SlideShare uma empresa Scribd logo
CadernoC0501 
2° BIMESTRE 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 
Língua Portuguesa e Matemática 
5° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 
Nome do Aluno(a): 
Orientações 
 Você está recebendo um caderno com 44 questões. 
 Você tem duas horas para responder a todas as questões e 
20 minutos para preencher o Cartão de Respostas. 
 Leia com atenção cada questão antes de respondê-la. 
 Cada questão tem uma única resposta correta. 
 Em alguns textos, há, na margem esquerda, uma indicação com 
a numeração de linhas. 
 Ao terminar a prova, passe suas respostas para o Cartão de 
Respostas, utilizando caneta azul ou preta. Não estrague, rasgue 
ou rabisque seu Cartão de Respostas. 
 Depois, passe suas respostas para folha de rascunho. Ela servirá 
para você acompanhar as questões junto ao professor. 
Boa prova! 
2013
6º ano
34: A B C D 
35: A B C D 
36: A B C D 
37: A B C D 
38: A B C D 
39: A B C D 
40: A B C D 
41: A B C D 
42: A B C D 
43: A B C D 
44: A B C D 
FOLHA DE TRANSCRIÇÃO 
23: A B C D 
24: A B C D 
25: A B C D 
26: A B C D 
27: A B C D 
28: A B C D 
29: A B C D 
30: A B C D 
31: A B C D 
32: A B C D 
33: A B C D 
12: A B C D 
13: A B C D 
14: A B C D 
15: A B C D 
16: A B C D 
17: A B C D 
18: A B C D 
19: A B C D 
01: A B C D 
02: A B C D 
03: A B C D 
04: A B C D 
05: A B C D 
06: A B C D 
07: A B C D 
09: A B C D 20: A B C D 
10: A B C D 
21: A B C D 
11: A B C D 
22: A B C D 
08: A B C D 
Língua Portuguesa e Matemática 
5° ano do Ensino Fundamental 
Caro(a) Aluno(a), 
Após transcrever as respostas para o Cartão de Respostas, repasse todas as respostas 
também para essa folha. Em outro momento, essa folha será utilizada para que seja 
realizada a correção da prova junto ao seu professor.
6º ano
BL01P05 
C0501 
ATENÇÃO! 
Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. 
Leia o texto abaixo. 
5 
10 
O que acontece neste instante? 
O que está acontecendo exatamente neste segundo no mundo inteiro? Você consegue 
imaginar? De coisas difíceis de ocorrer, como um acidente de submarino ou o nascimento 
de um tigre branco, a coisas que se repetem o tempo todo, como a onda que chega à praia 
e a água que cai da cachoeira, tudo é possível. E tudo acontece ao mesmo tempo em que 
você está lendo esse texto. Porque o segundo é o mesmo para todo mundo, mas é diferente 
para todos, porque ninguém faz nada igual enquanto ele acontece. Até mesmo a onda que 
chega sempre, vem com mais ou menos espuma, maior ou menor em tamanho. 
Pois foi essa ideia que a escritora portuguesa Isabel Minhós Martins fisgou ao escrever 
O Mundo Num Segundo, num livro ricamente ilustrado por Bernardo Carvalho. Há cenas 
lindas e situações das mais diversas possíveis. Enquanto você vira a sua página, um 
elevador para entre dois andares num arranha-céu de Nova York, alguém buzina numa 
cidade mexicana, um homem senta para descansar e uma laranja cai de madura num 
quintal português. Muitas outras coisas acontecem no livro de Isabel. E muitas acontecem 
exatamente agora que você lê essa linha. [...] 
Disponível em: <http://blogs.estadao.com.br/estadinho/>. Acesso em: 8 abr. 2012. Fragmento. (P051287RJ_SUP) 
Questão 01 P051287RJ 
Esse texto foi escrito para 
A) apresentar um livro. 
B) contar uma história. 
C) descrever uma cena. 
D) ensinar uma atividade. 
Questão 02 P051288RJ 
Nesse texto, o trecho que marca uma ideia de tempo é: 
A) “... vem com mais ou menos espuma,...”. (ℓ. 7) 
B) “... um elevador para entre dois andares...”. (ℓ. 10-11) 
C) “Muitas outras coisas acontecem no livro...”. (ℓ. 13) 
D) “E muitas acontecem exatamente agora...”. (ℓ. 13-14) 
Questão 03 P051289RJ 
No trecho “... ninguém faz nada igual enquanto ele acontece.” (ℓ. 6), a palavra destacada está no lugar de 
A) acidente. 
B) mundo. 
C) segundo. 
D) texto. 
Questão 04 P051290RJ 
Nesse texto, o trecho que apresenta uma opinião sobre o livro de Isabel é: 
A) “E tudo acontece ao mesmo tempo em que você está lendo esse texto.”. (ℓ. 4-5) 
B) “Há cenas lindas e situações das mais diversas possíveis.”. (ℓ. 9-10) 
C) “... um elevador para entre dois andares num arranha-céu...”. (ℓ. 10-11) 
D) “... um homem senta para descansar e uma laranja cai...”. (ℓ. 12) 
1
BL01P05 
Leia o texto abaixo. 
C0501 
Disponível em: <http://turmadamel.com.br/quadrinhos/>. Acesso em: 26 mar. 2012. (P051291RJ_SUP) 
Questão 05 P051291RJ 
De acordo com esse texto, Floriano 
A) enxergava muito bem. 
B) mudou de assunto. 
C) não entendeu a pergunta. 
D) não soube a resposta. 
Leia o texto abaixo. 
5 
10 
15 
Dicas para fazer a sua grana durar mais 
Você sonha em comprar uma calça liiiiinda, mas o dinheiro nunca dá? Sua mesada 
costuma acabar antes mesmo do fi m do mês? Calma! Conversamos com algumas garotas 
que nos deram dicas ótimas de como economizar. Isso é mais que possível, acredite! 
Para Carla S., de 17 anos, poupar um dinheirinho nunca foi problema e a garota conseguiu 
comprar até uma televisão com a grana do lanche. “Minha mãe sempre me dava dinheiro pra 
eu lanchar na escola e eu costumava gastar só metade e o resto guardava. Até que juntei 
bastante e comprei uma TV pro meu quarto... Foi realmente uma conquista”, contou Carla. 
A estudante Tatiane S., de 19 anos, conta que nunca come na rua. Ela sempre janta 
antes de sair de casa e assim consegue juntar uma boa grana. “Comer em balada ou em 
shopping não dá. Tudo é muito caro, além de você só comer besteira como lanches e batata 
frita. Por isso, quando saio, costumo só tomar um suco”, explicou Tatiane, que aproveita 
para manter a forma. 
Fazer bazar entre as amigas também é legal. Vocês podem trocar roupas que não 
servem ou não usam mais e assim variar as peças do armário. Visitar brechós também é 
uma opção para gastar pouco com roupas e acessórios 
Disponível em:<http://jovem.ig.com.br/igirl/quenteenhas/2008/05/16/economize_sua_mesada_1316309.html>. Acesso em: 26 mar. 2012. 
Fragmento. (P051292RJ_SUP) 
Questão 06 P051293RJ 
A linguagem do trecho “‘Comer em balada ou em shopping não dá.’” (ℓ. 9-10) é 
A) encontrada nos livros de Ciências. 
B) falada entre os amigos. 
C) usada em textos de jornais. 
D) utilizada em uma profi ssão. 
2
C0501 
Leia novamente o texto "Dicas para fazer a sua grana durar mais" para responder às questões abaixo. 
Questão 07 P051292RJ 
O assunto desse texto é 
A) a economia do dinheiro da mesada. 
B) as roupas que estão na moda. 
C) o divertimento dos jovens. 
D) os lanches da escola. 
Questão 08 P051295RJ 
De acordo com esse texto, Carla conseguiu comprar uma TV porque 
A) comprou roupas em um bazar. 
B) deixou de comprar uma calça. 
C) economizou o dinheiro do lanche. 
D) evitou fazer lanches no shopping. 
Questão 09 P051296RJ 
As meninas entrevistadas nesse texto são 
A) corajosas. 
B) criativas. 
C) curiosas. 
D) sonhadoras. 
Leia o texto abaixo. 
BL01P05 
Aves bebês 
Ovo é o maior barato! 
Nem parece que tem uma ave dentro! 
Para proteger os filhotes, cada tipo de pássaro faz o ninho em um lugar: no alto das árvores, 
nas chaminés, entre pedras no chão e até em buracos na areia! 
Tem ninho fofinho, outros duros... 
Urgh, uns são feitos até de cocô! [...] 
Disponível em: <http://www.turmadosaber.com.br/zizi/vzizi_aves_bebesabre.aspm>. Acesso em: 21 fev. 2012. Fragmento. (P051302RJ_SUP) 
Questão 10 P051302RJ 
No trecho “Ovo é o maior barato!”, a expressão destacada significa que o ovo é 
A) de baixo preço. 
B) diferente. 
C) legal. 
D) sem qualidade. 
Questão 11 P051294RJ 
No trecho “Nem parece que tem uma ave dentro!”, o ponto de exclamação indica 
A) alegria. 
B) medo. 
C) raiva. 
D) surpresa. 
3
BL01M05 
C0501 
ATENÇÃO! 
Agora, você vai responder a questões de Matemática. 
Questão 12 M051102E4 
O quadro abaixo mostra o horário que Juliana entrou e saiu do seu trabalho durante alguns dias de uma semana. 
Horário de trabalho 
Dias da Semana Entrada Saída 
Segunda-feira 7:05 17:10 
Terça-feira 9:55 18:00 
Quarta-feira 8:10 18:20 
Quinta-feira 7:59 18:00 
Sexta-feira 8:01 17:30 
De acordo com esse quadro, o dia da semana em que Juliana entrou às 8:01, foi 
A) Segunda-feira. 
B) Quarta-feira. 
C) Quinta-feira. 
D) Sexta-feira. 
Questão 13 M051081E4 
Observe abaixo a dica que Ricardo deu para Carlos descobrir a idade de seu pai. 
A idade do meu pai é igual a 
quantidade de dezenas do 
número 465. 
De acordo com essa dica, qual é a idade do pai de Ricardo? 
A) 4 anos. 
B) 46 anos. 
C) 65 anos. 
D) 465 anos. 
4
Questão 14 M051070E4 
Lúcia começou a fazer o almoço às 11 horas da manhã e terminou às 13 horas da tarde. 
Em quanto tempo esse almoço ficou pronto? 
A) 2 horas. 
B) 3 horas. 
C) 4 horas. 
D) 5 horas. 
Questão 15 M051082E4 
A reta numérica abaixo está dividida em segmentos de mesma medida. 
O ponto M está representando qual número nessa reta? 
A) 31 
B) 30 
C) 29 
D) 27 
Questão 16 M051101E4 
Gustavo cortou 7 formas geométricas. Ele utilizou algumas dessas formas para construir o desenho abaixo. 
Qual é a fração que representa a quantidade de formas geométricas que Gustavo usou para construir 
esse desenho em relação ao total de formas que ele recortou? 
A) 4 
BL01M05 
7 
B) 
7 
3 
4 
C) 7 
3 
D) 7 
Questão 17 M051088E4 
Resolva a conta abaixo. 
23 + 72 + 5 
Qual é o resultado dessa conta? 
A) 145 
B) 100 
C) 99 
D) 90 
C0501 
5
Questão 18 M051067E4 
Qual dos polígonos abaixo possui eixo de simetria? 
A) B) 
BL01M05 
C) D) 
Questão 19 M051073E4 
Carla foi à feira e utilizou todas as moedas abaixo para comprar meio quilograma de limão e não recebeu troco. 
Quanto Carla pagou por meio quilograma de limão nessa feira? 
A) 
B) 
C) 
D) 
C0501 
6
C0501 
Questão 20 M051096E4 
A mãe de Gabriela dá a ela, todos os dias, a mesma quantia para comprar merenda. Ao final de 15 dias, 
Gabriela percebeu que havia ganhado de sua mãe 45 reais no total. 
Quanto Gabriela ganha de sua mãe diariamente para merendar? 
A) 3 reais. 
B) 4 reais. 
C) 30 reais. 
D) 60 reais. 
Questão 21 M051065E4 
Observe abaixo o aquário da casa de Leandra. 
Esse aquário lembra a forma de qual figura geométrica? 
A) Pirâmide. 
B) Esfera. 
C) Cilindro. 
D) Bloco retangular. 
Questão 22 M051091E4 
Luís pulou um número ao escrever a sequência numérica abaixo. A sequência que ele escreveu começa 
no número 18 e termina no 38. 
BL01M05 
18 - 23 - ? - 33 - 38 
Qual é o número que Luís pulou ao escrever essa sequência? 
A) 24 
B) 25 
C) 27 
D) 28 
7
BL02P05 
C0501 
ATENÇÃO! 
Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. 
Questão 23 P051309RJ 
Observe a imagem abaixo. 
Disponível em: <http://migre.me/ezKja>. Acesso em: 28 jun. 2012. (P051309RJ_SUP) 
Qual é a frase que mostra o que acontece nessa cena? 
A) Os meninos atrapalham a brincadeira da menina. 
B) Os meninos brincam de bola de gude e a menina desenha no chão. 
C) Os meninos e a menina brincam da mesma brincadeira. 
D) Os meninos jogam futebol e a menina brinca com sua boneca. 
Leia o texto abaixo. 
5 
10 
15 
Um amigo por trás do vidro 
A turma inteira foi passar o dia em um parque com muitos animais marinhos. Nos aquários, 
havia grande quantidade de peixes de todas as cores e de todas as formas. Tinha até uma 
espécie de túnel de vidro, onde os tubarões fi cavam bem acima das pessoas! Luís viu um 
aquário pequeno e algo pressionado contra o vidro. Ele se aproximou. Diante do seu rosto, 
por trás do vidro, um polvo estava pendurado pelos tentáculos. Luís olhou em seus olhos. 
Que choque! 
Curiosamente, o menino não sentiu medo. O polvo estava trancado e não podia fazer 
nada, mas por causa dos seus olhos tristes, ele parecia dizer alguma coisa. Comovido, Luís 
sorriu para o polvo e pôs sua mão no vidro. Então, o polvo esticou a ponta de um tentáculo 
e veio gentilmente pedir para Luís puxá-lo para fora. 
Naquela hora, a professora anunciou que estava na hora de ir embora. À noite, Luís 
comentou com seus pais: “Eu tenho certeza de que aquele polvo queria me dizer alguma 
coisa! Por que nós trancamos os animais? Por que eles não se defendem?” A mãe disse 
que muitas vezes se perguntava a mesma coisa, mas que não sabia a resposta. Para ela, 
os polvos são inteligentes, talvez tanto quanto nós, mas Luís já tinha percebido isso no seu 
passeio pelo parque aquático. 
MURAT, D’Annie. 365 lindas histórias para cada dia do ano. Tradução: Martim G. Wollstein. Blumenau: Blu Editora, 2010. p. 26. (P051292RJ_SUP) 
Questão 24 P051310RJ 
Esse texto é 
A) um conto. 
B) um diário. 
C) uma fábula. 
D) uma lenda. 
8
Leia novamente o texto "Um amigo por trás do vidro" para responder às questões abaixo. 
Questão 25 P051311RJ 
No trecho “Por que eles não se defenderam?” (ℓ. 13), o uso do ponto de interrogação mostra que o menino estava 
A) com medo. 
B) com raiva. 
C) preocupado. 
D) surpreso. 
Questão 26 P051312RJ 
De acordo com esse texto, o polvo parecia que estava dizendo algo porque 
A) apresentava um olhar triste. 
B) era um animal inteligente. 
C) estava pendurado pelos tentáculos. 
D) fi cou pressionado contra o vidro. 
Questão 27 P051313RJ 
Quem é o personagem principal dessa história? 
A) A mãe. 
B) A professora. 
C) O menino. 
D) O polvo. 
Leia o texto abaixo. 
SCHULZ, Charles M. Peanuts completo: 1950-1952. Porto Alegre: L&PM, 2010. p. 126. (P051303RJ_SUP) 
Questão 28 P051303RJ 
Esse texto é engraçado porque o cachorro 
A) fi cou grudado no gelo. 
B) não respondeu ao menino. 
C) não sabia pescar com anzol. 
D) olhava o menino pescar. 
BL02P05 
C0501 
9
BL02P05 
Leia o texto abaixo. 
5 
10 
15 
C0501 
Curiosidades do carnaval 
[...] O carnaval é uma festa linda, em que a arte pode ser mostrada de muitas maneiras 
em bailes, festas de rua e desfiles alegóricos. 
Nos bailes, o que mais encontramos são os famosos confetes e serpentinas que são 
jogados para o alto na hora da brincadeira. Ao som de marchinhas de carnaval de antigamente, 
todos se divertem e lembram como essa festa era comemorada a alguns anos atrás. 
Com o passar do tempo, o carnaval ganhou uma popularidade tão grande, que as festas 
de rua cresceram muito, e hoje é a forma de diversão mais encontrada em todo o país. A 
festa de carnaval de rua mais conhecida é a de Salvador, que leva milhares de pessoas 
atrás dos trios elétricos que tocam axé durante os quatro dias de folia. 
Pertinho dali, em Recife e Olinda, há um dos carnavais mais populares do Brasil, com os 
famosos bonecos gigantes que também são seguidos por multidões. 
No Rio de Janeiro e em São Paulo, a festa é um pouco diferente. Ela acontece nos 
sambódromos onde as escolas de samba desfilam com lindas fantasias e carros alegóricos 
que contam alguma história. Existe até um júri que vota na melhor escola de samba do 
ano. As melhores ainda fazem outro desfile para comemorar o sucesso de ter agradado ao 
público e aos jurados. 
As pessoas usam máscaras e fantasias de todos os tipos. Algumas simples, outras mais 
luxuosas, mas todas com a mensagem de que a brincadeira e a magia do carnaval são 
especiais de todos os jeitos. 
Disponível em: <http://iguinho.ig.com.br/carnaval.html>. Acesso em: 7 ago. 2012. Fragmento. Adaptado para fins didáticos. (P051304RJ_SUP) 
Questão 29 P051305RJ 
De acordo com esse texto, o carnaval de rua mais conhecido é o de 
A) Recife. 
B) Rio de Janeiro. 
C) Salvador. 
D) São Paulo. 
Questão 30 P051304RJ 
Esse texto foi escrito para 
A) dar uma informação. 
B) fazer um convite. 
C) narrar uma história. 
D) relatar uma experiência. 
Questão 31 P051306RJ 
Nesse texto, o trecho “... nos sambódromos onde as escolas de samba desfilam...” (ℓ. 12-13) indica uma 
ideia de 
A) causa. 
B) lugar. 
C) modo. 
D) tempo. 
Questão 32 P051307RJ 
O trecho desse texto que apresenta uma opinião sobre o carnaval é: 
A) “O carnaval é uma festa linda,...”. (ℓ. 1) 
B) “Com o passar do tempo, o carnaval ganhou uma popularidade...”. (ℓ. 6) 
C) “Ela acontece nos sambódromos...”. (ℓ. 12-13) 
D) “As pessoas usam máscaras e fantasias de todos os tipos.”. (ℓ. 17) 
10
BL02P05 
Leia o texto abaixo. 
C0501 
Disponível em: <http://noelbsb.blogspot.com.br/2011/05/o-bosque.html>. Acesso em: 9 abr. 2012. (P051308RJ_SUP) 
Questão 33 P051308RJ 
Esse texto é 
A) um anúncio. 
B) um convite. 
C) um ingresso. 
D) um rótulo. 
11
BL02M05 
C0501 
ATENÇÃO! 
Agora, você vai responder a questões de Matemática. 
Questão 34 M051092E4 
Observe abaixo o preço do quilograma de alguns alimentos que Luiza comprou. 
Feijão Açúcar Arroz Café 
R$ 5,50 R$ 2,10 R$ 2,60 R$ 3,75 
Qual é o alimento mais barato que Luiza comprou? 
A) Açúcar. 
B) Arroz. 
C) Café. 
D) Feijão. 
Questão 35 M051106E4 
Rafael mediu o comprimento de uma cama usando um pedaço de barbante, conforme desenho abaixo. 
66 cm 
Quantos centímetros mede aproximadamente essa cama? 
A) 122 
B) 132 
C) 188 
D) 198 
Questão 36 M051098E4 
Alan vende o quilograma da tilápia por R$ 3,50. Essa semana ele recebeu R$ 35,00 pela venda desse peixe. 
Quantos quilogramas de tilápia ele vendeu nessa semana? 
A) 9 
B) 10 
C) 32 
D) 39 
12
Questão 37 M051063E4 
Observe a posição do desenho de alguns animais na malha quadriculada abaixo. 
BL02M05 
E F G H 
1 
2 
3 
4 
Qual é o animal que está localizado na linha 3 e coluna 1? 
A) Cachorro. 
B) Gato. 
C) Pato. 
D) Porco. 
Questão 38 M051087E4 
Observe o número no quadro abaixo. 
678 
Uma das decomposições desse número é 
A) 600 + 70 + 8 
B) 60 + 78 
C) 6 + 78 
D) 6 + 7 + 8 
C0501 
13
C0501 
Questão 39 M051075E4 
Fabíola comprou um tampo de uma mesa para colocar no quarto do seu filho. Esse tampo é formado pela 
composição de dois retângulos, como mostra o desenho abaixo. 
BL02M05 
1 m 
1 m 
1 m 
1 m 
Fabíola irá contornar essa mesa com borracha para evitar que ele se machuque. 
Quantos metros de borracha, no mínimo, ela deverá comprar para contornar o tampo dessa mesa? 
A) 4 
B) 6 
C) 7 
D) 8 
Questão 40 M051104E4 
O gráfico abaixo mostra a quantidade de crianças que votaram na personagem preferida do Sítio do Pica-pau 
Amarelo. Cada uma delas votou em um único personagem. 
Número de crianças 
Personagens 
10 
9 
8 
7 
6 
5 
4 
3 
2 
1 
0 
Emília Tia Nastácia Cuca Saci Visconde Narizinho 
De acordo com esse gráfico, qual foi o personagem mais votado? 
A) Emília. 
B) Narizinho. 
C) Saci. 
D) Visconde. 
14
C0501 
Questão 41 M051084E4 
O ônibus que deixa Rafael em sua casa é o 523 da linha azul. 
Qual é o número do ônibus que deixa Rafael em sua casa? 
A) Cinco mil e vinte e três. 
B) Duzentos e trinta e cinco. 
C) Quinhentos e vinte e três. 
D) Trezentos e vinte e cinco. 
Questão 42 M051095E4 
Resolva a conta abaixo. 
BL02M05 
102 ÷ 3 = 
Qual é o resultado dessa conta? 
A) 24 
B) 34 
C) 43 
D) 67 
Questão 43 M051079E4 
Vanessa irá construir um cercadinho retangular para sua filha brincar. Esse cercadinho terá 2 m de largura 
por 4 m de comprimento. 
Quantos metros quadrados de área a menina terá para brincar? 
A) 6 
B) 8 
C) 12 
D) 16 
Questão 44 M051068E4 
Jorge ficou parado no trânsito durante 2 horas. 
Quantos minutos Jorge ficou parado no trânsito? 
A) 20 
B) 60 
C) 100 
D) 120 
15
6º ano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb
liliansales4
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
Eveline Rosa Peres
 
Atividade sobre o genero textual relato
Atividade sobre o genero textual relatoAtividade sobre o genero textual relato
Atividade sobre o genero textual relato
Marilza Fuentes
 
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
Seduc MT
 
Miniconto ou microconto
Miniconto ou microcontoMiniconto ou microconto
Miniconto ou microconto
Otávia Vieira
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
Evilane Alves
 
Encontros vocálicos (2)
Encontros vocálicos (2)Encontros vocálicos (2)
Encontros vocálicos (2)
Lakalondres
 
Acentuacao
AcentuacaoAcentuacao
Acentuacao
Flávio Ferreira
 
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativoFigura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Juliana Oliveira
 
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarteAtividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
erirobson dantas de lima
 
Atividades de Língua Portuguesa- Descritores
Atividades de Língua Portuguesa- DescritoresAtividades de Língua Portuguesa- Descritores
Atividades de Língua Portuguesa- Descritores
Marina Alessandra
 
Oficina cronica olp
Oficina  cronica   olpOficina  cronica   olp
Oficina cronica olp
MariadasMerces
 
O que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de textoO que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de texto
Cristina Baizi
 
A redação aula 1
A redação   aula 1A redação   aula 1
D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Implícito e explícito
Implícito e explícitoImplícito e explícito
Implícito e explícito
Danii Lopes
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
Luciene Gomes
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
sandra
 
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
GoisBemnoEnem
 
Variantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na MúsicaVariantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na Música
Pricila Yessayan
 

Mais procurados (20)

Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
 
Atividade sobre o genero textual relato
Atividade sobre o genero textual relatoAtividade sobre o genero textual relato
Atividade sobre o genero textual relato
 
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
Sonetos . Produção Textual de Alunos do 8° ano do Ensino Fundamental da Escol...
 
Miniconto ou microconto
Miniconto ou microcontoMiniconto ou microconto
Miniconto ou microconto
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
 
Encontros vocálicos (2)
Encontros vocálicos (2)Encontros vocálicos (2)
Encontros vocálicos (2)
 
Acentuacao
AcentuacaoAcentuacao
Acentuacao
 
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativoFigura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativo
 
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarteAtividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
 
Atividades de Língua Portuguesa- Descritores
Atividades de Língua Portuguesa- DescritoresAtividades de Língua Portuguesa- Descritores
Atividades de Língua Portuguesa- Descritores
 
Oficina cronica olp
Oficina  cronica   olpOficina  cronica   olp
Oficina cronica olp
 
O que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de textoO que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de texto
 
A redação aula 1
A redação   aula 1A redação   aula 1
A redação aula 1
 
D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
 
Implícito e explícito
Implícito e explícitoImplícito e explícito
Implícito e explícito
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
 
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 36 |3ª SÉRIE | TESE E ARGUMENTOS NOS TEXTOS OPINAT...
 
Variantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na MúsicaVariantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na Música
 

Destaque

Avaliação diagnóstica de matemática 3º ano
Avaliação diagnóstica de matemática   3º anoAvaliação diagnóstica de matemática   3º ano
Avaliação diagnóstica de matemática 3º ano
Emanuella Andrade Silva
 
Prova bimestral de matemática
Prova bimestral de  matemáticaProva bimestral de  matemática
Prova bimestral de matemática
Roseli Jubanski
 
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º anoAvaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
danielemarcolina7040
 
2 março
2 março2 março
2 março
Luzia Ester
 
Guia orientacaopeda ensifundamental2011
Guia orientacaopeda ensifundamental2011Guia orientacaopeda ensifundamental2011
Guia orientacaopeda ensifundamental2011
Alessandra Iris
 
Prova nivel 2 2008
Prova nivel 2 2008Prova nivel 2 2008
Prova nivel 2 2008
Prof. Leandro
 
Análise combinatória I
Análise combinatória IAnálise combinatória I
Análise combinatória I
Everton Moraes
 
Teoria elementar dos numeros
Teoria elementar dos numerosTeoria elementar dos numeros
Teoria elementar dos numeros
lealtran
 
Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016
Claudia Ortolan Ortolan
 
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
Prof. Leandro
 
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
Prof. Leandro
 
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-anoAvaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
Adriana Alves
 
Olimpíada de MATEMÁTICA (nível 2)
Olimpíada de MATEMÁTICA  (nível 2)Olimpíada de MATEMÁTICA  (nível 2)
Olimpíada de MATEMÁTICA (nível 2)
Robson Nascimento
 
Ponto reta
Ponto retaPonto reta
Ponto reta
con_seguir
 
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Prof. Leandro
 
Resolução da prova do colégio naval de 2008
Resolução da prova do colégio naval de 2008Resolução da prova do colégio naval de 2008
Resolução da prova do colégio naval de 2008
2marrow
 
Ppp 2014
Ppp   2014Ppp   2014
Ppp 2014
rotarymossoro
 
Algoritmos - Comandos de Repetição
Algoritmos - Comandos de RepetiçãoAlgoritmos - Comandos de Repetição
Algoritmos - Comandos de Repetição
Elaine Cecília Gatto
 
Velha da multiplicação
Velha da multiplicaçãoVelha da multiplicação
Velha da multiplicação
Rosemary Batista
 
Aula 7 inducao matematica-primeiroprincipio
Aula 7   inducao matematica-primeiroprincipioAula 7   inducao matematica-primeiroprincipio
Aula 7 inducao matematica-primeiroprincipio
wab030
 

Destaque (20)

Avaliação diagnóstica de matemática 3º ano
Avaliação diagnóstica de matemática   3º anoAvaliação diagnóstica de matemática   3º ano
Avaliação diagnóstica de matemática 3º ano
 
Prova bimestral de matemática
Prova bimestral de  matemáticaProva bimestral de  matemática
Prova bimestral de matemática
 
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º anoAvaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
Avaliação diagnóstica de matemática aberta-6º ano
 
2 março
2 março2 março
2 março
 
Guia orientacaopeda ensifundamental2011
Guia orientacaopeda ensifundamental2011Guia orientacaopeda ensifundamental2011
Guia orientacaopeda ensifundamental2011
 
Prova nivel 2 2008
Prova nivel 2 2008Prova nivel 2 2008
Prova nivel 2 2008
 
Análise combinatória I
Análise combinatória IAnálise combinatória I
Análise combinatória I
 
Teoria elementar dos numeros
Teoria elementar dos numerosTeoria elementar dos numeros
Teoria elementar dos numeros
 
Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016
 
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
Olimpíada Brasileira de matemática 1ª fase nível 2
 
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
Repostas da atividade de casa livro - paginas: 203 a 210
 
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-anoAvaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
Avaliacao diagnostica-de-matematica-5º-ano
 
Olimpíada de MATEMÁTICA (nível 2)
Olimpíada de MATEMÁTICA  (nível 2)Olimpíada de MATEMÁTICA  (nível 2)
Olimpíada de MATEMÁTICA (nível 2)
 
Ponto reta
Ponto retaPonto reta
Ponto reta
 
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
 
Resolução da prova do colégio naval de 2008
Resolução da prova do colégio naval de 2008Resolução da prova do colégio naval de 2008
Resolução da prova do colégio naval de 2008
 
Ppp 2014
Ppp   2014Ppp   2014
Ppp 2014
 
Algoritmos - Comandos de Repetição
Algoritmos - Comandos de RepetiçãoAlgoritmos - Comandos de Repetição
Algoritmos - Comandos de Repetição
 
Velha da multiplicação
Velha da multiplicaçãoVelha da multiplicação
Velha da multiplicação
 
Aula 7 inducao matematica-primeiroprincipio
Aula 7   inducao matematica-primeiroprincipioAula 7   inducao matematica-primeiroprincipio
Aula 7 inducao matematica-primeiroprincipio
 

Semelhante a 6º ano

Saerjinho 6º ano
Saerjinho 6º anoSaerjinho 6º ano
Saerjinho 6º ano
Rodolfo Freitas
 
SIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdfSIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdf
REGIANORODRIGUESDESO
 
1º ano
1º ano1º ano
Simulado de português
Simulado  de portuguêsSimulado  de português
Simulado de português
Rose Tavares
 
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdfSimulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
FabiolaAparecidaMore
 
Simulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemáticaSimulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemática
Maria José Sales
 
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdfAPOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
ElvisCrtes1
 
Apostila 2º ano -_aluno f(1)
Apostila 2º ano  -_aluno f(1)Apostila 2º ano  -_aluno f(1)
Apostila 2º ano -_aluno f(1)
Suely Seuly
 
C1001
C1001C1001
Fraccoes e decimais
Fraccoes e decimaisFraccoes e decimais
Fraccoes e decimais
Rute Almeida
 
Saerjinho 9º ano
Saerjinho 9º anoSaerjinho 9º ano
Saerjinho 9º ano
Rodolfo Freitas
 
Exemplodeprovabrasil5ano
Exemplodeprovabrasil5anoExemplodeprovabrasil5ano
Exemplodeprovabrasil5ano
Jéssica Caroline
 
Problemas livro dante
Problemas livro danteProblemas livro dante
Problemas livro dante
Ana PAula Costa
 
9º ano
9º ano9º ano
Obmep1
Obmep1Obmep1
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
VanessaProfeBarueri
 
Pf1n1 2012
Pf1n1 2012Pf1n1 2012
Pf1n1 2012
cavip
 
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXXAULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
JhosueSouza
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Provamodelo 5ano (1)
Provamodelo 5ano (1)Provamodelo 5ano (1)
Provamodelo 5ano (1)
Margarete Borga
 

Semelhante a 6º ano (20)

Saerjinho 6º ano
Saerjinho 6º anoSaerjinho 6º ano
Saerjinho 6º ano
 
SIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdfSIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdf
 
1º ano
1º ano1º ano
1º ano
 
Simulado de português
Simulado  de portuguêsSimulado  de português
Simulado de português
 
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdfSimulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
Simulado Matemática - 5º ano - Caderno do Aluno (2).pdf
 
Simulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemáticaSimulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemática
 
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdfAPOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
APOSTILA IV ATIVIDADES DOMICILIARES.pdf
 
Apostila 2º ano -_aluno f(1)
Apostila 2º ano  -_aluno f(1)Apostila 2º ano  -_aluno f(1)
Apostila 2º ano -_aluno f(1)
 
C1001
C1001C1001
C1001
 
Fraccoes e decimais
Fraccoes e decimaisFraccoes e decimais
Fraccoes e decimais
 
Saerjinho 9º ano
Saerjinho 9º anoSaerjinho 9º ano
Saerjinho 9º ano
 
Exemplodeprovabrasil5ano
Exemplodeprovabrasil5anoExemplodeprovabrasil5ano
Exemplodeprovabrasil5ano
 
Problemas livro dante
Problemas livro danteProblemas livro dante
Problemas livro dante
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 
Obmep1
Obmep1Obmep1
Obmep1
 
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
Apostila de 3 ano - revisão de conteúdos - C3
 
Pf1n1 2012
Pf1n1 2012Pf1n1 2012
Pf1n1 2012
 
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXXAULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
AULA 03- MÚLTIPLOS E DIVISORES.ppsxXXXXX
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
 
Provamodelo 5ano (1)
Provamodelo 5ano (1)Provamodelo 5ano (1)
Provamodelo 5ano (1)
 

Mais de Rodolfo Freitas

Prova saerj matemática sexto ano
Prova saerj matemática sexto anoProva saerj matemática sexto ano
Prova saerj matemática sexto ano
Rodolfo Freitas
 
Prova saerj matemática nono ano
Prova saerj matemática nono anoProva saerj matemática nono ano
Prova saerj matemática nono ano
Rodolfo Freitas
 
Prova saerj matemática terceiro ano
Prova saerj matemática terceiro anoProva saerj matemática terceiro ano
Prova saerj matemática terceiro ano
Rodolfo Freitas
 
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
Rodolfo Freitas
 
3º ANO
3º ANO3º ANO
2º ANO
2º ANO2º ANO
9º ANO
9º ANO9º ANO
1º ANO
1º ANO1º ANO
3º ano
3º ano3º ano
2º ano
2º ano2º ano
Saerjinho 3° ano
Saerjinho 3° anoSaerjinho 3° ano
Saerjinho 3° ano
Rodolfo Freitas
 
Saerjinho 2º ano
Saerjinho 2º anoSaerjinho 2º ano
Saerjinho 2º ano
Rodolfo Freitas
 
Saerjinho 1º ano
Saerjinho 1º anoSaerjinho 1º ano
Saerjinho 1º ano
Rodolfo Freitas
 
Trabalho cmpcb 2014
Trabalho cmpcb 2014Trabalho cmpcb 2014
Trabalho cmpcb 2014
Rodolfo Freitas
 
Gabarito este 1
Gabarito este 1Gabarito este 1
Gabarito este 1
Rodolfo Freitas
 
Gabarito 1
Gabarito 1Gabarito 1
Gabarito 1
Rodolfo Freitas
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
Rodolfo Freitas
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
Rodolfo Freitas
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
Rodolfo Freitas
 

Mais de Rodolfo Freitas (20)

Prova saerj matemática sexto ano
Prova saerj matemática sexto anoProva saerj matemática sexto ano
Prova saerj matemática sexto ano
 
Prova saerj matemática nono ano
Prova saerj matemática nono anoProva saerj matemática nono ano
Prova saerj matemática nono ano
 
Prova saerj matemática terceiro ano
Prova saerj matemática terceiro anoProva saerj matemática terceiro ano
Prova saerj matemática terceiro ano
 
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
Gabarito saerjinho terceiro bimestre-2014
 
3º ANO
3º ANO3º ANO
3º ANO
 
2º ANO
2º ANO2º ANO
2º ANO
 
9º ANO
9º ANO9º ANO
9º ANO
 
1º ANO
1º ANO1º ANO
1º ANO
 
3º ano
3º ano3º ano
3º ano
 
2º ano
2º ano2º ano
2º ano
 
Saerjinho 3° ano
Saerjinho 3° anoSaerjinho 3° ano
Saerjinho 3° ano
 
Saerjinho 2º ano
Saerjinho 2º anoSaerjinho 2º ano
Saerjinho 2º ano
 
Saerjinho 1º ano
Saerjinho 1º anoSaerjinho 1º ano
Saerjinho 1º ano
 
Trabalho cmpcb 2014
Trabalho cmpcb 2014Trabalho cmpcb 2014
Trabalho cmpcb 2014
 
Gabarito este 2
Gabarito este 2Gabarito este 2
Gabarito este 2
 
Gabarito este 1
Gabarito este 1Gabarito este 1
Gabarito este 1
 
Gabarito 1
Gabarito 1Gabarito 1
Gabarito 1
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
 
Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014Trabalho conjuntos 2014
Trabalho conjuntos 2014
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Renato Henriques
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 

6º ano

  • 1. CadernoC0501 2° BIMESTRE AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA Língua Portuguesa e Matemática 5° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Nome do Aluno(a): Orientações  Você está recebendo um caderno com 44 questões.  Você tem duas horas para responder a todas as questões e 20 minutos para preencher o Cartão de Respostas.  Leia com atenção cada questão antes de respondê-la.  Cada questão tem uma única resposta correta.  Em alguns textos, há, na margem esquerda, uma indicação com a numeração de linhas.  Ao terminar a prova, passe suas respostas para o Cartão de Respostas, utilizando caneta azul ou preta. Não estrague, rasgue ou rabisque seu Cartão de Respostas.  Depois, passe suas respostas para folha de rascunho. Ela servirá para você acompanhar as questões junto ao professor. Boa prova! 2013
  • 3. 34: A B C D 35: A B C D 36: A B C D 37: A B C D 38: A B C D 39: A B C D 40: A B C D 41: A B C D 42: A B C D 43: A B C D 44: A B C D FOLHA DE TRANSCRIÇÃO 23: A B C D 24: A B C D 25: A B C D 26: A B C D 27: A B C D 28: A B C D 29: A B C D 30: A B C D 31: A B C D 32: A B C D 33: A B C D 12: A B C D 13: A B C D 14: A B C D 15: A B C D 16: A B C D 17: A B C D 18: A B C D 19: A B C D 01: A B C D 02: A B C D 03: A B C D 04: A B C D 05: A B C D 06: A B C D 07: A B C D 09: A B C D 20: A B C D 10: A B C D 21: A B C D 11: A B C D 22: A B C D 08: A B C D Língua Portuguesa e Matemática 5° ano do Ensino Fundamental Caro(a) Aluno(a), Após transcrever as respostas para o Cartão de Respostas, repasse todas as respostas também para essa folha. Em outro momento, essa folha será utilizada para que seja realizada a correção da prova junto ao seu professor.
  • 5. BL01P05 C0501 ATENÇÃO! Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. Leia o texto abaixo. 5 10 O que acontece neste instante? O que está acontecendo exatamente neste segundo no mundo inteiro? Você consegue imaginar? De coisas difíceis de ocorrer, como um acidente de submarino ou o nascimento de um tigre branco, a coisas que se repetem o tempo todo, como a onda que chega à praia e a água que cai da cachoeira, tudo é possível. E tudo acontece ao mesmo tempo em que você está lendo esse texto. Porque o segundo é o mesmo para todo mundo, mas é diferente para todos, porque ninguém faz nada igual enquanto ele acontece. Até mesmo a onda que chega sempre, vem com mais ou menos espuma, maior ou menor em tamanho. Pois foi essa ideia que a escritora portuguesa Isabel Minhós Martins fisgou ao escrever O Mundo Num Segundo, num livro ricamente ilustrado por Bernardo Carvalho. Há cenas lindas e situações das mais diversas possíveis. Enquanto você vira a sua página, um elevador para entre dois andares num arranha-céu de Nova York, alguém buzina numa cidade mexicana, um homem senta para descansar e uma laranja cai de madura num quintal português. Muitas outras coisas acontecem no livro de Isabel. E muitas acontecem exatamente agora que você lê essa linha. [...] Disponível em: <http://blogs.estadao.com.br/estadinho/>. Acesso em: 8 abr. 2012. Fragmento. (P051287RJ_SUP) Questão 01 P051287RJ Esse texto foi escrito para A) apresentar um livro. B) contar uma história. C) descrever uma cena. D) ensinar uma atividade. Questão 02 P051288RJ Nesse texto, o trecho que marca uma ideia de tempo é: A) “... vem com mais ou menos espuma,...”. (ℓ. 7) B) “... um elevador para entre dois andares...”. (ℓ. 10-11) C) “Muitas outras coisas acontecem no livro...”. (ℓ. 13) D) “E muitas acontecem exatamente agora...”. (ℓ. 13-14) Questão 03 P051289RJ No trecho “... ninguém faz nada igual enquanto ele acontece.” (ℓ. 6), a palavra destacada está no lugar de A) acidente. B) mundo. C) segundo. D) texto. Questão 04 P051290RJ Nesse texto, o trecho que apresenta uma opinião sobre o livro de Isabel é: A) “E tudo acontece ao mesmo tempo em que você está lendo esse texto.”. (ℓ. 4-5) B) “Há cenas lindas e situações das mais diversas possíveis.”. (ℓ. 9-10) C) “... um elevador para entre dois andares num arranha-céu...”. (ℓ. 10-11) D) “... um homem senta para descansar e uma laranja cai...”. (ℓ. 12) 1
  • 6. BL01P05 Leia o texto abaixo. C0501 Disponível em: <http://turmadamel.com.br/quadrinhos/>. Acesso em: 26 mar. 2012. (P051291RJ_SUP) Questão 05 P051291RJ De acordo com esse texto, Floriano A) enxergava muito bem. B) mudou de assunto. C) não entendeu a pergunta. D) não soube a resposta. Leia o texto abaixo. 5 10 15 Dicas para fazer a sua grana durar mais Você sonha em comprar uma calça liiiiinda, mas o dinheiro nunca dá? Sua mesada costuma acabar antes mesmo do fi m do mês? Calma! Conversamos com algumas garotas que nos deram dicas ótimas de como economizar. Isso é mais que possível, acredite! Para Carla S., de 17 anos, poupar um dinheirinho nunca foi problema e a garota conseguiu comprar até uma televisão com a grana do lanche. “Minha mãe sempre me dava dinheiro pra eu lanchar na escola e eu costumava gastar só metade e o resto guardava. Até que juntei bastante e comprei uma TV pro meu quarto... Foi realmente uma conquista”, contou Carla. A estudante Tatiane S., de 19 anos, conta que nunca come na rua. Ela sempre janta antes de sair de casa e assim consegue juntar uma boa grana. “Comer em balada ou em shopping não dá. Tudo é muito caro, além de você só comer besteira como lanches e batata frita. Por isso, quando saio, costumo só tomar um suco”, explicou Tatiane, que aproveita para manter a forma. Fazer bazar entre as amigas também é legal. Vocês podem trocar roupas que não servem ou não usam mais e assim variar as peças do armário. Visitar brechós também é uma opção para gastar pouco com roupas e acessórios Disponível em:<http://jovem.ig.com.br/igirl/quenteenhas/2008/05/16/economize_sua_mesada_1316309.html>. Acesso em: 26 mar. 2012. Fragmento. (P051292RJ_SUP) Questão 06 P051293RJ A linguagem do trecho “‘Comer em balada ou em shopping não dá.’” (ℓ. 9-10) é A) encontrada nos livros de Ciências. B) falada entre os amigos. C) usada em textos de jornais. D) utilizada em uma profi ssão. 2
  • 7. C0501 Leia novamente o texto "Dicas para fazer a sua grana durar mais" para responder às questões abaixo. Questão 07 P051292RJ O assunto desse texto é A) a economia do dinheiro da mesada. B) as roupas que estão na moda. C) o divertimento dos jovens. D) os lanches da escola. Questão 08 P051295RJ De acordo com esse texto, Carla conseguiu comprar uma TV porque A) comprou roupas em um bazar. B) deixou de comprar uma calça. C) economizou o dinheiro do lanche. D) evitou fazer lanches no shopping. Questão 09 P051296RJ As meninas entrevistadas nesse texto são A) corajosas. B) criativas. C) curiosas. D) sonhadoras. Leia o texto abaixo. BL01P05 Aves bebês Ovo é o maior barato! Nem parece que tem uma ave dentro! Para proteger os filhotes, cada tipo de pássaro faz o ninho em um lugar: no alto das árvores, nas chaminés, entre pedras no chão e até em buracos na areia! Tem ninho fofinho, outros duros... Urgh, uns são feitos até de cocô! [...] Disponível em: <http://www.turmadosaber.com.br/zizi/vzizi_aves_bebesabre.aspm>. Acesso em: 21 fev. 2012. Fragmento. (P051302RJ_SUP) Questão 10 P051302RJ No trecho “Ovo é o maior barato!”, a expressão destacada significa que o ovo é A) de baixo preço. B) diferente. C) legal. D) sem qualidade. Questão 11 P051294RJ No trecho “Nem parece que tem uma ave dentro!”, o ponto de exclamação indica A) alegria. B) medo. C) raiva. D) surpresa. 3
  • 8. BL01M05 C0501 ATENÇÃO! Agora, você vai responder a questões de Matemática. Questão 12 M051102E4 O quadro abaixo mostra o horário que Juliana entrou e saiu do seu trabalho durante alguns dias de uma semana. Horário de trabalho Dias da Semana Entrada Saída Segunda-feira 7:05 17:10 Terça-feira 9:55 18:00 Quarta-feira 8:10 18:20 Quinta-feira 7:59 18:00 Sexta-feira 8:01 17:30 De acordo com esse quadro, o dia da semana em que Juliana entrou às 8:01, foi A) Segunda-feira. B) Quarta-feira. C) Quinta-feira. D) Sexta-feira. Questão 13 M051081E4 Observe abaixo a dica que Ricardo deu para Carlos descobrir a idade de seu pai. A idade do meu pai é igual a quantidade de dezenas do número 465. De acordo com essa dica, qual é a idade do pai de Ricardo? A) 4 anos. B) 46 anos. C) 65 anos. D) 465 anos. 4
  • 9. Questão 14 M051070E4 Lúcia começou a fazer o almoço às 11 horas da manhã e terminou às 13 horas da tarde. Em quanto tempo esse almoço ficou pronto? A) 2 horas. B) 3 horas. C) 4 horas. D) 5 horas. Questão 15 M051082E4 A reta numérica abaixo está dividida em segmentos de mesma medida. O ponto M está representando qual número nessa reta? A) 31 B) 30 C) 29 D) 27 Questão 16 M051101E4 Gustavo cortou 7 formas geométricas. Ele utilizou algumas dessas formas para construir o desenho abaixo. Qual é a fração que representa a quantidade de formas geométricas que Gustavo usou para construir esse desenho em relação ao total de formas que ele recortou? A) 4 BL01M05 7 B) 7 3 4 C) 7 3 D) 7 Questão 17 M051088E4 Resolva a conta abaixo. 23 + 72 + 5 Qual é o resultado dessa conta? A) 145 B) 100 C) 99 D) 90 C0501 5
  • 10. Questão 18 M051067E4 Qual dos polígonos abaixo possui eixo de simetria? A) B) BL01M05 C) D) Questão 19 M051073E4 Carla foi à feira e utilizou todas as moedas abaixo para comprar meio quilograma de limão e não recebeu troco. Quanto Carla pagou por meio quilograma de limão nessa feira? A) B) C) D) C0501 6
  • 11. C0501 Questão 20 M051096E4 A mãe de Gabriela dá a ela, todos os dias, a mesma quantia para comprar merenda. Ao final de 15 dias, Gabriela percebeu que havia ganhado de sua mãe 45 reais no total. Quanto Gabriela ganha de sua mãe diariamente para merendar? A) 3 reais. B) 4 reais. C) 30 reais. D) 60 reais. Questão 21 M051065E4 Observe abaixo o aquário da casa de Leandra. Esse aquário lembra a forma de qual figura geométrica? A) Pirâmide. B) Esfera. C) Cilindro. D) Bloco retangular. Questão 22 M051091E4 Luís pulou um número ao escrever a sequência numérica abaixo. A sequência que ele escreveu começa no número 18 e termina no 38. BL01M05 18 - 23 - ? - 33 - 38 Qual é o número que Luís pulou ao escrever essa sequência? A) 24 B) 25 C) 27 D) 28 7
  • 12. BL02P05 C0501 ATENÇÃO! Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. Questão 23 P051309RJ Observe a imagem abaixo. Disponível em: <http://migre.me/ezKja>. Acesso em: 28 jun. 2012. (P051309RJ_SUP) Qual é a frase que mostra o que acontece nessa cena? A) Os meninos atrapalham a brincadeira da menina. B) Os meninos brincam de bola de gude e a menina desenha no chão. C) Os meninos e a menina brincam da mesma brincadeira. D) Os meninos jogam futebol e a menina brinca com sua boneca. Leia o texto abaixo. 5 10 15 Um amigo por trás do vidro A turma inteira foi passar o dia em um parque com muitos animais marinhos. Nos aquários, havia grande quantidade de peixes de todas as cores e de todas as formas. Tinha até uma espécie de túnel de vidro, onde os tubarões fi cavam bem acima das pessoas! Luís viu um aquário pequeno e algo pressionado contra o vidro. Ele se aproximou. Diante do seu rosto, por trás do vidro, um polvo estava pendurado pelos tentáculos. Luís olhou em seus olhos. Que choque! Curiosamente, o menino não sentiu medo. O polvo estava trancado e não podia fazer nada, mas por causa dos seus olhos tristes, ele parecia dizer alguma coisa. Comovido, Luís sorriu para o polvo e pôs sua mão no vidro. Então, o polvo esticou a ponta de um tentáculo e veio gentilmente pedir para Luís puxá-lo para fora. Naquela hora, a professora anunciou que estava na hora de ir embora. À noite, Luís comentou com seus pais: “Eu tenho certeza de que aquele polvo queria me dizer alguma coisa! Por que nós trancamos os animais? Por que eles não se defendem?” A mãe disse que muitas vezes se perguntava a mesma coisa, mas que não sabia a resposta. Para ela, os polvos são inteligentes, talvez tanto quanto nós, mas Luís já tinha percebido isso no seu passeio pelo parque aquático. MURAT, D’Annie. 365 lindas histórias para cada dia do ano. Tradução: Martim G. Wollstein. Blumenau: Blu Editora, 2010. p. 26. (P051292RJ_SUP) Questão 24 P051310RJ Esse texto é A) um conto. B) um diário. C) uma fábula. D) uma lenda. 8
  • 13. Leia novamente o texto "Um amigo por trás do vidro" para responder às questões abaixo. Questão 25 P051311RJ No trecho “Por que eles não se defenderam?” (ℓ. 13), o uso do ponto de interrogação mostra que o menino estava A) com medo. B) com raiva. C) preocupado. D) surpreso. Questão 26 P051312RJ De acordo com esse texto, o polvo parecia que estava dizendo algo porque A) apresentava um olhar triste. B) era um animal inteligente. C) estava pendurado pelos tentáculos. D) fi cou pressionado contra o vidro. Questão 27 P051313RJ Quem é o personagem principal dessa história? A) A mãe. B) A professora. C) O menino. D) O polvo. Leia o texto abaixo. SCHULZ, Charles M. Peanuts completo: 1950-1952. Porto Alegre: L&PM, 2010. p. 126. (P051303RJ_SUP) Questão 28 P051303RJ Esse texto é engraçado porque o cachorro A) fi cou grudado no gelo. B) não respondeu ao menino. C) não sabia pescar com anzol. D) olhava o menino pescar. BL02P05 C0501 9
  • 14. BL02P05 Leia o texto abaixo. 5 10 15 C0501 Curiosidades do carnaval [...] O carnaval é uma festa linda, em que a arte pode ser mostrada de muitas maneiras em bailes, festas de rua e desfiles alegóricos. Nos bailes, o que mais encontramos são os famosos confetes e serpentinas que são jogados para o alto na hora da brincadeira. Ao som de marchinhas de carnaval de antigamente, todos se divertem e lembram como essa festa era comemorada a alguns anos atrás. Com o passar do tempo, o carnaval ganhou uma popularidade tão grande, que as festas de rua cresceram muito, e hoje é a forma de diversão mais encontrada em todo o país. A festa de carnaval de rua mais conhecida é a de Salvador, que leva milhares de pessoas atrás dos trios elétricos que tocam axé durante os quatro dias de folia. Pertinho dali, em Recife e Olinda, há um dos carnavais mais populares do Brasil, com os famosos bonecos gigantes que também são seguidos por multidões. No Rio de Janeiro e em São Paulo, a festa é um pouco diferente. Ela acontece nos sambódromos onde as escolas de samba desfilam com lindas fantasias e carros alegóricos que contam alguma história. Existe até um júri que vota na melhor escola de samba do ano. As melhores ainda fazem outro desfile para comemorar o sucesso de ter agradado ao público e aos jurados. As pessoas usam máscaras e fantasias de todos os tipos. Algumas simples, outras mais luxuosas, mas todas com a mensagem de que a brincadeira e a magia do carnaval são especiais de todos os jeitos. Disponível em: <http://iguinho.ig.com.br/carnaval.html>. Acesso em: 7 ago. 2012. Fragmento. Adaptado para fins didáticos. (P051304RJ_SUP) Questão 29 P051305RJ De acordo com esse texto, o carnaval de rua mais conhecido é o de A) Recife. B) Rio de Janeiro. C) Salvador. D) São Paulo. Questão 30 P051304RJ Esse texto foi escrito para A) dar uma informação. B) fazer um convite. C) narrar uma história. D) relatar uma experiência. Questão 31 P051306RJ Nesse texto, o trecho “... nos sambódromos onde as escolas de samba desfilam...” (ℓ. 12-13) indica uma ideia de A) causa. B) lugar. C) modo. D) tempo. Questão 32 P051307RJ O trecho desse texto que apresenta uma opinião sobre o carnaval é: A) “O carnaval é uma festa linda,...”. (ℓ. 1) B) “Com o passar do tempo, o carnaval ganhou uma popularidade...”. (ℓ. 6) C) “Ela acontece nos sambódromos...”. (ℓ. 12-13) D) “As pessoas usam máscaras e fantasias de todos os tipos.”. (ℓ. 17) 10
  • 15. BL02P05 Leia o texto abaixo. C0501 Disponível em: <http://noelbsb.blogspot.com.br/2011/05/o-bosque.html>. Acesso em: 9 abr. 2012. (P051308RJ_SUP) Questão 33 P051308RJ Esse texto é A) um anúncio. B) um convite. C) um ingresso. D) um rótulo. 11
  • 16. BL02M05 C0501 ATENÇÃO! Agora, você vai responder a questões de Matemática. Questão 34 M051092E4 Observe abaixo o preço do quilograma de alguns alimentos que Luiza comprou. Feijão Açúcar Arroz Café R$ 5,50 R$ 2,10 R$ 2,60 R$ 3,75 Qual é o alimento mais barato que Luiza comprou? A) Açúcar. B) Arroz. C) Café. D) Feijão. Questão 35 M051106E4 Rafael mediu o comprimento de uma cama usando um pedaço de barbante, conforme desenho abaixo. 66 cm Quantos centímetros mede aproximadamente essa cama? A) 122 B) 132 C) 188 D) 198 Questão 36 M051098E4 Alan vende o quilograma da tilápia por R$ 3,50. Essa semana ele recebeu R$ 35,00 pela venda desse peixe. Quantos quilogramas de tilápia ele vendeu nessa semana? A) 9 B) 10 C) 32 D) 39 12
  • 17. Questão 37 M051063E4 Observe a posição do desenho de alguns animais na malha quadriculada abaixo. BL02M05 E F G H 1 2 3 4 Qual é o animal que está localizado na linha 3 e coluna 1? A) Cachorro. B) Gato. C) Pato. D) Porco. Questão 38 M051087E4 Observe o número no quadro abaixo. 678 Uma das decomposições desse número é A) 600 + 70 + 8 B) 60 + 78 C) 6 + 78 D) 6 + 7 + 8 C0501 13
  • 18. C0501 Questão 39 M051075E4 Fabíola comprou um tampo de uma mesa para colocar no quarto do seu filho. Esse tampo é formado pela composição de dois retângulos, como mostra o desenho abaixo. BL02M05 1 m 1 m 1 m 1 m Fabíola irá contornar essa mesa com borracha para evitar que ele se machuque. Quantos metros de borracha, no mínimo, ela deverá comprar para contornar o tampo dessa mesa? A) 4 B) 6 C) 7 D) 8 Questão 40 M051104E4 O gráfico abaixo mostra a quantidade de crianças que votaram na personagem preferida do Sítio do Pica-pau Amarelo. Cada uma delas votou em um único personagem. Número de crianças Personagens 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 0 Emília Tia Nastácia Cuca Saci Visconde Narizinho De acordo com esse gráfico, qual foi o personagem mais votado? A) Emília. B) Narizinho. C) Saci. D) Visconde. 14
  • 19. C0501 Questão 41 M051084E4 O ônibus que deixa Rafael em sua casa é o 523 da linha azul. Qual é o número do ônibus que deixa Rafael em sua casa? A) Cinco mil e vinte e três. B) Duzentos e trinta e cinco. C) Quinhentos e vinte e três. D) Trezentos e vinte e cinco. Questão 42 M051095E4 Resolva a conta abaixo. BL02M05 102 ÷ 3 = Qual é o resultado dessa conta? A) 24 B) 34 C) 43 D) 67 Questão 43 M051079E4 Vanessa irá construir um cercadinho retangular para sua filha brincar. Esse cercadinho terá 2 m de largura por 4 m de comprimento. Quantos metros quadrados de área a menina terá para brincar? A) 6 B) 8 C) 12 D) 16 Questão 44 M051068E4 Jorge ficou parado no trânsito durante 2 horas. Quantos minutos Jorge ficou parado no trânsito? A) 20 B) 60 C) 100 D) 120 15