SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
MBA Gestão Empresarial
Turma 19 – São Paulo
Berrini
2
Empresa
A Health Vet é uma
indústria farmacêutica
com foco na saúde
animal que investe em
desenvolvimento de
novas substâncias. A
empresa se preocupa
em lançar medicamentos
novos através de
projetos identificados
por planejamento
estratégico.
3
Diretoria
Diretora da área de
Engenharia:
Ana Carolina
Ximenes
Diretora da área Médica:
Vanessa Abujamra
Diretora de
Produção:
Ana Catarina P.
Rodriguez
4
Portfólio da Health Vet
Programas:
- Desenvolvimento de novos fármacos
- Estudos de novas indicações terapêuticas
Projetos em desenvolvimento:
- Projeto Fênix
- Projeto Lion
- Projeto Condor
- Projeto Falcon
- Projeto Panther
- Projeto Ragdoll
- Projeto Eagle
- Projeto Spider
- Projeto Jaguar
- Projeto Bull
5
Projeto Fênix
A Health Vet está conduzindo o projeto Fênix
que resultará no lançamento da Azicoxilina, um
antibiótico de última geração que combate bactérias
resistentes as demais terapias já existentes no
mercado, diminuindo efeitos colaterais aumentando
a qualidade de vida do paciente.
6
Justificativa
O Projeto Fênix foi desenhado a partir da
descoberta da substância Azicoxilina que
durante os estudos clínicos mostrou a eficácia
no tratamento de infecções fortes e resistentes
a outras substâncias disponíveis.
O produto é inovador, de alta tecnologia, fácil
administração, possui alto valor agregado e alto
retorno de investimento e traduz um maior
benefício para o paciente devido ao menor
tempo de resposta ao tratamento.
7
Objetivo
O projeto Fênix tem como objetivo, lançar um
novo medicamento que atinja 40% do mercado
nacional no primeiro ano, sem que haja aumento de
despesas para a produção, melhorando a satisfação
do cliente em 20% em relação as terapias disponíveis
no mercado atualmente.
8
Stakeholders
 Representante de vendas
 Veterinários
 Sponsor
 Fornecedores
 Farmacêuticos
 Gerente de Produto
 Alta Administração
 Órgão Regulatório
 Dono do animal
 Equipe multidisciplinar
9
Requisitos
 Não ultrapassar o budget estipulado;
 Não ultrapassar o prazo de 18 meses;
 Receber notificações do status de cada etapa;
 Não receber exigências do órgão regulatório para o
registro do produto;
 Produto seja de fácil administração para aumentar a
adesão ao tratamento
 Retorno de investimento seja recuperado em até 48
meses
 Produto com preço competitivo
 Produto com eficácia e segurança comprovada
Como iniciar
Projeto Fênix
Produto Azicoxilina
Descrição do projeto
Justificativa
Objetivo
Designação
Mapear SH Classificar SH
Entrevistar
Requisitos
Listar Milestones
Orçamento
preliminar
Riscos
preliminares
Aprovado?
Sim
Não
Termo de
Abertura do
Projeto
Assinado
11
WBS
Projeto
Fênix
Desenvolvimento Estudo Testes Pré-Fabricação Lançamento
Briefing
Mapeamento
Seleção
Indicação
Levantamento
Concorrência
Coleta
Segurança e
Eficácia
Documentação
Especificação
Análise
Viabilidade
Qualidade
Anvisa
Engenharia
Formulação
Análise
Viabilidade
Garantia
Autorização
Fabricação
Exposição
Distribuição
Comercialização
Entregáveis das fases
Fase de Desenvolvimento:
- Princípio ativo pronto para fase de estudos
Fase de Estudo
- Estudo de mercado do qual iremos atingir e determinação da
segurança e eficácia do produto
Fase de Testes
- Certificação do produto
Fase de pré fabricação
- Fabricação de um produto piloto
Fase de Lançamento
- Coquetel de lançamento
13
Entregáveis dos pacotes
Fase de Desenvolvimento
- Briefing: Pesquisa de mercado;
- Mapeamento: Identificação de todos os possíveis
pacientes;
- Seleção: Determina o nicho de mercado que será
atingido;
- Indicação: Determina a aplicabilidade da molécula,
ou seja, determina todas as indicações terapêuticas
que a molécula pode ser utilizada.
14
Entregáveis dos pacotes
Fase de Estudo
- Levantamento: Dados sobre o mercado;
- Concorrência: Identifica todos os concorrentes;
- Coleta: Informações sobre sobre os concorrentes e
suas respectivas posições no mercado;
- Segurança e Eficácia: O estudo que demostra que
o medicamento é eficiente para o tratamento
indicado e seguro para a utilização do paciente;
- Documentação: Dossiê de estudos clínicos.
15
Entregáveis dos pacotes
Fase de Teste
- Especificação: Determina detalhadamente a
quantidade de ativo e excipiente que o produto
acabado deve ter;
- Análise: Relatório de avaliação da elaboração do
produto;
- Viabilidade: Determina se o custo estimado para a
fabricação é adequado;
- Qualidade: Entrega o método de análise validado;
- Anvisa: Entrega o relatório de submissão do registro
do produto.
16
Entregáveis dos pacotes
Fase de Pré fabricação
- Engenharia: Determina os equipamentos e insumos
necessários para a fabricação do produto;
- Formulação: Entrega lote piloto para determinar os
melhores excipientes para a formulação final;
- Análise: Determina qual é a melhor formulação
testada para a fabricação;
- Viabilidade: Relatório de avaliação de custo e
qualidade da formulação definida;
- Garantia: Documento atestando a garantia de
segurança do produto.
17
Entregáveis dos pacotes
Fase de Lançamento
- Autorização: Relatório de aprovação do registro do
produto pelo órgão regulatório;
- Fabricação: Entrega o produto pronto para
comercialização;
- Exposição: Entrega a proposta de divulgação do
produto;
- Distribuição: Determina os canais de venda do
produto;
- Comercialização: Entrega da primeira nota fiscal
emitida de venda do produto.
18
Pacotes de trabalho “Make”
Fase de Desenvolvimento
- Briefing
- Mapeamento
- Seleção
- Indicação
Fase de Estudo
- Levantamento
- Documentação
- Segurança e Eficácia
Fase de Testes
- Especificação
- Qualidade
- Anvisa
Fase de pré fabricação
- Engenharia
- Análise
- Viabilidade
- Garantia
- Formulação
Fase de Lançamento
- Fabricação
- Distribuição
- Comercialização
19
Pacotes de trabalho “Buy”
Fase de Estudo
- Concorrência
- Coleta
Fase de Testes
- Análise
- Viabilidade
Fase de Lançamento
- Exposição
- Autorização
20
Riscos
- Receber exigências do órgão regulatório (alto risco)
Realização de alterações no produto conforme
exigências e submeter a uma nova análise. O que irá
demandar tempo e recurso financeiro.
- Falta de insumos para fabricação do produto (alto
risco)
Termos um fornecedor alternativo para recorrer.
- Ultrapassar o Budget (médio risco)
Monitorização dos orçamentos para que não ocorra a
possibilidade de ultrapassar o valor estipulado e assim
não correr o risco de inviabilizar o projeto.
21
Como Planejar
SH do
Produto
SH do
Projeto
Requisito
do
Produto
Requisito
do Projeto
Escopo
do
Produto
Escopo
do
Projeto
Exclusões
Premissas
Restrições
Decompor
Fases e P.T.
WBS do
Projeto
Análise
Make ou
Buy
Make
Buy
Matriz de
Competência e
Responsabilida
de
Lista de
atividades
Plano de
Aquisições
WBS do
contrato
22
Como Executar – Pacote Make
Reunião de
Partida
Receber
propostas de
treinamento
Autorizar o
trabalho
Executar
atividades do
pacote Make
Autorizar o
treinamento
Entrega
Finalizada
Acompanhar
processos
documentados
Distribuir informações
do andamento das
atividades
23
Como Executar – Pacote Buy
Emitir RFI para
fornecedores
Receber
informações
Avalia e envia a
RFP
Recebe proposta
Analisa e envia a
RFQ
Analisa e envia a
RFQ
Recebe cotação
Analisa e escolhe
o fornecedor
Autorizar o
trabalho
Executa a WBS do
trabalho
Entrega Finalizada
24
Como monitorar
Criar Share Point para
o projeto
Criar lembrete de
finalização de tarefas 1
mês antes
Monitorar solicitação
de alterações pelos SH
Realizar reuniões
quinzenais com a
equipe
Estipular metas
mensais de gastos
Solicitar Notas
Fiscais emitidas
semanalmente
Controlar resultados
através de
Indicadores
Controlar riscos
através de testes
Compilar todos os
riscos e avaliar se as
ações foram
concluídas
Controlar as
entregas dos
fornecedores
Reuniões periódicas
de
acompanhamento
Enviar boletim
informativo
mensalmente
25
Como Encerrar
Entregas de cada fase
Encerra a fase
Corrigir a entregaAprovada?
Sim
Não

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Marco Coghi
 
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi Presencial
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi PresencialCurso de Engenharia da Qualidade - Semi Presencial
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi PresencialClaudio Bernardi Stringari
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMarco Coghi
 
Restaurante Natureba's
Restaurante Natureba'sRestaurante Natureba's
Restaurante Natureba'sMarco Coghi
 
Adequação do produto na Exportação e Importação
Adequação do produto na Exportação e ImportaçãoAdequação do produto na Exportação e Importação
Adequação do produto na Exportação e ImportaçãoABRACOMEX
 
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretiva
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretivaAula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretiva
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretivaClaudio Bernardi Stringari
 
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processosGestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processosClaudio Bernardi Stringari
 
Portifólio Pessoal Jeferson Faria
Portifólio Pessoal Jeferson FariaPortifólio Pessoal Jeferson Faria
Portifólio Pessoal Jeferson FariaJeferson Faria
 
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramento
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramentoAula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramento
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramentoClaudio Bernardi Stringari
 
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processosGestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processosClaudio Bernardi Stringari
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMarco Coghi
 
Qb d na industria farmaceutica
Qb d na industria farmaceuticaQb d na industria farmaceutica
Qb d na industria farmaceuticaElezerLemes
 
Eduardo Benatti CV 2012
Eduardo Benatti   CV   2012Eduardo Benatti   CV   2012
Eduardo Benatti CV 2012Ebenatti
 

Mais procurados (20)

Certificação de produtos para sistemas de seguros
Certificação de produtos para sistemas de segurosCertificação de produtos para sistemas de seguros
Certificação de produtos para sistemas de seguros
 
Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®
 
Aula 08 eq 2015 01 fameg 2nda aula modulo 03
Aula 08 eq 2015 01 fameg 2nda aula modulo 03Aula 08 eq 2015 01 fameg 2nda aula modulo 03
Aula 08 eq 2015 01 fameg 2nda aula modulo 03
 
Ecodream Eco550
Ecodream Eco550Ecodream Eco550
Ecodream Eco550
 
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi Presencial
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi PresencialCurso de Engenharia da Qualidade - Semi Presencial
Curso de Engenharia da Qualidade - Semi Presencial
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria Premium
 
Restaurante Natureba's
Restaurante Natureba'sRestaurante Natureba's
Restaurante Natureba's
 
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
 
Adequação do produto na Exportação e Importação
Adequação do produto na Exportação e ImportaçãoAdequação do produto na Exportação e Importação
Adequação do produto na Exportação e Importação
 
Aula 05 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 6 e 7
Aula 05 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 6 e 7Aula 05 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 6 e 7
Aula 05 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 6 e 7
 
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretiva
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretivaAula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretiva
Aula 06 SGQ ISO 9001:2015 – Seção 8 e 9 + acao corretiva
 
Apqp
ApqpApqp
Apqp
 
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processosGestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 07 08 fameg processos
 
Aula 10 eq 2015 01 fameg
Aula 10 eq 2015 01 famegAula 10 eq 2015 01 fameg
Aula 10 eq 2015 01 fameg
 
Portifólio Pessoal Jeferson Faria
Portifólio Pessoal Jeferson FariaPortifólio Pessoal Jeferson Faria
Portifólio Pessoal Jeferson Faria
 
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramento
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramentoAula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramento
Aula 08 SGQ ISO 9001:2015 – Tópicos de encerramento
 
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processosGestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processos
Gestão da Qualidade de Produto e Processo 2013 09 10 fameg processos
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria Premium
 
Qb d na industria farmaceutica
Qb d na industria farmaceuticaQb d na industria farmaceutica
Qb d na industria farmaceutica
 
Eduardo Benatti CV 2012
Eduardo Benatti   CV   2012Eduardo Benatti   CV   2012
Eduardo Benatti CV 2012
 

Destaque (20)

A Lenda Da Fenix
A Lenda Da FenixA Lenda Da Fenix
A Lenda Da Fenix
 
9 fénix
9  fénix9  fénix
9 fénix
 
A lenda da fenix
A lenda da fenixA lenda da fenix
A lenda da fenix
 
Pegasus
PegasusPegasus
Pegasus
 
Phoenix
PhoenixPhoenix
Phoenix
 
Pegaso
PegasoPegaso
Pegaso
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Jogos de Negócios - Case Lisarb
Jogos de Negócios - Case LisarbJogos de Negócios - Case Lisarb
Jogos de Negócios - Case Lisarb
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Phoenix
PhoenixPhoenix
Phoenix
 
Ave Fénix
Ave FénixAve Fénix
Ave Fénix
 
La estrategia del ave fenix
La estrategia del ave fenixLa estrategia del ave fenix
La estrategia del ave fenix
 
The phoenix by sylvia warner
The phoenix by sylvia warnerThe phoenix by sylvia warner
The phoenix by sylvia warner
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 

Semelhante a MBA Gestão Projeto Saúde Animal

Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)
Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)
Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)sparksupernova
 
Transformação de processo funed - juliana ramos
Transformação de processo   funed - juliana ramosTransformação de processo   funed - juliana ramos
Transformação de processo funed - juliana ramosEloGroup
 
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...EloGroup
 
Lançamento de uma cápsula metabólica
Lançamento de uma cápsula metabólicaLançamento de uma cápsula metabólica
Lançamento de uma cápsula metabólicaMarco Coghi
 
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leite
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leiteGarantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leite
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leiteNathalie Leite
 
Aula 3 Boas práticas de produção de produtos farmacêuticos
Aula 3   Boas práticas de produção de produtos farmacêuticosAula 3   Boas práticas de produção de produtos farmacêuticos
Aula 3 Boas práticas de produção de produtos farmacêuticosNome Sobrenome
 
RDC 17 2010 Perguntas e respostas
RDC 17 2010 Perguntas e respostasRDC 17 2010 Perguntas e respostas
RDC 17 2010 Perguntas e respostasRenata Jorge Tiossi
 
Estratégicas Específicas na Exportação
Estratégicas Específicas na ExportaçãoEstratégicas Específicas na Exportação
Estratégicas Específicas na ExportaçãoRicardo Storto
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Alfob
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Alfob
 
Brc global standard for food safety issue 7 br free pdf
Brc global standard for food safety issue 7 br  free pdfBrc global standard for food safety issue 7 br  free pdf
Brc global standard for food safety issue 7 br free pdfAlexandre Oliveira
 
Avaliação e implementação haccp
Avaliação e implementação haccpAvaliação e implementação haccp
Avaliação e implementação haccpMartaSa9
 
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATEC
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATECBH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATEC
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATECMarco Coghi
 
Gestao da produçao
Gestao da produçaoGestao da produçao
Gestao da produçaoamattos76
 
Documentação técnica e desenvolvimento de produtos
Documentação técnica e desenvolvimento de produtosDocumentação técnica e desenvolvimento de produtos
Documentação técnica e desenvolvimento de produtosVanessa Rodrigues
 

Semelhante a MBA Gestão Projeto Saúde Animal (20)

Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)
Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)
Super nova desenvolvimento de produtos imunobiológicos e farmacêuticos (3)
 
Transformação de processo funed - juliana ramos
Transformação de processo   funed - juliana ramosTransformação de processo   funed - juliana ramos
Transformação de processo funed - juliana ramos
 
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...
[BPM DAY SP 2015] [BPM DAY SP 2015] Análise e proposição do Mix de Produtos (...
 
Nutrilight
NutrilightNutrilight
Nutrilight
 
Ciclo de vida dos produtos
Ciclo de vida dos produtos Ciclo de vida dos produtos
Ciclo de vida dos produtos
 
Lançamento de uma cápsula metabólica
Lançamento de uma cápsula metabólicaLançamento de uma cápsula metabólica
Lançamento de uma cápsula metabólica
 
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leite
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leiteGarantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leite
Garantia da qualidade em abatedouro frigorífico nathalie leite
 
Aula 3 Boas práticas de produção de produtos farmacêuticos
Aula 3   Boas práticas de produção de produtos farmacêuticosAula 3   Boas práticas de produção de produtos farmacêuticos
Aula 3 Boas práticas de produção de produtos farmacêuticos
 
RDC 17 2010 Perguntas e respostas
RDC 17 2010 Perguntas e respostasRDC 17 2010 Perguntas e respostas
RDC 17 2010 Perguntas e respostas
 
Estratégicas Específicas na Exportação
Estratégicas Específicas na ExportaçãoEstratégicas Específicas na Exportação
Estratégicas Específicas na Exportação
 
Product Planning
Product Planning Product Planning
Product Planning
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
 
Qualif
QualifQualif
Qualif
 
Vania
VaniaVania
Vania
 
Brc global standard for food safety issue 7 br free pdf
Brc global standard for food safety issue 7 br  free pdfBrc global standard for food safety issue 7 br  free pdf
Brc global standard for food safety issue 7 br free pdf
 
Avaliação e implementação haccp
Avaliação e implementação haccpAvaliação e implementação haccp
Avaliação e implementação haccp
 
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATEC
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATECBH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATEC
BH-GP37-AQUISIÇÕES-INOVATEC
 
Gestao da produçao
Gestao da produçaoGestao da produçao
Gestao da produçao
 
Documentação técnica e desenvolvimento de produtos
Documentação técnica e desenvolvimento de produtosDocumentação técnica e desenvolvimento de produtos
Documentação técnica e desenvolvimento de produtos
 

Mais de Marco Coghi

Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess ForeverMarco Coghi
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouseMarco Coghi
 
Condomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelCondomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelMarco Coghi
 
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamProposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamMarco Coghi
 
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5Marco Coghi
 
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaImplementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaMarco Coghi
 
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaProposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaMarco Coghi
 
ABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGMarco Coghi
 

Mais de Marco Coghi (19)

Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Zika
ZikaZika
Zika
 
Autc@r Mobile
Autc@r MobileAutc@r Mobile
Autc@r Mobile
 
Projeto ANGUS
Projeto ANGUSProjeto ANGUS
Projeto ANGUS
 
Lisarb Nota 10
Lisarb Nota 10Lisarb Nota 10
Lisarb Nota 10
 
Condomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelCondomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentável
 
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamProposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
 
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
 
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaImplementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
 
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaProposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
 
ABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTING
 
1Click
1Click1Click
1Click
 

MBA Gestão Projeto Saúde Animal

  • 1. MBA Gestão Empresarial Turma 19 – São Paulo Berrini
  • 2. 2 Empresa A Health Vet é uma indústria farmacêutica com foco na saúde animal que investe em desenvolvimento de novas substâncias. A empresa se preocupa em lançar medicamentos novos através de projetos identificados por planejamento estratégico.
  • 3. 3 Diretoria Diretora da área de Engenharia: Ana Carolina Ximenes Diretora da área Médica: Vanessa Abujamra Diretora de Produção: Ana Catarina P. Rodriguez
  • 4. 4 Portfólio da Health Vet Programas: - Desenvolvimento de novos fármacos - Estudos de novas indicações terapêuticas Projetos em desenvolvimento: - Projeto Fênix - Projeto Lion - Projeto Condor - Projeto Falcon - Projeto Panther - Projeto Ragdoll - Projeto Eagle - Projeto Spider - Projeto Jaguar - Projeto Bull
  • 5. 5 Projeto Fênix A Health Vet está conduzindo o projeto Fênix que resultará no lançamento da Azicoxilina, um antibiótico de última geração que combate bactérias resistentes as demais terapias já existentes no mercado, diminuindo efeitos colaterais aumentando a qualidade de vida do paciente.
  • 6. 6 Justificativa O Projeto Fênix foi desenhado a partir da descoberta da substância Azicoxilina que durante os estudos clínicos mostrou a eficácia no tratamento de infecções fortes e resistentes a outras substâncias disponíveis. O produto é inovador, de alta tecnologia, fácil administração, possui alto valor agregado e alto retorno de investimento e traduz um maior benefício para o paciente devido ao menor tempo de resposta ao tratamento.
  • 7. 7 Objetivo O projeto Fênix tem como objetivo, lançar um novo medicamento que atinja 40% do mercado nacional no primeiro ano, sem que haja aumento de despesas para a produção, melhorando a satisfação do cliente em 20% em relação as terapias disponíveis no mercado atualmente.
  • 8. 8 Stakeholders  Representante de vendas  Veterinários  Sponsor  Fornecedores  Farmacêuticos  Gerente de Produto  Alta Administração  Órgão Regulatório  Dono do animal  Equipe multidisciplinar
  • 9. 9 Requisitos  Não ultrapassar o budget estipulado;  Não ultrapassar o prazo de 18 meses;  Receber notificações do status de cada etapa;  Não receber exigências do órgão regulatório para o registro do produto;  Produto seja de fácil administração para aumentar a adesão ao tratamento  Retorno de investimento seja recuperado em até 48 meses  Produto com preço competitivo  Produto com eficácia e segurança comprovada
  • 10. Como iniciar Projeto Fênix Produto Azicoxilina Descrição do projeto Justificativa Objetivo Designação Mapear SH Classificar SH Entrevistar Requisitos Listar Milestones Orçamento preliminar Riscos preliminares Aprovado? Sim Não Termo de Abertura do Projeto Assinado
  • 11. 11 WBS Projeto Fênix Desenvolvimento Estudo Testes Pré-Fabricação Lançamento Briefing Mapeamento Seleção Indicação Levantamento Concorrência Coleta Segurança e Eficácia Documentação Especificação Análise Viabilidade Qualidade Anvisa Engenharia Formulação Análise Viabilidade Garantia Autorização Fabricação Exposição Distribuição Comercialização
  • 12. Entregáveis das fases Fase de Desenvolvimento: - Princípio ativo pronto para fase de estudos Fase de Estudo - Estudo de mercado do qual iremos atingir e determinação da segurança e eficácia do produto Fase de Testes - Certificação do produto Fase de pré fabricação - Fabricação de um produto piloto Fase de Lançamento - Coquetel de lançamento
  • 13. 13 Entregáveis dos pacotes Fase de Desenvolvimento - Briefing: Pesquisa de mercado; - Mapeamento: Identificação de todos os possíveis pacientes; - Seleção: Determina o nicho de mercado que será atingido; - Indicação: Determina a aplicabilidade da molécula, ou seja, determina todas as indicações terapêuticas que a molécula pode ser utilizada.
  • 14. 14 Entregáveis dos pacotes Fase de Estudo - Levantamento: Dados sobre o mercado; - Concorrência: Identifica todos os concorrentes; - Coleta: Informações sobre sobre os concorrentes e suas respectivas posições no mercado; - Segurança e Eficácia: O estudo que demostra que o medicamento é eficiente para o tratamento indicado e seguro para a utilização do paciente; - Documentação: Dossiê de estudos clínicos.
  • 15. 15 Entregáveis dos pacotes Fase de Teste - Especificação: Determina detalhadamente a quantidade de ativo e excipiente que o produto acabado deve ter; - Análise: Relatório de avaliação da elaboração do produto; - Viabilidade: Determina se o custo estimado para a fabricação é adequado; - Qualidade: Entrega o método de análise validado; - Anvisa: Entrega o relatório de submissão do registro do produto.
  • 16. 16 Entregáveis dos pacotes Fase de Pré fabricação - Engenharia: Determina os equipamentos e insumos necessários para a fabricação do produto; - Formulação: Entrega lote piloto para determinar os melhores excipientes para a formulação final; - Análise: Determina qual é a melhor formulação testada para a fabricação; - Viabilidade: Relatório de avaliação de custo e qualidade da formulação definida; - Garantia: Documento atestando a garantia de segurança do produto.
  • 17. 17 Entregáveis dos pacotes Fase de Lançamento - Autorização: Relatório de aprovação do registro do produto pelo órgão regulatório; - Fabricação: Entrega o produto pronto para comercialização; - Exposição: Entrega a proposta de divulgação do produto; - Distribuição: Determina os canais de venda do produto; - Comercialização: Entrega da primeira nota fiscal emitida de venda do produto.
  • 18. 18 Pacotes de trabalho “Make” Fase de Desenvolvimento - Briefing - Mapeamento - Seleção - Indicação Fase de Estudo - Levantamento - Documentação - Segurança e Eficácia Fase de Testes - Especificação - Qualidade - Anvisa Fase de pré fabricação - Engenharia - Análise - Viabilidade - Garantia - Formulação Fase de Lançamento - Fabricação - Distribuição - Comercialização
  • 19. 19 Pacotes de trabalho “Buy” Fase de Estudo - Concorrência - Coleta Fase de Testes - Análise - Viabilidade Fase de Lançamento - Exposição - Autorização
  • 20. 20 Riscos - Receber exigências do órgão regulatório (alto risco) Realização de alterações no produto conforme exigências e submeter a uma nova análise. O que irá demandar tempo e recurso financeiro. - Falta de insumos para fabricação do produto (alto risco) Termos um fornecedor alternativo para recorrer. - Ultrapassar o Budget (médio risco) Monitorização dos orçamentos para que não ocorra a possibilidade de ultrapassar o valor estipulado e assim não correr o risco de inviabilizar o projeto.
  • 21. 21 Como Planejar SH do Produto SH do Projeto Requisito do Produto Requisito do Projeto Escopo do Produto Escopo do Projeto Exclusões Premissas Restrições Decompor Fases e P.T. WBS do Projeto Análise Make ou Buy Make Buy Matriz de Competência e Responsabilida de Lista de atividades Plano de Aquisições WBS do contrato
  • 22. 22 Como Executar – Pacote Make Reunião de Partida Receber propostas de treinamento Autorizar o trabalho Executar atividades do pacote Make Autorizar o treinamento Entrega Finalizada Acompanhar processos documentados Distribuir informações do andamento das atividades
  • 23. 23 Como Executar – Pacote Buy Emitir RFI para fornecedores Receber informações Avalia e envia a RFP Recebe proposta Analisa e envia a RFQ Analisa e envia a RFQ Recebe cotação Analisa e escolhe o fornecedor Autorizar o trabalho Executa a WBS do trabalho Entrega Finalizada
  • 24. 24 Como monitorar Criar Share Point para o projeto Criar lembrete de finalização de tarefas 1 mês antes Monitorar solicitação de alterações pelos SH Realizar reuniões quinzenais com a equipe Estipular metas mensais de gastos Solicitar Notas Fiscais emitidas semanalmente Controlar resultados através de Indicadores Controlar riscos através de testes Compilar todos os riscos e avaliar se as ações foram concluídas Controlar as entregas dos fornecedores Reuniões periódicas de acompanhamento Enviar boletim informativo mensalmente
  • 25. 25 Como Encerrar Entregas de cada fase Encerra a fase Corrigir a entregaAprovada? Sim Não