Inovação, Co-Criação e Design Thinking

2.380 visualizações

Publicada em

Palestra de Cristina Bisland (Itaú) no 6º Fórum de Inovação Sustentare - 04/11/2010.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
2 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.380
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
197
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
2
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inovação, Co-Criação e Design Thinking

  1. 1. INOVAÇÃO CO-CRIAÇÃO E DESIGN THINKING Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Fórum de Inovação | Sustentare
  2. 2. Cristina Bilsland - Banco Itaú Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Disclaimer: Nada sobre finanças. Perspectiva de uma designer sobre inovação em corporações.
  3. 3. O Caminho até aqui Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 BRASIL | SUÉCIA | INGLATERRA DESIGN | PESQUISA | INOVAÇÃO
  4. 4. Consenso: Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 INOVAÇÃO É UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA. Mas como?
  5. 5. Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Inovação requer uma visão: Direcionamento estratégico – não do como, mas do onde. Inovar no quê? Onde queremos chegar? N
  6. 6. Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Inovação requer um novo jeito de trabalhar: Espírito de colaboração Espaço para experimentação e aprendizado Metas qualitativas
  7. 7. Inovação requer metodologia: Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Design thinking Service design <> Processo abre-fecha
  8. 8. Design Thinking: Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Exploração da correlação entre o tecnologicamente factível e o que é estrategicamente viável com base nas necessidades dos usuários. http://www.ideo.com
  9. 9. Design Thinking: Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010http://www.ideo.com Exploratório (não-linear) Focado no usuário como prioridade
  10. 10. h"p://www.youtube.com/watch?v=AF-­‐KagTq7qY   Service Design Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Desenvolvimento de novos serviços que suprem as necessidades e rotinas multi-canais dos consumidores de hoje e do futuro. http://www.stby.eu/
  11. 11. h"p://www.youtube.com/watch?v=AF-­‐KagTq7qY   Service Design Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010http://www.stby.eu/ Ferramenta muito usada: customer journey map. Mapeamento de touch-points e canais do ciclo de vida de um produto ou serviço.
  12. 12. h"p://www.youtube.com/watch?v=AF-­‐KagTq7qY   Service Design Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010http://www.stby.eu/ ex.: touch-point  compra canais  internet, loja física, telefone...
  13. 13. inspiração  exploração  desenvolvimento Fases do Processo Abre-fecha Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 1 2 3
  14. 14. Inspiração Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Definição do desafio Pesquisa exploratória Download e análise Observações  insights1
  15. 15. Fase 1 - Nokia Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Imersão: fase de inspiração e imersão no mercado e na vida das pessoas.
  16. 16. Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010
  17. 17. Exploração Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Síntese Brainstorming Prototipação2
  18. 18. Fase 2 - Nokia Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Co-criação: idéias levadas para discussão e desenvolvimento com usuários.
  19. 19. Fase 2 - Nokia Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Co-criação: idéias levadas para discussão e desenvolvimento com usuários.
  20. 20. Desenvolvimento Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Feedback Prototipação mais refinada Piloto3
  21. 21. Fase 3 - Nokia Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Validação: fase para coletar feedback nos protótipos antes da finalização do desenho. Imagem protótipo projeto STBY  
  22. 22. Inovação requer curiosidade e exploração: Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Questionamento Humildade Flexibilidade Acima de tudo, confiança no processo.
  23. 23. Obrigada! Cristina Bilsland | 4 Novembro 2010 Where Good Ideas Come From – Steven Johnson Orbiting The Giant Hairball – Gordon Mackenzie Change By Design – Tim Brown Design Thinking – Thomas Lockwood

×