A CULTURA DO ESPAÇO VIRTUAL
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
A EXPANSÃO COMUNISTA NA EUROPA
O MUNDO BIPOLAR
A CORRIDA ASO ARMAMENTOS
O Bloqueio a BerlimA Guerra da Coreia
A Crise dos Mísseis de Cuba
MAIO DE 68Em Maio de 68, nas ruas deParis, os estudantes reclamama libertação da sexualidade, dapalavra e das hierarquias ...
MAIODE 68MOVIMENTOS DECONTESTAÇÃO
O movimento Hippie nasceuem S. Francisco, defendiam opacifismo, contestavam asnormas sociais e aspreocupações materiais,op...
A GLOBALIZAÇÃONa segunda metade do século XX, com a afirmação do Neoliberalismo(que defende a libre concorrência e a inici...
A GLOBALIZAÇÃO REFERE-SE A TODOS OS PROCESSOSATRAVÉS DOS QUAIS TODOS OS POVOS DO PLANETA SEINCORPORAM NUMA ÚNICA SOCIEDADE...
A GLOBALIZAÇÃOO fenómeno, iniciado noséculo XV com osDescobrimentos, foiaprofundando-se, frutodo desenvolvimento docomérci...
A GLOBALIZAÇÃOHoje em dia, o telemóvel, os computadores e a internet permitem, emespaço de minutos/segundos, contactos áud...
Tornou possível acomunicação em “temporeal” à escala mundialA INTERNET
A GLOBALIZAÇÃOA Globalização permitiu ainda a aculturação do planeta pelas potênciaspioneiras das tecnologias (EUA, EU, Ja...
A INTERNETApós o aparecimento dos primeiroscomputadores e, já nos anos 70,investigadores americanos criaram oArpanet, um p...
A INTERNETA internet permite ultrapassaras distâncias e as fronteiras epartilhar o poder doconhecimento e daintervenção, t...
O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSA partir da década de 60, houve profundas alterações na produçãoartística, como resultado de f...
O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSÉ neste contexto que o corpocomeça a ser utilizado comomeio expressivo, introduzindoum novo pa...
A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- o action paiting – a pintura é reduzida ao próprioato de pintar, reflectindo o...
A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- body art – o artista recorreao corpo como suporte ereferência da sua intervenç...
A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- happening – manifestação artística que valoriza o ato criativo emdetrimento da...
O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSOs artistas incorporaram também asnovas tecnologias na conceção artística: afotografia, o cine...
“EU COMPRO, LOGO EXISTO”O consumo é a utilização dos rendimentosna compra de bens e serviço necessários àvida.No entanto, ...
“EU COMPRO, LOGO EXISTO”Por outro lado, as modas e as marcasdeterminaram novos comportamentosconsumistas, promovidos pelo ...
A AUTOBIOGRAFIAAutobiografia é um género literário emprosa que consiste na narração ulterior dopercurso existencial de um ...
A AUTOBIOGRAFIAPartindo da análise do eu (auto), o relatordescreve (grafia) a sua vida (bio), vista defora para dentro, de...
A CHEGADA DO HOMEM À LUAA chegada do homem à lua (1969) foi oresultado da concorrência entre as duasgrandes potências (EUA...
A CHEGADA DO HOMEM À LUALogo, depois os norte-americanosiniciavam o lançamento de cápsulastripuladas com a missão de chega...
A CHEGADA DO HOMEM À LUAA célebre frase de Neil Amstrong“É um pequeno passo para umhomem, mas um grande saltopara a Humani...
FIM
Cultura do espaço virtual
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cultura do espaço virtual

24.526 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
20 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.526
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10.996
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
20
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura do espaço virtual

  1. 1. A CULTURA DO ESPAÇO VIRTUAL
  2. 2. GUERRA FRIA
  3. 3. GUERRA FRIA
  4. 4. GUERRA FRIA
  5. 5. A EXPANSÃO COMUNISTA NA EUROPA
  6. 6. O MUNDO BIPOLAR
  7. 7. A CORRIDA ASO ARMAMENTOS
  8. 8. O Bloqueio a BerlimA Guerra da Coreia
  9. 9. A Crise dos Mísseis de Cuba
  10. 10. MAIO DE 68Em Maio de 68, nas ruas deParis, os estudantes reclamama libertação da sexualidade, dapalavra e das hierarquias e asua revolta acabou por arrastarvastos sectores da sociedadefrancesa que também estavamdescontentes com a situaçãopolítica, social e laboral.
  11. 11. MAIODE 68MOVIMENTOS DECONTESTAÇÃO
  12. 12. O movimento Hippie nasceuem S. Francisco, defendiam opacifismo, contestavam asnormas sociais e aspreocupações materiais,oponham-se à sociedade deconsumo, viviam emcomunas, defendiam o amorlivre e consumiam drogas.O MOVIMENTO HIPPIE
  13. 13. A GLOBALIZAÇÃONa segunda metade do século XX, com a afirmação do Neoliberalismo(que defende a libre concorrência e a iniciativa privada), a Humanidadetomou consciência do fenómeno da Globalização (o estreitamento dasrelações internacionais à escala mundial).
  14. 14. A GLOBALIZAÇÃO REFERE-SE A TODOS OS PROCESSOSATRAVÉS DOS QUAIS TODOS OS POVOS DO PLANETA SEINCORPORAM NUMA ÚNICA SOCIEDADE MUNDIAL, NUMASOCIEDADE GLOBAL.Martin Albrow,1990A GLOBALIZAÇÃO
  15. 15. A GLOBALIZAÇÃOO fenómeno, iniciado noséculo XV com osDescobrimentos, foiaprofundando-se, frutodo desenvolvimento docomércio, dostransportes e, já noséculo XX, da electrónica,da informática e dacibernética.
  16. 16. A GLOBALIZAÇÃOHoje em dia, o telemóvel, os computadores e a internet permitem, emespaço de minutos/segundos, contactos áudio e vídeo entre pessoas dequalquer parte do mundo.Estes novos meios de informação, estabelecidos à escala mundial, dão anoção de um novo espaço – o espaço virtual – onde qualquer um podeconsultar a sua conta bancária, conversar com amigos, realizar reuniões,procurar distracção, etc…
  17. 17. Tornou possível acomunicação em “temporeal” à escala mundialA INTERNET
  18. 18. A GLOBALIZAÇÃOA Globalização permitiu ainda a aculturação do planeta pelas potênciaspioneiras das tecnologias (EUA, EU, Japão). É um facto o quanto a culturaocidental, anglo-saxónica, sobretudo, se impõe como cultura universal(hábitos de vestir, habitar, lazer,…)
  19. 19. A INTERNETApós o aparecimento dos primeiroscomputadores e, já nos anos 70,investigadores americanos criaram oArpanet, um projecto que pretendiainterligar os computadores das instalaçõesmilitares.A rede foi-se estendendo, levando aoaparecimento da internet, permitindo aqualquer um, com um simplescomputador e de uma ligação à internet,ser um internauta e entrar nociberespaço.
  20. 20. A INTERNETA internet permite ultrapassaras distâncias e as fronteiras epartilhar o poder doconhecimento e daintervenção, transformando-se no quarto poder.Para além desta vantagem, ainternet contém tambémmalefícios: a não selecção dossites, a fuga à realidade, ahabituação a um pensamentofragmentado e o isolamentodo real.
  21. 21. O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSA partir da década de 60, houve profundas alterações na produçãoartística, como resultado de fenómenos sociais: as contestações políticasdos estudantes do Maio de 68, o movimento hippie, a contestação àGuerra do Vietnam.A afirmação dos valores individuais sentiu-se primeiro no movimento delibertação da mulher, no que diz respeito aos papéis quetradicionalmente lhe eram atribuídos e à defesa de uma maior liberdadesexual.
  22. 22. O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSÉ neste contexto que o corpocomeça a ser utilizado comomeio expressivo, introduzindoum novo patamar na produçãoartística.Mona Haotoum,So Much I Want to Say
  23. 23. A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- o action paiting – a pintura é reduzida ao próprioato de pintar, reflectindo o gesto espontâneo doartista ao projectar tinta numa tela. Deste modo, apintura deve ser lida como expressão do estadodo artista no momento da conceção.Jackson Pollock, No. 5, 1948Franz Kline, Painting Number 2, 1954
  24. 24. A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- body art – o artista recorreao corpo como suporte ereferência da sua intervenção.O corpo, através da suatransfiguração, é reduzido àessência da obra plástica.
  25. 25. A GLOBALIZAÇÃOO CORPO E AS NOVASLINGUAGENS- happening – manifestação artística que valoriza o ato criativo emdetrimento da obra plástica, isto é, caracteriza o “acontecimento” napresença do público recorrendo apenas ao corpo.
  26. 26. O CORPO E AS NOVASLINGUAGENSOs artistas incorporaram também asnovas tecnologias na conceção artística: afotografia, o cinema, o vídeo e as artesdigitais.São exemplos a obra de alguns artistas,como Helena Almeida ou o teatro dosFura Dels Baus, onde coexiste o ancestrale a modernidade, tendo como elementoaglutinador o corpo.
  27. 27. “EU COMPRO, LOGO EXISTO”O consumo é a utilização dos rendimentosna compra de bens e serviço necessários àvida.No entanto, as sociedades atuais - asociedade de consumo – favorecem oconsumo exagerado: o consumismo.Neste contexto, insere-se a subida daqualidade de vida das pessoas nochamado “mundo desenvolvido” e aalteração do conceito de bensimprescindíveis.Duane Hanson, Senhoracom Carrinho de
  28. 28. “EU COMPRO, LOGO EXISTO”Por outro lado, as modas e as marcasdeterminaram novos comportamentosconsumistas, promovidos pelo marketingque incentivam o consumidor a comprar.O poder de compra passou, assim, adefinir ricos e pobres, distanciando-oscada vez mais.A única saída será uma melhordistribuição dos rendimentos e uma lutacontra a pobreza, para que o mundopossa continuar a consumir e a ser e não aconsumir para ser.
  29. 29. A AUTOBIOGRAFIAAutobiografia é um género literário emprosa que consiste na narração ulterior dopercurso existencial de um indivíduo pelopróprio. O termo, de origem alemã,parece ter sido usado pela primeira vezpor Friedrich Schlegel, em 1789, mas asua vertente mais intimista érelativamente moderna.Também são tidos como literaturaautobiográfica os diários, as memórias, asnarrativas de viagens, as confissões e osromances autobiográficos, géneros quetêm em comum a valorização daindividualidade e uma certa expressãointimista.
  30. 30. A AUTOBIOGRAFIAPartindo da análise do eu (auto), o relatordescreve (grafia) a sua vida (bio), vista defora para dentro, descrevendo ascircunstâncias desse tempo vivido.A autobiografia surge como um olhar paratrás, como uma reflexão crítica, naprocura de um caminho para aquilo queainda está para vir.
  31. 31. A CHEGADA DO HOMEM À LUAA chegada do homem à lua (1969) foi oresultado da concorrência entre as duasgrandes potências (EUA e URSS) nacorrida para a conquista do espaço.O primeiro marco foi sem dúvida olançamento do Sptunik soviético em1957 e alguns anos depois, em 1961Yuri Gagarin, era o primeiro humanoa viajar pelo espaço.
  32. 32. A CHEGADA DO HOMEM À LUALogo, depois os norte-americanosiniciavam o lançamento de cápsulastripuladas com a missão de chegar àLua, o que ocorreu a 16 de Julho de1969, com a chegada da Apolo 11tripulada por Neil Armstrong, EdwinAldrin e Michael Collins.Este acontecimento ficou marcadopelo passeio na superfície lunar deNeil Amstrong e Michael Collins e pelatransmissão televisiva acompanhadapor milhões de pessoas, numa épocaem que a “caixa mágica” mudoudecisivamente o mundo.
  33. 33. A CHEGADA DO HOMEM À LUAA célebre frase de Neil Amstrong“É um pequeno passo para umhomem, mas um grande saltopara a Humanidade”, érepresentativa da importância doacontecimento, que marca umaetapa importante da descobertado Espaço, um dos maioresdesafios colocados à Humanidade.
  34. 34. FIM

×