SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Escola Municipal de Educação Infantil Amarelinha

                       Rua: Alberto Fleck, 140 – Campo Bom/RS

     Tema: “Brincadeira de criança”
     Professora responsável: Daniele Ritta Torres de Lima
     Turma: Maternal 3
      Duração: Setembro a Dezembro de 2012.


      Justificativa:
     Devido o perfil da turma e suas especificidades, surgiu a oportunidade de
se trabalhar de forma globalizada os anseios, necessidades e expectativas dos
alunos. Sendo assim, meu trabalho será voltado à aprendizagem através das
brincadeiras infantis, música e da literatura. No entanto, ainda conversando e
observando os alunos em suas brincadeiras e na rodinha, bem como suas
músicas preferidas, percebi que os assuntos de maior interesse continuam
ligados ao som, movimento e linguagem.
      Então, analisando os objetivos propostos procurei buscar uma visão
paralela ao interesse dos alunos em sala de aula, pois, segundo o Referencial
Curricular da Educação Infantil:

                       Os assuntos trabalhados com as crianças devem guardar relações
                       específicas com os níveis de desenvolvimento das crianças em cada
                       grupo e faixa etária e, também respeitar e propiciar a amplitude das
                       mais diversas experiências em relação aos eixos de trabalho
                       propostos. (1998, pg. 18)

      Objetivo Geral:
     Permitir que através destes estudos os alunos se apropriem do
conhecimento geral sobre aquilo que lhes cercam, temas surgidos ao longo
dos dias e anseios da turma, a fim de favorecer o desenvolvimento afetivo das
crianças, bem como a expressão oral e corporal, o equilíbrio, a autoestima e o
autoconhecimento, integrando assim as crianças com o meio social ao qual
estão inseridos, aliando o conhecimento ao gosto pela leitura, música e a
interação social.
     Embasada pelo que diz Estela Mora, ao mencionar:
Existe um consenso quanto a como o ensino deveria orientar-se para
                        conseguir que as crianças compreendam e interpretem o mundo em
                        que vivem para adaptar-se, atuar e modificá-lo. O aprendizado nas
                        crianças não se produz instantaneamente e requer várias situações
                        de ensino. Os processos de elaboração de conhecimento são lentos
                        e supõe elaboraçõ es sucessivas. As crianças constroem significados
                        novos a partir de ideias anteriores, e assim vão armando uma
                        estrutura onde se integram os novos saberes, porém outros também
                        ficam de fora. (2007, pg. 251)




      Objetivos Específicos:
     • Estimular valores e atitudes de respeito, amor e a cooperação entre os
alunos;
     • Perceber sua importância no meio ao qual está inserido;
     • Identificar-se como agente transformador e responsável pelo meio em
que vive;
     • Aumentar a autoestima, autoconhecimento e autocontrole;
     • Desenvolver o respeito pela diversidade e pluralidade de ideias e
opiniões;
     • Apropriar-se das novas tecnologias e do uso consciente destes
instrumentos;
     • Vivenciar situações que estimulem a aprendizagem através de
brincadeiras e jogos dirigidos e livres;
     • Identificar sons, cores e aromas;
     • Compreender noções de tempo, espaço e lateralidade;
     • Reconhecer, nomear e quantificar numerais até dez;
     • Criar possibilidades de descobertas através de experiências sensoriais e
de transformação da matéria;
     • Envolver a literatura infantil no dia-a-dia com histórias que podem
auxiliar na aprendizagem bem como tornar nossos momentos juntos mais
agradáveis;
     • Envolver os familiares nas atividades pedagógicas, significando esses
momentos;
     • Desenvolver a criatividade através da ludicidade;
     • Possibilitar o contato com as letras do alfabeto que eles identificarem ao
longo das atividades;
• Estimular a expressão oral;
     • Desenvolver o raciocínio lógico;
     • Diferenciar tamanhos e formas;
     • Criar com diferentes tipos de matérias;
     • Ampliar possibilidades de desenvolvimento da motricidade fina e ampla;
     • Estimular o desenvolvimento corporal;
     • Inserir a literatura infantil no cotidiano escolar e familiar;


     Desenvolvimento:
     Para não fugir do enfoque que o projeto pedagógico tem de atender ao
interesse das crianças, minha intenção inicia-se em desenvolver atividades
voltadas à abordagem com a turma de diferentes formas, introduzindo
gradualmente os assuntos surgidos ao longo dos dias.
      Considerando as teorias de Dewey e seu seguidor Kilpatrick, ambos os
filósofos e educadores, os projetos são de extrema necessidade, pois os
mesmos extraem a concepção de escola tradicional e ressignificam a
aprendizagem na educação infantil e não desfazendo a importância do brincar,
como nos complementa HORN:

                      ... É fundamental a criança ter um espaço povoado de objetos com os
                      quais possa criar, imaginar, construir e, em especial, um espaço para
                      brincar, o qual certamente não será o mesmo para as crianças
                      maiores e menores. (2004, p. 19).

     Outro fato importante a ser ressaltado, é que na educação infantil o corpo
da criança também faz parte da aprendizagem e por isso, como nos traz
Gonçalves (2010) devemos:

                      ...fazer da escola a grande aliada para o resgate do corpo vivido, ou
                      seja, conscientizar os educadores da necessidade de promover
                      formas para que as crianças resgatem esse momento da infância
                      dentro do ambiente escolar, e criar currículos e projetos nos quais as
                      crianças possam utilizar essa ferramenta que é o corpo, para
                      explorar, criar, brincar, relacionar, imaginar, planejar, sentir e
                      finalmente aprender. (2010, p. 6-7)




     O desenvolvimento das atividades vinculadas ao projeto terá como foco
central acontecimentos sociais ou situações vivenciadas pelas crianças, pois
acredito que o desenvolvimento deste trabalho deve gerar uma nova cultura de
aprendizado que pode tornar os alunos ainda mais capazes.
     • Narração de histórias;
     • Coleção “O que não cabe no meu mundinho”;
     • Confecção de fantoches;
     • Confecção de materiais de contagem e letras com materiais alternativos;
     • Amigo oculto com mensagens e troca de abraços;
     • Massagens e técnicas de relaxamento;
     • Análise de gravuras individuais e em grupos;
     • Confecção de cartazes e murais explicativos;
     • Confecção de jogos;
     • Brincadeiras livres e dirigidas;
     • Passeios;
     • Atividades lúdicas e sensoriais;
     • Dança, mímica e teatro;
     • Atualização do Blog da turma, com as atividades, dicas e “pérolas” da
turma, escolhidas e postadas pelos próprios alunos com o auxílio da
Professora;
     • Manuseio do Kit multimídia e mesa interativa;
     • Jogos pedagógicos de atenção, raciocínio lógico e memória;
     • Atividades físicas e de psicomotricidade;
     • Sacola Literária Itinerante.


     Culminância:
          Passeio de estudos e confraternização com data e local a ser
     definido previamente, mediante autorização de pais, responsáveis e
     Smec.


     Avaliação:
     A avaliação acontecerá sistematicamente durante o projeto. Os registros
serão produzidos pelos alunos e professora diariamente, buscando focalizar
aspectos positivos do trabalho, bem como assinalar novas propostas de
aprendizagem.
Através das observações serão utilizadas a fim de facilitar a educadora
um conhecimento contínuo e adequado do progresso dos alunos, permitindo
em cada um dos momentos, a qualidade e o grau de aprendizagem da turma.
ARREDONDO, DIAGO:

                     A avaliação é o processo mediante o qual se constata em que medida
                     foram alcançados os objetivos previstos, em que medida o processo
                     educacional atinge seus objetivos fundamentais e confronta as metas
                     fixadas com as realmente alcançadas. (2009, p. 261)




Bibliografia:
ARREDONDO, Santiago Castillo. DIAGO, Jesus Cabrerizo. Avaliação Escolar
e Promoção Escolar. Tradução de Sandra Martha Dolinsky. Curitiba: Ibpex;
São Paulo: Unesp, 2009.
BRASIL. Ministério de Educação e do Desporto. Secretaria de Educação
Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil.
Brasília: MEC/SEF, 1998. v. 1 e 3.
DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. 8 ed. Campinas: Editora Autores
Associados LTDA, 2007.
GONÇALVES, Fátima. Do Andar ao Escrever: Um Caminho Psicomotor.
Cajamar: Editora Cultural RBL. 2010.
HORN, Maria da Graça. Sabores, cores, sons, aromas: a organização dos
espaços na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2004.
MORA, Estela. A infância Psicopedagogia Infanto Adolescente. Grupo
Cultural, 2007.




                                              Campo Bom, 09 de agosto de 2012.


____________________________           _________________________________
     Coordenadora pedagógica                            Diretora




            _____________________________________________
                                     Professora
ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
    INFANTIL AMARELINHA
 RUA: ALBERTO FLECK,140 - PORTO BLOS/CAMPO BOM



PROJETO: “BRINCADEIRA DE CRIANÇA”




 Professora responsável: Daniele Ritta Torres de Lima
 Turma: Maternal 3
 Coordenadora Pedagógica: Aline Aguiar
 Diretora: Camila Caetano Trentini

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilBrinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilSimoneHelenDrumond
 
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro)
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro) Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro)
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro) joice221
 
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escolaResgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escolaMaria Vanderlan Rahal
 
Projeto brincadeiras de outrora
Projeto brincadeiras de outroraProjeto brincadeiras de outrora
Projeto brincadeiras de outroraEdinolia
 
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do OntemBrinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do OntemProfrochedo
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Aleinat
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilnoely visconti
 
Projeto; O corpo em movimento 2013
Projeto; O corpo em movimento 2013Projeto; O corpo em movimento 2013
Projeto; O corpo em movimento 2013Débora Lambert
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...SimoneHelenDrumond
 
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides corretoProjeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides corretojoicesovernigo
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
LudicidadeGislaine
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASAline_Lune
 
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anos
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anosAtividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anos
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anosArlete Laenzlinger
 
Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladossandramirandan
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalElaine Caçador
 
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILA IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILcefaprodematupa
 
2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeirasPactoufba
 

Mais procurados (20)

Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilBrinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
 
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro)
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro) Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro)
Brinquedo e brincadeiras na educação infantil ( Joice Ribeiro)
 
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escolaResgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
 
Projeto brincadeiras de outrora
Projeto brincadeiras de outroraProjeto brincadeiras de outrora
Projeto brincadeiras de outrora
 
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do OntemBrinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantil
 
Projeto; O corpo em movimento 2013
Projeto; O corpo em movimento 2013Projeto; O corpo em movimento 2013
Projeto; O corpo em movimento 2013
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
 
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides corretoProjeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Projeto identidade
Projeto identidadeProjeto identidade
Projeto identidade
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
 
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anos
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anosAtividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anos
Atividades lúdicas com crianças de 2 a 4 anos
 
Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com reciclados
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
 
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILA IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeiras
 
O lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantilO lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantil
 

Destaque

Há matemática em toda parte!
Há matemática em toda parte!Há matemática em toda parte!
Há matemática em toda parte!Rosemary Batista
 
A matemática na rotina a educação infantil
A matemática na rotina a educação infantilA matemática na rotina a educação infantil
A matemática na rotina a educação infantilBeatriz Dornelas
 
Projetos Educação Infantil
Projetos Educação InfantilProjetos Educação Infantil
Projetos Educação Infantilguest6de939
 
Aula de Ensino Religioso - Resgatando Valores
Aula de Ensino Religioso - Resgatando ValoresAula de Ensino Religioso - Resgatando Valores
Aula de Ensino Religioso - Resgatando Valoreshartmanneli
 
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...
As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...Edeil Reis do Espírito Santo
 
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação ReligiosaApostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosaelias pereira
 
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigo
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigoHISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigo
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigoroessencia
 

Destaque (11)

Portifólio
PortifólioPortifólio
Portifólio
 
Há matemática em toda parte!
Há matemática em toda parte!Há matemática em toda parte!
Há matemática em toda parte!
 
FREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORESFREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORES
 
A matemática na rotina a educação infantil
A matemática na rotina a educação infantilA matemática na rotina a educação infantil
A matemática na rotina a educação infantil
 
Projetos Educação Infantil
Projetos Educação InfantilProjetos Educação Infantil
Projetos Educação Infantil
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Aula de Ensino Religioso - Resgatando Valores
Aula de Ensino Religioso - Resgatando ValoresAula de Ensino Religioso - Resgatando Valores
Aula de Ensino Religioso - Resgatando Valores
 
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...
As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...
 
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação ReligiosaApostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
 
O que cabe no meu mundo
O que cabe no meu mundoO que cabe no meu mundo
O que cabe no meu mundo
 
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigo
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigoHISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigo
HISTÓRIA INFANTL:Conte comigo amigo
 

Semelhante a Projeto brincadeira de criança

Becchi , ideias orientadoras para creche
Becchi , ideias orientadoras para crecheBecchi , ideias orientadoras para creche
Becchi , ideias orientadoras para crecheDONIZETE SARAIVA
 
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberes
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberesTrabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberes
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberesSimoneHelenDrumond
 
29 dezembro a relatório de investigação
29 dezembro a relatório de investigação29 dezembro a relatório de investigação
29 dezembro a relatório de investigaçãoSimoneHelenDrumond
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSocorroBrito12
 
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva BarbosaViajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva BarbosaClaudinéia Barbosa
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPaula Spadoni
 
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDireitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDaniela Menezes
 
Material impresso na educação ana
Material impresso na educação anaMaterial impresso na educação ana
Material impresso na educação anaCristiane Trindade
 
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilProjeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilCecília Alcântara
 
Unidade 4 parte 1, 2 e 3
Unidade 4   parte 1, 2 e 3Unidade 4   parte 1, 2 e 3
Unidade 4 parte 1, 2 e 3Bete Feliciano
 
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVI
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVISLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVI
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVIcarolinesouza2612
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaLudico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaNilsa_kolling
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança   Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança Nilsa_kolling
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaLudico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaNilsa_kolling
 
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdf
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdfTRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdf
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdfCaroline Assis
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinargracabt2011
 

Semelhante a Projeto brincadeira de criança (20)

Becchi , ideias orientadoras para creche
Becchi , ideias orientadoras para crecheBecchi , ideias orientadoras para creche
Becchi , ideias orientadoras para creche
 
Oppi
OppiOppi
Oppi
 
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberes
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberesTrabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberes
Trabalho 2 ok natureza e cultura conhecimentos e saberes
 
29 dezembro a relatório de investigação
29 dezembro a relatório de investigação29 dezembro a relatório de investigação
29 dezembro a relatório de investigação
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Unidade 3
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
 
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva BarbosaViajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDireitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
 
Material impresso na educação ana
Material impresso na educação anaMaterial impresso na educação ana
Material impresso na educação ana
 
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilProjeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantil
 
Unidade 4 parte 1, 2 e 3
Unidade 4   parte 1, 2 e 3Unidade 4   parte 1, 2 e 3
Unidade 4 parte 1, 2 e 3
 
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVI
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVISLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVI
SLIDE SOCIALIZAÇÃO PROJETO DE ENSINO UNIASSELVI
 
Projecto curricular
Projecto curricularProjecto curricular
Projecto curricular
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaLudico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança   Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criançaLudico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança
 
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdf
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdfTRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdf
TRABALHO_EV056_MD1_SA5_ID1105_17082016220729.pdf
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
 
Adoleta professor
Adoleta professorAdoleta professor
Adoleta professor
 

Último

Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 

Último (20)

Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 

Projeto brincadeira de criança

  • 1. Escola Municipal de Educação Infantil Amarelinha Rua: Alberto Fleck, 140 – Campo Bom/RS Tema: “Brincadeira de criança” Professora responsável: Daniele Ritta Torres de Lima Turma: Maternal 3 Duração: Setembro a Dezembro de 2012. Justificativa: Devido o perfil da turma e suas especificidades, surgiu a oportunidade de se trabalhar de forma globalizada os anseios, necessidades e expectativas dos alunos. Sendo assim, meu trabalho será voltado à aprendizagem através das brincadeiras infantis, música e da literatura. No entanto, ainda conversando e observando os alunos em suas brincadeiras e na rodinha, bem como suas músicas preferidas, percebi que os assuntos de maior interesse continuam ligados ao som, movimento e linguagem. Então, analisando os objetivos propostos procurei buscar uma visão paralela ao interesse dos alunos em sala de aula, pois, segundo o Referencial Curricular da Educação Infantil: Os assuntos trabalhados com as crianças devem guardar relações específicas com os níveis de desenvolvimento das crianças em cada grupo e faixa etária e, também respeitar e propiciar a amplitude das mais diversas experiências em relação aos eixos de trabalho propostos. (1998, pg. 18) Objetivo Geral: Permitir que através destes estudos os alunos se apropriem do conhecimento geral sobre aquilo que lhes cercam, temas surgidos ao longo dos dias e anseios da turma, a fim de favorecer o desenvolvimento afetivo das crianças, bem como a expressão oral e corporal, o equilíbrio, a autoestima e o autoconhecimento, integrando assim as crianças com o meio social ao qual estão inseridos, aliando o conhecimento ao gosto pela leitura, música e a interação social. Embasada pelo que diz Estela Mora, ao mencionar:
  • 2. Existe um consenso quanto a como o ensino deveria orientar-se para conseguir que as crianças compreendam e interpretem o mundo em que vivem para adaptar-se, atuar e modificá-lo. O aprendizado nas crianças não se produz instantaneamente e requer várias situações de ensino. Os processos de elaboração de conhecimento são lentos e supõe elaboraçõ es sucessivas. As crianças constroem significados novos a partir de ideias anteriores, e assim vão armando uma estrutura onde se integram os novos saberes, porém outros também ficam de fora. (2007, pg. 251) Objetivos Específicos: • Estimular valores e atitudes de respeito, amor e a cooperação entre os alunos; • Perceber sua importância no meio ao qual está inserido; • Identificar-se como agente transformador e responsável pelo meio em que vive; • Aumentar a autoestima, autoconhecimento e autocontrole; • Desenvolver o respeito pela diversidade e pluralidade de ideias e opiniões; • Apropriar-se das novas tecnologias e do uso consciente destes instrumentos; • Vivenciar situações que estimulem a aprendizagem através de brincadeiras e jogos dirigidos e livres; • Identificar sons, cores e aromas; • Compreender noções de tempo, espaço e lateralidade; • Reconhecer, nomear e quantificar numerais até dez; • Criar possibilidades de descobertas através de experiências sensoriais e de transformação da matéria; • Envolver a literatura infantil no dia-a-dia com histórias que podem auxiliar na aprendizagem bem como tornar nossos momentos juntos mais agradáveis; • Envolver os familiares nas atividades pedagógicas, significando esses momentos; • Desenvolver a criatividade através da ludicidade; • Possibilitar o contato com as letras do alfabeto que eles identificarem ao longo das atividades;
  • 3. • Estimular a expressão oral; • Desenvolver o raciocínio lógico; • Diferenciar tamanhos e formas; • Criar com diferentes tipos de matérias; • Ampliar possibilidades de desenvolvimento da motricidade fina e ampla; • Estimular o desenvolvimento corporal; • Inserir a literatura infantil no cotidiano escolar e familiar; Desenvolvimento: Para não fugir do enfoque que o projeto pedagógico tem de atender ao interesse das crianças, minha intenção inicia-se em desenvolver atividades voltadas à abordagem com a turma de diferentes formas, introduzindo gradualmente os assuntos surgidos ao longo dos dias. Considerando as teorias de Dewey e seu seguidor Kilpatrick, ambos os filósofos e educadores, os projetos são de extrema necessidade, pois os mesmos extraem a concepção de escola tradicional e ressignificam a aprendizagem na educação infantil e não desfazendo a importância do brincar, como nos complementa HORN: ... É fundamental a criança ter um espaço povoado de objetos com os quais possa criar, imaginar, construir e, em especial, um espaço para brincar, o qual certamente não será o mesmo para as crianças maiores e menores. (2004, p. 19). Outro fato importante a ser ressaltado, é que na educação infantil o corpo da criança também faz parte da aprendizagem e por isso, como nos traz Gonçalves (2010) devemos: ...fazer da escola a grande aliada para o resgate do corpo vivido, ou seja, conscientizar os educadores da necessidade de promover formas para que as crianças resgatem esse momento da infância dentro do ambiente escolar, e criar currículos e projetos nos quais as crianças possam utilizar essa ferramenta que é o corpo, para explorar, criar, brincar, relacionar, imaginar, planejar, sentir e finalmente aprender. (2010, p. 6-7) O desenvolvimento das atividades vinculadas ao projeto terá como foco central acontecimentos sociais ou situações vivenciadas pelas crianças, pois
  • 4. acredito que o desenvolvimento deste trabalho deve gerar uma nova cultura de aprendizado que pode tornar os alunos ainda mais capazes. • Narração de histórias; • Coleção “O que não cabe no meu mundinho”; • Confecção de fantoches; • Confecção de materiais de contagem e letras com materiais alternativos; • Amigo oculto com mensagens e troca de abraços; • Massagens e técnicas de relaxamento; • Análise de gravuras individuais e em grupos; • Confecção de cartazes e murais explicativos; • Confecção de jogos; • Brincadeiras livres e dirigidas; • Passeios; • Atividades lúdicas e sensoriais; • Dança, mímica e teatro; • Atualização do Blog da turma, com as atividades, dicas e “pérolas” da turma, escolhidas e postadas pelos próprios alunos com o auxílio da Professora; • Manuseio do Kit multimídia e mesa interativa; • Jogos pedagógicos de atenção, raciocínio lógico e memória; • Atividades físicas e de psicomotricidade; • Sacola Literária Itinerante. Culminância: Passeio de estudos e confraternização com data e local a ser definido previamente, mediante autorização de pais, responsáveis e Smec. Avaliação: A avaliação acontecerá sistematicamente durante o projeto. Os registros serão produzidos pelos alunos e professora diariamente, buscando focalizar aspectos positivos do trabalho, bem como assinalar novas propostas de aprendizagem.
  • 5. Através das observações serão utilizadas a fim de facilitar a educadora um conhecimento contínuo e adequado do progresso dos alunos, permitindo em cada um dos momentos, a qualidade e o grau de aprendizagem da turma. ARREDONDO, DIAGO: A avaliação é o processo mediante o qual se constata em que medida foram alcançados os objetivos previstos, em que medida o processo educacional atinge seus objetivos fundamentais e confronta as metas fixadas com as realmente alcançadas. (2009, p. 261) Bibliografia: ARREDONDO, Santiago Castillo. DIAGO, Jesus Cabrerizo. Avaliação Escolar e Promoção Escolar. Tradução de Sandra Martha Dolinsky. Curitiba: Ibpex; São Paulo: Unesp, 2009. BRASIL. Ministério de Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. v. 1 e 3. DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. 8 ed. Campinas: Editora Autores Associados LTDA, 2007. GONÇALVES, Fátima. Do Andar ao Escrever: Um Caminho Psicomotor. Cajamar: Editora Cultural RBL. 2010. HORN, Maria da Graça. Sabores, cores, sons, aromas: a organização dos espaços na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2004. MORA, Estela. A infância Psicopedagogia Infanto Adolescente. Grupo Cultural, 2007. Campo Bom, 09 de agosto de 2012. ____________________________ _________________________________ Coordenadora pedagógica Diretora _____________________________________________ Professora
  • 6. ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL AMARELINHA RUA: ALBERTO FLECK,140 - PORTO BLOS/CAMPO BOM PROJETO: “BRINCADEIRA DE CRIANÇA” Professora responsável: Daniele Ritta Torres de Lima Turma: Maternal 3 Coordenadora Pedagógica: Aline Aguiar Diretora: Camila Caetano Trentini