SlideShare uma empresa Scribd logo
Ruben Melo (12ºC2 nº24) Vânia Marques (12ºC2 nº30)
Índice
Introdução
Um olhar pelo passado longínquo
O dia de ontem e a madrugada
Análise do presente
Dimensão da sustentabilidade
- Sustentabilidade ambiental
- Sustentabilidade social
- Sustentabilidade económica
Sugestões para o desenvolvimento sustentável
- Energias renováveis
- Agricultura biológica
- Política dos 5 R’s
Conclusão
Sitografia
Introdução
Essencialmente nos últimos 100 anos, tem-se
verificado um rápido aceleramento da evolução do ser
humano. Apesar de melhorar os acessos, facilitar a
comunicação, aproximar as pessoas, melhorar a
qualidade de vida e tantos outros aspetos, este
fenómeno tem-se revelado igualmente negativo. As
grandes economias começaram a crescer
incontrolavelmente e sem preocupação com as
consequências. Neste contexto, foi necessário criar um
novo método: o desenvolvimento sustentável.
Um olhar pelo passado longínquo
Há 4, 56 bilhões de anos que o
nosso planeta sofre constantes
alterações. No início, a natureza
possibilitou a formação de uma
atmosfera amena e propícia à
vida o que provocou o
surgimento dos primeiros
homo sapiens: seres que
evoluíram lentamente e em
harmonia com a natureza.
O dia de ontem e a madrugada
No entanto, mais recentemente surgiu a Revolução
Industrial – o início de uma nova era. Este fenómeno
possibilitou uma expansão da capacidade humana de
deslocamento e produção, permitindo uma maior
interferência na natureza. Deste modo, verificou-se
um aumento considerável da utilização de recursos
naturais per capita e da degradação ambiental e
gerou-se a visão de que só haveria desenvolvimento
em detrimento da qualidade ambiental. Apesar de
fazer parte do passado (“o dia de ontem”), ainda
retrata as práticas da sociedade atual (“madrugada”).
Análise ao presente
Segundo o documentário “Home”:
 desde 1950 a população mundial quase que triplicou;
 hoje em dia 70% da população mundial vive no limiar da pobreza;
 1 em cada 6 pessoas não tem acesso a saneamento e electricidade;
 1 bilião de pessoas passa fome;
 1 bilião de pessoas não tem acesso a água potável;
 Em poucos anos, o degelo poderá acabar com a água doce.
Estes valores são o espelho das ações dos nossos antepassados, essencialmente, nos três
últimos séculos que são conhecidos pelo aceleramento do progresso e crescimento.
O surgimento de um novo conceito
Como forma de esperança, surgiu o
recente conceito de desenvolvimento
sustentável que está relacionado com a
boa gestão dos recursos e a supressão
das necessidades da população atual,
sem que as gerações futuras sejam
prejudicadas. Este modelo de
desenvolvimento contempla 3
importantes dimensões para o ser
humano: economia, sociedade e
ambiente.
Sociedade
AmbienteEconomia
justo suportável
viável
Estável
(D.S.)
Dimensões da sustentabilidade
Sustentabilidade Ambiental
Recurso a diferentes ecossistemas conseguindo a mínima deterioração e possibilitando a
continuação da dinâmica da Natureza. Só assim, poderá ser possível a preservação das
fontes de recursos naturais energéticos.
Dimensões da sustentabilidade
Sustentabilidade Social
Conjunto de ações que visam melhorar a qualidade de vida da população, isto é, capazes de
diminuir as desigualdades sociais, ampliar os direitos e garantir acesso aos serviços
(educação e saúde principalmente).
Dimensões da sustentabilidade
Sustentabilidade Económica
Criação de riqueza através da distribuição e gestão mais eficientes dos recursos disponíveis
e regulação do fluxo do investimento público e privado, ou seja, é a capacidade de
produção, distribuição e utilização equitativa das riquezas produzidas pelo homem.
Sugestões para o desenvolvimento
sustentável
 Obtenção de energia através do uso racional de recursos naturais (energias renováveis);
 Utilização de técnicas agrícolas que não prejudiquem o solo (agricultura biológica);
 Reciclagem de diversos tipos de materiais e respeito pela regra dos 5 R’s;
 Tratamento de esgotos industriais e domésticos (para não poluir os rios, lagos, etc.);
 Colocar os equipamentos electrónicos em locais especializados;
 Diminuição na utilização de combustíveis fósseis (gasolina, diesel), substituindo-os
por biocombustíveis;
 Combate à desflorestação.
Energia RenováveisEnergia proveniente do
Sol e captada por painéis
que transformam-na em
energia eléctrica ou
mecânica. Também é
utilizada para o
aquecimento da
água, nomeadamente em
residências.
Gerada a partir
da decomposição, em curto
prazo, de materiais orgânicos
(excremento, restos de
alimentos, resíduos agrícolas).
A energia do mar (maremotriz)
é gerada através das correntes
formadas pelas marés (energia
cinética) e da diferença de
altura entre as marés alta e
baixa (energia potencial).
Energia gerada pelo vento
que é considerada uma
importante fonte de energia
por se tratar de uma fonte
limpa (não gera poluição e
não prejudica o meio
ambiente).
Nas camadas profundas da crosta
terrestre existe um alto nível de
calor. Esta energia utiliza-o para
accionar turbinas eléctricas e
gerar energia.
Aquela em que a água possui
um potencial energético. Numa
hidroeléctrica existem turbinas
que, na queda de água, fazem
funcionar um gerador
eléctrico, produzindo energia.
Agricultura biológica
Surge na forma de um movimento contrário à agricultura industrializada, que pretende
reintegrar as actividades humanas na capacidade de carga dos ecossistemas e é a corrente mais
amplamente reconhecida de agricultura sustentável.
Vantagens
 Mais benéfico para a saúde e para o ambiente;
 Na sua produção existe controlo e certificação;
 Não são usados OGM (Organismos
Geneticamente Modificados) na sua produção;
 Os alimentos são mais saborosos e nutritivos;
 O método de produção respeita o bem-estar
animal;
 São produtos que não contém aditivos
prejudiciais.
Desvantagens
 Qualidade inferior a nível de aparência
(brilho, tamanho, etc.);
 Em alguns casos a sua conservação tem uma
durabilidade mais reduzida que os produtos
convencionais;
 São produtos um pouco mais caros devido
aos sistemas produtivos serem mais lentos e
necessitarem de mais mão-de-obra.
Política dos 5 R’s
Reutilizar – dar uma nova
utilidade a materiais que, na maioria
das vezes, consideramos inúteis e
deitamos fora. Deve-se reutilizar
sempre que possível.
Repensar – refletir sobre os
processos socio-ambientais de
produção (matéria-prima, condições
de trabalho e distribuição)
Reduzir – diminuir a geração
do lixo, isto é, desperdiçar
menos e consumir só o
necessário. Reduzir a
quantidade de embalagens.
Recusar – evitar o
consumo exagerado e
desnecessário recusando
produtos que causem danos
ao meio ambiente.Reciclar – transformar algo
usado, em algo novo, por
meio de processos industriais.
Conclusão
Neste trabalho abordamos o tema “Desenvolvimento Sustentável” no
qual explicamos e expomos: o seu conceito, as suas dimensões, algumas
sugestões para um melhor desenvolvimento sustentável (como por exemplo as
energias renováveis, a agricultura biológica e a importância da política dos 5 R’s).
Cumprimos todos os objetivos propostos, devido à vaga informação que
encontramos na internet, pois é uma assunto que tem sido diversas vezes
abordado nos últimos anos.
Com este trabalho conseguimos ainda alargar o nosso leque de
conhecimento visto que nos permitiu compreender melhor a realidade atual em
termos económicos e ambientais e a importante relação existente entre ambos.
 http://www.agrobio.pt/pt/o-que-e-a-agric
 http://www.agrobio.pt/pt/12-razoes-para-preferir-biologico.T203.phpultura-
biologica.T136.php
 http://cjigraciosa.no.sapo.pt/
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_renov%C3%A1vel
 http://www.edp.pt/pt/sustentabilidade/ambiente/energiasrenovaveis/Pages/energias_reno
vaveis.aspx
 http://www.eccn.edu.pt/ap/energiaparavida/Energias_Renovaveis.htm
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Desenvolvimento_sustent%C3%A1vel
 http://www.mundoeducacao.com/geografia/politica-dos-5-rs.htm
Sitografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

GESTÃO AMBIENTAL
GESTÃO AMBIENTALGESTÃO AMBIENTAL
GESTÃO AMBIENTAL
Filipa Andrade
 
5R
5R5R
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
lupajero
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
Ilda Bicacro
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
cattonia
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
CarolinaGomesCenrada
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
andreresende22051997
 
Guião exploração home_correcção
Guião exploração home_correcçãoGuião exploração home_correcção
Guião exploração home_correcção
Geografias Geo
 
Os Recursos Naturais
Os Recursos NaturaisOs Recursos Naturais
Os Recursos Naturais
Diogo Mateus
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Carlos Priante
 
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTEDIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
Isabela Espíndola
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
Blog do Prof. Elienai
 
Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis  Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis
PrefeituraBombinhas
 
Desastres naturais
Desastres naturaisDesastres naturais
Desastres naturais
Mariana Cordeiro
 
Aula SUSTENTABILIDADE
Aula SUSTENTABILIDADEAula SUSTENTABILIDADE
Aula SUSTENTABILIDADE
DAIANE AZOLINI
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
João Costa
 
Sustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambienteSustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambiente
EMEFEzequiel
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
-
 
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptxaula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
Mauricelia Macário Guimarães
 
combustíveis fosséis
combustíveis fosséiscombustíveis fosséis
combustíveis fosséis
Margarida Rodrigues
 

Mais procurados (20)

GESTÃO AMBIENTAL
GESTÃO AMBIENTALGESTÃO AMBIENTAL
GESTÃO AMBIENTAL
 
5R
5R5R
5R
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Guião exploração home_correcção
Guião exploração home_correcçãoGuião exploração home_correcção
Guião exploração home_correcção
 
Os Recursos Naturais
Os Recursos NaturaisOs Recursos Naturais
Os Recursos Naturais
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentável
 
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTEDIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
DIREITOS HUMANOS E MEIO AMBIENTE
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis  Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis
 
Desastres naturais
Desastres naturaisDesastres naturais
Desastres naturais
 
Aula SUSTENTABILIDADE
Aula SUSTENTABILIDADEAula SUSTENTABILIDADE
Aula SUSTENTABILIDADE
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Sustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambienteSustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambiente
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptxaula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
 
combustíveis fosséis
combustíveis fosséiscombustíveis fosséis
combustíveis fosséis
 

Destaque

Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade SocialImpressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
Barbara Tostes
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
Miquéias Cassemiro
 
Rs e sustentabilidade
Rs e sustentabilidadeRs e sustentabilidade
Rs e sustentabilidade
Paulo Simões
 
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavelResenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Caroline Pegorari
 
Sustentabilidade
Sustentabilidade Sustentabilidade
Sustentabilidade
Jrh Recursos Humanos Ltda
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Gilberto Ribeiro Pinto Júnior
 
Sustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo LightSustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo Light
Ana Beatriz
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Michele Pó
 
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambienteProjeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Gabriela Alves
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
-
 
Sustentabilidade e os 4Rs
Sustentabilidade e os 4RsSustentabilidade e os 4Rs
Sustentabilidade e os 4Rs
Ro Bischoff
 
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
Leonor Vaz Pereira
 
Os 4 r´s completo
Os 4 r´s completoOs 4 r´s completo
Os 4 r´s completo
zeopas
 
Iso14001
Iso14001Iso14001
Iso14001
Walter Tavares
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
Isabella Galdino
 
Desenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVelDesenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVel
Niise
 

Destaque (16)

Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade SocialImpressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
Impressões Bárbaras – Sustentabilidade e Responsabilidade Social
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
 
Rs e sustentabilidade
Rs e sustentabilidadeRs e sustentabilidade
Rs e sustentabilidade
 
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavelResenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
 
Sustentabilidade
Sustentabilidade Sustentabilidade
Sustentabilidade
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Sustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo LightSustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo Light
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambienteProjeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Sustentabilidade e os 4Rs
Sustentabilidade e os 4RsSustentabilidade e os 4Rs
Sustentabilidade e os 4Rs
 
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
51.4.poluição e degradação de recursos2011.ivp.solos.trata.residuos
 
Os 4 r´s completo
Os 4 r´s completoOs 4 r´s completo
Os 4 r´s completo
 
Iso14001
Iso14001Iso14001
Iso14001
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Desenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVelDesenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVel
 

Semelhante a Desenvolvimento Sustentável

RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente MundialpdfRIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
RicardoPorto48
 
texto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docxtexto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docx
RosanaCosta70
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
-
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidade
Fabio Cruz
 
Gestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidadeGestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidade
cARLOS CAMPOS
 
Gestão ambiental
Gestão ambiental Gestão ambiental
Gestão ambiental
lenPereira5
 
Ecoteologia apresentação
Ecoteologia apresentaçãoEcoteologia apresentação
Ecoteologia apresentação
Ricardo Fernandes
 
Problemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debateProblemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debate
15825
 
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxDesenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
JeanFigueiredo12
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
Sandra Alves
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
TeresaSantosSeabra
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
TeresaSantosSeabra
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
isabelkakunga
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
Professor
 
Agua
AguaAgua
Agua
liliana11
 
Filipe cavalcanti
Filipe cavalcantiFilipe cavalcanti
Filipe cavalcanti
Mylena Vidal
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidade
Delziene Jesus
 
Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
PhoenixSportFitness
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Denise Vilardo
 
Gestao ambiental _ completo.ppt
Gestao ambiental _ completo.pptGestao ambiental _ completo.ppt
Gestao ambiental _ completo.ppt
lenPereira5
 

Semelhante a Desenvolvimento Sustentável (20)

RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente MundialpdfRIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
RIO +20 Cuidando do Meio Ambiente Mundialpdf
 
texto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docxtexto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docx
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidade
 
Gestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidadeGestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidade
 
Gestão ambiental
Gestão ambiental Gestão ambiental
Gestão ambiental
 
Ecoteologia apresentação
Ecoteologia apresentaçãoEcoteologia apresentação
Ecoteologia apresentação
 
Problemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debateProblemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debate
 
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxDesenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Filipe cavalcanti
Filipe cavalcantiFilipe cavalcanti
Filipe cavalcanti
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidade
 
Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Gestao ambiental _ completo.ppt
Gestao ambiental _ completo.pptGestao ambiental _ completo.ppt
Gestao ambiental _ completo.ppt
 

Último

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 

Último (20)

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 

Desenvolvimento Sustentável

  • 1. Ruben Melo (12ºC2 nº24) Vânia Marques (12ºC2 nº30)
  • 2. Índice Introdução Um olhar pelo passado longínquo O dia de ontem e a madrugada Análise do presente Dimensão da sustentabilidade - Sustentabilidade ambiental - Sustentabilidade social - Sustentabilidade económica Sugestões para o desenvolvimento sustentável - Energias renováveis - Agricultura biológica - Política dos 5 R’s Conclusão Sitografia
  • 3. Introdução Essencialmente nos últimos 100 anos, tem-se verificado um rápido aceleramento da evolução do ser humano. Apesar de melhorar os acessos, facilitar a comunicação, aproximar as pessoas, melhorar a qualidade de vida e tantos outros aspetos, este fenómeno tem-se revelado igualmente negativo. As grandes economias começaram a crescer incontrolavelmente e sem preocupação com as consequências. Neste contexto, foi necessário criar um novo método: o desenvolvimento sustentável.
  • 4. Um olhar pelo passado longínquo Há 4, 56 bilhões de anos que o nosso planeta sofre constantes alterações. No início, a natureza possibilitou a formação de uma atmosfera amena e propícia à vida o que provocou o surgimento dos primeiros homo sapiens: seres que evoluíram lentamente e em harmonia com a natureza.
  • 5. O dia de ontem e a madrugada No entanto, mais recentemente surgiu a Revolução Industrial – o início de uma nova era. Este fenómeno possibilitou uma expansão da capacidade humana de deslocamento e produção, permitindo uma maior interferência na natureza. Deste modo, verificou-se um aumento considerável da utilização de recursos naturais per capita e da degradação ambiental e gerou-se a visão de que só haveria desenvolvimento em detrimento da qualidade ambiental. Apesar de fazer parte do passado (“o dia de ontem”), ainda retrata as práticas da sociedade atual (“madrugada”).
  • 6. Análise ao presente Segundo o documentário “Home”:  desde 1950 a população mundial quase que triplicou;  hoje em dia 70% da população mundial vive no limiar da pobreza;  1 em cada 6 pessoas não tem acesso a saneamento e electricidade;  1 bilião de pessoas passa fome;  1 bilião de pessoas não tem acesso a água potável;  Em poucos anos, o degelo poderá acabar com a água doce. Estes valores são o espelho das ações dos nossos antepassados, essencialmente, nos três últimos séculos que são conhecidos pelo aceleramento do progresso e crescimento.
  • 7. O surgimento de um novo conceito Como forma de esperança, surgiu o recente conceito de desenvolvimento sustentável que está relacionado com a boa gestão dos recursos e a supressão das necessidades da população atual, sem que as gerações futuras sejam prejudicadas. Este modelo de desenvolvimento contempla 3 importantes dimensões para o ser humano: economia, sociedade e ambiente. Sociedade AmbienteEconomia justo suportável viável Estável (D.S.)
  • 8. Dimensões da sustentabilidade Sustentabilidade Ambiental Recurso a diferentes ecossistemas conseguindo a mínima deterioração e possibilitando a continuação da dinâmica da Natureza. Só assim, poderá ser possível a preservação das fontes de recursos naturais energéticos.
  • 9. Dimensões da sustentabilidade Sustentabilidade Social Conjunto de ações que visam melhorar a qualidade de vida da população, isto é, capazes de diminuir as desigualdades sociais, ampliar os direitos e garantir acesso aos serviços (educação e saúde principalmente).
  • 10. Dimensões da sustentabilidade Sustentabilidade Económica Criação de riqueza através da distribuição e gestão mais eficientes dos recursos disponíveis e regulação do fluxo do investimento público e privado, ou seja, é a capacidade de produção, distribuição e utilização equitativa das riquezas produzidas pelo homem.
  • 11. Sugestões para o desenvolvimento sustentável  Obtenção de energia através do uso racional de recursos naturais (energias renováveis);  Utilização de técnicas agrícolas que não prejudiquem o solo (agricultura biológica);  Reciclagem de diversos tipos de materiais e respeito pela regra dos 5 R’s;  Tratamento de esgotos industriais e domésticos (para não poluir os rios, lagos, etc.);  Colocar os equipamentos electrónicos em locais especializados;  Diminuição na utilização de combustíveis fósseis (gasolina, diesel), substituindo-os por biocombustíveis;  Combate à desflorestação.
  • 12. Energia RenováveisEnergia proveniente do Sol e captada por painéis que transformam-na em energia eléctrica ou mecânica. Também é utilizada para o aquecimento da água, nomeadamente em residências. Gerada a partir da decomposição, em curto prazo, de materiais orgânicos (excremento, restos de alimentos, resíduos agrícolas). A energia do mar (maremotriz) é gerada através das correntes formadas pelas marés (energia cinética) e da diferença de altura entre as marés alta e baixa (energia potencial). Energia gerada pelo vento que é considerada uma importante fonte de energia por se tratar de uma fonte limpa (não gera poluição e não prejudica o meio ambiente). Nas camadas profundas da crosta terrestre existe um alto nível de calor. Esta energia utiliza-o para accionar turbinas eléctricas e gerar energia. Aquela em que a água possui um potencial energético. Numa hidroeléctrica existem turbinas que, na queda de água, fazem funcionar um gerador eléctrico, produzindo energia.
  • 13. Agricultura biológica Surge na forma de um movimento contrário à agricultura industrializada, que pretende reintegrar as actividades humanas na capacidade de carga dos ecossistemas e é a corrente mais amplamente reconhecida de agricultura sustentável. Vantagens  Mais benéfico para a saúde e para o ambiente;  Na sua produção existe controlo e certificação;  Não são usados OGM (Organismos Geneticamente Modificados) na sua produção;  Os alimentos são mais saborosos e nutritivos;  O método de produção respeita o bem-estar animal;  São produtos que não contém aditivos prejudiciais. Desvantagens  Qualidade inferior a nível de aparência (brilho, tamanho, etc.);  Em alguns casos a sua conservação tem uma durabilidade mais reduzida que os produtos convencionais;  São produtos um pouco mais caros devido aos sistemas produtivos serem mais lentos e necessitarem de mais mão-de-obra.
  • 14. Política dos 5 R’s Reutilizar – dar uma nova utilidade a materiais que, na maioria das vezes, consideramos inúteis e deitamos fora. Deve-se reutilizar sempre que possível. Repensar – refletir sobre os processos socio-ambientais de produção (matéria-prima, condições de trabalho e distribuição) Reduzir – diminuir a geração do lixo, isto é, desperdiçar menos e consumir só o necessário. Reduzir a quantidade de embalagens. Recusar – evitar o consumo exagerado e desnecessário recusando produtos que causem danos ao meio ambiente.Reciclar – transformar algo usado, em algo novo, por meio de processos industriais.
  • 15. Conclusão Neste trabalho abordamos o tema “Desenvolvimento Sustentável” no qual explicamos e expomos: o seu conceito, as suas dimensões, algumas sugestões para um melhor desenvolvimento sustentável (como por exemplo as energias renováveis, a agricultura biológica e a importância da política dos 5 R’s). Cumprimos todos os objetivos propostos, devido à vaga informação que encontramos na internet, pois é uma assunto que tem sido diversas vezes abordado nos últimos anos. Com este trabalho conseguimos ainda alargar o nosso leque de conhecimento visto que nos permitiu compreender melhor a realidade atual em termos económicos e ambientais e a importante relação existente entre ambos.
  • 16.  http://www.agrobio.pt/pt/o-que-e-a-agric  http://www.agrobio.pt/pt/12-razoes-para-preferir-biologico.T203.phpultura- biologica.T136.php  http://cjigraciosa.no.sapo.pt/  http://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_renov%C3%A1vel  http://www.edp.pt/pt/sustentabilidade/ambiente/energiasrenovaveis/Pages/energias_reno vaveis.aspx  http://www.eccn.edu.pt/ap/energiaparavida/Energias_Renovaveis.htm  http://pt.wikipedia.org/wiki/Desenvolvimento_sustent%C3%A1vel  http://www.mundoeducacao.com/geografia/politica-dos-5-rs.htm Sitografia