SlideShare uma empresa Scribd logo
Governança no Terceiro Setor
   Estudo Descritivo-Exploratório do
   E t d D     iti   E l    tó i d
Comportamento de Conselhos Curadores de
    Fundações Empresariais no Brasil
          õ

                Luciano Sathler

           www.lucianosathler.pro.br

          www.slideshare.net (sathler)

            FIA/USP – 18/03/2010
O estudo descritivo-exploratório foi feito a partir de
                              ó
 quatro casos: Fundação Iochpe, Fundação Itaú Social,
         Fundação Orsa e Fundação Telefônica.


 Foram realizadas análises documentais, entrevistados
 diretores, superintendentes executivos ou pessoas do
staff diretamente envolvidas na relação com o Conselho
  Curador e outros órgãos consultivos e, aplicado um
   questionário aos membros do Conselho Curador.
O objetivo foi verificar se os participantes de conselhos
curadores exercem suas funções, a partir da perspectiva de
desempenho esperado no que se refere aos seguintes itens
 de monitoramento: determinação de missão e p p
                            ç               propósito,
    supervisão de programas e serviços, planejamento
estratégico,
estratégico controles orçamentários, avaliação do gestor /
                      orçamentários
                         executivo.


 Também visou conhecer os procedimentos de indicação,
interação e capacitação dos conselheiros, além das relações
 que se estabelecem entre estes, os instituidores e o staff.
          t b l       t     t       i tit id           t ff
Questões Diretrizes da Pesquisa:


Características estruturais do Conselho Curador e, quando
                                                 ,q
for o caso, comitês e outros órgãos auxiliares.


Características dos processos decisórios: quantidade de
encontros presenciais, troca de informações no interregno
das reuniões formais, existência de descrições de papel para
participantes, influência dos instituidores, esclarecimento
quanto à normas que regem o trabalho e o nível de
       às                      b lh       í ld
participação (operacional, estratégica ou representação
simbólica).
O estudo partiu da perspectiva da Economia das
   Organizações, que entende governança como a
  coordenação de um feixe particular de contratos e
relações, que é a firma, sempre a refletir as limitações
 impostas pelo ambiente institucional e os objetivos
                                             j
                     estratégicos.
A Nova Economia Institucional reconhece a
 complexidade que envolve o alinhamento entre as
  transações e os sistemas de governança para a
        economia dos custos de transação.
    Mesmo nas fundações empresariais a g
                     ç       p          gestão
empreende esforços com a aquisição de informação, o
  monitoramento, a elaboração e o cumprimento de
 contratos que impactam no cumprimento da missão
    t t        i    t             i   t d    i ã
                  organizacional.
   O oportunismo e a racionalidade limitada são
conceitos que se aplicam também a essas entidades,
    cabendo dar atenção para diminuir os riscos
             relacionados aos mesmos.
Mecanismos de governança são as relações – contratuais
 e interações - que se estabelecem entre proprietários,
    investidores, associados ou instituidores, órgãos
  colegiados de instância máxima da organização, os
       dirigentes, técnicos e demais stakeholders.

  Modos de governança – mercado híbrida, hierárquica,
                           mercado, híbrida hierárquica
 administração pública e outros – são formas alternativas
de coordenar as relações em organizações diferentes, com
  vistas a enfrentar potenciais conflitos que ameacem as
   oportunidades de se alcançar os objetivos propostos
Contexto Externo                                Contexto Organizacional
                    - Recursos / Financiamento                        - Idade (ciclo de vida)
                    - Institucional / Regulação
                                        g ç                          - Estabilidade / Profissionalização
                                                                                                     ç


                                            3                               4

                                   Práticas de Recrutamento - Composição
                                    - Características demográficas
                                    - Tamanho do Conselho Curador
            1                                                                                              2
                                                                5


                                                  Comportamento do Conselho Curador
                                                  Determinaçãode missãoe propósito
                                                  Supervisãode programas e serviços
                                                  Planejamentoestratégico
                             Monitoramento
                                                  Controles orçamentários
                                                  Avaliação dogestor /executivo

                                                  Reduçãode incertezas
                            Relação com o         Gestãode interdependências problemáticas
Tipologia sobre o         contexto externo        Arrecadaçãode recursos
                                                  Fortalecimentodaimagem/marca
comportamento do
Conselho Curador            Conformidades
                                                  Assegurarocumprimentodas leis
                                                  Fazercumpriros mandatos de conselheiros e staff,
(MILLER-MILLESEN,                                 quando for o caso
2003)
Mecanismos de Governança da Fundação Iochpe
Mecanismos de
  Governança da
Fundação Itaú Social
Mecanismos de Governança da Fundação Orsa
Mecanismos de
  Governança da
Fundação Telefônica
     ç
Dentre os resultados encontrados verificou-se que há
forte i fl ê i das empresas i
f     influência d          instituidoras na composição
                                i id               i ã
e funcionamento dos Conselhos Curadores, bem como na
   gestão das fundações empresariais, seguindo-se a
Filantropia Empresarial Estratégica como fundamento das
              relações interinstitucionais.


   Também se averiguou que há divergências entre as
 funções esperadas no exercício dos conselheiros e sua
                     real atuação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 5 implementação de estratégias
Aula 5   implementação de estratégiasAula 5   implementação de estratégias
Aula 5 implementação de estratégias
Antonio Lobosco
 
Administracao unidade04
Administracao unidade04Administracao unidade04
Administracao unidade04
koddyrj2011
 
Apostila administração
Apostila administraçãoApostila administração
Apostila administração
Juliana Rocha
 
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 1
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais   dia 1(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais   dia 1
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 1
Ink_conteudos
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
A. Rui Teixeira Santos
 
Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional
Aula 8   recursos, níveis e ambiente organizacionalAula 8   recursos, níveis e ambiente organizacional
Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional
Correios
 
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
Estruturas e processos organizacionais  v 5.1Estruturas e processos organizacionais  v 5.1
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
Aristeu Silveira, DMa, MSc.
 
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura OrganizacionalAula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Prof. Leonardo Rocha
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
Eduardo da Silva
 
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestãoSistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
Sousa1973
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Rafael Evans
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacional
Gabriel Faustino
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Universidade Pedagogica
 
estruturas organizacionais mintzberg
estruturas organizacionais mintzbergestruturas organizacionais mintzberg
estruturas organizacionais mintzberg
Ismael Cassamo
 
20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda
Liege Oliveira Ayub
 
CONFIGURAÇÕES
CONFIGURAÇÕESCONFIGURAÇÕES
CONFIGURAÇÕES
Prof. Leonardo Rocha
 
Projetos como Implementação da Estratégia
Projetos como Implementação da EstratégiaProjetos como Implementação da Estratégia
Projetos como Implementação da Estratégia
Hermano Moura
 
Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1
kilma lima
 
Características básicas das organizações formais
Características básicas das organizações formaisCaracterísticas básicas das organizações formais
Características básicas das organizações formais
ilanafranca
 
Administracao unidade01
Administracao unidade01Administracao unidade01
Administracao unidade01
koddyrj2011
 

Mais procurados (20)

Aula 5 implementação de estratégias
Aula 5   implementação de estratégiasAula 5   implementação de estratégias
Aula 5 implementação de estratégias
 
Administracao unidade04
Administracao unidade04Administracao unidade04
Administracao unidade04
 
Apostila administração
Apostila administraçãoApostila administração
Apostila administração
 
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 1
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais   dia 1(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais   dia 1
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 1
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional
Aula 8   recursos, níveis e ambiente organizacionalAula 8   recursos, níveis e ambiente organizacional
Aula 8 recursos, níveis e ambiente organizacional
 
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
Estruturas e processos organizacionais  v 5.1Estruturas e processos organizacionais  v 5.1
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
 
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura OrganizacionalAula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestãoSistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacional
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
estruturas organizacionais mintzberg
estruturas organizacionais mintzbergestruturas organizacionais mintzberg
estruturas organizacionais mintzberg
 
20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda
 
CONFIGURAÇÕES
CONFIGURAÇÕESCONFIGURAÇÕES
CONFIGURAÇÕES
 
Projetos como Implementação da Estratégia
Projetos como Implementação da EstratégiaProjetos como Implementação da Estratégia
Projetos como Implementação da Estratégia
 
Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1
 
Características básicas das organizações formais
Características básicas das organizações formaisCaracterísticas básicas das organizações formais
Características básicas das organizações formais
 
Administracao unidade01
Administracao unidade01Administracao unidade01
Administracao unidade01
 

Destaque

Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
waldileia do socorro pereira
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Vânia Marques
 
Treinamento Organizacional
Treinamento OrganizacionalTreinamento Organizacional
Treinamento Organizacional
Daniela Gomes dos Santos
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Michele Pó
 
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e SustentabilidadeMini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
Fernando Jose Novaes
 
Desenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
Desenvolvimento Humano - BronfenbrennerDesenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
Desenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
Jorge Barbosa
 
Desenvolvimento Organizacional
Desenvolvimento OrganizacionalDesenvolvimento Organizacional
Desenvolvimento Organizacional
Aldo Pereira Costa
 
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- BrofenbrennerTeoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
Neuza Pedro
 
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de PessoasEducação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Sustentare Escola de Negócios
 

Destaque (9)

Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
Ddpm formaçao ed. amniental mod. 1
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Treinamento Organizacional
Treinamento OrganizacionalTreinamento Organizacional
Treinamento Organizacional
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e SustentabilidadeMini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
Mini Curso Reciclagem de Plásticos - Ciclo de Vida e Sustentabilidade
 
Desenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
Desenvolvimento Humano - BronfenbrennerDesenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
Desenvolvimento Humano - Bronfenbrenner
 
Desenvolvimento Organizacional
Desenvolvimento OrganizacionalDesenvolvimento Organizacional
Desenvolvimento Organizacional
 
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- BrofenbrennerTeoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
Teoria Ecológica Desenvolvimento Humano- Brofenbrenner
 
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de PessoasEducação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
 

Semelhante a Governanca no Terceiro Setor

124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
PedroSilva845276
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos Gerenciais
Murilo Amorim
 
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit PresentationGovernança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
TR Consulting
 
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
Ink_conteudos
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
IFGe
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
A. Rui Teixeira Santos
 
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
A. Rui Teixeira Santos
 
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O RiscoDesafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
A. Rui Teixeira Santos
 
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
A. Rui Teixeira Santos
 
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológicaAspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
Jeferson L. Feuser
 
Administração de empresas
Administração de empresasAdministração de empresas
Administração de empresas
IFGe
 
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMOWebinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
Maria Angelica Castellani
 
Bianca 1
Bianca 1Bianca 1
Bianca 1
guestc5e2024
 
Analise de funções administrativas
Analise de funções administrativasAnalise de funções administrativas
Analise de funções administrativas
Mariana Longatti
 
Governança Corporativa 2014
Governança Corporativa 2014Governança Corporativa 2014
Governança Corporativa 2014
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
Aula3 mod
Aula3 modAula3 mod
20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control
zeramento contabil
 
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima OrganizacionalModelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
Alvaro Mello
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
Correios
 
MBA PUC Minas - Luciano Sathler
MBA PUC Minas - Luciano SathlerMBA PUC Minas - Luciano Sathler
MBA PUC Minas - Luciano Sathler
Luciano Sathler
 

Semelhante a Governanca no Terceiro Setor (20)

124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos Gerenciais
 
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit PresentationGovernança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
Governança Corporaiva no cenário global organizacional Edit Presentation
 
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
(Transformar 16) gestão de conselhos institucionais dia 2
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
Funções da Gestão, Gestão da Organizações de Media, Docente: prof. doutor Rui...
 
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O RiscoDesafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
 
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
O Risco, prof. Doutor Rui Teixeira Santos, Gestão das Organizaçoes (2011/12, ...
 
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológicaAspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
Aspectos estratégicos dos serviços de assessoria em pesquisa mercadológica
 
Administração de empresas
Administração de empresasAdministração de empresas
Administração de empresas
 
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMOWebinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
Webinar Fixe O Impacto da Estratégia e da Governança Corporativa no PMO
 
Bianca 1
Bianca 1Bianca 1
Bianca 1
 
Analise de funções administrativas
Analise de funções administrativasAnalise de funções administrativas
Analise de funções administrativas
 
Governança Corporativa 2014
Governança Corporativa 2014Governança Corporativa 2014
Governança Corporativa 2014
 
Aula3 mod
Aula3 modAula3 mod
Aula3 mod
 
20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control
 
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima OrganizacionalModelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
Modelo de Relatório de Pesquisa de Clima Organizacional
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
MBA PUC Minas - Luciano Sathler
MBA PUC Minas - Luciano SathlerMBA PUC Minas - Luciano Sathler
MBA PUC Minas - Luciano Sathler
 

Mais de Luciano Sathler

Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticasEnsino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Luciano Sathler
 
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
Luciano Sathler
 
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições EducacionaisEducação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
Luciano Sathler
 
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
Luciano Sathler
 
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
Luciano Sathler
 
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digitalEducação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Luciano Sathler
 
Competências para a economia digital
Competências para a economia digitalCompetências para a economia digital
Competências para a economia digital
Luciano Sathler
 
Book de atividades: International School
Book de atividades: International SchoolBook de atividades: International School
Book de atividades: International School
Luciano Sathler
 
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadoresPrevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
Luciano Sathler
 
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
Luciano Sathler
 
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digitalA educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
Luciano Sathler
 
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
Luciano Sathler
 
e-Desafios para as Instituições de Educação Superior
e-Desafios para as Instituições de Educação Superiore-Desafios para as Instituições de Educação Superior
e-Desafios para as Instituições de Educação Superior
Luciano Sathler
 
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressãoCyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
Luciano Sathler
 
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
Luciano Sathler
 
Impactos da Inteligência Artificial na Educação
Impactos da Inteligência Artificial na Educação Impactos da Inteligência Artificial na Educação
Impactos da Inteligência Artificial na Educação
Luciano Sathler
 
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
Luciano Sathler
 
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
Luciano Sathler
 
Competências para a economia digital
Competências para a economia digitalCompetências para a economia digital
Competências para a economia digital
Luciano Sathler
 
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
Luciano Sathler
 

Mais de Luciano Sathler (20)

Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticasEnsino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
 
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
O suporte ao professor na adoção do Blended Learning: Princípios e melhores p...
 
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições EducacionaisEducação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
Educação Pós-Pandemia: Transformação Digital nas Instituições Educacionais
 
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
A transformação do ensino: Com a pandemia, a rotina escolar mudou, todos os p...
 
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
Educação Básica: O espelho digital da Crise da Aprendizagem e caminhos para a...
 
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digitalEducação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
 
Competências para a economia digital
Competências para a economia digitalCompetências para a economia digital
Competências para a economia digital
 
Book de atividades: International School
Book de atividades: International SchoolBook de atividades: International School
Book de atividades: International School
 
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadoresPrevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
Prevenção do suicídio na Internet: orientações para pais e educadores
 
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
Censo da Educação Básica 2019 - Infográfico
 
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digitalA educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
A educação e os desafios de formação dos profissionais para a economia digital
 
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
E-Learning para a economia digital: uma proposta para centros regionais de de...
 
e-Desafios para as Instituições de Educação Superior
e-Desafios para as Instituições de Educação Superiore-Desafios para as Instituições de Educação Superior
e-Desafios para as Instituições de Educação Superior
 
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressãoCyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
Cyberbullying e blended learning: Dos riscos e como mitigar essa agressão
 
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
Ensino Médio, possibilidades e fundamentos pedagógicos para as atividades a d...
 
Impactos da Inteligência Artificial na Educação
Impactos da Inteligência Artificial na Educação Impactos da Inteligência Artificial na Educação
Impactos da Inteligência Artificial na Educação
 
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
Why is “thorough and updated content” the top item in the list of elements as...
 
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
Por que “conteúdo correto e atualizado” é o item que encabeça a lista de elem...
 
Competências para a economia digital
Competências para a economia digitalCompetências para a economia digital
Competências para a economia digital
 
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
Qualidade na oferta da Educação Superior na modalidade a Distância: O Estado ...
 

Último

UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 

Último (20)

UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 

Governanca no Terceiro Setor

  • 1. Governança no Terceiro Setor Estudo Descritivo-Exploratório do E t d D iti E l tó i d Comportamento de Conselhos Curadores de Fundações Empresariais no Brasil õ Luciano Sathler www.lucianosathler.pro.br www.slideshare.net (sathler) FIA/USP – 18/03/2010
  • 2. O estudo descritivo-exploratório foi feito a partir de ó quatro casos: Fundação Iochpe, Fundação Itaú Social, Fundação Orsa e Fundação Telefônica. Foram realizadas análises documentais, entrevistados diretores, superintendentes executivos ou pessoas do staff diretamente envolvidas na relação com o Conselho Curador e outros órgãos consultivos e, aplicado um questionário aos membros do Conselho Curador.
  • 3. O objetivo foi verificar se os participantes de conselhos curadores exercem suas funções, a partir da perspectiva de desempenho esperado no que se refere aos seguintes itens de monitoramento: determinação de missão e p p ç propósito, supervisão de programas e serviços, planejamento estratégico, estratégico controles orçamentários, avaliação do gestor / orçamentários executivo. Também visou conhecer os procedimentos de indicação, interação e capacitação dos conselheiros, além das relações que se estabelecem entre estes, os instituidores e o staff. t b l t t i tit id t ff
  • 4. Questões Diretrizes da Pesquisa: Características estruturais do Conselho Curador e, quando ,q for o caso, comitês e outros órgãos auxiliares. Características dos processos decisórios: quantidade de encontros presenciais, troca de informações no interregno das reuniões formais, existência de descrições de papel para participantes, influência dos instituidores, esclarecimento quanto à normas que regem o trabalho e o nível de às b lh í ld participação (operacional, estratégica ou representação simbólica).
  • 5. O estudo partiu da perspectiva da Economia das Organizações, que entende governança como a coordenação de um feixe particular de contratos e relações, que é a firma, sempre a refletir as limitações impostas pelo ambiente institucional e os objetivos j estratégicos.
  • 6. A Nova Economia Institucional reconhece a complexidade que envolve o alinhamento entre as transações e os sistemas de governança para a economia dos custos de transação. Mesmo nas fundações empresariais a g ç p gestão empreende esforços com a aquisição de informação, o monitoramento, a elaboração e o cumprimento de contratos que impactam no cumprimento da missão t t i t i t d i ã organizacional. O oportunismo e a racionalidade limitada são conceitos que se aplicam também a essas entidades, cabendo dar atenção para diminuir os riscos relacionados aos mesmos.
  • 7. Mecanismos de governança são as relações – contratuais e interações - que se estabelecem entre proprietários, investidores, associados ou instituidores, órgãos colegiados de instância máxima da organização, os dirigentes, técnicos e demais stakeholders. Modos de governança – mercado híbrida, hierárquica, mercado, híbrida hierárquica administração pública e outros – são formas alternativas de coordenar as relações em organizações diferentes, com vistas a enfrentar potenciais conflitos que ameacem as oportunidades de se alcançar os objetivos propostos
  • 8. Contexto Externo Contexto Organizacional - Recursos / Financiamento - Idade (ciclo de vida) - Institucional / Regulação g ç - Estabilidade / Profissionalização ç 3 4 Práticas de Recrutamento - Composição - Características demográficas - Tamanho do Conselho Curador 1 2 5 Comportamento do Conselho Curador Determinaçãode missãoe propósito Supervisãode programas e serviços Planejamentoestratégico Monitoramento Controles orçamentários Avaliação dogestor /executivo Reduçãode incertezas Relação com o Gestãode interdependências problemáticas Tipologia sobre o contexto externo Arrecadaçãode recursos Fortalecimentodaimagem/marca comportamento do Conselho Curador Conformidades Assegurarocumprimentodas leis Fazercumpriros mandatos de conselheiros e staff, (MILLER-MILLESEN, quando for o caso 2003)
  • 9. Mecanismos de Governança da Fundação Iochpe
  • 10. Mecanismos de Governança da Fundação Itaú Social
  • 11. Mecanismos de Governança da Fundação Orsa
  • 12. Mecanismos de Governança da Fundação Telefônica ç
  • 13. Dentre os resultados encontrados verificou-se que há forte i fl ê i das empresas i f influência d instituidoras na composição i id i ã e funcionamento dos Conselhos Curadores, bem como na gestão das fundações empresariais, seguindo-se a Filantropia Empresarial Estratégica como fundamento das relações interinstitucionais. Também se averiguou que há divergências entre as funções esperadas no exercício dos conselheiros e sua real atuação.