SlideShare uma empresa Scribd logo
Técnicas e instrumentos de  Avaliação Avaliação Educacional  Profª Heloisa Argento Curso de pedagogia  2002/1
Vale  lembrar Para que uma avaliação possa  desempenhar as  funções que a educação moderna exige, faz-se necessário o uso combinado de várias técnicas e instrumentos. Não medimos a aprendizagem e sim alguns comportamentos que  nos permita inferir se houve ou não aprendizagem.  “  A avaliação envolve a obtenção de evidencia sobre mudanças de comportamento nos estudantes ”.
Vale  lembrar... Quando o professor verifica o rendimento escolar dos alunos, ele está  avaliando comportamentos que lhe  permitam deduzir o que o aluno aprendeu.   Quanto maior for  a amostragem, mais perfeita é a avaliação. Todos os recursos disponíveis de  avaliação devem ser utilizados para a obtenção dos dados.
Procedimentos para que a avaliação proceda de forma satisfatória          A Avaliação deve ser constante e continua;          Verificações  periódicas fornecem maior número de amostras;          As verificações podem ser informais ( trabalhos , exercícios, seminários , debates, dinâmicas  etc)          É importante que o aluno conheça suas dificuldades  para poder afirmar seus acertos. Isso garante a eficácia da  avaliação.
Classificação das técnicas e instrumentos de avaliação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],São classificadas de diversas formas. Em geral, as classificações são elaboradas de acordo com a  forma  de coleta de dados. 
Seleção  das técnicas  e instrumentos   de avaliação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],As técnicas e instrumentos selecionados  para avaliar  devem , também , estar adequados aos métodos e procedimentos  usados  no ensino.. A seleção das técnicas e instrumentos de avaliação  depende:
Avaliando a partir  de um  Currículo Integrado ( Temas Transversais )        A existência de conteúdos atitudinais  – os conteúdos dos temas transversais tem uma relevância em atitudes.  As disciplinas tradicionais  sempre foram centradas na aquisição de conhecimentos, sendo as únicas aprendizagens valorizadas  e avaliadas.   A importância do clima do contexto  -  umas das características distintas da transversalidade é que  sua  principal ação educativa é exercida no contexto da escola e da sala de aula. Elementos  para serem levados me conta:
Planejamento do trabalho cooperativo  -  outra das características comuns dos diferentes temas transversais é que os alunos  aprenderão desde o início que  a solução dos problemas sociais e inclusive, seu próprio problema como estudantes e como pessoas , exige um trabalho em equipe em ambiente cooperativo.   O caráter aberto e democrático  – uma escola que integre bem os temas transversais sairá do paradigma isolacionista da escola para abrir-se ao meio. O estímulo à responsabilidade  – uma escola que pretenda fomentar o crescimento da responsabilidade entre os alunos de vê estimular a autonomia  em cada criança. Avaliando a partir...
A transversalidade  obriga-nos a ampliação das estratégias  de avaliação .   A avaliação de um currículo integrado implica um processo diferente em relação ao tradicional.   Avaliação autentica  – centrada nas capacidades reais do alunos. A  retroalimentação  do processo  passa a propriedade fundamental da avaliação.  A avaliação não é obtida somente coma qualificação do processo, mas com  técnicas diversificadas , tais como portfólios, diários, lista de observações, co-avalição auto-avalição. Auto- avaliação  e  co-avaliação  de todos os atores envolvidos na educação. Avaliação das habilidades,  atitudes e outros valores   
Referência bibliográfica Artigo Revista pátio ano3 nº12 fev/mar 2000  Profº  Rafael Yus ramos  A transversalidade  obriga-nos a ampliação das estratégias  de avaliação . Os resultados não são medidos;  Estão menos centrados nos conteúdos;   Implicam a demonstração do pensamento crítico e   das habilidades  vitais críticas .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
Vyeyra Santos
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Jocéia Nunes Mata
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Luckesi avaliação
Luckesi avaliaçãoLuckesi avaliação
Luckesi avaliação
Rosita Pereira
 
Slide Didática
Slide DidáticaSlide Didática
Slide Didática
murilobsk8
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slide
Soares Junior
 
Saberes Docentes final
Saberes Docentes finalSaberes Docentes final
Saberes Docentes final
mefurb
 
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Mario Amorim
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
Professora Florio
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
Claudia Elisabete Silva
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
Lilian Moreira
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
Editora Moderna
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)
PamelaAschoff
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
Marcelo Assis
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
Joao Balbi
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
Geraldo Vicente
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
Grasiela Dourado
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
Ananda Lima
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
gadea
 

Mais procurados (20)

AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Luckesi avaliação
Luckesi avaliaçãoLuckesi avaliação
Luckesi avaliação
 
Slide Didática
Slide DidáticaSlide Didática
Slide Didática
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Curriculo
 
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slide
 
Saberes Docentes final
Saberes Docentes finalSaberes Docentes final
Saberes Docentes final
 
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 

Semelhante a TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO

Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Leonardo Severo
 
Avaliacao formativa
Avaliacao formativaAvaliacao formativa
Avaliacao formativa
Marcelo Brito
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
SupervisoEMAC
 
Avaliaã§ã£o em matemã¡tica
Avaliaã§ã£o em matemã¡ticaAvaliaã§ã£o em matemã¡tica
Avaliaã§ã£o em matemã¡tica
celular12
 
Avaliando De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
Avaliando  De Acordo Com Um CurríCulo IntegradoAvaliando  De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
Avaliando De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
Elizabethe Gomes Pinheiro
 
Avaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagemAvaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagem
Maria Casanova
 
Avaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdfAvaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdf
AlessandraRodrigues800177
 
AVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEAAVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEA
maloa
 
Conselho 02
Conselho 02Conselho 02
Conselho 02
eecejar
 
AvaliaçãO
AvaliaçãOAvaliaçãO
AvaliaçãO
Maristela Couto
 
Avaliação formativa
Avaliação formativaAvaliação formativa
AAVA Alves
AAVA AlvesAAVA Alves
AAVA Alves
Lucila Pesce
 
Avaliações Hoffmann
Avaliações    HoffmannAvaliações    Hoffmann
Avaliações Hoffmann
Claudia Ramos
 
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e MétodosAvaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
viviprof
 
Addtm
AddtmAddtm
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
Ribeiro DE Sousa
 
Comunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slidesComunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slides
Almeida Meque Gomundanhe
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
lislieribeiro
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Marcos Ra
 
A eficácia das escolas não se mede
A eficácia das escolas não se medeA eficácia das escolas não se mede
A eficácia das escolas não se mede
UNICEP
 

Semelhante a TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO (20)

Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
 
Avaliacao formativa
Avaliacao formativaAvaliacao formativa
Avaliacao formativa
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
 
Avaliaã§ã£o em matemã¡tica
Avaliaã§ã£o em matemã¡ticaAvaliaã§ã£o em matemã¡tica
Avaliaã§ã£o em matemã¡tica
 
Avaliando De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
Avaliando  De Acordo Com Um CurríCulo IntegradoAvaliando  De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
Avaliando De Acordo Com Um CurríCulo Integrado
 
Avaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagemAvaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagem
 
Avaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdfAvaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdf
 
AVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEAAVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEA
 
Conselho 02
Conselho 02Conselho 02
Conselho 02
 
AvaliaçãO
AvaliaçãOAvaliaçãO
AvaliaçãO
 
Avaliação formativa
Avaliação formativaAvaliação formativa
Avaliação formativa
 
AAVA Alves
AAVA AlvesAAVA Alves
AAVA Alves
 
Avaliações Hoffmann
Avaliações    HoffmannAvaliações    Hoffmann
Avaliações Hoffmann
 
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e MétodosAvaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
Avaliação de Desempenho Docente: Teorias e Métodos
 
Addtm
AddtmAddtm
Addtm
 
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
 
Comunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slidesComunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slides
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
A eficácia das escolas não se mede
A eficácia das escolas não se medeA eficácia das escolas não se mede
A eficácia das escolas não se mede
 

Mais de Messias Matusse

Ea D E O Construcionismo2
Ea D E O Construcionismo2Ea D E O Construcionismo2
Ea D E O Construcionismo2
Messias Matusse
 
PrincíPios De LiderançA
PrincíPios De LiderançAPrincíPios De LiderançA
PrincíPios De LiderançA
Messias Matusse
 
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor CompetenteA Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
Messias Matusse
 
Ead Teoria P P T
Ead Teoria  P P TEad Teoria  P P T
Ead Teoria P P T
Messias Matusse
 
Monografia Daniel V28 D B
Monografia  Daniel  V28 D BMonografia  Daniel  V28 D B
Monografia Daniel V28 D B
Messias Matusse
 
Docente Independente Empreendedor
Docente Independente EmpreendedorDocente Independente Empreendedor
Docente Independente Empreendedor
Messias Matusse
 
Apresentaã§ã£O Objetos 2
Apresentaã§ã£O Objetos 2Apresentaã§ã£O Objetos 2
Apresentaã§ã£O Objetos 2
Messias Matusse
 
Vs Distribuicao
Vs DistribuicaoVs Distribuicao
Vs Distribuicao
Messias Matusse
 

Mais de Messias Matusse (8)

Ea D E O Construcionismo2
Ea D E O Construcionismo2Ea D E O Construcionismo2
Ea D E O Construcionismo2
 
PrincíPios De LiderançA
PrincíPios De LiderançAPrincíPios De LiderançA
PrincíPios De LiderançA
 
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor CompetenteA Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
A Indisciplina E A FormaçãO De Professor Competente
 
Ead Teoria P P T
Ead Teoria  P P TEad Teoria  P P T
Ead Teoria P P T
 
Monografia Daniel V28 D B
Monografia  Daniel  V28 D BMonografia  Daniel  V28 D B
Monografia Daniel V28 D B
 
Docente Independente Empreendedor
Docente Independente EmpreendedorDocente Independente Empreendedor
Docente Independente Empreendedor
 
Apresentaã§ã£O Objetos 2
Apresentaã§ã£O Objetos 2Apresentaã§ã£O Objetos 2
Apresentaã§ã£O Objetos 2
 
Vs Distribuicao
Vs DistribuicaoVs Distribuicao
Vs Distribuicao
 

Último

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 

Último (20)

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 

TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO

  • 1. Técnicas e instrumentos de Avaliação Avaliação Educacional Profª Heloisa Argento Curso de pedagogia 2002/1
  • 2. Vale lembrar Para que uma avaliação possa desempenhar as funções que a educação moderna exige, faz-se necessário o uso combinado de várias técnicas e instrumentos. Não medimos a aprendizagem e sim alguns comportamentos que nos permita inferir se houve ou não aprendizagem. “ A avaliação envolve a obtenção de evidencia sobre mudanças de comportamento nos estudantes ”.
  • 3. Vale lembrar... Quando o professor verifica o rendimento escolar dos alunos, ele está avaliando comportamentos que lhe permitam deduzir o que o aluno aprendeu.   Quanto maior for a amostragem, mais perfeita é a avaliação. Todos os recursos disponíveis de avaliação devem ser utilizados para a obtenção dos dados.
  • 4. Procedimentos para que a avaliação proceda de forma satisfatória         A Avaliação deve ser constante e continua;         Verificações periódicas fornecem maior número de amostras;         As verificações podem ser informais ( trabalhos , exercícios, seminários , debates, dinâmicas etc)         É importante que o aluno conheça suas dificuldades para poder afirmar seus acertos. Isso garante a eficácia da avaliação.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Avaliando a partir de um Currículo Integrado ( Temas Transversais )       A existência de conteúdos atitudinais – os conteúdos dos temas transversais tem uma relevância em atitudes. As disciplinas tradicionais sempre foram centradas na aquisição de conhecimentos, sendo as únicas aprendizagens valorizadas e avaliadas.   A importância do clima do contexto - umas das características distintas da transversalidade é que sua principal ação educativa é exercida no contexto da escola e da sala de aula. Elementos para serem levados me conta:
  • 8. Planejamento do trabalho cooperativo - outra das características comuns dos diferentes temas transversais é que os alunos aprenderão desde o início que a solução dos problemas sociais e inclusive, seu próprio problema como estudantes e como pessoas , exige um trabalho em equipe em ambiente cooperativo.   O caráter aberto e democrático – uma escola que integre bem os temas transversais sairá do paradigma isolacionista da escola para abrir-se ao meio. O estímulo à responsabilidade – uma escola que pretenda fomentar o crescimento da responsabilidade entre os alunos de vê estimular a autonomia em cada criança. Avaliando a partir...
  • 9. A transversalidade obriga-nos a ampliação das estratégias de avaliação .   A avaliação de um currículo integrado implica um processo diferente em relação ao tradicional. Avaliação autentica – centrada nas capacidades reais do alunos. A retroalimentação do processo passa a propriedade fundamental da avaliação. A avaliação não é obtida somente coma qualificação do processo, mas com técnicas diversificadas , tais como portfólios, diários, lista de observações, co-avalição auto-avalição. Auto- avaliação e co-avaliação de todos os atores envolvidos na educação. Avaliação das habilidades, atitudes e outros valores  
  • 10. Referência bibliográfica Artigo Revista pátio ano3 nº12 fev/mar 2000 Profº Rafael Yus ramos A transversalidade obriga-nos a ampliação das estratégias de avaliação . Os resultados não são medidos; Estão menos centrados nos conteúdos; Implicam a demonstração do pensamento crítico e das habilidades vitais críticas .