SlideShare uma empresa Scribd logo
Disciplina de DidáticaDisciplina de Didática
Projetos interdisciplinaresProjetos interdisciplinares
Karine Pinheiro de Souza
Phd. Uminho/ Prof. Didática da UFC
Professora UAB/UECE
Salvador Dali 2
PlanejamentoPlanejamento
• Definir um problema
• Identificar os saberes relevantes
• Avaliar os caminhos
• Integrar os saberes e a utilização das Tecnologias
digitais.
• Engajamento de educadores e alunos
• Produzir uma compreensão interdisciplinar sobre o
uso das tecnologias.
Pesquisa interdisciplinar - Klein e Repko (2008)
Mudar de Paradigma?Mudar de Paradigma?
Como fazer esse tipo deComo fazer esse tipo de
projeto interdisciplinarprojeto interdisciplinar ??
• Vivenciar os espaços escolares e a
complexidade.
• Abrir os olhos internos e externos.
• Necessitaram da problematização.
• Quanto a abordagem do trabalho com as
tecnologias digitais?
Como construímos oComo construímos o
conhecimento ?conhecimento ?
• Complexidade dos problemas/ Romper com as
ciências desvinculadas do mundo, feudos
intelectuais.
• O conhecimento na contemporaneidade é ir além
do fragmentado, do rígido, por isso é fundamental
refletirmos sobre sua episteme, suas linguagens, suas
multireferencialidades, para que possamos nos
ecologizar e resiginificarmos nossa essência.
Quebra de paradigmas/ novasQuebra de paradigmas/ novas
linguagens /novas tecnologiaslinguagens /novas tecnologias
Nos remete ao pensamento de Nóvoa ( 2015) :
Participar do paradigma do futuro é estar em ligação
com todas as áreas”o que nos remete ao
pensamento interdisciplinar”o futuro será a
convergência de saberes, a revolução científica será
acentuadamente tecnológica.
MultirreferencialidadeMultirreferencialidade
E a contribuição da multireferencialidade é uma das
grandes contribuições que se pode trazer para a
escola/universidade, por trabalhar com linguagens,
valores, crenças, enfim, uma multiplicidade de
expressões e diversidades culturais que se encontram
na escola.
A abordagem multirreferencial exige e comporta
uma bricolagem, com situações“de ir aqui e lá,
eventualmente para obter, pelo desvio,
indiretamente, aquilo que não se pode alcanc̃ar de
forma direta” ( Ardoino,1998)
Reinventar os espaçosReinventar os espaços
escolares!escolares!
• Conceito de comunidade de aprendizagem
quanto o de cidade educadora podem ser
ampliadores de nossa compreensão de educac̃ão.
(Sancho, 2002).
• Reinventar a escola no mesmo movimento que
busca reinventar a cidade e nela a comunidade
como lugares de convivência, de diâlogo, de
aprendizagens permanentes na perspectiva do
aprofundamento da democracia e da afirmaĉâo
das liberdades. (MOLL, 2002-2003).
As tecnologias e novas perspectivasAs tecnologias e novas perspectivas
educacionais empreendedoraseducacionais empreendedoras
10
"não há amanhã sem projeto, sem sonho, sem
utopia, sem esperança, sem o trabalho de
criação e o desenvolvimento de possibilidades
que viabilizem a sua concretização” (Freire,
2001).
Obrigada ! Vamos voar e sonhar !
Karine Pinheiro ®
Kpinheiro.projetos@gmail.com
https://karinepinheirosouza.wordpress.com
http://lattes.cnpq.br/8284202817095095
• REFERENCIAS
• Abreu, N., Baldanza, R. & Gondim, S (2009). Os Grupos focais on-line: das reflexões conceituais à aplicação em ambiente virtual. In Journal of Information Systems and Technology Management , Vol. 6, No. 1, 2009,
p. 05-24. Recuperado em 18 abril de 2014, de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-17752009000100002&lng=pt&nrm=iso
•  
• Alberta Government (2010). Inspiring Education. A dialogue with Albertans. Recuperado em 7 fevereiro, 2013, de
http://education.alberta.ca/media/7145083/inspiring%20education%20steering%20committee%20report.pdfAlberta Government (2010b). Inspiring Action on Education. Recuperado em 7 fevereiro, 2013, de:
http://ideas.education.alberta.ca/media/2905/inspiringaction%20eng.pdf
• Alberta Education (2011). Framework for Student Learning. Competencies for Engaged Thinkers and Ethical Citizens with an Entrepreneurial Spirit. Government of Alberta. Recuperado em 7 fevereiro 2013, de:
http://www.education.alberta.ca/media/6581166/framework.pdf
• Ausubel, D. (2003). Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano.
• Bauman, Z. (2001). Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
• Bardin, L. (1995)Análise de Conteúdo. Edições 70. Lisboa: Portugal
• Castells, M. (2002). A Sociedade em Rede. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
• Delors, J. (coord.) (1996). Educação, um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre a Educação para o século XXI. Porto: Asa.
• Dolabela, F. (2003). Pedagogia Empreendedora. São Paulo: Editora de Cultura.
• EC - European Commission (2012). Entrepreneuship Education at School in Europe – National Strategies Curricula and Learning Outcomes. Bruxelas. Recuperado em 30 de março 2014, de:
http://eacea.ec.europa.eu/education/eurydice/documents/thematic_reports/135EN.pdf
• EC - European Commission (2009). Entrepreneurship in vocational education and training. Final report of the expert group. November, 2009. Recuperado em 30 de março 2014 de:
• http://ec.europa.eu/enterprise/policies/sme/files/smes/vocational/entr_voca_en.pdf
• EC - European Commission (2008). Digital Literacy - European Commission Working Paper and Recommendations from Digital Literacy High-Level Expert Group ( inclusion Be Part of It!). Recuperado em 20 dezembro
2008, de: http://ec.europa.eu/Information_society/events/e_inclusion/2008/doc
• Lévy, P. (1998). A Inteligência Coletiva: por uma antroplogia do ciberespaço. São paulo: Edições Loyola.
• Lévy, P. (2000). Filosofia Word: o mercado, o ciberespaço, a consciência. Lisboa: Instituto Piaget.
• OCDE (2005) The definition and Selection of key Competencies. Recuperado em 30 março 2014 de: http://www.oecd.org/pisa/35070367.pdf
• OCDE (2013). PISA 2015 DRAFT COLLABORATIVE PROBLEM SOLVING FRAMEWORK. Recuperado em 29 março 2013 de:
• http://www.oecd.org/pisa/pisaproducts/Draft%20PISA%202015%20Collaborative%20Problem%20Solving%20Framework%20.pdf
• Okada, A., Serra, A.., Ribeiro, S., & Pinto, S. (2013). Competências-chave para coaprender e coinvestigar na era digital. In III Colóquio Luso-Brasileiro de Educação a Distância e Elearning. Lisboa: Rede de Pesquisa
Aberta COLEARN, pp. 1–33. Recuperado em 30 março. 2014 de: http://lead.uab.pt/OCS/index.php/CLB/club/paper/view/316
• Okada, A., Serra, A., Barros, D., Ribeiro, S.& Pinto, S. (2014).Competencias-clave para coaprender y coinvestigar en la era digital en entrornos abiertos y massivos. In A. Okada (Ed.), Recursos Educacionais Abertos &
Redes Sociais . EdUEMA, pp. 177-204.
• Perrenoud, P. (1995). Des savoirs aux competences: de quoi parle-t-on en parlant de competences? In in Pédagogie collégiale (Québec), Vol. 9, n° 1, octobre 1995, pp. 20-24. Recuperado em 30 março 2014 de:
http://www.unige.ch/fapse/SSE/teachers/perrenoud/php_main/php_1995
• Selber, S. (2004). Multiliteracies for a Digital Age. Carbondale: Southern Illinois University Press.
• Senges, M., Brown, J. & Rheingold, H. (2008) Entrepreneurial learning in the networked age. How new learning environments foster entrepreneurship and innovation. Paradigms 1, December 2008, pp. 125-140.
Recuperado em 22 março 2014, de: http://www.gencat.cat/diue/doc/doc_52863486_3.pdf
• Santaella, L. (2013). Comunicação ubíqua. Repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus.
• Silva, Bento & Ferreira, Maria da Conceição (2009). Interacção(ões) Online e categorias de análise sobre interacções: um diálogo em construção. In Bento D. Silva, Leandro S. Almeida, Alfonso Barca & Manuel
Peralbo (orgs.). Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, pp. 5780-5794
• Souza, K. & Silva, B. (2013a). Desenvolvimento de Inovações Pedagógicas para o Currículo de Empreendedorismo Digital em Portugal. In: Gomes, Mª. et. al. (orgs.), Atas da VIII Conferência Internacional de TIC na
Educação - Challenges 2013, Aprender a qualquer hora e em qualquer lugar. Braga: Centro de Competência TIC, pp. 699-714.
• Souza, K. & Silva, B. (2013b). Nativos Digitais: Atreve-te a empreender. In: Ferreira, C., Domingos, A. & Spínola, C., Atas do I Colóquio Cabo-Verdiano de Educação, “Nas pegadas das reformas educativas”. Praia:
Universidade de Cabo Verde, pp. 435-447.
• Tapia, A. & Ferreira, J. (2011). Competências Empreendedoras. Instituto do Emprego e Formação Profissional. Lisboa - Portugal. Recuperado em 30 março 2014 de: http://www.tree-institute.org/publica/ref
%20formacao%20compet%20empreend%20IEFP.pdf
• UNESCO (2013). Currículo integrado para o Ensino Médio: das normas à prática transformadora In. Marilza Regattieri e Jane M. Castro Brasília (org.). Recuperado em 30 março2014 de:
http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this office/singleview/news/prototipos_curriculares_de_ensino_medio_e_ensino_medio_integrado_resumo_executivo/
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
Rui Páscoa
 
Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?
Luis Borges Gouveia
 
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novoO Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
Luis Borges Gouveia
 
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
Instituto Educadigital
 
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXI
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXIOs desafios prementes da educação ...no Sec XXI
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXI
Universidade Católica Portuguesa
 
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONALTECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
liarosamoura
 
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-lineUso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Ricardo Rodrigues Nunes
 
Educonvg
EduconvgEduconvg
COIED2_José Moran
COIED2_José MoranCOIED2_José Moran
COIED2_José Moran
COIED
 
Diisertação - Cultura digital e formação de Professores
Diisertação - Cultura digital e formação de ProfessoresDiisertação - Cultura digital e formação de Professores
Diisertação - Cultura digital e formação de Professores
sulesampaio
 
Gestão da sala de aula : o desafio da integração das tecnologias
Gestão da sala de aula : o desafio da integração  das tecnologiasGestão da sala de aula : o desafio da integração  das tecnologias
Gestão da sala de aula : o desafio da integração das tecnologias
Maria de los Dolores J Peña
 
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
Instituto Educadigital
 
Tecnologia Educativa
Tecnologia EducativaTecnologia Educativa
Da transmissão à partilha e do desempenho à interação
Da transmissão à partilha e do desempenho à interaçãoDa transmissão à partilha e do desempenho à interação
Da transmissão à partilha e do desempenho à interação
Luis Borges Gouveia
 
Tecnologia educacional
Tecnologia educacionalTecnologia educacional
Tecnologia educacional
Milene Silva de Souza
 
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
Agrupamento de Escolas da Batalha
 
O Papel do Mobile Learning na Educação
O Papel do Mobile Learning na EducaçãoO Papel do Mobile Learning na Educação
O Papel do Mobile Learning na Educação
José Bidarra
 
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensarEducacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Glaucia Brito
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Katia Tavares
 
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGEAprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
José Bidarra
 

Mais procurados (20)

Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
Promoção da interculturalidade em elearning: uma atividade no Second Life®
 
Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?
 
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novoO Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo
 
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
Live - Estrategias formativas para educação remota a partir do pensamento de ...
 
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXI
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXIOs desafios prementes da educação ...no Sec XXI
Os desafios prementes da educação ...no Sec XXI
 
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONALTECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
 
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-lineUso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
 
Educonvg
EduconvgEduconvg
Educonvg
 
COIED2_José Moran
COIED2_José MoranCOIED2_José Moran
COIED2_José Moran
 
Diisertação - Cultura digital e formação de Professores
Diisertação - Cultura digital e formação de ProfessoresDiisertação - Cultura digital e formação de Professores
Diisertação - Cultura digital e formação de Professores
 
Gestão da sala de aula : o desafio da integração das tecnologias
Gestão da sala de aula : o desafio da integração  das tecnologiasGestão da sala de aula : o desafio da integração  das tecnologias
Gestão da sala de aula : o desafio da integração das tecnologias
 
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
Workshop Prisma Globonews - 5/5/2018
 
Tecnologia Educativa
Tecnologia EducativaTecnologia Educativa
Tecnologia Educativa
 
Da transmissão à partilha e do desempenho à interação
Da transmissão à partilha e do desempenho à interaçãoDa transmissão à partilha e do desempenho à interação
Da transmissão à partilha e do desempenho à interação
 
Tecnologia educacional
Tecnologia educacionalTecnologia educacional
Tecnologia educacional
 
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
Almada: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular
 
O Papel do Mobile Learning na Educação
O Papel do Mobile Learning na EducaçãoO Papel do Mobile Learning na Educação
O Papel do Mobile Learning na Educação
 
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensarEducacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
 
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGEAprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
Aprendizagem ativa e novas pedagogias no âmbito do projeto MILAGE
 

Destaque

Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
Jagadish Prasath
 
Obradoiro da banda deseñada
Obradoiro da banda deseñadaObradoiro da banda deseñada
Obradoiro da banda deseñadamigadepan
 
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & ForresterThe Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
IABmembership
 
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
Main Department of Economy of Vinnytsia Regional State Administration
 
East Magazine Issue 2
East Magazine Issue 2East Magazine Issue 2
East Magazine Issue 2
MarkBradbury
 
Presentation1 updated1
Presentation1 updated1Presentation1 updated1
Presentation1 updated1
Anas Edreesi
 
πολυμεσα
πολυμεσαπολυμεσα
πολυμεσα
Lefteris Torres
 
Otras teorias de donde somos
Otras teorias de donde somosOtras teorias de donde somos
Otras teorias de donde somos
Arturo Zamorano
 
Arviontikoulutus 8.2.2011
Arviontikoulutus 8.2.2011Arviontikoulutus 8.2.2011
Arviontikoulutus 8.2.2011Hannu Kuusela
 
e-CLUE tale
e-CLUE talee-CLUE tale
e-CLUE tale
gonzanafer
 
Dimensi tiga-jarak tik
Dimensi tiga-jarak tikDimensi tiga-jarak tik
Dimensi tiga-jarak tik
nopia11
 
Record label research
Record label researchRecord label research
Record label research
georginabarker
 
Personal Leadership rev 1
Personal Leadership rev 1Personal Leadership rev 1
Personal Leadership rev 1
Rachmat Gunawan
 
Презентация кафедры ГиМУ
Презентация кафедры ГиМУПрезентация кафедры ГиМУ
Презентация кафедры ГиМУ
Anton Sobe-Panek
 
Why I love UX
Why I love UXWhy I love UX
Why I love UX
Jason Hare
 
Le nostre prime foto P1 al via......
Le nostre prime foto P1 al via...... Le nostre prime foto P1 al via......
Le nostre prime foto P1 al via......
Maddalena Pinato
 
Tammiseminaari 27012017
Tammiseminaari 27012017Tammiseminaari 27012017
Tammiseminaari 27012017
Sari-Maarit Peltola
 
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
Liz Masterman
 
1st meeting in nevşehir 2 power point
1st meeting in nevşehir 2 power point1st meeting in nevşehir 2 power point
1st meeting in nevşehir 2 power point
cecisromania
 

Destaque (20)

Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
Java EE 6 - Deep Dive - Indic Threads, Pune - 2010
 
Obradoiro da banda deseñada
Obradoiro da banda deseñadaObradoiro da banda deseñada
Obradoiro da banda deseñada
 
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & ForresterThe Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
The Arrival of Real-Time Bidding, hosted by IAB, Google, & Forrester
 
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
8 Сьвєнтокшиський центр обслуговування інвесторів та експортерів - Каріна Кем...
 
East Magazine Issue 2
East Magazine Issue 2East Magazine Issue 2
East Magazine Issue 2
 
Presentation1 updated1
Presentation1 updated1Presentation1 updated1
Presentation1 updated1
 
πολυμεσα
πολυμεσαπολυμεσα
πολυμεσα
 
Otras teorias de donde somos
Otras teorias de donde somosOtras teorias de donde somos
Otras teorias de donde somos
 
Arviontikoulutus 8.2.2011
Arviontikoulutus 8.2.2011Arviontikoulutus 8.2.2011
Arviontikoulutus 8.2.2011
 
e-CLUE tale
e-CLUE talee-CLUE tale
e-CLUE tale
 
Dimensi tiga-jarak tik
Dimensi tiga-jarak tikDimensi tiga-jarak tik
Dimensi tiga-jarak tik
 
Record label research
Record label researchRecord label research
Record label research
 
Personal Leadership rev 1
Personal Leadership rev 1Personal Leadership rev 1
Personal Leadership rev 1
 
Презентация кафедры ГиМУ
Презентация кафедры ГиМУПрезентация кафедры ГиМУ
Презентация кафедры ГиМУ
 
Agenda 21
Agenda 21Agenda 21
Agenda 21
 
Why I love UX
Why I love UXWhy I love UX
Why I love UX
 
Le nostre prime foto P1 al via......
Le nostre prime foto P1 al via...... Le nostre prime foto P1 al via......
Le nostre prime foto P1 al via......
 
Tammiseminaari 27012017
Tammiseminaari 27012017Tammiseminaari 27012017
Tammiseminaari 27012017
 
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
Should openness be the default approach in higher education? (ALT-C 2014)
 
1st meeting in nevşehir 2 power point
1st meeting in nevşehir 2 power point1st meeting in nevşehir 2 power point
1st meeting in nevşehir 2 power point
 

Semelhante a Projetosinterdisciplinares

Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
UFPE
 
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagemO contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
Ana Vieira
 
Coempreender no Conactedu
Coempreender no ConacteduCoempreender no Conactedu
Coempreender no Conactedu
Karine Pinheiro
 
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
Rosemary Santos
 
4educacaomundocontemporaneo
4educacaomundocontemporaneo4educacaomundocontemporaneo
4educacaomundocontemporaneo
Danilo Amaral
 
Mini curso tec_educ
Mini curso tec_educMini curso tec_educ
Mini curso tec_educ
Alice Lage
 
Educar na contemporaneidade
Educar na contemporaneidade   Educar na contemporaneidade
Educar na contemporaneidade
Eliete Correia Santos
 
Portifólio proinfo
Portifólio proinfoPortifólio proinfo
Portifólio proinfo
Cláudia Regina Silva
 
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela MelaréEducação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Elizabeth Fantauzzi
 
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura DigitalFundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Elizabeth Fantauzzi
 
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
SteCabedelo
 
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptxJ9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
DaniloCastro77
 
Apresent I SessãO Presencial Pub
Apresent I SessãO Presencial PubApresent I SessãO Presencial Pub
Apresent I SessãO Presencial Pub
EducPaz
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
Manuel João Araújo
 
Tecnologia na educação
Tecnologia na educaçãoTecnologia na educação
Tecnologia na educação
Flavio Ferreira
 
As mídias na prática docente
As mídias na prática docenteAs mídias na prática docente
As mídias na prática docente
Lydia Wanderley
 
Pme 2 2012_b
Pme 2 2012_bPme 2 2012_b
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuro
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuroCapacidades digitais professores_sala_aula_futuro
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuro
Neuza Pedro
 
Apresentação2 semic2014
Apresentação2 semic2014Apresentação2 semic2014
Apresentação2 semic2014
marta santos
 
Apresentacao GRUPAR (2009-2019)
Apresentacao   GRUPAR (2009-2019)Apresentacao   GRUPAR (2009-2019)
Apresentacao GRUPAR (2009-2019)
AdrianaBruno9
 

Semelhante a Projetosinterdisciplinares (20)

Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
 
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagemO contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
O contributo dos meios comunicacionais em ambientes de aprendizagem
 
Coempreender no Conactedu
Coempreender no ConacteduCoempreender no Conactedu
Coempreender no Conactedu
 
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
Os usos dos professores das Mídias digitais e softwares Sociais: Potenciais c...
 
4educacaomundocontemporaneo
4educacaomundocontemporaneo4educacaomundocontemporaneo
4educacaomundocontemporaneo
 
Mini curso tec_educ
Mini curso tec_educMini curso tec_educ
Mini curso tec_educ
 
Educar na contemporaneidade
Educar na contemporaneidade   Educar na contemporaneidade
Educar na contemporaneidade
 
Portifólio proinfo
Portifólio proinfoPortifólio proinfo
Portifólio proinfo
 
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela MelaréEducação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
 
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura DigitalFundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
 
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
 
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptxJ9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
J9jiah iwxgsugxxgw7dvwisgw7s.pptx
 
Apresent I SessãO Presencial Pub
Apresent I SessãO Presencial PubApresent I SessãO Presencial Pub
Apresent I SessãO Presencial Pub
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Tecnologia na educação
Tecnologia na educaçãoTecnologia na educação
Tecnologia na educação
 
As mídias na prática docente
As mídias na prática docenteAs mídias na prática docente
As mídias na prática docente
 
Pme 2 2012_b
Pme 2 2012_bPme 2 2012_b
Pme 2 2012_b
 
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuro
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuroCapacidades digitais professores_sala_aula_futuro
Capacidades digitais professores_sala_aula_futuro
 
Apresentação2 semic2014
Apresentação2 semic2014Apresentação2 semic2014
Apresentação2 semic2014
 
Apresentacao GRUPAR (2009-2019)
Apresentacao   GRUPAR (2009-2019)Apresentacao   GRUPAR (2009-2019)
Apresentacao GRUPAR (2009-2019)
 

Mais de Karine Pinheiro

Educação pós-pademia
Educação pós-pademiaEducação pós-pademia
Educação pós-pademia
Karine Pinheiro
 
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
Karine Pinheiro
 
Oficina Escola Espaço de Reflexão
Oficina Escola Espaço de Reflexão Oficina Escola Espaço de Reflexão
Oficina Escola Espaço de Reflexão
Karine Pinheiro
 
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexãoComunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
Karine Pinheiro
 
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃOCeis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
Karine Pinheiro
 
Modelo de artigo
Modelo de artigoModelo de artigo
Modelo de artigo
Karine Pinheiro
 
Avaliação de aprendizagem
Avaliação de aprendizagemAvaliação de aprendizagem
Avaliação de aprendizagem
Karine Pinheiro
 
Didatica e conhecimento
Didatica e conhecimentoDidatica e conhecimento
Didatica e conhecimento
Karine Pinheiro
 
Corredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
Corredores Digitais - 26å Conferência AnprotecCorredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
Corredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
Karine Pinheiro
 
Didática - retrospectiva
Didática - retrospectivaDidática - retrospectiva
Didática - retrospectiva
Karine Pinheiro
 
Cidadeeducadora1
Cidadeeducadora1Cidadeeducadora1
Cidadeeducadora1
Karine Pinheiro
 
Carta aos professores
Carta aos professoresCarta aos professores
Carta aos professores
Karine Pinheiro
 
Fórum de Orientadores CREDE
Fórum de Orientadores CREDE Fórum de Orientadores CREDE
Fórum de Orientadores CREDE
Karine Pinheiro
 
Okada usp
Okada uspOkada usp
Okada usp
Karine Pinheiro
 
Competências para Coempreender
Competências para CoempreenderCompetências para Coempreender
Competências para Coempreender
Karine Pinheiro
 
Research Open University - Karine Pinheiro de Souza
Research Open University - Karine Pinheiro de SouzaResearch Open University - Karine Pinheiro de Souza
Research Open University - Karine Pinheiro de Souza
Karine Pinheiro
 
Reunião da REDE E-Criativa
Reunião da REDE E-CriativaReunião da REDE E-Criativa
Reunião da REDE E-Criativa
Karine Pinheiro
 
Empreendedorismomulheres
EmpreendedorismomulheresEmpreendedorismomulheres
Empreendedorismomulheres
Karine Pinheiro
 

Mais de Karine Pinheiro (18)

Educação pós-pademia
Educação pós-pademiaEducação pós-pademia
Educação pós-pademia
 
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
Aula 2 - Reflexões críticas sobre tecnologia educacional
 
Oficina Escola Espaço de Reflexão
Oficina Escola Espaço de Reflexão Oficina Escola Espaço de Reflexão
Oficina Escola Espaço de Reflexão
 
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexãoComunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
Comunidades virtuais - Escola Espaço de reflexão
 
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃOCeis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
Ceis - BORDER CROSSINGS: TERRITÓRIOS E FRONTEIRAS EM INVESTIGAÇÃO
 
Modelo de artigo
Modelo de artigoModelo de artigo
Modelo de artigo
 
Avaliação de aprendizagem
Avaliação de aprendizagemAvaliação de aprendizagem
Avaliação de aprendizagem
 
Didatica e conhecimento
Didatica e conhecimentoDidatica e conhecimento
Didatica e conhecimento
 
Corredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
Corredores Digitais - 26å Conferência AnprotecCorredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
Corredores Digitais - 26å Conferência Anprotec
 
Didática - retrospectiva
Didática - retrospectivaDidática - retrospectiva
Didática - retrospectiva
 
Cidadeeducadora1
Cidadeeducadora1Cidadeeducadora1
Cidadeeducadora1
 
Carta aos professores
Carta aos professoresCarta aos professores
Carta aos professores
 
Fórum de Orientadores CREDE
Fórum de Orientadores CREDE Fórum de Orientadores CREDE
Fórum de Orientadores CREDE
 
Okada usp
Okada uspOkada usp
Okada usp
 
Competências para Coempreender
Competências para CoempreenderCompetências para Coempreender
Competências para Coempreender
 
Research Open University - Karine Pinheiro de Souza
Research Open University - Karine Pinheiro de SouzaResearch Open University - Karine Pinheiro de Souza
Research Open University - Karine Pinheiro de Souza
 
Reunião da REDE E-Criativa
Reunião da REDE E-CriativaReunião da REDE E-Criativa
Reunião da REDE E-Criativa
 
Empreendedorismomulheres
EmpreendedorismomulheresEmpreendedorismomulheres
Empreendedorismomulheres
 

Último

Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

Projetosinterdisciplinares

  • 1. Disciplina de DidáticaDisciplina de Didática Projetos interdisciplinaresProjetos interdisciplinares Karine Pinheiro de Souza Phd. Uminho/ Prof. Didática da UFC Professora UAB/UECE
  • 3. PlanejamentoPlanejamento • Definir um problema • Identificar os saberes relevantes • Avaliar os caminhos • Integrar os saberes e a utilização das Tecnologias digitais. • Engajamento de educadores e alunos • Produzir uma compreensão interdisciplinar sobre o uso das tecnologias. Pesquisa interdisciplinar - Klein e Repko (2008)
  • 4. Mudar de Paradigma?Mudar de Paradigma?
  • 5. Como fazer esse tipo deComo fazer esse tipo de projeto interdisciplinarprojeto interdisciplinar ?? • Vivenciar os espaços escolares e a complexidade. • Abrir os olhos internos e externos. • Necessitaram da problematização. • Quanto a abordagem do trabalho com as tecnologias digitais?
  • 6. Como construímos oComo construímos o conhecimento ?conhecimento ? • Complexidade dos problemas/ Romper com as ciências desvinculadas do mundo, feudos intelectuais. • O conhecimento na contemporaneidade é ir além do fragmentado, do rígido, por isso é fundamental refletirmos sobre sua episteme, suas linguagens, suas multireferencialidades, para que possamos nos ecologizar e resiginificarmos nossa essência.
  • 7. Quebra de paradigmas/ novasQuebra de paradigmas/ novas linguagens /novas tecnologiaslinguagens /novas tecnologias Nos remete ao pensamento de Nóvoa ( 2015) : Participar do paradigma do futuro é estar em ligação com todas as áreas”o que nos remete ao pensamento interdisciplinar”o futuro será a convergência de saberes, a revolução científica será acentuadamente tecnológica.
  • 8. MultirreferencialidadeMultirreferencialidade E a contribuição da multireferencialidade é uma das grandes contribuições que se pode trazer para a escola/universidade, por trabalhar com linguagens, valores, crenças, enfim, uma multiplicidade de expressões e diversidades culturais que se encontram na escola. A abordagem multirreferencial exige e comporta uma bricolagem, com situações“de ir aqui e lá, eventualmente para obter, pelo desvio, indiretamente, aquilo que não se pode alcanc̃ar de forma direta” ( Ardoino,1998)
  • 9. Reinventar os espaçosReinventar os espaços escolares!escolares! • Conceito de comunidade de aprendizagem quanto o de cidade educadora podem ser ampliadores de nossa compreensão de educac̃ão. (Sancho, 2002). • Reinventar a escola no mesmo movimento que busca reinventar a cidade e nela a comunidade como lugares de convivência, de diâlogo, de aprendizagens permanentes na perspectiva do aprofundamento da democracia e da afirmaĉâo das liberdades. (MOLL, 2002-2003).
  • 10. As tecnologias e novas perspectivasAs tecnologias e novas perspectivas educacionais empreendedoraseducacionais empreendedoras 10
  • 11. "não há amanhã sem projeto, sem sonho, sem utopia, sem esperança, sem o trabalho de criação e o desenvolvimento de possibilidades que viabilizem a sua concretização” (Freire, 2001).
  • 12. Obrigada ! Vamos voar e sonhar ! Karine Pinheiro ® Kpinheiro.projetos@gmail.com https://karinepinheirosouza.wordpress.com http://lattes.cnpq.br/8284202817095095
  • 13. • REFERENCIAS • Abreu, N., Baldanza, R. & Gondim, S (2009). Os Grupos focais on-line: das reflexões conceituais à aplicação em ambiente virtual. In Journal of Information Systems and Technology Management , Vol. 6, No. 1, 2009, p. 05-24. Recuperado em 18 abril de 2014, de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-17752009000100002&lng=pt&nrm=iso •   • Alberta Government (2010). Inspiring Education. A dialogue with Albertans. Recuperado em 7 fevereiro, 2013, de http://education.alberta.ca/media/7145083/inspiring%20education%20steering%20committee%20report.pdfAlberta Government (2010b). Inspiring Action on Education. Recuperado em 7 fevereiro, 2013, de: http://ideas.education.alberta.ca/media/2905/inspiringaction%20eng.pdf • Alberta Education (2011). Framework for Student Learning. Competencies for Engaged Thinkers and Ethical Citizens with an Entrepreneurial Spirit. Government of Alberta. Recuperado em 7 fevereiro 2013, de: http://www.education.alberta.ca/media/6581166/framework.pdf • Ausubel, D. (2003). Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano. • Bauman, Z. (2001). Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. • Bardin, L. (1995)Análise de Conteúdo. Edições 70. Lisboa: Portugal • Castells, M. (2002). A Sociedade em Rede. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. • Delors, J. (coord.) (1996). Educação, um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre a Educação para o século XXI. Porto: Asa. • Dolabela, F. (2003). Pedagogia Empreendedora. São Paulo: Editora de Cultura. • EC - European Commission (2012). Entrepreneuship Education at School in Europe – National Strategies Curricula and Learning Outcomes. Bruxelas. Recuperado em 30 de março 2014, de: http://eacea.ec.europa.eu/education/eurydice/documents/thematic_reports/135EN.pdf • EC - European Commission (2009). Entrepreneurship in vocational education and training. Final report of the expert group. November, 2009. Recuperado em 30 de março 2014 de: • http://ec.europa.eu/enterprise/policies/sme/files/smes/vocational/entr_voca_en.pdf • EC - European Commission (2008). Digital Literacy - European Commission Working Paper and Recommendations from Digital Literacy High-Level Expert Group ( inclusion Be Part of It!). Recuperado em 20 dezembro 2008, de: http://ec.europa.eu/Information_society/events/e_inclusion/2008/doc • Lévy, P. (1998). A Inteligência Coletiva: por uma antroplogia do ciberespaço. São paulo: Edições Loyola. • Lévy, P. (2000). Filosofia Word: o mercado, o ciberespaço, a consciência. Lisboa: Instituto Piaget. • OCDE (2005) The definition and Selection of key Competencies. Recuperado em 30 março 2014 de: http://www.oecd.org/pisa/35070367.pdf • OCDE (2013). PISA 2015 DRAFT COLLABORATIVE PROBLEM SOLVING FRAMEWORK. Recuperado em 29 março 2013 de: • http://www.oecd.org/pisa/pisaproducts/Draft%20PISA%202015%20Collaborative%20Problem%20Solving%20Framework%20.pdf • Okada, A., Serra, A.., Ribeiro, S., & Pinto, S. (2013). Competências-chave para coaprender e coinvestigar na era digital. In III Colóquio Luso-Brasileiro de Educação a Distância e Elearning. Lisboa: Rede de Pesquisa Aberta COLEARN, pp. 1–33. Recuperado em 30 março. 2014 de: http://lead.uab.pt/OCS/index.php/CLB/club/paper/view/316 • Okada, A., Serra, A., Barros, D., Ribeiro, S.& Pinto, S. (2014).Competencias-clave para coaprender y coinvestigar en la era digital en entrornos abiertos y massivos. In A. Okada (Ed.), Recursos Educacionais Abertos & Redes Sociais . EdUEMA, pp. 177-204. • Perrenoud, P. (1995). Des savoirs aux competences: de quoi parle-t-on en parlant de competences? In in Pédagogie collégiale (Québec), Vol. 9, n° 1, octobre 1995, pp. 20-24. Recuperado em 30 março 2014 de: http://www.unige.ch/fapse/SSE/teachers/perrenoud/php_main/php_1995 • Selber, S. (2004). Multiliteracies for a Digital Age. Carbondale: Southern Illinois University Press. • Senges, M., Brown, J. & Rheingold, H. (2008) Entrepreneurial learning in the networked age. How new learning environments foster entrepreneurship and innovation. Paradigms 1, December 2008, pp. 125-140. Recuperado em 22 março 2014, de: http://www.gencat.cat/diue/doc/doc_52863486_3.pdf • Santaella, L. (2013). Comunicação ubíqua. Repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus. • Silva, Bento & Ferreira, Maria da Conceição (2009). Interacção(ões) Online e categorias de análise sobre interacções: um diálogo em construção. In Bento D. Silva, Leandro S. Almeida, Alfonso Barca & Manuel Peralbo (orgs.). Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, pp. 5780-5794 • Souza, K. & Silva, B. (2013a). Desenvolvimento de Inovações Pedagógicas para o Currículo de Empreendedorismo Digital em Portugal. In: Gomes, Mª. et. al. (orgs.), Atas da VIII Conferência Internacional de TIC na Educação - Challenges 2013, Aprender a qualquer hora e em qualquer lugar. Braga: Centro de Competência TIC, pp. 699-714. • Souza, K. & Silva, B. (2013b). Nativos Digitais: Atreve-te a empreender. In: Ferreira, C., Domingos, A. & Spínola, C., Atas do I Colóquio Cabo-Verdiano de Educação, “Nas pegadas das reformas educativas”. Praia: Universidade de Cabo Verde, pp. 435-447. • Tapia, A. & Ferreira, J. (2011). Competências Empreendedoras. Instituto do Emprego e Formação Profissional. Lisboa - Portugal. Recuperado em 30 março 2014 de: http://www.tree-institute.org/publica/ref %20formacao%20compet%20empreend%20IEFP.pdf • UNESCO (2013). Currículo integrado para o Ensino Médio: das normas à prática transformadora In. Marilza Regattieri e Jane M. Castro Brasília (org.). Recuperado em 30 março2014 de: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this office/singleview/news/prototipos_curriculares_de_ensino_medio_e_ensino_medio_integrado_resumo_executivo/  

Notas do Editor

  1. Professor mediador Colabora e Coopera Aula interativa Pesquisa-transformador Professor intelectual Desenvolve práticas socias
  2. Auto retrato - Pablo Picasso ( 1972 )