SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Discentes: Anderson Formiga
Erik dos Anjos
Joeliton Alves
Marciana Silva
Disciplina: Higiene na Industria de Alimentos
Doscente: Estefânia Fernandes Garcia
Detergentes Comerciais
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR
UNIDADE ACADÊMICA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
CAMPUS DE POMBAL – PB
BECKER GREASE
(DETERGENTE ALCALINO)
Características
 Detergente alcalino
industrial super
concentrado, biodegradável,
com aplicações diversas na
indústria alimentícia e de
laticínios;
 Não possui odor
desagradável quando
pulverizado e possui baixa
espumação. Remove a
sujeira carbonizada,
altamente arraigada em
superfícies.
Especificações
 Química
 Tensoativo anfotérico
 Sequestrante (EDTA)
 Alcalinizante (NaOH)
 Física
 pH (10-11)
 Viscosidade (8” – 15”)
BECKER GREASE (DETERGENTE
ALCALINO)
Tensoativos
 Os Tensoativos são
aqueles que modificam a
tensão superficial em
interfaces líquido-líquido,
líquido-gás e solido-líquido;
 Apresentam, em sua
formula, grupos polares
hidrofílicos, e grupos não
polares lipofílicos, que os
tornam agentes capazes de
reduzir a tensão superficial.
 Tensoativo anfotérico
 Liberam carga (-) ou (+)
dependendo do pH;
 Aplicação limitada em
detergentes.
Sequestrantes
● Os agentes sequestrantes
têm a função de agir no
sistema conservante e
interferir nos íons
responsáveis pela dureza da
água.
 EDTA
● Com relação aos agentes
quelantes, o (EDTA), com
seus sais de sódio e
potássio, é o mais
importante, sendo capaz de
remover Ca++, Mg++, e
Fe++ de soluções, com
efeito similar aos
polifosfatos;
BECKER GREASE
(DETERGENTE ALCALINO)
Alcalinizante
 Promovem o deslocamento de resíduos por emulsificação,
sanificação e peptização. Removem os resíduos proteicos
e gordurosos das superfícies, além de ter propriedades
germicidas.
 Hidróxido de sódio
 O hidróxido de sódio (soda caustica) e o mais importante
representante deste tipo de detergentes, sendo muito
utilizado na lavagem de garrafas e em processos
automáticos, como em maquinas de lavar pratos, onde não
há contato com os manipuladores.
Produto Ácido Fosfórico
Desincrustante
Características
 É Indicado para limpeza por
sistema CIP de tanques de
fermentação, maturação,
pressão e tubulações em
cervejarias, passivante de
ganchos carretilhas e
manchas de água,
realçando o brilho do aço
inox;
 Não é corrosivo à metais
quando usado dentro das
recomendações.
 Especificações
 Química
 Ácidos Inorgânicos (Ácido
Fosfórico e Nítrico),
Coadjuvantes e Veículo.
 Física
 pH (1-2)
 Densidade (1,30 - 1,34
g/ml)
Produto Ácido Fosfórico
Desincrustante
Ácido fosfórico
 É um composto químico de
fórmula molecular H3PO4,
sendo classificado, dentre
os ácidos minerais, como
um ácido fraco, oxiácido
derivado do anidrido
fosfórico;
 É o mais importante dos
ácidos derivados do
fósforo.
 Ácido Nítrico
 O ácido nítrico é um ácido
forte, pois seu grau de
ionização (α) é de 92%. É
uma solução aquosa
incolor com 70% em massa
de nitrato de hidrogênio;
 Tem ação oxidativa; essa
ação protege metais contra
a atuação do ácido;
 Seu emprego é mais
comum do que o ácido
sulfúrico;
 Utilizado, principalmente,
para limpeza em sistema
CIP (Clean in place).
Produto Ácido Fosfórico
Desincrustante
Coadjuvantes
 Os detergentes sintéticos puros não são muito
eficientes para remover sujeira argilosa;
 Para corrigir este inconveniente, bem como fornecer
um pH adequado da água e anular a presença de
íons metálicos (cálcio, ferro, cobre etc..) adiciona-se
certos sais alcalinos como tripolifosfato de sódio,
fosfato trissódico, pirofosfato de sódio, carbonato de
sódio.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Insuficiencia respiratória
Insuficiencia respiratóriaInsuficiencia respiratória
Insuficiencia respiratóriapauloalambert
 
Epidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosasEpidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosasFernando Henrique
 
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgico
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgicoAula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgico
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgicoProqualis
 
Aula 1 introdução à toxicologia
Aula 1 introdução à toxicologiaAula 1 introdução à toxicologia
Aula 1 introdução à toxicologiaMírian Costa Silva
 
Epidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosasEpidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosasAdriana Mércia
 
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidade
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na ComunidadePneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidade
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidadeblogped1
 
Alterações fisiológicas da gravidez curso de pré-natal - jean mendes
Alterações fisiológicas da gravidez   curso de pré-natal - jean mendesAlterações fisiológicas da gravidez   curso de pré-natal - jean mendes
Alterações fisiológicas da gravidez curso de pré-natal - jean mendesdrjeanmendes
 
Traumatologia forense parte 1 Direito UFPA
Traumatologia forense  parte 1  Direito UFPATraumatologia forense  parte 1  Direito UFPA
Traumatologia forense parte 1 Direito UFPAJosé Maria Abreu Junior
 
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...Rosemeire Rocha Pinto
 
Fibrose cistica Medicina UFT
Fibrose cistica Medicina UFT Fibrose cistica Medicina UFT
Fibrose cistica Medicina UFT felippehenrique
 
Cardiopatia
CardiopatiaCardiopatia
Cardiopatiacfsenf
 
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]Gessyca Antonia
 
Prevenção e controle de infecções em neonatologia e
Prevenção e controle de infecções em neonatologia ePrevenção e controle de infecções em neonatologia e
Prevenção e controle de infecções em neonatologia eLaíz Coutinho
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Amanda Thomé
 
Fisiologia e mecanismo do trabalho de parto
Fisiologia e mecanismo do trabalho de partoFisiologia e mecanismo do trabalho de parto
Fisiologia e mecanismo do trabalho de partoKaren Kaline
 

Mais procurados (20)

Insuficiencia respiratória
Insuficiencia respiratóriaInsuficiencia respiratória
Insuficiencia respiratória
 
Epidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosasEpidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosas
 
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgico
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgicoAula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgico
Aula sobre prevenção de infecção de sítio cirúrgico
 
Semana da enfermagem unimed
Semana da enfermagem unimedSemana da enfermagem unimed
Semana da enfermagem unimed
 
Aula 1 introdução à toxicologia
Aula 1 introdução à toxicologiaAula 1 introdução à toxicologia
Aula 1 introdução à toxicologia
 
Epidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosasEpidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosas
 
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidade
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na ComunidadePneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidade
Pneumonias na infância: Pneumonias Adquiridas na Comunidade
 
Alterações fisiológicas da gravidez curso de pré-natal - jean mendes
Alterações fisiológicas da gravidez   curso de pré-natal - jean mendesAlterações fisiológicas da gravidez   curso de pré-natal - jean mendes
Alterações fisiológicas da gravidez curso de pré-natal - jean mendes
 
Lignanas
LignanasLignanas
Lignanas
 
Traumatologia forense parte 1 Direito UFPA
Traumatologia forense  parte 1  Direito UFPATraumatologia forense  parte 1  Direito UFPA
Traumatologia forense parte 1 Direito UFPA
 
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...
Etapas do desenvolvimento da busca: análise da pergunta de pesquisa PICO/PICO...
 
Fibrose cistica Medicina UFT
Fibrose cistica Medicina UFT Fibrose cistica Medicina UFT
Fibrose cistica Medicina UFT
 
Cardiopatia
CardiopatiaCardiopatia
Cardiopatia
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
 
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
 
Prevenção e controle de infecções em neonatologia e
Prevenção e controle de infecções em neonatologia ePrevenção e controle de infecções em neonatologia e
Prevenção e controle de infecções em neonatologia e
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita
 
Fisiologia e mecanismo do trabalho de parto
Fisiologia e mecanismo do trabalho de partoFisiologia e mecanismo do trabalho de parto
Fisiologia e mecanismo do trabalho de parto
 
Clostridium botulinum
Clostridium botulinumClostridium botulinum
Clostridium botulinum
 
Aula 8 _-_pos_parto
Aula 8 _-_pos_partoAula 8 _-_pos_parto
Aula 8 _-_pos_parto
 

Destaque

Sabões e detergentes
Sabões e detergentesSabões e detergentes
Sabões e detergentesarceariane87
 
Agentes quimicos parte_1
Agentes quimicos parte_1Agentes quimicos parte_1
Agentes quimicos parte_1pamcolbano
 
Higienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarHigienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarisabelmartires
 
Conservação de alimentos
Conservação de alimentosConservação de alimentos
Conservação de alimentosGlaucia Perez
 
Tipos de processos de Conservação dos alimentos
Tipos de processos de Conservação dos alimentosTipos de processos de Conservação dos alimentos
Tipos de processos de Conservação dos alimentosisildateixeira
 
Processos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosProcessos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosTânia Reis
 
Tecnologia de alimentos
Tecnologia de alimentosTecnologia de alimentos
Tecnologia de alimentosresitcha
 
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumo
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumoAula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumo
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumoprimaquim
 
Fábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológicoFábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológicoIris Aparecida
 
Higienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarHigienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarisabelmartires
 
Trabalhando com a química dos sabões e detergentes
Trabalhando  com a  química dos sabões  e detergentesTrabalhando  com a  química dos sabões  e detergentes
Trabalhando com a química dos sabões e detergentesAdrianne Mendonça
 
Higiene na industria_de_alimentos
Higiene na industria_de_alimentosHigiene na industria_de_alimentos
Higiene na industria_de_alimentosDANIELLE BORGES
 
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOSAPPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOSRegiane Rodrigues
 
Tecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosTecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosCátia Magrinho
 
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAISPPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAISFrancielle Almeida
 
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOSUTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOSanaflaviaciriaco
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAlvaro Galdos
 
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSGUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSDennis Moliterno
 

Destaque (20)

Branqueamento
BranqueamentoBranqueamento
Branqueamento
 
Sabões e detergentes
Sabões e detergentesSabões e detergentes
Sabões e detergentes
 
Agentes quimicos parte_1
Agentes quimicos parte_1Agentes quimicos parte_1
Agentes quimicos parte_1
 
Higienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarHigienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentar
 
Conservação de alimentos
Conservação de alimentosConservação de alimentos
Conservação de alimentos
 
Tipos de processos de Conservação dos alimentos
Tipos de processos de Conservação dos alimentosTipos de processos de Conservação dos alimentos
Tipos de processos de Conservação dos alimentos
 
Processos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosProcessos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentos
 
Tecnologia de alimentos
Tecnologia de alimentosTecnologia de alimentos
Tecnologia de alimentos
 
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumo
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumoAula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumo
Aula 5.1 - conservaçao por reduçao de umidade.resumo
 
Fábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológicoFábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológico
 
Higienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentarHigienização e limpeza na industria alimentar
Higienização e limpeza na industria alimentar
 
Trabalhando com a química dos sabões e detergentes
Trabalhando  com a  química dos sabões  e detergentesTrabalhando  com a  química dos sabões  e detergentes
Trabalhando com a química dos sabões e detergentes
 
Higiene na industria_de_alimentos
Higiene na industria_de_alimentosHigiene na industria_de_alimentos
Higiene na industria_de_alimentos
 
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOSAPPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS
APPCC-ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS
 
Tecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosTecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentos
 
Apostila de Camareiras
Apostila de CamareirasApostila de Camareiras
Apostila de Camareiras
 
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAISPPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
 
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOSUTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
UTILIZAÇÃO DE APPCC NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
 
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSGUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
 

Semelhante a Exemplos de detergentes comerciais e suas especificações

Seminário de farmacotécnicaa
Seminário de farmacotécnicaaSeminário de farmacotécnicaa
Seminário de farmacotécnicaahenriquetabosa
 
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptxAula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptxJaquelineRumo
 
Processo quimicos bumba
Processo quimicos   bumbaProcesso quimicos   bumba
Processo quimicos bumbaMarco Bumba
 
Household Químicos de Performance Polyorganic
Household Químicos de Performance PolyorganicHousehold Químicos de Performance Polyorganic
Household Químicos de Performance PolyorganicDaniel Zollinger Chohfi
 
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptxSlides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptxElienai Carvalho Cardoso
 
Curso Básico de Tratamento para Piscinas
Curso Básico de Tratamento  para PiscinasCurso Básico de Tratamento  para Piscinas
Curso Básico de Tratamento para PiscinasPool Shop Piscinas Ltda
 
Curso básico de tratamento para piscinas
Curso básico de tratamento  para piscinasCurso básico de tratamento  para piscinas
Curso básico de tratamento para piscinasCris Agua Industria
 
Apresentação genco produtos homologados ecoville
Apresentação genco produtos homologados ecovilleApresentação genco produtos homologados ecoville
Apresentação genco produtos homologados ecovilleMarco Antonio
 
Tratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentesTratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentesRafaelNeves651350
 
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016Neiri Bozzolo
 
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdfAULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdfWeslleyMaycon
 
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdf
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdfBiochem-fosfatizantes-decapantes.pdf
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdfTecnofranz
 
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdf
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdfConceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdf
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdfWilianPrado1
 

Semelhante a Exemplos de detergentes comerciais e suas especificações (20)

Exemplo de santitizantes
Exemplo de santitizantesExemplo de santitizantes
Exemplo de santitizantes
 
Seminário de farmacotécnicaa
Seminário de farmacotécnicaaSeminário de farmacotécnicaa
Seminário de farmacotécnicaa
 
Catálogo O3R _web
Catálogo O3R _webCatálogo O3R _web
Catálogo O3R _web
 
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptxAula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
 
Processo quimicos bumba
Processo quimicos   bumbaProcesso quimicos   bumba
Processo quimicos bumba
 
Household Químicos de Performance Polyorganic
Household Químicos de Performance PolyorganicHousehold Químicos de Performance Polyorganic
Household Químicos de Performance Polyorganic
 
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptxSlides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
 
Curso Básico de Tratamento para Piscinas
Curso Básico de Tratamento  para PiscinasCurso Básico de Tratamento  para Piscinas
Curso Básico de Tratamento para Piscinas
 
Faculdade serra da mesa
Faculdade serra da mesaFaculdade serra da mesa
Faculdade serra da mesa
 
Curso básico de tratamento para piscinas
Curso básico de tratamento  para piscinasCurso básico de tratamento  para piscinas
Curso básico de tratamento para piscinas
 
Apresentação genco produtos homologados ecoville
Apresentação genco produtos homologados ecovilleApresentação genco produtos homologados ecoville
Apresentação genco produtos homologados ecoville
 
Aula 2 san ii
Aula 2   san ii Aula 2   san ii
Aula 2 san ii
 
Tratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentesTratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentes
 
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
 
Enologia
Enologia Enologia
Enologia
 
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdfAULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
 
Qualidade da agua aula 2
Qualidade da agua   aula 2Qualidade da agua   aula 2
Qualidade da agua aula 2
 
áCidos carboxílicos
áCidos carboxílicosáCidos carboxílicos
áCidos carboxílicos
 
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdf
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdfBiochem-fosfatizantes-decapantes.pdf
Biochem-fosfatizantes-decapantes.pdf
 
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdf
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdfConceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdf
Conceitos Básicos - Limpeza Profissional.pdf
 

Mais de Anderson Formiga

Mais de Anderson Formiga (20)

Descongelamento
Descongelamento   Descongelamento
Descongelamento
 
Blend de abacaxi, acerola e limão
Blend de abacaxi, acerola e limãoBlend de abacaxi, acerola e limão
Blend de abacaxi, acerola e limão
 
Alimentos termogenicos
Alimentos termogenicosAlimentos termogenicos
Alimentos termogenicos
 
Apresentação industria processamento
Apresentação industria processamentoApresentação industria processamento
Apresentação industria processamento
 
Uísque
UísqueUísque
Uísque
 
Rum
RumRum
Rum
 
Microbiologia do pescado
Microbiologia do pescadoMicrobiologia do pescado
Microbiologia do pescado
 
Trigo
TrigoTrigo
Trigo
 
Inibidores de proteases e amilase, glicosideos cianogenicos, alcaloides e sap...
Inibidores de proteases e amilase, glicosideos cianogenicos, alcaloides e sap...Inibidores de proteases e amilase, glicosideos cianogenicos, alcaloides e sap...
Inibidores de proteases e amilase, glicosideos cianogenicos, alcaloides e sap...
 
Tecnologia de sorvetes
Tecnologia de sorvetesTecnologia de sorvetes
Tecnologia de sorvetes
 
Poliamida e Celofane
Poliamida e CelofanePoliamida e Celofane
Poliamida e Celofane
 
Congelamento
CongelamentoCongelamento
Congelamento
 
Lista do 1° Físico-Química (UFCG) - Monitoria
Lista do 1° Físico-Química (UFCG) - MonitoriaLista do 1° Físico-Química (UFCG) - Monitoria
Lista do 1° Físico-Química (UFCG) - Monitoria
 
Difusão
Difusão Difusão
Difusão
 
Substitutos de Gorgura
Substitutos de GorguraSubstitutos de Gorgura
Substitutos de Gorgura
 
Automação e a Indústria Petroquímica
Automação e a Indústria PetroquímicaAutomação e a Indústria Petroquímica
Automação e a Indústria Petroquímica
 
Gasolina automotiva
Gasolina automotiva  Gasolina automotiva
Gasolina automotiva
 
Produção de energia a partir de resíduos sólidos
Produção de energia a partir de resíduos sólidos  Produção de energia a partir de resíduos sólidos
Produção de energia a partir de resíduos sólidos
 
SEDIMENTAÇÃO
SEDIMENTAÇÃOSEDIMENTAÇÃO
SEDIMENTAÇÃO
 
AMIDO NA PANIFICAÇÃO
AMIDO NA PANIFICAÇÃOAMIDO NA PANIFICAÇÃO
AMIDO NA PANIFICAÇÃO
 

Último

Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréGuilhermeLucio9
 
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção IndividualTreinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individualpablocastilho3
 
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralFranciscaArrudadaSil
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfSamuel Ramos
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaGuilhermeLucio9
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraGuilhermeLucio9
 
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.ppt
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.pptA EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.ppt
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.pptssuserb964fe
 

Último (7)

Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
 
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção IndividualTreinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
 
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
 
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.ppt
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.pptA EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.ppt
A EXTENSÃO RURAL NO BRASIL Sociologia e Extensão 1 2014.ppt
 

Exemplos de detergentes comerciais e suas especificações

  • 1. Discentes: Anderson Formiga Erik dos Anjos Joeliton Alves Marciana Silva Disciplina: Higiene na Industria de Alimentos Doscente: Estefânia Fernandes Garcia Detergentes Comerciais UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR UNIDADE ACADÊMICA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS CAMPUS DE POMBAL – PB
  • 2. BECKER GREASE (DETERGENTE ALCALINO) Características  Detergente alcalino industrial super concentrado, biodegradável, com aplicações diversas na indústria alimentícia e de laticínios;  Não possui odor desagradável quando pulverizado e possui baixa espumação. Remove a sujeira carbonizada, altamente arraigada em superfícies. Especificações  Química  Tensoativo anfotérico  Sequestrante (EDTA)  Alcalinizante (NaOH)  Física  pH (10-11)  Viscosidade (8” – 15”)
  • 3. BECKER GREASE (DETERGENTE ALCALINO) Tensoativos  Os Tensoativos são aqueles que modificam a tensão superficial em interfaces líquido-líquido, líquido-gás e solido-líquido;  Apresentam, em sua formula, grupos polares hidrofílicos, e grupos não polares lipofílicos, que os tornam agentes capazes de reduzir a tensão superficial.  Tensoativo anfotérico  Liberam carga (-) ou (+) dependendo do pH;  Aplicação limitada em detergentes. Sequestrantes ● Os agentes sequestrantes têm a função de agir no sistema conservante e interferir nos íons responsáveis pela dureza da água.  EDTA ● Com relação aos agentes quelantes, o (EDTA), com seus sais de sódio e potássio, é o mais importante, sendo capaz de remover Ca++, Mg++, e Fe++ de soluções, com efeito similar aos polifosfatos;
  • 4. BECKER GREASE (DETERGENTE ALCALINO) Alcalinizante  Promovem o deslocamento de resíduos por emulsificação, sanificação e peptização. Removem os resíduos proteicos e gordurosos das superfícies, além de ter propriedades germicidas.  Hidróxido de sódio  O hidróxido de sódio (soda caustica) e o mais importante representante deste tipo de detergentes, sendo muito utilizado na lavagem de garrafas e em processos automáticos, como em maquinas de lavar pratos, onde não há contato com os manipuladores.
  • 5. Produto Ácido Fosfórico Desincrustante Características  É Indicado para limpeza por sistema CIP de tanques de fermentação, maturação, pressão e tubulações em cervejarias, passivante de ganchos carretilhas e manchas de água, realçando o brilho do aço inox;  Não é corrosivo à metais quando usado dentro das recomendações.  Especificações  Química  Ácidos Inorgânicos (Ácido Fosfórico e Nítrico), Coadjuvantes e Veículo.  Física  pH (1-2)  Densidade (1,30 - 1,34 g/ml)
  • 6. Produto Ácido Fosfórico Desincrustante Ácido fosfórico  É um composto químico de fórmula molecular H3PO4, sendo classificado, dentre os ácidos minerais, como um ácido fraco, oxiácido derivado do anidrido fosfórico;  É o mais importante dos ácidos derivados do fósforo.  Ácido Nítrico  O ácido nítrico é um ácido forte, pois seu grau de ionização (α) é de 92%. É uma solução aquosa incolor com 70% em massa de nitrato de hidrogênio;  Tem ação oxidativa; essa ação protege metais contra a atuação do ácido;  Seu emprego é mais comum do que o ácido sulfúrico;  Utilizado, principalmente, para limpeza em sistema CIP (Clean in place).
  • 7. Produto Ácido Fosfórico Desincrustante Coadjuvantes  Os detergentes sintéticos puros não são muito eficientes para remover sujeira argilosa;  Para corrigir este inconveniente, bem como fornecer um pH adequado da água e anular a presença de íons metálicos (cálcio, ferro, cobre etc..) adiciona-se certos sais alcalinos como tripolifosfato de sódio, fosfato trissódico, pirofosfato de sódio, carbonato de sódio.