SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
1 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 01
“Onda de calor mata mais de 120 pessoas na Ásia. A temperatura mais alta foi
registrada no distrito de Sibi, na Província do Baluquistão, no Paquistão, onde o calor
chegou a 52 oC...”.
Publicidade. Folha On-line, agosto, 2006.
Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u303366.shtml
Acesso em 04/09/2007.
A notícia ilustra as possíveis consequências do descaso com a natureza. A tabela a
seguir indica o ponto de fusão e o ponto de ebulição de algumas substâncias
presentes no nosso cotidiano.
Ponto de
fusão
(o
C)(1 atm.)
Ponto de
ebulição
(o
C)(1 atm.)
Éter
etílico
–116 34
Álcool –114 78
Naftaleno 80 217
Estas substâncias, quando expostas a mesma temperatura registrada no distrito de
Sibi (52ºC), apresentam-se, respectivamente, nos estados
(A) líquido, gasoso e líquido.
(B) gasoso, líquido e gasoso.
(C) líquido, gasoso e sólido.
(D) sólido, líquido e sólido.
(E) gasoso, líquido e sólido
Questão 02
Marte é permanentemente encoberto por calotas polares, em ambos os polos,
compostas, em sua maior parte, de dióxido de carbono. Durante o verão norte, o
dióxido de carbono sublima completamente, deixando uma camada residual de gelo
de água.
Esse processo que ocorre no verão norte para o dióxido de carbono pode ser
representado graficamente por:
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
2 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 03
A cola plástica é utilizada na reforma da lataria de carros e na colagem de peças de
granito, mármore e outras pedras de uso doméstico. Para a aplicação, a cola de
consistência pastosa composta de uma resina poliéster é misturada a 1% de massa
com um catalisador à base de peróxido de benzoíla, que pode ter consistência líquida
ou gel. Quando misturados, observa-se que, após alguns segundos, a mistura fica
quente e, em 5 a 10 minutos, ela torna-se sólida. Nesse processo, a característica da
reação química ocorrida na mistura e a propriedade física alterada no material são,
respectivamente,
(A) exotérmica e resistência mecânica.
(B) exotérmica e resistência elétrica.
(C) endotérmica e densidade de massa.
(D) endotérmica e condutividade térmica.
(E) endotérmica e condutividade elétrica.
Questão 04
A liofilização é uma técnica de secagem de materiais sob condições de baixas
temperatura e pressão. Nessas condições, a eliminação da água preserva a forma do
material e suas estruturas termossensíveis. Ao longo do processo, a temperatura os
materiais secados por liofilização destacam-se alguns tipos de vacinas que, uma vez
liofilizadas, têm seu prazo de validade aumentado, podendo ser transportadas para
regiões distantes com precárias condições técnicas de armazenagem.
O fenômeno físico da sublimação caracteriza-se pela transição do estado
a) sólido para o estado vapor.
b) vapor para o estado líquido.
c) sólido para o estado líquido.
d) líquido para o estado sólido.
e) líquido para o estado vapor.
Questão 05
A matéria existe, principalmente, em três estados físicos: sólido, líquido e gasoso. A
maior parte da matéria é constituída por mistura de substâncias. Cada substância
possui um conjunto único de propriedades físicas e químicas que pode ser utilizado
para identificá-la. O gráfico a seguir apresenta a curva de temperatura versus tempo
para três amostras materiais I, II e III, partindo do estado sólido no tempo t = 0. De
acordo com o gráfico, é correto afirmar que:
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
3 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
a) a amostra II apresenta temperatura de ebulição de 20 °C.
b) a amostra II aquece mais rápido que a amostra I.
c) à temperatura de 50 °C, a amostra I encontra-se no estado líquido.
d) as três amostras são exemplos de substâncias puras.
e) a amostra III não constitui uma substância pura por não manter as temperaturas de
fusão e ebulição constantes.
Questão 07
As transformações químicas são fundamentais na manutenção da vida e também nas
atividades humanas de modificação da natureza. Ocorre transformação química:
1. quando se mergulha um comprimido efervescente em água destilada.
2. quando se observa a diminuição de tamanho e posterior desaparecimento de uma
bolinha de naftalina em contato com o ar.
3. quando se produz ferro a partir do seus respectivos minérios
4. quando se lava com detergente uma superfície suja com óleo de cozinha.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente os itens 1 e 3 são verdadeiros.
b) Somente os itens 2 e 4 são verdadeiros.
c) Somente os itens 1 e 2 são verdadeiros.
d) Somente os itens 2, 3 e 4 são verdadeiros.
e) Os itens 1, 2, 3 e 4 são verdadeiros.
Questão 08
Assinale a alternativa incorreta.
A) Um sistema contendo água no estado líquido, óleo e cubos de gelo é constituído
por três fases e duas substâncias.
B) Uma solução aquosa não saturada de NaCl com cubos de gelo é constituída de duas
fases.
C) Ponto de fusão e densidade são propriedades de grande importância na análise da
pureza de amostras sólidas de substâncias conhecidas.
D) Uma amostra líquida passa para o estado de vapor somente ao atingir o seu ponto
de ebulição.
E) A formação da ferrugem é exemplo de fenômeno químico.
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
4 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 09
Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).
01) As temperaturas de fusão e ebulição de uma substância pura são constantes.
02) A solda usada em componentes eletrônicos (mistura de 38% de chumbo e 62% de
estanho, em massa) apresenta temperatura de fusão constante e temperatura de
ebulição variável. É um exemplo de mistura azeotrópica.
04) É mais fácil para uma pessoa boiar no mar de água salgada do que em um rio de
água doce, pois a presença do sal na água do mar diminui a densidade da água.
08) Um copo de água contendo pedras de gelo é um exemplo de uma mistura
heterogênea que apresenta duas fases.
16) A obtenção de água destilada a partir da água do mar envolve as mudanças de
estado vaporização e condensação.
Questão 10
Hidrogênio reage com nitrogênio formando amônia. A equação não balanceada que
representa essa transformação é:
H2(g) + N2(g) NH3(g)
Outra maneira de escrever essa equação química, mas agora balanceando-a e
representando as moléculas dos três gases, é:
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
5 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 11
uma aula de química, o professor colocou num copo de Becker 50 mL do solvente X,
50 mL do solvente Y e 200 mg do composto Z. Após agitação vigorosa, foi obtido o
sistema bifásico representado a seguir.
O composto Z havia sido retirado de uma prateleira em que só havia como reagentes
químicos o benzoato de sódio (C6H5COONa) e o benzoato de etila (C6H5COOCH2CH3).
A tabela mostra duas propriedades de solventes disponíveis que poderiam ter sido
utilizados nesse experimento.
Propriedades Solventes
Clorofórmio Etanol Hexano Água
Miscibilidade em
água
Praticamente
imiscível
Totalmente
miscível
Imiscível —
Densidade (g/mL) 1,48 0,71 0,66 1,00
Considerando-se os dados da tabela, os solventes X e Y e o composto Z utilizados no
experimento foram, respectivamente,
a) hexano, água e benzoato de etila.
b) água, hexano e benzoato de sódio.
c) clorofórmio, água e benzoato de sódio.
d) água, clorofórmio e benzoato de etila.
e) etanol, água e benzoato de sódio.
Questão 12
Uma amostra contendo 75,0 g de pequenos cristais de sulfato de cobre (CuSO4) ocupa
50,0 cm3
em uma proveta. Ao adicionarmos 50,0 cm3
de benzeno a esta proveta,
verifica-se que o volume final do sistema é de 83,0 cm3
.
Considerando que o sulfato de cobre é um sólido azul, insolúvel em benzeno e que
benzeno é um líquido incolor menos denso que o sulfato de cobre, a densidade da
substância sulfato de cobre é aproximadamente
a) 0,75 g/cm3
.
b) 0,90 g/cm3
.
c) 1,1 g/cm3
.
d) 1,5 g/cm3
.
e) 2,3 g/cm3
.
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
6 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 13
O metal cobre é amplamente utilizado para a fabricação de fios de cobre. Este metal
tem que passar por muitas etapas desde a mineração até ser convertido em fios mais
finos. Cabe lembrar que os fios de cobre são amplamente utilizados para fins
elétricos, bem como eletrônicos. Este processo produtivo é bastante relacionado com
a;
a) Maleabilidade
b) Ductibilidade
c) Dureza
d) Tenacidade
e) Temperatura de fusão
Questão 14
Ele está presente em praticamente 100% dos lares no mundo inteiro. Faz parte do
nosso dia a dia a utilização do papel alumínio, tanto para aquecer no forno quanto
para guardar um alimento no refrigerador.
O que não imaginamos é que essa folha de alumínio tão fino quanto uma folha de
papel foi fabricada a partir de um bloco de puro alumínio sólido.
A propriedade que permite a formação das finas folhas de alumínio é a;
a) Maleabilidade
b) Ductibilidade
c) Dureza
d) Tenacidade
e) Temperatura de fusão
Questão 15
É muito comum durante as reformas utilizando gesso, nas residências, que este
material se deposite em cima de pisos à exemplo dos porcelanatos. Ao contrário do
que muitos pensam, o gesso não é capaz de arranhar tais pedras. Mas na sua limpeza,
deve-se ter cuidado com as ferramentas utilizadas, pois estas podem causar riscos na
superfície do piso.
O gesso não é capaz de riscar o porcelanato em virtude da sua baixa;
a) Maleabilidade
b) Ductibilidade
c) Dureza
d) Tenacidade
e) Temperatura de fusão
Questão 16
Se esses materiais forem classificados em substâncias puras e misturas, pertencerão
ao grupo das substâncias puras:
a) ar, gás carbônico e latão;
b) iodo, ouro 18 quilates e naftaleno;
c) gás carbônico, latão e iodo;
d) ar, ouro 18 quilates e naftaleno;
e) gás carbônico, iodo e naftaleno.
Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica
7 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas
Questão 17
Um rapaz pediu sua namorada em casamento, presenteando-a com uma aliança de ouro 18
quilates. Para comemorar, sabendo que o álcool é prejudicial à saúde, eles brindaram com água
gaseificada com gelo, ao ar livre. Os sistemas: ouro 18 quilates, água gaseificada com gelo e ar
atmosférico, são, respectivamente:
a) Substância heterogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea.
b) Mistura heterogênea, mistura homogênea e substância homogênea.
c) Substância homogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea.
d) Mistura homogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea.
e) Mistura heterogênea, substância homogênea e substância heterogênea
GABARITO
1) E
2) A
3) A
4) A
5) E
6) E
7) A
8) D
9) 17
10) B
11) D
12) E
13) B
14) A
15) C
16) E
17) D

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
Rodrigo Sampaio
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Rodrigo Sampaio
 

Mais procurados (20)

Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
 
revisão enem radioatividade
revisão enem radioatividaderevisão enem radioatividade
revisão enem radioatividade
 
Cinética química questoes
Cinética química questoesCinética química questoes
Cinética química questoes
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
 
Listadeslocamento
ListadeslocamentoListadeslocamento
Listadeslocamento
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
 
enem revisão soluções
enem revisão soluções enem revisão soluções
enem revisão soluções
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
 
Nox e oxirredução
Nox e oxirreduçãoNox e oxirredução
Nox e oxirredução
 

Destaque

exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
Kassen Azanki
 
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
LAURA BARROS
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
Maiquel Vieira
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Maiquel Vieira
 
Criatividade e museu
Criatividade e museu Criatividade e museu
Criatividade e museu
João Lima
 

Destaque (15)

Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
 
Modelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto culturalModelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto cultural
 
Modelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona CientíficaModelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona Científica
 
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
 
lista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COClista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COC
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
 
Química bolsão acesso ao 1º ano ensino médio
Química  bolsão acesso ao 1º ano ensino médioQuímica  bolsão acesso ao 1º ano ensino médio
Química bolsão acesso ao 1º ano ensino médio
 
Passo a passo ftool
Passo a passo ftoolPasso a passo ftool
Passo a passo ftool
 
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
 
Revisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 anoRevisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 ano
 
Criatividade e museu
Criatividade e museu Criatividade e museu
Criatividade e museu
 
Unidade6 a 2012_csa_v2_gabarito
Unidade6 a 2012_csa_v2_gabaritoUnidade6 a 2012_csa_v2_gabarito
Unidade6 a 2012_csa_v2_gabarito
 

Semelhante a Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas

1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
Oswaldo Stanziola
 
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoesExerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Marcy Gomes
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
Simulado 2°Ano- 2° Dia
Simulado 2°Ano- 2° DiaSimulado 2°Ano- 2° Dia
Simulado 2°Ano- 2° Dia
Danielly26
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
blogprofbento
 

Semelhante a Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas (20)

Aspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matériaAspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matéria
 
Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
 
Exercícios - 1 entalpia (2º ano Poliedro)
Exercícios  - 1 entalpia (2º ano Poliedro)Exercícios  - 1 entalpia (2º ano Poliedro)
Exercícios - 1 entalpia (2º ano Poliedro)
 
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoesExerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
 
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
 
Lista 2 2014
Lista 2   2014Lista 2   2014
Lista 2 2014
 
Revisão 1º ano
Revisão 1º anoRevisão 1º ano
Revisão 1º ano
 
Exercícios rec. (1)
Exercícios rec. (1)Exercícios rec. (1)
Exercícios rec. (1)
 
Apostila oficial quimica propriedades
Apostila oficial quimica  propriedadesApostila oficial quimica  propriedades
Apostila oficial quimica propriedades
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
 
Cálculos quimicos de termoquimica
Cálculos quimicos de  termoquimicaCálculos quimicos de  termoquimica
Cálculos quimicos de termoquimica
 
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9   lei de lavoisier e lei de proustAula 9   lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proust
 
Aula ENEM
Aula ENEMAula ENEM
Aula ENEM
 
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesLista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
Simulado 2°Ano- 2° Dia
Simulado 2°Ano- 2° DiaSimulado 2°Ano- 2° Dia
Simulado 2°Ano- 2° Dia
 
Ômega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdfÔmega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdf
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
 
01.docx
01.docx01.docx
01.docx
 

Mais de Rodrigo Sampaio (7)

Resumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneasResumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneas
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
 
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoesEntalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
 
Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 

Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas

  • 1. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 1 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 01 “Onda de calor mata mais de 120 pessoas na Ásia. A temperatura mais alta foi registrada no distrito de Sibi, na Província do Baluquistão, no Paquistão, onde o calor chegou a 52 oC...”. Publicidade. Folha On-line, agosto, 2006. Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u303366.shtml Acesso em 04/09/2007. A notícia ilustra as possíveis consequências do descaso com a natureza. A tabela a seguir indica o ponto de fusão e o ponto de ebulição de algumas substâncias presentes no nosso cotidiano. Ponto de fusão (o C)(1 atm.) Ponto de ebulição (o C)(1 atm.) Éter etílico –116 34 Álcool –114 78 Naftaleno 80 217 Estas substâncias, quando expostas a mesma temperatura registrada no distrito de Sibi (52ºC), apresentam-se, respectivamente, nos estados (A) líquido, gasoso e líquido. (B) gasoso, líquido e gasoso. (C) líquido, gasoso e sólido. (D) sólido, líquido e sólido. (E) gasoso, líquido e sólido Questão 02 Marte é permanentemente encoberto por calotas polares, em ambos os polos, compostas, em sua maior parte, de dióxido de carbono. Durante o verão norte, o dióxido de carbono sublima completamente, deixando uma camada residual de gelo de água. Esse processo que ocorre no verão norte para o dióxido de carbono pode ser representado graficamente por:
  • 2. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 2 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 03 A cola plástica é utilizada na reforma da lataria de carros e na colagem de peças de granito, mármore e outras pedras de uso doméstico. Para a aplicação, a cola de consistência pastosa composta de uma resina poliéster é misturada a 1% de massa com um catalisador à base de peróxido de benzoíla, que pode ter consistência líquida ou gel. Quando misturados, observa-se que, após alguns segundos, a mistura fica quente e, em 5 a 10 minutos, ela torna-se sólida. Nesse processo, a característica da reação química ocorrida na mistura e a propriedade física alterada no material são, respectivamente, (A) exotérmica e resistência mecânica. (B) exotérmica e resistência elétrica. (C) endotérmica e densidade de massa. (D) endotérmica e condutividade térmica. (E) endotérmica e condutividade elétrica. Questão 04 A liofilização é uma técnica de secagem de materiais sob condições de baixas temperatura e pressão. Nessas condições, a eliminação da água preserva a forma do material e suas estruturas termossensíveis. Ao longo do processo, a temperatura os materiais secados por liofilização destacam-se alguns tipos de vacinas que, uma vez liofilizadas, têm seu prazo de validade aumentado, podendo ser transportadas para regiões distantes com precárias condições técnicas de armazenagem. O fenômeno físico da sublimação caracteriza-se pela transição do estado a) sólido para o estado vapor. b) vapor para o estado líquido. c) sólido para o estado líquido. d) líquido para o estado sólido. e) líquido para o estado vapor. Questão 05 A matéria existe, principalmente, em três estados físicos: sólido, líquido e gasoso. A maior parte da matéria é constituída por mistura de substâncias. Cada substância possui um conjunto único de propriedades físicas e químicas que pode ser utilizado para identificá-la. O gráfico a seguir apresenta a curva de temperatura versus tempo para três amostras materiais I, II e III, partindo do estado sólido no tempo t = 0. De acordo com o gráfico, é correto afirmar que:
  • 3. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 3 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas a) a amostra II apresenta temperatura de ebulição de 20 °C. b) a amostra II aquece mais rápido que a amostra I. c) à temperatura de 50 °C, a amostra I encontra-se no estado líquido. d) as três amostras são exemplos de substâncias puras. e) a amostra III não constitui uma substância pura por não manter as temperaturas de fusão e ebulição constantes. Questão 07 As transformações químicas são fundamentais na manutenção da vida e também nas atividades humanas de modificação da natureza. Ocorre transformação química: 1. quando se mergulha um comprimido efervescente em água destilada. 2. quando se observa a diminuição de tamanho e posterior desaparecimento de uma bolinha de naftalina em contato com o ar. 3. quando se produz ferro a partir do seus respectivos minérios 4. quando se lava com detergente uma superfície suja com óleo de cozinha. Assinale a alternativa correta. a) Somente os itens 1 e 3 são verdadeiros. b) Somente os itens 2 e 4 são verdadeiros. c) Somente os itens 1 e 2 são verdadeiros. d) Somente os itens 2, 3 e 4 são verdadeiros. e) Os itens 1, 2, 3 e 4 são verdadeiros. Questão 08 Assinale a alternativa incorreta. A) Um sistema contendo água no estado líquido, óleo e cubos de gelo é constituído por três fases e duas substâncias. B) Uma solução aquosa não saturada de NaCl com cubos de gelo é constituída de duas fases. C) Ponto de fusão e densidade são propriedades de grande importância na análise da pureza de amostras sólidas de substâncias conhecidas. D) Uma amostra líquida passa para o estado de vapor somente ao atingir o seu ponto de ebulição. E) A formação da ferrugem é exemplo de fenômeno químico.
  • 4. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 4 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 09 Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) As temperaturas de fusão e ebulição de uma substância pura são constantes. 02) A solda usada em componentes eletrônicos (mistura de 38% de chumbo e 62% de estanho, em massa) apresenta temperatura de fusão constante e temperatura de ebulição variável. É um exemplo de mistura azeotrópica. 04) É mais fácil para uma pessoa boiar no mar de água salgada do que em um rio de água doce, pois a presença do sal na água do mar diminui a densidade da água. 08) Um copo de água contendo pedras de gelo é um exemplo de uma mistura heterogênea que apresenta duas fases. 16) A obtenção de água destilada a partir da água do mar envolve as mudanças de estado vaporização e condensação. Questão 10 Hidrogênio reage com nitrogênio formando amônia. A equação não balanceada que representa essa transformação é: H2(g) + N2(g) NH3(g) Outra maneira de escrever essa equação química, mas agora balanceando-a e representando as moléculas dos três gases, é:
  • 5. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 5 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 11 uma aula de química, o professor colocou num copo de Becker 50 mL do solvente X, 50 mL do solvente Y e 200 mg do composto Z. Após agitação vigorosa, foi obtido o sistema bifásico representado a seguir. O composto Z havia sido retirado de uma prateleira em que só havia como reagentes químicos o benzoato de sódio (C6H5COONa) e o benzoato de etila (C6H5COOCH2CH3). A tabela mostra duas propriedades de solventes disponíveis que poderiam ter sido utilizados nesse experimento. Propriedades Solventes Clorofórmio Etanol Hexano Água Miscibilidade em água Praticamente imiscível Totalmente miscível Imiscível — Densidade (g/mL) 1,48 0,71 0,66 1,00 Considerando-se os dados da tabela, os solventes X e Y e o composto Z utilizados no experimento foram, respectivamente, a) hexano, água e benzoato de etila. b) água, hexano e benzoato de sódio. c) clorofórmio, água e benzoato de sódio. d) água, clorofórmio e benzoato de etila. e) etanol, água e benzoato de sódio. Questão 12 Uma amostra contendo 75,0 g de pequenos cristais de sulfato de cobre (CuSO4) ocupa 50,0 cm3 em uma proveta. Ao adicionarmos 50,0 cm3 de benzeno a esta proveta, verifica-se que o volume final do sistema é de 83,0 cm3 . Considerando que o sulfato de cobre é um sólido azul, insolúvel em benzeno e que benzeno é um líquido incolor menos denso que o sulfato de cobre, a densidade da substância sulfato de cobre é aproximadamente a) 0,75 g/cm3 . b) 0,90 g/cm3 . c) 1,1 g/cm3 . d) 1,5 g/cm3 . e) 2,3 g/cm3 .
  • 6. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 6 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 13 O metal cobre é amplamente utilizado para a fabricação de fios de cobre. Este metal tem que passar por muitas etapas desde a mineração até ser convertido em fios mais finos. Cabe lembrar que os fios de cobre são amplamente utilizados para fins elétricos, bem como eletrônicos. Este processo produtivo é bastante relacionado com a; a) Maleabilidade b) Ductibilidade c) Dureza d) Tenacidade e) Temperatura de fusão Questão 14 Ele está presente em praticamente 100% dos lares no mundo inteiro. Faz parte do nosso dia a dia a utilização do papel alumínio, tanto para aquecer no forno quanto para guardar um alimento no refrigerador. O que não imaginamos é que essa folha de alumínio tão fino quanto uma folha de papel foi fabricada a partir de um bloco de puro alumínio sólido. A propriedade que permite a formação das finas folhas de alumínio é a; a) Maleabilidade b) Ductibilidade c) Dureza d) Tenacidade e) Temperatura de fusão Questão 15 É muito comum durante as reformas utilizando gesso, nas residências, que este material se deposite em cima de pisos à exemplo dos porcelanatos. Ao contrário do que muitos pensam, o gesso não é capaz de arranhar tais pedras. Mas na sua limpeza, deve-se ter cuidado com as ferramentas utilizadas, pois estas podem causar riscos na superfície do piso. O gesso não é capaz de riscar o porcelanato em virtude da sua baixa; a) Maleabilidade b) Ductibilidade c) Dureza d) Tenacidade e) Temperatura de fusão Questão 16 Se esses materiais forem classificados em substâncias puras e misturas, pertencerão ao grupo das substâncias puras: a) ar, gás carbônico e latão; b) iodo, ouro 18 quilates e naftaleno; c) gás carbônico, latão e iodo; d) ar, ouro 18 quilates e naftaleno; e) gás carbônico, iodo e naftaleno.
  • 7. Prof.Rodriguinhofacebook.com/rodriguinhoquimica 7 Revisão: Estados físicos, fenômenos, classificação de sistemas Questão 17 Um rapaz pediu sua namorada em casamento, presenteando-a com uma aliança de ouro 18 quilates. Para comemorar, sabendo que o álcool é prejudicial à saúde, eles brindaram com água gaseificada com gelo, ao ar livre. Os sistemas: ouro 18 quilates, água gaseificada com gelo e ar atmosférico, são, respectivamente: a) Substância heterogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea. b) Mistura heterogênea, mistura homogênea e substância homogênea. c) Substância homogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea. d) Mistura homogênea, mistura heterogênea e mistura homogênea. e) Mistura heterogênea, substância homogênea e substância heterogênea GABARITO 1) E 2) A 3) A 4) A 5) E 6) E 7) A 8) D 9) 17 10) B 11) D 12) E 13) B 14) A 15) C 16) E 17) D