SlideShare uma empresa Scribd logo
DESENVOLVIMENTO PESSOAL NO TRABALHO
Essa Apresentação Tem o
Objetivo Principal de Ajudar
as Pessoas a Desenvolver o
Conhecimento de Si
Próprios, das Suas
Habilidades e do Seu
Potencial
É a Oportunidade de Clarificar
Suas Metas Pessoais e
Profissionais, Identificar
Valores, Competências
Individuais e Promover a
Construção de Um Projeto de
Vida no Trabalho
Uma Pessoa Que se Conhece
Bem Poderá Superar Mais
Facilmente Seus Pontos Fracos e
Desenvolver Seus Pontos Fortes,
Oferecendo um Passo Decisivo
na Construção da Sua
Autoestima e Autoconfiança
(Atitudes Facilitadoras da
Comunicação Interpessoal)
Principais Competências Pessoais
1) Controle Emocional: Trata-se da
Capacidade de Comandar os Nossos
Estados de Alma, Impulsos, Recursos e,
Para Isso, o Profissional Deverá
Desenvolver:
A) Autocontrole: É a
capacidade de gerir de
forma adequada os nossos
estados emocionais, ser
positivo e manter a atenção
concentrada enquanto
estiver sob pressão
B) Integridade:
Assumir a
responsabilidade
pelos nossos atos e
opiniões; respeitar os
valores de integridade
e sinceridade
C) Adaptabilidade: Capacidade
para aceitar mudanças
D) Inovação: Abertura a novas
ideias, visões e informações
2) Motivação: São as
Características Emocionais
Que Facilitam o Alcance de
Nossos Objetivos
Profissionais (Necessidade e
Vontade de Se Aperfeiçoar e
de Vencer na Carreira)
A) Orientação Para Objetivos:
Capacidade de orientar a energia para
alcançar os objetivos
B) Compromisso: Aceitar os objetivos
de um grupo ou de uma organização
C) Iniciativa: Disponibilidade para atuar quando
existe oportunidade; melhorar o próprio desempenho
D) Otimismo: Persistência no alcance de objetivos
perante as dificuldades; ter objetivos ambiciosos e
aceitar riscos calculados
3) Inteligência
Emocional: Trata-se da
Nossa Capacidade de
Perceber, Avaliar e
Expressar Corretamente
Uma Emoção. Ou Seja, é a
Nossa Capacidade de
Compreender as Emoções
e o Conhecimento Que Elas
nos Transmitem
Estudiosos no assunto afirmam que Inteligência
Emocional é entender e aprender as emoções
para maximizar as habilidades intelectuais,
visando ampliar a autoconsciência, o controle
das relações interpessoais e a nossa motivação
Outros afirmam que se trata da nossa capacidade
de gerar ou ter acesso a sentimentos, quando eles
puderem facilitar a compreensão de si próprio ou
de outros
Enfim, pode-se afirmar que a
Inteligência Emocional é a
regulação da nossa emoção
através da monitorização, da
avaliação e da utilização do
conhecimento das próprias
emoções, a fim de mantê-las ou
modifica-las conforme nossas
necessidades
Pessoas que possuem
Inteligência Emocional
bem desenvolvidas se
sentem satisfeitas e
tendem a ser eficientes
na sua vida pessoal e
profissional, aumentando
a sua produtividade
Pessoas emocionalmente
equilibradas são
autoconfiantes e controlam
seus impulsos. Elas têm
mais probabilidade de obter
o sucesso pessoal e
profissional. Elas sabem
gerir emoções, promover a
cooperação, tomar decisões
adequadas, desenvolver o
autoconhecimento e têm
empatia pessoal
Os Possuidores de Inteligência Emocional Têm:
A) Competências Pessoais: Autoconsciência;
Controle Emocional e Motivação
B) Competências Sociais: Empatia e
Capacidades Sociais
Competências Interpessoais e Sociais
EMPATIA: Pessoas empáticas possuem
consciência dos seus sentimentos, das
preocupações e da necessidade dos outros
Pessoas Que Praticam a Empatia
Possuem as Seguintes Características:
A)Compreensão:
É a nossa capacidade
de captar os
sentimentos alheios,
percebendo as
necessidades dos
outros e procurando
ajudá-las
B) Valorização da Diversidade: Ver e
aproveitar as “diferenças” como
oportunidades; mostrar sensibilidade e
compreender as perspectivas dos outros
C) Escuta Ativa: Estão atentos às pistas
emocionais e são bons ouvintes
INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO TRABALHO
As emoções nos fornecem valiosas informações
sobre nós, sobre os outros e sobre diversas
situações do cotidiano. E, diariamente em nosso
trabalho sentimos emoções como raiva,
frustração, euforia ou alegria
Utilizando as
informações que as
emoções nos
fornecem podemos
alterar o nosso
comportamento e
raciocínio. Exemplo:
Conseguiremos
controlar a raiva se
tivermos a consciência
do que a provoca
A Inteligência Emocional nos permite analisar como
fazemos avaliações (nossas próprias, dos outros e das
situações) e, diante disso, ao ouvirmos nossos sentimentos
poderemos perceber porque agimos de determinada forma
Utilizando a Inteligência Emocional no trabalho
conseguimos identificar nossas intenções, pois
muitas vezes confundimos nossos desejos latentes
com a nossa intenção aparente. Além disso, ela nos
permite prestar atenção aos nossos atos, pois os
outros reagem diferentes às nossas atitudes
Aptidões Básicas Para Desenvolver a
Inteligência Emocional
Conhecer as próprias emoções e ter
empatia com os outros; ou seja, saber
colocar-se no lugar do outro
Saber lidar com as emoções,
identificando e expressando
sentimentos
Reconhecer as emoções nos
outros e saber se relacionar bem
OBSERVAÇÃO:
Controlar suas emoções
não significa sufocá-las.
Na verdade, significa
compreendê-las e usá-las
para modificar situações
em nosso benefício
EXERCÍCIO PRÁTICO
Imagine que você está em
uma reunião e o seu chefe
menospreza publicamente
suas ideias afirmando que,
se você tivesse apenas
seguido o que ele diz, você
não teria ideias tão
estapafúrdias
Provavelmente sua reação
seria de raiva, defendendo-
se e agredindo-o com
palavras duras. Mas, como
deveria ser uma reação
emocionalmente inteligente
de lidar com essa situação?
E X E M P L O :
1) Tomar consciência do que está sentindo naquele
momento e que, provavelmente, não é muito simpático
2) Racionalizar; ou
seja, imaginar o
quanto ele está
sendo irracional e
que não valeria a
pena descer ao seu
nível
3) Conscientizar-se das suas reações fisiológicas (batimentos
cardíacos, respiração, etc.), pois o ideal é praticar relaxamento
4) Interromper seu comportamento agressivo e de raiva
5) Finalmente, depois de acalmar-se, pensar e procurar numa
solução para lidar com essa situação
MOTIVAÇÃO
Trata-se da força propulsora que está por trás de todas as
nossas ações, constituindo-se em um processo que é
responsável pela intensidade, direção e persistência dos
nossos esforços para o atingimento de determinada meta
Diz-se que a Motivação se baseia em emoções
empregadas especificamente para buscar
experiências emocionai positivas e evitar as negativas
Portanto, trata-se de um conjunto de forças internas que
mobilizam o indivíduo a atingir um determinado objetivo,
como resposta a um estado de necessidade
Dessa forma a Motivação
orienta nosso
comportamento, nos impele
a agir para atingir objetivos
e facilita nossa
aprendizagem e desempenho
Os Diferentes Tipos de Motivos:
1) Impulsos Básicos: São os impulsos
relativos à nossa própria sobrevivência
como respirar, comer ou dormir
2) Motivos Sociais:
Satisfazer as
necessidades de se
sentir amado, respeitado
e integrado
3) Motivos Para a
Estimulação Sensorial:
Apela ao que é novo e
desconhecido
4) Motivos de Crescimento:
Necessidade de realização
pessoal e de competência
5) Ideias Como Motivos: As ideias e ideais
de cada um são uma grande força
motivacional (motivos pessoais)
Teoria
Motivacional de
MASLOW
Conforme essa teoria, quando um nível
inferior de necessidades se encontra
satisfeito, significa que o nível imediatamente
a seguir mobiliza o comportamento. Mas, nem
todas as pessoas atingem o topo da pirâmide,
pois algumas param conforme a sua vivência
Motivação no Trabalho
É o estado de ânimo expresso
em atitudes e
comportamentos profissionais
de um indivíduo (ou grupo),
dentro de um contexto
organizacional. É um fator
primordial para realizar
objetivos pessoais e otimizar a
eficiência profissional
Trata-se de uma
característica muito
valorizada nas
empresas, pois o
trabalhador
motivado requer
menos controle, é
mais esforçado,
criativo e produtivo
FONTES DE MOTIVAÇÃO
Procurar a Motivação em Nós
Mesmos: Pensar positivamente,
fazer autocríticas construtivas,
mantermo-nos em movimento,
traçando metas e objetivos
Desenvolver Relacionamentos
Motivadores: Amigos, familiares,
colegas e a quem recorrer quando a
motivação precisar de reforço
Criar um Ambiente de Trabalho
Saudável e Útil
Condições Psicológicas
Que Conduzem a
Comportamentos
Desmotivadores
Desvalorizar suas
próprias
capacidades para
resolver problemas
Dizer a si próprio que não vai
conseguir realizar uma tarefa
Bloquear a atividade
respiratória e acelerar o
ritmo cardíaco (entrar em
ansiedade)
Desligar-se da
realidade presente
e exagerar a
dificuldade da
situação
Aumentar o poder dos
outros, diminuindo seu
próprio poder e importância
Olhar para uma
situação passada
que foi frustrante
e acreditar que
será sempre
assim
Respostas às Frustrações
Agressividade: Comportamento agressivo contra
si e contra os outros, gerando da ironia até a
agressão física
Racionalização:
Arranjar justificativas
como desculpas para
manifestações de
incompetência,
inadequação ou
fracasso
Transferência:
Transposição de
sentimentos (Exemplo:
raiva proveniente da
frustração) para outras
pessoas ou situações
Projeção: Colocar em outra pessoa
qualidades, defeitos, sentimentos ou desejos
que o próprio se recusa assumir como seus
Compensação: Compensar
a situação frustrante com
outra atividade em que
tenha êxito
Integração: Aceita-se
a situação,
aproveitando o que há
de positivo nela
Fuga: Dificuldade em enfrentar
a situação, evitando-a

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
Andréa Dantas
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Camilo Almendra
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Yonara Mateus
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
inovaDay .
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Alessandra Gonzaga
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
Camila Prada
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
Avanti! Comunicação
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Eduardo Maróstica
 
Comunicação não violenta
Comunicação não violentaComunicação não violenta
Comunicação não violenta
Felipe Portuense Lima
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Ricardo Silva Coqueiro
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
DoroteiaSouza
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
Juliana Gulka
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Prof. Randes Enes, M.Sc.
 
Treinamento Motivacao
Treinamento MotivacaoTreinamento Motivacao
Treinamento Motivacao
Gabriel Rodrigo Madeira
 
Comunicação não-violenta
Comunicação não-violentaComunicação não-violenta
Comunicação não-violenta
Thiago de Oliveira Pires
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Leonardo Melo Santos
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
Comunicacao nao violenta
Comunicacao nao violentaComunicacao nao violenta
Comunicacao nao violenta
Kenia Lima
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
University
 

Mais procurados (20)

RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Comunicação não violenta
Comunicação não violentaComunicação não violenta
Comunicação não violenta
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
 
Treinamento Motivacao
Treinamento MotivacaoTreinamento Motivacao
Treinamento Motivacao
 
Comunicação não-violenta
Comunicação não-violentaComunicação não-violenta
Comunicação não-violenta
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Comunicacao nao violenta
Comunicacao nao violentaComunicacao nao violenta
Comunicacao nao violenta
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 

Semelhante a DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx

Boletim coaching junho 2015
Boletim coaching   junho 2015Boletim coaching   junho 2015
Boletim coaching junho 2015
Myrthes Lutke
 
As Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência EmocionalAs Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência Emocional
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptx
Elidaine
 
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelênciaInteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
Elidaine
 
Inteligencia Emocional
Inteligencia EmocionalInteligencia Emocional
Inteligencia Emocional
Donizete Medeiros
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
Donizete Medeiros
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
AuriceliaRosa
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Ana Isabel Correia
 
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptx
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptxInteligência Emocional AUTENTICA.pptx
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptx
Elidaine
 
Modulo3
Modulo3Modulo3
Modulo3
carlossono
 
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalhoInteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
superstar100
 
Competências pessoais sociais
Competências pessoais sociaisCompetências pessoais sociais
Competências pessoais sociais
Rosalina Fialho
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
Filipa Viveiros
 
O que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocionalO que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocional
Marcelo Anjos
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
Jorge Covacs
 
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptxProjeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
Hérica Medeiros
 
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
Josilane Marques
 
Aula 4 inteligencia emocional
Aula 4   inteligencia emocionalAula 4   inteligencia emocional
Aula 4 inteligencia emocional
Saulo (cedro
 
Treinamento_IE.pptx
Treinamento_IE.pptxTreinamento_IE.pptx
Treinamento_IE.pptx
StfanyCoutinho2
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
Marcus Pimenta
 

Semelhante a DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx (20)

Boletim coaching junho 2015
Boletim coaching   junho 2015Boletim coaching   junho 2015
Boletim coaching junho 2015
 
As Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência EmocionalAs Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência Emocional
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptx
 
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelênciaInteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
Inteligência Emocional - A arte de Viver com excelência
 
Inteligencia Emocional
Inteligencia EmocionalInteligencia Emocional
Inteligencia Emocional
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptx
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptxInteligência Emocional AUTENTICA.pptx
Inteligência Emocional AUTENTICA.pptx
 
Modulo3
Modulo3Modulo3
Modulo3
 
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalhoInteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
Inteligencia%20 emocional%20no%20trabalho
 
Competências pessoais sociais
Competências pessoais sociaisCompetências pessoais sociais
Competências pessoais sociais
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
 
O que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocionalO que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocional
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
 
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptxProjeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
Projeto de Vida - Inteligência Emocional e Sonhos.pptx
 
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
Trein etiqueta empresarial_fev_2013_2
 
Aula 4 inteligencia emocional
Aula 4   inteligencia emocionalAula 4   inteligencia emocional
Aula 4 inteligencia emocional
 
Treinamento_IE.pptx
Treinamento_IE.pptxTreinamento_IE.pptx
Treinamento_IE.pptx
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de VendasA Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas (20)

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de Trabalho
 
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
 
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
 
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de VendasA Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
A Negociação e as Principais Etapas de Uma Apresentação de Vendas
 

DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx

  • 1. DESENVOLVIMENTO PESSOAL NO TRABALHO Essa Apresentação Tem o Objetivo Principal de Ajudar as Pessoas a Desenvolver o Conhecimento de Si Próprios, das Suas Habilidades e do Seu Potencial É a Oportunidade de Clarificar Suas Metas Pessoais e Profissionais, Identificar Valores, Competências Individuais e Promover a Construção de Um Projeto de Vida no Trabalho Uma Pessoa Que se Conhece Bem Poderá Superar Mais Facilmente Seus Pontos Fracos e Desenvolver Seus Pontos Fortes, Oferecendo um Passo Decisivo na Construção da Sua Autoestima e Autoconfiança (Atitudes Facilitadoras da Comunicação Interpessoal) Principais Competências Pessoais 1) Controle Emocional: Trata-se da Capacidade de Comandar os Nossos Estados de Alma, Impulsos, Recursos e, Para Isso, o Profissional Deverá Desenvolver:
  • 2. A) Autocontrole: É a capacidade de gerir de forma adequada os nossos estados emocionais, ser positivo e manter a atenção concentrada enquanto estiver sob pressão B) Integridade: Assumir a responsabilidade pelos nossos atos e opiniões; respeitar os valores de integridade e sinceridade C) Adaptabilidade: Capacidade para aceitar mudanças D) Inovação: Abertura a novas ideias, visões e informações 2) Motivação: São as Características Emocionais Que Facilitam o Alcance de Nossos Objetivos Profissionais (Necessidade e Vontade de Se Aperfeiçoar e de Vencer na Carreira) A) Orientação Para Objetivos: Capacidade de orientar a energia para alcançar os objetivos B) Compromisso: Aceitar os objetivos de um grupo ou de uma organização
  • 3. C) Iniciativa: Disponibilidade para atuar quando existe oportunidade; melhorar o próprio desempenho D) Otimismo: Persistência no alcance de objetivos perante as dificuldades; ter objetivos ambiciosos e aceitar riscos calculados 3) Inteligência Emocional: Trata-se da Nossa Capacidade de Perceber, Avaliar e Expressar Corretamente Uma Emoção. Ou Seja, é a Nossa Capacidade de Compreender as Emoções e o Conhecimento Que Elas nos Transmitem Estudiosos no assunto afirmam que Inteligência Emocional é entender e aprender as emoções para maximizar as habilidades intelectuais, visando ampliar a autoconsciência, o controle das relações interpessoais e a nossa motivação Outros afirmam que se trata da nossa capacidade de gerar ou ter acesso a sentimentos, quando eles puderem facilitar a compreensão de si próprio ou de outros
  • 4. Enfim, pode-se afirmar que a Inteligência Emocional é a regulação da nossa emoção através da monitorização, da avaliação e da utilização do conhecimento das próprias emoções, a fim de mantê-las ou modifica-las conforme nossas necessidades Pessoas que possuem Inteligência Emocional bem desenvolvidas se sentem satisfeitas e tendem a ser eficientes na sua vida pessoal e profissional, aumentando a sua produtividade Pessoas emocionalmente equilibradas são autoconfiantes e controlam seus impulsos. Elas têm mais probabilidade de obter o sucesso pessoal e profissional. Elas sabem gerir emoções, promover a cooperação, tomar decisões adequadas, desenvolver o autoconhecimento e têm empatia pessoal Os Possuidores de Inteligência Emocional Têm: A) Competências Pessoais: Autoconsciência; Controle Emocional e Motivação B) Competências Sociais: Empatia e Capacidades Sociais
  • 5. Competências Interpessoais e Sociais EMPATIA: Pessoas empáticas possuem consciência dos seus sentimentos, das preocupações e da necessidade dos outros Pessoas Que Praticam a Empatia Possuem as Seguintes Características: A)Compreensão: É a nossa capacidade de captar os sentimentos alheios, percebendo as necessidades dos outros e procurando ajudá-las B) Valorização da Diversidade: Ver e aproveitar as “diferenças” como oportunidades; mostrar sensibilidade e compreender as perspectivas dos outros C) Escuta Ativa: Estão atentos às pistas emocionais e são bons ouvintes
  • 6. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO TRABALHO As emoções nos fornecem valiosas informações sobre nós, sobre os outros e sobre diversas situações do cotidiano. E, diariamente em nosso trabalho sentimos emoções como raiva, frustração, euforia ou alegria Utilizando as informações que as emoções nos fornecem podemos alterar o nosso comportamento e raciocínio. Exemplo: Conseguiremos controlar a raiva se tivermos a consciência do que a provoca A Inteligência Emocional nos permite analisar como fazemos avaliações (nossas próprias, dos outros e das situações) e, diante disso, ao ouvirmos nossos sentimentos poderemos perceber porque agimos de determinada forma Utilizando a Inteligência Emocional no trabalho conseguimos identificar nossas intenções, pois muitas vezes confundimos nossos desejos latentes com a nossa intenção aparente. Além disso, ela nos permite prestar atenção aos nossos atos, pois os outros reagem diferentes às nossas atitudes
  • 7. Aptidões Básicas Para Desenvolver a Inteligência Emocional Conhecer as próprias emoções e ter empatia com os outros; ou seja, saber colocar-se no lugar do outro Saber lidar com as emoções, identificando e expressando sentimentos Reconhecer as emoções nos outros e saber se relacionar bem OBSERVAÇÃO: Controlar suas emoções não significa sufocá-las. Na verdade, significa compreendê-las e usá-las para modificar situações em nosso benefício
  • 8. EXERCÍCIO PRÁTICO Imagine que você está em uma reunião e o seu chefe menospreza publicamente suas ideias afirmando que, se você tivesse apenas seguido o que ele diz, você não teria ideias tão estapafúrdias Provavelmente sua reação seria de raiva, defendendo- se e agredindo-o com palavras duras. Mas, como deveria ser uma reação emocionalmente inteligente de lidar com essa situação? E X E M P L O : 1) Tomar consciência do que está sentindo naquele momento e que, provavelmente, não é muito simpático 2) Racionalizar; ou seja, imaginar o quanto ele está sendo irracional e que não valeria a pena descer ao seu nível 3) Conscientizar-se das suas reações fisiológicas (batimentos cardíacos, respiração, etc.), pois o ideal é praticar relaxamento 4) Interromper seu comportamento agressivo e de raiva 5) Finalmente, depois de acalmar-se, pensar e procurar numa solução para lidar com essa situação
  • 9. MOTIVAÇÃO Trata-se da força propulsora que está por trás de todas as nossas ações, constituindo-se em um processo que é responsável pela intensidade, direção e persistência dos nossos esforços para o atingimento de determinada meta Diz-se que a Motivação se baseia em emoções empregadas especificamente para buscar experiências emocionai positivas e evitar as negativas Portanto, trata-se de um conjunto de forças internas que mobilizam o indivíduo a atingir um determinado objetivo, como resposta a um estado de necessidade Dessa forma a Motivação orienta nosso comportamento, nos impele a agir para atingir objetivos e facilita nossa aprendizagem e desempenho Os Diferentes Tipos de Motivos: 1) Impulsos Básicos: São os impulsos relativos à nossa própria sobrevivência como respirar, comer ou dormir
  • 10. 2) Motivos Sociais: Satisfazer as necessidades de se sentir amado, respeitado e integrado 3) Motivos Para a Estimulação Sensorial: Apela ao que é novo e desconhecido 4) Motivos de Crescimento: Necessidade de realização pessoal e de competência 5) Ideias Como Motivos: As ideias e ideais de cada um são uma grande força motivacional (motivos pessoais) Teoria Motivacional de MASLOW Conforme essa teoria, quando um nível inferior de necessidades se encontra satisfeito, significa que o nível imediatamente a seguir mobiliza o comportamento. Mas, nem todas as pessoas atingem o topo da pirâmide, pois algumas param conforme a sua vivência
  • 11. Motivação no Trabalho É o estado de ânimo expresso em atitudes e comportamentos profissionais de um indivíduo (ou grupo), dentro de um contexto organizacional. É um fator primordial para realizar objetivos pessoais e otimizar a eficiência profissional Trata-se de uma característica muito valorizada nas empresas, pois o trabalhador motivado requer menos controle, é mais esforçado, criativo e produtivo FONTES DE MOTIVAÇÃO Procurar a Motivação em Nós Mesmos: Pensar positivamente, fazer autocríticas construtivas, mantermo-nos em movimento, traçando metas e objetivos Desenvolver Relacionamentos Motivadores: Amigos, familiares, colegas e a quem recorrer quando a motivação precisar de reforço Criar um Ambiente de Trabalho Saudável e Útil
  • 12. Condições Psicológicas Que Conduzem a Comportamentos Desmotivadores Desvalorizar suas próprias capacidades para resolver problemas Dizer a si próprio que não vai conseguir realizar uma tarefa Bloquear a atividade respiratória e acelerar o ritmo cardíaco (entrar em ansiedade) Desligar-se da realidade presente e exagerar a dificuldade da situação Aumentar o poder dos outros, diminuindo seu próprio poder e importância Olhar para uma situação passada que foi frustrante e acreditar que será sempre assim Respostas às Frustrações Agressividade: Comportamento agressivo contra si e contra os outros, gerando da ironia até a agressão física
  • 13. Racionalização: Arranjar justificativas como desculpas para manifestações de incompetência, inadequação ou fracasso Transferência: Transposição de sentimentos (Exemplo: raiva proveniente da frustração) para outras pessoas ou situações Projeção: Colocar em outra pessoa qualidades, defeitos, sentimentos ou desejos que o próprio se recusa assumir como seus Compensação: Compensar a situação frustrante com outra atividade em que tenha êxito Integração: Aceita-se a situação, aproveitando o que há de positivo nela Fuga: Dificuldade em enfrentar a situação, evitando-a