SlideShare uma empresa Scribd logo
POSSE OU GUARDA
 RESPONSÁVEL.
    O QUE É ISSO?
Ao domesticar o cão e o gato, há milhares
de anos, o homem tornou-se responsável
pelo bem-estar desses animais.
Conviver com um bicho de estimação é um
privilégio e pode mudar nossa
Vida para muito melhor.
No entanto alguns cuidados devem ser
observados para que essa relação seja
realmente harmoniosa e feliz.
Posse ou guarda responsável de cães
               e gatos.
• A posse responsável de animais de estimação, traduz o
  exercício consciente e edificante da cidadania, a
  educação e os hábitos culturais diferenciados de uma
  sociedade.
• O termo posse responsável é um conjunto de
  atitudes que o proprietário deverá ter no decorrer
  de toda a vida do animal: cuidados com a
  alimentação, vermifugação, vacinação, proteção
  contra ectoparasitas (pulgas e carrapatos), higiene,
  lazer, assistência veterinária, dentre outras. A
  posse Responsável é um direito assegurado pela Lei
  de posse Responsável.
O direito de possuir um animal de estimação acarreta obrigações ao seu
dono. Esse dever do cidadão chama-se POSSE OU GUARDA RESPONSÁVEL, e
                       os principais são os seguintes:


•     Identifique seu animal
    Esta simples providência pode ser a solução no
    caso de seu cão, gato ou ave se perder. Coloque
    em uma plaquinha metálica seu nome e telefone
    em uma coleira. Certamente a pessoa que
    encontrar um animal assim identificado irá
    imediatamente entrar em contato com você.
Tenha fotos de seu animal de estimação



Sempre que possível tire fotos
atualizadas de seu animal. Na
eventualidade de precisar imprimir
folhetos ou cartazes será mais fácil para
a pessoa que o encontrar identificar seu
                 animal.
Mantenha portões fechados e cercas bem
               cuidadas

A    grande    maioria     de    casos    de
desaparecimento de animais domésticos são
causados por simples distração de seus donos
ou das pessoas da casa ao manter portas e
portões abertos. Buracos em cercas também
devem             ser           consertados.
Leve seu cão ou gato na guia




Ao sair para passear ou para levar seu pet ao
veterinário, procure sempre levá-lo na coleira
com guia. Cães e gatos, ao sair de seu
ambiente, podem se sentir desorientados e
assim escapar do controle de seu dono.
Cuidados             nas            viagens



Atenção redobrada deve ser observada nas
viagens com cães e gatos. Em viagens de
férias, tenha certeza que seu pet terá um
lugar adequado e seguro para ficar. Animais
desaparecidos em viagens são mais comuns
que se possa supor e sua recuperação é
mais        trabalhosa      e        difícil.
Quando for viajar para lugares onde não é possível
levá-lo com você, deixe-o com um parente ou
amigo ou peça que cuidem dele na sua ausência.
Em último caso, leve-o em um bom hotel, onde não
fique confinado e receba atenção.
Considere a possibilidade de adestrar seu
 cão. Cães adestrados dificilmente se
                 perdem.


Conforme seus padrões de comportamento e a
forma como forem adestrados, podem resultar
relacionamentos positivos ou gerar problemas
de difícil solução.
CASTRAÇÃO DE CÃES E GATOS

• Na ocasião certa, procure um veterinário para se
aconselhar a respeito do castramento de seu animal.
Cães, e especialmente os gatos, se tornam mais
"caseiros"       ao         serem        castrados.


Caso seu bichinho ainda não tenha sido esterilizado,
providencie a esterilização o mais rapidamente
possível. Dessa forma, você evitará crias
indesejadas e estará contribuindo para pôr um fim
ao ciclo de abandono de animais.
Guarde bem seu pet nas ocasiões comemorativas,
como São João e festas de fim de ano, quando os
barulhos de fogos desorientam os animais, que podem
correr                 sem                  destino.

           Guarde bem seu pet nas ocasiões
           comemorativas, como São João e festas de fim
           de ano, quando os barulhos de fogos
           desorientam os animais, que podem correr
           sem destino.
vermifugação.

Vermifugue regulamente seu animal de estimação
de 6 em 6 meses, seguindo orientação do médico
                  veterinário.
A vermifugação inicial e periódica é muito
importante a fim de evitar inúmeras
verminoses, que além de trazerem sérios
danos a saúde do animal (anemia, perda do
apetite, etc.) podem representar perigo aos
seres humanos, por se tratarem de zoonoses
(bicho     geográfico,   giardíase,    etc.).
VACINAÇÃO.
Manter a vacinação do seu animal
de estimação em dia, para evitar
uma série de doenças graves do
seu                  amiguinho.
A vacinação dos cães protege contra diversas
doenças como a Cinomose, Hepatite Infecciosa,
Leptospirose    (4    diferentes     sorovares),
Parainfluenza, Coronavirose, Parvovirose e
Raiva, e a vacinação dos gatos protege contra
Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicevirose,
Clamidiose, Leucemia Felina e Raiva.
CUIDADOS DE HIGIENE
Aplicar antipulga/carrapaticida pelo
menos a cada 02(dois) meses.
Banhos semanais no verão e
quinzenais     no   inverno.
Limpar        os     ouvidos
semanalmente.
ALIMENTAÇÃO.
A ração balanceada, deve ser
fornecida 03 a 04 vezes ao dia até os
06 meses de idade. Após seis meses,
02        vezes        ao        dia.
Usar comedouro limpo para água,
sempre com água fresca e filtrada à
              vontade.
ATENÇÃO PSICOLÓGICA.

 Levá-lo para passear, exercitá-lo.
Conversar com ele, dar-lhe atenção.
Oferecer    ossinhos     de     couro
comestíveis e brinquedos de morder.
Não acorrentá-lo, ou deixá-lo fechado
em espaço de pouca luz e ventilação.
Eduque as crianças para respeitar o amigão da casa.
Não as deixe bater, morder, chutar, torcer, puxar
ou jogar o animal contra paredes, de escadas e de
janelas. Muitos animais que ferem crianças foram
agredidos primeiro e só estavam se defendendo.
A satisfação por cuidar de um animal de estimação
leva adultos e crianças a ampliarem seus
conhecimentos em outras áreas afetivas, como
sentimentos        de       proteção,     carinho,
responsabilidade, paciência, interferindo e
melhorando         as      relações     humanas.
LEI DE POSSE RESPONSÁVEL.

É UMA LEI SUBSTITUTIVA AO
PROJETO DE LEI Nº 121 DE 1999.

AUTOR DA LEI: Deputado Federal CUNHA BUENO (PPB/SP).

RELATOR: Deputado Federal Eduardo Paes


 AINDA AGUARDANDO APROVAÇÃO DA CÂMARA FEDERAL
Dez Mandamentos da Posse
    Responsável de Cães e Gatos
1. Antes de adquirir um animal, considere que seu tempo
   médio de vida é de 12 anos. Pergunte à família se todos
   estão de acordo, se há recursos necessários para mantê-lo
   e verifique quem cuidará dele nas férias ou em feriados
   prolongados.
2. Adote animais de abrigos públicos e privados
   (vacinados e castrados), em vez de comprar por impulso.
3. Informe-se sobre as características e necessidades da
   espécie escolhida: tamanho, peculiaridades, espaço físico.
4. Mantenha o seu animal sempre dentro de casa, jamais
   solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais,
   mas apenas com coleira/guia e conduzido por quem possa
   contê-lo.
5. Cuide da saúde física do animal. Forneça abrigo,
alimento, vacinas e leve-o regularmente ao
veterinário. Dê banho, escove-o e exercite-o
regularmente.
6. Zele pela saúde psicológica do animal. Dê
atenção,
carinho e ambiente adequado a ele.
7. Eduque o animal, se necessário, por meio de
adestramento, mas respeite suas características.
8. Recolha e jogue os dejetos (cocô) em local
apropriado.
9. Identifique o animal com plaqueta e registre-o
no Centro de Controle de Zoonoses ou similar,
informando-se sobre a legislação do local.
Também é recomendável uma identificação
Permanente (microchip ou tatuagem).
10. Evite as crias indesejadas de cães e gatos.
Castre os machos e fêmeas. A castração é a
única medida definitiva no controle da
procriação e não tem contra-indicações.
OBRIGADO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdfAULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
Aldrin83
 
Como atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacadoComo atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacado
Carolina Trochmann
 
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalIntrodução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Marília Gomes
 
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
JesusCo1908
 
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
Janyedja Carvalho de Andrade
 
Manejo animais silvestres
Manejo animais silvestresManejo animais silvestres
Manejo animais silvestres
claudioyudi
 
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSAPrograma Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
Gislaine Serino
 
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃONUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
HenriqueKanada
 
Veterinária
VeterináriaVeterinária
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
Celso LS
 
Cuidados com seu animal
Cuidados com seu animalCuidados com seu animal
Cuidados com seu animal
Priscila Miguel Forner
 
Cartilha educar para proteger guarda responsável que bicho é esse
Cartilha educar para proteger  guarda responsável que bicho é esseCartilha educar para proteger  guarda responsável que bicho é esse
Cartilha educar para proteger guarda responsável que bicho é esse
pedagogicosjdelrei
 
Aula 08 - Controle de Vetores.pptx
Aula 08 - Controle de Vetores.pptxAula 08 - Controle de Vetores.pptx
Aula 08 - Controle de Vetores.pptx
GrazieliSiqueira1
 
Bubalinocultura
BubalinoculturaBubalinocultura
Bubalinocultura
Amanda Souza
 
FELV atualizada 2022
FELV atualizada 2022FELV atualizada 2022
FELV atualizada 2022
Carolina Trochmann
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
Killer Max
 
Cartilha do mp sobre proteção animal
Cartilha do mp sobre proteção animalCartilha do mp sobre proteção animal
Cartilha do mp sobre proteção animal
ulissesporto
 
Gatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatosGatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatos
Angelina Cambrige
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
Raquel Jóia
 
Caes e gatos
Caes e gatosCaes e gatos
Caes e gatos
Sarah Lemes
 

Mais procurados (20)

AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdfAULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
AULA 2 - BEM-ESTAR ANIMAL.pdf
 
Como atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacadoComo atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacado
 
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalIntrodução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
 
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
 
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
10 doencas infecciosas.ppt-_modo_de_compatibilidade_
 
Manejo animais silvestres
Manejo animais silvestresManejo animais silvestres
Manejo animais silvestres
 
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSAPrograma Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
Programa Nacional de Seguridade Aviaria - PNSA
 
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃONUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
NUTRIÇÃO ANIMAL INTRODUÇÃO
 
Veterinária
VeterináriaVeterinária
Veterinária
 
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
Cartilha Pet - Guarda responsável, ensinando o respeito à vida e aos direitos...
 
Cuidados com seu animal
Cuidados com seu animalCuidados com seu animal
Cuidados com seu animal
 
Cartilha educar para proteger guarda responsável que bicho é esse
Cartilha educar para proteger  guarda responsável que bicho é esseCartilha educar para proteger  guarda responsável que bicho é esse
Cartilha educar para proteger guarda responsável que bicho é esse
 
Aula 08 - Controle de Vetores.pptx
Aula 08 - Controle de Vetores.pptxAula 08 - Controle de Vetores.pptx
Aula 08 - Controle de Vetores.pptx
 
Bubalinocultura
BubalinoculturaBubalinocultura
Bubalinocultura
 
FELV atualizada 2022
FELV atualizada 2022FELV atualizada 2022
FELV atualizada 2022
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
 
Cartilha do mp sobre proteção animal
Cartilha do mp sobre proteção animalCartilha do mp sobre proteção animal
Cartilha do mp sobre proteção animal
 
Gatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatosGatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatos
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
 
Caes e gatos
Caes e gatosCaes e gatos
Caes e gatos
 

Destaque

Slides - Posse responsável de animais domésticos
Slides -  Posse responsável de animais domésticosSlides -  Posse responsável de animais domésticos
Slides - Posse responsável de animais domésticos
karinevidoto
 
Cartilha posseresponsavel
Cartilha posseresponsavelCartilha posseresponsavel
Cartilha posseresponsavel
cbcf2010
 
Posse responsavel 10 5 b ok
Posse responsavel 10 5 b okPosse responsavel 10 5 b ok
Posse responsavel 10 5 b ok
sylviampires
 
Trabalho de área de projecto
Trabalho de área de projectoTrabalho de área de projecto
Trabalho de área de projecto
rebeldes
 
Animais na pista risco iminente de acidentes
Animais na pista   risco iminente de acidentesAnimais na pista   risco iminente de acidentes
Animais na pista risco iminente de acidentes
Guy Valerio Barros dos Santos
 
Brief #3: Cãopanheiro Curitiba
Brief #3:  Cãopanheiro CuritibaBrief #3:  Cãopanheiro Curitiba
Brief #3: Cãopanheiro Curitiba
PontoPasta UFPR
 
Suinos
SuinosSuinos
Suinos
gepaunipampa
 
Castracao
CastracaoCastracao
Castracao
kennel
 
Direitos Reais, efeitos da posse
Direitos Reais, efeitos da posseDireitos Reais, efeitos da posse
Direitos Reais, efeitos da posse
Guido Cavalcanti
 
Case SEDA
Case SEDACase SEDA
Case SEDA
rafaelkoff
 
Civil IV - Da Posse
Civil IV - Da PosseCivil IV - Da Posse
Civil IV - Da Posse
direitoturmamanha
 
Civil IV - direitos reais
Civil IV - direitos reaisCivil IV - direitos reais
Civil IV - direitos reais
direitoturmamanha
 
Dietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
Dietas Caseiras para cães e gatos - SacavetDietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
Dietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
JulianaJeremias
 
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatos
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatosApresentação tendencias na nutrição caes e gatos
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatos
Joaozoo
 
Bem estar
Bem estarBem estar
Bem estar
Alice Andrioli
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Caso clinico plect
Caso clinico  plectCaso clinico  plect
Caso clinico plect
Abian Maquera
 
Existem cerca de 20
Existem cerca de 20Existem cerca de 20
Existem cerca de 20
Mensagens Virtuais
 
Causa animal larissa 11 mp
Causa animal larissa 11 mpCausa animal larissa 11 mp
Causa animal larissa 11 mp
alemisturini
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Destaque (20)

Slides - Posse responsável de animais domésticos
Slides -  Posse responsável de animais domésticosSlides -  Posse responsável de animais domésticos
Slides - Posse responsável de animais domésticos
 
Cartilha posseresponsavel
Cartilha posseresponsavelCartilha posseresponsavel
Cartilha posseresponsavel
 
Posse responsavel 10 5 b ok
Posse responsavel 10 5 b okPosse responsavel 10 5 b ok
Posse responsavel 10 5 b ok
 
Trabalho de área de projecto
Trabalho de área de projectoTrabalho de área de projecto
Trabalho de área de projecto
 
Animais na pista risco iminente de acidentes
Animais na pista   risco iminente de acidentesAnimais na pista   risco iminente de acidentes
Animais na pista risco iminente de acidentes
 
Brief #3: Cãopanheiro Curitiba
Brief #3:  Cãopanheiro CuritibaBrief #3:  Cãopanheiro Curitiba
Brief #3: Cãopanheiro Curitiba
 
Suinos
SuinosSuinos
Suinos
 
Castracao
CastracaoCastracao
Castracao
 
Direitos Reais, efeitos da posse
Direitos Reais, efeitos da posseDireitos Reais, efeitos da posse
Direitos Reais, efeitos da posse
 
Case SEDA
Case SEDACase SEDA
Case SEDA
 
Civil IV - Da Posse
Civil IV - Da PosseCivil IV - Da Posse
Civil IV - Da Posse
 
Civil IV - direitos reais
Civil IV - direitos reaisCivil IV - direitos reais
Civil IV - direitos reais
 
Dietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
Dietas Caseiras para cães e gatos - SacavetDietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
Dietas Caseiras para cães e gatos - Sacavet
 
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatos
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatosApresentação tendencias na nutrição caes e gatos
Apresentação tendencias na nutrição caes e gatos
 
Bem estar
Bem estarBem estar
Bem estar
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Caso clinico plect
Caso clinico  plectCaso clinico  plect
Caso clinico plect
 
Existem cerca de 20
Existem cerca de 20Existem cerca de 20
Existem cerca de 20
 
Causa animal larissa 11 mp
Causa animal larissa 11 mpCausa animal larissa 11 mp
Causa animal larissa 11 mp
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 

Semelhante a Posse ou guarda responsável

Mª Esmeralda - Associação de Animais
Mª Esmeralda - Associação de AnimaisMª Esmeralda - Associação de Animais
Mª Esmeralda - Associação de Animais
efaparaiso
 
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp021230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
Pelo Siro
 
MªEsmeralda.. -
MªEsmeralda.. - MªEsmeralda.. -
MªEsmeralda.. -
efaparaiso
 
Posse reponsável 03 5 b ok
Posse reponsável 03 5 b okPosse reponsável 03 5 b ok
Posse reponsável 03 5 b ok
sylviampires
 
Página 09
Página 09Página 09
Página 09
Rogerio Catanese
 
1230404078 tratamento animal
1230404078 tratamento animal1230404078 tratamento animal
1230404078 tratamento animal
Pelo Siro
 
Abandono de Animais
Abandono de AnimaisAbandono de Animais
Abandono de Animais
Mundo dos Animais
 
Posse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c okPosse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c ok
sylviampires
 
Posse responsável 19 5 b ok
Posse responsável  19 5 b okPosse responsável  19 5 b ok
Posse responsável 19 5 b ok
sylviampires
 
Defesa dos animais
Defesa dos animaisDefesa dos animais
Defesa dos animais
capitaorobi
 
Dia mundial do animal
Dia mundial do animalDia mundial do animal
Dia mundial do animal
Espaço Emrc
 
Posse responsável 15 5 c ok
Posse responsável  15 5 c okPosse responsável  15 5 c ok
Posse responsável 15 5 c ok
sylviampires
 
Somos todos animais
Somos todos animaisSomos todos animais
Somos todos animais
Ajudajudar
 
Informativo amais fev 2013
Informativo amais fev 2013Informativo amais fev 2013
Informativo amais fev 2013
Lua Barros
 
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De SeguirExcelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
onealyqplolorsj
 
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do HomemO Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
Hospital Veterinário do Porto
 
Animais domésticos
Animais domésticosAnimais domésticos
Animais domésticos
Diana Marques
 
Animais domésticos
Animais domésticosAnimais domésticos
Animais domésticos
Diana Marques
 
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens DomesticosComo Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
jimenezlnzjixazgq
 
Divulgar adoção treinado
Divulgar adoção treinadoDivulgar adoção treinado
Divulgar adoção treinado
Luiz Fonseca
 

Semelhante a Posse ou guarda responsável (20)

Mª Esmeralda - Associação de Animais
Mª Esmeralda - Associação de AnimaisMª Esmeralda - Associação de Animais
Mª Esmeralda - Associação de Animais
 
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp021230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
1230404078tratamentoanimal 130723072327-phpapp02
 
MªEsmeralda.. -
MªEsmeralda.. - MªEsmeralda.. -
MªEsmeralda.. -
 
Posse reponsável 03 5 b ok
Posse reponsável 03 5 b okPosse reponsável 03 5 b ok
Posse reponsável 03 5 b ok
 
Página 09
Página 09Página 09
Página 09
 
1230404078 tratamento animal
1230404078 tratamento animal1230404078 tratamento animal
1230404078 tratamento animal
 
Abandono de Animais
Abandono de AnimaisAbandono de Animais
Abandono de Animais
 
Posse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c okPosse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c ok
 
Posse responsável 19 5 b ok
Posse responsável  19 5 b okPosse responsável  19 5 b ok
Posse responsável 19 5 b ok
 
Defesa dos animais
Defesa dos animaisDefesa dos animais
Defesa dos animais
 
Dia mundial do animal
Dia mundial do animalDia mundial do animal
Dia mundial do animal
 
Posse responsável 15 5 c ok
Posse responsável  15 5 c okPosse responsável  15 5 c ok
Posse responsável 15 5 c ok
 
Somos todos animais
Somos todos animaisSomos todos animais
Somos todos animais
 
Informativo amais fev 2013
Informativo amais fev 2013Informativo amais fev 2013
Informativo amais fev 2013
 
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De SeguirExcelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
Excelentes Dicas Sobre Os Caes Que Sao Faceis De Seguir
 
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do HomemO Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
O Comportamento Do CãO Em FunçãO Do Homem
 
Animais domésticos
Animais domésticosAnimais domésticos
Animais domésticos
 
Animais domésticos
Animais domésticosAnimais domésticos
Animais domésticos
 
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens DomesticosComo Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
Como Deixar Seu Cao De Mascar Em Itens Domesticos
 
Divulgar adoção treinado
Divulgar adoção treinadoDivulgar adoção treinado
Divulgar adoção treinado
 

Posse ou guarda responsável

  • 1. POSSE OU GUARDA RESPONSÁVEL. O QUE É ISSO?
  • 2. Ao domesticar o cão e o gato, há milhares de anos, o homem tornou-se responsável pelo bem-estar desses animais. Conviver com um bicho de estimação é um privilégio e pode mudar nossa Vida para muito melhor. No entanto alguns cuidados devem ser observados para que essa relação seja realmente harmoniosa e feliz.
  • 3. Posse ou guarda responsável de cães e gatos. • A posse responsável de animais de estimação, traduz o exercício consciente e edificante da cidadania, a educação e os hábitos culturais diferenciados de uma sociedade. • O termo posse responsável é um conjunto de atitudes que o proprietário deverá ter no decorrer de toda a vida do animal: cuidados com a alimentação, vermifugação, vacinação, proteção contra ectoparasitas (pulgas e carrapatos), higiene, lazer, assistência veterinária, dentre outras. A posse Responsável é um direito assegurado pela Lei de posse Responsável.
  • 4. O direito de possuir um animal de estimação acarreta obrigações ao seu dono. Esse dever do cidadão chama-se POSSE OU GUARDA RESPONSÁVEL, e os principais são os seguintes: • Identifique seu animal Esta simples providência pode ser a solução no caso de seu cão, gato ou ave se perder. Coloque em uma plaquinha metálica seu nome e telefone em uma coleira. Certamente a pessoa que encontrar um animal assim identificado irá imediatamente entrar em contato com você.
  • 5. Tenha fotos de seu animal de estimação Sempre que possível tire fotos atualizadas de seu animal. Na eventualidade de precisar imprimir folhetos ou cartazes será mais fácil para a pessoa que o encontrar identificar seu animal.
  • 6.
  • 7. Mantenha portões fechados e cercas bem cuidadas A grande maioria de casos de desaparecimento de animais domésticos são causados por simples distração de seus donos ou das pessoas da casa ao manter portas e portões abertos. Buracos em cercas também devem ser consertados.
  • 8.
  • 9. Leve seu cão ou gato na guia Ao sair para passear ou para levar seu pet ao veterinário, procure sempre levá-lo na coleira com guia. Cães e gatos, ao sair de seu ambiente, podem se sentir desorientados e assim escapar do controle de seu dono.
  • 10. Cuidados nas viagens Atenção redobrada deve ser observada nas viagens com cães e gatos. Em viagens de férias, tenha certeza que seu pet terá um lugar adequado e seguro para ficar. Animais desaparecidos em viagens são mais comuns que se possa supor e sua recuperação é mais trabalhosa e difícil.
  • 11. Quando for viajar para lugares onde não é possível levá-lo com você, deixe-o com um parente ou amigo ou peça que cuidem dele na sua ausência. Em último caso, leve-o em um bom hotel, onde não fique confinado e receba atenção.
  • 12.
  • 13. Considere a possibilidade de adestrar seu cão. Cães adestrados dificilmente se perdem. Conforme seus padrões de comportamento e a forma como forem adestrados, podem resultar relacionamentos positivos ou gerar problemas de difícil solução.
  • 14. CASTRAÇÃO DE CÃES E GATOS • Na ocasião certa, procure um veterinário para se aconselhar a respeito do castramento de seu animal. Cães, e especialmente os gatos, se tornam mais "caseiros" ao serem castrados. Caso seu bichinho ainda não tenha sido esterilizado, providencie a esterilização o mais rapidamente possível. Dessa forma, você evitará crias indesejadas e estará contribuindo para pôr um fim ao ciclo de abandono de animais.
  • 15.
  • 16. Guarde bem seu pet nas ocasiões comemorativas, como São João e festas de fim de ano, quando os barulhos de fogos desorientam os animais, que podem correr sem destino. Guarde bem seu pet nas ocasiões comemorativas, como São João e festas de fim de ano, quando os barulhos de fogos desorientam os animais, que podem correr sem destino.
  • 17. vermifugação. Vermifugue regulamente seu animal de estimação de 6 em 6 meses, seguindo orientação do médico veterinário. A vermifugação inicial e periódica é muito importante a fim de evitar inúmeras verminoses, que além de trazerem sérios danos a saúde do animal (anemia, perda do apetite, etc.) podem representar perigo aos seres humanos, por se tratarem de zoonoses (bicho geográfico, giardíase, etc.).
  • 18. VACINAÇÃO. Manter a vacinação do seu animal de estimação em dia, para evitar uma série de doenças graves do seu amiguinho.
  • 19. A vacinação dos cães protege contra diversas doenças como a Cinomose, Hepatite Infecciosa, Leptospirose (4 diferentes sorovares), Parainfluenza, Coronavirose, Parvovirose e Raiva, e a vacinação dos gatos protege contra Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicevirose, Clamidiose, Leucemia Felina e Raiva.
  • 20. CUIDADOS DE HIGIENE Aplicar antipulga/carrapaticida pelo menos a cada 02(dois) meses. Banhos semanais no verão e quinzenais no inverno. Limpar os ouvidos semanalmente.
  • 21.
  • 22. ALIMENTAÇÃO. A ração balanceada, deve ser fornecida 03 a 04 vezes ao dia até os 06 meses de idade. Após seis meses, 02 vezes ao dia. Usar comedouro limpo para água, sempre com água fresca e filtrada à vontade.
  • 23.
  • 24. ATENÇÃO PSICOLÓGICA. Levá-lo para passear, exercitá-lo. Conversar com ele, dar-lhe atenção. Oferecer ossinhos de couro comestíveis e brinquedos de morder. Não acorrentá-lo, ou deixá-lo fechado em espaço de pouca luz e ventilação.
  • 25. Eduque as crianças para respeitar o amigão da casa. Não as deixe bater, morder, chutar, torcer, puxar ou jogar o animal contra paredes, de escadas e de janelas. Muitos animais que ferem crianças foram agredidos primeiro e só estavam se defendendo. A satisfação por cuidar de um animal de estimação leva adultos e crianças a ampliarem seus conhecimentos em outras áreas afetivas, como sentimentos de proteção, carinho, responsabilidade, paciência, interferindo e melhorando as relações humanas.
  • 26.
  • 27. LEI DE POSSE RESPONSÁVEL. É UMA LEI SUBSTITUTIVA AO PROJETO DE LEI Nº 121 DE 1999. AUTOR DA LEI: Deputado Federal CUNHA BUENO (PPB/SP). RELATOR: Deputado Federal Eduardo Paes AINDA AGUARDANDO APROVAÇÃO DA CÂMARA FEDERAL
  • 28. Dez Mandamentos da Posse Responsável de Cães e Gatos 1. Antes de adquirir um animal, considere que seu tempo médio de vida é de 12 anos. Pergunte à família se todos estão de acordo, se há recursos necessários para mantê-lo e verifique quem cuidará dele nas férias ou em feriados prolongados. 2. Adote animais de abrigos públicos e privados (vacinados e castrados), em vez de comprar por impulso. 3. Informe-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida: tamanho, peculiaridades, espaço físico. 4. Mantenha o seu animal sempre dentro de casa, jamais solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira/guia e conduzido por quem possa contê-lo.
  • 29. 5. Cuide da saúde física do animal. Forneça abrigo, alimento, vacinas e leve-o regularmente ao veterinário. Dê banho, escove-o e exercite-o regularmente. 6. Zele pela saúde psicológica do animal. Dê atenção, carinho e ambiente adequado a ele. 7. Eduque o animal, se necessário, por meio de adestramento, mas respeite suas características. 8. Recolha e jogue os dejetos (cocô) em local apropriado.
  • 30. 9. Identifique o animal com plaqueta e registre-o no Centro de Controle de Zoonoses ou similar, informando-se sobre a legislação do local. Também é recomendável uma identificação Permanente (microchip ou tatuagem). 10. Evite as crias indesejadas de cães e gatos. Castre os machos e fêmeas. A castração é a única medida definitiva no controle da procriação e não tem contra-indicações.