SlideShare uma empresa Scribd logo
ANORMALIDADES
DAS UNHAS
Grupo de Estudos em SemiologiaGrupo de Estudos em SemiologiaGrupo de Estudos em SemiologiaGrupo de Estudos em SemiologiaGrupo de Estudos em SemiologiaGrupo de Estudos em Semiologia
Médica (GESME)Médica (GESME)
ProfaProfa.. RilvaRilva Lopes deLopes de SousaSousa--MuñozMuñoz
rilva@ccm.ufpb.brrilva@ccm.ufpb.br
CCM / UFPBCCM / UFPB
Sugestão de leitura para
acompanhamento dos
slides deste arquivo:
Semiologia das UnhasSemiologia das Unhas
Revisão [Semioblog]:
http://semiologiamedica.blogsp
ot.com/2010/12/semiologia-
das-unhas.html
UNHAS
•Formações queratinizadas que
recobrem a última falange dosrecobrem a última falange dos
dedos das mãos e dos pés
• Fixadas sobre uma superfície
cutânea, o leito ungueal.
ANATOMIA DO APARELHO UNGUEAL
• Componentes
matriz ungueal, lúnula,
eponíquio, lâmina ungueal, leito
ungueal e hiponíquioungueal e hiponíquio
UNHAS
• Observar:
Forma
SuperfícieSuperfície
Coloração
Brilho
UNHAS
• A unha normal é
brilhante, tem
cor róseo-
avermelhada,
espessura de 0,5espessura de 0,5
a 0,75 mm,
consistência
firme e superfície
regular
UNHAS
• As unhas dos pés possuem
constituição mais variada, e
ocasionalmente fogem da
descrição normal feitadescrição normal feita
anteriormente
• Devem-se examinar todas as
unhas das mãos e pés e, também,
ao redor das unhas
UNHAS
• A unha normal se implanta formando um
ângulo menor que 160º: janela de
Schamroth
SINAL DE
SCHAMROTH
obliteração do
espaço em forma
de diamante
normal nanormal na
extremidade
proximal da unhas,
quando as
falanges distais
são apostas.
Detecção de unhas em vidro
de relógio em sua fase inicial
usando-se o "teste do
Schamroth", originalmente
demonstrado pelo
cardiologista sul-africano Leo
Schamroth em si mesmo.
Unhas com acentuada
alteração na forma: em
“vidro de relógio”
Hipocratismo digital:
unhas em “vidro de relógio” e
dedos em baqueta de tambor
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unhas com alteração na
forma
Unhas de Muehrcke
Linhas de Mees
Pitting: pequenas
depressões
puntiformes
Coiloníquia
Unhas de
Beau
Trauma, exposição ao frio intenso, doença de
Raynaud, or episódios de doenças graves podem
interromper o crescimento normal da unha
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unha com alteração na
cor
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unhas com espessamento,
hiperpigmentação e
fragmentação
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Aspecto distrófico das lâminas
ungueais
Melanoníquia
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unhas com alteração na cor
(cromoníquia) e brilho
(opacidade)
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Paroníquia
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unhas de Lindsay
(unhas meio-a-meio)
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Unhas de Terry
SEMIOLOGIA MÉDICASEMIOLOGIA MÉDICA –– GESMEGESME
Onicólise e hemorragia em estilhado (Splinter)
Associadas a trauma; onicólise também está
relacionada a hipertireoidismo, verrugas e
onicomicose.
Faixas longitudinais melanóticas
Quando essas faixas são acompanhados por
pigmentação da pele subjacente e interrupção do
crescimento das unhas, os pacientes afetados
devem ser submetidos a uma biópsia para
descartar melanoma
Hemorragia em splinter e
lesões de Janeway
Endocardite infecciosa
Unhas amarelas
Diabetes mellitus
Amiloidose
Neuropatia ulnar
Icterícia
Unhas verdes ou negras
Impregnação de corantes
Infecção por Pseudomonas
Traumatismo
Unhas brancas
Anemia
Edema
Vasculite
Unha em telha
Onicogrifose
Onicosquizia e
Onicorrexe
A síndrome das unhas frágeis manifesta-se por
onicorrexe e onicosquizia.
Distrofia mediana
canaliforme
Pterígio e onicoatrofia
Mancha de óleo e pitting
Onicosquizia e
onicorrexe
Onicocauxe
Unha em “bico de
papagaio”
Onicomadese – culmina com
o descolamento da unha
Pterígio ungueal -
congênito
Pterígio ungueal dorsal -
Adquirido
Hematoma subungueal
Onicocriptose
Onicofose
Traquioníquia das mãos
Onicólise e
hiperqueratose
subungueal
Paquioníquia
(congênita)
Onicosquizia, braquioníquia
e onicodistrofia
Braquioníquia – unha em
raquete do polegar
Onicofagia
Alterações ungueais nos
idosos – próximo arquivo
“Só se vê o que se conhece”
(GOETHE)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de estudos epidemiológicos
Tipos de estudos epidemiológicosTipos de estudos epidemiológicos
Tipos de estudos epidemiológicos
Arquivo-FClinico
 
Diagnóstico clínico
Diagnóstico clínicoDiagnóstico clínico
Diagnóstico clínico
Eduardo Santana Cordeiro
 
Derrames Pleurais
Derrames PleuraisDerrames Pleurais
Derrames Pleurais
Flávia Salame
 
Exame fisico abdome
Exame fisico abdomeExame fisico abdome
Exame fisico abdome
Wesley Lima de Oliveira
 
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga) Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
Davyson Sampaio
 
Semiologia vascular periférica
Semiologia vascular periféricaSemiologia vascular periférica
Semiologia vascular periférica
pauloalambert
 
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
Guilherme Sicuto
 
Semiologia 03 semiologia do aparelho respiratório aplicada
Semiologia 03   semiologia do aparelho respiratório aplicadaSemiologia 03   semiologia do aparelho respiratório aplicada
Semiologia 03 semiologia do aparelho respiratório aplicada
Jucie Vasconcelos
 
Sinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de TóraxSinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de Tórax
Brenda Lahlou
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
pauloalambert
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Gustavo Oliveira
 
Exame físico do Tórax
Exame físico do TóraxExame físico do Tórax
Exame físico do Tórax
pauloalambert
 
Semiologia da cianose
Semiologia da cianoseSemiologia da cianose
Semiologia da cianose
Seliel Assuncao Ribeiro
 
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de TannerEstadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
blogped1
 
Avaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidrataçãoAvaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidratação
pauloalambert
 
Propedêutica vascular
Propedêutica vascularPropedêutica vascular
Propedêutica vascular
pauloalambert
 
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Nós Cirúrgicos
Nós CirúrgicosNós Cirúrgicos
Nós Cirúrgicos
Samuel Abner
 
.pdf
.pdf.pdf
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto    exame clinico (roteiros) - 7 ª edPorto    exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Inglid Fontoura
 

Mais procurados (20)

Tipos de estudos epidemiológicos
Tipos de estudos epidemiológicosTipos de estudos epidemiológicos
Tipos de estudos epidemiológicos
 
Diagnóstico clínico
Diagnóstico clínicoDiagnóstico clínico
Diagnóstico clínico
 
Derrames Pleurais
Derrames PleuraisDerrames Pleurais
Derrames Pleurais
 
Exame fisico abdome
Exame fisico abdomeExame fisico abdome
Exame fisico abdome
 
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga) Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
Exame Físico Cabeça e Pescoço (Davyson Sampaio Braga)
 
Semiologia vascular periférica
Semiologia vascular periféricaSemiologia vascular periférica
Semiologia vascular periférica
 
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
Prova 1 - dermatologia (lesões elementares, semiologia, exames e sinais)
 
Semiologia 03 semiologia do aparelho respiratório aplicada
Semiologia 03   semiologia do aparelho respiratório aplicadaSemiologia 03   semiologia do aparelho respiratório aplicada
Semiologia 03 semiologia do aparelho respiratório aplicada
 
Sinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de TóraxSinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de Tórax
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
 
Exame físico do Tórax
Exame físico do TóraxExame físico do Tórax
Exame físico do Tórax
 
Semiologia da cianose
Semiologia da cianoseSemiologia da cianose
Semiologia da cianose
 
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de TannerEstadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
 
Avaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidrataçãoAvaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidratação
 
Propedêutica vascular
Propedêutica vascularPropedêutica vascular
Propedêutica vascular
 
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
Desenvolvimento infantil: Caderneta do Ministério da Saúde - SBP
 
Nós Cirúrgicos
Nós CirúrgicosNós Cirúrgicos
Nós Cirúrgicos
 
.pdf
.pdf.pdf
.pdf
 
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto    exame clinico (roteiros) - 7 ª edPorto    exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
 

Semelhante a Anormalidades das Unhas - GESME - Profa. Rilva Lopes de Sousa-Muñoz

Patologia odontogenese
Patologia odontogenesePatologia odontogenese
Patologia odontogenese
Eduardo Solimeo
 
Fraturas de 13 médio da face
Fraturas de 13 médio da faceFraturas de 13 médio da face
Fraturas de 13 médio da face
Claudio Fleig
 
Etiologia das maloclusões
Etiologia das maloclusõesEtiologia das maloclusões
Etiologia das maloclusões
edmarchristovam
 
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em CriançasA Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
DidaticaMPCO
 
TUMORES odontogênicos.pdf
TUMORES odontogênicos.pdfTUMORES odontogênicos.pdf
TUMORES odontogênicos.pdf
Elissandra Menezes
 
Endo1
Endo1Endo1
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentistaPrincipais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
DidaticaMPCO
 
Tumores benignos dos maxilares bmfv
Tumores benignos dos maxilares bmfvTumores benignos dos maxilares bmfv
Tumores benignos dos maxilares bmfv
Vinisha Chandulal
 
Mandíbula oficial.pdf
Mandíbula oficial.pdfMandíbula oficial.pdf
Mandíbula oficial.pdf
John Madson Silva
 
Cistos odontogênicos
Cistos odontogênicosCistos odontogênicos
Cistos odontogênicos
Raquel Schultz
 
Maloclusão de Classe 2
Maloclusão de Classe 2Maloclusão de Classe 2
Maloclusão de Classe 2
deusvivo
 
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.pptOssos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
FranciscoJuniorMurdo
 
FRATURAS DA MAXILA.doc
FRATURAS DA MAXILA.docFRATURAS DA MAXILA.doc
FRATURAS DA MAXILA.doc
Brunno Rosique
 
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
Marcele Kizan
 
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptxEXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
pedroelias74
 
Tumor odontogenicos de muita e completa materia
Tumor odontogenicos de muita e completa materiaTumor odontogenicos de muita e completa materia
Tumor odontogenicos de muita e completa materia
giovannatorresms
 
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicasAfecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Ana Cunha
 
Embriologia da Face
Embriologia da FaceEmbriologia da Face
Embriologia da Face
Raquelrenno
 
Apresentação embrio pronto com tireoide
Apresentação embrio pronto com tireoideApresentação embrio pronto com tireoide
Apresentação embrio pronto com tireoide
Raquelrenno
 
Nervo Facial
Nervo FacialNervo Facial
Nervo Facial
Fabiana Vallina
 

Semelhante a Anormalidades das Unhas - GESME - Profa. Rilva Lopes de Sousa-Muñoz (20)

Patologia odontogenese
Patologia odontogenesePatologia odontogenese
Patologia odontogenese
 
Fraturas de 13 médio da face
Fraturas de 13 médio da faceFraturas de 13 médio da face
Fraturas de 13 médio da face
 
Etiologia das maloclusões
Etiologia das maloclusõesEtiologia das maloclusões
Etiologia das maloclusões
 
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em CriançasA Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
A Importância do Diagnóstico Precoce das Maloclusões em Crianças
 
TUMORES odontogênicos.pdf
TUMORES odontogênicos.pdfTUMORES odontogênicos.pdf
TUMORES odontogênicos.pdf
 
Endo1
Endo1Endo1
Endo1
 
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentistaPrincipais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
Principais Alterações dos Seios Maxilares de Interesse do Cirurgião-dentista
 
Tumores benignos dos maxilares bmfv
Tumores benignos dos maxilares bmfvTumores benignos dos maxilares bmfv
Tumores benignos dos maxilares bmfv
 
Mandíbula oficial.pdf
Mandíbula oficial.pdfMandíbula oficial.pdf
Mandíbula oficial.pdf
 
Cistos odontogênicos
Cistos odontogênicosCistos odontogênicos
Cistos odontogênicos
 
Maloclusão de Classe 2
Maloclusão de Classe 2Maloclusão de Classe 2
Maloclusão de Classe 2
 
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.pptOssos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
Ossos do Cranio e da Face - pré_aula - UNIME.ppt
 
FRATURAS DA MAXILA.doc
FRATURAS DA MAXILA.docFRATURAS DA MAXILA.doc
FRATURAS DA MAXILA.doc
 
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
Apostilaodontologicaatualcompleta (1)
 
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptxEXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
EXAME FISICO CABEÇA E PESCOÇO.pptx
 
Tumor odontogenicos de muita e completa materia
Tumor odontogenicos de muita e completa materiaTumor odontogenicos de muita e completa materia
Tumor odontogenicos de muita e completa materia
 
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicasAfecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
 
Embriologia da Face
Embriologia da FaceEmbriologia da Face
Embriologia da Face
 
Apresentação embrio pronto com tireoide
Apresentação embrio pronto com tireoideApresentação embrio pronto com tireoide
Apresentação embrio pronto com tireoide
 
Nervo Facial
Nervo FacialNervo Facial
Nervo Facial
 

Mais de Rilva Lopes de Sousa Muñoz

Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOSA RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das DoençasHistória da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das Doenças
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História da Medicina no Brasil
História da Medicina no BrasilHistória da Medicina no Brasil
História da Medicina no Brasil
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História da Cirurgia
História da CirurgiaHistória da Cirurgia
História da Cirurgia
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História do Ensino Médico
História do Ensino MédicoHistória do Ensino Médico
História do Ensino Médico
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em MedicinaTeorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICAORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
História das Doenças Negligenciadas
História das Doenças NegligenciadasHistória das Doenças Negligenciadas
História das Doenças Negligenciadas
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Semiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em EvidênciasSemiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em Evidências
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos" Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos"
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESMEElaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESMEValidade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. RilvaNoções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESMETeoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 

Mais de Rilva Lopes de Sousa Muñoz (20)

Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
 
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOSA RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
 
História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1
 
História da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das DoençasHistória da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das Doenças
 
História da Medicina no Brasil
História da Medicina no BrasilHistória da Medicina no Brasil
História da Medicina no Brasil
 
História da Cirurgia
História da CirurgiaHistória da Cirurgia
História da Cirurgia
 
História do Ensino Médico
História do Ensino MédicoHistória do Ensino Médico
História do Ensino Médico
 
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em MedicinaTeorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em Medicina
 
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICAORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
 
História das Doenças Negligenciadas
História das Doenças NegligenciadasHistória das Doenças Negligenciadas
História das Doenças Negligenciadas
 
Semiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em EvidênciasSemiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em Evidências
 
Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos" Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos"
 
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESMEElaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
 
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESMEValidade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
 
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. RilvaNoções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
 
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESMETeoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
 

Último

A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 

Último (20)

A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 

Anormalidades das Unhas - GESME - Profa. Rilva Lopes de Sousa-Muñoz