinas  d) fazer relações. e) [...] veículo de comunicação entre o acadêmico e o professor. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
Barton e Collins (1997, p. 2) apontam 7 características essenciais para o desenvolvimento de portifólios: 1) múltiplos recursos que permitem avaliar variedade de evidências; 2) autenticidade, o trabalho dos alunos se articulam ao trabalho em desenvolvimento; 3) dinâmico, constatação do desenvolvimento e as mudanças do aluno ao longo do processo; 4) explicitação de seus propósitos, os alunos conhecem o que se espera deles; PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
5) integração, relação entre as atividades escolares e as experiências de vida; 6) Pertencimento do trabalho ao aluno; 7) Natureza multiproposital, mesmas evidências para avaliar o o trabalho pedagógico assim como a aprendizagem dos alunos. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
Benigna Maria de Freitas Villas Boas “ Práticas avaliativas no contexto do trabalho pedagógico universitário: formação da cidadania crítica” Pedagoga, mestre em Técnicas de Ensino e pós-doutora em Educação. Atualmente é professora da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação da Aprendizagem, atuando em cursos de graduação, mestrado e doutorado. É organizadora do livro Avaliação: políticas e práticas, da editora Papirus. Autora dos livros: Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico (2004) e Virando a escola do avesso por meio da avaliação (2008), ambos da editora Papirus. Coordena o grupo de pesquisa Avaliação e Organização do Trabalho Pedagógico. AVALIAÇÃO
Freitag – importância da escolaridade na formação da cidadania. O trabalho pedagógico na universidade não se exime dessa responsabilidade; O trabalho pedagógico universitário – parceria professor -aluno x processo ensino-aprendizagem. Demo (2000) – professores = profissionais da aprendizagem x mero ensino (mandato pedagógico); Trabalham pela cidadania da sociedade do conhecimento (cidadania crítica); Crítica ao instrucionismo pedagógico (aulas reprodutivas). O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
Demo discorre “ escutar professor, tomar nota e fazer prova indicam, hoje, a falência total do sistema educativo, porque não há nada de educativo nisso.” Aula – todos os alunos aprendendo os mesmos conteúdos ao  mesmo tempo; Sala de aula – espaço e tempo designado às atividades de aprendizagem. O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A AVALIAÇÃO E O TRABALHO PEDAGÓGICO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A AVALIAÇÃO E O TRABALHO PEDAGÓGICO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A AVALIAÇÃO E O TRABALHO PEDAGÓGICO
Portifólio como instrumento de avaliação é mais do que: Uma coleção de trabalhos do aluno; Uma pasta onde se arquivam textos; A seleção dos trabalhos a serem incluídos no portifólio é feita por meio de auto-avaliação crítica e cuidadosa, que envolve o julgamento da qualidade da produção e das estratégias de aprendizagem utilizadas. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
Gardner (1995) o define como um local para colecionar todos os passos percorridos pelo aluno ao longo da trajetória de sua aprendizagem. A coletânea de trabalhos, provas, exercícios, contidos na pasta individual, permite construir, entre outras coisas, o perfil acadêmico do aluno, refletindo o ritmo e a direção de seu crescimento, os temas de seu interesse, suas dificuldades e o potencial a ser desenvolvido. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
Além de sua própria produção acadêmica, o aluno é incentivado a colecionar, no portfólio o registro de suas reflexões e impressões sobre a disciplina ou curso, opiniões, dúvidas, dificuldades, reações aos conteúdos e aos textos indicados, às técnicas de ensino, sentimentos, situações vividas nas relações interpessoais e outros aspectos.  PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  No momento devido, todo esse material colecionado poderá oferecer subsídios para a avaliação do estudante, do professor, dos conteúdos e das metodologias de ensino, assim como para estimar o impacto da disciplina, curso ou programa educacional. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
É o registro da trajetória de sua aprendizagem através da seleção, ordenação dos documentos produzidos (planejamento da disciplina, fichamentos, textos complementares,  fotos, reportagens, etc....) que de algum modo contribuiram com o percurso de sua aprendizagem, as hipóteses que levantou e se os fins que alcançou foram realmente os propostos no início do trabalho). PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
Recomendo, que a cada dia - de aula pelo menos-  seja feito um registro pessoal, pois isso possibilita ao professor e ao acadêmico (eu e você) um retrato dos  passos percorridos na construção das aprendizagens. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
ÉTICA NA AVALIAÇÃO   Pessoa torna-se Ética, ela não nasce ética, isto ocorre devido a sua FORMAÇÃO; Busca do AUTOCONHECIMENTO, AUTOCRESCIMENTO, olhar ao redor a situação que se vive com o “OUTRO ”; Avaliação de aprendizagem, é um ato integrativo, acolhedor, inclusivo, amoroso, garante o processo de APRENDER para quem o faz; Ação pedagógica se faz  para o Mundo e com o Mundo, interferindo e influenciando.
Dados sobre uma pesquisa realizada sobre avaliação da turma de mestrado de Entomologia de 2006 junto aos alunos de Ciências Biológicas da UFGD  na disciplina Didática e Metodologia do ensino superior ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação mediadora jussara hoffman
Avaliação mediadora   jussara hoffmanAvaliação mediadora   jussara hoffman
Avaliação mediadora jussara hoffman
Nano Mado
 
Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2
SimoneHelenDrumond
 
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmannAvaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Docência "in loco"
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Jocéia Nunes Mata
 
Didática geral aula 1
Didática geral aula 1Didática geral aula 1
Didática geral aula 1
Fernanda Câmara
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
Lilian Moreira
 
Avaliação na educação
Avaliação na educaçãoAvaliação na educação
Avaliação na educação
Labted UEL
 
Ser professor no século xxi
Ser professor no século xxiSer professor no século xxi
Ser professor no século xxi
Vera Lúcia Casteleins
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Cleyton Carvalho
 
Avaliar Para Promover
Avaliar Para PromoverAvaliar Para Promover
Avaliar Para Promover
Meri RochaLeite
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
Vyeyra Santos
 
Relação entre avaliação formativa e somativa
Relação entre avaliação formativa e somativaRelação entre avaliação formativa e somativa
Relação entre avaliação formativa e somativa
Alessandra Vieira da Silva
 
Avaliação institucional
Avaliação institucionalAvaliação institucional
Avaliação institucional
Rosemary Batista
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
Ivanylde Santos
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Soares Junior
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
Magda Marques
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
Gisele Lopes
 
Avaliação: tipos e funções
Avaliação: tipos e funçõesAvaliação: tipos e funções
Avaliação: tipos e funções
Kogen Gouveia
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
Kajdy Ejdy
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
Joao Balbi
 

Mais procurados (20)

Avaliação mediadora jussara hoffman
Avaliação mediadora   jussara hoffmanAvaliação mediadora   jussara hoffman
Avaliação mediadora jussara hoffman
 
Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2
 
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmannAvaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Didática geral aula 1
Didática geral aula 1Didática geral aula 1
Didática geral aula 1
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
 
Avaliação na educação
Avaliação na educaçãoAvaliação na educação
Avaliação na educação
 
Ser professor no século xxi
Ser professor no século xxiSer professor no século xxi
Ser professor no século xxi
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Avaliar Para Promover
Avaliar Para PromoverAvaliar Para Promover
Avaliar Para Promover
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
 
Relação entre avaliação formativa e somativa
Relação entre avaliação formativa e somativaRelação entre avaliação formativa e somativa
Relação entre avaliação formativa e somativa
 
Avaliação institucional
Avaliação institucionalAvaliação institucional
Avaliação institucional
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
 
Avaliação: tipos e funções
Avaliação: tipos e funçõesAvaliação: tipos e funções
Avaliação: tipos e funções
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 

Destaque

INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Edlauva Santos
 
O povo em manifest oss
O povo em manifest ossO povo em manifest oss
O povo em manifest oss
Vinícius Silva
 
El juego proyecto fin..
El juego proyecto fin..El juego proyecto fin..
El juego proyecto fin..
maria tenemaza
 
Apresentação mono colóquio camilla
Apresentação mono colóquio camillaApresentação mono colóquio camilla
Apresentação mono colóquio camilla
Eliane Oliveira
 
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
Ana Marilin
 
Mapa conceptual
Mapa conceptualMapa conceptual
Mapa conceptual
WWW.BLOGGER.COM
 
07 avaliação no ensino superior
07  avaliação no ensino superior07  avaliação no ensino superior
07 avaliação no ensino superior
Joao Balbi
 
Zabala
ZabalaZabala
Zabala
Maria Maria
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
Eliane Oliveira
 
Docência do ensino superior
Docência do ensino superiorDocência do ensino superior
Docência do ensino superior
Suênya Mourão
 
Avaliação 3
Avaliação 3Avaliação 3
Avaliação 3
guimaraesricard
 
Avaliação no Ensino Superior
Avaliação no Ensino SuperiorAvaliação no Ensino Superior
Avaliação no Ensino Superior
alicemm26
 
Especialização tecnologias do passado, do presente e do futuro
Especialização   tecnologias do passado, do presente e do futuroEspecialização   tecnologias do passado, do presente e do futuro
Especialização tecnologias do passado, do presente e do futuro
Eliane Oliveira
 
Engenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
Engenharia Empresarial em Contextos de IncertezaEngenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
Engenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
Antonio Dias de Figueiredo
 
Sistemas de Informação Universidade e Conhecimento
Sistemas de Informação Universidade e ConhecimentoSistemas de Informação Universidade e Conhecimento
Sistemas de Informação Universidade e Conhecimento
Antonio Dias de Figueiredo
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
Elaine Carvalho
 
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia DinizAvaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
ludiniz12
 
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e SugestõesDocencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
Angelo Guimaraes
 
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino SuperiorTeorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
MartaPannocchia
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
Instituto Consciência GO
 

Destaque (20)

INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
O povo em manifest oss
O povo em manifest ossO povo em manifest oss
O povo em manifest oss
 
El juego proyecto fin..
El juego proyecto fin..El juego proyecto fin..
El juego proyecto fin..
 
Apresentação mono colóquio camilla
Apresentação mono colóquio camillaApresentação mono colóquio camilla
Apresentação mono colóquio camilla
 
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
Síntese sobre o Processo Avaliativo no Ensino Superior - PUCRS 2015
 
Mapa conceptual
Mapa conceptualMapa conceptual
Mapa conceptual
 
07 avaliação no ensino superior
07  avaliação no ensino superior07  avaliação no ensino superior
07 avaliação no ensino superior
 
Zabala
ZabalaZabala
Zabala
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Docência do ensino superior
Docência do ensino superiorDocência do ensino superior
Docência do ensino superior
 
Avaliação 3
Avaliação 3Avaliação 3
Avaliação 3
 
Avaliação no Ensino Superior
Avaliação no Ensino SuperiorAvaliação no Ensino Superior
Avaliação no Ensino Superior
 
Especialização tecnologias do passado, do presente e do futuro
Especialização   tecnologias do passado, do presente e do futuroEspecialização   tecnologias do passado, do presente e do futuro
Especialização tecnologias do passado, do presente e do futuro
 
Engenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
Engenharia Empresarial em Contextos de IncertezaEngenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
Engenharia Empresarial em Contextos de Incerteza
 
Sistemas de Informação Universidade e Conhecimento
Sistemas de Informação Universidade e ConhecimentoSistemas de Informação Universidade e Conhecimento
Sistemas de Informação Universidade e Conhecimento
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia DinizAvaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
Avaliação no Ensino Superior - um novo foco de Lucia Diniz
 
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e SugestõesDocencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
Docencia no Ensino Superior: Dificuldads e Sugestões
 
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino SuperiorTeorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
 

Semelhante a Seminário sobre Avaliação - UFGD - 2010

OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino MédioOT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
Claudia Elisabete Silva
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
aninhaw2
 
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
Marily Oliveira
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Valquiria1003
 
Slide SemináRio
Slide  SemináRioSlide  SemináRio
Slide SemináRio
Luanalu
 
Ivanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especializaçãoIvanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especialização
ivanildopontinha
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
apaulinha_ramos
 
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃOAVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
jpsales
 
Apresentação para slideshare
Apresentação para slideshareApresentação para slideshare
Apresentação para slideshare
neiva valadares
 
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
Docência "in loco"
 
Avaliação aprendizagem autoria
Avaliação aprendizagem autoriaAvaliação aprendizagem autoria
Avaliação aprendizagem autoria
Vanessa Basso
 
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
Ribeiro DE Sousa
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
Franciele Taveira
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
lucavao2010
 
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
Ivanylde Santos
 
Repensando a avaliação
Repensando a avaliaçãoRepensando a avaliação
Repensando a avaliação
Edson Mamprin
 
Módulo xi texto 2
Módulo xi   texto 2Módulo xi   texto 2
Módulo xi texto 2
♥Marcinhatinelli♥
 
Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2
Mariana Correia
 
Jussara_Hoffmann
Jussara_HoffmannJussara_Hoffmann
Jussara_Hoffmann
Andrea Mariano
 
A avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagemA avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagem
Roberto Costa
 

Semelhante a Seminário sobre Avaliação - UFGD - 2010 (20)

OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino MédioOT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
 
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
Projeto de extensão Sextas Inclusivas UFAL ano 2016 mês de fevereiro - AVALIA...
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
 
Slide SemináRio
Slide  SemináRioSlide  SemináRio
Slide SemináRio
 
Ivanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especializaçãoIvanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especialização
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃOAVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES: RESULTADOS DE PESQUISA-AÇÃO
 
Apresentação para slideshare
Apresentação para slideshareApresentação para slideshare
Apresentação para slideshare
 
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
Avaliarparapromover 090902173845-phpapp02
 
Avaliação aprendizagem autoria
Avaliação aprendizagem autoriaAvaliação aprendizagem autoria
Avaliação aprendizagem autoria
 
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho Jussara Hoffman
 
Repensando a avaliação
Repensando a avaliaçãoRepensando a avaliação
Repensando a avaliação
 
Módulo xi texto 2
Módulo xi   texto 2Módulo xi   texto 2
Módulo xi texto 2
 
Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2
 
Jussara_Hoffmann
Jussara_HoffmannJussara_Hoffmann
Jussara_Hoffmann
 
A avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagemA avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagem
 

Mais de Paulinha2011

Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversosDesafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
Paulinha2011
 
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
Paulinha2011
 
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
Paulinha2011
 
ECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
ECA - Estatuto da Crianca e do AdolescenteECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
ECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
Paulinha2011
 
A gestão escolar nas políticas educacionais
A gestão escolar nas políticas educacionaisA gestão escolar nas políticas educacionais
A gestão escolar nas políticas educacionais
Paulinha2011
 
Normatização do projeto político pedagógico
Normatização do projeto político pedagógicoNormatização do projeto político pedagógico
Normatização do projeto político pedagógico
Paulinha2011
 
Marilia Fonseca - Políticas públicas
Marilia Fonseca - Políticas públicasMarilia Fonseca - Políticas públicas
Marilia Fonseca - Políticas públicas
Paulinha2011
 
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacionalJalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
Paulinha2011
 
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
Paulinha2011
 
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de GreenfieldJalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
Paulinha2011
 
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
Paulinha2011
 
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola públicaAlmeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
Paulinha2011
 
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
Paulinha2011
 
Shimamoto - Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
Shimamoto -  Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...Shimamoto -  Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
Shimamoto - Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
Paulinha2011
 
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestaçãoShimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
Paulinha2011
 
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
Paulinha2011
 
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
Paulinha2011
 
Peroni - A democratização da educação
Peroni - A democratização da educaçãoPeroni - A democratização da educação
Peroni - A democratização da educação
Paulinha2011
 
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógico
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógicoMarilia Fonseca - O projeto político pedagógico
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógico
Paulinha2011
 
Sobre Positivismo - Auguste Comte
Sobre Positivismo - Auguste ComteSobre Positivismo - Auguste Comte
Sobre Positivismo - Auguste Comte
Paulinha2011
 

Mais de Paulinha2011 (20)

Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversosDesafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
Desafios à gestão da alfabetização em contextos escolares adversos
 
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
Política curricular da rede municipal de ensino de Dourados-MS no período de ...
 
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
Desafios à gestão escolar frente a ampliação do ensino fundamental em Dourado...
 
ECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
ECA - Estatuto da Crianca e do AdolescenteECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
ECA - Estatuto da Crianca e do Adolescente
 
A gestão escolar nas políticas educacionais
A gestão escolar nas políticas educacionaisA gestão escolar nas políticas educacionais
A gestão escolar nas políticas educacionais
 
Normatização do projeto político pedagógico
Normatização do projeto político pedagógicoNormatização do projeto político pedagógico
Normatização do projeto político pedagógico
 
Marilia Fonseca - Políticas públicas
Marilia Fonseca - Políticas públicasMarilia Fonseca - Políticas públicas
Marilia Fonseca - Políticas públicas
 
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacionalJalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
Jalali - Introdução e parte I - O positivismo na administração educacional
 
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
Jalali - Parte II - Crítica aos fundamentos e à teoria postivista da administ...
 
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de GreenfieldJalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
Jalali - Parte III e considerações finais - O pensamento de Greenfield
 
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
Almeida - Cap I - As concepções de administração escolar - a crítica a concep...
 
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola públicaAlmeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
Almeida - Cap II - A seleção dos diretores da escola pública
 
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
Almeida - Cap III e considerações finais - Anos 90 a 2001
 
Shimamoto - Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
Shimamoto -  Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...Shimamoto -  Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
Shimamoto - Introdução e Cap I - Gestão escolar democrática - para além da l...
 
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestaçãoShimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
Shimamoto - Cap II - Gestão escolar democrática - espaço de contestação
 
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
Shimamoto - Cap III e considerações finais - Forma e conteúdo - componentes d...
 
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
Lima, Aranda e Lima - Estado, políticas educacionais e gestão democrática da ...
 
Peroni - A democratização da educação
Peroni - A democratização da educaçãoPeroni - A democratização da educação
Peroni - A democratização da educação
 
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógico
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógicoMarilia Fonseca - O projeto político pedagógico
Marilia Fonseca - O projeto político pedagógico
 
Sobre Positivismo - Auguste Comte
Sobre Positivismo - Auguste ComteSobre Positivismo - Auguste Comte
Sobre Positivismo - Auguste Comte
 

Último

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 

Último (20)

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 

Seminário sobre Avaliação - UFGD - 2010

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS SEMINÁRIO SOBRE AVALIAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Disciplina: Docência no Ensino Superior Profa. Dra. Alaide Maria Zabloski Baruffi. Alunas: Ana Paula Moreira de Sousa e Janete de Melo Nantes 1º Semestre 2010 09/06/2010
  • 2.
  • 3. Desafios da Educação Escolar Desafios da Educação Escolar Currículo Aprendizagens Ensino Organização Avaliação
  • 4. AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento “ Processo de obter informações sobre aspectos relevantes da experiência e das qualidades dos alunos/as para adotar decisões sobre o ambiente de aprendizagem que estimule o progresso dos alunos/as e incremente a eficácia do professor” (HARLEN , apud, GIMENO SACRISTÁN e PEREZ GOMES, p.340). “ Um juízo de qualidade sobre dados relevantes para uma tomada de decisão” (Luckesi, 1995, p.69).
  • 5. AVALIAÇÃO: na perspectiva da construção do conhecimento “ É a reflexão transformada em ação. [...] que nos impulsiona a novas reflexões [...] permanente do educador sobre sua realidade, e acompanhamento, passo a passo, do educando, na sua trajetória de construção do conhecimento. Esta ação permite a análise, o conhecimento, o diagnóstico da realidade e daqueles que a fazem” (HOFFMANN 1992, p.18). AVALIAÇÃO FORMATIVA: [...] está.... centrada essencial e imediatamente sobre a gestão das aprendizagens dos alunos (pelo professor e pelos interessados)” (PERRENOUD, 1999, p. 89).
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. “ O real não está na saída nem na chegada... Ele se dispõe para a gente é no meio da travessia...” (Guimarães Rosa) AVALIAÇÃO
  • 12. Modelos de formação vigente Ensino superior qualitativamente diferenciado simultaneamente regido pela ética da solidariedade entre professores e estudantes (p. 238). Sociedade como palco de velozes mudanças tecnológicas, culturais, políticas e econômicas. Não há tempo para perder tempo com reflexão, com dúvidas epistemológicas. É preciso dar respostas precisas devido ao processo de mudanças aceleradas. AVALIAÇÃO
  • 13.
  • 14. Experimentar a mudança, sem medo, encarando a avaliação da aprendizagem contemporânea: o mundo mudou, os jovens mudaram. Avaliação da aprendizagem regida pelos princípios pedagógicos da criatividade, da dúvida epistemológica, da autonomia, da criticidade. Inovação nos processos de avaliação em que a apropriação do saber seja usada em favor da busca por melhor qualidade de vida social. AVALIAÇÃO
  • 15. Valorizam-se: a) todas as etapas, todo o processo educativo b) a busca, as indagações, a elaboração de hipóteses e resolução das situações problemas apresentadas. c) utilização das as aprendizagens das outras disciplinas d) fazer relações. e) [...] veículo de comunicação entre o acadêmico e o professor. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 16. Barton e Collins (1997, p. 2) apontam 7 características essenciais para o desenvolvimento de portifólios: 1) múltiplos recursos que permitem avaliar variedade de evidências; 2) autenticidade, o trabalho dos alunos se articulam ao trabalho em desenvolvimento; 3) dinâmico, constatação do desenvolvimento e as mudanças do aluno ao longo do processo; 4) explicitação de seus propósitos, os alunos conhecem o que se espera deles; PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 17. 5) integração, relação entre as atividades escolares e as experiências de vida; 6) Pertencimento do trabalho ao aluno; 7) Natureza multiproposital, mesmas evidências para avaliar o o trabalho pedagógico assim como a aprendizagem dos alunos. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 18. Benigna Maria de Freitas Villas Boas “ Práticas avaliativas no contexto do trabalho pedagógico universitário: formação da cidadania crítica” Pedagoga, mestre em Técnicas de Ensino e pós-doutora em Educação. Atualmente é professora da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação da Aprendizagem, atuando em cursos de graduação, mestrado e doutorado. É organizadora do livro Avaliação: políticas e práticas, da editora Papirus. Autora dos livros: Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico (2004) e Virando a escola do avesso por meio da avaliação (2008), ambos da editora Papirus. Coordena o grupo de pesquisa Avaliação e Organização do Trabalho Pedagógico. AVALIAÇÃO
  • 19. Freitag – importância da escolaridade na formação da cidadania. O trabalho pedagógico na universidade não se exime dessa responsabilidade; O trabalho pedagógico universitário – parceria professor -aluno x processo ensino-aprendizagem. Demo (2000) – professores = profissionais da aprendizagem x mero ensino (mandato pedagógico); Trabalham pela cidadania da sociedade do conhecimento (cidadania crítica); Crítica ao instrucionismo pedagógico (aulas reprodutivas). O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
  • 20. Demo discorre “ escutar professor, tomar nota e fazer prova indicam, hoje, a falência total do sistema educativo, porque não há nada de educativo nisso.” Aula – todos os alunos aprendendo os mesmos conteúdos ao mesmo tempo; Sala de aula – espaço e tempo designado às atividades de aprendizagem. O TRABALHO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. Portifólio como instrumento de avaliação é mais do que: Uma coleção de trabalhos do aluno; Uma pasta onde se arquivam textos; A seleção dos trabalhos a serem incluídos no portifólio é feita por meio de auto-avaliação crítica e cuidadosa, que envolve o julgamento da qualidade da produção e das estratégias de aprendizagem utilizadas. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 28. Gardner (1995) o define como um local para colecionar todos os passos percorridos pelo aluno ao longo da trajetória de sua aprendizagem. A coletânea de trabalhos, provas, exercícios, contidos na pasta individual, permite construir, entre outras coisas, o perfil acadêmico do aluno, refletindo o ritmo e a direção de seu crescimento, os temas de seu interesse, suas dificuldades e o potencial a ser desenvolvido. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 29. Além de sua própria produção acadêmica, o aluno é incentivado a colecionar, no portfólio o registro de suas reflexões e impressões sobre a disciplina ou curso, opiniões, dúvidas, dificuldades, reações aos conteúdos e aos textos indicados, às técnicas de ensino, sentimentos, situações vividas nas relações interpessoais e outros aspectos. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 30. No momento devido, todo esse material colecionado poderá oferecer subsídios para a avaliação do estudante, do professor, dos conteúdos e das metodologias de ensino, assim como para estimar o impacto da disciplina, curso ou programa educacional. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 31. É o registro da trajetória de sua aprendizagem através da seleção, ordenação dos documentos produzidos (planejamento da disciplina, fichamentos, textos complementares, fotos, reportagens, etc....) que de algum modo contribuiram com o percurso de sua aprendizagem, as hipóteses que levantou e se os fins que alcançou foram realmente os propostos no início do trabalho). PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 32. Recomendo, que a cada dia - de aula pelo menos- seja feito um registro pessoal, pois isso possibilita ao professor e ao acadêmico (eu e você) um retrato dos passos percorridos na construção das aprendizagens. PORTFOLIO/PORTIFÓLIO
  • 33. ÉTICA NA AVALIAÇÃO Pessoa torna-se Ética, ela não nasce ética, isto ocorre devido a sua FORMAÇÃO; Busca do AUTOCONHECIMENTO, AUTOCRESCIMENTO, olhar ao redor a situação que se vive com o “OUTRO ”; Avaliação de aprendizagem, é um ato integrativo, acolhedor, inclusivo, amoroso, garante o processo de APRENDER para quem o faz; Ação pedagógica se faz para o Mundo e com o Mundo, interferindo e influenciando.
  • 34.
  • 35.