SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
[object Object],[object Object],[object Object],Professora : Sara Biologia
Disenteria  amébica  - Segundo a OMS, há 50 milhões de novas infecções por ano e 70.000 mortes; Giardíase-  Na Europa as taxas de infecção são de menos de 5%, mas nos países em desenvolvimento, particularmente tropicais, podem chegar aos 50% da população. Os grupos de risco, como todas as infecções de transmissão oral-anal, incluem pessoas que vivem em más condições de higiene e crianças pequenas. Doença de Chagas-  Atinge principalmente as populações rurais pobres.  Leishmaniose-  Trata-se de uma doença que acompanha o homem desde tempos remotos e que tem apresentado, nos últimos 20 anos, um aumento do número de casos e ampliação de sua ocorrência geográfica, sendo encontrada atualmente em todos os Estados brasileiros, sob diferentes perfis epidemiológicos. Estima-se que, entre 1985 e 2003, ocorreram 523.975 casos autóctones, a sua maior parte nas regiões Nordeste e Norte do Brasil. A Malária  mata 3 milhões de pessoas por ano, uma taxa só comparável à da SIDA/AIDS; Toxoplasmose-  Existe em todo o mundo. Mais de metade da população, mesmo em países desenvolvidos, tem anticorpos específicos contra o parasita, o que significa que está ou já esteve infectada; Por que estudar protozoozes?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
ANEXOS DA PALESTRA
Protozooses
FILO PROTOZOA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CLASSIFICAÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CLASSIFICAÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
PROTOZOOSES ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
AMEBÍASE
AMEBÍASE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
CICLO ,[object Object],Ingestão de cistos maduros Chegada no intestino delgado onde ocorre o desencistamento Metacisto sofre várias divisões celulares transformando-se em trofozoíto Migração para o intestino grosso Produção de cistos e liberação nas fezes Invasão da mucosa intestinal
PROFILAXIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
GIARDÍASE
GIARDÍASE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Giardia lamblia
CICLO ,[object Object],Ingestão de cistos Desencistamento no duodeno e liberação de trofozoítos Colonização do intestino delgado Várias divisões binárias Invasão da mucosa intestinal - diarréia Produção de cistos e liberação nas fezes
 
PROFILAXIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
DOENÇA DE CHAGAS
DOENÇA DE CHAGAS ,[object Object],[object Object],[object Object]
DOENÇA DE CHAGAS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
amastigota tripomastigota epimastigota
 
TRANSMISSÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CICLO ,[object Object],[object Object],[object Object]
Picada do barbeiro e fezes na pele do hospedeiro vertebrado Fezes com formas tripomastigotas caem no sangue do vertebrado Entrada nas fibras musculares Transformação para amastigotas Mitoses Algumas amastigotas saem das céls., caem no sangue e se transformam em tripomastigotas Liberação de epimastigotas nas fezes Divisões celulares das epimastigotas Transformação para epimastigotas no trato digestivo do barbeiro Picada e defecação Picada Homem Barbeiro
 
 
PROFILAXIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
LEISHMANIOSE Visceral e Tegumentar
LEISHMANIOSE ,[object Object],[object Object],[object Object]
LEISHMANIOSE ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FORMAS DO PARASITA ,[object Object],[object Object]
 
CICLO BIOLÓGICO ,[object Object],[object Object],[object Object]
Inoculação de formas promastigotas na corrente sanguínea do vertebrado Promastigotas penetram em macrófagos e se transformam em amastigotas Várias divisões celulares e liberação de amastigotas na corrente sanguínea Migração de promastigotas para glândula salivar do flebotomíneo No intestino do flebotomíneo amastigotas se transformam em promastigotas Várias divisões celulares Ingestão de macrófagos infectados Homem Lutzomya Picada Picada
 
 
PROFILAXIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
MALÁRIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Mais raras
FORMAS DO PARASITA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FORMAS DE REPRODUÇÃO DO  PLASMODIUM Esquizogonia (divisão múltipla):  um núcleo sofre várias mitoses e após isso o citoplasma de divide em várias células – reprodução assexuada, ocorre no hospedeiro intermediário (homem)
FORMAS DE REPRODUÇÃO DO  PLASMODIUM Fecundação R! Esporogonia:  fusão do gameta feminino com o masculino formando o zigoto. Após várias meioses são liberados esporozoítos. Reprodução sexuada – hospedeiro definitivo ( Anopheles ) Gametas
CICLO BIOLÓGICO ,[object Object],[object Object],[object Object]
Inoculação de esporozoítos no sangue do vertebrado Invasão dos hepatócitos – trofozoítos  Esquizogonia e liberação de merozoítos Invasão das hemácias – trofozoítos  Esquizogonia, liberação de merozoítos e gametócitos Ingestão de sangue do vertebrado contendo merozoítos e gametócitos Formação dos macro e microgametas Fecundação, esporogonia e liberação de esporozoítos no intestino do mosquito Migração dos esporozoítos para glândula salivar do mosquito Homem Anopheles Picada Picada Ciclo exo-eritrocítico Ciclo eritrocítico
 
 
PROFILAXIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aula n° 7 helmintos
Aula n° 7   helmintosAula n° 7   helmintos
Aula n° 7 helmintos
 
Giardia
GiardiaGiardia
Giardia
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Aula 3 Giardia Lamblia
Aula 3   Giardia LambliaAula 3   Giardia Lamblia
Aula 3 Giardia Lamblia
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Aula helmintos
Aula helmintosAula helmintos
Aula helmintos
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Protozoários e protozooses
Protozoários e protozoosesProtozoários e protozooses
Protozoários e protozooses
 
Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
 
Esquistossomose
EsquistossomoseEsquistossomose
Esquistossomose
 
Seminário sobre Helmintos
Seminário sobre HelmintosSeminário sobre Helmintos
Seminário sobre Helmintos
 
Biologia: Bactérias
Biologia: BactériasBiologia: Bactérias
Biologia: Bactérias
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Protozoarios
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Helmintos (1)
Helmintos (1)Helmintos (1)
Helmintos (1)
 
Parasitoses
ParasitosesParasitoses
Parasitoses
 
Parasitoses humanas
Parasitoses humanasParasitoses humanas
Parasitoses humanas
 
Teníase
TeníaseTeníase
Teníase
 
Aula de enterobius vermicularis
Aula de  enterobius vermicularisAula de  enterobius vermicularis
Aula de enterobius vermicularis
 
AULA 4 - PARASITOLOGIA (HELMINTOS E PROTOZOÁRIOS).pptx
AULA 4 - PARASITOLOGIA (HELMINTOS E PROTOZOÁRIOS).pptxAULA 4 - PARASITOLOGIA (HELMINTOS E PROTOZOÁRIOS).pptx
AULA 4 - PARASITOLOGIA (HELMINTOS E PROTOZOÁRIOS).pptx
 

Destaque (20)

Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Leishmaniose
LeishmanioseLeishmaniose
Leishmaniose
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Leishmaniose
Leishmaniose Leishmaniose
Leishmaniose
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Aula leishmaniose
Aula leishmanioseAula leishmaniose
Aula leishmaniose
 
Leishmaniose
LeishmanioseLeishmaniose
Leishmaniose
 
Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral
 
Doença de chagas
Doença de chagas Doença de chagas
Doença de chagas
 
Malária
MaláriaMalária
Malária
 
Reino monera
Reino moneraReino monera
Reino monera
 
Síndromes - GENÉTICA
Síndromes - GENÉTICASíndromes - GENÉTICA
Síndromes - GENÉTICA
 
Malária: educação em saúde, um plano de ação na subprefeitura de Parelheiros
Malária: educação em saúde, um plano de ação na subprefeitura de ParelheirosMalária: educação em saúde, um plano de ação na subprefeitura de Parelheiros
Malária: educação em saúde, um plano de ação na subprefeitura de Parelheiros
 
Posse ou guarda responsável
Posse ou guarda responsávelPosse ou guarda responsável
Posse ou guarda responsável
 
Reinos monera, proctista e fungi
Reinos monera, proctista e fungiReinos monera, proctista e fungi
Reinos monera, proctista e fungi
 
Reinos: Monera, Fungi e Protista
Reinos: Monera, Fungi e ProtistaReinos: Monera, Fungi e Protista
Reinos: Monera, Fungi e Protista
 
Reino protoctista e Protozooses
Reino protoctista e ProtozoosesReino protoctista e Protozooses
Reino protoctista e Protozooses
 

Semelhante a Protozooses (20)

Proto
ProtoProto
Proto
 
Parasitologia - Leishmaniose cutânea e visceral
Parasitologia - Leishmaniose cutânea e visceralParasitologia - Leishmaniose cutânea e visceral
Parasitologia - Leishmaniose cutânea e visceral
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Protozooses
Protozooses Protozooses
Protozooses
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Reino protista: protozoarios
Reino protista: protozoariosReino protista: protozoarios
Reino protista: protozoarios
 
Marcelo Brilhante Reino Protista
Marcelo Brilhante   Reino ProtistaMarcelo Brilhante   Reino Protista
Marcelo Brilhante Reino Protista
 
PARASITOLOGIA.pdf
PARASITOLOGIA.pdfPARASITOLOGIA.pdf
PARASITOLOGIA.pdf
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino ProtistaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
 
Reino protista protozoarios
Reino protista protozoariosReino protista protozoarios
Reino protista protozoarios
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Parasitismo
ParasitismoParasitismo
Parasitismo
 
Aula protista
Aula protistaAula protista
Aula protista
 
Parasito Vetores
Parasito VetoresParasito Vetores
Parasito Vetores
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino animal
Reino animalReino animal
Reino animal
 
Leishiimania arruda, c & leite, b.c.
Leishiimania arruda, c & leite, b.c.Leishiimania arruda, c & leite, b.c.
Leishiimania arruda, c & leite, b.c.
 

Último

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 

Protozooses

  • 1.
  • 2. Disenteria amébica - Segundo a OMS, há 50 milhões de novas infecções por ano e 70.000 mortes; Giardíase- Na Europa as taxas de infecção são de menos de 5%, mas nos países em desenvolvimento, particularmente tropicais, podem chegar aos 50% da população. Os grupos de risco, como todas as infecções de transmissão oral-anal, incluem pessoas que vivem em más condições de higiene e crianças pequenas. Doença de Chagas- Atinge principalmente as populações rurais pobres. Leishmaniose- Trata-se de uma doença que acompanha o homem desde tempos remotos e que tem apresentado, nos últimos 20 anos, um aumento do número de casos e ampliação de sua ocorrência geográfica, sendo encontrada atualmente em todos os Estados brasileiros, sob diferentes perfis epidemiológicos. Estima-se que, entre 1985 e 2003, ocorreram 523.975 casos autóctones, a sua maior parte nas regiões Nordeste e Norte do Brasil. A Malária mata 3 milhões de pessoas por ano, uma taxa só comparável à da SIDA/AIDS; Toxoplasmose- Existe em todo o mundo. Mais de metade da população, mesmo em países desenvolvidos, tem anticorpos específicos contra o parasita, o que significa que está ou já esteve infectada; Por que estudar protozoozes?
  • 3.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.  
  • 10.
  • 12.
  • 13.  
  • 14.
  • 15.
  • 16.  
  • 18.
  • 20.
  • 21.  
  • 22.
  • 24.
  • 25.
  • 27.  
  • 28.
  • 29.
  • 30. Picada do barbeiro e fezes na pele do hospedeiro vertebrado Fezes com formas tripomastigotas caem no sangue do vertebrado Entrada nas fibras musculares Transformação para amastigotas Mitoses Algumas amastigotas saem das céls., caem no sangue e se transformam em tripomastigotas Liberação de epimastigotas nas fezes Divisões celulares das epimastigotas Transformação para epimastigotas no trato digestivo do barbeiro Picada e defecação Picada Homem Barbeiro
  • 31.  
  • 32.  
  • 33.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.  
  • 40.
  • 41. Inoculação de formas promastigotas na corrente sanguínea do vertebrado Promastigotas penetram em macrófagos e se transformam em amastigotas Várias divisões celulares e liberação de amastigotas na corrente sanguínea Migração de promastigotas para glândula salivar do flebotomíneo No intestino do flebotomíneo amastigotas se transformam em promastigotas Várias divisões celulares Ingestão de macrófagos infectados Homem Lutzomya Picada Picada
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48. FORMAS DE REPRODUÇÃO DO PLASMODIUM Esquizogonia (divisão múltipla): um núcleo sofre várias mitoses e após isso o citoplasma de divide em várias células – reprodução assexuada, ocorre no hospedeiro intermediário (homem)
  • 49. FORMAS DE REPRODUÇÃO DO PLASMODIUM Fecundação R! Esporogonia: fusão do gameta feminino com o masculino formando o zigoto. Após várias meioses são liberados esporozoítos. Reprodução sexuada – hospedeiro definitivo ( Anopheles ) Gametas
  • 50.
  • 51. Inoculação de esporozoítos no sangue do vertebrado Invasão dos hepatócitos – trofozoítos Esquizogonia e liberação de merozoítos Invasão das hemácias – trofozoítos Esquizogonia, liberação de merozoítos e gametócitos Ingestão de sangue do vertebrado contendo merozoítos e gametócitos Formação dos macro e microgametas Fecundação, esporogonia e liberação de esporozoítos no intestino do mosquito Migração dos esporozoítos para glândula salivar do mosquito Homem Anopheles Picada Picada Ciclo exo-eritrocítico Ciclo eritrocítico
  • 52.  
  • 53.  
  • 54.