SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Disciplina: Química
Profª: Alda Ernestina
16/04/2015
1
Pré-Vestibular Samora Machel
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Estrutura atômica e
distribuição eletrônica
Estrutura atômica
(-)
(+)
Eletrosfera
(sem
carga)
(p)
(e-
)
(n)
2
Partícula Localização Carga relativa Massa relativa
próton
nêutron
elétron
núcleo
núcleo
eletrosfera
+1
0
-1
1
1
1/1836
3 p
3 e-
4 n
3
No estado fundamental todo átomo é neutro (sem carga) : p = e-
10 p
10 e-
10 n
11 p
11 e-
12 n
X Símbolo do elemento
Z
A
Nº atômico = prótons
Nº de massa = prótons + nêutrons
Li
3
7
Na
11
23
Ne
10
20
Na
4
Formação de ÍONS
Quando um átomo neutro ganha ou perde um ou mais elétrons ele se torna um ÍON
Perda de 1e-
CÁTIONS
CÁTION – íon formado quando um átomo PERDE elétrons (camada de valência)
Apresenta carga (+), devido ao excesso de prótons
É menor que o átomo de origem
Na+
11 p
11 e-
12 n
11 p
10 e-
12 n
11
23
11
23
Carga iônica
Cl
5
Formação de ÍONS
Ganho de 1e-
ÂNION – íon formado quando um átomo GANHA elétrons
Apresenta carga (-), devido ao excesso de életrons
É maior que o átomo de origem
Cl-
17
35 17
35
ÂNIONS17 p
17 e-
18 n
17 p
18 e-
18 n
Isotopia, Isobaria e Isotonia
6
ISÓTOPOS - átomos de um mesmo elemento químico (mesmo Z)
que diferem pelo número de massa (A diferente)
EXEMPLOS:
1
1
H 2
1
H 3
1
H
Z = 1
A = 1
Z = 1
A = 2
Z = 1
A = 3
12
6
C
Z = 6
A = 12
Z = 6
A = 13
Z = 6
A = 14
6
C13 14
6
C
Z = A - N
7
ISÓBAROS - átomos de elementos diferentes (Z diferente)
que apresentam mesmo número de massa (A igual)
EXEMPLOS:
40
19
K 40
20
Ca
Z = 19
A = 40
Z = 20
A = 40
Z = 7
A = 14
Z = 6
A = 14
7
N14 14
6
C
40
18
Ar
Z = 18
A = 40
A = Z + N
8
ISÓTONOS - átomos de elementos diferentes (Z diferente)
que apresentam mesmo número de nêutrons (N igual)
EXEMPLOS:
40
20
Ca
Z = 20
A = 40
N = 20
Z = 5
A = 11
N = 6
Z = 6
A = 12
N = 6
5
B11 12
6
C
37
17
Cl
Z = 17
A = 37
N = 20
N = A - Z
9
ISOELETRÔNICOS - átomos e íons que apresentam o mesmo
número de elétrons (e-
igual)
EXEMPLOS:
16
8
O -2
Z = 8
A = 16
e- = 10
14
7
N -3
Z = 7
A = 14
e- = 10
19
9
F -
Z = 9
A = 19
e- = 10
20
10
Ne
Z = 10
A = 20
e- = 10
23
11
Na+
Z = 11
A = 23
e- = 10
VAMOS PRATICAR?
10
Cl
17
Cl
17
Qual a relação entre os átomos abaixo? (Isótopos, isóbaros ou isótonos)
I - 35 37
K
19
Ar
18
II - 40 40
Fe
56
Mn
25
II - 55 26
Isótopos
Isóbaros
N = A - Z
N = 55 – 25
N = 30
N = A - Z
N = 56 – 26
N = 30
Isótonos
VAMOS PRATICAR?
11
Um átomo X é isótopo de A (Z = 20 e A = 41) e isóbaro de B (Z = 22 e A = 44).
Podemos concluir que X tem:
a) 22 prótons
b) 24 nêutrons
c) 20 nêutrons
d) número de massa igual a 61
X A
20
41
B
22
44
20
44
N = A – Z
N = 44 – 20
N = 24 nêutrons
Distribuição Eletrônica por Camadas
12
Consiste na distribuição dos elétrons de um átomo, ao longo da eletrosfera,
observando-se que:
1° - a eletrosfera é dividida em um total de 7 camadas (ou níveis de energia)
2° - cada camada comporta um número máximo de elétrons
3° - os elétrons são distribuídos obedecendo-se os níveis de energia
ERRADO
K L M N O P Q
Camadas eletrônicas
13
Do núcleo para fora as camadas do átomo são representadas pelas letras
K L M N O P Q (ou 1 2 3 4 5 6 7)
Número máximo de elétrons
por camada
K = 2
L = 8
M = 18
N = 32
O = 32
P = 18
Q = 8
Distribuição eletrônica por camadas (níveis)
14
2 8 1
Br
35
Na
11
2 8 18
Os elétrons são colocados, inicialmente, nas camadas mais próximas ao
núcleo e somente ao completar uma camada, passa-se para a próxima.
7
K = 2
L = 8
M = 1
K = 2
L = 8
M = 18
N = 7
VAMOS PRATICAR?
15
Si
14
O
8
Faça a distribuição dos elétrons em camadas, para os seguintes átomos
K = 2
L = 6
K = 2
L = 8
M = 4
Ca
20
Kr
36
K = 2
L = 8
M = 18
N = 8
K = 2
L = 8
M = 10
Errado
A última camada não pode
ter mais de 8 elétrons
Quando isso acontecer, devemos colocar na mesma
camada 8 ou 18 elétrons e o restante vai pra
camada seguinte
Ca
20
K = 2
L = 8
M = 8
N = 2 Correto
Como surgiram os sub níveis de energia
16
Arnold Sommerfeld
1868 - 1951
Os elétrons de uma mesma camada não estão igualmente
distanciados do núcleo e por isso ocupam regiões diferentes e
apresentam energia diferente
Átomo de Bohr
Átomo de Sommerfeld
Orbital – é a região do átomo onde há a maior probabilidade de
se encontrar o elétron
Tipos de sub níveis
17
Os sub níveis existentes são de quatro tipos
s comporta até 2 e-
p comporta até 6 e-
d comporta até 10 e-
f comporta até 14 e-
Ordem de energia s < p < d < f
Elétrons de um mesmo subnível, têm a mesma energia
Distribuição em ordem crescente de energia
Diagrama de Pauling
18
K 1s
L 2s 2p
Q 7s 7p
M 3s 3p 3d
P 6s 6p 6d
N 4s 4p 4d 4f
O 5s 5p 5d 5f
2 e-
8 e-
18 e-
32 e-
32 e-
18 e-
8 e-
Linus Pauling
1901 - 1994
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5s 4d 5p 6s 4f 5d 6p 7s 5f 6d 7p
Linus Pauling
1901 - 1994
VAMOS PRATICAR?
19
2s2 2p6
3s2 3p3
Faça a distribuição eletrônica em níveis e sub níveis para os átomos a seguir
P
15
1s2
Ca
20
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
4s2
2s2 2p5
F
9
1s2
2s2 2p6
3s2 3p6
Ga
31
1s2
4s2
4s1
3d10
Camada de valência
Distribuição eletrônica em íons
20
2s2
2p6
Na+
11
1s2
Cl-
17
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
Ca+2
20
2s2 2p6
3s2 3p4
S-2
16
1s2
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
Informações a partir da distribuição
21
A distribuição eletrônica de um átomo nos fornece informações
Importantes tais como:
Quantidade de elétrons – soma de todos os elétrons
Período onde se localiza o elemento na tabela periódica – nº da
camada de valência
Família onde se localiza o elemento na tabela periódica – soma dos
elétrons da camada de valência
Ca
20
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
4s2
Família 2A
4° período
P
15
2s2 2p6
3s2 3p3
1s2
Família 5A
3° período
Qual é o elemento?
22
Descubra quais são os elementos a seguir
X
Z
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
4s2
Família 1A
5° período
3d10
4p6
5s1
Rb
37
Z = 37
Y
Z
2s2
2p3
1s2
2° período Família 5A
Z = 7
N
7
Elementos de transição
23
Período – número da última camada
Família – soma dos elétrons da última camada com os
últimos elétrons a ser distribuídos
Sc
21
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
4s2
Família 3B
4° período
3d1
Zn
30
2s2
2p6
1s2
4° período
Família 12B
3s2 3p6
4s2
3d10
24
Qual a posição dos seguintes metais de transição na
tabela períodica?
Mn
25
2s2 2p6
3s2 3p6
1s2
4s2
Família 7B
4° período
3d5
Nb
41
2s2
2p6
1s2
5° período
Família 5B
3s2 3p6
4s2
3d10
4p6
5s2
4d3
25
Faça a distribuição eletrônica e indique localização
dos seguintes elementos na tabela periódica:
S
16
As
33
Mg
12
Si
14
Cr
24
Pd
46
Ni
28
Tc
43

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Aula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicasAula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicas
 
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2) Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Lista de exercícios hidrocarbonetos
Lista de exercícios   hidrocarbonetosLista de exercícios   hidrocarbonetos
Lista de exercícios hidrocarbonetos
 
Forças intermoleculares
Forças intermoleculares Forças intermoleculares
Forças intermoleculares
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Substância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º anoSubstância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º ano
 
Quimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsQuimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEs
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 

Semelhante a Estrutura atômica e configuração eletrônica

Diagrama de Linus Pauling.pptx
Diagrama de Linus Pauling.pptxDiagrama de Linus Pauling.pptx
Diagrama de Linus Pauling.pptxJonathasAureliano1
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022SandroMendes25
 
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfDistribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfCarley Abreu
 
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanica
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanicaAula de Quimica -Do curso de engenharia mecanica
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanicaMarceloAugustoLeonez
 
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptx
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptxAula 3. Introdução às ligações quimicas.pptx
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptxNaira85
 
Atomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsAtomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsCarlos Priante
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Kelly Freitas
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestrecris_bastardis
 
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de paulingAula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de paulingColegio CMC
 

Semelhante a Estrutura atômica e configuração eletrônica (20)

Diagrama de Linus Pauling.pptx
Diagrama de Linus Pauling.pptxDiagrama de Linus Pauling.pptx
Diagrama de Linus Pauling.pptx
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
aula 1 ano 2.pdf
aula 1 ano 2.pdfaula 1 ano 2.pdf
aula 1 ano 2.pdf
 
Lista primeiros
Lista primeirosLista primeiros
Lista primeiros
 
Atomicidade
AtomicidadeAtomicidade
Atomicidade
 
ExercÍcios Vestibular
ExercÍcios   VestibularExercÍcios   Vestibular
ExercÍcios Vestibular
 
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022
Aula06 classificao peridica-parte-2cbm13012022
 
Estrutura do átomo
Estrutura do átomo Estrutura do átomo
Estrutura do átomo
 
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfDistribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
 
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanica
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanicaAula de Quimica -Do curso de engenharia mecanica
Aula de Quimica -Do curso de engenharia mecanica
 
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptx
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptxAula 3. Introdução às ligações quimicas.pptx
Aula 3. Introdução às ligações quimicas.pptx
 
Atomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsAtomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, Íons
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Aulas 6 a 16 - Atomística
Aulas 6 a 16 -  AtomísticaAulas 6 a 16 -  Atomística
Aulas 6 a 16 - Atomística
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestre
 
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de paulingAula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
 
9 tabela periodica
9   tabela periodica9   tabela periodica
9 tabela periodica
 
Propriedades periódicas
Propriedades periódicasPropriedades periódicas
Propriedades periódicas
 

Mais de Profª Alda Ernestina

Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoProfª Alda Ernestina
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Profª Alda Ernestina
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisProfª Alda Ernestina
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação Profª Alda Ernestina
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosProfª Alda Ernestina
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicasProfª Alda Ernestina
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicasProfª Alda Ernestina
 

Mais de Profª Alda Ernestina (20)

Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado  Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado
 
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
 
Aula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerizaçãoAula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerização
 
Reações de polimerização
Reações de polimerização Reações de polimerização
Reações de polimerização
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicos
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânica
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminação
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituição
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicas
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
 
Lista de exercicios revisão
Lista de exercicios   revisãoLista de exercicios   revisão
Lista de exercicios revisão
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicas
 

Último

MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 

Último (20)

MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 

Estrutura atômica e configuração eletrônica

  • 1. Disciplina: Química Profª: Alda Ernestina 16/04/2015 1 Pré-Vestibular Samora Machel Universidade Federal do Rio de Janeiro Estrutura atômica e distribuição eletrônica
  • 2. Estrutura atômica (-) (+) Eletrosfera (sem carga) (p) (e- ) (n) 2 Partícula Localização Carga relativa Massa relativa próton nêutron elétron núcleo núcleo eletrosfera +1 0 -1 1 1 1/1836
  • 3. 3 p 3 e- 4 n 3 No estado fundamental todo átomo é neutro (sem carga) : p = e- 10 p 10 e- 10 n 11 p 11 e- 12 n X Símbolo do elemento Z A Nº atômico = prótons Nº de massa = prótons + nêutrons Li 3 7 Na 11 23 Ne 10 20
  • 4. Na 4 Formação de ÍONS Quando um átomo neutro ganha ou perde um ou mais elétrons ele se torna um ÍON Perda de 1e- CÁTIONS CÁTION – íon formado quando um átomo PERDE elétrons (camada de valência) Apresenta carga (+), devido ao excesso de prótons É menor que o átomo de origem Na+ 11 p 11 e- 12 n 11 p 10 e- 12 n 11 23 11 23 Carga iônica
  • 5. Cl 5 Formação de ÍONS Ganho de 1e- ÂNION – íon formado quando um átomo GANHA elétrons Apresenta carga (-), devido ao excesso de életrons É maior que o átomo de origem Cl- 17 35 17 35 ÂNIONS17 p 17 e- 18 n 17 p 18 e- 18 n
  • 6. Isotopia, Isobaria e Isotonia 6 ISÓTOPOS - átomos de um mesmo elemento químico (mesmo Z) que diferem pelo número de massa (A diferente) EXEMPLOS: 1 1 H 2 1 H 3 1 H Z = 1 A = 1 Z = 1 A = 2 Z = 1 A = 3 12 6 C Z = 6 A = 12 Z = 6 A = 13 Z = 6 A = 14 6 C13 14 6 C Z = A - N
  • 7. 7 ISÓBAROS - átomos de elementos diferentes (Z diferente) que apresentam mesmo número de massa (A igual) EXEMPLOS: 40 19 K 40 20 Ca Z = 19 A = 40 Z = 20 A = 40 Z = 7 A = 14 Z = 6 A = 14 7 N14 14 6 C 40 18 Ar Z = 18 A = 40 A = Z + N
  • 8. 8 ISÓTONOS - átomos de elementos diferentes (Z diferente) que apresentam mesmo número de nêutrons (N igual) EXEMPLOS: 40 20 Ca Z = 20 A = 40 N = 20 Z = 5 A = 11 N = 6 Z = 6 A = 12 N = 6 5 B11 12 6 C 37 17 Cl Z = 17 A = 37 N = 20 N = A - Z
  • 9. 9 ISOELETRÔNICOS - átomos e íons que apresentam o mesmo número de elétrons (e- igual) EXEMPLOS: 16 8 O -2 Z = 8 A = 16 e- = 10 14 7 N -3 Z = 7 A = 14 e- = 10 19 9 F - Z = 9 A = 19 e- = 10 20 10 Ne Z = 10 A = 20 e- = 10 23 11 Na+ Z = 11 A = 23 e- = 10
  • 10. VAMOS PRATICAR? 10 Cl 17 Cl 17 Qual a relação entre os átomos abaixo? (Isótopos, isóbaros ou isótonos) I - 35 37 K 19 Ar 18 II - 40 40 Fe 56 Mn 25 II - 55 26 Isótopos Isóbaros N = A - Z N = 55 – 25 N = 30 N = A - Z N = 56 – 26 N = 30 Isótonos
  • 11. VAMOS PRATICAR? 11 Um átomo X é isótopo de A (Z = 20 e A = 41) e isóbaro de B (Z = 22 e A = 44). Podemos concluir que X tem: a) 22 prótons b) 24 nêutrons c) 20 nêutrons d) número de massa igual a 61 X A 20 41 B 22 44 20 44 N = A – Z N = 44 – 20 N = 24 nêutrons
  • 12. Distribuição Eletrônica por Camadas 12 Consiste na distribuição dos elétrons de um átomo, ao longo da eletrosfera, observando-se que: 1° - a eletrosfera é dividida em um total de 7 camadas (ou níveis de energia) 2° - cada camada comporta um número máximo de elétrons 3° - os elétrons são distribuídos obedecendo-se os níveis de energia ERRADO K L M N O P Q
  • 13. Camadas eletrônicas 13 Do núcleo para fora as camadas do átomo são representadas pelas letras K L M N O P Q (ou 1 2 3 4 5 6 7) Número máximo de elétrons por camada K = 2 L = 8 M = 18 N = 32 O = 32 P = 18 Q = 8
  • 14. Distribuição eletrônica por camadas (níveis) 14 2 8 1 Br 35 Na 11 2 8 18 Os elétrons são colocados, inicialmente, nas camadas mais próximas ao núcleo e somente ao completar uma camada, passa-se para a próxima. 7 K = 2 L = 8 M = 1 K = 2 L = 8 M = 18 N = 7
  • 15. VAMOS PRATICAR? 15 Si 14 O 8 Faça a distribuição dos elétrons em camadas, para os seguintes átomos K = 2 L = 6 K = 2 L = 8 M = 4 Ca 20 Kr 36 K = 2 L = 8 M = 18 N = 8 K = 2 L = 8 M = 10 Errado A última camada não pode ter mais de 8 elétrons Quando isso acontecer, devemos colocar na mesma camada 8 ou 18 elétrons e o restante vai pra camada seguinte Ca 20 K = 2 L = 8 M = 8 N = 2 Correto
  • 16. Como surgiram os sub níveis de energia 16 Arnold Sommerfeld 1868 - 1951 Os elétrons de uma mesma camada não estão igualmente distanciados do núcleo e por isso ocupam regiões diferentes e apresentam energia diferente Átomo de Bohr Átomo de Sommerfeld Orbital – é a região do átomo onde há a maior probabilidade de se encontrar o elétron
  • 17. Tipos de sub níveis 17 Os sub níveis existentes são de quatro tipos s comporta até 2 e- p comporta até 6 e- d comporta até 10 e- f comporta até 14 e- Ordem de energia s < p < d < f Elétrons de um mesmo subnível, têm a mesma energia Distribuição em ordem crescente de energia
  • 18. Diagrama de Pauling 18 K 1s L 2s 2p Q 7s 7p M 3s 3p 3d P 6s 6p 6d N 4s 4p 4d 4f O 5s 5p 5d 5f 2 e- 8 e- 18 e- 32 e- 32 e- 18 e- 8 e- Linus Pauling 1901 - 1994 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5s 4d 5p 6s 4f 5d 6p 7s 5f 6d 7p Linus Pauling 1901 - 1994
  • 19. VAMOS PRATICAR? 19 2s2 2p6 3s2 3p3 Faça a distribuição eletrônica em níveis e sub níveis para os átomos a seguir P 15 1s2 Ca 20 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 4s2 2s2 2p5 F 9 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 Ga 31 1s2 4s2 4s1 3d10 Camada de valência
  • 20. Distribuição eletrônica em íons 20 2s2 2p6 Na+ 11 1s2 Cl- 17 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 Ca+2 20 2s2 2p6 3s2 3p4 S-2 16 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2
  • 21. Informações a partir da distribuição 21 A distribuição eletrônica de um átomo nos fornece informações Importantes tais como: Quantidade de elétrons – soma de todos os elétrons Período onde se localiza o elemento na tabela periódica – nº da camada de valência Família onde se localiza o elemento na tabela periódica – soma dos elétrons da camada de valência Ca 20 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 4s2 Família 2A 4° período P 15 2s2 2p6 3s2 3p3 1s2 Família 5A 3° período
  • 22. Qual é o elemento? 22 Descubra quais são os elementos a seguir X Z 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 4s2 Família 1A 5° período 3d10 4p6 5s1 Rb 37 Z = 37 Y Z 2s2 2p3 1s2 2° período Família 5A Z = 7 N 7
  • 23. Elementos de transição 23 Período – número da última camada Família – soma dos elétrons da última camada com os últimos elétrons a ser distribuídos Sc 21 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 4s2 Família 3B 4° período 3d1 Zn 30 2s2 2p6 1s2 4° período Família 12B 3s2 3p6 4s2 3d10
  • 24. 24 Qual a posição dos seguintes metais de transição na tabela períodica? Mn 25 2s2 2p6 3s2 3p6 1s2 4s2 Família 7B 4° período 3d5 Nb 41 2s2 2p6 1s2 5° período Família 5B 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d3
  • 25. 25 Faça a distribuição eletrônica e indique localização dos seguintes elementos na tabela periódica: S 16 As 33 Mg 12 Si 14 Cr 24 Pd 46 Ni 28 Tc 43