SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof.Rodriguinho
1 ESTUDOU SE ARMOU!
LISTA GUIA DE ESTUDO – SARTRE COC – MEU TERCEIRÃO BOMBADO – 3ª UNIDADE
Questão 1
A combustão da gasolina e do óleo diesel libera quantidades elevadas de poluentes para a atmosfera.
Para minimizar esse problema, tem-se incentivado a utilização de biocombustíveis como o biodiesel e o
etanol. O etanol pode ser obtido a partir da fermentação da sacarose, conforme a equação não
balanceada apresentada a seguir.
C12H22O11(s) + H2O(l) → C2H6O(l) + CO2(g)
Considerando-se o exposto e o fato de que uma indústria alcooleira utilize 100 mols de sacarose e que o
processo tenha rendimento de 85%, conclui-se que a quantidade máxima obtida do álcool será de
a) 27,60 kg.
b) 23,46 kg.
c) 18,40 kg.
d) 15,64 kg.
e) 9,20 kg.
QUESTÃO 02
As pérolas contêm, majoritariamente, entre diversas outras substâncias, carbonato de cálcio (CaCO3).
Para obtenção de uma pérola artificial composta exclusivamente de CaCO3, um analista, inicialmente,
misturou 22 g de CO2 e 40 g de CaO. Nesse sentido, conclui-se que o reagente limitante e a massa em
excesso presente nessa reação são, respectivamente,
a) CO2 e 22 g
b) CaO e 10 g
c) CO2 e 12 g
d) CaO e 20 g
e) CO2 e 8 g
Questão 03
Futuramente o titânio será mais utilizado na aviação, principalmente na construção de aviões
supersônicos, por oferecer grandes vantagens no que diz respeito a sua elevada temperatura de fusão
(1.670 °C), visto que o atrito do ar contra as paredes metálicas tende a elevar a temperatura de todo o
corpo das aeronaves. A obtenção do titânio pode ser representada pela equação não balanceada:
TiCl4(s) + Mg(s) → Ti(s) + MgCl2(s).
O número aproximado de átomos de magnésio consumidos quando 63,3 g de tetracloreto de titânio
reagem totalmente é
a) 8,02 × 10
23
.
b) 6,02 × 10
23
.
c) 4,01 × 10
23
.
d) 2,01 × 10
23
.
Questão 04
Prof.Rodriguinho
2 ESTUDOU SE ARMOU!
O bicarbonato de sódio sólido pode atuar como "fermento químico" na preparação de pães e bolos, por
sofrer decomposição a temperaturas relativamente baixas (cerca de 100 °C). Esse processo é
representado pela seguinte equação química não balanceada:
NaHCO3(s) ⇒ Na2CO3(s) + CO2(g) + H2O (g)
Uma padaria consumiu 4,2 kg desse fermento na fabricação de bolos de chocolate. Qual a massa de
carbonato de sódio produzida ao final desse processo?
Dados de massas atômicas: H = 1 u; C = 12 u; O = 16 u; Na = 23 u.
a) 1.325 g
b) 2.650 g
c) 3.975 g
d) 5.300 g
e) 6.625 g
Questão 05
Para preparar o sal fosfato de sódio no laboratório, foi utilizada uma reação de neutralização,
representada pela seguinte equação:
3 NaOH + H3PO4 → Na3PO4 + 3 H2O
Quando se obtêm 54 g de água, a massa produzida do sal é, em gramas, igual a:
Dados: massas molares (g/mol)
H = 1,0
O = 16,0
P = 31,0
Na = 23,0
a) 82
b) 164
c) 492
d) 568
e) 734
Questão 06
A argamassa é um material usado na construção civil, composto de uma fração ativa e outra inerte. A
fração inerte é formada por areia e a fração ativa, por cimento e cal hidratada.
A cal hidratada é obtida por meio da reação representada pela seguinte equação química:
CaO(s) + H2O(l) ⇔ Ca(OH)2(aq)
Considerando-se uma argamassa para revestimento com um teor de 17% de cal hidratada, a massa de
óxido de cálcio e o massa de água necessários para a produção de 50 kg de argamassa são,
aproximadamente,
(A) 0,64 kg e 0,2 kg.
Prof.Rodriguinho
3 ESTUDOU SE ARMOU!
(B) 6,4 kg e 2,1 kg.
(C) 8,5 kg e 1,8 L.
(D) 8,5 kg e 2,5 kg.
(E) 8,5 kg e 18,0 kg.
Questão 07
Num experimento, 1000 kg do minério hematita (Fe2O3 + impurezas refratárias) foram reduzidos com
coque, em temperatura muito elevada, segundo a reação representada a seguir.
Fe2O3 + 3 C 2 Fe + 3 CO
Supondo-se que a reação tenha sido completa, a massa de ferro puro obtida foi de 558 kg. Pode-se
concluir que a percentagem de pureza do minério é aproximadamente igual a:
a) 35,0%.
b) 40,0%.
c) 55,8%.
d) 70,0%.
e) 80,0%
Questão 08
A amônia (NH3) é uma substância química muito importante para a indústria. Ela é utilizada na
preparação dos produtos de limpeza, dos explosivos, dos fertilizantes, das fibras de matéria têxtil, etc. A
síntese de NH3 é realizada em fase gasosa, à temperatura de aproximadamente 450°C, de acordo com a
seguinte reação: N2 + 3 H2 2 NH3 + energia.
Se a mistura inicial é de 30 mols de N2 e 75 mols de H2, que quantidade de NH3 será produzida, em
mols, teoricamente, se a reação de síntese for completa?
a) 30
b) 50
c) 60
d) 75
e) 90
Questão 09
Metanol é um excelente combustível que pode ser preparado pela reação entre monóxido de carbono e
hidrogênio, conforme a equação química CO(g) + 2 H2(g)  CH3OH(ℓ) Supondo rendimento de 100%
para a reação, quando se adicionam 336g de monóxido de carbono a 60g de hidrogênio, devemos
afirmar que o reagente em excesso e a massa máxima, em gramas, de metanol formada são,
respectivamente,
Dados: massas molares g/mol: CO: 28; H2: 2; CH3OH:32
a) CO, 384.
Prof.Rodriguinho
4 ESTUDOU SE ARMOU!
b) CO, 396.
c) CO, 480.
d) H2, 384.
e) H2, 480.
Questão 10
6,0 gramas de alumínio metálico, que apresenta 90% de pureza, reagem completamente com vapor
d'água da atmosfera, produzindo óxido de alumínio e gás hidrogênio, conforme equação não
balanceada: Aℓ(s) + H2O(v) Aℓ2O3(s) + H2(g)
Assinale o volume, em litros, de gás hidrogênio obtido, nas CNTP. (Dado: Aℓ = 27)
a) 2,24
b) 4,48
c) 6,72
d) 7,46
e)9,86 L
Questão 11
Oelemento boro pode ser preparado pela redução do B2O3, segundo a equação a seguir.
B2O3 + 3Mg → 2B + 3MgO
Partindo-se de 262,5 g do óxido de boro em excesso de magnésio, obteve-se 33 g de B, o que significa
que o rendimento percentual (%) da reação foi mais próximo de:
a) 30
b) 35
c) 40
d) 45
e) 50
Questão 12
Quando se dispersam, em água, moléculas ou íons, que têm, em sua estrutura, extremidades
hidrofóbicas e hidrofílicas, a partir de uma determinada concentração, há agregação e formação de
partículas coloidais, denominadas micelas. Tal propriedade é típica de moléculas de:
a) lipídio.
b) óleos
c) emulsificantes
d) água.
e) gasolina
Prof.Rodriguinho
5 ESTUDOU SE ARMOU!
Questão 13
Evapora-se completamente a água de 40 g de solução de nitrato de prata, saturada, sem corpo de
fundo, e obtêm-se 15 g de resíduo sólido. O coeficiente de solubilidade do nitrato de prata para 100 g
de água na temperatura da solução inicial é:
a) 25 g
b) 30 g
c) 60 g
d) 15 g
e) 45 g
Questão 14
Um determinado sal tem coeficiente de solubilidade igual a 34g/100g de água, a 20ºC. Tendo-se 450g de
água a 20ºC, a quantidade, em gramas, desse sal, que permite preparar uma solução saturada, é de:
a) 484g.
b) 450g.
c) 340g.
d) 216g.
e) 153g.
Questão 15
O colágeno é a proteína mais abundante no corpo humano, fazendo parte da composição de órgãos e
tecidos de sustentação. Apesar de não ser comestível, seu aquecimento em água produz uma mistura
de outras proteínas comestíveis, denominadas gelatinas. Essas proteínas possuem diâmetros médios
entre 1,0 nm e 1.000 nm e, quando em solução aquosa, formam sistemas caracterizados como:
a) soluções verdadeiras.
b) dispersantes.
c) coagulantes.
d) homogêneos.
e) coloides
Questão 16
A popular maionese caseira é formada pela mistura de óleo, limão (ou vinagre) e gema de ovo; este
último componente tem a função de estabilizar a referida mistura. Esta mistura é um exemplo de:
a) solução verdadeira concentrada;
b) solução verdadeira diluída;
Prof.Rodriguinho
6 ESTUDOU SE ARMOU!
c) uma dispersão coloidal do tipo gel;
d) uma dispersão coloidal do tipo emulsão;
e) um gel que sofreu uma peptização.
GABARITO
01 D 04 D 07 E 10 C 13 C
02 C 05 B 08 B 11 C 14 E
03 C 06 B 09 D 12 C 15 E 16 D

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista equilíbrio
Lista equilíbrioLista equilíbrio
Lista equilíbrio
Rodrigo Sampaio
 
Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
Rodrigo Sampaio
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Rodrigo Sampaio
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
Rodrigo Sampaio
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
Rodrigo Sampaio
 
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoesEntalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
Rodrigo Sampaio
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
Fábio Oisiovici
 
Cinética química questoes
Cinética química questoesCinética química questoes
Cinética química questoes
Rodrigo Sampaio
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
Rodrigo Sampaio
 
Expressoes de concentração
Expressoes de concentraçãoExpressoes de concentração
Expressoes de concentração
Rodrigo Sampaio
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
Fábio Oisiovici
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
Fábio Oisiovici
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
Fábio Oisiovici
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
Fábio Oisiovici
 
Lista de Exercícios: Solucões
Lista de Exercícios: SolucõesLista de Exercícios: Solucões
Lista de Exercícios: Solucões
Hebertty Dantas
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
Rodrigo Sampaio
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
Fábio Oisiovici
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 

Mais procurados (19)

Lista equilíbrio
Lista equilíbrioLista equilíbrio
Lista equilíbrio
 
Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
 
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoesEntalpia de formaçao combustao 3 questoes
Entalpia de formaçao combustao 3 questoes
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
 
Cinética química questoes
Cinética química questoesCinética química questoes
Cinética química questoes
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
Expressoes de concentração
Expressoes de concentraçãoExpressoes de concentração
Expressoes de concentração
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
 
Lista de Exercícios: Solucões
Lista de Exercícios: SolucõesLista de Exercícios: Solucões
Lista de Exercícios: Solucões
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
 

Destaque

Modelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto culturalModelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto cultural
Rodrigo Sampaio
 
lista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COClista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COC
Rodrigo Sampaio
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
Rodrigo Sampaio
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
Rodrigo Sampaio
 
Modelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona CientíficaModelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona Científica
Rodrigo Sampaio
 
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Rodrigo Sampaio
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Rodrigo Sampaio
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
Rodrigo Sampaio
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
Rodrigo Sampaio
 
Resumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneasResumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneas
Rodrigo Sampaio
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
Rodrigo Sampaio
 
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 anoRevisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Rodrigo Sampaio
 
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKSModelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
Rodrigo Sampaio
 
Passo a passo ftool
Passo a passo ftoolPasso a passo ftool
Passo a passo ftool
Rodrigo Sampaio
 
Revisão de mol 3 ano solução
Revisão de mol 3 ano   soluçãoRevisão de mol 3 ano   solução
Revisão de mol 3 ano solução
Rodrigo Sampaio
 

Destaque (15)

Modelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto culturalModelo de anteprojeto cultural
Modelo de anteprojeto cultural
 
lista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COClista de questões - Volta são joão - COC
lista de questões - Volta são joão - COC
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
Modelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona CientíficaModelo artigo para Maratona Científica
Modelo artigo para Maratona Científica
 
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
Treinamento Balanceamento pelo método da tentativa
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
 
Resumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneasResumo separação de misturas heterogêneas
Resumo separação de misturas heterogêneas
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
 
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 anoRevisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 ano
 
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKSModelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
Modelo analise _ MARATONA CIENTÍFICA QUARKS
 
Passo a passo ftool
Passo a passo ftoolPasso a passo ftool
Passo a passo ftool
 
Revisão de mol 3 ano solução
Revisão de mol 3 ano   soluçãoRevisão de mol 3 ano   solução
Revisão de mol 3 ano solução
 

Semelhante a Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE

Cálculos químicos
Cálculos químicosCálculos químicos
Cálculos químicos
Kaleb Reis
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
Rogeria Gregio
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Carlos Priante
 
Lista 9 2014
Lista 9   2014Lista 9   2014
Lista 9 2014
profNICODEMOS
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Mara Farias
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Aninha Felix Vieira Dias
 
Psa 17 cálculos estequimétricos
Psa 17   cálculos estequimétricosPsa 17   cálculos estequimétricos
Psa 17 cálculos estequimétricos
Fisica-Quimica
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
Hugo Cruz Rangel
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimento
Paula Gouveia
 
Leis ponderais 2
Leis ponderais 2Leis ponderais 2
Leis ponderais 2
Charles Qmc
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
ferfla10
 
Lista 5 estequiometria
Lista 5   estequiometriaLista 5   estequiometria
Lista 5 estequiometria
Colegio CMC
 
Cálculos químicos i soluções
Cálculos químicos i   soluçõesCálculos químicos i   soluções
Cálculos químicos i soluções
Aninha Felix Vieira Dias
 
cálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluçõescálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluções
Aninha Felix Vieira Dias
 
Cálculo Ezquiziométrico
 Cálculo Ezquiziométrico Cálculo Ezquiziométrico
Cálculo Ezquiziométrico
Captando
 
Lista 50 estequiometria
Lista 50   estequiometriaLista 50   estequiometria
Lista 50 estequiometria
Colegio CMC
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
Estude Mais
 
Exercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª sérieExercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª série
V
 
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométricoLista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
semestraltardetotem
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Junior Dou
 

Semelhante a Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE (20)

Cálculos químicos
Cálculos químicosCálculos químicos
Cálculos químicos
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
 
Lista 9 2014
Lista 9   2014Lista 9   2014
Lista 9 2014
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Psa 17 cálculos estequimétricos
Psa 17   cálculos estequimétricosPsa 17   cálculos estequimétricos
Psa 17 cálculos estequimétricos
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimento
 
Leis ponderais 2
Leis ponderais 2Leis ponderais 2
Leis ponderais 2
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
 
Lista 5 estequiometria
Lista 5   estequiometriaLista 5   estequiometria
Lista 5 estequiometria
 
Cálculos químicos i soluções
Cálculos químicos i   soluçõesCálculos químicos i   soluções
Cálculos químicos i soluções
 
cálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluçõescálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluções
 
Cálculo Ezquiziométrico
 Cálculo Ezquiziométrico Cálculo Ezquiziométrico
Cálculo Ezquiziométrico
 
Lista 50 estequiometria
Lista 50   estequiometriaLista 50   estequiometria
Lista 50 estequiometria
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
 
Exercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª sérieExercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª série
 
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométricoLista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
 

Último

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 

Último (20)

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 

Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE

  • 1. Prof.Rodriguinho 1 ESTUDOU SE ARMOU! LISTA GUIA DE ESTUDO – SARTRE COC – MEU TERCEIRÃO BOMBADO – 3ª UNIDADE Questão 1 A combustão da gasolina e do óleo diesel libera quantidades elevadas de poluentes para a atmosfera. Para minimizar esse problema, tem-se incentivado a utilização de biocombustíveis como o biodiesel e o etanol. O etanol pode ser obtido a partir da fermentação da sacarose, conforme a equação não balanceada apresentada a seguir. C12H22O11(s) + H2O(l) → C2H6O(l) + CO2(g) Considerando-se o exposto e o fato de que uma indústria alcooleira utilize 100 mols de sacarose e que o processo tenha rendimento de 85%, conclui-se que a quantidade máxima obtida do álcool será de a) 27,60 kg. b) 23,46 kg. c) 18,40 kg. d) 15,64 kg. e) 9,20 kg. QUESTÃO 02 As pérolas contêm, majoritariamente, entre diversas outras substâncias, carbonato de cálcio (CaCO3). Para obtenção de uma pérola artificial composta exclusivamente de CaCO3, um analista, inicialmente, misturou 22 g de CO2 e 40 g de CaO. Nesse sentido, conclui-se que o reagente limitante e a massa em excesso presente nessa reação são, respectivamente, a) CO2 e 22 g b) CaO e 10 g c) CO2 e 12 g d) CaO e 20 g e) CO2 e 8 g Questão 03 Futuramente o titânio será mais utilizado na aviação, principalmente na construção de aviões supersônicos, por oferecer grandes vantagens no que diz respeito a sua elevada temperatura de fusão (1.670 °C), visto que o atrito do ar contra as paredes metálicas tende a elevar a temperatura de todo o corpo das aeronaves. A obtenção do titânio pode ser representada pela equação não balanceada: TiCl4(s) + Mg(s) → Ti(s) + MgCl2(s). O número aproximado de átomos de magnésio consumidos quando 63,3 g de tetracloreto de titânio reagem totalmente é a) 8,02 × 10 23 . b) 6,02 × 10 23 . c) 4,01 × 10 23 . d) 2,01 × 10 23 . Questão 04
  • 2. Prof.Rodriguinho 2 ESTUDOU SE ARMOU! O bicarbonato de sódio sólido pode atuar como "fermento químico" na preparação de pães e bolos, por sofrer decomposição a temperaturas relativamente baixas (cerca de 100 °C). Esse processo é representado pela seguinte equação química não balanceada: NaHCO3(s) ⇒ Na2CO3(s) + CO2(g) + H2O (g) Uma padaria consumiu 4,2 kg desse fermento na fabricação de bolos de chocolate. Qual a massa de carbonato de sódio produzida ao final desse processo? Dados de massas atômicas: H = 1 u; C = 12 u; O = 16 u; Na = 23 u. a) 1.325 g b) 2.650 g c) 3.975 g d) 5.300 g e) 6.625 g Questão 05 Para preparar o sal fosfato de sódio no laboratório, foi utilizada uma reação de neutralização, representada pela seguinte equação: 3 NaOH + H3PO4 → Na3PO4 + 3 H2O Quando se obtêm 54 g de água, a massa produzida do sal é, em gramas, igual a: Dados: massas molares (g/mol) H = 1,0 O = 16,0 P = 31,0 Na = 23,0 a) 82 b) 164 c) 492 d) 568 e) 734 Questão 06 A argamassa é um material usado na construção civil, composto de uma fração ativa e outra inerte. A fração inerte é formada por areia e a fração ativa, por cimento e cal hidratada. A cal hidratada é obtida por meio da reação representada pela seguinte equação química: CaO(s) + H2O(l) ⇔ Ca(OH)2(aq) Considerando-se uma argamassa para revestimento com um teor de 17% de cal hidratada, a massa de óxido de cálcio e o massa de água necessários para a produção de 50 kg de argamassa são, aproximadamente, (A) 0,64 kg e 0,2 kg.
  • 3. Prof.Rodriguinho 3 ESTUDOU SE ARMOU! (B) 6,4 kg e 2,1 kg. (C) 8,5 kg e 1,8 L. (D) 8,5 kg e 2,5 kg. (E) 8,5 kg e 18,0 kg. Questão 07 Num experimento, 1000 kg do minério hematita (Fe2O3 + impurezas refratárias) foram reduzidos com coque, em temperatura muito elevada, segundo a reação representada a seguir. Fe2O3 + 3 C 2 Fe + 3 CO Supondo-se que a reação tenha sido completa, a massa de ferro puro obtida foi de 558 kg. Pode-se concluir que a percentagem de pureza do minério é aproximadamente igual a: a) 35,0%. b) 40,0%. c) 55,8%. d) 70,0%. e) 80,0% Questão 08 A amônia (NH3) é uma substância química muito importante para a indústria. Ela é utilizada na preparação dos produtos de limpeza, dos explosivos, dos fertilizantes, das fibras de matéria têxtil, etc. A síntese de NH3 é realizada em fase gasosa, à temperatura de aproximadamente 450°C, de acordo com a seguinte reação: N2 + 3 H2 2 NH3 + energia. Se a mistura inicial é de 30 mols de N2 e 75 mols de H2, que quantidade de NH3 será produzida, em mols, teoricamente, se a reação de síntese for completa? a) 30 b) 50 c) 60 d) 75 e) 90 Questão 09 Metanol é um excelente combustível que pode ser preparado pela reação entre monóxido de carbono e hidrogênio, conforme a equação química CO(g) + 2 H2(g)  CH3OH(ℓ) Supondo rendimento de 100% para a reação, quando se adicionam 336g de monóxido de carbono a 60g de hidrogênio, devemos afirmar que o reagente em excesso e a massa máxima, em gramas, de metanol formada são, respectivamente, Dados: massas molares g/mol: CO: 28; H2: 2; CH3OH:32 a) CO, 384.
  • 4. Prof.Rodriguinho 4 ESTUDOU SE ARMOU! b) CO, 396. c) CO, 480. d) H2, 384. e) H2, 480. Questão 10 6,0 gramas de alumínio metálico, que apresenta 90% de pureza, reagem completamente com vapor d'água da atmosfera, produzindo óxido de alumínio e gás hidrogênio, conforme equação não balanceada: Aℓ(s) + H2O(v) Aℓ2O3(s) + H2(g) Assinale o volume, em litros, de gás hidrogênio obtido, nas CNTP. (Dado: Aℓ = 27) a) 2,24 b) 4,48 c) 6,72 d) 7,46 e)9,86 L Questão 11 Oelemento boro pode ser preparado pela redução do B2O3, segundo a equação a seguir. B2O3 + 3Mg → 2B + 3MgO Partindo-se de 262,5 g do óxido de boro em excesso de magnésio, obteve-se 33 g de B, o que significa que o rendimento percentual (%) da reação foi mais próximo de: a) 30 b) 35 c) 40 d) 45 e) 50 Questão 12 Quando se dispersam, em água, moléculas ou íons, que têm, em sua estrutura, extremidades hidrofóbicas e hidrofílicas, a partir de uma determinada concentração, há agregação e formação de partículas coloidais, denominadas micelas. Tal propriedade é típica de moléculas de: a) lipídio. b) óleos c) emulsificantes d) água. e) gasolina
  • 5. Prof.Rodriguinho 5 ESTUDOU SE ARMOU! Questão 13 Evapora-se completamente a água de 40 g de solução de nitrato de prata, saturada, sem corpo de fundo, e obtêm-se 15 g de resíduo sólido. O coeficiente de solubilidade do nitrato de prata para 100 g de água na temperatura da solução inicial é: a) 25 g b) 30 g c) 60 g d) 15 g e) 45 g Questão 14 Um determinado sal tem coeficiente de solubilidade igual a 34g/100g de água, a 20ºC. Tendo-se 450g de água a 20ºC, a quantidade, em gramas, desse sal, que permite preparar uma solução saturada, é de: a) 484g. b) 450g. c) 340g. d) 216g. e) 153g. Questão 15 O colágeno é a proteína mais abundante no corpo humano, fazendo parte da composição de órgãos e tecidos de sustentação. Apesar de não ser comestível, seu aquecimento em água produz uma mistura de outras proteínas comestíveis, denominadas gelatinas. Essas proteínas possuem diâmetros médios entre 1,0 nm e 1.000 nm e, quando em solução aquosa, formam sistemas caracterizados como: a) soluções verdadeiras. b) dispersantes. c) coagulantes. d) homogêneos. e) coloides Questão 16 A popular maionese caseira é formada pela mistura de óleo, limão (ou vinagre) e gema de ovo; este último componente tem a função de estabilizar a referida mistura. Esta mistura é um exemplo de: a) solução verdadeira concentrada; b) solução verdadeira diluída;
  • 6. Prof.Rodriguinho 6 ESTUDOU SE ARMOU! c) uma dispersão coloidal do tipo gel; d) uma dispersão coloidal do tipo emulsão; e) um gel que sofreu uma peptização. GABARITO 01 D 04 D 07 E 10 C 13 C 02 C 05 B 08 B 11 C 14 E 03 C 06 B 09 D 12 C 15 E 16 D