SlideShare uma empresa Scribd logo
Semana de Administração Financeira
CRA-SP
Apresentação
O Mercado de Capitais é o Futuro
Ricardo Tadeu Martins
O Mercado de Capitais é o Futuro
Índice
Introdução Apimec SP
Mercado de Capitais Brasileiro
Crescimento no Brasil e no mundo, renda variável e fixa, dificuldades e desafios
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
Uma entidade de pessoas físicas, com fins técnicos, culturais e não lucrativos
Criada em 1971, é uma das seis regionais da Apimec Nacional
(MG, NE, DF, RJ, RS, SP)
Apimec Nacional é a certificadora e autorreguladora da profissão
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
Profissionais de investimentos concentrados, principalmente, nas atividades de
Analistas de Valores Mobiliários;
Analistas de crédito;
Consultores financeiros;
Gestores de renda variável;
Profissionais de financiamento;
Profissionais de fundos de pensão;
Profissionais de Relações com Investidores.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
Reuniões com empresas, setoriais
Seminários, painéis setoriais e temáticos e mesas-redondas;
Visitas aos parques fabris e de prestação de serviços;
Reuniões de Comissões Técnicas;
Curso de Introdução ao Mercado de Capitais;
Cursos de Qualificação e preparatórios para a Certificação
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
Certificação dos Profissionais de Investimento
Aferir a qualificação técnica e ética dos profissionais de investimentos que
atuam nos mercados financeiro e de capitais com o CNPI – Certificado Nacional
do Profissional de Investimento.
Criar e desenvolver um processo contínuo de reciclagem técnica, incluindo um
fórum de discussão amplo focando o aprimoramento dos profissionais de
investimentos.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
A Apimec Nacional foi autorizada pela CVM para ser a Entidade Credenciadora
responsável pela concessão da certificação que inclui, entre outras exigências, o
CNPI conferido através da aprovação em exames de qualificação para atender a
instrução CVM nº 483/10, que regulamenta a atividade de analista de valores
mobiliários, instituindo a certificação e a obrigatoriedade de credenciamento
dos analistas de valores mobiliários.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
O Programa de Certificação CNPI é parte integrante do Programa de Certificação
Internacional para Profissionais de Investimento da
ACIIA – Association of Certified International Investment Analysts
da qual a Apimec Nacional é fundadora juntamente com a
ASAF – Asian Securities Analysts e a
EFFAS – European Federation of Financial Analysts Societies,
que certificam os profissionais com o
CIIA – Certified International Investment Analyst.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Apimec SP
Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais – Regional São Paulo
Certificação dos Gestores dos Regimes Próprios de Previdência Social – CGRPPS
A Resolução nº 3.506/07 do CMN instituiu o Programa de Certificação dos
Gestores dos Regimes Próprios de Previdência Social, abrangendo cerca de dois
mil Regimes Próprios de Previdência Social.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Mercado de capitais e crescimento no Brasil e no mundo
Evidência internacional
Mercado de capitais é fator de crescimento econômico;
Mercado de ações no Brasil é pequeno e tem diminuído nos últimos anos; entre
74 países, a posição em dezembro de 2015:
53º - Capitalização de mercado (32,2%)
27º - Número de empresas listadas (2015 / 359)
5º - Valor médio de IPO (2013/2014) = US$ 411 milhões
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Investimento é fundamental para retomada do crescimento
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Modelo tradicional de financiamento de investimentos no Brasil é insustentável
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Correlação número de IPOs e Follow on e custo do Capital Próprio (WACC)
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Empresas de menor porte entram no mercado de divida
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Mercado de capitais captou 64% da poupança financeira, mas só 11,9%
aplicados em Títulos de Divida Corporativa
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Participação no financiamento das empresas é limitada
70% das empresas abertas são grandes - ROB acima de R$ 400 milhões;
Das empresas grandes apenas 7,4% são abertas e 9,0% emitem debêntures e notas
promissórias;
Mercado de capitais no financiamento do investimento privado: 9,6%; BNDES 11,2%;
Participação dos títulos de dívida corporativa no financiamento das empresas
cresceu 14,0% até 2011 e caiu para 11,5% em 2015; o BNDES tem 17,8%.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Principal fator que limita o acesso das empresas e o desenvolvimento do
mercado de capitais : altas taxas de juros da dívida pública, liquidez e baixo risco
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Investidor brasileiro investe pouco em renda variável
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Renda variável na carteira de fundos de investimento:
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Alta taxa de juros eleva custo de capital das empresas e prejudica utilização do
mercado de capitais como fonte de financiamento
Condições especialmente desfavoráveis inibem IPOs e novas emissões
Retorno das empresas cai abaixo do custo de capital
a. Políticas públicas: Petrobras, Eletrobras e etanol
b. Indústria : custos internos x valorização cambial
Expectativas de crescimento negativas
Cai número de empresas abertas; deslistagem supera IPOs
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Juros mais altos inibem mercado de dívida corporativa
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Crédito subsidiado aumenta diferencial de taxas BNDES em relação às de
debêntures e reduz seu volume de emissões
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Modelo tradicional de financiamento de longo prazo esgotado
Inviável do lado fiscal e economicamente ineficiente; tenta corrigir distorção
(juros altos) com mais distorção (subsidio fiscal);
Desafio é criar condições para participação predominante do mercado de
capitais no financiamento de longo prazo, inclusive de infraestrutura, em
sinergia com BNDES.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Setor público capta 72% do fluxo total de dívida
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Potencial de crescimento do mercado
Fundos de investimento de porte internacional (R$ 3,0 trilhões) apenas 9,1% em
ações, 7,0% títulos corporativos mas 66,4% de títulos públicos;
FIPs : indústria sofisticada e ativa:
- Grande potencial de multiplicação de empresas abertas; 700 empresas
receberam investimentos;
- Em condições favoráveis (2006-2007) 40% dos desinvestimentos via IPO;
potencial de 280 novas empresas abertas.
PME: isenção IR, emissão sem registro (ICVM 551); Bovespa Mais Nível 2 com
ações preferenciais.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Potencial de crescimento do mercado
Financiamento privado de infraestrutura
- Debêntures incentivadas de infraestrutura (Lei 12.431/2011): forte demanda
de pessoas físicas, prêmio de risco limitado, liquidez no secundário;
- Viabilizar “project finance”: mitigação de riscos; sinergia mercado de capitais,
BNDES, bancos privados, companhias de seguros; institucionais: revisão da
tributação, falta de “pipeline” ; mecanismos de liquidez no mercado secundário.
ICVM 476: emissão sem registro de títulos de dívida distribuição com esforços
restritos para S/As fechadas: crescimento de emissões.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Debêntures incentivadas de infraestrutura
+ Oportunidades para fundos estrangeiros e FIPs (Venture Capital e Private Equity)
+ Forte demanda pessoas físicas: demanda 2/3x maior oferta;
- Pequeno volume 2012 / 2015 (R$ 15 bilhões); prazos de vencimento;
- Compressão de spreads x NTN-B;
- Investidores institucionais não entraram;
- Dificuldade de avaliação de risco de crédito;
- Prêmio de risco insuficiente versus NTN-B;
- Falta de liquidez no mercado secundário;
- Falta de continuidade.
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Novo papel do Mercado de Capitais
Necessário: taxa de juros menores; ajuste fiscal; redução dívida / PIB;
Governança das estatais: reconstrução da confiança;
Grande potencial das grandes empresas:
- Governança e transparência próximas dos requisitos de mercado;
- Redução do custo de capital e redução da oferta de recursos subsidiados.
Mercado de divida corporativa é o primeiro passo para IPO;
PME:
- Extensão da Isenção IR PME com preferenciais;
- Papel dos FIPs e experiências internacionais;
Educação financeira
Estruturação do sistema de distribuição de TVM
O Mercado de Capitais é o Futuro
Mercado de Capitais Brasileiro
Não há mais condições para o Tesouro Nacional aumentar a dívida pública para
transferir recursos para o BNDES e oferecer financiamentos com taxas
subsidiadas.
Dadas as próprias limitações impostas pela característica dos recursos captados
pelos bancos comerciais, com prazos médios relativamente curtos, cabe ao
mercado de capitais compensar a redução da oferta de recursos de
longo prazo por parte do BNDES.
A recuperação do investimento é o principal fator para a superação do atual
ciclo recessivo e a retomada do crescimento da economia brasileira.
O Mercado de Capitais é o Futuro
OBRIGADO
Ricardo Tadeu Martins
Economista , Analista de Valores Mobiliários CNPI - Planner Corretora de Valores S.A.
rmartins@planner.com.br
Presidente - Apimec SP
ricardo.tadeu@apimecsp.com.br
Vice Presidente de Assuntos Técnicos - OEB - Ordem dos Economistas do Brasil
Conselheiro - Corecon SP - Conselho Regional de Economia
ricardo.rtm@hotmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 12
Aula 12Aula 12
Aula 12
fjnsilva
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
fjnsilva
 
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
BNDES
 
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du ChefProdução Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
wellinton sanos
 
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
Carlos Benjoino Bidu
 
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança NacionaisSistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
Luciano Pires
 
Mercado de capitais bovespa
Mercado de capitais bovespaMercado de capitais bovespa
Mercado de capitais bovespa
João Guthemberg
 
Apresentação institucional 11 2017
Apresentação institucional 11 2017Apresentação institucional 11 2017
Apresentação institucional 11 2017
cinthia_volpani
 
Abvcap
AbvcapAbvcap
Sfn
SfnSfn
Determinando o Valor Justo da AMBEV
Determinando o Valor Justo da AMBEVDeterminando o Valor Justo da AMBEV
Determinando o Valor Justo da AMBEV
ROBERTO BENTO
 
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar  - Planejamento Financeiro Pessoalinvesteducar  - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar Educacao Financeira
 
Aula 00 mercado_v01
Aula 00 mercado_v01Aula 00 mercado_v01
Aula 00 mercado_v01
Andrei Lima
 
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducarWorkshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
investeducar Educacao Financeira
 
Apresentação Institucional 4T09
Apresentação Institucional 4T09Apresentação Institucional 4T09
Apresentação Institucional 4T09
Kianne Paganini
 
Abc brasil fact_sheet2t13_port
Abc brasil fact_sheet2t13_portAbc brasil fact_sheet2t13_port
Abc brasil fact_sheet2t13_port
BancoABCRI
 
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeiraInvesteducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
investeducar Educacao Financeira
 
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
Banco ABC Brasil
 
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
Kianne Paganini
 
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeiraO mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
Carlos Benjoino Bidu
 

Mais procurados (20)

Aula 12
Aula 12Aula 12
Aula 12
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
 
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
 
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du ChefProdução Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
Produção Textual Hamburgueria Gourmet Du Chef
 
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as org...
 
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança NacionaisSistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
Sistema Financeiro e Níveis de Investimento e Poupança Nacionais
 
Mercado de capitais bovespa
Mercado de capitais bovespaMercado de capitais bovespa
Mercado de capitais bovespa
 
Apresentação institucional 11 2017
Apresentação institucional 11 2017Apresentação institucional 11 2017
Apresentação institucional 11 2017
 
Abvcap
AbvcapAbvcap
Abvcap
 
Sfn
SfnSfn
Sfn
 
Determinando o Valor Justo da AMBEV
Determinando o Valor Justo da AMBEVDeterminando o Valor Justo da AMBEV
Determinando o Valor Justo da AMBEV
 
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar  - Planejamento Financeiro Pessoalinvesteducar  - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
 
Aula 00 mercado_v01
Aula 00 mercado_v01Aula 00 mercado_v01
Aula 00 mercado_v01
 
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducarWorkshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
 
Apresentação Institucional 4T09
Apresentação Institucional 4T09Apresentação Institucional 4T09
Apresentação Institucional 4T09
 
Abc brasil fact_sheet2t13_port
Abc brasil fact_sheet2t13_portAbc brasil fact_sheet2t13_port
Abc brasil fact_sheet2t13_port
 
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeiraInvesteducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
Investeducar - Curso finanças pessoais - como organizar sua vida financeira
 
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre de 2007
 
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
Apresentação Reunião APIMEC SP 2011
 
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeiraO mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
O mercado financeiro e as principais formas de aplicação financeira
 

Semelhante a O Mercado de Capitais é o Futuro

Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
PAULOLEAL73
 
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
PAULOLEAL73
 
Brava Institucional
Brava InstitucionalBrava Institucional
Brava Institucional
Jair Lemes Gonçalves Neto
 
Apresentação Institucional 2T11
Apresentação Institucional 2T11Apresentação Institucional 2T11
Apresentação Institucional 2T11
Kianne Paganini
 
Apresentação Institucional 1T11
Apresentação Institucional 1T11Apresentação Institucional 1T11
Apresentação Institucional 1T11
Kianne Paganini
 
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008 Eduardo Rath Finger
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008  Eduardo Rath FingerApresentaçãO Apimec Agosto 2008  Eduardo Rath Finger
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008 Eduardo Rath Finger
apimec
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16
Kianne Paganini
 
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 379023º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
APEPREM
 
Apresentação Institucional - Dezembro 2017
Apresentação Institucional - Dezembro 2017Apresentação Institucional - Dezembro 2017
Apresentação Institucional - Dezembro 2017
bancoindustrialri
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16
Kianne Paganini
 
Abvcap guia pevc_out2013_v5
Abvcap guia pevc_out2013_v5Abvcap guia pevc_out2013_v5
Abvcap guia pevc_out2013_v5
Manuel Fernandes
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
Kianne Paganini
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
Kianne Paganini
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
Kianne Paganini
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
Kianne Paganini
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
Kianne Paganini
 
Programa detalhado cpa10_2017_1_
Programa detalhado cpa10_2017_1_Programa detalhado cpa10_2017_1_
Programa detalhado cpa10_2017_1_
Rodrigo Oliveira Furtado
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
Kianne Paganini
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
Kianne Paganini
 
Geralnews28fev
Geralnews28fevGeralnews28fev
Geralnews28fev
geralinvestimentos
 

Semelhante a O Mercado de Capitais é o Futuro (20)

Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
 
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu L...
 
Brava Institucional
Brava InstitucionalBrava Institucional
Brava Institucional
 
Apresentação Institucional 2T11
Apresentação Institucional 2T11Apresentação Institucional 2T11
Apresentação Institucional 2T11
 
Apresentação Institucional 1T11
Apresentação Institucional 1T11Apresentação Institucional 1T11
Apresentação Institucional 1T11
 
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008 Eduardo Rath Finger
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008  Eduardo Rath FingerApresentaçãO Apimec Agosto 2008  Eduardo Rath Finger
ApresentaçãO Apimec Agosto 2008 Eduardo Rath Finger
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16
 
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 379023º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
23º Encontro Regional | Politica de Investimentos Perante a Resolução 3790
 
Apresentação Institucional - Dezembro 2017
Apresentação Institucional - Dezembro 2017Apresentação Institucional - Dezembro 2017
Apresentação Institucional - Dezembro 2017
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16
 
Abvcap guia pevc_out2013_v5
Abvcap guia pevc_out2013_v5Abvcap guia pevc_out2013_v5
Abvcap guia pevc_out2013_v5
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
 
Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17Apresentação institucional 2 t17
Apresentação institucional 2 t17
 
Programa detalhado cpa10_2017_1_
Programa detalhado cpa10_2017_1_Programa detalhado cpa10_2017_1_
Programa detalhado cpa10_2017_1_
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
 
Geralnews28fev
Geralnews28fevGeralnews28fev
Geralnews28fev
 

Mais de Conselho Regional de Administração de São Paulo

Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SPResponsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃOCOMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistasWebinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no BrasilAdministrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimentoAmbiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Compliance no setor de energia
Compliance no setor de energiaCompliance no setor de energia
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiaresA tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia HospitalarDimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimentoAcolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Legislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e AmbientalLegislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e Ambiental
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafiosLogística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Como ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado esperaComo ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado espera
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Coaching em grupos
Coaching em gruposCoaching em grupos
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenárioAs organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 

Mais de Conselho Regional de Administração de São Paulo (20)

Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SPResponsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
 
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
 
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃOCOMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
 
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistasWebinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
 
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no BrasilAdministrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
 
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimentoAmbiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
 
Compliance no setor de energia
Compliance no setor de energiaCompliance no setor de energia
Compliance no setor de energia
 
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiaresA tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
 
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
 
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia HospitalarDimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
 
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimentoAcolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
 
Legislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e AmbientalLegislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e Ambiental
 
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafiosLogística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafios
 
Como ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado esperaComo ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado espera
 
Coaching em grupos
Coaching em gruposCoaching em grupos
Coaching em grupos
 
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
 
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
 
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
 
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenárioAs organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
 
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
 

O Mercado de Capitais é o Futuro

  • 1. Semana de Administração Financeira CRA-SP Apresentação O Mercado de Capitais é o Futuro Ricardo Tadeu Martins
  • 2. O Mercado de Capitais é o Futuro Índice Introdução Apimec SP Mercado de Capitais Brasileiro Crescimento no Brasil e no mundo, renda variável e fixa, dificuldades e desafios
  • 3. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo Uma entidade de pessoas físicas, com fins técnicos, culturais e não lucrativos Criada em 1971, é uma das seis regionais da Apimec Nacional (MG, NE, DF, RJ, RS, SP) Apimec Nacional é a certificadora e autorreguladora da profissão
  • 4. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo Profissionais de investimentos concentrados, principalmente, nas atividades de Analistas de Valores Mobiliários; Analistas de crédito; Consultores financeiros; Gestores de renda variável; Profissionais de financiamento; Profissionais de fundos de pensão; Profissionais de Relações com Investidores.
  • 5. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo Reuniões com empresas, setoriais Seminários, painéis setoriais e temáticos e mesas-redondas; Visitas aos parques fabris e de prestação de serviços; Reuniões de Comissões Técnicas; Curso de Introdução ao Mercado de Capitais; Cursos de Qualificação e preparatórios para a Certificação
  • 6. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo Certificação dos Profissionais de Investimento Aferir a qualificação técnica e ética dos profissionais de investimentos que atuam nos mercados financeiro e de capitais com o CNPI – Certificado Nacional do Profissional de Investimento. Criar e desenvolver um processo contínuo de reciclagem técnica, incluindo um fórum de discussão amplo focando o aprimoramento dos profissionais de investimentos.
  • 7. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo A Apimec Nacional foi autorizada pela CVM para ser a Entidade Credenciadora responsável pela concessão da certificação que inclui, entre outras exigências, o CNPI conferido através da aprovação em exames de qualificação para atender a instrução CVM nº 483/10, que regulamenta a atividade de analista de valores mobiliários, instituindo a certificação e a obrigatoriedade de credenciamento dos analistas de valores mobiliários.
  • 8. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo O Programa de Certificação CNPI é parte integrante do Programa de Certificação Internacional para Profissionais de Investimento da ACIIA – Association of Certified International Investment Analysts da qual a Apimec Nacional é fundadora juntamente com a ASAF – Asian Securities Analysts e a EFFAS – European Federation of Financial Analysts Societies, que certificam os profissionais com o CIIA – Certified International Investment Analyst.
  • 9. O Mercado de Capitais é o Futuro Apimec SP Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Regional São Paulo Certificação dos Gestores dos Regimes Próprios de Previdência Social – CGRPPS A Resolução nº 3.506/07 do CMN instituiu o Programa de Certificação dos Gestores dos Regimes Próprios de Previdência Social, abrangendo cerca de dois mil Regimes Próprios de Previdência Social.
  • 10. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Mercado de capitais e crescimento no Brasil e no mundo Evidência internacional Mercado de capitais é fator de crescimento econômico; Mercado de ações no Brasil é pequeno e tem diminuído nos últimos anos; entre 74 países, a posição em dezembro de 2015: 53º - Capitalização de mercado (32,2%) 27º - Número de empresas listadas (2015 / 359) 5º - Valor médio de IPO (2013/2014) = US$ 411 milhões
  • 11. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro
  • 12. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Investimento é fundamental para retomada do crescimento
  • 13. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Modelo tradicional de financiamento de investimentos no Brasil é insustentável
  • 14. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro
  • 15. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Correlação número de IPOs e Follow on e custo do Capital Próprio (WACC)
  • 16. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Empresas de menor porte entram no mercado de divida
  • 17. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Mercado de capitais captou 64% da poupança financeira, mas só 11,9% aplicados em Títulos de Divida Corporativa
  • 18. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Participação no financiamento das empresas é limitada 70% das empresas abertas são grandes - ROB acima de R$ 400 milhões; Das empresas grandes apenas 7,4% são abertas e 9,0% emitem debêntures e notas promissórias; Mercado de capitais no financiamento do investimento privado: 9,6%; BNDES 11,2%; Participação dos títulos de dívida corporativa no financiamento das empresas cresceu 14,0% até 2011 e caiu para 11,5% em 2015; o BNDES tem 17,8%.
  • 19. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Principal fator que limita o acesso das empresas e o desenvolvimento do mercado de capitais : altas taxas de juros da dívida pública, liquidez e baixo risco
  • 20. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Investidor brasileiro investe pouco em renda variável
  • 21. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Renda variável na carteira de fundos de investimento:
  • 22. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Alta taxa de juros eleva custo de capital das empresas e prejudica utilização do mercado de capitais como fonte de financiamento Condições especialmente desfavoráveis inibem IPOs e novas emissões Retorno das empresas cai abaixo do custo de capital a. Políticas públicas: Petrobras, Eletrobras e etanol b. Indústria : custos internos x valorização cambial Expectativas de crescimento negativas Cai número de empresas abertas; deslistagem supera IPOs
  • 23. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro
  • 24. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Juros mais altos inibem mercado de dívida corporativa
  • 25. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Crédito subsidiado aumenta diferencial de taxas BNDES em relação às de debêntures e reduz seu volume de emissões
  • 26. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Modelo tradicional de financiamento de longo prazo esgotado Inviável do lado fiscal e economicamente ineficiente; tenta corrigir distorção (juros altos) com mais distorção (subsidio fiscal); Desafio é criar condições para participação predominante do mercado de capitais no financiamento de longo prazo, inclusive de infraestrutura, em sinergia com BNDES.
  • 27. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Setor público capta 72% do fluxo total de dívida
  • 28. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Potencial de crescimento do mercado Fundos de investimento de porte internacional (R$ 3,0 trilhões) apenas 9,1% em ações, 7,0% títulos corporativos mas 66,4% de títulos públicos; FIPs : indústria sofisticada e ativa: - Grande potencial de multiplicação de empresas abertas; 700 empresas receberam investimentos; - Em condições favoráveis (2006-2007) 40% dos desinvestimentos via IPO; potencial de 280 novas empresas abertas. PME: isenção IR, emissão sem registro (ICVM 551); Bovespa Mais Nível 2 com ações preferenciais.
  • 29. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Potencial de crescimento do mercado Financiamento privado de infraestrutura - Debêntures incentivadas de infraestrutura (Lei 12.431/2011): forte demanda de pessoas físicas, prêmio de risco limitado, liquidez no secundário; - Viabilizar “project finance”: mitigação de riscos; sinergia mercado de capitais, BNDES, bancos privados, companhias de seguros; institucionais: revisão da tributação, falta de “pipeline” ; mecanismos de liquidez no mercado secundário. ICVM 476: emissão sem registro de títulos de dívida distribuição com esforços restritos para S/As fechadas: crescimento de emissões.
  • 30. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Debêntures incentivadas de infraestrutura + Oportunidades para fundos estrangeiros e FIPs (Venture Capital e Private Equity) + Forte demanda pessoas físicas: demanda 2/3x maior oferta; - Pequeno volume 2012 / 2015 (R$ 15 bilhões); prazos de vencimento; - Compressão de spreads x NTN-B; - Investidores institucionais não entraram; - Dificuldade de avaliação de risco de crédito; - Prêmio de risco insuficiente versus NTN-B; - Falta de liquidez no mercado secundário; - Falta de continuidade.
  • 31. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Novo papel do Mercado de Capitais Necessário: taxa de juros menores; ajuste fiscal; redução dívida / PIB; Governança das estatais: reconstrução da confiança; Grande potencial das grandes empresas: - Governança e transparência próximas dos requisitos de mercado; - Redução do custo de capital e redução da oferta de recursos subsidiados. Mercado de divida corporativa é o primeiro passo para IPO; PME: - Extensão da Isenção IR PME com preferenciais; - Papel dos FIPs e experiências internacionais; Educação financeira Estruturação do sistema de distribuição de TVM
  • 32. O Mercado de Capitais é o Futuro Mercado de Capitais Brasileiro Não há mais condições para o Tesouro Nacional aumentar a dívida pública para transferir recursos para o BNDES e oferecer financiamentos com taxas subsidiadas. Dadas as próprias limitações impostas pela característica dos recursos captados pelos bancos comerciais, com prazos médios relativamente curtos, cabe ao mercado de capitais compensar a redução da oferta de recursos de longo prazo por parte do BNDES. A recuperação do investimento é o principal fator para a superação do atual ciclo recessivo e a retomada do crescimento da economia brasileira.
  • 33. O Mercado de Capitais é o Futuro OBRIGADO Ricardo Tadeu Martins Economista , Analista de Valores Mobiliários CNPI - Planner Corretora de Valores S.A. rmartins@planner.com.br Presidente - Apimec SP ricardo.tadeu@apimecsp.com.br Vice Presidente de Assuntos Técnicos - OEB - Ordem dos Economistas do Brasil Conselheiro - Corecon SP - Conselho Regional de Economia ricardo.rtm@hotmail.com