CABEÇA E PESCOÇO-Semiologia-Prof.Renan

1.765 visualizações

Publicada em

Aula de Clínica Médica l

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.765
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
534
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CABEÇA E PESCOÇO-Semiologia-Prof.Renan

  1. 1. Exame Físico Cabeça e pescoço DISCIPLINA DE PROPEDÊUTICA
  2. 2. SEGMENTO CEFÁLICO
  3. 3. • Observar: • Formato, simetria e proporções • Fácies • Movimentos anormais
  4. 4. Fácies • Conjunto de dados exibidos na face do paciente • Traços característicos de certas doenças • Fácies atípica • Fácies hipocrática • Fácies leonina • Fácies basedowiana • Fácies mixedematosa • Fácies cushingóide • Fácies esclerodérmica
  5. 5. • Palpação • Observar deformidades (hematomas, tumores, fontanelas e pontos dolorosos)
  6. 6. Olhos • Inspeção: Sobrancelha -> Madarose Cílios-> Triquíase Checar deformidades e assimetrias - Microftalmia, exoftalmia
  7. 7. Madarose
  8. 8. Triquíase
  9. 9. Exoftalmia
  10. 10. • Pálpebras • Edema unilateral: Sinal de Romaña • Edema bipalpebral (Síndrome nefrótica, hipotireoidismo) • Lagoftalmia – pálpebra inferior não consegue cobrir o globo ocular • Blefaroptose – por paralisia do elevador da pálpebra superior • Xantelasmas – placas de depósitos de lipídeos • Hordéolos • Síndrome de Claude-Bernard-Horner – compressão do glânglio estrelado
  11. 11. Sinal de Chagas-Romaña
  12. 12. Edema Bipalpebral
  13. 13. Blefaroptose
  14. 14. Hordéolo
  15. 15. Xantelasma
  16. 16. Claude-Bernard-Horner
  17. 17. Olhos • Sinais e sintomas • Sensação de corpo estranho • Olho seco • Dor ocular • Fotofobia • Diplopia • Escotomas • Baixa acuidade visual • Nistagmo
  18. 18. Olhos • Alterações sistêmicas • Coloração da esclera (icterícia) • Anemia • Alterações locais • Hemorragias • Inflamação • Ulcerações • Halo senil
  19. 19. Icterícia
  20. 20. Halo senil
  21. 21. Conjuntivite
  22. 22. Olhos • Pupilas • Normalmente redondas, centrais e de tamanho semelhante • Constrição (parassimpático) x Dilatação (simpático)
  23. 23. Miose • Pupila contraída • Causas: Intoxicação alcoólica, opióides e sedação, uremia, pilocarpina
  24. 24. Midríase • Pupila dilatada • Causas: Atropina, traumatismos cranioencefálicos graves, cocaína
  25. 25. Anisocoria • Pupilas com diâmetros diferentes • Causas: Fisiológica (20%), AVC, Trauma, meningite, síndrome de Horner
  26. 26. Reflexos pupilares • Fotomotor – feixe luminoso produz contração da pupila • Consensual – contração da pupila do olho oposto ao estímulo • Acomodação • Fixar olhar em ponto distante -> midríase • Objeto próximo -> miose • Corneopalpebral – Estímulo na córnea -> contração do músculo orbicular
  27. 27. Nariz • Sinais e sintomas • Obstrução nasal • Rinorréia • Epistaxe • Espirros • Alterações de olfato • Hiposmia/anosmia • Hiperosmia • Cacosmia
  28. 28. Nariz • Deformidades – nariz em sela • Coloração – azulada (cianose), hiperemia (etilismo) • Rinoscopia
  29. 29. Nariz em sela
  30. 30. Orelhas • Sinais e sintomas • Otalgia • Otorréia • Otorragia • Disacusias – transmissão x neurossensorial • Zumbidos
  31. 31. Orelha • Implantação baixa – cromossomopatias • Deformidades • Observação de acuidade • Otoscopia
  32. 32. Seios da face • Completalmente formados aos 21 anos • Seio frontais, maxilares, etmoidais e esfenoidais • Seios frontais e maxilares podem ser palpados e percutidos
  33. 33. Boca • Principais queixas • Dor (dentes) • Halitose • Higiene • Doenças gengivais • Gastrointestinal • Causas metabólicas (DM, Uremia)
  34. 34. Boca • Lábios – lábio leporino, cianose, aumento de volume • Língua • Macroglossia • Saburrosa • Língua careca (anemia carencial – B12) • Língua em framboesa • Candidíase • Tumores • Gengiva e dentes • Hiperplasia gengival - medicações • Mucosa bucal – Aftas, tumores, perfuração de palato mole
  35. 35. Macroglossia
  36. 36. Língua em framboesa
  37. 37. Candidíase
  38. 38. Faringe • Sinais e sintomas • Dor de garganta • Dispnéia (pouco comum) • Disfagia • Tosse
  39. 39. Faringe • Faringoscopia • Hiperemia • Exsudato • Secreção branco acinzentada com formação de membranas - Difteria
  40. 40. PESCOÇO
  41. 41. • Observar: • Musculatura e inclinações • Cadeias ganglionares • Veias Jugulares • Artérias Carótidas • Glândulas Salivares • Laringe/Traquéia • Tireóide
  42. 42. Cadeias Ganglionares • Adenomegalias podem ocorrer por: • Infecção, inflamação, neoplasias, metástases • Observar: • Localização • Tamanho • Consistência • Aderência a planos profundos • Temperatura • Dor
  43. 43. Cadeias Ganglionares
  44. 44. Cadeias Ganglionares - Submandibulares e submentonianos - Assoalho da boca, língua e garganta - Pré-auriculares - Processos infecciosos da orelha externa - Retro auriculares - Mono-like - Occipitais - Couro cabeludo
  45. 45. Cadeias Ganglionares • Cervicais anteriores e posteriores • Delimitados pelo esternocleidomastóideo • Supraclaviculares • Cavidade torácica e abdominal • Supraclavicular esquerdo – Gânglio de Virchow
  46. 46. Veias Jugulares • Paciente deitado ou a 45o • Normalmente visíveis em posição supina e desaparecem com elevação • Distensão pode ser constitucional ou representar hipertensão venosa • Geralmente apenas jugular externa é visível • Mandíbula até parte média da clavícula • Turgência pode ser uni ou bilateral • Pulsação até 4,5cm do ângulo de Louis • >4,5cm -> estase jugular (sugestivo de IC e Pericardite) • Paciente sentado -> estase jugular
  47. 47. Sinal de Kussmaul • Inspiração causa elevação da altura da pulsação jugular • Indica restrição diastólica do átrio direito
  48. 48. Refluxo hepatojugular • Paciente a 45º - compressão abdominal sustentada (30 segundos a 1 minuto) -> saliência das veias jugulares por alguns ciclos cardíacos • Na IC -> aumento persiste até o final da manobra
  49. 49. Artérias Carótidas • Pulsação pode ser visível • Magros • Hipertireoidismo • Insuficiência aórtica • Palpação • Ausculta • Irradiação • Estenoses
  50. 50. Laringe/Traquéia • Palpável abaixo da mandíbula • Mobilizável • Pode estar deslocada em processos tumorais do pescoço e mediastino e em doenças pulmonares (pneumotórax, derrames pleurais, atelectasias)
  51. 51. Tireóide • Normalmente não é visível (exceção – indivíduos magros) • Aumento da glândula -> Bócio (difuso ou nodular) • Formato de “H”, centralizada no pescoço, abaixo da cartilagem cricóide
  52. 52. • Sinais e sintomas • Locais • Dor – tireoidites • Dispnéia – compressões • Disfonia – Compressão do nervo laríngeo recorrente • Disfagia • Função • Hipertireoidismo • Hipotireoidismo
  53. 53. Hipertireoidismo • Hipersensibilidade ao calor • Sudorese • Perda de peso • Nervosismo, ansiedade, insônia • Taquicardia • Fraqueza muscular • Exoftalmia • Pele fina, quente e úmida
  54. 54. Hipotireoidismo • Fácies mixedematosa • Pele seca, unhas fracas e quebradiças • Edema de membros inferiores – não depressível • Vox rouca e arrastada • Obesidade • Constipação • Parestesias
  55. 55. Tireóide • Inspeção • Bócio • Sinal de Marañon • Ausculta • Sopro (hipertireoidismo)
  56. 56. Tireóide • Palpação • Tamanho • Consistência (fibroelástica) • Temperatura • Mobilidade
  57. 57. Tireóide -Examinador atrás do paciente -Polegares fixos na nuca -Dedos da mão ipsilateral afastam esternocleidomastóideo -Lobo palpado com mão contra-lateral
  58. 58. Tireóide -Examinador à frente -Polegares palpam glândula -Outros dedos apoiados na região supraclavicular
  59. 59. Tireóide -Examinador à frente -Palpação com uma mão que percorre a tireóide

×