SlideShare uma empresa Scribd logo
Tecnologia e Educação – como?Luis Borges Gouveialmbg.blogspot.com | lmbg@ufp.pt | @lbgouveia5 de Junho de 2010
sumárioCrise?...Novos TerritóriosPessoas e conhecimentoO digital e impacteRedes e a escolaO papel da escolaTecnologia e Educação – como? A novidade da tecnologia actual é o digital. Este transforma o modo como nos relacionamos com a informação e, em consequência, trabalhamos, nos divertimos e aprendemos. Como resultado, a escola tem de dar resposta  e liderar estes novos desafios de modo a estes poderem ser enquadrados e potenciados em favor da sociedade e das comunidades locais – a direcção mais óbvia parece ser utilizar a tecnologia com alma!5 de Junho 2010
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
Quino /2006
5 de Junho 2010
http://www.flowtown.com5 de Junho 2010
http://www.flowtown.com5 de Junho 2010
http://www.flowtown.com5 de Junho 2010
NovosterritóriosO aparecimento dos “Millennials”LuísSimões, aluno de Doutoramento (UFP)Howe and Strauss (2000)Strauss and Howe (1991)
Eras – cicloshistóricos
Arquitétipos geracionais
Tecnologia e Educação - como?
Howe and Strauss (2000)
Os Millennials
!?5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
O mundo em que vivemos (Gouveia, 2008)5 de Junho 2010
Sociedade da Informação(Gouveia e Gaio, 2004)...e do conhecimento...e da inovação...do digital, ...dos computadores e das redesA Sociedade da Informação é uma sociedade que predominantemente utiliza o recurso às tecnologias da informação e comunicação para a troca de informação em formato digital e que suporta a interacção entre indivíduos com recurso a práticas e métodos em construção permanente5 de Junho 2010
Sociedade da InformaçãoCaracterísticasUso intensivo de tecnologias de informação e comunicaçãoUso crescente do digitalOrganização em rede
A mudança	A mudança é um tempo de incerteza.Podemos seguramente contar com a oposição de todos aqueles que se encontram com vantagens na situação actual.Apenas poderemos esperar que os restantes possam ter um eventual interesse na situação futuraMachiavelli (1469-1527)5 de Junho 2010
Digital: “ O rolo compressor ”5 de Junho 2010
Do analógico para o digitalaprender...no analógico, memorizar para aprenderno digital, esquecer para aprendertrabalhar...no analógico, tomar tempo para trabalharno digital, trabalhar sem tomar o tempo5 de Junho 2010
No digitalCrescente mediação de computadores e redes no relacionamento humanoDesmaterialização de actividades e processos associadosTransformação da actividade humanaO tempo com diferentes ciclosVirtualização e transformação do conceito de tempo e espaço (exemplo: o sítio na Web…) (implica) espaço (físico) com diferentes significados5 de Junho 2010
Ok… mas… o que separa estes…5 de Junho 2010
Destes?5 de Junho 2010
JÁ REFERIDO…5 de Junho 2010
Agora somos todos iguais (GillesLipovetsky, 2003)Mais gente no mundo que pode fazer a mudançaMais espaço, mas menos tempo para o fazerMais digital e mais competitivoMenos previsível e com mais gente que contaMais necessidade de errar e menos tempo para o fazerCarta de uma ética mínimaAssumir uma crítica mais equalitária5 de Junho 2010
Aprendemos todos os dias, de todas as formasSempre mais para fazer, do que o que se podeMais solicitações do que tempo disponívelMaior carga cognitiva do que a nossa resistência permite5 de Junho 2010
O digital já se afirmou, esta connosco a toda a hora, em todo lugar (e no meio de nós)Teologia do digitale os computadores deixaram de ser importantes… o que fazemos com eles é que é!5 de Junho 2010
Novos estudantes, sistemas antigosEspaços de aprendizagem tradicionaisExemplo…Os estudantes das nossas Universidades estão a mudar mais rapidamente que as Universidades. Estes necessitam de mais actividade e mais interacção, algo que é ainda deficitário nos sistemas actuais de ensino.A sala de aula tradicional, já não satisfaz as necessidades e expectativas dos estudantesUma abordagem pedagógica do tipo eu falo ou demonstro e vocês observam e ouvem, não faz sentido para as novas gerações de estudantesO digital e o espaçofísicoPedro Silva, aluno de Doutoramento (UFP)
Novos estudantes sistemas novos“Geração net”- Preferem o informal- Pequenos grupos de discussão- Com presença de tecnologia - Aprendizagem baseada no diálogo - …e em ambientes de trabalho colaborativoO espaço deve ser pensado de forma a suportar o ensino como sendo uma actividade social – LOCAL adaptado.
Ambientestradicionais de aprendizagem
Espaçossociais de aprendizagem
Ambientes de aprendizagemcolaborativa
Forças de coesãoProximidadeEscala humanaConfiança 5 de Junho 2010
Limites humanos (existem mesmo?)Mais informação e mais conhecimentoMaior capacidade de reacçãoFazer escolhas… Ultrapassar limites!5 de Junho 2010
Excesso de informaçãoSobrecarga cognitivaRefrear a curiosidade naturalConter a dispersãoLidar com a nossa criatividadeAgir, inovar, experimentar, difundir, agir…5 de Junho 2010
Da competência clássica ao novoDo racional aos afectos e à emoção (retorno?)Da preocupação com a literacia básica, funcional, informacional, comunicacional e tecnológica a…5 de Junho 2010
Como falar a linguagem?5 de Junho 2010
Connectivism (conectivismo)(Siemens e Downes, 2004)O produtonão é o conhecimento, é o alunoNão é quenãohaja nada paraaprender, é que é complexo, relativo e necessitade ser navegado… (reflexãoporvivência)5 de Junho 2010
Social Constructivism VYGOTSKY (1978)Quemaprendebeneficia do suporte do professor ou de um colegaquepossui um maiornível de desenvolvimento5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
5 de Junho 2010
Comentários finaisPensar o lado procuraFocar na interacçãoDesenvolver novas competências de redeConcentrar esforços no digital Orientar para:a partilha do conhecimentoo conhecimento com valor socialDistribuir e envolverquem aprende
Comentários finaisFazer + com – (+ resultados, - recursos)Menos é mais (- informação, + compreensão)Densidade é melhor que quantidadeReciclar, reutilizar e reduzir (conteúdos e trabalho)Utilizar a tecnologia com almaPedralhães...Monitor com 12 polegadasGrande autonomia e baixo custoPortátil e fácil de utilizarUniversal e localizável
Nota Biográfica Luis Borges Gouveiahomepage: http://homepage.ufp.pt/~lmbgblogue: http://lmbg.blogspot.comemail: lmbg@ufp.edu.pttwitter: @lbgouveiafacebook: http://www.facebook.com/lbgouveiaslideshare: http://www.slideshare.net/lmbgProfessor Associado na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Fernando Pessoa e um dos responsáveis pelo projecto de Universidade Virtual da UFP. É Doutorado em Ciências da Computação pela LancasterUniversity (UK – 2002) e possui Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pela FEUP, 1995. É docente desde 1988 e autor  de 10 livros e cerca de 3 centenas de publicações de natureza científica em conferências, nas suas áreas de especialidade: o e-learning e o e-government.  Os seus interesses de I&D incluem as relações entre o espaço físico e o digital e a aplicação de TICs no processo de ensino e aprendizagem.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Katia Tavares
 
Tecnologia Educativa
Tecnologia EducativaTecnologia Educativa
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
georginalopes
 
Tecnologia na Educação
Tecnologia na EducaçãoTecnologia na Educação
Tecnologia na Educação
Inova7
 
Tecnologia e Conhecimento - Slides
Tecnologia e Conhecimento - SlidesTecnologia e Conhecimento - Slides
Tecnologia e Conhecimento - Slides
Miguel Damasco
 
Tecnologias e Educação
Tecnologias e EducaçãoTecnologias e Educação
Tecnologias e Educação
Ivanize Honorato
 
Tics na Educação
Tics na EducaçãoTics na Educação
Tics na Educação
Joemille Leal
 
Tecnologia e educacao
Tecnologia e educacaoTecnologia e educacao
Tecnologia e educacao
cleidemarina
 
Tdic na prática docente i
Tdic na prática docente   iTdic na prática docente   i
Tdic na prática docente i
Eduardo Lima
 
As mídias na prática docente
As mídias na prática docenteAs mídias na prática docente
As mídias na prática docente
Lydia Wanderley
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Katia Tavares
 
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática EducativaA utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
Elisangela
 
Power point sobre tecnologias e educação
Power point sobre tecnologias e educaçãoPower point sobre tecnologias e educação
Power point sobre tecnologias e educação
karlaluiza
 
Uso de recursos tecnológicos na educação
Uso de recursos tecnológicos na educaçãoUso de recursos tecnológicos na educação
Uso de recursos tecnológicos na educação
Patty Santana
 
Novas tecnologias educacionais
Novas tecnologias educacionais Novas tecnologias educacionais
Novas tecnologias educacionais
Nanda Marraschi
 
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela MelaréEducação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Elizabeth Fantauzzi
 
Tecnologias educacionais
Tecnologias educacionaisTecnologias educacionais
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
umburaconaparede
 
REDHIS Tecnologias na educação - Aula 1
REDHIS  Tecnologias na educação - Aula 1REDHIS  Tecnologias na educação - Aula 1
REDHIS Tecnologias na educação - Aula 1
Paulo Alexandre
 
As vantagens do computador na educação
As vantagens do computador na educaçãoAs vantagens do computador na educação
As vantagens do computador na educação
lilianarmondes21
 

Mais procurados (20)

Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
 
Tecnologia Educativa
Tecnologia EducativaTecnologia Educativa
Tecnologia Educativa
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
 
Tecnologia na Educação
Tecnologia na EducaçãoTecnologia na Educação
Tecnologia na Educação
 
Tecnologia e Conhecimento - Slides
Tecnologia e Conhecimento - SlidesTecnologia e Conhecimento - Slides
Tecnologia e Conhecimento - Slides
 
Tecnologias e Educação
Tecnologias e EducaçãoTecnologias e Educação
Tecnologias e Educação
 
Tics na Educação
Tics na EducaçãoTics na Educação
Tics na Educação
 
Tecnologia e educacao
Tecnologia e educacaoTecnologia e educacao
Tecnologia e educacao
 
Tdic na prática docente i
Tdic na prática docente   iTdic na prática docente   i
Tdic na prática docente i
 
As mídias na prática docente
As mídias na prática docenteAs mídias na prática docente
As mídias na prática docente
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
 
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática EducativaA utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
A utilização do Recursos Tecnólgicos na Prática Educativa
 
Power point sobre tecnologias e educação
Power point sobre tecnologias e educaçãoPower point sobre tecnologias e educação
Power point sobre tecnologias e educação
 
Uso de recursos tecnológicos na educação
Uso de recursos tecnológicos na educaçãoUso de recursos tecnológicos na educação
Uso de recursos tecnológicos na educação
 
Novas tecnologias educacionais
Novas tecnologias educacionais Novas tecnologias educacionais
Novas tecnologias educacionais
 
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela MelaréEducação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
Educação e tecnologias : reflexão, inovação e práticas - Daniela Melaré
 
Tecnologias educacionais
Tecnologias educacionaisTecnologias educacionais
Tecnologias educacionais
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
 
REDHIS Tecnologias na educação - Aula 1
REDHIS  Tecnologias na educação - Aula 1REDHIS  Tecnologias na educação - Aula 1
REDHIS Tecnologias na educação - Aula 1
 
As vantagens do computador na educação
As vantagens do computador na educaçãoAs vantagens do computador na educação
As vantagens do computador na educação
 

Destaque

Tecnologia na educação slide
Tecnologia na educação slideTecnologia na educação slide
Tecnologia na educação slide
suzanadubus
 
Tecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãOTecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãO
guest22b861
 
Slides completos
Slides completosSlides completos
Slides completos
Fernnandaok
 
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digitalDinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
Luis Borges Gouveia
 
O tempo das redes
O tempo das redesO tempo das redes
O tempo das redes
Luis Borges Gouveia
 
What’s up with the physical dimension in the digital world?
What’s up with the physical dimension in the digital world?What’s up with the physical dimension in the digital world?
What’s up with the physical dimension in the digital world?
Luis Borges Gouveia
 
Liberopinion: Democracy for a New Age
Liberopinion: Democracy for a New AgeLiberopinion: Democracy for a New Age
Liberopinion: Democracy for a New Age
Luis Borges Gouveia
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
Julianne Viana
 
Reflexão crítica das TICs na Educação
Reflexão crítica das TICs na EducaçãoReflexão crítica das TICs na Educação
Reflexão crítica das TICs na Educação
Luis Borges Gouveia
 
Viver o digital com novas competências
Viver o digital com novas competênciasViver o digital com novas competências
Viver o digital com novas competências
Luis Borges Gouveia
 
Local e-government: a governação digital na autarquia
Local e-government: a governação digital na autarquiaLocal e-government: a governação digital na autarquia
Local e-government: a governação digital na autarquia
Luis Borges Gouveia
 
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração PúblicaGovernação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
Luis Borges Gouveia
 
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
Luis Borges Gouveia
 
Ousar e fazer nas (e com) redes sociais
Ousar e fazer nas (e com) redes sociaisOusar e fazer nas (e com) redes sociais
Ousar e fazer nas (e com) redes sociais
Luis Borges Gouveia
 
Globalisation and digital cities
Globalisation and digital citiesGlobalisation and digital cities
Globalisation and digital cities
Luis Borges Gouveia
 
o processo de construção curricular da informatica educativa narede municipa...
o processo de construção curricular da informatica  educativa narede municipa...o processo de construção curricular da informatica  educativa narede municipa...
o processo de construção curricular da informatica educativa narede municipa...
Célia Cristina Destro Baldessar
 
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
Luis Borges Gouveia
 
20150925 tecnologia e sociedade silvia fichmann
20150925 tecnologia e sociedade   silvia fichmann20150925 tecnologia e sociedade   silvia fichmann
20150925 tecnologia e sociedade silvia fichmann
Silvia Fichmann
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
Luis Borges Gouveia
 
Cibercultura e Educação - Desafios
Cibercultura e Educação - DesafiosCibercultura e Educação - Desafios
Cibercultura e Educação - Desafios
MAURILIO LUIELE
 

Destaque (20)

Tecnologia na educação slide
Tecnologia na educação slideTecnologia na educação slide
Tecnologia na educação slide
 
Tecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãOTecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãO
 
Slides completos
Slides completosSlides completos
Slides completos
 
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digitalDinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
Dinamizar, aproximar e projectar o território com o digital
 
O tempo das redes
O tempo das redesO tempo das redes
O tempo das redes
 
What’s up with the physical dimension in the digital world?
What’s up with the physical dimension in the digital world?What’s up with the physical dimension in the digital world?
What’s up with the physical dimension in the digital world?
 
Liberopinion: Democracy for a New Age
Liberopinion: Democracy for a New AgeLiberopinion: Democracy for a New Age
Liberopinion: Democracy for a New Age
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
 
Reflexão crítica das TICs na Educação
Reflexão crítica das TICs na EducaçãoReflexão crítica das TICs na Educação
Reflexão crítica das TICs na Educação
 
Viver o digital com novas competências
Viver o digital com novas competênciasViver o digital com novas competências
Viver o digital com novas competências
 
Local e-government: a governação digital na autarquia
Local e-government: a governação digital na autarquiaLocal e-government: a governação digital na autarquia
Local e-government: a governação digital na autarquia
 
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração PúblicaGovernação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
Governação dos Sistemas e Tecnologias da Informação na Administração Pública
 
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
informação e conhecimento - o lado social da tecnologia -
 
Ousar e fazer nas (e com) redes sociais
Ousar e fazer nas (e com) redes sociaisOusar e fazer nas (e com) redes sociais
Ousar e fazer nas (e com) redes sociais
 
Globalisation and digital cities
Globalisation and digital citiesGlobalisation and digital cities
Globalisation and digital cities
 
o processo de construção curricular da informatica educativa narede municipa...
o processo de construção curricular da informatica  educativa narede municipa...o processo de construção curricular da informatica  educativa narede municipa...
o processo de construção curricular da informatica educativa narede municipa...
 
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
Uma reflexão crítica sobre a Web Social e o seu uso no ensino superior
 
20150925 tecnologia e sociedade silvia fichmann
20150925 tecnologia e sociedade   silvia fichmann20150925 tecnologia e sociedade   silvia fichmann
20150925 tecnologia e sociedade silvia fichmann
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
 
Cibercultura e Educação - Desafios
Cibercultura e Educação - DesafiosCibercultura e Educação - Desafios
Cibercultura e Educação - Desafios
 

Semelhante a Tecnologia e Educação - como?

Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
Luis Borges Gouveia
 
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
Jorge Purgly
 
Tecnologia Educacional
Tecnologia EducacionalTecnologia Educacional
Tecnologia Educacional
Juliana Baino
 
Uniritter2017 palestra Lucia Giraffa
Uniritter2017 palestra Lucia GiraffaUniritter2017 palestra Lucia Giraffa
Uniritter2017 palestra Lucia Giraffa
Lucia Giraffa
 
Thank2010 Lmbg26abr10
Thank2010 Lmbg26abr10Thank2010 Lmbg26abr10
Thank2010 Lmbg26abr10
Luis Borges Gouveia
 
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidosExplorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
Luis Borges Gouveia
 
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
Luis Borges Gouveia
 
Psicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleidePsicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleide
Alcicleide Alexandre
 
Redessociais sinpeem
Redessociais sinpeemRedessociais sinpeem
Redessociais sinpeem
Mary Andrioli
 
Nativos Digitais e Redes Sociais na Educação
Nativos Digitais e Redes Sociais na EducaçãoNativos Digitais e Redes Sociais na Educação
Nativos Digitais e Redes Sociais na Educação
Luciano Blauth
 
Palestra TIC na educação
Palestra TIC na educaçãoPalestra TIC na educação
Palestra TIC na educação
Eduardo Becker Jr.
 
aula tic na educacao
aula tic na educacaoaula tic na educacao
aula tic na educacao
Eduardo Becker Jr.
 
Apresentacao tic na educacao
Apresentacao   tic na educacaoApresentacao   tic na educacao
Apresentacao tic na educacao
Eduardo Becker Jr.
 
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica DocenteC:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
Solange Soares
 
Pacto e Jornada
Pacto e JornadaPacto e Jornada
Pacto e Jornada
Karine Pinheiro
 
COIED2_José Moran
COIED2_José MoranCOIED2_José Moran
COIED2_José Moran
COIED
 
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014 Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO DE ITU
 
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto EducacionalAs Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Finaljornadasfinal
FinaljornadasfinalFinaljornadasfinal
Finaljornadasfinal
Karine Pinheiro
 
Redes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e EducaçãoRedes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e Educação
Educação Online e em Rede
 

Semelhante a Tecnologia e Educação - como? (20)

Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
Desafios da Gestão da Informação e a questão da soberania no digital: da esco...
 
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
Slide aula conceitual_i Inovacao Tecnologica na Docencia do Ensino superior p...
 
Tecnologia Educacional
Tecnologia EducacionalTecnologia Educacional
Tecnologia Educacional
 
Uniritter2017 palestra Lucia Giraffa
Uniritter2017 palestra Lucia GiraffaUniritter2017 palestra Lucia Giraffa
Uniritter2017 palestra Lucia Giraffa
 
Thank2010 Lmbg26abr10
Thank2010 Lmbg26abr10Thank2010 Lmbg26abr10
Thank2010 Lmbg26abr10
 
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidosExplorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
Explorar e interagir também no digital: um desafio para os mais crescidos
 
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
Depois dos 15 primeiros anos, quais os desafios para os próximos 5?
 
Psicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleidePsicologia da educação virtual alcicleide
Psicologia da educação virtual alcicleide
 
Redessociais sinpeem
Redessociais sinpeemRedessociais sinpeem
Redessociais sinpeem
 
Nativos Digitais e Redes Sociais na Educação
Nativos Digitais e Redes Sociais na EducaçãoNativos Digitais e Redes Sociais na Educação
Nativos Digitais e Redes Sociais na Educação
 
Palestra TIC na educação
Palestra TIC na educaçãoPalestra TIC na educação
Palestra TIC na educação
 
aula tic na educacao
aula tic na educacaoaula tic na educacao
aula tic na educacao
 
Apresentacao tic na educacao
Apresentacao   tic na educacaoApresentacao   tic na educacao
Apresentacao tic na educacao
 
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica DocenteC:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
C:\Documents And Settings\User\Meus Documentos\Tecpuc\Tic E A Pratica Docente
 
Pacto e Jornada
Pacto e JornadaPacto e Jornada
Pacto e Jornada
 
COIED2_José Moran
COIED2_José MoranCOIED2_José Moran
COIED2_José Moran
 
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014 Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
 
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto EducacionalAs Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
As Tecnologias de Informação e Comunicação no Contexto Educacional
 
Finaljornadasfinal
FinaljornadasfinalFinaljornadasfinal
Finaljornadasfinal
 
Redes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e EducaçãoRedes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e Educação
 

Mais de Luis Borges Gouveia

A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémicoA Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
Luis Borges Gouveia
 
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learningSharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
Luis Borges Gouveia
 
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
Luis Borges Gouveia
 
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
Luis Borges Gouveia
 
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militarInteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
Luis Borges Gouveia
 
Eventos PhD CI SiTEGI UFP
Eventos PhD CI SiTEGI UFPEventos PhD CI SiTEGI UFP
Eventos PhD CI SiTEGI UFP
Luis Borges Gouveia
 
Information Science PhD event
Information Science PhD eventInformation Science PhD event
Information Science PhD event
Luis Borges Gouveia
 
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a DistânciaCuradoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
Luis Borges Gouveia
 
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
Luis Borges Gouveia
 
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
Luis Borges Gouveia
 
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafiosO Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
Luis Borges Gouveia
 
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Luis Borges Gouveia
 
A oportunidade de um novo normal no ensino superior
A oportunidade de um novo normal no ensino superiorA oportunidade de um novo normal no ensino superior
A oportunidade de um novo normal no ensino superior
Luis Borges Gouveia
 
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
Luis Borges Gouveia
 
Transformação digital e gestão da informação
Transformação digital e gestão da informaçãoTransformação digital e gestão da informação
Transformação digital e gestão da informação
Luis Borges Gouveia
 
O momento da Transformação digital
O momento da Transformação digitalO momento da Transformação digital
O momento da Transformação digital
Luis Borges Gouveia
 
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystemEmerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
Luis Borges Gouveia
 
Sobre Cultura Digital
Sobre Cultura DigitalSobre Cultura Digital
Sobre Cultura Digital
Luis Borges Gouveia
 
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digitalO lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
Luis Borges Gouveia
 
Responder a um contexto digital nas IES
Responder a um contexto digital nas IESResponder a um contexto digital nas IES
Responder a um contexto digital nas IES
Luis Borges Gouveia
 

Mais de Luis Borges Gouveia (20)

A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémicoA Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
A Sala de Aula como um espaço de oportunidade num tempo pós pandémico
 
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learningSharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
Sharing ongoing research from *TRS group on ICT for teaching and learning
 
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
Casos de Estudo e Estudos de Caso. Práticas e Operacionalização: como resolve...
 
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
Contribuições para o uso da MVR - Matriz de Valor e Relevância - Indicadores ...
 
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militarInteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
Inteligência Artificial e o seu uso em contexto militar
 
Eventos PhD CI SiTEGI UFP
Eventos PhD CI SiTEGI UFPEventos PhD CI SiTEGI UFP
Eventos PhD CI SiTEGI UFP
 
Information Science PhD event
Information Science PhD eventInformation Science PhD event
Information Science PhD event
 
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a DistânciaCuradoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
Curadoria Digital de Conteúdo para Educação a Distância
 
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
Proposta de um Modelo de Matriz de Correlação e Relevância – ODS e indicadore...
 
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
Livro de Resumos do Seminário PhD CI - SiTEGI 2020
 
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafiosO Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
O Digital e um espaço de oportunidades num oceano de desafios
 
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
 
A oportunidade de um novo normal no ensino superior
A oportunidade de um novo normal no ensino superiorA oportunidade de um novo normal no ensino superior
A oportunidade de um novo normal no ensino superior
 
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
CULTURA DIGITAL DEFINIÇÃO E DIMENSÕES CONSTITUTIVAS: uma proposta para mapear...
 
Transformação digital e gestão da informação
Transformação digital e gestão da informaçãoTransformação digital e gestão da informação
Transformação digital e gestão da informação
 
O momento da Transformação digital
O momento da Transformação digitalO momento da Transformação digital
O momento da Transformação digital
 
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystemEmerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
Emerging alternatives to leadership and governance in a digital ecosystem
 
Sobre Cultura Digital
Sobre Cultura DigitalSobre Cultura Digital
Sobre Cultura Digital
 
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digitalO lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
O lugar da leitura como espaço de convergência entre o real e o digital
 
Responder a um contexto digital nas IES
Responder a um contexto digital nas IESResponder a um contexto digital nas IES
Responder a um contexto digital nas IES
 

Último

Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 

Tecnologia e Educação - como?

  • 1. Tecnologia e Educação – como?Luis Borges Gouveialmbg.blogspot.com | lmbg@ufp.pt | @lbgouveia5 de Junho de 2010
  • 2. sumárioCrise?...Novos TerritóriosPessoas e conhecimentoO digital e impacteRedes e a escolaO papel da escolaTecnologia e Educação – como? A novidade da tecnologia actual é o digital. Este transforma o modo como nos relacionamos com a informação e, em consequência, trabalhamos, nos divertimos e aprendemos. Como resultado, a escola tem de dar resposta e liderar estes novos desafios de modo a estes poderem ser enquadrados e potenciados em favor da sociedade e das comunidades locais – a direcção mais óbvia parece ser utilizar a tecnologia com alma!5 de Junho 2010
  • 11. 5 de Junho 2010
  • 15. NovosterritóriosO aparecimento dos “Millennials”LuísSimões, aluno de Doutoramento (UFP)Howe and Strauss (2000)Strauss and Howe (1991)
  • 22. 5 de Junho 2010
  • 23. 5 de Junho 2010
  • 24. O mundo em que vivemos (Gouveia, 2008)5 de Junho 2010
  • 25. Sociedade da Informação(Gouveia e Gaio, 2004)...e do conhecimento...e da inovação...do digital, ...dos computadores e das redesA Sociedade da Informação é uma sociedade que predominantemente utiliza o recurso às tecnologias da informação e comunicação para a troca de informação em formato digital e que suporta a interacção entre indivíduos com recurso a práticas e métodos em construção permanente5 de Junho 2010
  • 26. Sociedade da InformaçãoCaracterísticasUso intensivo de tecnologias de informação e comunicaçãoUso crescente do digitalOrganização em rede
  • 27. A mudança A mudança é um tempo de incerteza.Podemos seguramente contar com a oposição de todos aqueles que se encontram com vantagens na situação actual.Apenas poderemos esperar que os restantes possam ter um eventual interesse na situação futuraMachiavelli (1469-1527)5 de Junho 2010
  • 28. Digital: “ O rolo compressor ”5 de Junho 2010
  • 29. Do analógico para o digitalaprender...no analógico, memorizar para aprenderno digital, esquecer para aprendertrabalhar...no analógico, tomar tempo para trabalharno digital, trabalhar sem tomar o tempo5 de Junho 2010
  • 30. No digitalCrescente mediação de computadores e redes no relacionamento humanoDesmaterialização de actividades e processos associadosTransformação da actividade humanaO tempo com diferentes ciclosVirtualização e transformação do conceito de tempo e espaço (exemplo: o sítio na Web…) (implica) espaço (físico) com diferentes significados5 de Junho 2010
  • 31. Ok… mas… o que separa estes…5 de Junho 2010
  • 33. JÁ REFERIDO…5 de Junho 2010
  • 34. Agora somos todos iguais (GillesLipovetsky, 2003)Mais gente no mundo que pode fazer a mudançaMais espaço, mas menos tempo para o fazerMais digital e mais competitivoMenos previsível e com mais gente que contaMais necessidade de errar e menos tempo para o fazerCarta de uma ética mínimaAssumir uma crítica mais equalitária5 de Junho 2010
  • 35. Aprendemos todos os dias, de todas as formasSempre mais para fazer, do que o que se podeMais solicitações do que tempo disponívelMaior carga cognitiva do que a nossa resistência permite5 de Junho 2010
  • 36. O digital já se afirmou, esta connosco a toda a hora, em todo lugar (e no meio de nós)Teologia do digitale os computadores deixaram de ser importantes… o que fazemos com eles é que é!5 de Junho 2010
  • 37. Novos estudantes, sistemas antigosEspaços de aprendizagem tradicionaisExemplo…Os estudantes das nossas Universidades estão a mudar mais rapidamente que as Universidades. Estes necessitam de mais actividade e mais interacção, algo que é ainda deficitário nos sistemas actuais de ensino.A sala de aula tradicional, já não satisfaz as necessidades e expectativas dos estudantesUma abordagem pedagógica do tipo eu falo ou demonstro e vocês observam e ouvem, não faz sentido para as novas gerações de estudantesO digital e o espaçofísicoPedro Silva, aluno de Doutoramento (UFP)
  • 38. Novos estudantes sistemas novos“Geração net”- Preferem o informal- Pequenos grupos de discussão- Com presença de tecnologia - Aprendizagem baseada no diálogo - …e em ambientes de trabalho colaborativoO espaço deve ser pensado de forma a suportar o ensino como sendo uma actividade social – LOCAL adaptado.
  • 42. Forças de coesãoProximidadeEscala humanaConfiança 5 de Junho 2010
  • 43. Limites humanos (existem mesmo?)Mais informação e mais conhecimentoMaior capacidade de reacçãoFazer escolhas… Ultrapassar limites!5 de Junho 2010
  • 44. Excesso de informaçãoSobrecarga cognitivaRefrear a curiosidade naturalConter a dispersãoLidar com a nossa criatividadeAgir, inovar, experimentar, difundir, agir…5 de Junho 2010
  • 45. Da competência clássica ao novoDo racional aos afectos e à emoção (retorno?)Da preocupação com a literacia básica, funcional, informacional, comunicacional e tecnológica a…5 de Junho 2010
  • 46. Como falar a linguagem?5 de Junho 2010
  • 47. Connectivism (conectivismo)(Siemens e Downes, 2004)O produtonão é o conhecimento, é o alunoNão é quenãohaja nada paraaprender, é que é complexo, relativo e necessitade ser navegado… (reflexãoporvivência)5 de Junho 2010
  • 48. Social Constructivism VYGOTSKY (1978)Quemaprendebeneficia do suporte do professor ou de um colegaquepossui um maiornível de desenvolvimento5 de Junho 2010
  • 49. 5 de Junho 2010
  • 50. 5 de Junho 2010
  • 51. 5 de Junho 2010
  • 52. 5 de Junho 2010
  • 53. 5 de Junho 2010
  • 54. 5 de Junho 2010
  • 55. 5 de Junho 2010
  • 56. 5 de Junho 2010
  • 57. 5 de Junho 2010
  • 58. Comentários finaisPensar o lado procuraFocar na interacçãoDesenvolver novas competências de redeConcentrar esforços no digital Orientar para:a partilha do conhecimentoo conhecimento com valor socialDistribuir e envolverquem aprende
  • 59. Comentários finaisFazer + com – (+ resultados, - recursos)Menos é mais (- informação, + compreensão)Densidade é melhor que quantidadeReciclar, reutilizar e reduzir (conteúdos e trabalho)Utilizar a tecnologia com almaPedralhães...Monitor com 12 polegadasGrande autonomia e baixo custoPortátil e fácil de utilizarUniversal e localizável
  • 60. Nota Biográfica Luis Borges Gouveiahomepage: http://homepage.ufp.pt/~lmbgblogue: http://lmbg.blogspot.comemail: lmbg@ufp.edu.pttwitter: @lbgouveiafacebook: http://www.facebook.com/lbgouveiaslideshare: http://www.slideshare.net/lmbgProfessor Associado na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Fernando Pessoa e um dos responsáveis pelo projecto de Universidade Virtual da UFP. É Doutorado em Ciências da Computação pela LancasterUniversity (UK – 2002) e possui Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pela FEUP, 1995. É docente desde 1988 e autor de 10 livros e cerca de 3 centenas de publicações de natureza científica em conferências, nas suas áreas de especialidade: o e-learning e o e-government. Os seus interesses de I&D incluem as relações entre o espaço físico e o digital e a aplicação de TICs no processo de ensino e aprendizagem.