SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
O MUNDO COMUNISTA
Desenvolvimento, bloqueios e ruturas
O MUNDO BIPOLAR
O MUNDO BIPOLAR
O MUNDO BIPOLAR
O MUNDO BIPOLAR
PAÍSES
COMUNISTAS
NA EUROPA
“As pequenas democracias
populares (...) devem estar
solidamente unidas à URSS
mas devem ser (...)
completamente independentes
e soberanas.”
Carta de Tito, 12 de Abril de
1948
PAÍSES
COMUNISTAS
NA EUROPA
PAÍSES DO
PACTO DE
VARSÓVIA
PAÍSES DO
PACTO DE
VARSÓVIA
Hungria, 1956
Primavera de Praga, 1968
PAÍSES DO
PACTO DE
VARSÓVIA
Unidade político-militar:
- Adoção do regime político
soviético
- Assinatura do Pacto de Varsóvia
(1955)
URSS exerceu um apertado controlo sobre os países aliados
Repressão dos levantamentos populares que contestavam o poder
soviético
Josip Broz Tito,
Presidente da
Jugoslávia
JUGOSLÁVIA
JUGOSLÁVIA
“As pequenas democracias
populares (...) devem estar
solidamente unidas à URSS
mas devem ser (...)
completamente independentes
e soberanas.”
Carta de Tito, 12 de Abril de
1948
Pacto de Varsóvia
JUGOSLÁVIA
Josip Broz Tito,
Presidente da
Jugoslávia
1 a 6 de Setembro de 1961
Primeira Conferência dos Chefes de
Estado e de Governo Não-Alinhados
Países membros (azul escuro) e observadores (azul
claro) do Movimento Não-Alinhado (2005)
JUGOSLÁVIA
1 a 6 de Setembro de 1961
Primeira Conferência dos Chefes de
Estado e de Governo Não-Alinhados
Países membros (azul escuro) e observadores (azul
claro) do Movimento Não-Alinhado (2005)
Objetivos:
- Declaração de
neutralidade
- Defesa da soberania
dos países
- Oposição ao
colonialismo
- Combate à pobreza
Anos 90
Dissolução da Jugoslávia
+
Conflitos armados:
- Guerra de
Independência Croata
(1991-1995)
- Guerra da Bósnia (1992-
1995)
- Guerra de Kosovo
(1998-1999)
CHINA
1966-69 - Revolução Cultural Chinesa
CHINA
1966-69 - Revolução Cultural Chinesa
Revolução Cultural:
Neutralizar a oposição
+
Fracasso do plano económico
“Grande Salto Adiante” (1958-
1960) que conduziu à fome de
1958-1961
Depuração partidária
+
Culto à personalidade
Mao Tse Tung
(1949 -1976)
CHINADeng Xiaoping
(1978 -1992)
Criador do chamado socialismo
de mercado, regime vigente na
China moderna
+
Manutenção do regime
comunista
4 de Junho 1989 – massacre na
Praça de Tinanmen
“Socialismo com características
chinesas“.
CUBA
1 de Janeiro 1959 – Revolução Cubana
CUBA
1 de Janeiro 1959 – Revolução Cubana
Implantação de um
regime comunista
+
Apoio da URSS e dos
países da Europa de
Leste
+
Manutenção do bloqueio
económico americano
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1953 a 1964 - Nikita Khruschev
1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1953 a 1964 - Nikita Khruschev
Documento 3, página 171
Camaradas! A fim de não se repetirem os erros do passado, o Comité
Central do PCUS pronunciou-se contra o culto da personalidade (…) até
porque Estaline foi exaltado em demasia. O estabelecimento de relações de
amizade entre a URSS e os EUA, da maior importância para a paz no
mundo inteiro, deve assentar em cinco princípios da coexistência pacífica –
respeito mútuo da integridade territorial e da soberania, não agressão, não
ingerência nos assuntos internos, igualdade e direitos recíprocos,
coexistência pacífica e cooperação económica.
Khruchev, Relatório ao XX Congresso do PCUS, 1956
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1953 a 1964 - Nikita Khruschev
Denúncia dos crimes de Estaline
+
“Coexistência Pacífica”
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev
Nos últimos anos tornou-se notório o atraso tecnológico soviético
comparativamente ao Ocidente, em particular nas indústrias ligadas à
electrónica, informática e ao mundo agrícola. A sociedade soviética, como
sociedade totalitária, está sob total controlo do PCUS e ao serviço do
Estado.
Artigo de E. Liberman, in The Economist (31 de Outubro de 1970)
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev
Restabelecimento do poder
totalitário e do culto da
personalidade
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1985 a 1991 - Mikhail Gorbachev
Perestroika = reconstrução;
reestruturação
+
Glasnost = transparência
AS DIFICULDADES DO
MODELO SOVIÉTICO
1985 a 1991 - Mikhail Gorbachev
Perestroika = reconstrução;
reestruturação
+
Glasnost = transparência
Primeiras medidas:
- Criação de pequenas empresas privadas
- Libertação de presos políticos
- Concessão de liberdade de expressão
O FIM DO MODELO SOVIÉTICO
CONSEQUÊNCIAS
Queda do muro de
Berlim
Desaparecimento
das democracias
populares
9 de Novembro de 1989
O FIM DO MODELO SOVIÉTICO
CONSEQUÊNCIAS
Dissolução da URSS
De 19 de Janeiro de 1990 a 31 de Dezembro de 1991
O FIM DO MODELO SOVIÉTICO
CONSEQUÊNCIAS
Dissolução da URSS
Hoje, a União Soviética surge aos olhos do Mundo a uma outra luz. Perdida
a liderança ideológica e confirmada a irrelevância do poder nuclear em
matéria de conflitos locais ou regionais, a influência da URSS decai por toda
a parte.
Público, 3 de Abril de 1990
O FIM DO
MODELO SOVIÉTICO
CONSEQUÊNCIAS
Dissolução da URSS
+
Fim da liderança
soviética
Hoje, a União Soviética surge aos olhos do Mundo a uma outra luz. Perdida
a liderança ideológica e confirmada a irrelevância do poder nuclear em
matéria de conflitos locais ou regionais, a influência da URSS decai por toda
a parte.
Público, 3 de Abril de 1990
A DIVISÃO NORTE-SUL
O FIM DO
MODELO SOVIÉTICO
Militar e diplomaticamente, Washington assume o papel de polícia do mundo.
(…) A América não tem inimigos à sua altura.
Público, 10 de Fevereiro de 1998
TOP TEN DAS POTÊNCIAS
ECONÓMICAS EM 2012
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mdcapcomun
MdcapcomunMdcapcomun
Mdcapcomuncattonia
 
Revolução soviética
Revolução soviéticaRevolução soviética
Revolução soviéticaTeresa Maia
 
Mundo capitalista
Mundo capitalistaMundo capitalista
Mundo capitalistahome
 
A reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerraA reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerraPatrícia Alves
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaCarlos Vieira
 
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exameResumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exameMaria Rebelo
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziRui Neto
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.home
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardashome
 
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das ArtesAs Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das ArtesJorge Fernandes
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era EstalinistaRainha Maga
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slidesoliviaguerra
 
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da CoreiaBloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da CoreiaAulas de História
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democraciahome
 

Mais procurados (20)

Mdcapcomun
MdcapcomunMdcapcomun
Mdcapcomun
 
Revolução soviética
Revolução soviéticaRevolução soviética
Revolução soviética
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
 
Mundo capitalista
Mundo capitalistaMundo capitalista
Mundo capitalista
 
Geografia c 12
Geografia c 12Geografia c 12
Geografia c 12
 
A reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerraA reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerra
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
 
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exameResumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardas
 
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das ArtesAs Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
 
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºanoModulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
 
Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
 
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da CoreiaBloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
 

Destaque

Templo da deusa niké
Templo da deusa nikéTemplo da deusa niké
Templo da deusa nikéAna Barreiros
 
Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoAna Barreiros
 
Expansão Portuguesa
Expansão PortuguesaExpansão Portuguesa
Expansão PortuguesaAna Barreiros
 
Coluna de trajano[1]
Coluna de trajano[1]Coluna de trajano[1]
Coluna de trajano[1]Ana Barreiros
 
Arte ao redor de 1900
Arte ao redor de 1900Arte ao redor de 1900
Arte ao redor de 1900Ana Barreiros
 
Imagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura BarrocaImagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura BarrocaAna Barreiros
 
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºGA modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºGAna Barreiros
 
A cultura do cinema
A cultura do cinema   A cultura do cinema
A cultura do cinema Ana Barreiros
 
O aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte goticaO aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte goticaAna Barreiros
 
Pintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismoPintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismoAna Barreiros
 
Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo Ana Barreiros
 
Arte em Portugal finais seculo xix
Arte em Portugal finais seculo xixArte em Portugal finais seculo xix
Arte em Portugal finais seculo xixAna Barreiros
 
Arquitetura renascentista
Arquitetura renascentistaArquitetura renascentista
Arquitetura renascentistaAna Barreiros
 
O estadio e o teatro
O estadio e o teatroO estadio e o teatro
O estadio e o teatroAna Barreiros
 
Religião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antigaReligião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antigaAna Barreiros
 

Destaque (20)

Regras becre1
Regras becre1Regras becre1
Regras becre1
 
Templo da deusa niké
Templo da deusa nikéTemplo da deusa niké
Templo da deusa niké
 
Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocento
 
Expansão Portuguesa
Expansão PortuguesaExpansão Portuguesa
Expansão Portuguesa
 
Coluna de trajano[1]
Coluna de trajano[1]Coluna de trajano[1]
Coluna de trajano[1]
 
Arte ao redor de 1900
Arte ao redor de 1900Arte ao redor de 1900
Arte ao redor de 1900
 
Imagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura BarrocaImagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura Barroca
 
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºGA modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
 
A cultura do cinema
A cultura do cinema   A cultura do cinema
A cultura do cinema
 
O aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte goticaO aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte gotica
 
Pintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismoPintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Ceramica grega
Ceramica gregaCeramica grega
Ceramica grega
 
Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo
 
Arte em Portugal finais seculo xix
Arte em Portugal finais seculo xixArte em Portugal finais seculo xix
Arte em Portugal finais seculo xix
 
A pólis de atenas
A pólis de atenasA pólis de atenas
A pólis de atenas
 
Arquitetura renascentista
Arquitetura renascentistaArquitetura renascentista
Arquitetura renascentista
 
O estadio e o teatro
O estadio e o teatroO estadio e o teatro
O estadio e o teatro
 
Barroco ou barrocos
Barroco ou barrocosBarroco ou barrocos
Barroco ou barrocos
 
Religião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antigaReligião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antiga
 

Semelhante a O mundo comunista desenvolvimento e ruturas

Crise do socialismo
Crise do socialismoCrise do socialismo
Crise do socialismoElton Zanoni
 
As transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneoAs transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneoanjovago
 
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialElvisJohnR
 
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e Rupturas
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e RupturasO Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e Rupturas
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e RupturasRuben Fonseca
 
Geografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas característicasGeografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas característicasRachel Facundo
 
Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.Camila Brito
 
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)Google
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUKéliton Ferreira
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUKéliton Ferreira
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01AdrianaVieiraSuprins
 

Semelhante a O mundo comunista desenvolvimento e ruturas (20)

Crise do socialismo
Crise do socialismoCrise do socialismo
Crise do socialismo
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
União soviética URSS
União soviética  URSSUnião soviética  URSS
União soviética URSS
 
As transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneoAs transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneo
 
O comunismo- 9ºF
O comunismo- 9ºFO comunismo- 9ºF
O comunismo- 9ºF
 
Guerra fria
Guerra fria Guerra fria
Guerra fria
 
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
 
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e Rupturas
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e RupturasO Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e Rupturas
O Mundo Comunista: Desenvolvimento, Bloqueios e Rupturas
 
Geografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas característicasGeografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas características
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
A crise do socialismo
A crise do socialismoA crise do socialismo
A crise do socialismo
 
A crise do socialismo
A crise do socialismoA crise do socialismo
A crise do socialismo
 
Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.
 
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
 

Mais de Ana Barreiros

Pintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaPintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaAna Barreiros
 
Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação Ana Barreiros
 
Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade Ana Barreiros
 
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinemaCorrecao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinemaAna Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"Ana Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"Ana Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"Ana Barreiros
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ana Barreiros
 
Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"Ana Barreiros
 
Ficha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoesFicha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoesAna Barreiros
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoAna Barreiros
 
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º anoFicha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º anoAna Barreiros
 
As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidadeAna Barreiros
 
Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual Ana Barreiros
 
A arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xxA arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xxAna Barreiros
 
A arte abstrata depois da 2ª guerra
A arte abstrata depois da 2ª guerraA arte abstrata depois da 2ª guerra
A arte abstrata depois da 2ª guerraAna Barreiros
 

Mais de Ana Barreiros (20)

Pintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaPintura barroca na Europa
Pintura barroca na Europa
 
Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação
 
Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
O romantismo
 
Casa Sommer
Casa SommerCasa Sommer
Casa Sommer
 
Bairro dos museus
Bairro dos museusBairro dos museus
Bairro dos museus
 
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinemaCorrecao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
 
Escultura romana
Escultura romanaEscultura romana
Escultura romana
 
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
 
Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"
 
Ficha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoesFicha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoes
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
 
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º anoFicha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
 
As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidade
 
Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual
 
A arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xxA arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xx
 
A arte abstrata depois da 2ª guerra
A arte abstrata depois da 2ª guerraA arte abstrata depois da 2ª guerra
A arte abstrata depois da 2ª guerra
 

Último

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 

O mundo comunista desenvolvimento e ruturas

  • 2. O MUNDO BIPOLAR O MUNDO BIPOLAR
  • 3. O MUNDO BIPOLAR O MUNDO BIPOLAR
  • 5. “As pequenas democracias populares (...) devem estar solidamente unidas à URSS mas devem ser (...) completamente independentes e soberanas.” Carta de Tito, 12 de Abril de 1948 PAÍSES COMUNISTAS NA EUROPA
  • 7. PAÍSES DO PACTO DE VARSÓVIA Hungria, 1956 Primavera de Praga, 1968
  • 8. PAÍSES DO PACTO DE VARSÓVIA Unidade político-militar: - Adoção do regime político soviético - Assinatura do Pacto de Varsóvia (1955) URSS exerceu um apertado controlo sobre os países aliados Repressão dos levantamentos populares que contestavam o poder soviético
  • 9. Josip Broz Tito, Presidente da Jugoslávia JUGOSLÁVIA
  • 10. JUGOSLÁVIA “As pequenas democracias populares (...) devem estar solidamente unidas à URSS mas devem ser (...) completamente independentes e soberanas.” Carta de Tito, 12 de Abril de 1948 Pacto de Varsóvia
  • 11. JUGOSLÁVIA Josip Broz Tito, Presidente da Jugoslávia 1 a 6 de Setembro de 1961 Primeira Conferência dos Chefes de Estado e de Governo Não-Alinhados Países membros (azul escuro) e observadores (azul claro) do Movimento Não-Alinhado (2005)
  • 12. JUGOSLÁVIA 1 a 6 de Setembro de 1961 Primeira Conferência dos Chefes de Estado e de Governo Não-Alinhados Países membros (azul escuro) e observadores (azul claro) do Movimento Não-Alinhado (2005) Objetivos: - Declaração de neutralidade - Defesa da soberania dos países - Oposição ao colonialismo - Combate à pobreza
  • 13. Anos 90 Dissolução da Jugoslávia + Conflitos armados: - Guerra de Independência Croata (1991-1995) - Guerra da Bósnia (1992- 1995) - Guerra de Kosovo (1998-1999)
  • 14. CHINA 1966-69 - Revolução Cultural Chinesa
  • 15. CHINA 1966-69 - Revolução Cultural Chinesa Revolução Cultural: Neutralizar a oposição + Fracasso do plano económico “Grande Salto Adiante” (1958- 1960) que conduziu à fome de 1958-1961 Depuração partidária + Culto à personalidade Mao Tse Tung (1949 -1976)
  • 16. CHINADeng Xiaoping (1978 -1992) Criador do chamado socialismo de mercado, regime vigente na China moderna + Manutenção do regime comunista 4 de Junho 1989 – massacre na Praça de Tinanmen “Socialismo com características chinesas“.
  • 17. CUBA 1 de Janeiro 1959 – Revolução Cubana
  • 18. CUBA 1 de Janeiro 1959 – Revolução Cubana Implantação de um regime comunista + Apoio da URSS e dos países da Europa de Leste + Manutenção do bloqueio económico americano
  • 19. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1953 a 1964 - Nikita Khruschev 1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev
  • 20. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1953 a 1964 - Nikita Khruschev Documento 3, página 171 Camaradas! A fim de não se repetirem os erros do passado, o Comité Central do PCUS pronunciou-se contra o culto da personalidade (…) até porque Estaline foi exaltado em demasia. O estabelecimento de relações de amizade entre a URSS e os EUA, da maior importância para a paz no mundo inteiro, deve assentar em cinco princípios da coexistência pacífica – respeito mútuo da integridade territorial e da soberania, não agressão, não ingerência nos assuntos internos, igualdade e direitos recíprocos, coexistência pacífica e cooperação económica. Khruchev, Relatório ao XX Congresso do PCUS, 1956
  • 21. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1953 a 1964 - Nikita Khruschev Denúncia dos crimes de Estaline + “Coexistência Pacífica”
  • 22. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev Nos últimos anos tornou-se notório o atraso tecnológico soviético comparativamente ao Ocidente, em particular nas indústrias ligadas à electrónica, informática e ao mundo agrícola. A sociedade soviética, como sociedade totalitária, está sob total controlo do PCUS e ao serviço do Estado. Artigo de E. Liberman, in The Economist (31 de Outubro de 1970)
  • 23. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1964 a 1982 - Leonid Ilitch Brejnev Restabelecimento do poder totalitário e do culto da personalidade
  • 24. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1985 a 1991 - Mikhail Gorbachev Perestroika = reconstrução; reestruturação + Glasnost = transparência
  • 25. AS DIFICULDADES DO MODELO SOVIÉTICO 1985 a 1991 - Mikhail Gorbachev Perestroika = reconstrução; reestruturação + Glasnost = transparência Primeiras medidas: - Criação de pequenas empresas privadas - Libertação de presos políticos - Concessão de liberdade de expressão
  • 26. O FIM DO MODELO SOVIÉTICO CONSEQUÊNCIAS Queda do muro de Berlim Desaparecimento das democracias populares 9 de Novembro de 1989
  • 27. O FIM DO MODELO SOVIÉTICO CONSEQUÊNCIAS Dissolução da URSS De 19 de Janeiro de 1990 a 31 de Dezembro de 1991
  • 28. O FIM DO MODELO SOVIÉTICO CONSEQUÊNCIAS Dissolução da URSS Hoje, a União Soviética surge aos olhos do Mundo a uma outra luz. Perdida a liderança ideológica e confirmada a irrelevância do poder nuclear em matéria de conflitos locais ou regionais, a influência da URSS decai por toda a parte. Público, 3 de Abril de 1990
  • 29. O FIM DO MODELO SOVIÉTICO CONSEQUÊNCIAS Dissolução da URSS + Fim da liderança soviética Hoje, a União Soviética surge aos olhos do Mundo a uma outra luz. Perdida a liderança ideológica e confirmada a irrelevância do poder nuclear em matéria de conflitos locais ou regionais, a influência da URSS decai por toda a parte. Público, 3 de Abril de 1990
  • 30. A DIVISÃO NORTE-SUL O FIM DO MODELO SOVIÉTICO
  • 31. Militar e diplomaticamente, Washington assume o papel de polícia do mundo. (…) A América não tem inimigos à sua altura. Público, 10 de Fevereiro de 1998
  • 32. TOP TEN DAS POTÊNCIAS ECONÓMICAS EM 2012
  • 33. FIM