1
Itaberaba – BA
2015
VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS
DAS CAVERNAS!
2
CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL – CEMEI / PROINFÂNCIA
LINÉSIO BASTOS SANTANA
Temática: Descobertas das primeiras c...
3
PROTETO
VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS
ELABORAÇÃO
Docentes das Turmas do Grupo 4 / I Período:
Adriana ...
4
APRESENTAÇÃO
VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS é um projeto didático referente às
propostas do III bimest...
5
JUSTIFICATIVA:
Conforme a avaliação realizada no dia 31/07/2015 durante o I Conselho Escolar do CEMEI
Linésio Basto Sant...
6
AVALIAÇÃO:
De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil e com as Orientações
Curriculares Mun...
7
8
9
10
11
12
ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO
SEMANA DE INVESTIGAÇÃO, ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO PROJETO
07/08/2015 (08/08 – SÁBADO LETIV...
13
 Visitar a caverna na praça central do CEMEI;
 Troca de impressões sobre a apreciação da caverna;
 Registros através...
14
Sexta- feira – 14/08
Eixos: Movimento, Arte, Linguagem Oral, Identidade e Autonomia, Artes Visuais;
Conteúdos: Jogo Dra...
15
DE QUE SE ALIMENTAVAM OS HOMENS DA CAVERNA? E HOJE, DE QUE NOS ALIMENTAMOS?
Nomes com inicial em destaque ilustração
 ...
16
Quinta- feira – 20/08
Eixos:_______________________________________________________________________________
Conteúdos:_...
17
3ª SEMANA – 24 À 29/08/2015 - DESCOBERTA DO FOGO
(29/08 – SÁBADO LETIVO)
Segunda- feira – 24/08
Eixos: Música, Linguage...
18
 Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que
estão presentes, observação d...
19
4ª SEMANA – 31/08 À 05/09/2015 - HISTÓRIA DA ESCRITA / ESCRITA RUPESTRE
(05/09 - SABADO LETIVO)
Segunda- feira – 31/08
...
20
Quarta- feira – 02/09 (AC)
Eixos: Artes Visuais, Matemática, Identidade e Autonomia e Movimento.
Conteúdos: Produção de...
21
 Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que
estão presentes, observação d...
22
 Explicar as crianças que os dinossauros existiram sim, mas que foram extintos (explicar o que é
extinto) e ninguém nu...
23
 Através de perguntas instigar as crianças a mostrarem a noção de dimensão comparando o
tamanho dos animais: quem é gr...
24
 Apreciação de imagens que retratem os caçadores primitivos. (cartaz)
 Apresentação da letra C no contexto da palavra...
25
 Contar a história de Chapeuzinho Vermelho, dando ênfase na parte que se refere ao caçador e
fazer questionamento sobr...
26
Desenvolvimento:
 Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que
estão presen...
27
 Relembrar a aula anterior sobre os instrumentos de caça que os homens das cavernas utilizavam
e rever as fotos desses...
28
 Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que
estão presentes, observação d...
29
 Apreciação de telas/imagens de pinturas rupestres;
 Atividade coletiva: Convidar as crianças para fazerem registros ...
30
RECURSOS:
Materiais:
 Tinta guache, cola, cartolinas, cartonados, TNT, fita adesiva, mídias de CD/DVD ou pendrive da
e...
31
Bichodário – Autora Telma Guimarães, Ilutrações: Sami & Bill, Editora Larousse Junior.
Quem canta seus males espanta: C...
32
QUESTÕES QUE PODERÃO SURGIR DURANTE O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO:
_____________________________________________________...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa

1.095 visualizações

Publicada em

VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS é um projeto didático referente às propostas do III bimestre 2015, elaborado para investigação e mediação junto a crianças de 4/5 anos. Tem como produto final produção de um livrão contendo registros e produções sobre as descobertas das turmas. A partir da temática central é Evolução da Educação e recorte de pesquisa, As primeiras civilizações. É uma das propostas pedagógicas na PROINFÂNCIA / CEMEI Linésio Bastos Santana em Itaberaba Bahia.

Publicada em: Educação
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.095
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa

  1. 1. 1 Itaberaba – BA 2015 VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS!
  2. 2. 2 CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL – CEMEI / PROINFÂNCIA LINÉSIO BASTOS SANTANA Temática: Descobertas das primeiras civilizações como algo que aprendemos, aprimoramos e passamos a usar de formas diferentes. Público alvo: Crianças do Grupo 4/ I Período Período: III Bimestre de 07/08 à 02/10/2015 Itaberaba – BA 2015 VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS!
  3. 3. 3 PROTETO VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS ELABORAÇÃO Docentes das Turmas do Grupo 4 / I Período: Adriana Azevedo, Ana Paula dos Santos, Claudinéia da Silva Barbosa, Gleyce Lidiane Campos, Juliana Fernades, Maria da Conceição Rios Mascarenhas Alves, Elza Araújo Santana Nascimento, Vera Lúcia Alves e Olga Ferreira de Oliveira. CORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Urânia Mota GESTÃO ADMINISTRATIVA Marileida Freitas da Conceição APOIO ADMINISTRATIVO Adileusa Maria Ferreira, Alexandro, Cremilda Silva Eulina de Oliveira, Hildete, Jairo Macêdo, Layde Laura Macêdo Natália Moreira, Romilda dos Santos, Valdeir de Jesus, Vilma Rosa DESENVOLVIMENTO Docentes responsáveis pela elaboração e Crianças do Grupo 4 / I Período INTERAÇÃO Docentes dos Grupos 2, 3 e 5 - Turmas do CEMEI Anadi Mascarenhas, Cremilda Jesus, Dinália Mascarenhas, Ednália Santana, Flaviana da Silva, Gilda Ribeiro, Janine, Joseane Costa, Josiene de Jesus, Magali Almeida, Margarete de Lima, Maria Benta Menezes, Maria da Glória de Jesus, Marina Muniz, Mércia Gleide Lima, Meirivalda Almeida, Vanusa dos Santos.
  4. 4. 4 APRESENTAÇÃO VIAJANDO NAS DESCOBERTAS DOS TEMPOS DAS CAVERNAS é um projeto didático referente às propostas do III bimestre, elaborado a partir da orientação institucional da Secretaria Municipal de Educação à Rede Municipal de Ensino, no âmbito da proposta cultural que como produto final produção de um livrão contendo registros e produções sobre as descobertas das turmas. A partir da temática central é Evolução da Educação e recorte de pesquisa, As primeiras civilizações. Considerando como público alvo as crianças dos grupos de quatro anos/ I Período. A elaboração desse projeto busca alinhar as competências e habilidades já garantidas por esta faixa etária, observando seus níveis e estilos de aprendizagens para então propor as novas situações de experiências e descobertas, articulando-as com as temáticas transversais (Evolução da Educação – Primeiras civilizações pré históricas) o que caracteriza este projeto em uma proposta de investigação, e pesquisa sobre o passado. Por este motivo precisa ter em sua metodologia uma linguagem precisa de transposição didática e recursos capazes de favorecer as etapas de ensino aprendizagem. Pois se trata de memórias. Ou seja, entre as capacidades e habilidades que as crianças precisarão desenvolver através da temática transversal (Evolução da Educação – Civilizações pré-históricas) giram em torno da percepção de como os povos daquela época faziam descobertas e usavam no seu cotidiano. Isso é como as descobertas e aprendizagens das primeiras civilizações influenciaram civilizações atuais. Este projeto promove além da percepção sobre experiências e descobertas das civilizações pré históricas, o estímulo da capacidade de pensar e relacionar com as nossas vivências atuais. Levar as crianças a questionarem sobre o que aprendemos e com quem aprendemos as coisas que sabemos hoje. O desenvolvimento deste projeto tem objetivos relacionados aos procedimentos, atitudes e conceitos que as crianças e professoras ampliem suas habilidade e capacidades de investigação. Neste a busca por ampliar o diálogo com as famílias, no sentido de diálogo e acompanhamento em casa também é uma das finalidades. Ou seja, chamar a família para compartilhar a responsabilidade neste processo. Trocando informações sobre COMO dialogar, ajudar, acompanhar, cuidar, brincar, ensinar, interagir e aprender com as crianças. Esse é o significado de Educar. Uma vez que a nossa temática central é a evolução na educação. Encontrar formas de compartilhar a responsabilidade na educação das crianças é um forte indicador que poderemos considerar como evolução da educação para a infância. Vamos compartilhar essa responsabilidade de forma mais consciente. Este projeto foi elaborado por Adriana Azevedo, Ana Paula dos Santos, Claudinéia da Silva Barbosa, Gleyce Lidiane Campos, Juliana Fernandes, Maria da Conceição Rios Mascarenhas Alves, Elza Araújo Santana Nascimento, Vera Lúcia Alves, Olga Ferreira de Oliveira professoras dos grupos de quatro anos. Terá seu desenvolvimento acompanhado pela Coordenadora Pedagógica Urânia Mota e Gestora Administrativa Marileida Freitas do Centro Municipal de Educação Infantil Linésio Basto Santana. Será o desenvolvido durante no período de 07/08 à 02/10 2015 correspondendo ao III Projeto Bimestral.
  5. 5. 5 JUSTIFICATIVA: Conforme a avaliação realizada no dia 31/07/2015 durante o I Conselho Escolar do CEMEI Linésio Basto Santana, na qual entre os indicadores estavam os projetos didáticos do I Semestre. Foi observado que a proposta do II bimestre trouxe resultados satisfatórios, desde o processo de elaboração ao desenvolvimento e resultados. A partir dessa experiência, compreendeu-se que a organização da proposta didática para o III bimestre também poderia ser de igual modo. A elaboração deste projeto para o III bimestre, assim como a experiência do II bimestre, focaliza o planejamento considerando os níveis e estilos de aprendizagens das turmas de quatro anos. Com consciência de dar seguimento ao desenvolvimento das competências e habilidades que estes grupos já desenvolveram no I semestre. Envolver as famílias, dialogando, seja em reuniões, seja nos momentos da acolhida, através das atividades ao longo do processo. Como forma de estimular o acompanhamento em casa. Reforçar que a nossa responsabilidade é compartilhada neste processo. Se possível ou necessário, mostrar COMO. Ampliando o sentido de que a EDUCAÇÃO não acontece só na escola. Mas que os valores familiares são indispensáveis para a formação dessas crianças. Assim como destacamos no bimestre anterior, reafirmamos neste. “Ludicidade, criatividade e cidadania precisam estar presentes no cotidiano das crianças, por isso as metodologias dos projetos na Educação Infantil devem estar permeadas de ações dessa natureza. Neste, as ações lúdicas, artística e de cidadania estão envolvendo os eixos de conhecimento e transversais, compondo a nossa proposta. Consideramos inacabada por ainda haver as possibilidades que serão trazidas pelas crianças e suas famílias, as quais serão incluídas durante o processo de elaboração e no decorrer do desenvolvimento.” OBJETIVOS: GERAL: Expressar a partir de linguagem própria sua percepção sobre como as civilizações pré históricas faziam descobertas e usavam no seu cotidiano. E como as descobertas e aprendizagens deles influenciaram civilizações atuais. ESPECÍFICOS: - Ampliar sentidos de observação e percepção; - Expressar curiosidades e questionamentos a partir da sua percepção; - Comunicar ideias, agrados e desagrados (argumentar) em relação à temática; - Estabelecer comparações sobre os aspectos específicos; -Perceber as interferências negativas e positivas que o homem pode fazer na natureza, a partir de sua relação social; -Estabelecer relação entre os homens e os animais do passado primitivo e hoje; - Apresentar o fogo como produção científica cultural; -Praticar a arte das pinturas rupestres representando as caças;
  6. 6. 6 AVALIAÇÃO: De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil e com as Orientações Curriculares Municipais, as Instituições que atendem este segmento, devem criar procedimentos para acompanhamento do trabalho pedagógico e para avaliação do desenvolvimento das crianças: a)A observação crítica e criativa das atividades, das brincadeiras e integração das crianças no cotidiano; b)Utilização de múltiplos registros realizados por adultos e crianças como: relatórios, fotografias, desenhos, álbum etc.; c)A continuidade dos processos de aprendizagens por meio da criação de estratégias adequadas aos diferentes momentos de transições vividas pelas crianças; d)Documentação específica que permita as famílias conhecer o trabalho da Instituição junto às crianças e os processos de desenvolvimento e aprendizagem da criança na Educação Infantil; e)A não retenção das crianças na Educação Infantil; Compreendendo as concepções teóricas que Hoffman apresenta a Avaliação Mediadora em três tempos, ou seja, três momentos que se denomina: 1.Tempo de admiração das crianças; 2.Tempo de reflexão sobre suas tarefas e manifestações de aprendizagem; 3.Tempo de reconstrução das práticas avaliativas para promover melhores oportunidades de aprendizagem. OBS: CRIAR ESTRATÉGIAS PARA OS DIAS DE AC EM QUE POSSAM SER DESENVOLVIDAS AÇÕES QUE ARTICULEM ESTUDOS, TROCAS DE VIVÊNCIAS E REGISTROS ENTRE OS PROFESSORES SOBRE O DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS E DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. PRODUTO FINAL: - Registros fotográficos e/ou audiovisuais das turmas nos diferentes momentos durante o desenvolvimento do projeto para montar slide e/ou vídeos de cada turma; - Produção de um livrão com registros sobre as experiências e descobertas;
  7. 7. 7
  8. 8. 8
  9. 9. 9
  10. 10. 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12 ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO SEMANA DE INVESTIGAÇÃO, ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO PROJETO 07/08/2015 (08/08 – SÁBADO LETIVO)  Ação para disparar o projeto ocorrerá no Centro de Esportes Unificados – CEU das Artes:  Recepção das crianças no anfi teatro para apresentação do III Projeto bimestral intitulado de Viajando das descobertas dos tempos das cavernas utilizando slides com imagens referentes à temática;  Sensibilização na sala. Conversa informal sobre a apresentação do novo Projeto. Explicar para as crianças o que iremos estudar, falar que os homens pré-históricos existiram há muito tempo atrás e que hoje só encontramos registros em livros, filmes ou na internet;  Exibição do filme “Os Flisntstones”;  Conversa sobre o filme, apontando o modo de vida e os objetos que aquela família usava, animais que apareceram etc;  Apreciação de contação de história que envolve a temática na biblioteca; 1ª SEMANA – 10 À 14/08/2015 - COMO ERA A VIDA DAS PRIMEIRAS CIVILIZAÇÕES? Segunda- feira – 10/08 Eixos: Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade, Identidade e Autonomia e Matemática; Conteúdos: Compreensão e comunicação, Modo de vida característico de um grupo - Primeiras civilizações, iniciativa, desenho como representação de ideias, Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na excursão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Conversação sobre o novo projeto de estudos, apresentando a temática: Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas”  Troca de impressões sobre o momento na Praça do Céu, relembrando as ações desenvolvidas;  Apresentação audiovisual “Tempo das cavernas”;  Conversação sobre o vídeo assistido destacando “Como era a vida das primeiras civilizações”;  Escuta e registros (audiovisuais ou escritos) a partir das falas das crianças;
  13. 13. 13  Visitar a caverna na praça central do CEMEI;  Troca de impressões sobre a apreciação da caverna;  Registros através de desenhos feitos pelas crianças no caderno de desenho; Terça- feira – 11/08 – Prevista para paralisação Eixos: Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade, Identidade e Autonomia e Matemática; Conteúdos: Compreensão e comunicação, Modo de vida característico de um grupo - Primeiras civilizações, iniciativa, desenho como representação de ideias.  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Socialização dos desenhos feitos pelas crianças;  Registros fotográficos das produções; Quarta- feira – 12/08 (AC) Eixos: Matemática, Movimento, Linguagem Oral, Natureza e Sociedade; Conteúdos: Medidas de tempo: Ontem/hoje/ amanhã, Compreensão e comunicação, Deslocamento, velocidade e resistência; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Leitura de história que tragam noções de medidas de tempo: Sugestão “O dia a dia de Dadá”;  Troca de impressões sobre a história lida, destacando na conversação questões que levando as crianças a situarem as respostas tomando como base noções de medidas de tempo: Ontem/hoje/ amanhã;  Registros individuais feitos em papel metro representando o que fizeram “ontem”;  Escolha de uma das produções para realização de jogo de imitação.  Propor ao grupo a imitação de uma cena do tempo das cavernas destacando e explicando os termos deslocamento, velocidade e resistência;  Realização de circuito motor envolvendo elementos do cenário primitivo na praça central do CEMEI (atividade coletiva das turmas do G4); Quinta- feira – 13/08 – Eixos:_______________________________________________________________________________ Conteúdos:__________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Desenvolvimento:  _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________
  14. 14. 14 Sexta- feira – 14/08 Eixos: Movimento, Arte, Linguagem Oral, Identidade e Autonomia, Artes Visuais; Conteúdos: Jogo Dramático, Comunicação de ideias, Regras de convivência e construção de cenário; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Conversação sobre a temática da semana, “Como era a vida das primeiras civilizações”;  Combinados para brincar fazendo a escuta das ideias e estratégias que as crianças trarão;  Propor e jogo de faz de conta “Cabanas ou cavernas”. Apresentar materiais como: Lençóis ou tnt;  Deixar que as crianças realizem a brincadeira, fazer intervenções se necessário retomando as regras de convivência;  Roda de conversa sobre a atividade realizada;  Leitura para deleite: Como reconhecer um monstro – autor: Gustavo Roldán  Atividade em casa: Pesquisa de gravuras de alimentos trazer na segunda feira 17/08; Avaliação da semana: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 2ª SEMANA – 17 À 21/08/2015 - ALIMENTAÇÃO DO HOMEM PRÉ HISTÓRICO Segunda- feira – 17/08 Eixos: Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade, Identidade e Autonomia, Matemática. Conteúdos: Comunicação, Modo de vida característico de um grupo – destaque alimentação, Iniciativa, Representação de ideia através de desenho; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execução do Hino Nacional e de Itaberaba;  Conversação retomando as ideias sobre projeto de estudo relembrando a temática;  Conversação instigando a curiosidade e participação das crianças a partir de perguntas: Como era a vida dos homens das cavernas? Eles se alimentavam com o que? Como preparavam seus alimentos? E nós o que comemos? Como são preparados os nossos alimentos?  Rever cenas do vídeo “No tempo das cavernas”;  Listagem comparativa de nomes de alimentos com a participação das crianças na ilustração; Ex:
  15. 15. 15 DE QUE SE ALIMENTAVAM OS HOMENS DA CAVERNA? E HOJE, DE QUE NOS ALIMENTAMOS? Nomes com inicial em destaque ilustração  Atividade de casa: representar através de desenho ou colagem os alimentos que comemos crus e cozidos;  Roda de cantigas e história: Parlendas e Bruxa, Bruxa. Terça- feira – 18/08 Eixos:_______________________________________________________________________________ Conteúdos:__________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Desenvolvimento:  _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ Quarta- feira – 19/08 (AC) Eixos: Música, Linguagem Oral e Escrita, Matemática e Artes Visuais; Conteúdos: Improvisação musical, Leitura como fonte de prazer, Comparações entre tamanhos, Expressividade corporal e gestual; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Realização de brincadeiras cantadas envolvendo músicas do repertório das crianças. Experimentando as mesmas melodias com a utilização de onomatopeias, mixagens, estalos com dedos e outros elementos da criação das crianças;  Leitura compartilhada (participação das crianças e professoras) da história “Cabritos, cabritões” de Olalla González e Federico Fernández, brincando com a sonoridade e onomatopeias do texto, assim como a voz das personagens;  Troca de impressões sobre a história apreciada;  Comparação dos fatos ocorridos na história com o modo de vida nas cavernas. A partir de questionamentos sobre o tipo de alimentação, sobre o cenário, sobre a aparência do personagem ogro, etc;  Observações sobre a quantidade e tamanhos dos cabritos estabelecendo comparações matemáticas, solicitando que as crianças façam desenhos na lousa fazendo estas representações;  Atividade: Estabelecer comparações estre tamanhos;  Roda de cantigas deleite: Parlendas de brincar (Livro Salada saladinha) e cantigas de roda.
  16. 16. 16 Quinta- feira – 20/08 Eixos:_______________________________________________________________________________ Conteúdos:__________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Desenvolvimento:  _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ Sexta- feira – 21/08 Eixos: Música, Matemática, Artes Visuais e Movimento. Conteúdos: Repertório de memória, Interação, produção de recurso lúdico, expressividade corporal. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Realização de brincadeiras envolvendo as cantigas de rodas, parlendas, expressividade corporal, contagem;  Reconto da história “Cabritos, Cabritões” pelas crianças utilizando palitoches;  Confecção dos personagens da história em formato de dedoches (Utilização de imagens impressa e técnica de colagem) para brincar em de contar história em casa;  Conversação sobre a quantidade de personagens da história. Fazer registros dos sinais gráficos numéricos associando aos personagens;  Realização da brincadeira “Mamãe posso ir” ou “Marinheiros que vieram da Europa- mímica” (incluindo imitações sonoras, gestual e movimento envolvendo situações cotidianas de alimentação e modo de vida primitiva);  Atividade em casa: Identificar a quantidade de personagens da história fazendo a correspondência com o sinal gráfico numérico;  Roda de cantigas e leitura deleite: Leitura da História Camilão, o comilão; Avaliação da semana: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________
  17. 17. 17 3ª SEMANA – 24 À 29/08/2015 - DESCOBERTA DO FOGO (29/08 – SÁBADO LETIVO) Segunda- feira – 24/08 Eixos: Música, Linguagem oral e escrita, Natureza e Sociedade, Movimento. Conteúdos: Elemento musical, Compreensão, interpretação e comunicação, Descoberta do fogo, expressividade gestual Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na excursão do Hino Nacional;  Realização da brincadeira cantada “O circo pegou fogo” Como será que isso aconteceu?  Troca de impressões sobre o acontecimento mencionado na música a partir do questionamento acima;  Leitura de texto ou vídeo informativo sobre a descoberta do fogo como uma produção científica;  Conversação com as crianças sobre a temática, destacando o a importância e utilidade dessa descoberta, comparando a utilidade do fogo no tempo das cavernas e fazendo relação com os dias atuais;  Simulação: Será que conseguiremos fazer fogo utilizando pedras? E com gravetos? Fazer a experiência. Destacar os cuidados necessários realizar essa experiência;  Atividade: Adaptar a brincadeira “Vivo/morto para Fogo/cinza;  Realização de brincadeira: Mamãe posso ir? (Envolver imitação corporal e gestual dos seres primitivos homens e animais); Roda de contação de história: Dramatização - Cachinhos dourados e os três ursos ou Cabrito, cabritões ou Chapeuzinho Vermelho; Terça- feira – 25/08 Eixos:_______________________________________________________________________________ Conteúdos:__________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Desenvolvimento:  _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ Quarta- feira – 26/08 (Trocar o AC para Sexta feira?) Eixos: Música, Linguagem Oral e Escrita, Artes Visuais e Natureza e Sociedade. Conteúdos: Improvisação musical, Criação de paródia, Expressividade, Descobertas do povo primitivo; Desenvolvimento:
  18. 18. 18  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Brincadeira com a melodia das cantigas que as crianças já conhecem utilizando sons do corpo e onomatopeias;  Escolher uma das cantigas e criar uma paródia envolvendo a descobertas dos povos primitivos;  Uma das professoras faz o registro escrito ou audiovisual enquanto a outra media o grupo;  Após a criação da paródia, registrar por escrito em cartaz, ler com a turma e sugerir que as crianças façam a ilustração utilizando tinta;  Experimentar a canção utilizando os sons onomatopeicos e movimentos corporais com o grupo;  Roda de brincadeiras cantadas: Parlendas (Livro quem canta seus males espanta); Quinta- feira – 27/08 Eixos:_______________________________________________________________________________ Conteúdos:__________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Desenvolvimento:  _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ Sexta- feira – 28 /08 Eixos: Música, Matemática, Linguagem Oral e Escrita e Movimento; Conteúdos: Repertório musical, Noções de espaço: antes/depois, Escrita na hipótese que possui, Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Cantar com a turma a paródia criada na aula anterior e escolher um título;  Distribuição de alfabeto móvel para as crianças montarem o nome da música, observando as letras que vem antes e que vem depois. Sugerir que uma criança faça a colagem no cartaz montando o nome da música;  Cantar juntos criando movimentos corporais que representem o que a música está dizendo;  Roda de brincadeiras cantadas: Cantigas do repertório das crianças. SABADO LETIVO – 29/08 Avaliação da semana: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________
  19. 19. 19 4ª SEMANA – 31/08 À 05/09/2015 - HISTÓRIA DA ESCRITA / ESCRITA RUPESTRE (05/09 - SABADO LETIVO) Segunda- feira – 31/08 Eixos: Natureza e Sociedade, Identidade e autonomia, Linguagem Oral e escrita, Matemática; Conteúdos: História da Escrita, Interação, Função social da escrita, noções espaciais e diferenciação; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execurssão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Sensibilização cantando música que envolva letras e/alfabeto;  Troca de impressões sobre a música destacando: Quem inventou as letras?  Contação a história da escrita utilizando recurso visual. Sugestões: TV de sucata, sequência de imagens ou livro;  Conversação sobre a história apresentada, explicando a função social da escrita e a necessidade de registrar as ideias, descobertas e falas através de desenhos, letras, símbolos e números;  Observação na sala para identificar a presença dos registros onde há letras, números, símbolos e desenhos/pintura rupestres e outras;  Realização de brincadeira boca de forno: Sugerindo que as crianças diferenciem sinais gráficos: letras, números;  Atividade de equipe: Fixar cartolinas e/ou papel metro (recortado no tamanho de cartolina) em diferentes lugares do CEMEI para que as crianças possam fazer registros utilizando diferentes materiais: Giz cera, piloto, hidrocor, carvão, pinceis, lápis grafite, etc; (Sugestão: 5 crianças por cartaz. Fotografar as crianças nessa ação);  Atividade individual: Pesquisar e recortar em livros, revistas ou em cartazes dos projetos anteriores as letras e montar o próprio nome colando-as no caderno. Terça- feira – 01/09 Eixos: Natureza e Sociedade, Artes Visuais, Identidade e autonomia, Linguagem Oral e escrita; Conteúdos: Apreciação de pinturas rupestres, Elementos da linguagem visual: Linhas e formas, Cooperação, Leitura como fonte de prazer; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Apresentação de imagens que representam as pinturas rupestres, destacando os elementos: Linhas e formas;  Conversação sobre a forma de escrita dos homens primitivos, recordando a aula anterior sobre a história da escrita;  Produção de registros coletivos (grupos de 5 crianças) utilizando piloto e papel metro cortado em tamanho de cartolina. Destaque: Diferenciar desenho de escrita.  Apreciação das produções dos grupos e escolha de local para exposição;  Rodas de cantigas e leitura deleite: Músicas do repertório das crianças e leitura da história As aventuras no reino de batatinha: aprendendo a cooperar
  20. 20. 20 Quarta- feira – 02/09 (AC) Eixos: Artes Visuais, Matemática, Identidade e Autonomia e Movimento. Conteúdos: Produção de tinta, Conceito básico de espacialidade: dentro/fora, Cooperação, Motricidade fina. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Sensibilização cantando a música: “Pintor de Jundiaí” Questionamento: E nas cavernas o que pintavam? O que representavam? Que tipo de tinta eles utilizavam?  Apreciação de telas de pinturas rupestres, observando os elementos da linguagem visual: Cor, linha, traços.  Conversação destacando: O que desejamos representar em nossas pinturas?  Escuta e registro sobre as ideias das crianças;  Apresentação de materiais que servem para produzir tintas (Cola, papeis coloridos, giz, terra, folhas, flores, café, beterraba, suco em pó, etc;)  Após a produção das tintas, retomar as ideias que as crianças expressaram sobre o que desejavam desenhar;  Distribuir papel cartolina ou outro para que as crianças registrem suas produções utilizando as tintas;  Fazer intervenções se necessárias observando as noções de espacialidade, motricidade e lateralidade das crianças;  Escolher com o grupo local para expor as produções; Quinta- feira – 03/09 Eixos: Natureza e Sociedade, Movimento, Artes Visuais, Identidade e Autonomia. Conteúdos: Dia a dia na caverna, Expressividade corporal, registros pictográficos e comunicação de ideias. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Conversação sobre a temática do nosso III projeto de estudo;  Escuta e registros sobre os conhecimentos das crianças;  Visitação a sala multiuso II para fazer registros na caverna construída;  Brincadeira de faz de conta: Um dia no tempo das cavernas (fazer registros audiovisuais)  Roda de troca de impressões sobre a atividade realizada (fazer registros audiovisuais) Sexta- feira – 04/09 Eixos: Matemática, Linguagem Oral e Escrita, Movimento e Música. Conteúdos: Desenvolvimento:
  21. 21. 21  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Sensibilização cantando músicas que envolve números e a paródia criada pela turma;  Realização de brincadeira boca de forno: Sugerindo que as crianças diferenciem sinais gráficos: letras, números;  Realização do jogo: Bingo de letras ou números (Sugestão: Cartelas coladas no caderno); SÁBADO LETIVO – 05/09 Avaliação da semana: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 5ª SEMANA – 07 À 11/09/2015 - ANIMAIS PRE HISTÓRICOS Segunda-feira – 07/09 - FERIADO Terça- feira – 08/09 Eixos: Linguagem oral, Artes, Natureza e Sociedade. Conteúdos: Apreciação de vídeo com animais Pré-histórico filme: Quando os dinossauros reinavam na Terra; Apreciação de imagens de dinossauros; Conversas e expressão de sentimentos; Produção de dinossauros com massinha; ( coordenação motora fina). Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execurssão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Sondagem dos conhecimentos prévios dos alunos sobre o tema ”Dinossauros”;  Realizaremos uma conversação direcionada sobre o tema com as seguintes questões: - COMO E ONDE VIVIAM OS DINOSSAUROS? - COMO NASCIAM OS DINOSSAUROS? - PORQUE ELES SUMIRAM?  Apreciação do filme “Quando os dinossauros reinavam na terra” (Selecionar cenas, porque o filme é grande);  Conversação sobre o filme, seguida de apreciação de fotos de dinossauros. Falar sobre suas características;  Perguntar as crianças se gostariam de ver um dinossauro de perto e deixar que expressem suas ideias;
  22. 22. 22  Explicar as crianças que os dinossauros existiram sim, mas que foram extintos (explicar o que é extinto) e ninguém nunca os viu. Eles existiram bem antes dos homens das cavernas e por isso não podemos os ver mais, só podemos ver por fotos ou por criação artificial feita pelos homens e na televisão ou cinema, a partir dos estudos dos ossos desses animais que foram enterrados;  Distribuição de massinha para as crianças reproduzirem dinossauros; Quarta- feira – 09/09 (AC) Eixos: Linguagem oral e escrita, Artes, Natureza e Sociedade. Conteúdos: Apreciação de vídeo (A era do gelo 1 ); Interpretação e comunicação – destaque: Personagens do vídeo; Registro gráfico: Listagem de nomes de animais (do filme); Representação com desenhos e exposição. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Relembrar a aula anterior e ressaltar que os dinossauros foram animais que viveram antes dos homens das cavernas e que nesse tempo existiram outros animais.  Apresentação do filme que iremos assistir. Informar o título: “A Era do Gelo”, perguntar quem já conhece? O que será que acontece? Dar a seguinte consigna: Que as crianças observem quais animais viveram no tempo dos homens das cavernas;  Após a apreciação do filme, conversar com as crianças sobre os animais que viram;  Construção de uma lista com alguns nomes desses animais sempre ressaltando a primeira letra de cada palavra (Sugestão convidar uma criança para fazer a ilustração ao lado de cada palavra registrada);  Realização da atividade individual: Distribuição de papel para as crianças desenharem os animais e escrever o nome (do jeito / nível da criança), depois a pró irá transcrever cada palavra;  Roda de leitura para divertir: O monstro monstruoso da caverna cavernosa ou tem um monstro no meu jardim; Quinta- feira – 10/09 Eixos: Natureza e sociedade, Matemática, Movimento, Linguagem Oral e Artes Visuais. Conteúdos: Características dos animais pré-históricos; Noção de dimensão (grande/pequeno; alto/baixo); Apreciação de fotos de animais; Brincar de jogo simbólico imitando animais; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Apreciação de fotos de animais que viveram no tempo das cavernas e sugerindo que as crianças identifiquem-nas pelo nome;  Releitura da listagem e seguida da identificação do animal descrevendo as características;  ORIENTAÇÃO: É FUNDAMENTAL SEGUIR ALGUMAS CARACTERÍSTICAS BEM DEFINIDAS DE CADA ANIMAL (POR EXEMPLO, PERNAS COMPRIDAS, TRÊS DEDOS, FOCINHO FINO, ETC) E QUE É PRECISO CAPRICHAR NO CONTORNO, POIS ISSO IRÁ DAR PISTAS PARA DESCOBERTAS FUTURAS.  Escolha de um dos nomes dos animais observados para fazer o estudo sistematizado;
  23. 23. 23  Através de perguntas instigar as crianças a mostrarem a noção de dimensão comparando o tamanho dos animais: quem é grande/pequeno e alto/baixo ;  Convidar as crianças para imitarem os animais em estudo do jeito deles (locomoção, voz, etc;)  Pintura de um animal pré-histórico (coordenação motora fina); Sexta- feira – 11/09 Eixos: Matemática, Movimento, Artes, Identidade e Autonomia; Conteúdos: História da matemática / Contagem com pedrinhas de animais (figuras ou listagem); Brincar de descobrir sons (imitação); Desenho de animais e exposição, Interação; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Relembrar a aula anterior falando dos animais dos tempos das cavernas;  A pró irá levar pedrinhas, mostrará as crianças e perguntará: O que podemos fazer com elas? Deixar que as crianças expressem suas opiniões;  Falar que os homens daquela época usavam pedrinhas para contar. Se fossem contar os animais eles colocavam uma pedra para cada animal;  Propor a contagem dos animais com as pedrinhas. A pró irá mostrar a foto dos animais e pedir a uma criança para separar uma pedra para cada animal, depois será feito a contagem. Após a contagem pedir a uma criança para identificar o número correspondente nos números que estão no quadro na sala;  Em papel metro na parede convidar as crianças para virem desenhar um desses animais utilizando um pedaço de carvão;  A pró ira propor uma brincadeira onde ela pedirá as crianças para fecharem os olhos e tentarem adivinhar que animal a pró está imitando utilizando o som que esse animal produz. Avaliação da semana: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 6ª SEMANA – 14 À 18/09/2015 – CAÇADORES: VESTURÁRIOS E ADEREÇOS. Segunda- feira – 14/09 Eixos: Linguagem oral e escrita, Natureza e sociedade, Artes Visuais. Conteúdos: Comunicação de ideia; Compreensão e letramento; Apreciação de imagens Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execurssão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Realização de roda de conversa, fazendo questionamentos: Sobre o que as crianças acham que são caçadores? Como eles caçavam? O que utilizavam para caçar? Porque caçavam? E como os caçadores aproveitavam a sua caça? Explicar as crianças que além de utilizar a carne do animal como alimento eles utilizavam a pele da caça como vestimentas;
  24. 24. 24  Apreciação de imagens que retratem os caçadores primitivos. (cartaz)  Apresentação da letra C no contexto da palavra Caçadores;  Traçado com tinta em cartaz;  Para casa atividade de pesquisa (caçadores primitivos); Terça- feira – 15/09 Eixos: Artes, Natureza e sociedade , Linguagem , Movimento e Matemática. Conteúdos: Confecção de réplicas, compreensão e letramento, expressividade corporal e contagem. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Produção com a participação das crianças, réplicas de pele de animais e enfeitar. Utilizar papel metro pardo;  Realização de jogo simbólico: Brincar de caçadores;  Listar palavras que contenham a letra C (escolher um campo semântico: animais e/ou nomes próprios);  Contagem das palavras listadas (enumerando as palavras na lista);  Destacar a letra em estudo (C) e pedir que circulem na lista;  Atividade em casa: Circular a gravura dos animais que tenham nomes que começam com a letra C; Quarta- feira – 16/09 (AC) Eixos: Artes, Natureza e sociedade, Linguagem oral e escrita e Movimento. Conteúdos: Expressividade artística, compreensão e letramento, coordenação motora grossa e fina. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Produção de instrumento musical com a participação das crianças. Utilizar pedrinhas;  Exploração de som e silêncio a partir desses instrumentos que foram produzidos;  Brincar com os instrumentos produzidos, improvisando canções;  Listagem de nomes dos utensílios utilizados para a confecção do instrumento musical;  Identificação da circulando a letra (C) na lista de utensílios;  Traçado da letra C em tamanho grande no chão e pedir que as crianças andem por cima, ou contornem utilizando um carrinho;  Atividade: Escrita evolutiva destaque aos nomes e/ou palavras iniciados ou que tenham a letra C. Quinta- feira – 17/09 Eixos: Linguagem oral e escrita, Identidade e autonomia, Movimento, Matemática. Conteúdos: Leitura como fonte de prazer, Interação, Expressão corporal, Desenho. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;
  25. 25. 25  Contar a história de Chapeuzinho Vermelho, dando ênfase na parte que se refere ao caçador e fazer questionamento sobre os caçadores primitivos e o caçador da história contada. Ex: Os caçadores primitivos eram iguais ao da história? Qual a diferença das roupas deles?  Mostra de imagens das vestes dos caçadores primitivos e do caçador da história para que eles possam diferenciar;  Apresentação de cartaz com as imagens;  Desfile de algumas crianças fantasiadas de caçadores;  Atividade: Desenho como forma de representar o que mais lhe chamou atenção durante a aula; Sexta- feira – 18/09 Eixos: Matemática, Movimento, Artes Visuais, Natureza e Sociedade. Conteúdos: Sequência numérica, Dramatização, Participação e apreciação de dramatização, Experiência/ Modo de vida primitiva. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Criação de uma trilha no chão da área da escola e brincar como se estivesse caçando animais e trabalhar sequência;  Dramatizar com as professoras, como os caçadores caçavam para sobreviverem;  Fazer a experiência de como o homem fez o fogo utilizando pedras ou madeiras; 7ª SEMANA – 21 À 25/09/2015 – REGISTROS MATEMÁTICOS / NOÇÕES DE CÁUCULO/ADEREÇOS E ARMAS Segunda- feira – 21/09 Eixos: Música, Linguagem oral e escrita, Matemática, Movimento; Conteúdos: Construção de paródia, Produção de texto oral, História da Matemática, Expressividade; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execurssão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Apresentação de uma cantiga ou parlenda do repertório das crianças, cantar com a turma, e propor a construção de uma paródia (Um elefante, Mariana conta..., A galinha do vizinho, Indiozinhos, Cinco patinhos, Cinco macaquinhos, São dez degraus...);  Conversa informal sobre o uso dos números;  Leitura de um texto informativo sobre a história dos números/ matemática;  Demonstração de como eram feitos os registros matemáticos apresentando os elementos (nós em cordas, pedra no saco de couro, traçado em ossos, desenhos nas cavernas...);  Terça- feira – 22/09 Eixos: Movimento, Natureza e Sociedade, Matemática, Conteúdos: Jogo dramático, Representação da história dos números, utilização da caixa de contagem,
  26. 26. 26 Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Conversação informal sobre as vivências na aula anterior;  Realização do jogo dramático “Representação da história dos números” utilizando um dos elementos da história dos números e/ou jogo da melancia (recriar como jogo dos cabritos);  Construção e/ou utilização da caixa de contagem, sugerindo que as crianças representem quantidades estabelecendo critérios (idade, quantidade de meninos e meninas, brinquedos, potes, etc.)  Atividade: Representação da brincadeira vivenciada, no caderno de desenho (Sugestão: Colagem, desenhos com hidrocor, etc);  Leitura para deleite: Rupi, O menino das cavernas ou O monstro monstruoso;  Quarta- feira – 23/08 (AC) Eixos: Linguagem oral e escrita , Matemática, Natureza e Sociedade, Artes visuais. Conteúdos: Contagem, Representação de quantidades, Instrumentos de caças pré-históricas, Listagem de palavras, modelagem. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Continuação da leitura: Rupi, O menino das cavernas ou O monstro monstruoso e abrir uma conversação sobre a vida dos homens das cavernas e perguntar: O que será que eles usavam para caçar?  Conversação com as crianças sobre os instrumentos de caça utilizadas pelos homens das cavernas e como eles confeccionavam;  Distribuição de massinha de modelar para que as crianças representem os personagens da história, fazendo o reconto da cena que mais gostou;  Mostra de imagens de instrumentos de caça e propor que façam a representação no caderno de desenho;  Listagem de nomes dos personagens da história que foi lida e fazer a sistematização de cada palavra (letra inicial e final, quantidade de letras); Quinta- feira – 24/09 Eixos: Natureza e Sociedade, Artes visuais, Matemática, Movimento. Conteúdos: Instrumentos de caça, apreciação de imagem, contagem e representação de quantidade, coordenação motora ampla; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;
  27. 27. 27  Relembrar a aula anterior sobre os instrumentos de caça que os homens das cavernas utilizavam e rever as fotos desses instrumentos;  Confecção coletiva de um instrumento de caça;  Utilização da caixa de contagem, sugerindo que as crianças representem quantidades estabelecendo critérios (idade, quantidade de meninos e meninas, brinquedos, potes, etc.) e fazer o registro no quadro, depois chamar as crianças para escrever o número correspondente;  Realização do circuito (garrafa pet, vassoura, tatames, caixa de brinquedos, jogos matemáticos)  As crianças ao comando do professor deverão passar pela garrafa pet fazendo zig zag, pular os cabos de vassoura, rolar sobre o tatame e pegar a quantidade estipulada pelo professor; Sexta- feira – 25/09 Eixos: Matemática, Conteúdos: Jogos matemáticos, Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Montagem do cantinho da matemática a critério do professor sugestões: montagem de dado, jogo de boliche, caixa de contagem, utilização dos jogos da sala;  Brincar de Boca de Forno da Matemática. As prós, levarão as crianças para o solário ou a área e irá dispor a caixa de brinquedos organizando as crianças em círculos. Cada criança ficará em um círculo delimitado pela pró com giz. Ao comando da pró, as crianças correrão até o centro e pegarão a quantidade estipulada pela pró. Todas as crianças precisarão participar.  Leitura de história (Terminar a leitura trabalhada durante a semana). 8ª SEMANA – 28 /09 À 02/10/2015 – PREPARAÇÃO PARA O PRODUTO FINAL (CONSTRUÇÃO DE LIVRÃO COM OS REGISTROS SOBRE A TEMÁTICA ESTUDADA)  Construir livrão ou portfólio com todos registros de aprendizagens coletadas durante todo bimestre com as crianças. Utilizar a criatividade para construção desse livrão;  Apresentação por turma na área da escola do seu produto final; Segunda- feira – 28/09 Eixos: Linguagem oral e escrita, Natureza e Sociedade, Música e Movimento. Conteúdos: Função social da leitura / Repertório linguístico, Expressividade musical e corporal; Desenvolvimento:
  28. 28. 28  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Participação na execurssão do Hino Nacional e de Itaberaba;  Sensibilização cantando músicas que envolvem nomes das crianças e palavras chave relacionadas temáticas durante o projeto;  Conversação sobre as descobertas que fizemos;  Releitura de uma das imagens, vídeos, histórias, parlendas ou cantigas apresentadas durante o projeto;  Troca de impressões sobre a releitura feita: Perguntando e se você fosse mudar o final dessa história como seria?  Convidar as crianças para recriar uma entre as obras (imagens, vídeos, histórias, parlendas ou cantigas) apreciadas;  Atividade coletiva: Reconto feito pelas crianças e registro escrito feito pelas professoras. (sugestão: registrar em ofício ou cartolina cortada tamanho A4, dividindo o reconto em 4 ou cinco partes/páginas, para a turma fazer a ilustração na próxima aula).  Ensaio para apresentação: Produto final do projeto; Terça- feira – 29/09 Eixos: Matemática, Linguagem Oral e Escrita, Identidade e Autonomia e Movimento; Conteúdos: Representação de ideia/desenho, Função social da escrita / Repertório linguístico/imagético, Respeito à produção do colega, expressividade corporal; Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Sensibilização cantando as músicas e parlendas conhecidas durante o projeto;  Leitura e/ou apreciação da obra criada pela turma;  Escolha do título;  Organização dos grupos para a ilustração das páginas;  Representação através de desenhos como forma de interpretar as ideias escritas;  Atividade coletiva: Participação das crianças na ilustração da história. Desenho, modelagem e /ou colagem;  Em casos de escolha de criação de músicas, cantigas ou parlendas realização de ensaio para apresentação; Quarta- feira – 30/09 - AC Eixos: Artes Visuais, Música, Linguagem, Movimento. Conteúdos: Releitura de obra de arte, improvisação musical, registros pictográficos (motricidade fina); Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Sensibilização realizando expressividade musical aprendidas nas experimentações durante o projeto;
  29. 29. 29  Apreciação de telas/imagens de pinturas rupestres;  Atividade coletiva: Convidar as crianças para fazerem registros na caverna construída e exposta na sala multiuso II;  Brincadeira: faz de conta que está passando um dia na caverna (Sala multiuso II); NESTE AC DISCUTIR A TEMÁTICA DO PRÓXIMO PROJETO Quinta-feira – 01/10 Eixos: Natureza e Sociedade, Matemática, Movimento, Identidade e autonomia, Música, Artes Visuais, e Linguagem Oral e Escrita. Conteúdos: Organização da instalação e exposição, jogos e brincadeiras. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Socialização do produto final de uma turma com outra. Fazendo a visitação na sala e apresentação da produção. (Sugestão);  Retorno para a sala referência para troca de impressões sobre a visita na sala dos coleguinhas;  Combinados para organização da exposição;  Brincadeira: Casinha, Jogos de montagem, etc;  Sugestão: Iniciar a montagem exposição das produções; Sexta –feira – 02/10 Eixos: Movimento, Música, Artes Visuais, Matemática, Identidade e Autonomia, Natureza e Sociedade e Linguagem Oral e Escrita; Conteúdos: Socialização das experiências e descobertas durante o projeto. Desenvolvimento:  Acolhimento e realização das atividades permanentes: Chamada, contagem das crianças que estão presentes, observação do tempo e calendário;  Conversação sobre as descobertas realizadas;  Combinados e preparação para o momento de atividade coletiva;  Socialização das experiências e descobertas durante o desenvolvimento do projeto  Para as turmas que irão fazer apresentações: (horário de realização a combinar);  Visitação das turmas e pais para apreciação das produções ( Sugestão: Entrada dos pais na instituição às 11:30 para apreciarem e só depois buscarem os filhos nas salas);
  30. 30. 30 RECURSOS: Materiais:  Tinta guache, cola, cartolinas, cartonados, TNT, fita adesiva, mídias de CD/DVD ou pendrive da escola, jornais, e.v.a, material impresso (preto e colorido), papel ofício... Pedagógicos:  Livros, revistas, vídeos, desenhos animados, fantoches, coletâneas musicais... Tecnológicos:  Aparelho de som, tv, dvd, microfone, caixa de som, data show, pendrive ...... REFERÊNCIAS: Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil / Secretaria de Educação Básica. – Brasília : MEC, SEB, 2010. BRASIL. MEC/SEF. Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Infantil vol. 01, 02 e 03. Brasília: 1998. ITABERABA. Conselho Municipal de Educação. Secretaria Municipal de Educação. Coordenação de Educação Básica e Apoio Pedagógico. Diretrizes Curriculares Municipal para Educação Infantil – Revisão 2012. CME/SMED/CEBAP, 2012. – Itaberaba – BA. Matriz Curricular para a Educação Infantil - 2012- 2016. Conselho Municipal de Educação / Secretaria Municipal de Educação – CME/SMED. 2012. - Itaberaba-Ba Horfman, Jussara. Avaliação Mediadora. EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO III Projeto Institucional da Secretaria Municipal de Educação – SMED 2015 IMAGENS DA CAPA / PROJETO Registros fotográficos durante a ação para disparar este Projeto na Biblioteca na CEU das Artes e anfiteatro Vladimir Galvão. Escultura de uma caverna em papelão e boneco Homem primitivo construído em feltro. Organização, produção e edição: Claudinéia da Silva Barbosa. REFERÊNCIAS DAS MÚSICAS: Paródias a partir do cancioneiro popular infantil REFERÊNCIA DAS HISTÓRIAS: Para Rodas de deleite com cantigas, leituras e contação de histórias e estudos sistematizados. Salada, saladinha: Parlendas / Maria José Nobrega e Rosane Pamplona, organizadoras; Ilustrações Marcelo Cipis, 1ª ed. São Paulo, Moderna, 2005 – (Coletânea na panela de mingau)
  31. 31. 31 Bichodário – Autora Telma Guimarães, Ilutrações: Sami & Bill, Editora Larousse Junior. Quem canta seus males espanta: Cantigas e parlendas O dia a dia de Dadá – Ivan Xavier Como reconhecer um monstro – Autor: Gustavo Roudán Cabritos, Cabritões Bruxa, Bruxa O ratinho, o morango vermelho maduro e o grande urso esfomeado – Don e Audrey Wood Camilão, o comilão – Autora: Ana Maria Machado – Ilustrações: Fernando Nunes Um aventura no reino de batatinha: Aprendendo a cooperar – Autora: Regina Campelo –Ilustraçãoes: L Bandeira Zazá a cachorrinha escritora – Coleção Mine books O jogo da parlenda- Coleção Itaú Livros infantis Cachinhos dourados e os três ursos – Coleção Tesouros Clássicos O leão e o camundongo – Coleção Fábulas / Editora Bicho Esperto A cigarra e a formiga – Coleção Fábulas / Editora Bicho Esperto Grandão, o hipopótamo – Coleção As aventuras dos filhotes / Editora Brasileira O silencioso mundo de Flor – Autora: Cecília Cavalieri França – Ilustrações: André Persechini QUESTÕES QUE SURGIRAM DURANTE A ELABOLAÇÃO: 1. Qual o data para disparar o III bimestre, tendo em vista que ainda não foi finalizado o produto final do II bimestre? As duas ações acontecerão na primeira semana sinalizada no calendário escolar. Produto final II bimestre será no dia 03/08 (segunda feira). Ação para disparar o projeto III bimestre será no dia 07/08 (sexta-feira). Ou seja, ainda na mesma semana. 2. Tem previsão de datas para reuniões administrativas e/ou pedagógicas durante este período? Sim com os pais serão articuladas nas etapas, considerando uma reunião com professoras de cada turma separadamente ao longo da 2ª semana do projeto. Estas datas serão sinalizadas pela Diretora, para serem inclusas nos projetos das turmas. 3. Tem previsão de datas para encontros formativos durante este período? Sugestão se houver, que sejam nos dias de AC correspondentes aos grupos. (Terça, quarta e quinta). 4. E sobre a previsão para paralizações? Foram pensadas estratégias flexíveis, no sentido de não incluir assunto novo, nos dias que estão sinalizados para paralizações. 5. Em relação aos recursos necessários para o desenvolvimento dos projetos. Será preciso rever a necessidade de recursos tecnológicos como aparelho de som, televisão e internet na instituição. Como forma de atender as ações planejadas.
  32. 32. 32 QUESTÕES QUE PODERÃO SURGIR DURANTE O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DO PROJETO - Sobre a mediação pedagógica e sobre as condições dadas; - Registros sobre o desenvolvimento da turma. ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ PROJEÇÕES PARA O IV BIMESTRE: (Cronograma, estratégias para elaboração, etc;) ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________

×