SlideShare uma empresa Scribd logo
QUALIDADE TOTAL
Conceitos
e
Estratégias
Definições de Qualidade
A Qualidade Visa Atender aos
Requisitos do Cliente e, Esses
Requisitos, Podem Ser Diferentes
Para Cada um Dos Clientes
Para Juran,
Qualidade é a
Adequação de Um
Produto (ou
Serviço) ao Seu
Próprio Uso, Através
da Percepção dos
Clientes
É Comum Que as Necessidades do
Cliente Não Estejam Claramente
Definidas, ou Sejam Apresentadas de
Forma Subjetiva
Parece Incrível, Mas Muitos Clientes
Não Sabem o Que Querem (Inclusive
nos Requisitos da Qualidade).
Portanto, Cabe ao Fornecedor (de
Produtos ou Serviços) Captar Quais
São as Suas Reais Necessidades
Visões de Edward Deming
Sobre Qualidade:
Melhorar Constantemente
Produtos e Serviços,
Investindo em Pesquisa e
Inovação
Não Aceitar Mão de Obra
Desqualificada e Materiais
Defeituosos
Fornecedores Não Devem Ser
Escolhidos Apenas Baseados em Preço
Visões de Edward
Deming Sobre
Qualidade:
Aperfeiçoamento Contínuo
da Mão de Obra, Usando
Métodos Estatísticos
Participação Ativa do
Supervisor no Trabalho
Funcionários Não Devem Ter
Barreiras Para Comunicar o
Que Prejudica Seu Trabalho
Equipes
Interdepartamentais
São Essenciais à
Qualidade Total
POR QUE QUALIDADE TOTAL?
Clientes Cada Vez Mais Exigentes
Concorrência Cada Vez
Mais Acirrada
Mudanças Constantes,
Exigindo Flexibilidade e
Agilidade nas Decisões
Empresas Comprometidas
Com a Comunidade
Principal Conceito da
Qualidade
Atender às Reais
Expectativas dos
Clientes
Cliente é Qualquer
Pessoa, Qualquer
Empresa ou Qualquer
Processo Que se Utiliza
de Um Determinado
Produto, Serviço ou
Informação
Outros Conceitos:
Qualidade Total é
o Conjunto de
Ideias e de Ações
Que Colocam a
Qualidade Como o
Ponto Central das
Atividades de
Uma Empresa
1° Princípio da
Qualidade:
Total
Satisfação
dos Clientes
Os Clientes São a Razão da Existência de
Uma Empresa e, Atualmente, Não Basta
Atendê-los é Preciso “Encantá-los”
2° Princípio da Qualidade:
Gerência
Participativa
Liberdade, Apoio e
Estímulo Para Que
as Pessoas
Manifestem
Opiniões, Façam
Sugestões e Sejam
Ouvidas Naquilo
Que as Compete
3° Princípio:
DESENVOLVIMENTO
DE RECURSOS
HUMANOS
Busca a Valorização do Ser Humano,
Possibilitando Seu Crescimento e a
Realização Profissional. O Principal
Objetivo é a Motivação de Todos
4° Princípio da
Qualidade:
CONSTÂNCIA DE
PROPÓSITOS
Para Corrigir Nossos
Defeitos Devemos
Entender o Que a
Empresa Espera de Nós
e, às Vezes, é Preciso
Mudar a Forma Como
Fazemos as Coisas. Mas,
Para Isso, Necessitamos
Persistência e
Compreensão dos
Propósitos da
Organização
O Conceito PDCA
Metodologia Conhecida Como “Plan-Do-
Check-Act
PLAN Planejar = Estabelecer Objetivos
DO Fazer = Implementar os Processos
CHECK Checar = Monitorar os Processos
ACT
Agir = Tomar Decisões Para Promover
o Desempenho do Processo
Atuar
Corretivamente
Definir
Metas
Definir
Métodos
Educar e
Treinar
Executar
(Coletando
dados)
Verificar
Resultados
da Tarefa
Executora
AACT
PPLAN
C
CHECK
DDO
INTERNATIONAL ORGANIZATIOS For
SATANDARDIZATION (ISO)
Trata-se de Uma Organização Internacional
Sediada na Suíça, Cuja Sigla Significa “IGUAL” e,
no Brasil, é Representada Pela ABNT (Associação
Brasileira de Normas Técnicas)
As Normas ISO
9000 São Usadas
Para Certificar
Produtos e
Processos de
Reconhecida
Qualidade
Já a Norma ISO 14000
é Usada Para
Certificar Empresas
Que Cuidam do Meio
Ambiente, Sendo
Vistas Como “Amiga
do Meio Ambiente”
INMETRO O Instituto Nacional de Metrologia
Normalização e Certificação da Qualidade é o
Órgão Que dá as Credenciais às Empresas
Que se Enquadram às Normas
PRODUTIVIDADE
É a Relação Entre os
Recursos Consumidos e
os Resultados Obtidos
Ou Seja, é a Capacidade da
Empresa Produzir Mais Com
Menos
Generalizando:
Existirá
Produtividade
Quando a
Produção Tiver
Qualidade
Os Conceitos de Qualidade,
Produtividade e Competitividade
Estão Interligados, Pois a
Competitividade Decorre da
Produtividade e, Esta, da Qualidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Claudio Bernardi Stringari
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
Templum Consultoria Online
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Pricila Yessayan
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
ELAINESILVEIRA
 
Gestão da Qualidade Total - Modulo 2
Gestão da Qualidade Total - Modulo  2Gestão da Qualidade Total - Modulo  2
Gestão da Qualidade Total - Modulo 2
Silvio Carlos Valentini
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
Virginia Gonçalves
 
Eras da qualidade
Eras da qualidadeEras da qualidade
Eras da qualidade
Renato Bottini
 
introdução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidadeintrodução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidade
elliando dias
 
Qualidade Total
Qualidade TotalQualidade Total
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Professora Patricia Lima
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Adriano Pereira
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
Rosario Cação
 
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno - Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
Maximus Maylson
 
Balanced Scorecard
Balanced ScorecardBalanced Scorecard
Balanced Scorecard
Marco Antonio Maciel
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
Letícia Vilela de Aquino
 
Gestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas OrganizaçõesGestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas Organizações
Adeildo Caboclo
 
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Mauro Sobrenome
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
Virginia Gonçalves
 
Aula 2 formulação de estratégias competitivas
Aula 2   formulação de estratégias competitivasAula 2   formulação de estratégias competitivas
Aula 2 formulação de estratégias competitivas
Antonio Lobosco
 
Avaliação de Desempenho
Avaliação de DesempenhoAvaliação de Desempenho
Avaliação de Desempenho
Fabio Aguiar
 

Mais procurados (20)

Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
 
Gestão da Qualidade Total - Modulo 2
Gestão da Qualidade Total - Modulo  2Gestão da Qualidade Total - Modulo  2
Gestão da Qualidade Total - Modulo 2
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
 
Eras da qualidade
Eras da qualidadeEras da qualidade
Eras da qualidade
 
introdução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidadeintrodução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidade
 
Qualidade Total
Qualidade TotalQualidade Total
Qualidade Total
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno - Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
Aula de Introdução " Marketing" Prof. Bruno -
 
Balanced Scorecard
Balanced ScorecardBalanced Scorecard
Balanced Scorecard
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Gestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas OrganizaçõesGestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas Organizações
 
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
 
Aula 2 formulação de estratégias competitivas
Aula 2   formulação de estratégias competitivasAula 2   formulação de estratégias competitivas
Aula 2 formulação de estratégias competitivas
 
Avaliação de Desempenho
Avaliação de DesempenhoAvaliação de Desempenho
Avaliação de Desempenho
 

Semelhante a Qualidade Total

LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF
 
06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total
Marcim Nogueira
 
Qualidade 001.pptx
Qualidade 001.pptxQualidade 001.pptx
Qualidade 001.pptx
AguinaldoMarques5
 
Curso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviçosCurso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviços
Carlos Rocha
 
Introdução à qualidade
Introdução à qualidadeIntrodução à qualidade
Introdução à qualidade
JM Consultores
 
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total
Luiza Claro
 
Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011
wingscreative
 
Gestão de Equipes
Gestão de EquipesGestão de Equipes
Consultoria RH
Consultoria RHConsultoria RH
Consultoria RH
allysondiogo
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
GiseleSouza53260
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
Fábio Nascimento
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
claudio864549
 
Apresentação bs consultores
Apresentação bs consultoresApresentação bs consultores
Apresentação bs consultores
BS - Roselene Scalabrin
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Wandick Rocha de Aquino
 
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
Giselle Lopes
 
Gurus da qualidade
Gurus da qualidadeGurus da qualidade
Gurus da qualidade
Adylson Santana
 
ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05
lupajero
 
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
everxmen
 
Avaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide shareAvaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide share
Maria Helena Dantas
 
Forza apresentação
Forza   apresentaçãoForza   apresentação
Forza apresentação
Forza-POA
 

Semelhante a Qualidade Total (20)

LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
 
06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total
 
Qualidade 001.pptx
Qualidade 001.pptxQualidade 001.pptx
Qualidade 001.pptx
 
Curso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviçosCurso de gestão de serviços
Curso de gestão de serviços
 
Introdução à qualidade
Introdução à qualidadeIntrodução à qualidade
Introdução à qualidade
 
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total
 
Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011
 
Gestão de Equipes
Gestão de EquipesGestão de Equipes
Gestão de Equipes
 
Consultoria RH
Consultoria RHConsultoria RH
Consultoria RH
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
 
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptxINTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
INTRODUÇÃO SISTEMAS DA QUALIDADE.pptx
 
Apresentação bs consultores
Apresentação bs consultoresApresentação bs consultores
Apresentação bs consultores
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
 
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
 
Gurus da qualidade
Gurus da qualidadeGurus da qualidade
Gurus da qualidade
 
ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05
 
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
 
Avaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide shareAvaliação desempenho slide share
Avaliação desempenho slide share
 
Forza apresentação
Forza   apresentaçãoForza   apresentação
Forza apresentação
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas (20)

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de Trabalho
 
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
 
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
 
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
 

Qualidade Total

  • 2. Definições de Qualidade A Qualidade Visa Atender aos Requisitos do Cliente e, Esses Requisitos, Podem Ser Diferentes Para Cada um Dos Clientes Para Juran, Qualidade é a Adequação de Um Produto (ou Serviço) ao Seu Próprio Uso, Através da Percepção dos Clientes É Comum Que as Necessidades do Cliente Não Estejam Claramente Definidas, ou Sejam Apresentadas de Forma Subjetiva Parece Incrível, Mas Muitos Clientes Não Sabem o Que Querem (Inclusive nos Requisitos da Qualidade). Portanto, Cabe ao Fornecedor (de Produtos ou Serviços) Captar Quais São as Suas Reais Necessidades
  • 3. Visões de Edward Deming Sobre Qualidade: Melhorar Constantemente Produtos e Serviços, Investindo em Pesquisa e Inovação Não Aceitar Mão de Obra Desqualificada e Materiais Defeituosos Fornecedores Não Devem Ser Escolhidos Apenas Baseados em Preço
  • 4. Visões de Edward Deming Sobre Qualidade: Aperfeiçoamento Contínuo da Mão de Obra, Usando Métodos Estatísticos Participação Ativa do Supervisor no Trabalho Funcionários Não Devem Ter Barreiras Para Comunicar o Que Prejudica Seu Trabalho Equipes Interdepartamentais São Essenciais à Qualidade Total
  • 5. POR QUE QUALIDADE TOTAL? Clientes Cada Vez Mais Exigentes Concorrência Cada Vez Mais Acirrada Mudanças Constantes, Exigindo Flexibilidade e Agilidade nas Decisões Empresas Comprometidas Com a Comunidade
  • 6. Principal Conceito da Qualidade Atender às Reais Expectativas dos Clientes Cliente é Qualquer Pessoa, Qualquer Empresa ou Qualquer Processo Que se Utiliza de Um Determinado Produto, Serviço ou Informação
  • 7. Outros Conceitos: Qualidade Total é o Conjunto de Ideias e de Ações Que Colocam a Qualidade Como o Ponto Central das Atividades de Uma Empresa
  • 8. 1° Princípio da Qualidade: Total Satisfação dos Clientes Os Clientes São a Razão da Existência de Uma Empresa e, Atualmente, Não Basta Atendê-los é Preciso “Encantá-los”
  • 9. 2° Princípio da Qualidade: Gerência Participativa Liberdade, Apoio e Estímulo Para Que as Pessoas Manifestem Opiniões, Façam Sugestões e Sejam Ouvidas Naquilo Que as Compete
  • 10. 3° Princípio: DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS Busca a Valorização do Ser Humano, Possibilitando Seu Crescimento e a Realização Profissional. O Principal Objetivo é a Motivação de Todos
  • 11. 4° Princípio da Qualidade: CONSTÂNCIA DE PROPÓSITOS Para Corrigir Nossos Defeitos Devemos Entender o Que a Empresa Espera de Nós e, às Vezes, é Preciso Mudar a Forma Como Fazemos as Coisas. Mas, Para Isso, Necessitamos Persistência e Compreensão dos Propósitos da Organização
  • 12. O Conceito PDCA Metodologia Conhecida Como “Plan-Do- Check-Act PLAN Planejar = Estabelecer Objetivos DO Fazer = Implementar os Processos CHECK Checar = Monitorar os Processos ACT Agir = Tomar Decisões Para Promover o Desempenho do Processo
  • 14. INTERNATIONAL ORGANIZATIOS For SATANDARDIZATION (ISO) Trata-se de Uma Organização Internacional Sediada na Suíça, Cuja Sigla Significa “IGUAL” e, no Brasil, é Representada Pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) As Normas ISO 9000 São Usadas Para Certificar Produtos e Processos de Reconhecida Qualidade Já a Norma ISO 14000 é Usada Para Certificar Empresas Que Cuidam do Meio Ambiente, Sendo Vistas Como “Amiga do Meio Ambiente” INMETRO O Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Certificação da Qualidade é o Órgão Que dá as Credenciais às Empresas Que se Enquadram às Normas
  • 15. PRODUTIVIDADE É a Relação Entre os Recursos Consumidos e os Resultados Obtidos Ou Seja, é a Capacidade da Empresa Produzir Mais Com Menos Generalizando: Existirá Produtividade Quando a Produção Tiver Qualidade Os Conceitos de Qualidade, Produtividade e Competitividade Estão Interligados, Pois a Competitividade Decorre da Produtividade e, Esta, da Qualidade