SlideShare uma empresa Scribd logo
Substâncias
e
Misturas
Atualmente existem mais de 5 milhões de substâncias diferentes,, essas
substâncias são compostas por aproximadamente 100 elementos
químicos diferentes
De acordo com suas propriedades, podemos dividir os materiais em duas
grandes classes:
Substância: é o conjunto de unidades elementares iguais.
(material que possue todas as suas características definidas)
Mistura: é o conjunto de unidades elementares diferentes.
(material que possue, pelo menos, uma característica
definida)
Substâncias Puras
São aquelas formadas por apenas uma variedade
de moléculas. Ou seja, todas as moléculas são iguais.
Por conta disso, possuem ponto de fusão,
solidificação, ponto de ebulição constantes, e sua
composição é bem definida.
Substância Pura Simples
São formadas por apenas um elemento químico.
Por exemplo, o gás Nitrogênio é composto apenas por
átomos N:
Outros exemplos: H2, O2, O3 (ozônio), Fe, Al, etc
Os átomos dos elementos podem vir na forma isolada,
sendo substâncias monoatômicas, ou formando moléculas
diatômicas e triatômicas.
Exemplos:
•Monoatômicas: é o caso do gás hélio (He), um gás nobre
que aparece isolado na natureza, e também do ferro (Fe) e
do alumínio (Al), que são metais.
•Diatômicas: o gás oxigênio presente no ar atmosférico é
constituído por moléculas formadas cada uma por dois
átomos de oxigênio, O2
, e as moléculas de gás hidrogênio
são formadas por dois átomos de hidrogênio, H2
;
•Triatômicas: o ozônio é formado por três átomos de
oxigênio, O3
.
Características das Substâncias Puras:
•Unidades estruturais (moléculas, conjuntos
iônicos) quimicamente iguais entre si.
•Composição fixa, do que decorrem
propriedades fixas, como densidade, ponto de
fusão e de ebulição, etc.
•A temperatura se mantém inalterada desde o
início até o fim de todas as suas mudanças de
estado físico (fusão, ebulição, solidificação,
etc.).
•Pode ser representada por um fórmula
porque tem composição fixa.
•Não conserva as propriedades de seus
elementos constituintes, no caso de ser
substância pura composta.
Alotropia das Substâncias Simples
Alotropia é o fenômeno em que um mesmo elemento químico (átomos de
mesmo Z) forma duas ou mais substâncias simples diferentes.
Elemento Variedade Alotrópica
Carbono (C) Diamante (Cn
), Grafite (Cn
)
Oxigênio (O)
Fósforo (P)
Enxofre (S)
Oxigênio (O2
),Ozônio (O3
)
Fósforo branco (P4
)Fósforo vermelho (Pn
)
Enxofre rômbico (S8
),Enxofre monoclínico (S8
)
Grandeza
Molecular
Substância Simples
moléculas monoatômicas gases nobres
moléculas biatômicas H2
, N2
, O2
, F2
, Cl2
, Br2
, I2
moléculas triatômicas O3
moléculas tetratômicas P4
moléculas octatômicas S8
moléculas gigantes
(macromoléculas)
Pn
, Cn
, todos os metais (Nan
, Can
, Agn
)
Substância Pura Composta
As substâncias puras compostas podem ter vários
elementos químicos diferentes na mesma
molécula.
Por exemplo, a água pura contém apenas moléculas
H2O, mas como sabemos, é formada pelos
elementos químicos, Hidrogênio e Oxigênio
ÍNDICE
O índice indica o número de moléculas e átomos presentes de
cada elemento.
MISTURA
É qualquer sistema formado de duas ou mais
substâncias puras, denominadas
componentes. Pode ser homogênea ou
heterogênea, conforme apresente ou não as
mesmas propriedades em qualquer parte de
sua extensão em que seja examinada.
Toda mistura homogênea é uma solução, por
definição.
Fases de um Sistema
São as diferentes porções homogêneas, limitadas
por superfícies de separação, que constituem um
sistema heterogêneo.
Os sistemas homogêneos são monofásicos ou
unifásicos.
Os sistemas heterogêneos são polifásicos, podendo
ser bifásicos, trifásicos, etc.
Misturas Homogêneas
ou
Soluções
São aquelas que apresentam as mesmas propriedades em
qualquer parte de sua extensão em que seja examinado.
Temos como exemplo, a água,
que apresenta apenas uma fase,
que pode ser visualmente
identificada.
Apesar de nos referirmos na maioria das vezes
à água mineral apenas como “água”, na
realidade ela não possui apenas a substância
pura H2
O, porque ela é o resultado de um
processo no qual a água da chuva penetra no
solo e passa por várias rochas. Assim, como o
próprio nome indica, além de água, ela também
possui vários minerais dissolvidos. Se você tiver
curiosidade e conferir o rótulo de alguma água
mineral, verá que ela possui em sua composição
química sulfatos de estrôncio, de cálcio, de
sódio, de potássio, bicarbonato de sódio,
fluoreto de sódio, entre outros.
Mas como é possível diferenciar uma substância de uma
mistura?
Por exemplo, a água destilada é uma substância pura que
contém apenas H2
O:
Visualmente ela é exatamente igual a uma mistura de água e
sal; porém, elas podem ser diferenciadas a partir da definição
de mistura.
Misturas são materiais cujas propriedades físicas não são
constantes, mas variam mesmo numa determinada
temperatura e pressão.
SUBSTÂNCIA MISTURA
Água Água +sal
Água + gelo Água + óleo
Assim, basta medir as propriedades físicas, como os pontos de fusão e
ebulição e a densidade. Caso se apresentem constantes e bem definidas,
trata-se de uma substância pura (no caso da água destilada, em 4ºC, a sua
densidade será de 1,0 g/cm3
e, ao nível do mar, os pontos de fusão e
ebulição serão de 0ºC e 100ºC, respectivamente).
No entanto, se forem apresentadas variações, trata-se de uma mistura.
Se aquecer a mistura de água com sal para verificar o ponto de ebulição,
verá que durante a mudança do estado líquido para o gasoso a temperatura
não irá permanecer constante, como acontece com a água destilada, que se
mantém em 100 ºC até que todo líquido vire vapor.
Agora, existem misturas que nem é preciso determinar suas propriedades
físicas para sabermos que são misturas, basta olharmos, como é o caso da
de água com óleo:
Mistura Eutética e Mistura Azeotrópica
Existem misturas que, como exceção, se
comportam como se fossem substâncias puras no
processo de fusão, isto é, a temperatura mantém-se
inalterada no início ao fim da fusão. Essas são
chamadas misturas eutéticas.
Existem misturas que, como exceção, se
comportam como se fossem substâncias puras em
relação à ebulição, isto é, a temperatura mantém-se
inalterada do início ao fim da ebulição. Essas são
chamadas misturas azeotrópicas.
Não é conhecida nenhuma mistura que seja eutética
e azeotrópica simultaneamente.
Visto que raramente encontramos substâncias puras na natureza, fazem-se
necessários processos de separação de misturas, especialmente nos
laboratórios e nas indústrias químicas, em que se quer obter os
componentes isolados dessas misturas.
Esse processo de separação de misturas recebe várias
denominações: análise imediata, resolução, fracionamento ou
desdobramento.
As misturas homogêneas são as mais difíceis de serem separadas, pois na
maioria das vezes é imperceptível, até mesmo a nível microscópico, a
quantidade de componentes nessas misturas.
Porém, os cientistas desenvolveram alguns métodos simples, baseados nas
propriedades físicas das substâncias, que as diferenciam umas das outras.
Propriedades como ponto de ebulição e solubilidade.
Separação de Misturas Homogêneas
Mudanças de estado físico
Condensação
A condensação também conhecido com
liquefação, é uma das fases que ocorre a
transformação da matéria, do estado gasoso
vapor para líquido. A condensação, que
normalmente ocorre quando o vapor é
resfriado, pode ocorrer em sistemas fechados
com o vapor comprimido sendo que ambas as
situações dependem somente do equilíbrio
entre a pressão e temperatura.
A temperatura de arrefecimento onde ocorre a
condensação do vapor de água é chamada de
ponto de orvalho. Os efeitos da condensação
são explorados nas refinarias em destilação e
usados na transformação de energia em
turbinas termoelétricas e na produção de frio
criogenia.
Sublimação
Sublimação é a mudança do estado sólido
para o estado gasoso, sem que passe pelo
estado líquido. Como por exemplo, a
naftalina, que se evapora diretamente de
seu estado sólido. Na estampa
sublimática, bastante utilizada na
confecção de foto produtos, acontece o
mesmo processo. A tinta para sublimação
que está no papel transfere em seu estado
sólido entra em contato com o tecido ou
superfície do foto produto e através de
calor e pressão que evapora penetrando
nas fibras do tecido, ou demais
superfícies.
Vaporização
A vaporização é o nome dado a mudança e fase
do estado líquido para o estado gasoso. A
vaporização apresenta três maneiras para ocorrer:
ebulição, calefação e evaporação.
Ebulição
A ebulição seria a forma mais natural de um liquido
passar para o estado gasoso.
Mantendo a pressão constante, a ebulição ocorre a
uma determinada temperatura, com agitação das
partículas do liquido e com formação de bolhas.
Calefação
A calefação é uma passagem
extremamente rápida do estado líquido para o
estado gasoso. Imagine uma chapa superaquecida, e
em cima dela gotejando água, por exemplo, iremos
observar que é muito rápida a passagem da gota de
água para vapor, ou seja, antes mesmo de tocar a
superfície, a superfície mais externa do líquido
passa para vapor, esta passagem é denominada
calefação.
Evaporação
A evaporação, ao contrario da ebulição, ocorre a
qualquer temperatura, sob a pressão constante.
Porém esta temperatura é inferior a temperatura de
Métodos utilizados para separar
materiais homogêneos.
Destilação Simples
Esse método separa sólidos em líquidos, como sal dissolvido na
água. Seu princípio de funcionamento se baseia no fato de o líquido
evaporar e o soluto não. Em laboratório, a aparelhagem que se
utiliza está esquematizada abaixo:
A mistura homogênea está no balão
de destilação, que é aquecido, e o
líquido evapora, deixando no balão o
sólido. O vapor passa pelo
condensador e volta para o estado
líquido, ao entrar em contato com as
paredes dele que estão frias em razão
da passagem contínua de corrente de
água. O líquido condensado é
coletado no erlenmeyer.
É um método bem eficaz, pois
permite a separação completa, sem
perder nenhum dos componentes da
mistura.
Destilação Fracionada
Nesse método de separação ocorre entre misturas de dois líquidos miscíveis,
porém com pontos de ebulição diferentes. Seus pontos de ebulição não podem ser
muito próximos.
O esquema é bem parecido com o anterior, porém com um detalhe diferente: a
presença da coluna de fracionamento. Nela, o líquido que for menos volátil vai se
condensar e voltar para o balão de fundo redondo. E o mais volátil irá ultrapassa-la
e irá se liquefazer no condensador, sendo coletado em outro frasco.
Liquefação Fracionada
Esse método consiste na separação de misturas de gases com
pontos de ebulição diferentes. Lembrando que toda mistura de
gases é homogênea. Por exemplo, o ar atmosférico é um conjunto
de gases, em que os principais constituintes são o nitrogênio (N2
),
com cerca de 80%, e o oxigênio (O2
), com 19 %, aproximadamente.
Extração por Solventes
Nesse processo,adiciona-se a água a fim de se obter um dos
líquidos que está misturado ao outro. Por exemplo, uma mistura
com gasolina e álcool pode ser separada ao se adicionar água,
pois o álcool se solubiliza na água e a gasolina não.
Assim, separa-se inicialmente a gasolina. Depois, se quiser
separar a água do álcool é só fazer a destilação fracionada.
Análise de Cromatografia ou Cromatográfica
Esse processo consiste na separação de componentes de
uma mistura de sólidos em solução.
Eles são identificados pela cor.
Misturas Heterogêneas
São aquelas em que são possíveis as distinções de
fases (regiões visíveis da mistura onde se encontram
os componentes), na maioria das vezes sem a
necessidade de utilizar equipamentos de aumento
(como o microscópio). Um grande exemplo é o ar
poluído das grandes cidades: apesar da aparência
homogênea, os sólidos em suspensão podem ser
retidos por uma simples peneira.
Temos como exemplo, água e
azeite, que apresentam duas
fases e pode ser visualmente
identificado.
Misturas Heterogêneas
As misturas heterogêneas envolvendo sólidos
acontecem apenas quando os grânulos de cada
componente são demasiadamente diferentes,
tanto em dimensões como em coloração.
Métodos de Separação
Catação
Nesse processo utiliza-se uma pinça ou outro instrumento,
mesmo a mão, para a realização da separação da mistura, que se
dá por retirada de uma das substâncias por vez.
Levigação
Esse processo ocorre de modo análogo à ventilação, mas de
modo que o sólido menos denso é separado dos demais por
uma corrente aquosa. Esse processo é utilizado, por exemplo,
na separação do ouro da areia, onde a areia, por ser menos
densa do que o ouro, é arrastada por uma corrente de água,
enquanto que o ouro permanece no recipiente.
Separação Magnética
Esse processo pode ser empregado quando um dos
componentes da mistura é ferromagnético, ou seja, pode
ser atraído por um imã. Esse processo é utilizado
industrialmente na separação de alguns minérios de ferro
de suas impurezas.
Flotação
É um processo de separação onde estão envolvidos os três estados da matéria - sólido,
líquido e gasoso.
As partículas sólidas desejadas acumulam-se nas bolhas gasosas introduzidas no líquido. As
bolhas têm densidade menor que a da fase líquida e migram para superfície arrastando as
partículas seletivamente aderidas. O produto não desejável é retirado pela parte inferior do
recipiente.
Decantação
A decantação é um processo de
separação de misturas heterogêneas,
principalmente de misturas compostas
por líquidos (imiscíveis ou não (que não
se misturam)). O recipiente contendo as
substâncias é inclinado, derramando a
substância mais leve (que fica em
cima), em outro recipiente.
Um processo mais eficiente seria
utilizando um sifão ou o funil de
bromo.
Sedimentação
A sedimentação é um processo de separação de misturas
heterogêneas, aquelas que aparentam mais de uma fase (por
exemplo, água misturada com areia). Ela consiste em deixar a
gravidade atrair para o fundo do recipiente a substância mais pesada,
e as mais leve vão ficando na parte de cima.
Sifonação
É um processo usado para separar as fases da
mistura heterogênea sólido/líquido e
líquido/líquido.
Floculação
A floculação consiste na aglutinação de partículas formadas na coagulaçã
o que, por possuírem ainda dimensõesreduzidas e baixa densidade, apres
entam dificuldade de sedimentação.
A floculação pode ser realizada por agitação mecânica, arrefecimento, ev
aporação ou por adição de eletrólitos de
massa molecular elevada, que facilitam a união entre as partículas
coaguladas, originando outras de maiores dimensões e mais fáceis de
separar da massa líquida, por gravidade.
Centrifugação
A centrifugação é um processo de separação
de misturas utilizado para acelerar
a decantação ou sedimentação , onde o corpo
mais denso da mistura sólido-líquida deposita-
se no fundo do recipiente devido à ação da
gravidade.
Este processo é ocorrido em um aparelho
chamado centrífuga, que gira em
alta velocidade, fazendo com que a substância
mais densa seja “forçada” a sedimentar
(decantar) devido à ação da força centrífuga.
Um exemplo da centrifugação no nosso dia-a-
dia são as máquinas lava-roupas que possuem
a função centrifugação. Esta função é colocada
como a última a ser desempenhada no
processo de lavagem, pois serve pra “torcer” a
roupa (tirar o excesso de água), ou seja,
separar a roupa da água.
Este processo de separação de misturas é
também utilizado nos laboratórios de análises
clínicas, onde são separados os componentes
do sangue.
Cristalização Fracionada
Esse processo consiste na separação de sólidos dissolvidos em líquido, sendo que
nesse líquido estão presentes outros sólidos dissolvidos. Esse processo é muito
utilizado para separar o sal da água do mar. Pois ao se evaporar a água, o cloreto de
sódio (sal de cozinha) é o último a ser obtido.
O aspecto negativo desse processo é a perda de um dos componentes.
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
01 Observe o esquema de um processo de separação de 3
componentes de uma mistura heterogênea, em que teremos: óleo
de soja e sal totalmente dissolvido na água.
Estudando o esquema abaixo dos processos utilizados, que opção
corresponde às etapas 1 e 2, respectivamente, e aos nomes dos
materiais de números 3 e 4?
02 O fracionamento do petróleo, em várias
frações de valor comercial, é baseado no fato
de que as frações têm diferentes:
a) densidades.
b) pontos de ebulição.
c) afinidades pelo hidrogênio.
d) viscosidades.
e) solubilidades em água.
03 O diagrama a seguir ilustra as etapas de
separação de uma mistura.
Pela análise do diagrama, todas as
afirmativas estão corretas, exceto:
a) O sólido B é uma substância pura.
b) O filtrado C foi separado por
destilação
simples.
c) O material A pode ser uma solução
aquosa
de cloreto de sódio.
d) O líquido E é uma mistura
homogênea.
e) O sólido D é uma mistura.
04 (UFU-MG) O processo mais adequado para separar o
álcool de uma mistura com acetona é:
a) filtração.
b) decantação.
c) peneiração.
d) destilação fracionada.
e) filtração a vácuo.
05 (FAEE-GO) Os processos usados para separar as misturas gás
oxigênio/ gás nitrogênio e água/ sal de cozinha são, respectivamente:
a) liquefação fracionada e destilação.
b) evaporação e condensação.
c) destilação e filtração.
d) sedimentação e liquefação.
e) centrifugação e cristalização
06 (UEL-PR) A destilação fracionada pode ser utilizada na
separação dos:
a) elementos químicos que compõem o
clorofórmio, CHCl3.
b) componentes da mistura água-óleo.
c) componentes do ar liquefeito.
d) sais minerais existentes na água potável.
e) metais que formam o latão.
07 (UNB-DF) A Química está presente na vida das pessoas e, muitas
vezes, não se toma consciência disso. Por exemplo, a reportagem
“A saúde está na feira - substâncias recém descobertas em frutas e
verduras, chamadas pelos cientistas de fitoquímicos, previnem o
envelhecimento e ajudam na cura de doenças”publicada na revista Globo
Ciência (ano 5. nº 58. pp. 32-4), dá uma ideia de como as
substâncias regulam o funcionamento do corpo humano. Com o auxílio
dessas informações, julgue os itens abaixo.
1) As substâncias químicas são prejudiciais à
saúde.
2) Frutas e verduras são constituídas de
substâncias.
3) A água salgada, utilizada para cozer
alimentos, ferve a uma temperatura constante,
por se tratar de substância composta.
4) O cozimento de verduras acarreta a
separação de fitoquímicos por meio do
processo conhecido como destilação.
08 (UFBA-BA) Com base no diagrama abaixo, é correto afirmar:
01) O processo X é a filtração.
02) O sólido A é o carbonato de
cálcio, CaCO3.
04) O processo Y é a decantação.
08) O sistema C é uma mistura
homogênea.
16) O sistema D é uma
substância pura.
32) O processo Z é uma
destilação simples.
64) A água destilada é uma
mistura.
Soma ( )
09 (UNB-DF) O freons são gases sintéticos, isto é, inexistentes na
natureza antes de o homem inventá-los. São substâncias compostas, de
carbono, cloro e flúor (clorofluorcarbonetos), de amplo emprego
industrial.Os freons são quimicamente inertes, pois não são inflamáveis,
não oxidam materiais, não são explosivos e nem tóxicos.
Quanto à composição química, aos processos de obtenção e às
propriedades dos freons, julgue os itens a seguir.
1) Os freons são misturas de três substâncias simples.
2) Os freons podem ser removidos da
atmosfera por meio da decantação.
3) Por serem gases sintéticos, conclui-se que os
freons foram obtidos por processos físicos.
4) Sob baixa pressão e alta temperatura, os freons
podem ser armazenados no estado líquido.
Considerando os dados da tabela e os conhecimentos sobre o assunto,
pode-se concluir que:
a) todos os sistemas são formados por
misturas.
b) a decantação é eficiente para separar água
de cloreto de sódio.
c) benzeno e água formam mistura
heterogênea.
d) o cloreto de sódio flutua no benzeno.
e) o naftaleno é a substância menos solúvel.
11 Uma mistura sólida é constituída de cloreto de prata (AgCℓ), cloreto
de sódio (NaCℓ) e cloreto de chumbo II (PbCℓ2). A solubilidade desses
sais em água está resumida na tabela abaixo.
Baseando-se nesses dados de solubilidade, esquematize uma separação
desses três sais que constituem a mistura.
Baseando-se nesses dados de solubilidade, esquematize uma
separação desses três sais que constituem a mistura.
12 (UFBA-BA) O diagrama abaixo representa a preparação de 250 mL
café pelo processo tradicional.
Com base no diagrama e nos
conhecimentos sobre as substâncias
envolvidas, pode-se
afirmar:
01) O café é uma substância pura.
02) Durante a adição de água quente ao
café em pó, ocorre uma extração.
04) A operação I é de filtração.
08) A operação I é classificada como um
processo químico.
16) O sistema C é uma solução.
Soma ( )
13 (PUC-Campinas-SP) A obtenção do álcool etílico hidratado, a partir da
cana-de-açúcar, pode ser representada pelo esquema abaixo:
Em I e IV, que envolvem processos de
fracionamento, são realizadas, respectivamente:
a) filtração e destilação.
b) destilação e decantação.
c) filtração e decantação.
d) destilação e filtração.
e) decantação e decantação.
14 (FCC-SP) A separação dos componentes de uma solução aquosa
homogênea de cloreto de sódio pode ser feita por:
a) destilação.
b) decantação.
c) filtração.
d) adição de mais água.
e) adição de mais cloreto de sódio.
15 (UFRS-RS) Para separar convenientemente uma mistura de areia, sal
de cozinha, gasolina e água, a seqüência de processos mais indicada é:
a) decantação, catação e destilação.
b) floculação, filtração e decantação.
c) catação, filtração e evaporação.
d) filtração, catação e destilação.
e) filtração, decantação e destilação.
16 (Unifesp-SP) Para se isolar a cafeína (sólido, em condições
ambientais) de uma bebida que a contenha (exemplos: café, chá,
refrigerante, etc.),
pode-se usar o procedimento simplificado seguinte:
“Agita-se um certo volume da bebida com dicloroetano e deixa-se em
repouso algum tempo.
Separa-se, então, a parte orgânica, contendo a cafeína, da aquosa. Em
seguida, destila-se o solvente e submete-se o resíduo da destilação a um
aquecimento, recebendo-se os seus vapores em uma superfície fria, onde a
cafeína deve cristalizar.”
Além da destilação e da decantação, quais
operações são utilizadas no isolamento da cafeína?
a) Flotação e ebulição
b) Flotação e sublimação
c) Extração e ebulição
d) Extração e sublimação
e) Levigação e condensação
17 (UFPE-PE) Associe as atividades do cotidiano abaixo com as técnicas
de laboratório apresentadas a seguir:
( ) Preparação de cafezinho de café solúvel
( ) Preparação de chá de saquinho
( ) Coar um suco de laranja
1) Filtração
2) Solubilização
3) Extração
4) Destilação
A sequência correta é:
a) 2, 3 e 1
b) 4, 2 e 3
c) 3, 4 e 1
d) 1, 3 e 2
e) 2, 2 e 4
18 (UNIRIO-RJ) Foram acondicionados acidentalmente, em um único
recipiente, areia, sal de cozinha, água e óleo de soja. Para separar
adequadamente cada componente dessa mistura, devem ser feitas as
seguintes operações:
a) destilação simples seguida de decantação e
centrifugação.
b) destilação simples seguida de centrifugação
e sifonação.
c) filtração seguida de destilação simples e catação.
d) Filtração seguida de decantação e destilação
simples.
e) Decantação seguida de catação e filtração.
19 (EFEI-MG) Suponha que uma pessoa, acidentalmente, deixou cair todo
seu sal de cozinha (NaCl) numa caixa contendo uma mistura de cobre em
pó e limalhas de ferro.
Descreva como ela poderia separar e isolar os 3 componentes desta mistura.
20 (VUNESP-SP) Um sistema heterogêneo, S, é constituído por uma solução colorida
e um sólido branco. O sistema foi submetido ao seguinte esquema de separação.
Ao se destilar o líquido W, sob pressão
constante de 1 atmosfera, verifica-se que
sua temperatura de ebulição variou entre
80°C e 100°C. Indique qual das seguintes
afirmações é correta.
a) A operação I é uma destilação simples.
b) A operação II é uma decantação.
c) O líquido colorido Y é uma substância
pura.
d) O líquido incolor W é uma substância
pura.
e) O sistema heterogêneo S tem, no
mínimo, 4
componentes.
21 (Unicid-SP) Numere a segunda coluna de acordo com a primeira,
escolhendo, em seguida, a opção correspondente à numeração correta, de
cima para baixo:
Misturas Principais Métodos
de Separação
1. Oxigênio e nitrogênio ( ) Destilação
2. Óleo e água ( ) Filtração
3. Álcool e água ( ) Separação magnética
4. Ferro e enxofre ( ) Decantação
5. Ar e poeira ( ) Liquefação
a) 1 - 4 - 5 - 2 - 3
b) 1 - 5 - 4 - 3 - 2
c) 3 - 2 - 4 - 5 - 1
d) 3 - 5 - 4 - 2 - 1
e) 5 - 1 - 3 - 4 – 2
22 (Unirio-RJ) Uma mistura formada por gasolina, água, serragem e sal
de cozinha pode ser separada nos seus diversos componentes seguindo-se
as seguintes etapas:
a) filtração, decantação e destilação.
b) catação e decantação.
c) sublimação e destilação.
d) prensagem e decantação.
e) destilação e decantação
23 (PUC-MG) Um professor realizou várias experiências (a 20 °C e 1
atm) e organizou a seguinte tabela:
De acordo com a tabela, assinale a afirmativa
incorreta:
a) O estado físico da substância D, à temperatura
ambiente, é gasoso.
b) Se misturarmos a substância B com a substância
D, à temperatura ambiente, forma-se uma mistura homogênea.
c) A substância mais volátil, à temperatura ambiente, é
a A.
d) Se misturarmos as substâncias A, C e água, formase um sistema difásico.
e) O processo mais adequado para separarmos uma mistura da substância C
com a água, à temperatura ambiente, é destilação simples
24 (Mackenzie-SP) A aparelhagem adequada para a realização de uma
destilação é mostrada na figura da alternativa:
25 (LA SALLE-SP) O ar filtrado e seco consiste basicamente em três
gases: nitrogênio, oxigênio e gás carbônico. Se um desses gases
pode ser separado dos demais, é correto afirmar que o ar é:
a) um elemento.
b) uma substância pura composta.
c) um composto iônico.
d) uma mistura homogênea.
e) uma mistura heterogênea.
6 (UNITAU-SP) Uma maneira rápida e correta de separar uma mistura
com ferro, sal de cozinha e arroz, é, na sequência:
a) filtrar, aproximar um imã, adicionar água e
destilar.
b) adicionar água e destilar.
c) aproximar um imã, adicionar água, filtrar e
destilar.
d) destilar, adicionar água, aproximar um imã.
e) impossível de separá-la.
27 (UNICAMP-SP) Os gases nitrogênio, oxigênio e argônio, principais
componentes do ar, são obtidos industrialmente através da destilação
fracionada do ar liquefeito. Indique a sequência de obtenção dessas
substâncias neste processo de destilação fracionada.
Justifique sua resposta.
Dados: temperaturas de ebulição a 1,0 atm
Argônio = -186°C
Nitrogênio = -196°C
Oxigênio = -183°C
28 (ITA-SP) Um copo contém uma mistura de água, acetona, cloreto de
sódio e cloreto de prata. A água, a acetona e o cloreto de sódio
estão numa mesma fase líquida, enquanto que o cloreto de prata se
encontra numa fase sólida. Descreva como podemos realizar, em
um laboratório de química, a separação dos componentes desta mistura.
De sua descrição devem constar as etapas que você empregaria
para realizar esta separação, justificando o(s) procedimento(s)
utilizado(s).
29 (UFPE-PE) Associe as atividades diárias contidas na primeira coluna
com as operações básicas de laboratório e fenômenos contidos na
segunda coluna.
(1) preparar um refresco de cajá a partir do suco concentrado
(2) adoçar o leite
(3) preparar chá de canela
(4) usar naftalina na gaveta
(5) coar a nata do leite
( ) sublimação
( ) diluição
( ) filtração
( ) extração
( ) dissolução
Os números da segunda coluna, lidos de cima para baixo, são:
a) 3, 2, 5, 4, 1
b) 1, 3, 4, 5, 2
c) 4, 3, 2, 1, 5
d) 3, 2, 4, 5, 1
e) 4, 1, 5, 3, 2
30 (PUCCAMP-SP) A obtenção do álcool etílico hidratado, a partir da cana-de-
açúcar, pode ser representada pelo esquema a seguir.
Em I e IV, que envolvem processos de fracionamento, são realizadas,
respectivamente:
a) filtração e destilação.
b) destilação e decantação.
c) filtração e decantação.
d) destilação e filtração.
e) decantação e decantação.
31 (UFMG-MG) Um sistema heterogêneo, constituído por uma solução
colorida e um sólido esbranquiçado, foi submetido ao seguinte processo
de separação.Com relação a esse processo, a afirmativa
FALSA é:
a) a operação X é uma filtração.
b) o líquido B é uma solução.
c) o líquido D é o solvente da solução
contida
no sistema original.
d) o sólido A contém grande quantidade
de
impurezas.
e) uma destilação produz o efeito da
operação
Y
32 (UNESP-SP) Na preparação do café a água quente entra em contato
com o pó e é separada no coador. As operações envolvidas nessa
separação são, respectivamente:
a) destilação e decantação.
b) filtração e destilação.
c) destilação e coação.
d) extração e filtração.
e) extração e decantação.
33 (UFPE-PE) Qual dos seguintes processos pode ser usado para extrair
sal de cozinha da água do mar?
a) Filtração
b) Decantação
c) Destilação
d) Diluição
e) Eletroforese
34 (UECE-CE) Dadas as afirmativas:
I. Num sistema constituído de NaCℓ dissolvido na água, areia, vapor
d'água e oxigênio gasoso, nós temos um sistema heterogêneo, com três
fases e quatro componentes.
II. A ebulição da água é um fenômeno físico.
III. Na estocagem de gasolina, é comum injetar gás hidrogênio para que
ocupando, o lugar do ar, impeça a formação da mistura (gasolina +
oxigênio). Dentro do tanque temos um sistema bifásico.
IV. O fracionamento do petróleo é uma transformação química.
V. Balão com saída lateral, termômetro,
mangueira de látex e condensador, são
materiais usados para a montagem de um
sistema de destilação simples em laboratório.
São verdadeiras:
a) I, II, III e IV
b) II, III, IV e V
c) I, II, III e V
d) I, II, IV e V
35 (UFSC-SC) Assinale a ÚNICA proposição CORRETA que contém o
melhor método para separar os três componentes de uma mistura de areia,
água e sal, na sequência adequada:
01. destilar e decantar.
02. filtrar e decantar.
04. decantar e filtrar.
08. destilar e filtrar.
16. filtrar e destilar.
Soma ( )
36 (FEI-SP) A mistura líquida constituída por benzeno e tolueno pode ser
separada por:
a) decantação
b) destilação fracionada
c) centrifugação
d) levigação
e) sifonação
37 (FAAP-SP) Para separar uma mistura de dois líquidos completamente
miscíveis, qual dos processos a seguir, você escolheria?
a) filtração
b) levigação
c) centrifugação
d) catação
e) destilação
38 (FEI-SP) Associar os métodos (indicados na coluna A) que devem ser
utilizados para separar as misturas (indicadas na coluna B):
a) 1 - IV ; 2 - III ; 3 - V ; 4 - II ; 5 - I
b) 1 - III ; 2 - IV ; 3 - V ; 4 - I ; 5 - II
c) 1 - I ; 2 - V ; 3 - III ; 4 - II ; 5 - IV
d) 1 - II ; 2 - IV ; 3 - III ; 4 - V ; 5 - I
e) 1 - III ; 2 - IV ; 3 - V ; 4 - II ; 5 - I
39 (UFMG-MG) Durante a preparação do popular cafezinho brasileiro,
são utilizados alguns procedimentos de separação de misturas.
A alternativa que apresenta corretamente a sequência de operações
utilizadas é:
a) destilação e decantação.
b) destilação e filtração.
c) extração e decantação.
d) extração e filtração.
40 (PUC-MG) O aparelho a seguir é usado na:
a) destilação com coluna de fracionamento.
b) separação por evaporação.
c) separação de líquidos imiscíveis.
d) destilação simples.
e) liquefação seguida de destilação.
41 (MACKENZIE-SP) A aparelhagem adequada para a realização de
uma destilação é mostrada na figura da alternativa:
42 (FATEC-SP) O esquema a seguir representa a técnica, usada
comumente em navios, para dessalinizar a água do mar.
Trata-se da
a) evaporação.
b) condensação.
c) destilação.
d) sifonação.
e) filtração.
43 (PUCCAMP-SP) Aviões turboélices e turborreatores utilizam querosene
como combustível. Foguetes espaciais utilizam
oxigênio líquido como comburente. Esses materiais são obtidos,
respectivamente, do petróleo e do ar liquefeito. A obtenção do
querosene envolve destilação
a) fracionada e a do oxigênio, destilação simples.
b) fracionada e a do oxigênio também.
c) fracionada e a do oxigênio, centrifugação.
d) simples e a do oxigênio, destilação fracionada.
e) simples e a do oxigênio também.
44 (UFRRJ-RJ) Com a adição de uma solução aquosa de açúcar a uma mistura
contendo querosene e areia, são vistas claramente três
fases. Para separar cada componente da mistura final, a melhor seqüência é:
a) destilação, filtração e decantação.
b) cristalização, decantação e destilação.
c) filtração, cristalização e destilação.
d) filtração, decantação e destilação.
e) centrifugação, filtração e decantação.
45 (UFV-MG) Uma mistura constituída de ÁGUA, LIMALHA DE
FERRO, ÁLCOOL e AREIA foi submetida a três processos de separação,
conforme fluxograma.
IDENTIFIQUE os processos 1, 2 e 3 e
COMPLETE as caixas do fluxograma com os resultados destes processos.
46 (UEL-PR) Em uma destilação simples, para resfriar os vapores formados por um líquido
em ebulição, utiliza-se:
a) proveta.
b) balão volumétrico.
c) cilindro graduado.
d) frasco kitassato.
e) condensador de vidro.
47 (UNIOESTE-PR) A maioria das substâncias químicas é encontrada na natureza sob a
forma de misturas. As misturas são separadas por análise imediata. Assim sendo, a(s)
proposição(ões) correta(s) é(são):
01. Os sistemas gasosos apresentam-se sempre homogêneos, independentemente do número
de constituintes.
02. Um sal solúvel em água pode ser separado por filtração.
04. Uma mistura de dois sólidos de densidades diferentes pode ser separada por destilação.
08. Para separar água de óleo pode ser utilizada a decantação.
16. Para separar uma mistura de cloreto de sódio, areia e iodo pode-se adicionar água,
decantar, sifonar, destilar e sublimar, nesta
ordem.
32. A separação dos gases das bebidas ocorre por sublimação
64. A separação da água dos rios, lagos e mares, na formação da chuva, ocorre por
evaporação e condensação.
Soma ( )
48 (UERJ-RR) São preparadas 3 misturas binárias em um laboratório, descritas da
seguinte maneira:
1ª mistura  heterogênea, formada por um sólido e um líquido
2ª mistura  heterogênea, formada por dois líquidos
3ª mistura  homogênea, formada por um sólido e um líquido
Os processos de separação que melhor permitem recuperar as substâncias originais
são, respectivamente:
a) filtração, decantação, destilação simples
b) decantação, filtração, destilação simples
c) destilação simples, filtração, decantação
d) decantação, destilação simples, filtração
49 (UFPE-PE) Associe as atividades do cotidiano abaixo com as técnicas de laboratório
apresentadas a seguir:
( ) Preparação de cafezinho de café solúvel
( ) Preparação de chá de saquinho
( ) Coar um suco de laranja
1. Filtração
2. Solubilização
3. Extração
4. Destilação
A sequência correta é:
a) 2, 3 e 1 b) 4, 2 e 3 c) 3, 4 e 1 d) 1, 3 e 2e) 2, 2 e 4
50 (UERJ-RJ) A aguardente é uma bebida alcoólica obtida da cana-de-açúcar.
A charge abaixo poderia transmitir a idéia de que se trata de uma substância pura.
Na realidade, ela não é uma substância
pura, mas sim uma mistura homogênea.
Isso pode ser comprovado pelo seguinte
processo físico de separação:
a) filtração
b) destilação
c) decantação
d) centrifugação
GABARITO
01- C
02- B
03- C
04- D
05- A
06- C
07- 1-F, 2-V, 3-F, 4-F
08- 1+2+4+32=39
09- NENHUMA CORRETA
10- C
11-
1) Adição de água fria (solubiliza o NaCl)
2) Filtrar. Separa o NaCl(aq) da mistura AgCl(s)+PbCl2(s)
3) Vaporizar a água por aquecimento, obtém-se o NaCl(s)
4) Adição de água quente na mistura sólida (solubiliza o PbCl2)
5) Filtrar. Separa o PbCl2(aq) do AgCl(s)
6) Vaporizar a água por aquecimento, obtém-se o PbCl2
12- 2+4+16=22
13- A
14- A
15- E
15- E
16- D
17- A
18- D
19- Primeiro, usando um ímã, isolaríamos as limalhas de ferro. Segundo,
adicionando água potável, o NaCl seria dissolvido, e por filtração, separaríamos a
salmoura do cobre em pó. Terceiro e último, deixando a salmoura exposta ao sol,
ou ao fogo, evaporaríamos a água, isolando o NaCl.
20- E
21- D
22- A
23- C
24- D
25- D
26- C
27- N2 Ar O2
- 196°C -186°C -183°C
Primeira etapa: Filtração para separar o cloreto de prata (fase sólida) dos
outros componentes. Segunda etapa: Destilação fracionada para a
obtenção da acetona a partir da coluna de fracionamento e do
condensador. Terceira etapa: Destilação simples para separar a água do
cloreto de sódio que restará no balão de destilação.
29- E
30- A
31- D
32- D
33- C
34- C
35- 16
36- B
37- E
38- B
39- D
40- A
41- D
42- C
43- B
44- D
45)
46- E
47- V F F V F F V
48- A
49- A
50- B
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Exercícios de química orgânica
Exercícios de química orgânicaExercícios de química orgânica
Exercícios de química orgânica
V
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
Rafael Nishikawa
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
Profª Alda Ernestina
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
Polo UAB de Alagoinhas
 
Entalpia
EntalpiaEntalpia
Entalpia
Dani Barbosa
 
Concentração das soluções
Concentração  das soluçõesConcentração  das soluções
Concentração das soluções
Adrianne Mendonça
 
Relatório de química
Relatório de químicaRelatório de química
Relatório de química
ADSONTORREZANE
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
José Nunes da Silva Jr.
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
Karol Maia
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Waldir Montenegro
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
Larissa Cadorin
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
GernciadeProduodeMat
 
Pilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímicaPilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímica
Fernanda Cordeiro
 
GASES PERFEITOS
GASES PERFEITOSGASES PERFEITOS
GASES PERFEITOS
Ana Dias
 
Ordem de grandeza
Ordem de grandezaOrdem de grandeza
Ordem de grandeza
fisicaatual
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
Fernando Lucas
 
Potenciometria
PotenciometriaPotenciometria
Potenciometria
Márcia Anjos
 
Teste chama 2014
Teste chama 2014Teste chama 2014

Mais procurados (20)

Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
 
Exercícios de química orgânica
Exercícios de química orgânicaExercícios de química orgânica
Exercícios de química orgânica
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Entalpia
EntalpiaEntalpia
Entalpia
 
Concentração das soluções
Concentração  das soluçõesConcentração  das soluções
Concentração das soluções
 
Relatório de química
Relatório de químicaRelatório de química
Relatório de química
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
 
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
QUÍMICA - 3ª SÉRIE - HABILIDADE DA BNCC - (EM13CNT203) D3
 
Pilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímicaPilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímica
 
GASES PERFEITOS
GASES PERFEITOSGASES PERFEITOS
GASES PERFEITOS
 
Ordem de grandeza
Ordem de grandezaOrdem de grandeza
Ordem de grandeza
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
 
Potenciometria
PotenciometriaPotenciometria
Potenciometria
 
Teste chama 2014
Teste chama 2014Teste chama 2014
Teste chama 2014
 

Destaque

Substancias puras simples, compostas e misturas.
Substancias  puras simples, compostas e misturas.Substancias  puras simples, compostas e misturas.
Substancias puras simples, compostas e misturas.
Renata Oliveira
 
Misturas e substâncias puras
 Misturas e substâncias puras Misturas e substâncias puras
Misturas e substâncias puras
samuelr81
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
Luise Moura
 
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | QuimicaSubstâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Métodos de separação
Métodos de separaçãoMétodos de separação
Métodos de separação
Marco Bumba
 
Apresentação mistura
Apresentação misturaApresentação mistura
Apresentação mistura
marlaforster
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
Álef Joanes
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
ytamara_g22
 
Substâncias e misturas de substâncias
Substâncias e misturas de substânciasSubstâncias e misturas de substâncias
Substâncias e misturas de substâncias
Isadora Girio
 
Quimica 001 substancias e misturas
Quimica  001 substancias e misturasQuimica  001 substancias e misturas
Quimica 001 substancias e misturas
con_seguir
 
01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas
Augusto Sérgio Costa Souza
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
anocas_rita
 
1º exercício de química geral sp e mistura
1º exercício de química geral sp e mistura1º exercício de química geral sp e mistura
1º exercício de química geral sp e mistura
Edson dos Santos
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
Rafael Vieira de Araújo
 
Substancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicasSubstancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicas
Estude Mais
 
1º teste de física e química
1º teste de física e química1º teste de física e química
1º teste de física e química
antoniopedropinheiro
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
matheusrl98
 
Gabarito exercício complementar separação de misturas
Gabarito exercício complementar separação de misturasGabarito exercício complementar separação de misturas
Gabarito exercício complementar separação de misturas
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
Ricardo Araujo
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
José Marcelo Cangemi
 

Destaque (20)

Substancias puras simples, compostas e misturas.
Substancias  puras simples, compostas e misturas.Substancias  puras simples, compostas e misturas.
Substancias puras simples, compostas e misturas.
 
Misturas e substâncias puras
 Misturas e substâncias puras Misturas e substâncias puras
Misturas e substâncias puras
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
 
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | QuimicaSubstâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
 
Métodos de separação
Métodos de separaçãoMétodos de separação
Métodos de separação
 
Apresentação mistura
Apresentação misturaApresentação mistura
Apresentação mistura
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
 
Substâncias e misturas de substâncias
Substâncias e misturas de substânciasSubstâncias e misturas de substâncias
Substâncias e misturas de substâncias
 
Quimica 001 substancias e misturas
Quimica  001 substancias e misturasQuimica  001 substancias e misturas
Quimica 001 substancias e misturas
 
01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
 
1º exercício de química geral sp e mistura
1º exercício de química geral sp e mistura1º exercício de química geral sp e mistura
1º exercício de química geral sp e mistura
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
 
Substancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicasSubstancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicas
 
1º teste de física e química
1º teste de física e química1º teste de física e química
1º teste de física e química
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Gabarito exercício complementar separação de misturas
Gabarito exercício complementar separação de misturasGabarito exercício complementar separação de misturas
Gabarito exercício complementar separação de misturas
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
 

Semelhante a "Somos Físicos" Substâncias e Misturas

Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Andrea Marli Dos Santos
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
KATIA CAVALCANTI
 
Estados da matéria
Estados da matériaEstados da matéria
Estados da matéria
estead2011
 
Estados da materia
Estados da materiaEstados da materia
Estados da materia
estead2011
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Profª Alda Ernestina
 
Aulão de introdução a química geral
Aulão  de introdução a química geralAulão  de introdução a química geral
Aulão de introdução a química geral
Adrianne Mendonça
 
Aula 1 - Química geral
Aula 1 - Química geralAula 1 - Química geral
Aula 1 - Química geral
alicyatalves
 
Transformação da Materia
Transformação da MateriaTransformação da Materia
Transformação da Materia
Pedro Monteiro
 
Noções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânicaNoções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânica
cmdantasba
 
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdfApostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
Nubia Bergamini
 
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1oCefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
joogolombori
 
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
ssuser9abcfe
 
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoria
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoriaApostila qu mica_cefet_1_p_teoria
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoria
263890
 
Apostila de Química Aplicada
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química Aplicada
José Vitor Alves
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
EEB Francisco Mazzola
 
Quimica ens. fund. unid. xi
Quimica ens. fund. unid. xiQuimica ens. fund. unid. xi
Quimica ens. fund. unid. xi
ademarcursos
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
madalenapico
 
Matéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedadesMatéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedades
Bio Sem Limites
 
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdfAula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
andressasantos89931
 
Misturas solubilidade
Misturas solubilidadeMisturas solubilidade
Misturas solubilidade
Vínicius Gabriel
 

Semelhante a "Somos Físicos" Substâncias e Misturas (20)

Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
 
Estados da matéria
Estados da matériaEstados da matéria
Estados da matéria
 
Estados da materia
Estados da materiaEstados da materia
Estados da materia
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
 
Aulão de introdução a química geral
Aulão  de introdução a química geralAulão  de introdução a química geral
Aulão de introdução a química geral
 
Aula 1 - Química geral
Aula 1 - Química geralAula 1 - Química geral
Aula 1 - Química geral
 
Transformação da Materia
Transformação da MateriaTransformação da Materia
Transformação da Materia
 
Noções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânicaNoções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânica
 
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdfApostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
Apostila_Qu-mica_CEFET_1P_Teoria.pdf
 
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1oCefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
Cefet quimica quimica_geral_i_teoria_1o
 
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
1-introducao-a-quimica-e-sistemas-materiaisdocx.pptx
 
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoria
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoriaApostila qu mica_cefet_1_p_teoria
Apostila qu mica_cefet_1_p_teoria
 
Apostila de Química Aplicada
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química Aplicada
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
 
Quimica ens. fund. unid. xi
Quimica ens. fund. unid. xiQuimica ens. fund. unid. xi
Quimica ens. fund. unid. xi
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
 
Matéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedadesMatéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedades
 
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdfAula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
 
Misturas solubilidade
Misturas solubilidadeMisturas solubilidade
Misturas solubilidade
 

Mais de Vania Lima "Somos Físicos"

Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica   Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Energia Calorífica
Física - Energia CaloríficaFísica - Energia Calorífica
Física - Energia Calorífica
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica   "Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
Vania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
Vania Lima "Somos Físicos"
 

Mais de Vania Lima "Somos Físicos" (20)

Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica   Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
 
Física - Energia Calorífica
Física - Energia CaloríficaFísica - Energia Calorífica
Física - Energia Calorífica
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
 
"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água
 
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
 
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica   "Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
 
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
 
"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
 

"Somos Físicos" Substâncias e Misturas

  • 1.
  • 2. Substâncias e Misturas Atualmente existem mais de 5 milhões de substâncias diferentes,, essas substâncias são compostas por aproximadamente 100 elementos químicos diferentes De acordo com suas propriedades, podemos dividir os materiais em duas grandes classes:
  • 3. Substância: é o conjunto de unidades elementares iguais. (material que possue todas as suas características definidas) Mistura: é o conjunto de unidades elementares diferentes. (material que possue, pelo menos, uma característica definida)
  • 4. Substâncias Puras São aquelas formadas por apenas uma variedade de moléculas. Ou seja, todas as moléculas são iguais. Por conta disso, possuem ponto de fusão, solidificação, ponto de ebulição constantes, e sua composição é bem definida.
  • 5. Substância Pura Simples São formadas por apenas um elemento químico. Por exemplo, o gás Nitrogênio é composto apenas por átomos N: Outros exemplos: H2, O2, O3 (ozônio), Fe, Al, etc
  • 6. Os átomos dos elementos podem vir na forma isolada, sendo substâncias monoatômicas, ou formando moléculas diatômicas e triatômicas. Exemplos: •Monoatômicas: é o caso do gás hélio (He), um gás nobre que aparece isolado na natureza, e também do ferro (Fe) e do alumínio (Al), que são metais. •Diatômicas: o gás oxigênio presente no ar atmosférico é constituído por moléculas formadas cada uma por dois átomos de oxigênio, O2 , e as moléculas de gás hidrogênio são formadas por dois átomos de hidrogênio, H2 ; •Triatômicas: o ozônio é formado por três átomos de oxigênio, O3 .
  • 7. Características das Substâncias Puras: •Unidades estruturais (moléculas, conjuntos iônicos) quimicamente iguais entre si. •Composição fixa, do que decorrem propriedades fixas, como densidade, ponto de fusão e de ebulição, etc. •A temperatura se mantém inalterada desde o início até o fim de todas as suas mudanças de estado físico (fusão, ebulição, solidificação, etc.). •Pode ser representada por um fórmula porque tem composição fixa. •Não conserva as propriedades de seus elementos constituintes, no caso de ser substância pura composta.
  • 8. Alotropia das Substâncias Simples Alotropia é o fenômeno em que um mesmo elemento químico (átomos de mesmo Z) forma duas ou mais substâncias simples diferentes. Elemento Variedade Alotrópica Carbono (C) Diamante (Cn ), Grafite (Cn ) Oxigênio (O) Fósforo (P) Enxofre (S) Oxigênio (O2 ),Ozônio (O3 ) Fósforo branco (P4 )Fósforo vermelho (Pn ) Enxofre rômbico (S8 ),Enxofre monoclínico (S8 )
  • 9. Grandeza Molecular Substância Simples moléculas monoatômicas gases nobres moléculas biatômicas H2 , N2 , O2 , F2 , Cl2 , Br2 , I2 moléculas triatômicas O3 moléculas tetratômicas P4 moléculas octatômicas S8 moléculas gigantes (macromoléculas) Pn , Cn , todos os metais (Nan , Can , Agn )
  • 10. Substância Pura Composta As substâncias puras compostas podem ter vários elementos químicos diferentes na mesma molécula. Por exemplo, a água pura contém apenas moléculas H2O, mas como sabemos, é formada pelos elementos químicos, Hidrogênio e Oxigênio
  • 11. ÍNDICE O índice indica o número de moléculas e átomos presentes de cada elemento.
  • 12. MISTURA É qualquer sistema formado de duas ou mais substâncias puras, denominadas componentes. Pode ser homogênea ou heterogênea, conforme apresente ou não as mesmas propriedades em qualquer parte de sua extensão em que seja examinada. Toda mistura homogênea é uma solução, por definição.
  • 13. Fases de um Sistema São as diferentes porções homogêneas, limitadas por superfícies de separação, que constituem um sistema heterogêneo. Os sistemas homogêneos são monofásicos ou unifásicos. Os sistemas heterogêneos são polifásicos, podendo ser bifásicos, trifásicos, etc.
  • 14. Misturas Homogêneas ou Soluções São aquelas que apresentam as mesmas propriedades em qualquer parte de sua extensão em que seja examinado. Temos como exemplo, a água, que apresenta apenas uma fase, que pode ser visualmente identificada.
  • 15. Apesar de nos referirmos na maioria das vezes à água mineral apenas como “água”, na realidade ela não possui apenas a substância pura H2 O, porque ela é o resultado de um processo no qual a água da chuva penetra no solo e passa por várias rochas. Assim, como o próprio nome indica, além de água, ela também possui vários minerais dissolvidos. Se você tiver curiosidade e conferir o rótulo de alguma água mineral, verá que ela possui em sua composição química sulfatos de estrôncio, de cálcio, de sódio, de potássio, bicarbonato de sódio, fluoreto de sódio, entre outros.
  • 16. Mas como é possível diferenciar uma substância de uma mistura? Por exemplo, a água destilada é uma substância pura que contém apenas H2 O: Visualmente ela é exatamente igual a uma mistura de água e sal; porém, elas podem ser diferenciadas a partir da definição de mistura. Misturas são materiais cujas propriedades físicas não são constantes, mas variam mesmo numa determinada temperatura e pressão.
  • 17. SUBSTÂNCIA MISTURA Água Água +sal Água + gelo Água + óleo
  • 18. Assim, basta medir as propriedades físicas, como os pontos de fusão e ebulição e a densidade. Caso se apresentem constantes e bem definidas, trata-se de uma substância pura (no caso da água destilada, em 4ºC, a sua densidade será de 1,0 g/cm3 e, ao nível do mar, os pontos de fusão e ebulição serão de 0ºC e 100ºC, respectivamente). No entanto, se forem apresentadas variações, trata-se de uma mistura. Se aquecer a mistura de água com sal para verificar o ponto de ebulição, verá que durante a mudança do estado líquido para o gasoso a temperatura não irá permanecer constante, como acontece com a água destilada, que se mantém em 100 ºC até que todo líquido vire vapor. Agora, existem misturas que nem é preciso determinar suas propriedades físicas para sabermos que são misturas, basta olharmos, como é o caso da de água com óleo:
  • 19. Mistura Eutética e Mistura Azeotrópica Existem misturas que, como exceção, se comportam como se fossem substâncias puras no processo de fusão, isto é, a temperatura mantém-se inalterada no início ao fim da fusão. Essas são chamadas misturas eutéticas. Existem misturas que, como exceção, se comportam como se fossem substâncias puras em relação à ebulição, isto é, a temperatura mantém-se inalterada do início ao fim da ebulição. Essas são chamadas misturas azeotrópicas. Não é conhecida nenhuma mistura que seja eutética e azeotrópica simultaneamente.
  • 20. Visto que raramente encontramos substâncias puras na natureza, fazem-se necessários processos de separação de misturas, especialmente nos laboratórios e nas indústrias químicas, em que se quer obter os componentes isolados dessas misturas. Esse processo de separação de misturas recebe várias denominações: análise imediata, resolução, fracionamento ou desdobramento. As misturas homogêneas são as mais difíceis de serem separadas, pois na maioria das vezes é imperceptível, até mesmo a nível microscópico, a quantidade de componentes nessas misturas. Porém, os cientistas desenvolveram alguns métodos simples, baseados nas propriedades físicas das substâncias, que as diferenciam umas das outras. Propriedades como ponto de ebulição e solubilidade. Separação de Misturas Homogêneas Mudanças de estado físico
  • 21. Condensação A condensação também conhecido com liquefação, é uma das fases que ocorre a transformação da matéria, do estado gasoso vapor para líquido. A condensação, que normalmente ocorre quando o vapor é resfriado, pode ocorrer em sistemas fechados com o vapor comprimido sendo que ambas as situações dependem somente do equilíbrio entre a pressão e temperatura. A temperatura de arrefecimento onde ocorre a condensação do vapor de água é chamada de ponto de orvalho. Os efeitos da condensação são explorados nas refinarias em destilação e usados na transformação de energia em turbinas termoelétricas e na produção de frio criogenia.
  • 22. Sublimação Sublimação é a mudança do estado sólido para o estado gasoso, sem que passe pelo estado líquido. Como por exemplo, a naftalina, que se evapora diretamente de seu estado sólido. Na estampa sublimática, bastante utilizada na confecção de foto produtos, acontece o mesmo processo. A tinta para sublimação que está no papel transfere em seu estado sólido entra em contato com o tecido ou superfície do foto produto e através de calor e pressão que evapora penetrando nas fibras do tecido, ou demais superfícies.
  • 23. Vaporização A vaporização é o nome dado a mudança e fase do estado líquido para o estado gasoso. A vaporização apresenta três maneiras para ocorrer: ebulição, calefação e evaporação. Ebulição A ebulição seria a forma mais natural de um liquido passar para o estado gasoso. Mantendo a pressão constante, a ebulição ocorre a uma determinada temperatura, com agitação das partículas do liquido e com formação de bolhas. Calefação A calefação é uma passagem extremamente rápida do estado líquido para o estado gasoso. Imagine uma chapa superaquecida, e em cima dela gotejando água, por exemplo, iremos observar que é muito rápida a passagem da gota de água para vapor, ou seja, antes mesmo de tocar a superfície, a superfície mais externa do líquido passa para vapor, esta passagem é denominada calefação. Evaporação A evaporação, ao contrario da ebulição, ocorre a qualquer temperatura, sob a pressão constante. Porém esta temperatura é inferior a temperatura de
  • 24. Métodos utilizados para separar materiais homogêneos.
  • 25. Destilação Simples Esse método separa sólidos em líquidos, como sal dissolvido na água. Seu princípio de funcionamento se baseia no fato de o líquido evaporar e o soluto não. Em laboratório, a aparelhagem que se utiliza está esquematizada abaixo: A mistura homogênea está no balão de destilação, que é aquecido, e o líquido evapora, deixando no balão o sólido. O vapor passa pelo condensador e volta para o estado líquido, ao entrar em contato com as paredes dele que estão frias em razão da passagem contínua de corrente de água. O líquido condensado é coletado no erlenmeyer. É um método bem eficaz, pois permite a separação completa, sem perder nenhum dos componentes da mistura.
  • 26. Destilação Fracionada Nesse método de separação ocorre entre misturas de dois líquidos miscíveis, porém com pontos de ebulição diferentes. Seus pontos de ebulição não podem ser muito próximos. O esquema é bem parecido com o anterior, porém com um detalhe diferente: a presença da coluna de fracionamento. Nela, o líquido que for menos volátil vai se condensar e voltar para o balão de fundo redondo. E o mais volátil irá ultrapassa-la e irá se liquefazer no condensador, sendo coletado em outro frasco.
  • 27. Liquefação Fracionada Esse método consiste na separação de misturas de gases com pontos de ebulição diferentes. Lembrando que toda mistura de gases é homogênea. Por exemplo, o ar atmosférico é um conjunto de gases, em que os principais constituintes são o nitrogênio (N2 ), com cerca de 80%, e o oxigênio (O2 ), com 19 %, aproximadamente.
  • 28. Extração por Solventes Nesse processo,adiciona-se a água a fim de se obter um dos líquidos que está misturado ao outro. Por exemplo, uma mistura com gasolina e álcool pode ser separada ao se adicionar água, pois o álcool se solubiliza na água e a gasolina não. Assim, separa-se inicialmente a gasolina. Depois, se quiser separar a água do álcool é só fazer a destilação fracionada.
  • 29. Análise de Cromatografia ou Cromatográfica Esse processo consiste na separação de componentes de uma mistura de sólidos em solução. Eles são identificados pela cor.
  • 30. Misturas Heterogêneas São aquelas em que são possíveis as distinções de fases (regiões visíveis da mistura onde se encontram os componentes), na maioria das vezes sem a necessidade de utilizar equipamentos de aumento (como o microscópio). Um grande exemplo é o ar poluído das grandes cidades: apesar da aparência homogênea, os sólidos em suspensão podem ser retidos por uma simples peneira. Temos como exemplo, água e azeite, que apresentam duas fases e pode ser visualmente identificado.
  • 31. Misturas Heterogêneas As misturas heterogêneas envolvendo sólidos acontecem apenas quando os grânulos de cada componente são demasiadamente diferentes, tanto em dimensões como em coloração. Métodos de Separação
  • 32. Catação Nesse processo utiliza-se uma pinça ou outro instrumento, mesmo a mão, para a realização da separação da mistura, que se dá por retirada de uma das substâncias por vez.
  • 33. Levigação Esse processo ocorre de modo análogo à ventilação, mas de modo que o sólido menos denso é separado dos demais por uma corrente aquosa. Esse processo é utilizado, por exemplo, na separação do ouro da areia, onde a areia, por ser menos densa do que o ouro, é arrastada por uma corrente de água, enquanto que o ouro permanece no recipiente.
  • 34. Separação Magnética Esse processo pode ser empregado quando um dos componentes da mistura é ferromagnético, ou seja, pode ser atraído por um imã. Esse processo é utilizado industrialmente na separação de alguns minérios de ferro de suas impurezas.
  • 35. Flotação É um processo de separação onde estão envolvidos os três estados da matéria - sólido, líquido e gasoso. As partículas sólidas desejadas acumulam-se nas bolhas gasosas introduzidas no líquido. As bolhas têm densidade menor que a da fase líquida e migram para superfície arrastando as partículas seletivamente aderidas. O produto não desejável é retirado pela parte inferior do recipiente.
  • 36. Decantação A decantação é um processo de separação de misturas heterogêneas, principalmente de misturas compostas por líquidos (imiscíveis ou não (que não se misturam)). O recipiente contendo as substâncias é inclinado, derramando a substância mais leve (que fica em cima), em outro recipiente. Um processo mais eficiente seria utilizando um sifão ou o funil de bromo.
  • 37. Sedimentação A sedimentação é um processo de separação de misturas heterogêneas, aquelas que aparentam mais de uma fase (por exemplo, água misturada com areia). Ela consiste em deixar a gravidade atrair para o fundo do recipiente a substância mais pesada, e as mais leve vão ficando na parte de cima.
  • 38. Sifonação É um processo usado para separar as fases da mistura heterogênea sólido/líquido e líquido/líquido.
  • 39. Floculação A floculação consiste na aglutinação de partículas formadas na coagulaçã o que, por possuírem ainda dimensõesreduzidas e baixa densidade, apres entam dificuldade de sedimentação. A floculação pode ser realizada por agitação mecânica, arrefecimento, ev aporação ou por adição de eletrólitos de massa molecular elevada, que facilitam a união entre as partículas coaguladas, originando outras de maiores dimensões e mais fáceis de separar da massa líquida, por gravidade.
  • 40. Centrifugação A centrifugação é um processo de separação de misturas utilizado para acelerar a decantação ou sedimentação , onde o corpo mais denso da mistura sólido-líquida deposita- se no fundo do recipiente devido à ação da gravidade. Este processo é ocorrido em um aparelho chamado centrífuga, que gira em alta velocidade, fazendo com que a substância mais densa seja “forçada” a sedimentar (decantar) devido à ação da força centrífuga. Um exemplo da centrifugação no nosso dia-a- dia são as máquinas lava-roupas que possuem a função centrifugação. Esta função é colocada como a última a ser desempenhada no processo de lavagem, pois serve pra “torcer” a roupa (tirar o excesso de água), ou seja, separar a roupa da água. Este processo de separação de misturas é também utilizado nos laboratórios de análises clínicas, onde são separados os componentes do sangue.
  • 41. Cristalização Fracionada Esse processo consiste na separação de sólidos dissolvidos em líquido, sendo que nesse líquido estão presentes outros sólidos dissolvidos. Esse processo é muito utilizado para separar o sal da água do mar. Pois ao se evaporar a água, o cloreto de sódio (sal de cozinha) é o último a ser obtido. O aspecto negativo desse processo é a perda de um dos componentes.
  • 42. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Observe o esquema de um processo de separação de 3 componentes de uma mistura heterogênea, em que teremos: óleo de soja e sal totalmente dissolvido na água. Estudando o esquema abaixo dos processos utilizados, que opção corresponde às etapas 1 e 2, respectivamente, e aos nomes dos materiais de números 3 e 4?
  • 43.
  • 44. 02 O fracionamento do petróleo, em várias frações de valor comercial, é baseado no fato de que as frações têm diferentes: a) densidades. b) pontos de ebulição. c) afinidades pelo hidrogênio. d) viscosidades. e) solubilidades em água.
  • 45. 03 O diagrama a seguir ilustra as etapas de separação de uma mistura. Pela análise do diagrama, todas as afirmativas estão corretas, exceto: a) O sólido B é uma substância pura. b) O filtrado C foi separado por destilação simples. c) O material A pode ser uma solução aquosa de cloreto de sódio. d) O líquido E é uma mistura homogênea. e) O sólido D é uma mistura.
  • 46. 04 (UFU-MG) O processo mais adequado para separar o álcool de uma mistura com acetona é: a) filtração. b) decantação. c) peneiração. d) destilação fracionada. e) filtração a vácuo.
  • 47. 05 (FAEE-GO) Os processos usados para separar as misturas gás oxigênio/ gás nitrogênio e água/ sal de cozinha são, respectivamente: a) liquefação fracionada e destilação. b) evaporação e condensação. c) destilação e filtração. d) sedimentação e liquefação. e) centrifugação e cristalização
  • 48. 06 (UEL-PR) A destilação fracionada pode ser utilizada na separação dos: a) elementos químicos que compõem o clorofórmio, CHCl3. b) componentes da mistura água-óleo. c) componentes do ar liquefeito. d) sais minerais existentes na água potável. e) metais que formam o latão.
  • 49. 07 (UNB-DF) A Química está presente na vida das pessoas e, muitas vezes, não se toma consciência disso. Por exemplo, a reportagem “A saúde está na feira - substâncias recém descobertas em frutas e verduras, chamadas pelos cientistas de fitoquímicos, previnem o envelhecimento e ajudam na cura de doenças”publicada na revista Globo Ciência (ano 5. nº 58. pp. 32-4), dá uma ideia de como as substâncias regulam o funcionamento do corpo humano. Com o auxílio dessas informações, julgue os itens abaixo. 1) As substâncias químicas são prejudiciais à saúde. 2) Frutas e verduras são constituídas de substâncias. 3) A água salgada, utilizada para cozer alimentos, ferve a uma temperatura constante, por se tratar de substância composta. 4) O cozimento de verduras acarreta a separação de fitoquímicos por meio do processo conhecido como destilação.
  • 50. 08 (UFBA-BA) Com base no diagrama abaixo, é correto afirmar: 01) O processo X é a filtração. 02) O sólido A é o carbonato de cálcio, CaCO3. 04) O processo Y é a decantação. 08) O sistema C é uma mistura homogênea. 16) O sistema D é uma substância pura. 32) O processo Z é uma destilação simples. 64) A água destilada é uma mistura. Soma ( )
  • 51. 09 (UNB-DF) O freons são gases sintéticos, isto é, inexistentes na natureza antes de o homem inventá-los. São substâncias compostas, de carbono, cloro e flúor (clorofluorcarbonetos), de amplo emprego industrial.Os freons são quimicamente inertes, pois não são inflamáveis, não oxidam materiais, não são explosivos e nem tóxicos. Quanto à composição química, aos processos de obtenção e às propriedades dos freons, julgue os itens a seguir. 1) Os freons são misturas de três substâncias simples. 2) Os freons podem ser removidos da atmosfera por meio da decantação. 3) Por serem gases sintéticos, conclui-se que os freons foram obtidos por processos físicos. 4) Sob baixa pressão e alta temperatura, os freons podem ser armazenados no estado líquido.
  • 52. Considerando os dados da tabela e os conhecimentos sobre o assunto, pode-se concluir que: a) todos os sistemas são formados por misturas. b) a decantação é eficiente para separar água de cloreto de sódio. c) benzeno e água formam mistura heterogênea. d) o cloreto de sódio flutua no benzeno. e) o naftaleno é a substância menos solúvel.
  • 53. 11 Uma mistura sólida é constituída de cloreto de prata (AgCℓ), cloreto de sódio (NaCℓ) e cloreto de chumbo II (PbCℓ2). A solubilidade desses sais em água está resumida na tabela abaixo. Baseando-se nesses dados de solubilidade, esquematize uma separação desses três sais que constituem a mistura. Baseando-se nesses dados de solubilidade, esquematize uma separação desses três sais que constituem a mistura.
  • 54. 12 (UFBA-BA) O diagrama abaixo representa a preparação de 250 mL café pelo processo tradicional. Com base no diagrama e nos conhecimentos sobre as substâncias envolvidas, pode-se afirmar: 01) O café é uma substância pura. 02) Durante a adição de água quente ao café em pó, ocorre uma extração. 04) A operação I é de filtração. 08) A operação I é classificada como um processo químico. 16) O sistema C é uma solução. Soma ( )
  • 55. 13 (PUC-Campinas-SP) A obtenção do álcool etílico hidratado, a partir da cana-de-açúcar, pode ser representada pelo esquema abaixo: Em I e IV, que envolvem processos de fracionamento, são realizadas, respectivamente: a) filtração e destilação. b) destilação e decantação. c) filtração e decantação. d) destilação e filtração. e) decantação e decantação.
  • 56. 14 (FCC-SP) A separação dos componentes de uma solução aquosa homogênea de cloreto de sódio pode ser feita por: a) destilação. b) decantação. c) filtração. d) adição de mais água. e) adição de mais cloreto de sódio.
  • 57. 15 (UFRS-RS) Para separar convenientemente uma mistura de areia, sal de cozinha, gasolina e água, a seqüência de processos mais indicada é: a) decantação, catação e destilação. b) floculação, filtração e decantação. c) catação, filtração e evaporação. d) filtração, catação e destilação. e) filtração, decantação e destilação.
  • 58. 16 (Unifesp-SP) Para se isolar a cafeína (sólido, em condições ambientais) de uma bebida que a contenha (exemplos: café, chá, refrigerante, etc.), pode-se usar o procedimento simplificado seguinte: “Agita-se um certo volume da bebida com dicloroetano e deixa-se em repouso algum tempo. Separa-se, então, a parte orgânica, contendo a cafeína, da aquosa. Em seguida, destila-se o solvente e submete-se o resíduo da destilação a um aquecimento, recebendo-se os seus vapores em uma superfície fria, onde a cafeína deve cristalizar.” Além da destilação e da decantação, quais operações são utilizadas no isolamento da cafeína? a) Flotação e ebulição b) Flotação e sublimação c) Extração e ebulição d) Extração e sublimação e) Levigação e condensação
  • 59. 17 (UFPE-PE) Associe as atividades do cotidiano abaixo com as técnicas de laboratório apresentadas a seguir: ( ) Preparação de cafezinho de café solúvel ( ) Preparação de chá de saquinho ( ) Coar um suco de laranja 1) Filtração 2) Solubilização 3) Extração 4) Destilação A sequência correta é: a) 2, 3 e 1 b) 4, 2 e 3 c) 3, 4 e 1 d) 1, 3 e 2 e) 2, 2 e 4
  • 60. 18 (UNIRIO-RJ) Foram acondicionados acidentalmente, em um único recipiente, areia, sal de cozinha, água e óleo de soja. Para separar adequadamente cada componente dessa mistura, devem ser feitas as seguintes operações: a) destilação simples seguida de decantação e centrifugação. b) destilação simples seguida de centrifugação e sifonação. c) filtração seguida de destilação simples e catação. d) Filtração seguida de decantação e destilação simples. e) Decantação seguida de catação e filtração.
  • 61. 19 (EFEI-MG) Suponha que uma pessoa, acidentalmente, deixou cair todo seu sal de cozinha (NaCl) numa caixa contendo uma mistura de cobre em pó e limalhas de ferro. Descreva como ela poderia separar e isolar os 3 componentes desta mistura.
  • 62. 20 (VUNESP-SP) Um sistema heterogêneo, S, é constituído por uma solução colorida e um sólido branco. O sistema foi submetido ao seguinte esquema de separação. Ao se destilar o líquido W, sob pressão constante de 1 atmosfera, verifica-se que sua temperatura de ebulição variou entre 80°C e 100°C. Indique qual das seguintes afirmações é correta. a) A operação I é uma destilação simples. b) A operação II é uma decantação. c) O líquido colorido Y é uma substância pura. d) O líquido incolor W é uma substância pura. e) O sistema heterogêneo S tem, no mínimo, 4 componentes.
  • 63. 21 (Unicid-SP) Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, escolhendo, em seguida, a opção correspondente à numeração correta, de cima para baixo: Misturas Principais Métodos de Separação 1. Oxigênio e nitrogênio ( ) Destilação 2. Óleo e água ( ) Filtração 3. Álcool e água ( ) Separação magnética 4. Ferro e enxofre ( ) Decantação 5. Ar e poeira ( ) Liquefação a) 1 - 4 - 5 - 2 - 3 b) 1 - 5 - 4 - 3 - 2 c) 3 - 2 - 4 - 5 - 1 d) 3 - 5 - 4 - 2 - 1 e) 5 - 1 - 3 - 4 – 2
  • 64. 22 (Unirio-RJ) Uma mistura formada por gasolina, água, serragem e sal de cozinha pode ser separada nos seus diversos componentes seguindo-se as seguintes etapas: a) filtração, decantação e destilação. b) catação e decantação. c) sublimação e destilação. d) prensagem e decantação. e) destilação e decantação
  • 65. 23 (PUC-MG) Um professor realizou várias experiências (a 20 °C e 1 atm) e organizou a seguinte tabela: De acordo com a tabela, assinale a afirmativa incorreta: a) O estado físico da substância D, à temperatura ambiente, é gasoso. b) Se misturarmos a substância B com a substância D, à temperatura ambiente, forma-se uma mistura homogênea. c) A substância mais volátil, à temperatura ambiente, é a A. d) Se misturarmos as substâncias A, C e água, formase um sistema difásico. e) O processo mais adequado para separarmos uma mistura da substância C com a água, à temperatura ambiente, é destilação simples
  • 66. 24 (Mackenzie-SP) A aparelhagem adequada para a realização de uma destilação é mostrada na figura da alternativa:
  • 67. 25 (LA SALLE-SP) O ar filtrado e seco consiste basicamente em três gases: nitrogênio, oxigênio e gás carbônico. Se um desses gases pode ser separado dos demais, é correto afirmar que o ar é: a) um elemento. b) uma substância pura composta. c) um composto iônico. d) uma mistura homogênea. e) uma mistura heterogênea.
  • 68. 6 (UNITAU-SP) Uma maneira rápida e correta de separar uma mistura com ferro, sal de cozinha e arroz, é, na sequência: a) filtrar, aproximar um imã, adicionar água e destilar. b) adicionar água e destilar. c) aproximar um imã, adicionar água, filtrar e destilar. d) destilar, adicionar água, aproximar um imã. e) impossível de separá-la.
  • 69. 27 (UNICAMP-SP) Os gases nitrogênio, oxigênio e argônio, principais componentes do ar, são obtidos industrialmente através da destilação fracionada do ar liquefeito. Indique a sequência de obtenção dessas substâncias neste processo de destilação fracionada. Justifique sua resposta. Dados: temperaturas de ebulição a 1,0 atm Argônio = -186°C Nitrogênio = -196°C Oxigênio = -183°C
  • 70. 28 (ITA-SP) Um copo contém uma mistura de água, acetona, cloreto de sódio e cloreto de prata. A água, a acetona e o cloreto de sódio estão numa mesma fase líquida, enquanto que o cloreto de prata se encontra numa fase sólida. Descreva como podemos realizar, em um laboratório de química, a separação dos componentes desta mistura. De sua descrição devem constar as etapas que você empregaria para realizar esta separação, justificando o(s) procedimento(s) utilizado(s).
  • 71. 29 (UFPE-PE) Associe as atividades diárias contidas na primeira coluna com as operações básicas de laboratório e fenômenos contidos na segunda coluna. (1) preparar um refresco de cajá a partir do suco concentrado (2) adoçar o leite (3) preparar chá de canela (4) usar naftalina na gaveta (5) coar a nata do leite ( ) sublimação ( ) diluição ( ) filtração ( ) extração ( ) dissolução Os números da segunda coluna, lidos de cima para baixo, são: a) 3, 2, 5, 4, 1 b) 1, 3, 4, 5, 2 c) 4, 3, 2, 1, 5 d) 3, 2, 4, 5, 1 e) 4, 1, 5, 3, 2
  • 72. 30 (PUCCAMP-SP) A obtenção do álcool etílico hidratado, a partir da cana-de- açúcar, pode ser representada pelo esquema a seguir. Em I e IV, que envolvem processos de fracionamento, são realizadas, respectivamente: a) filtração e destilação. b) destilação e decantação. c) filtração e decantação. d) destilação e filtração. e) decantação e decantação.
  • 73. 31 (UFMG-MG) Um sistema heterogêneo, constituído por uma solução colorida e um sólido esbranquiçado, foi submetido ao seguinte processo de separação.Com relação a esse processo, a afirmativa FALSA é: a) a operação X é uma filtração. b) o líquido B é uma solução. c) o líquido D é o solvente da solução contida no sistema original. d) o sólido A contém grande quantidade de impurezas. e) uma destilação produz o efeito da operação Y
  • 74. 32 (UNESP-SP) Na preparação do café a água quente entra em contato com o pó e é separada no coador. As operações envolvidas nessa separação são, respectivamente: a) destilação e decantação. b) filtração e destilação. c) destilação e coação. d) extração e filtração. e) extração e decantação. 33 (UFPE-PE) Qual dos seguintes processos pode ser usado para extrair sal de cozinha da água do mar? a) Filtração b) Decantação c) Destilação d) Diluição e) Eletroforese
  • 75. 34 (UECE-CE) Dadas as afirmativas: I. Num sistema constituído de NaCℓ dissolvido na água, areia, vapor d'água e oxigênio gasoso, nós temos um sistema heterogêneo, com três fases e quatro componentes. II. A ebulição da água é um fenômeno físico. III. Na estocagem de gasolina, é comum injetar gás hidrogênio para que ocupando, o lugar do ar, impeça a formação da mistura (gasolina + oxigênio). Dentro do tanque temos um sistema bifásico. IV. O fracionamento do petróleo é uma transformação química. V. Balão com saída lateral, termômetro, mangueira de látex e condensador, são materiais usados para a montagem de um sistema de destilação simples em laboratório. São verdadeiras: a) I, II, III e IV b) II, III, IV e V c) I, II, III e V d) I, II, IV e V
  • 76. 35 (UFSC-SC) Assinale a ÚNICA proposição CORRETA que contém o melhor método para separar os três componentes de uma mistura de areia, água e sal, na sequência adequada: 01. destilar e decantar. 02. filtrar e decantar. 04. decantar e filtrar. 08. destilar e filtrar. 16. filtrar e destilar. Soma ( ) 36 (FEI-SP) A mistura líquida constituída por benzeno e tolueno pode ser separada por: a) decantação b) destilação fracionada c) centrifugação d) levigação e) sifonação
  • 77. 37 (FAAP-SP) Para separar uma mistura de dois líquidos completamente miscíveis, qual dos processos a seguir, você escolheria? a) filtração b) levigação c) centrifugação d) catação e) destilação
  • 78. 38 (FEI-SP) Associar os métodos (indicados na coluna A) que devem ser utilizados para separar as misturas (indicadas na coluna B): a) 1 - IV ; 2 - III ; 3 - V ; 4 - II ; 5 - I b) 1 - III ; 2 - IV ; 3 - V ; 4 - I ; 5 - II c) 1 - I ; 2 - V ; 3 - III ; 4 - II ; 5 - IV d) 1 - II ; 2 - IV ; 3 - III ; 4 - V ; 5 - I e) 1 - III ; 2 - IV ; 3 - V ; 4 - II ; 5 - I
  • 79. 39 (UFMG-MG) Durante a preparação do popular cafezinho brasileiro, são utilizados alguns procedimentos de separação de misturas. A alternativa que apresenta corretamente a sequência de operações utilizadas é: a) destilação e decantação. b) destilação e filtração. c) extração e decantação. d) extração e filtração.
  • 80. 40 (PUC-MG) O aparelho a seguir é usado na: a) destilação com coluna de fracionamento. b) separação por evaporação. c) separação de líquidos imiscíveis. d) destilação simples. e) liquefação seguida de destilação.
  • 81. 41 (MACKENZIE-SP) A aparelhagem adequada para a realização de uma destilação é mostrada na figura da alternativa:
  • 82. 42 (FATEC-SP) O esquema a seguir representa a técnica, usada comumente em navios, para dessalinizar a água do mar. Trata-se da a) evaporação. b) condensação. c) destilação. d) sifonação. e) filtração.
  • 83. 43 (PUCCAMP-SP) Aviões turboélices e turborreatores utilizam querosene como combustível. Foguetes espaciais utilizam oxigênio líquido como comburente. Esses materiais são obtidos, respectivamente, do petróleo e do ar liquefeito. A obtenção do querosene envolve destilação a) fracionada e a do oxigênio, destilação simples. b) fracionada e a do oxigênio também. c) fracionada e a do oxigênio, centrifugação. d) simples e a do oxigênio, destilação fracionada. e) simples e a do oxigênio também. 44 (UFRRJ-RJ) Com a adição de uma solução aquosa de açúcar a uma mistura contendo querosene e areia, são vistas claramente três fases. Para separar cada componente da mistura final, a melhor seqüência é: a) destilação, filtração e decantação. b) cristalização, decantação e destilação. c) filtração, cristalização e destilação. d) filtração, decantação e destilação. e) centrifugação, filtração e decantação.
  • 84. 45 (UFV-MG) Uma mistura constituída de ÁGUA, LIMALHA DE FERRO, ÁLCOOL e AREIA foi submetida a três processos de separação, conforme fluxograma. IDENTIFIQUE os processos 1, 2 e 3 e COMPLETE as caixas do fluxograma com os resultados destes processos.
  • 85. 46 (UEL-PR) Em uma destilação simples, para resfriar os vapores formados por um líquido em ebulição, utiliza-se: a) proveta. b) balão volumétrico. c) cilindro graduado. d) frasco kitassato. e) condensador de vidro. 47 (UNIOESTE-PR) A maioria das substâncias químicas é encontrada na natureza sob a forma de misturas. As misturas são separadas por análise imediata. Assim sendo, a(s) proposição(ões) correta(s) é(são): 01. Os sistemas gasosos apresentam-se sempre homogêneos, independentemente do número de constituintes. 02. Um sal solúvel em água pode ser separado por filtração. 04. Uma mistura de dois sólidos de densidades diferentes pode ser separada por destilação. 08. Para separar água de óleo pode ser utilizada a decantação. 16. Para separar uma mistura de cloreto de sódio, areia e iodo pode-se adicionar água, decantar, sifonar, destilar e sublimar, nesta ordem. 32. A separação dos gases das bebidas ocorre por sublimação 64. A separação da água dos rios, lagos e mares, na formação da chuva, ocorre por evaporação e condensação. Soma ( )
  • 86. 48 (UERJ-RR) São preparadas 3 misturas binárias em um laboratório, descritas da seguinte maneira: 1ª mistura  heterogênea, formada por um sólido e um líquido 2ª mistura  heterogênea, formada por dois líquidos 3ª mistura  homogênea, formada por um sólido e um líquido Os processos de separação que melhor permitem recuperar as substâncias originais são, respectivamente: a) filtração, decantação, destilação simples b) decantação, filtração, destilação simples c) destilação simples, filtração, decantação d) decantação, destilação simples, filtração 49 (UFPE-PE) Associe as atividades do cotidiano abaixo com as técnicas de laboratório apresentadas a seguir: ( ) Preparação de cafezinho de café solúvel ( ) Preparação de chá de saquinho ( ) Coar um suco de laranja 1. Filtração 2. Solubilização 3. Extração 4. Destilação A sequência correta é: a) 2, 3 e 1 b) 4, 2 e 3 c) 3, 4 e 1 d) 1, 3 e 2e) 2, 2 e 4
  • 87. 50 (UERJ-RJ) A aguardente é uma bebida alcoólica obtida da cana-de-açúcar. A charge abaixo poderia transmitir a idéia de que se trata de uma substância pura. Na realidade, ela não é uma substância pura, mas sim uma mistura homogênea. Isso pode ser comprovado pelo seguinte processo físico de separação: a) filtração b) destilação c) decantação d) centrifugação
  • 88. GABARITO 01- C 02- B 03- C 04- D 05- A 06- C 07- 1-F, 2-V, 3-F, 4-F 08- 1+2+4+32=39 09- NENHUMA CORRETA 10- C 11- 1) Adição de água fria (solubiliza o NaCl) 2) Filtrar. Separa o NaCl(aq) da mistura AgCl(s)+PbCl2(s) 3) Vaporizar a água por aquecimento, obtém-se o NaCl(s) 4) Adição de água quente na mistura sólida (solubiliza o PbCl2) 5) Filtrar. Separa o PbCl2(aq) do AgCl(s) 6) Vaporizar a água por aquecimento, obtém-se o PbCl2 12- 2+4+16=22 13- A 14- A 15- E
  • 89. 15- E 16- D 17- A 18- D 19- Primeiro, usando um ímã, isolaríamos as limalhas de ferro. Segundo, adicionando água potável, o NaCl seria dissolvido, e por filtração, separaríamos a salmoura do cobre em pó. Terceiro e último, deixando a salmoura exposta ao sol, ou ao fogo, evaporaríamos a água, isolando o NaCl. 20- E 21- D 22- A 23- C 24- D 25- D 26- C 27- N2 Ar O2 - 196°C -186°C -183°C Primeira etapa: Filtração para separar o cloreto de prata (fase sólida) dos outros componentes. Segunda etapa: Destilação fracionada para a obtenção da acetona a partir da coluna de fracionamento e do condensador. Terceira etapa: Destilação simples para separar a água do cloreto de sódio que restará no balão de destilação.
  • 90. 29- E 30- A 31- D 32- D 33- C 34- C 35- 16 36- B 37- E 38- B 39- D 40- A 41- D 42- C 43- B 44- D
  • 91. 45) 46- E 47- V F F V F F V 48- A 49- A 50- B Fim