Sociedade e Cultura Num Mundo Em Mudança

58.335 visualizações

Publicada em

Recurso para a abordagem do subtema "Sociedade e Cultura num Mundo em Mudança" . 9º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
27 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
58.335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28.728
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
27
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociedade e Cultura Num Mundo Em Mudança

  1. 1. Sociedade e Cultura num mundo em mudança
  2. 2. Índice <ul><li>1. Mutações na Estrutura Social e nos Costumes; </li></ul><ul><li>1.1. “Belle Époque” (finais do século XIX – 1914) </li></ul><ul><li>1.2. Loucos Anos 20 </li></ul><ul><li>1.3. A emergência da cultura de massas </li></ul><ul><li>1.4. Os novos caminhos da ciência </li></ul><ul><li>1.5. Ruptura e inovação nas artes e na literatura: </li></ul><ul><li>a) Os movimentos artísticos de 1900 a 1914; </li></ul><ul><li>b) Os movimentos artísticos de 1914 a 1939. </li></ul>
  3. 3. 1.1. A “Belle Époque” <ul><li>A industrialização originou o crescimento , mas também a oposição de dois importantes grupos sociais – o operariado e a burguesia. </li></ul><ul><li>A economia facilitou o luxo, a ostentação e a procura de prazer por parte da alta burguesia. Esta, a média burguesia e as classes médias em ascensão, viveram um período de prosperidade: a “Belle Époque”. </li></ul><ul><li>Estas pessoas : </li></ul><ul><ul><li>Vestem-se de forma elegante; </li></ul></ul><ul><ul><li>Frequentam os cabarés; </li></ul></ul><ul><ul><li>Gostam de desporto e de viagens. </li></ul></ul><ul><li>O operariado: vive com dificuldades económicas e sociais --» desenvolvimento do movimento sindical. </li></ul><ul><li>Surgem as classe médias , ligadas ao desenvolvimento do sector terciário, que tiveram um papel importante nas sociedades industrializadas e foram a base de novos partidos políticos. Delas surgiram os líderes das novas democracias. </li></ul>
  4. 4. 1.2. Loucos Anos 20 <ul><li>Surgem, como consequência da 1ª Guerra Mundial, novos valores, novos hábitos, novos comportamentos, profundamente marcados pela avidez e pela euforia de viver. </li></ul><ul><li>Emancipação feminina : independência face aos homens; </li></ul><ul><li>comportam-se de maneira mais livre e independente; </li></ul><ul><li>lutam pelo direito de voto, por melhores condições de </li></ul><ul><li>trabalho e pela igualdade entre homens e mulheres; </li></ul><ul><li>vestem-se de forma diferente (saias mais curtas, cabelo “ à </li></ul><ul><li>la garçonne”). </li></ul><ul><li>Vida nocturna: aumento do número de cafés, restaurantes, </li></ul><ul><li>locais de convívio e cabarés; surgem: o Jazz, o charleston, </li></ul><ul><li>o foxtrot e o tango. </li></ul>
  5. 5. 1.3. A emergência da cultura de massas ( ou seja, a cultura acessível a toda a gente) <ul><li>Factores do seu aparecimento : </li></ul><ul><li>a) desenvolvimento dos transportes e comunicações </li></ul><ul><li>b) expansão das classes médias; </li></ul><ul><li>c) maior participação dos cidadãos na vida política. </li></ul><ul><li>Veículos da cultura de massas : imprensa (novos jornais, revistas ilustradas, o livro) , rádio (meio de difusão de notícias, informações, publicidade, teatro radiofónico) e cinema («fábrica de ilusões»). </li></ul>
  6. 6. Os novos caminhos da ciência <ul><li>No século XX a ciência percebeu que o conhecimento científico não tem valor absoluto. </li></ul><ul><li>O avanço da ciência e da técnica foi impressionante. </li></ul><ul><li>Várias ciências humanas registaram também uma evolução importante, como por exemplo: a História (que adquiriu o estatuto de ciência), a Sociologia, a Psicologia, a Psicanálise, a Demografia, a Geografia, a Economia e a Antropologia. </li></ul>
  7. 7. 1.5. Ruptura e inovação nas artes e na literatura: a) Os movimentos artísticos de 1900 a 1914; <ul><li>Arte nova (utilizava linhas ondulantes e cores vivas; motivos: flores, animais e a mulher); </li></ul><ul><li>Fauvismo (utilizava cores vivas e violentas); </li></ul><ul><li>Cubismo (reduzia os objectos a formas geométricas como o cubo, o cilindro e a esfera); </li></ul><ul><li>Futurismo (transmitia as sensações de velocidade, de luz, de ruído); </li></ul><ul><li>Abstraccionismo (exprime, através de linhas e manchas de cor, as emoções). </li></ul>
  8. 8. b) Os movimentos artísticos de 1914 a 1939. <ul><li>Correntes artísticas : Expressionismo (dramatização das figuras); Dadaísmo (ridicularizava a razão e defendia a espontaneidade e anarquia na arte; Surrealismo (representações oníricas); </li></ul><ul><li>Literatura : John Steinbeck; James Joyce, Bertolt Brecht, Jean-Paul Sartre; </li></ul><ul><li>Música : Stravinsky, George Gershwin. </li></ul><ul><li>Nova arquitectura : racionalista ou funcional (edifícios adequados às funções a que se destinavam) e organicista ( edifícios adaptados harmoniosamente ao espaço e ambiente que os rodeiam). </li></ul>
  9. 9. Consultas a fazer: <ul><li>Manual: pp. 46 a 49; </li></ul><ul><li>Dicionários; </li></ul><ul><li>http://combatespelahistoria.blogspot.com . </li></ul>

×