SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof.ª Ms. Letícia da Silva Santos 
ticia_santos@yahoo.com.br 
Prof.ª Esp. Mariana Correia 
mari.literatura@gmail.com 
http://profmarianacorreia.blogspot.com.br
Porque "o animal satisfeito dorme" (Guimarães Rosa).
Fatores desmotivadores 
Sociedade indecisa: qual o papel da escola e dos professores? 
Transformações da atualidade: sociais, tecnológicas, místicas/espirituais.
Fatores desmotivadores 
Público atendido 
Distância entre vivência, prazer e lazer entre professores e alunos.
Fatores desmotivadores 
Educação para todos: Aumento do número de pessoas atendidas pela educação. 
Controle do Estado sobre a frequência escolar: Ficai, Conselho Tutelar, Bolsa Família.
Fatores desmotivadores 
Remuneração 
Desânimo contagioso 
Visão social dualista da profissão 
Coitadinho x Importantíssimo
Antídotos ou como não perder a cabeça
Eu não sou seu amigo!
Perfil do professor contemporâneo
Dicas de trabalho 
Valorize seu tempo. 
Preencha a chamada e as informações sobre o conteúdo na hora da aula. 
Não acumule serviços. 
Não leve serviço para casa. 
Organize atividades em que os alunos tenham “trabalho” e não você. 
Tenha reações inesperadas.
Dicas de trabalho 
Leve em consideração a comunidade/idade/vivência dos alunos. 
Lembre que educação e delicadeza têm diferentes graus de acordo com a criação ou formação da pessoa, ou seja, nem sempre seu aluno está sendo grosseiro de verdade.
Dicas de trabalho 
Forneça orientações claras e precisas; 
Seja fiel às suas palavras; 
Controle suas emoções; 
Não finja calma, expresse suas emoções de forma clara e educada;
Dicas de trabalho 
Se estiver quase saindo do sério, saia da sala. 
Incentive o trabalho em grupo e a colaboração entre os alunos. 
Estabeleça parcerias. 
Livre-se da culpa docente.
Dicas de trabalho 
Estabeleça uma relação de parceria com os alunos, dificilmente chamar os pais é realmente uma forma de resolver os problemas como os alunos. 
Autoritarismo X Autoridade 
Imposto X Conquistado
Níveis de interação
Muldisciplinaridade
Pluridisciplinaridade
Interdisciplinaridade
Transdisciplinaridade
Projeto filme e livro: Divergente 
Projeto de leitura em comparação com a adaptação para o cinema 
Objetivos: formar leitores; fomentar a criticidade e a reflexão; utilizar a tecnologia a serviço do estudo e da leitura; discutir assuntos relacionados a escolhas pertinentes à adolescência. 
Componentes envolvidos: Língua Portuguesa e Artes
Projeto filme e livro: Divergente 
Componente norteador: língua portuguesa 
Atividades: Período de leitura em suporte digital (telefone/computador) 
Discussões sobre os acontecimentos do livro 
Produções escritas sobre as questões de pertencimento, escolha e vivência da história. 
Utilização de partes do livro para análise gramatical.
Projeto filme e livro: Divergente 
Componente auxiliar: Artes 
Atividades: elaboração de estêncil com os símbolos das facções, elaboração de bandeiras das facções, retomada de aspectos do livro.
Projeto filme e livro: Divergente 
Bandeiras feitas pela professora de Artes e a própria colega mostrando sua camiseta do projeto. 
Alunas participantes do Projeto fazendo testes de facção com os alunos da escola que vieram à Mostra Pedagógica.
Projeto filme e livro: Divergente 
Culminância do projeto: passeio ao cinema para assistir à adaptação do livro para filme.
SARAU LITERÁRIO 
Objetivos: Introduzir o aluno no mundo da poesia, a partir da experimentação e vivências práticas. O aluno deverá ser capaz de escutar, ler, compreender, interpretar, declamar e produzir poemas. Também deve reconhecer e fazer uso de recursos da linguagem poética, quanto à sonoridade.
SARAU LITERÁRIO 
Componentes curriculares envolvidos: Língua Portuguesa, Música, História 
Componente norteador: Língua Portuguesa 
Conteúdos: - Revisão dos conceitos de poesia e poema, rima, verso e estrofe. - Recursos da linguagem poética, quanto à sonoridade: rima e aliteração. - Leitura e interpretação. - Estudo da história dos autores e dos poemas escolhidos - Musicalização
Atividades: - o professor de língua portuguesa traz poemas e músicas para apreciação dos alunos, trabalhando interpretação e elementos dos poemas para introduzir o assunto; - os alunos trazem poemas/músicas escolhidas por eles (dos mais variados gêneros) para aprofundarmos os estudos a partir do gosto da turma. - o professor de música trabalha as questões de musicalização nos materiais trazidos pelos alunos. - o professor de história ajuda o grupo a pesquisar e construir a história dos compositores, poetas escolhidos, bem como a história dos poemas e músicas eleitos pela turma. - os alunos terão espaço nas aulas para apresentar poemas e músicas próprias, que serão analisados e trabalhados da mesma forma. - o grupo organizará um sarau na escola para apresentar poemas e músicas, num momento de compartilhar o que foi estudado e fazer o fechamento dos estudos
Sobre avaliação
Ferramentas: facilitando a vida
Sugestões de atividades: EF 
Pipoqueiro: sequência pedagógica completa
Sugestões de atividades: EM 
Projeto Curta-Metragem
Sugestões de atividades: EF 
Localização nos livros didáticos 
Ditados 
Elaboração de perguntas com resposta
Sugestões de atividades: EM 
Elaboração de perguntas com resposta 
Cruzadinha Habilidades
Sugestão 
AMORIM, V. e MAGALHÃES, V. Cem Aulas Sem Tédio. 4ª edição. Editora Instituto 
Padre Réus, 1999.
Referências 
CARAM, Patrícia. Freud - Os Estágio do desenvolvimento humano. Disponível em: http://liberdadeparaexpressao.blogspot.com.br/2009/10/freud-os-estagios-de- desenvolvimento.html Acessado em: 19/10/2013 
BAZARRA, Lourdes. CASANOVA, Olga. UGARDE, Jerónimo García. Ser professor e dirigir professores em tempos de mudança. 5ª Ed. - São Paulo: Paulinas, 2012 
LOPES, Lourival. Ânimo!. Brasília: Editora Otimismo, 2012. p.107 
MARCHESI, Álvaro. O bem-estar dos professores. In: Revista Pátio-Ensino Médio, profissional e Tecnológico. Ano V, n.º 18. Setembro/Novembro 2013. p.45-47 Disponível em: http://www.slideshare.net/marianacorreiail/o-bem-estar-dos-professores

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Actividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidadeActividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidade
ascotas
 
RELATO DE TATIANA PEREIRA
RELATO DE TATIANA PEREIRARELATO DE TATIANA PEREIRA
RELATO DE TATIANA PEREIRA
Marisa Seara
 
Sequencia didatica hq
Sequencia didatica hqSequencia didatica hq
Sequencia didatica hq
Maria Augusta Vidigal
 
Rotina unidade 2 3
Rotina unidade 2   3Rotina unidade 2   3
Rotina unidade 2 3
Aprender com prazer
 
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Professora sonhadora
 
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacionalDesafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
ledubowski
 
Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.
Rosane Zanella
 
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Aleinat
 
Actividades de compreensão e expressão oral
Actividades de compreensão e expressão oralActividades de compreensão e expressão oral
Actividades de compreensão e expressão oral
'Ines Tavares
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
orientacoesdidaticas
 
Sequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo práticoSequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo prático
guest3d615bd
 
Sequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barataSequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barata
Cátia Regina Busarello
 
Mídias na educação - plano de aula
Mídias na educação -   plano de aulaMídias na educação -   plano de aula
Mídias na educação - plano de aula
Conceição Rosa
 
Reescrita de fabula
Reescrita de fabulaReescrita de fabula
Reescrita de fabula
catarinalimabarreto
 
Sequência didática fogo no céu
Sequência didática fogo no céuSequência didática fogo no céu
Sequência didática fogo no céu
Dyone Andrade
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
elannialins
 
Oficinas de Literatura
Oficinas de LiteraturaOficinas de Literatura
Oficinas de Literatura
Rebeca Santos
 
Palno de aula
Palno de aulaPalno de aula
Palno de aula
Luiz Henrique
 

Mais procurados (18)

Actividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidadeActividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidade
 
RELATO DE TATIANA PEREIRA
RELATO DE TATIANA PEREIRARELATO DE TATIANA PEREIRA
RELATO DE TATIANA PEREIRA
 
Sequencia didatica hq
Sequencia didatica hqSequencia didatica hq
Sequencia didatica hq
 
Rotina unidade 2 3
Rotina unidade 2   3Rotina unidade 2   3
Rotina unidade 2 3
 
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
 
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacionalDesafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 12 maria_alessandra_laboratório_rotacional
 
Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.
 
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
 
Actividades de compreensão e expressão oral
Actividades de compreensão e expressão oralActividades de compreensão e expressão oral
Actividades de compreensão e expressão oral
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
 
Sequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo práticoSequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo prático
 
Sequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barataSequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barata
 
Mídias na educação - plano de aula
Mídias na educação -   plano de aulaMídias na educação -   plano de aula
Mídias na educação - plano de aula
 
Reescrita de fabula
Reescrita de fabulaReescrita de fabula
Reescrita de fabula
 
Sequência didática fogo no céu
Sequência didática fogo no céuSequência didática fogo no céu
Sequência didática fogo no céu
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
 
Oficinas de Literatura
Oficinas de LiteraturaOficinas de Literatura
Oficinas de Literatura
 
Palno de aula
Palno de aulaPalno de aula
Palno de aula
 

Destaque

Caderno enem2013 dom_rosa
Caderno enem2013 dom_rosaCaderno enem2013 dom_rosa
Caderno enem2013 dom_rosa
Mariana Correia
 
Enem 2012 dia1_branco
Enem 2012 dia1_brancoEnem 2012 dia1_branco
Enem 2012 dia1_branco
Mariana Correia
 
Anexo 5 material sequência didática projeto curta-metragem
Anexo 5  material sequência didática projeto curta-metragemAnexo 5  material sequência didática projeto curta-metragem
Anexo 5 material sequência didática projeto curta-metragem
Mariana Correia
 
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa FrancescutiFormação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
Mariana Correia
 
Ad matriz (2)
Ad matriz (2)Ad matriz (2)
Ad matriz (2)
Mariana Correia
 
Formação continuada escola tereza francescuti
Formação continuada escola tereza francescutiFormação continuada escola tereza francescuti
Formação continuada escola tereza francescuti
Mariana Correia
 
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
Mariana Correia
 
Paradigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textosParadigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textos
Mariana Correia
 
Formação 5
Formação 5Formação 5
Formação 5
Mariana Correia
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
Mariana Correia
 
Ad matriz (1)
Ad matriz (1)Ad matriz (1)
Ad matriz (1)
Mariana Correia
 
Aulões preparatórios para a prova do enem
Aulões preparatórios para a prova do enemAulões preparatórios para a prova do enem
Aulões preparatórios para a prova do enem
Mariana Correia
 
Esclarecimentos ae
Esclarecimentos aeEsclarecimentos ae
Esclarecimentos ae
Mariana Correia
 
10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade
Mariana Correia
 
Enem 2012 dia2_cinza
Enem 2012 dia2_cinzaEnem 2012 dia2_cinza
Enem 2012 dia2_cinza
Mariana Correia
 
Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2
Mariana Correia
 
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mataHamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Mariana Correia
 
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende BrasilEntrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Mariana Correia
 
Arlei final
Arlei finalArlei final
Arlei final
Mariana Correia
 
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarFormação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Mariana Correia
 

Destaque (20)

Caderno enem2013 dom_rosa
Caderno enem2013 dom_rosaCaderno enem2013 dom_rosa
Caderno enem2013 dom_rosa
 
Enem 2012 dia1_branco
Enem 2012 dia1_brancoEnem 2012 dia1_branco
Enem 2012 dia1_branco
 
Anexo 5 material sequência didática projeto curta-metragem
Anexo 5  material sequência didática projeto curta-metragemAnexo 5  material sequência didática projeto curta-metragem
Anexo 5 material sequência didática projeto curta-metragem
 
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa FrancescutiFormação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
 
Ad matriz (2)
Ad matriz (2)Ad matriz (2)
Ad matriz (2)
 
Formação continuada escola tereza francescuti
Formação continuada escola tereza francescutiFormação continuada escola tereza francescuti
Formação continuada escola tereza francescuti
 
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
 
Paradigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textosParadigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textos
 
Formação 5
Formação 5Formação 5
Formação 5
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
 
Ad matriz (1)
Ad matriz (1)Ad matriz (1)
Ad matriz (1)
 
Aulões preparatórios para a prova do enem
Aulões preparatórios para a prova do enemAulões preparatórios para a prova do enem
Aulões preparatórios para a prova do enem
 
Esclarecimentos ae
Esclarecimentos aeEsclarecimentos ae
Esclarecimentos ae
 
10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade
 
Enem 2012 dia2_cinza
Enem 2012 dia2_cinzaEnem 2012 dia2_cinza
Enem 2012 dia2_cinza
 
Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2Fabi e sílvia final 2
Fabi e sílvia final 2
 
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mataHamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
 
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende BrasilEntrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
 
Arlei final
Arlei finalArlei final
Arlei final
 
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarFormação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
 

Semelhante a Satisfaction

Animação da leitura planificação
Animação da leitura planificaçãoAnimação da leitura planificação
Animação da leitura planificação
Lucília Lopes
 
Avaliacao -2a_parte
Avaliacao  -2a_parteAvaliacao  -2a_parte
Avaliacao -2a_parte
Pactoufba
 
Projeto educacional
Projeto educacionalProjeto educacional
Projeto educacional
Claudia Kluge
 
A maior flor do mundo planificação
A maior flor do mundo   planificaçãoA maior flor do mundo   planificação
A maior flor do mundo planificação
Lucília Lopes
 
Apresentação Mara
Apresentação MaraApresentação Mara
Apresentação Mara
Mara Almeida
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
Ðouglas Rocha
 
Cd2 exercicios dialogo
Cd2 exercicios dialogoCd2 exercicios dialogo
Cd2 exercicios dialogo
Eliezer Correia
 
Projeto leitura- conto de fadas
Projeto leitura- conto de fadasProjeto leitura- conto de fadas
Projeto leitura- conto de fadas
Maria Pacheco Pacheco
 
Slide projeto
Slide projetoSlide projeto
Slide projeto
Maria Pacheco Pacheco
 
Slide projeto
Slide projetoSlide projeto
Slide projeto
Maria Pacheco Pacheco
 
Projeto Leitura- conto de fadas
Projeto Leitura- conto de fadasProjeto Leitura- conto de fadas
Projeto Leitura- conto de fadas
Maria Pacheco Pacheco
 
Projeto Leitura-conto de fadas
Projeto Leitura-conto de fadasProjeto Leitura-conto de fadas
Projeto Leitura-conto de fadas
Maria Pacheco Pacheco
 
Projeto leitura - conto de fadas
Projeto leitura - conto de fadasProjeto leitura - conto de fadas
Projeto leitura - conto de fadas
Maria Pacheco Pacheco
 
Projeto cantigas de roda
Projeto cantigas de rodaProjeto cantigas de roda
Projeto cantigas de roda
Darci Coutinho de Lima
 
Teoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetizaçãoTeoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetização
Noemia Meneguelly
 
Projeto alfa
Projeto alfaProjeto alfa
Projeto alfa
alicearaujo
 
Curso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slidCurso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slid
anapaulamenegardo
 
Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LEValesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
Eventos COPESBRA
 
Planejamento pratia de leitura
Planejamento pratia de leituraPlanejamento pratia de leitura
Planejamento pratia de leitura
SimoneHelenDrumond
 
Cap. pe de vento
Cap. pe de ventoCap. pe de vento
Cap. pe de vento
9ª CRE - RJ
 

Semelhante a Satisfaction (20)

Animação da leitura planificação
Animação da leitura planificaçãoAnimação da leitura planificação
Animação da leitura planificação
 
Avaliacao -2a_parte
Avaliacao  -2a_parteAvaliacao  -2a_parte
Avaliacao -2a_parte
 
Projeto educacional
Projeto educacionalProjeto educacional
Projeto educacional
 
A maior flor do mundo planificação
A maior flor do mundo   planificaçãoA maior flor do mundo   planificação
A maior flor do mundo planificação
 
Apresentação Mara
Apresentação MaraApresentação Mara
Apresentação Mara
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
 
Cd2 exercicios dialogo
Cd2 exercicios dialogoCd2 exercicios dialogo
Cd2 exercicios dialogo
 
Projeto leitura- conto de fadas
Projeto leitura- conto de fadasProjeto leitura- conto de fadas
Projeto leitura- conto de fadas
 
Slide projeto
Slide projetoSlide projeto
Slide projeto
 
Slide projeto
Slide projetoSlide projeto
Slide projeto
 
Projeto Leitura- conto de fadas
Projeto Leitura- conto de fadasProjeto Leitura- conto de fadas
Projeto Leitura- conto de fadas
 
Projeto Leitura-conto de fadas
Projeto Leitura-conto de fadasProjeto Leitura-conto de fadas
Projeto Leitura-conto de fadas
 
Projeto leitura - conto de fadas
Projeto leitura - conto de fadasProjeto leitura - conto de fadas
Projeto leitura - conto de fadas
 
Projeto cantigas de roda
Projeto cantigas de rodaProjeto cantigas de roda
Projeto cantigas de roda
 
Teoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetizaçãoTeoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetização
 
Projeto alfa
Projeto alfaProjeto alfa
Projeto alfa
 
Curso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slidCurso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slid
 
Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LEValesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
 
Planejamento pratia de leitura
Planejamento pratia de leituraPlanejamento pratia de leitura
Planejamento pratia de leitura
 
Cap. pe de vento
Cap. pe de ventoCap. pe de vento
Cap. pe de vento
 

Mais de Mariana Correia

Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Mariana Correia
 
Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"
Mariana Correia
 
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa   ransom riggsO orfanato da srta peregrine pa   ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
Mariana Correia
 
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Mariana Correia
 
Questionário dados gerados
Questionário   dados geradosQuestionário   dados gerados
Questionário dados gerados
Mariana Correia
 
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Mariana Correia
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
Mariana Correia
 
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Mariana Correia
 
Fallen i fallen (lauren kate)
Fallen i   fallen (lauren kate)Fallen i   fallen (lauren kate)
Fallen i fallen (lauren kate)
Mariana Correia
 
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txtSérie Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Mariana Correia
 
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentosFormação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Mariana Correia
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
Mariana Correia
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
Mariana Correia
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
Mariana Correia
 
10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade
Mariana Correia
 
Interdisciplinaridade por emanuelle oliveira
Interdisciplinaridade   por emanuelle oliveiraInterdisciplinaridade   por emanuelle oliveira
Interdisciplinaridade por emanuelle oliveira
Mariana Correia
 

Mais de Mariana Correia (16)

Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
 
Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"
 
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa   ransom riggsO orfanato da srta peregrine pa   ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
 
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
 
Questionário dados gerados
Questionário   dados geradosQuestionário   dados gerados
Questionário dados gerados
 
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
 
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
 
Fallen i fallen (lauren kate)
Fallen i   fallen (lauren kate)Fallen i   fallen (lauren kate)
Fallen i fallen (lauren kate)
 
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txtSérie Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
 
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentosFormação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
 
10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade10 ec interdisciplinaridade
10 ec interdisciplinaridade
 
Interdisciplinaridade por emanuelle oliveira
Interdisciplinaridade   por emanuelle oliveiraInterdisciplinaridade   por emanuelle oliveira
Interdisciplinaridade por emanuelle oliveira
 

Último

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 

Último (20)

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 

Satisfaction

  • 1. Prof.ª Ms. Letícia da Silva Santos ticia_santos@yahoo.com.br Prof.ª Esp. Mariana Correia mari.literatura@gmail.com http://profmarianacorreia.blogspot.com.br
  • 2. Porque "o animal satisfeito dorme" (Guimarães Rosa).
  • 3. Fatores desmotivadores Sociedade indecisa: qual o papel da escola e dos professores? Transformações da atualidade: sociais, tecnológicas, místicas/espirituais.
  • 4. Fatores desmotivadores Público atendido Distância entre vivência, prazer e lazer entre professores e alunos.
  • 5. Fatores desmotivadores Educação para todos: Aumento do número de pessoas atendidas pela educação. Controle do Estado sobre a frequência escolar: Ficai, Conselho Tutelar, Bolsa Família.
  • 6. Fatores desmotivadores Remuneração Desânimo contagioso Visão social dualista da profissão Coitadinho x Importantíssimo
  • 7. Antídotos ou como não perder a cabeça
  • 8. Eu não sou seu amigo!
  • 9. Perfil do professor contemporâneo
  • 10. Dicas de trabalho Valorize seu tempo. Preencha a chamada e as informações sobre o conteúdo na hora da aula. Não acumule serviços. Não leve serviço para casa. Organize atividades em que os alunos tenham “trabalho” e não você. Tenha reações inesperadas.
  • 11. Dicas de trabalho Leve em consideração a comunidade/idade/vivência dos alunos. Lembre que educação e delicadeza têm diferentes graus de acordo com a criação ou formação da pessoa, ou seja, nem sempre seu aluno está sendo grosseiro de verdade.
  • 12. Dicas de trabalho Forneça orientações claras e precisas; Seja fiel às suas palavras; Controle suas emoções; Não finja calma, expresse suas emoções de forma clara e educada;
  • 13. Dicas de trabalho Se estiver quase saindo do sério, saia da sala. Incentive o trabalho em grupo e a colaboração entre os alunos. Estabeleça parcerias. Livre-se da culpa docente.
  • 14. Dicas de trabalho Estabeleça uma relação de parceria com os alunos, dificilmente chamar os pais é realmente uma forma de resolver os problemas como os alunos. Autoritarismo X Autoridade Imposto X Conquistado
  • 20. Projeto filme e livro: Divergente Projeto de leitura em comparação com a adaptação para o cinema Objetivos: formar leitores; fomentar a criticidade e a reflexão; utilizar a tecnologia a serviço do estudo e da leitura; discutir assuntos relacionados a escolhas pertinentes à adolescência. Componentes envolvidos: Língua Portuguesa e Artes
  • 21. Projeto filme e livro: Divergente Componente norteador: língua portuguesa Atividades: Período de leitura em suporte digital (telefone/computador) Discussões sobre os acontecimentos do livro Produções escritas sobre as questões de pertencimento, escolha e vivência da história. Utilização de partes do livro para análise gramatical.
  • 22. Projeto filme e livro: Divergente Componente auxiliar: Artes Atividades: elaboração de estêncil com os símbolos das facções, elaboração de bandeiras das facções, retomada de aspectos do livro.
  • 23. Projeto filme e livro: Divergente Bandeiras feitas pela professora de Artes e a própria colega mostrando sua camiseta do projeto. Alunas participantes do Projeto fazendo testes de facção com os alunos da escola que vieram à Mostra Pedagógica.
  • 24. Projeto filme e livro: Divergente Culminância do projeto: passeio ao cinema para assistir à adaptação do livro para filme.
  • 25. SARAU LITERÁRIO Objetivos: Introduzir o aluno no mundo da poesia, a partir da experimentação e vivências práticas. O aluno deverá ser capaz de escutar, ler, compreender, interpretar, declamar e produzir poemas. Também deve reconhecer e fazer uso de recursos da linguagem poética, quanto à sonoridade.
  • 26. SARAU LITERÁRIO Componentes curriculares envolvidos: Língua Portuguesa, Música, História Componente norteador: Língua Portuguesa Conteúdos: - Revisão dos conceitos de poesia e poema, rima, verso e estrofe. - Recursos da linguagem poética, quanto à sonoridade: rima e aliteração. - Leitura e interpretação. - Estudo da história dos autores e dos poemas escolhidos - Musicalização
  • 27. Atividades: - o professor de língua portuguesa traz poemas e músicas para apreciação dos alunos, trabalhando interpretação e elementos dos poemas para introduzir o assunto; - os alunos trazem poemas/músicas escolhidas por eles (dos mais variados gêneros) para aprofundarmos os estudos a partir do gosto da turma. - o professor de música trabalha as questões de musicalização nos materiais trazidos pelos alunos. - o professor de história ajuda o grupo a pesquisar e construir a história dos compositores, poetas escolhidos, bem como a história dos poemas e músicas eleitos pela turma. - os alunos terão espaço nas aulas para apresentar poemas e músicas próprias, que serão analisados e trabalhados da mesma forma. - o grupo organizará um sarau na escola para apresentar poemas e músicas, num momento de compartilhar o que foi estudado e fazer o fechamento dos estudos
  • 30. Sugestões de atividades: EF Pipoqueiro: sequência pedagógica completa
  • 31. Sugestões de atividades: EM Projeto Curta-Metragem
  • 32. Sugestões de atividades: EF Localização nos livros didáticos Ditados Elaboração de perguntas com resposta
  • 33. Sugestões de atividades: EM Elaboração de perguntas com resposta Cruzadinha Habilidades
  • 34. Sugestão AMORIM, V. e MAGALHÃES, V. Cem Aulas Sem Tédio. 4ª edição. Editora Instituto Padre Réus, 1999.
  • 35. Referências CARAM, Patrícia. Freud - Os Estágio do desenvolvimento humano. Disponível em: http://liberdadeparaexpressao.blogspot.com.br/2009/10/freud-os-estagios-de- desenvolvimento.html Acessado em: 19/10/2013 BAZARRA, Lourdes. CASANOVA, Olga. UGARDE, Jerónimo García. Ser professor e dirigir professores em tempos de mudança. 5ª Ed. - São Paulo: Paulinas, 2012 LOPES, Lourival. Ânimo!. Brasília: Editora Otimismo, 2012. p.107 MARCHESI, Álvaro. O bem-estar dos professores. In: Revista Pátio-Ensino Médio, profissional e Tecnológico. Ano V, n.º 18. Setembro/Novembro 2013. p.45-47 Disponível em: http://www.slideshare.net/marianacorreiail/o-bem-estar-dos-professores