SlideShare uma empresa Scribd logo
Profissional FarmacêuticoProfissional Farmacêutico
Da escolha da carreira ao mercado de trabalho
Palestrante: Thalles Diório Peixoto*
Curso: Farmácia-Bioquímica (Ingressante em 2007)
Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP
*
Ex-aluno do Colégio Etapa (Turma 2004-2006)
Trajetória ProfissionalTrajetória Profissional
Interesse Profissional:
Trabalhar na área de comunicação, vendas e MKT farmacêutico
Histórico Profissional:
Projeto de pesquisa no Instituto de Química da USP na área de química
bioinorgânica e síntese de metalofármacos de Nb complexados;
Estagiário no departamento médico científico da empresa multinacional italiana
Chiesi Farmacêutica. Atua em atenção farmacêutica, farmacovigilância e assuntos
regulatórios.
Demais Atividades:
Organização de diversas campanhas e projetos de extensão universitária, visando a
prevenção e promoção da saúde na população
Sobre a ProfissãoSobre a Profissão
Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz?
1º Mito: Farmacêuticos somente podem trabalhar em farmácias?
ERRADO!!!
Profissional polivalente! Atua em diversos setores, dentre eles:
Pesquisa de novas moléculas;
Biotecnologia;
Análises Clínicas;
Gestão em Saúde (tanto no setor
público quanto privado);
Indústria de Alimentos e Cosméticos;
Analista de controle de qualidade;
Setores ligados à saúde animal;
Atuação em hospitais, trabalhando com
equipes multiprofissionais.
Indústrias de medicamentos;
Farmácias de manipulação de insumos e
medicamentos;
Vigilância Sanitária (ANVISA);
Farmacovigilância;
Pesquisa Clínica;
Vendas e Marketing;
Assuntos Regulatórios;
Comercialização e dispensação de
medicamentos.
Sobre a ProfissãoSobre a Profissão
Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz?
2º Mito: Não conseguirei crescer muito nessa carreira, certo?
ERRADO!!!
Setor em expansivo crescimento (medicamentos são um bem de consumo inelástico);
Setor em constante renovação, devido às diversas pesquisas nas áreas de
biotecnologia e descobrimento de novas moléculas;
Apenas um exemplo:
O artigo A era do trabalho 2.0 (revista Você S/A – set/08) aponta as dez mais
inovadoras carreiras que surgiram recentemente e tem um grande potencial de
crescimento no futuro. Dentre essas estava citada a farmacoeconomia que lida com a
avaliação de novos medicamentos em todos os aspectos — epidemiológicos, clínicos,
econômicos e de sistema de saúde.
Sobre a ProfissãoSobre a Profissão
Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz?
Atribuições exclusivas da profissão (Decreto nº 85.878 de 07/04/1981):
Dispensar e manipular medicamentos;
Fiscalização sanitária e técnica de empresas ou
produções que envolvam processos ou métodos
farmacêuticos;
Elaboração de laudos técnicos que envolvam
medicamentos;
Elaboração de perícias técnico-criminais
relacionadas com produtos, atividades ou processos
farmacêuticos;
Entre outras atribuições constantes na referida lei.
Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho
Áreas de atuação mais comuns
Iniciação Científica/Pesquisa:
•É muito comum alunos do 1º e 2º da faculdade participarem de
projetos de pesquisas dentro de laboratórios na universidade;
•Mais fácil para alunos de
faculdades públicas, pois essas
tem um foco em pesquisa e
número de laboratórios maior que
as particulares;
•Possibilidade de pesquisas em
diversos institutos (química,
física, biomédicas, saúde pública,
biologia, farmácia etc.).
Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho
Áreas de atuação mais comuns
Setor Privado:
•Área que mais absorve profissionais formados. Muito comum
alunos da segunda metade do curso procurarem estágios no setor;
•Atraente devido aos salários
relativamente maiores e benefícios ao
trabalhador, principalmente na indústria
de medicamentos;
•Possibilidade de atuar em várias áreas,
absorvendo os mais diversos perfis de
profissionais.
Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho
Áreas de atuação mais comuns
Atenção Farmacêutica:
•É o conjunto de ações que visam promover o uso racional dos
medicamentos (manutenção da efetividade e segurança terapêutica);
•Para profissionais que desejam ter
contato direto com o paciente;
•Possibilidade de atuar tanto na
dispensação como em equipes
multiprofissionais de hospitais, postos
de saúde e outros estabelecimentos
afins;
•Palavra-chave: Farmacoterapia
Graduação – Onde Estudar?Graduação – Onde Estudar?
Faculdades Públicas:
USP – Curso tradicional (110 anos), localizado em São Paulo, possibilitando grande
facilidade de encontrar estágios em pesquisas e no setor privado;
UNESP – Curso tradicional, localizado em Araraquara;
UNICAMP – Curso novo, sem prédio próprio ainda. Localizado em Campinas e com
uma estrutura tecnológica atraente para quem gosta do setor;
UNIFESP – Curso novo, localizado em Diadema. Ainda não conta com uma
estrutura bem definida e segue o modelo de formação generalista no 1º ano.
Faculdades Privadas:
O maior destaque em São Paulo fica com a Faculdade Oswaldo Cruz;
Mackenzie e São Camilo entram em segundo lugar.
Dicas:
•Se puder, opte pelo curso noturno;
•Trabalhe durante a faculdade (desde o primeiro ano é possível);
•Participe de entidades acadêmicas e organização de eventos.
Profissional MultifacetadoProfissional Multifacetado
Autocoaching – Pare e Reflita!Autocoaching – Pare e Reflita!
Sabe o porquê é tão difícil escolher uma carreira profissional?
Porque você provavelmente não tem somente um talento na vida!
A maioria das pessoas terá mais
de uma profissão na vida, então
encontre as profissões que você faz
muito bem!
Nunca o que você deseja mais
fortemente vai se realizar pelos
outros!
O melhor é organizar-se,
estabelecer um foco e seguir em
frente!
Para quem já se decidiu...Para quem já se decidiu...
Perguntas freqüentes que agora você está apto a responder!
Então você escolheu
virar balconista?
Filho, por que você não
faz medicina... Não é a
mesma coisa?
Obrigado!Obrigado!
Contatos:
•e-mail: thpeixoto@gmail.com
•Celular: (11) 9639-1540

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
Lei Nº 5.991/73 - Comércio FarmacêuticoLei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
Lei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
Marcelo Polacow Bisson
 
Farmacia Hospitalar
Farmacia HospitalarFarmacia Hospitalar
Farmacia Hospitalar
Safia Naser
 
Conceitos em Farmácia
Conceitos em FarmáciaConceitos em Farmácia
Conceitos em Farmácia
Wellington Silva
 
INTERAÇ
INTERAÇINTERAÇ
RDC 44/09 - ANVISA
RDC 44/09 - ANVISARDC 44/09 - ANVISA
RDC 44/09 - ANVISA
Marcelo Polacow Bisson
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
Leonardo Souza
 
História da Farmácia no Brasil
História da Farmácia no BrasilHistória da Farmácia no Brasil
História da Farmácia no Brasil
Safia Naser
 
MEDICAMENTOS MANIPULADOS
MEDICAMENTOS MANIPULADOS MEDICAMENTOS MANIPULADOS
MEDICAMENTOS MANIPULADOS
Carleandro Queiroz
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Patrícia Lopes
 
Conceitos de Atenção Farmacêutica
Conceitos de  Atenção FarmacêuticaConceitos de  Atenção Farmacêutica
Conceitos de Atenção Farmacêutica
Marcelo Polacow Bisson
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
Elizeu Ferro
 
5ª aula vias de administração
5ª aula   vias de administração5ª aula   vias de administração
5ª aula vias de administração
Claudio Luis Venturini
 
Dispensação de medicamentos cepss
Dispensação de medicamentos cepssDispensação de medicamentos cepss
Dispensação de medicamentos cepss
Julia Martins Ulhoa
 
Balconista de farmacia
Balconista de farmaciaBalconista de farmacia
Balconista de farmacia
FARLEY SANTOS
 
Indústria farmacêutica brasileira
Indústria farmacêutica brasileiraIndústria farmacêutica brasileira
Indústria farmacêutica brasileira
Lourdes Martins
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
Venturini Cláudio Luís
 
Industria farmacêutica
Industria farmacêuticaIndustria farmacêutica
Industria farmacêutica
Ana Sofia Alves
 
Atribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêuticoAtribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêutico
Cassyano Correr
 
3ª aula conceitos básicos sobre medicamentos
3ª aula   conceitos básicos sobre medicamentos3ª aula   conceitos básicos sobre medicamentos
3ª aula conceitos básicos sobre medicamentos
Claudio Luis Venturini
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologia
Jaqueline Almeida
 

Mais procurados (20)

Lei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
Lei Nº 5.991/73 - Comércio FarmacêuticoLei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
Lei Nº 5.991/73 - Comércio Farmacêutico
 
Farmacia Hospitalar
Farmacia HospitalarFarmacia Hospitalar
Farmacia Hospitalar
 
Conceitos em Farmácia
Conceitos em FarmáciaConceitos em Farmácia
Conceitos em Farmácia
 
INTERAÇ
INTERAÇINTERAÇ
INTERAÇ
 
RDC 44/09 - ANVISA
RDC 44/09 - ANVISARDC 44/09 - ANVISA
RDC 44/09 - ANVISA
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
 
História da Farmácia no Brasil
História da Farmácia no BrasilHistória da Farmácia no Brasil
História da Farmácia no Brasil
 
MEDICAMENTOS MANIPULADOS
MEDICAMENTOS MANIPULADOS MEDICAMENTOS MANIPULADOS
MEDICAMENTOS MANIPULADOS
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
 
Conceitos de Atenção Farmacêutica
Conceitos de  Atenção FarmacêuticaConceitos de  Atenção Farmacêutica
Conceitos de Atenção Farmacêutica
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
 
5ª aula vias de administração
5ª aula   vias de administração5ª aula   vias de administração
5ª aula vias de administração
 
Dispensação de medicamentos cepss
Dispensação de medicamentos cepssDispensação de medicamentos cepss
Dispensação de medicamentos cepss
 
Balconista de farmacia
Balconista de farmaciaBalconista de farmacia
Balconista de farmacia
 
Indústria farmacêutica brasileira
Indústria farmacêutica brasileiraIndústria farmacêutica brasileira
Indústria farmacêutica brasileira
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
 
Industria farmacêutica
Industria farmacêuticaIndustria farmacêutica
Industria farmacêutica
 
Atribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêuticoAtribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêutico
 
3ª aula conceitos básicos sobre medicamentos
3ª aula   conceitos básicos sobre medicamentos3ª aula   conceitos básicos sobre medicamentos
3ª aula conceitos básicos sobre medicamentos
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologia
 

Destaque

Profissional farmacêutico palestra 2012
Profissional farmacêutico   palestra 2012Profissional farmacêutico   palestra 2012
Profissional farmacêutico palestra 2012
Thalles Peixoto
 
Manual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
Manual Informativo Sobre a Profissão FarmacêuticaManual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
Manual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
Jardel Inácio
 
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no BrasilPerspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
Marcelo Polacow Bisson
 
Apostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à FarmáciaApostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à Farmácia
Herbert Cristian de Souza
 
Atenção farmacêutica aula i
Atenção farmacêutica    aula iAtenção farmacêutica    aula i
Atenção farmacêutica aula i
Larissa Oliveira Rocha
 
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
Thalles Peixoto
 
O papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mentalO papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mental
petsmufrn
 
Historia da Farmacia_Sessao 1
Historia da Farmacia_Sessao 1Historia da Farmacia_Sessao 1
Historia da Farmacia_Sessao 1
iolanda_goncalves
 
Legislação farmaceutica
Legislação farmaceuticaLegislação farmaceutica
Legislação farmaceutica
Safia Naser
 
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi “Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
Microsoft
 
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
bibliotecasaude
 
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asmaA evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
Thalles Peixoto
 
Paracelsus
ParacelsusParacelsus
Paracelsus
Brayton College
 
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombarDisfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
adrianomedico
 
Resumo quimica geral ii
Resumo quimica geral iiResumo quimica geral ii
Resumo quimica geral ii
Geisi Batista
 
Malacocultura
MalacoculturaMalacocultura
Malacocultura
Patrícia Oliver
 
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
Thalles Peixoto
 
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIAPROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
Herculys Douglas Clímaco Marques
 
Dna mitocondrial – herança materna
Dna mitocondrial – herança maternaDna mitocondrial – herança materna
Dna mitocondrial – herança materna
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Código de ética farmacêutica
Código de ética farmacêuticaCódigo de ética farmacêutica
Código de ética farmacêutica
ApolloeGau SilvaeAlmeida
 

Destaque (20)

Profissional farmacêutico palestra 2012
Profissional farmacêutico   palestra 2012Profissional farmacêutico   palestra 2012
Profissional farmacêutico palestra 2012
 
Manual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
Manual Informativo Sobre a Profissão FarmacêuticaManual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
Manual Informativo Sobre a Profissão Farmacêutica
 
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no BrasilPerspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
Perspectivas Futuras para a profissão farmacêutica no Brasil
 
Apostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à FarmáciaApostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à Farmácia
 
Atenção farmacêutica aula i
Atenção farmacêutica    aula iAtenção farmacêutica    aula i
Atenção farmacêutica aula i
 
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
Palestra - Estágios Remunerados no Exterior (IAESTE)
 
O papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mentalO papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mental
 
Historia da Farmacia_Sessao 1
Historia da Farmacia_Sessao 1Historia da Farmacia_Sessao 1
Historia da Farmacia_Sessao 1
 
Legislação farmaceutica
Legislação farmaceuticaLegislação farmaceutica
Legislação farmaceutica
 
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi “Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
“Guia de Profissões – Tecnologia” - Marcelo Pereira Bergamaschi
 
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
2588-L - A assistência farmacêutica na atenção à saúde
 
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asmaA evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
A evolução de terapias baseadas em corticosteroides para o tratamento da asma
 
Paracelsus
ParacelsusParacelsus
Paracelsus
 
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombarDisfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
 
Resumo quimica geral ii
Resumo quimica geral iiResumo quimica geral ii
Resumo quimica geral ii
 
Malacocultura
MalacoculturaMalacocultura
Malacocultura
 
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
Workshop Farmácia e Biomedicina (Etapa 2011)
 
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIAPROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
 
Dna mitocondrial – herança materna
Dna mitocondrial – herança maternaDna mitocondrial – herança materna
Dna mitocondrial – herança materna
 
Código de ética farmacêutica
Código de ética farmacêuticaCódigo de ética farmacêutica
Código de ética farmacêutica
 

Semelhante a Palestra - Profissão Farmacêutica

Farmácia FMU
Farmácia FMUFarmácia FMU
Farmácia FMU
FMU - Oficial
 
Desafio Operações Unitárias
Desafio Operações UnitáriasDesafio Operações Unitárias
Desafio Operações Unitárias
henriquetabosa
 
Manual do Calouro
Manual do CalouroManual do Calouro
Manual do Calouro
Mariana Filizola
 
Perfil do Novo Farmacêutico
Perfil do Novo Farmacêutico Perfil do Novo Farmacêutico
Perfil do Novo Farmacêutico
farmwaine
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
angelitamelo
 
Farmcia clnica.apostila pdf
Farmcia clnica.apostila pdfFarmcia clnica.apostila pdf
Farmcia clnica.apostila pdf
Daiane Santos
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
farmacoterapiacpg
 
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
HELENO FAVACHO
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
farmacoterapiacpg
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
farmacoterapiacpg
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
farmacoterapiacpg
 
Motivacao infectologia graduacao alexandre naime barbosa 2018
Motivacao infectologia graduacao   alexandre naime barbosa 2018Motivacao infectologia graduacao   alexandre naime barbosa 2018
Motivacao infectologia graduacao alexandre naime barbosa 2018
Alexandre Naime Barbosa
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
angelitamelo
 
Curso de auxiliar de farmácia primeiros passos
Curso de auxiliar de farmácia   primeiros passosCurso de auxiliar de farmácia   primeiros passos
Curso de auxiliar de farmácia primeiros passos
newsprofissoes
 
Anvisa medicamentos unidades sus
Anvisa medicamentos unidades susAnvisa medicamentos unidades sus
Anvisa medicamentos unidades sus
biossimilar
 
Os desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêuticaOs desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêutica
Leonara Rezende
 
Ismael martins filho
Ismael martins filhoIsmael martins filho
Ismael martins filho
Ismael Martins Filho
 
Nutricosméticos
NutricosméticosNutricosméticos
Nutricosméticos
Andrea Fª Locarno
 
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
Associação Brasileira de Medicina Farmacêutica
 
Área de Biomedicina na UMC
Área de Biomedicina na UMCÁrea de Biomedicina na UMC
Área de Biomedicina na UMC
Biomedicina SP
 

Semelhante a Palestra - Profissão Farmacêutica (20)

Farmácia FMU
Farmácia FMUFarmácia FMU
Farmácia FMU
 
Desafio Operações Unitárias
Desafio Operações UnitáriasDesafio Operações Unitárias
Desafio Operações Unitárias
 
Manual do Calouro
Manual do CalouroManual do Calouro
Manual do Calouro
 
Perfil do Novo Farmacêutico
Perfil do Novo Farmacêutico Perfil do Novo Farmacêutico
Perfil do Novo Farmacêutico
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
 
Farmcia clnica.apostila pdf
Farmcia clnica.apostila pdfFarmcia clnica.apostila pdf
Farmcia clnica.apostila pdf
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
 
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
Doenças transmitidas por alimentos e suas consequências para os diferentes si...
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
 
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínicaFarmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
Farmacoterapia e interações medicamentosas na farmácia clínica
 
Motivacao infectologia graduacao alexandre naime barbosa 2018
Motivacao infectologia graduacao   alexandre naime barbosa 2018Motivacao infectologia graduacao   alexandre naime barbosa 2018
Motivacao infectologia graduacao alexandre naime barbosa 2018
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
 
Curso de auxiliar de farmácia primeiros passos
Curso de auxiliar de farmácia   primeiros passosCurso de auxiliar de farmácia   primeiros passos
Curso de auxiliar de farmácia primeiros passos
 
Anvisa medicamentos unidades sus
Anvisa medicamentos unidades susAnvisa medicamentos unidades sus
Anvisa medicamentos unidades sus
 
Os desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêuticaOs desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêutica
 
Ismael martins filho
Ismael martins filhoIsmael martins filho
Ismael martins filho
 
Nutricosméticos
NutricosméticosNutricosméticos
Nutricosméticos
 
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
37º Congresso Brasileiro de Medicina Farmacêutica | Dr. Charles Schmidt
 
Área de Biomedicina na UMC
Área de Biomedicina na UMCÁrea de Biomedicina na UMC
Área de Biomedicina na UMC
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 

Palestra - Profissão Farmacêutica

  • 1. Profissional FarmacêuticoProfissional Farmacêutico Da escolha da carreira ao mercado de trabalho Palestrante: Thalles Diório Peixoto* Curso: Farmácia-Bioquímica (Ingressante em 2007) Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP * Ex-aluno do Colégio Etapa (Turma 2004-2006)
  • 2. Trajetória ProfissionalTrajetória Profissional Interesse Profissional: Trabalhar na área de comunicação, vendas e MKT farmacêutico Histórico Profissional: Projeto de pesquisa no Instituto de Química da USP na área de química bioinorgânica e síntese de metalofármacos de Nb complexados; Estagiário no departamento médico científico da empresa multinacional italiana Chiesi Farmacêutica. Atua em atenção farmacêutica, farmacovigilância e assuntos regulatórios. Demais Atividades: Organização de diversas campanhas e projetos de extensão universitária, visando a prevenção e promoção da saúde na população
  • 3. Sobre a ProfissãoSobre a Profissão Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz? 1º Mito: Farmacêuticos somente podem trabalhar em farmácias? ERRADO!!! Profissional polivalente! Atua em diversos setores, dentre eles: Pesquisa de novas moléculas; Biotecnologia; Análises Clínicas; Gestão em Saúde (tanto no setor público quanto privado); Indústria de Alimentos e Cosméticos; Analista de controle de qualidade; Setores ligados à saúde animal; Atuação em hospitais, trabalhando com equipes multiprofissionais. Indústrias de medicamentos; Farmácias de manipulação de insumos e medicamentos; Vigilância Sanitária (ANVISA); Farmacovigilância; Pesquisa Clínica; Vendas e Marketing; Assuntos Regulatórios; Comercialização e dispensação de medicamentos.
  • 4. Sobre a ProfissãoSobre a Profissão Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz? 2º Mito: Não conseguirei crescer muito nessa carreira, certo? ERRADO!!! Setor em expansivo crescimento (medicamentos são um bem de consumo inelástico); Setor em constante renovação, devido às diversas pesquisas nas áreas de biotecnologia e descobrimento de novas moléculas; Apenas um exemplo: O artigo A era do trabalho 2.0 (revista Você S/A – set/08) aponta as dez mais inovadoras carreiras que surgiram recentemente e tem um grande potencial de crescimento no futuro. Dentre essas estava citada a farmacoeconomia que lida com a avaliação de novos medicamentos em todos os aspectos — epidemiológicos, clínicos, econômicos e de sistema de saúde.
  • 5. Sobre a ProfissãoSobre a Profissão Será que eu realmente sei o que um farmacêutico faz? Atribuições exclusivas da profissão (Decreto nº 85.878 de 07/04/1981): Dispensar e manipular medicamentos; Fiscalização sanitária e técnica de empresas ou produções que envolvam processos ou métodos farmacêuticos; Elaboração de laudos técnicos que envolvam medicamentos; Elaboração de perícias técnico-criminais relacionadas com produtos, atividades ou processos farmacêuticos; Entre outras atribuições constantes na referida lei.
  • 6. Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho Áreas de atuação mais comuns Iniciação Científica/Pesquisa: •É muito comum alunos do 1º e 2º da faculdade participarem de projetos de pesquisas dentro de laboratórios na universidade; •Mais fácil para alunos de faculdades públicas, pois essas tem um foco em pesquisa e número de laboratórios maior que as particulares; •Possibilidade de pesquisas em diversos institutos (química, física, biomédicas, saúde pública, biologia, farmácia etc.).
  • 7. Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho Áreas de atuação mais comuns Setor Privado: •Área que mais absorve profissionais formados. Muito comum alunos da segunda metade do curso procurarem estágios no setor; •Atraente devido aos salários relativamente maiores e benefícios ao trabalhador, principalmente na indústria de medicamentos; •Possibilidade de atuar em várias áreas, absorvendo os mais diversos perfis de profissionais.
  • 8. Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho Áreas de atuação mais comuns Atenção Farmacêutica: •É o conjunto de ações que visam promover o uso racional dos medicamentos (manutenção da efetividade e segurança terapêutica); •Para profissionais que desejam ter contato direto com o paciente; •Possibilidade de atuar tanto na dispensação como em equipes multiprofissionais de hospitais, postos de saúde e outros estabelecimentos afins; •Palavra-chave: Farmacoterapia
  • 9. Graduação – Onde Estudar?Graduação – Onde Estudar? Faculdades Públicas: USP – Curso tradicional (110 anos), localizado em São Paulo, possibilitando grande facilidade de encontrar estágios em pesquisas e no setor privado; UNESP – Curso tradicional, localizado em Araraquara; UNICAMP – Curso novo, sem prédio próprio ainda. Localizado em Campinas e com uma estrutura tecnológica atraente para quem gosta do setor; UNIFESP – Curso novo, localizado em Diadema. Ainda não conta com uma estrutura bem definida e segue o modelo de formação generalista no 1º ano. Faculdades Privadas: O maior destaque em São Paulo fica com a Faculdade Oswaldo Cruz; Mackenzie e São Camilo entram em segundo lugar. Dicas: •Se puder, opte pelo curso noturno; •Trabalhe durante a faculdade (desde o primeiro ano é possível); •Participe de entidades acadêmicas e organização de eventos.
  • 11. Autocoaching – Pare e Reflita!Autocoaching – Pare e Reflita! Sabe o porquê é tão difícil escolher uma carreira profissional? Porque você provavelmente não tem somente um talento na vida! A maioria das pessoas terá mais de uma profissão na vida, então encontre as profissões que você faz muito bem! Nunca o que você deseja mais fortemente vai se realizar pelos outros! O melhor é organizar-se, estabelecer um foco e seguir em frente!
  • 12. Para quem já se decidiu...Para quem já se decidiu... Perguntas freqüentes que agora você está apto a responder! Então você escolheu virar balconista? Filho, por que você não faz medicina... Não é a mesma coisa?

Notas do Editor

  1. Uma escolha hoje não deve ser vista como um agente de exclusão no futuro. Eu pensava em ser professor, escolhi farmácia e hoje gosto de palestras/treinamentos (somatória, agregação de valor!). A escolha do vestibular não deve limitar sua carreira/vida!