Marketing e Recursos Humanos

2.871 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.871
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
637
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marketing e Recursos Humanos

  1. 1. Faculdade de Administração de CataguasesCurso de AdministraçãoMarketing e Recursos HumanosTrabalho apresentado pelo aluno Thiago de Meira Rezende à Professora Luciana Lima, dadisciplina Introdução à Administração.CataguasesMaio / 2013
  2. 2. ResumoO presente trabalho tem como objetivo central apresentar de uma forma concisaesimplificada os processos práticos ou conceituais que evolvem a área de Marketing eRecursos Humanos, no que diz respeito à administração dentro do âmbitoorganizacional.Ressalto quesão duas áreas imprescindíveis e importantíssimas para que otrabalho realizado nas organizações empresariais sejadesenvolvido com competência e,sobretudo, comexcelência.No decorrer deste pequeno e enriquecedor trabalho, serão abordados assuntosque retratam a base estrutural do tema especificado, incluindo os processos queinterligam Marketing e Recursos Humanos com os seus respectivos segmentos ousubsistemas construtivos.Thiago de Meira Rezendehttp://thiago-administrador.blogspot.com
  3. 3. SumárioIntroduçãoMarketing1- Objetivos2- Principais Atividades3- Mix de Marketing4- Franquia5- Marketing de RelacionamentoConclusãoIntroduçãoRecursos Humanos1- A Função do RH2- Empregabilidade3- Desenvolvimento4- Compensação5- ManutençãoConclusão
  4. 4. Introdução: MarketingPode ser definido, mediante as pesquisas que realizei sobre o tema proposto,como sendo o conjunto primordial de conhecimentos imprescindíveis com a finalidadede estimular a venda de produtos e serviços, detectando e aproveitando as oportunidadesde mercado, com o objetivo de satisfazer o cliente e obter retorno para determinadamarca, empresa ou pessoa. Cabe ao profissional traçar e executar estratégias paraalcançar os objetivos que a empresa deseja atingir, como lealdade à marca, boa imagemdo produto e lucratividade.O Marketing está inserido em qualquer tipo de organização, desdedepartamentos de grandes empresas até institutos de pesquisa e órgãos públicos,promovendo a marca e o lançamento de produtos, definindo, por exemplo, asestratégias, o público-alvo e o preço a ser estabelecido.Além de sua inserção referente à pesquisa de mercado, coletando e analisandodados sobre o perfil do consumidor e o ambiente socioeconômico, na inovação deprodutos que já existem e necessitam de atualização e com os criativosmerchandisings.
  5. 5. 1- ObjetivosÉ importante destacar que os profissionais de Marketing estão sempre prontospara mudanças, independentemente do sucesso absoluto do produto perante o mercado,há sempre vontade e interesse para inová-lo, atraindo, portanto, novos públicos comperfis diversificados. De acordo com os objetivos planejados pelos profissionais deMarketing, inovar é preciso e de suma importância para atender às necessidades de cadareceptor.Os principais objetivos de Marketing são: Atrair novos clientes; Manter os clientes, sempre objetivando a satisfação; O profissional de Marketing deve dominar três características básicas:Percepção – analisar o mercado mediante uma visão sistêmica, não apenas comouma série de produtos, mas, na maioria das vezes, colocar-se como consumidor.Pró-atividade – possuir iniciativa para criar coisas novas.Persistência – acreditar no sucesso do produto.
  6. 6. 2- Principais AtividadesO ambiente de Marketing é tudo aquilo que está ao redor das atividades de umaempresa. O ambiente é vulnerável a diversos acontecimentos e situações que colocam aempresa perante a um cenário de mudanças constantes.O clímax do conflito com este ambiente de Marketing repleto de mudanças,ameaças e oportunidades serve para as empresas observarem o mercado de uma formamais atenta, profunda e detalhada com a finalidade de captar com sabedoria taisacontecimentos e, consequentemente, organizar para planejar estratégias eprogramarações que aumentem a vantagem competitiva de seus produtos.Abaixo, confira algumas atividades principais que envolvem o Marketing:Gerência de ProdutoAcompanhar o serviço desde a concepção aos estágios de pesquisas, design,desenvolvimento e fabricação até o lançamento no mercado.Definição de PreçoDeterminado de acordo com os custos, poder aquisitivo do mercado e preço dosprodutos concorrentes.DistribuiçãoRealizada por um ou mais canais, em venda direta ao consumidor ou porintermediários. A distribuição dos produtos depende de sua natureza e da forma como éfeita a venda. Os canais tradicionais de distribuição são o atacado, o varejo e as vendasindustriais, além das vendas via internet.
  7. 7. PublicidadeSeleciona as características atraentes capaz de atrair o público-alvo e criar namente do consumidor diferenciações positivas do produto em relação aos concorrentes.Uma das principais técnicas do Marketing, a publicidade, tem o objetivo de criar edesenvolver ou mudar os hábitos e as necessidades do consumidor.VendasContato direto entre o comprador e vendedor. Os fabricantes de bens de consumo elarga escala, embora não vendam diretamente ao consumidor final, costumam empregarum grande número de vendedores para lidar com todos os intermediários de todo tipo,sejam eles atacadistas ou varejistas.Entretanto, com o aumento do número de concorrentes em quase todos os ramos denegócios o campo de atuação do Marketing passou a incluir atividades como serviçosde atendimento ao cliente e comunicação com o consumidor. Em algumas empresas, adiretoria de Marketing detém poder decisório sobre áreas das mais diversificadas, comoprogramação visual e embalagem, preço, relações públicas e pesquisa dedesenvolvimento de produtos novos.3- Mix de MarketingO Mix de Marketing, também conhecido como Composto de Marketing ou4P’s, significa o conjunto de ferramentas que a empresa utiliza para perseguir seusobjetivos de Marketing no mercado-alvo.Essas ferramentas são classificadas em quatro grupos, sendo os 4P’S deMarketing:.
  8. 8. ProdutoSignificaqualquer coisa que possa ser oferecida e que satisfaça as necessidades edesejos de um mercado. Produto inclui não só bens ou serviços, mas também marcas,embalagens, serviços aos clientes e outras características. Não necessariamente oproduto precisa ser físico. Eles podem existir fisicamente, mas também ser serviços,pessoas, locais, organizações, ideias, dentre outros.Para entender melhor o que é um bem, há necessidade de compreender que nãose trata somente de algo tangível – palpável ou físico -, que compramos e levamos paracasa. Muitas vezes estão, junto a ele, serviços, como as férias em um hotel ou um showde uma artista famoso.O produto deve, obrigatoriamente, ser aquele desejado pelo cliente, estar dentrodas suas expectativas e satisfazer suas necessidades.
  9. 9. Das quatro variáveis do Mix de Marketing, podemos considerar o produto comosendo a mais crítica no processo decisório. As empresas precisam administrar suasmarcas como um dos principais patrimônios da empresa. Além de administrar a marca,é necessário posicioná-la de forma correta para que as estratégias alcancem seusobjetivos.PreçoSignifica o valor monetário atribuído a um produto ou serviço para efeito decomercialização. Sob a ótica de Marketing, o mais correto é falar em composto depreço, isto é, toda a política que envolve os custos e supera as diferentes barreiras atéchegar ao consumidor final.O preço é a quantidade de dinheiro, bens ou serviços que deve ser dada para seadquirir a propriedade ou uso de um produto. Sendo considerado o único componentedo Mix de Marketingque gera receita e é um dos principais elementos na determinaçãoda participação de mercado de uma empresa e de sua rentabilidade.O consumidor ao comprar um produto paga o preço e recebe os benefícios dele.A determinação do preço de um produto ou serviço nem sempre é uma tarefa simples. Épreciso considerar que, quando bem posicionado, o preço de um produto ou serviço éfator primordial ao sucesso do plano de Marketing.O cliente procurará um preço justo, que não deve ser nem muito elevado, demodo que o cliente ache que não vale a pena compra-lo, nem tão baixo que o leve apensar que há algo de errado com o produto.
  10. 10. Analisando essas informações, fica o questionamento: qual é o preço ideal deum produto? O preço ideal de um produto é simplesmente aquele que o cliente julgajusto e que, ao mesmo tempo, é interessante lucrativamente para a empresa.PraçaA praça está interligada a todos os componentes básicos de distribuição de bensou serviços, incluindo os canais de vendas tradicionais, lê-se lojas, distribuidores, dentreoutros, ocorrendo, dessa forma, disponibilidade dos bens ou serviços mediante taiscanais.Portanto, é conhecida como ponto de venda ou canal de distribuição e pode serdescrito como sendo uma rede organizada de órgãos e instituições que, em combinação,executam todas as funções necessárias para ligar os fabricantes aos usuários finais. Deuma forma mais simples, distribuição em Marketing significa disponibilizar o produtoou serviço ao cliente da forma mais fácil e conveniente para ser adquirido.
  11. 11. São várias as formas de distribuição. Dentre as principais, menciono:Distribuição DiretaOcorre quando o produtor do serviço ou produto vende diretamente aoconsumidor. Exemplo: algumas empresas utilizam-se das chamadas “lojas da fábrica”,nas quais fabricantes de produtos vendem diretamente aos consumidores. Tambémpode-se citar os prestadores de serviços, os quais executam, eles mesmos, o serviço parao consumidor como os dentistas, cabeleireiros, dentre outros.Distribuição IndiretaOcorre quando o produto ou serviço utiliza-se de distribuidores para levar oproduto ou serviço até o consumidor. Exemplo: quase a totalidade dos produtosencontrados nos supermercados não é fabricada por eles. Os supermercados sãointermediários entre o fabricante e o consumidor.
  12. 12. PromoçãoSignifica todo o esforço de comunicação persuasiva, criativa e inovadora, arespeito de uma organização e seus produtos.Sob o ponto de vista do Marketing são todas as formas de comunicaçãopromocional utilizadas pelas empresas e organizações para se comunicarem com seusmercados, lê-se propaganda, publicidade epromoção de vendas.PropagandaA propaganda é um item que está inserido dentro da promoção e juntasdesempenham papel fundamental na criação de valor para o cliente. A mesma se tornaimportante porque informa aos clientes sobre os produtos e ativa a necessidade decompra-los.A propaganda influencia na escolha do consumidor, pois além de transmitirinformações sobre os produtos, oferece informações sobre a empresa. Contudo, énecessária porque tem a capacidade de informar um grande número de clientes aomesmo tempo e, consequentemente, ajuda o consumidor a criar ou aumentar apercepção dos atributos dos produtos e dos pontos fortes da empresa.PublicidadeA publicidade é toda comunicação que não é paga pela veiculação. Por exemplo,quando um artigo sobre um produto é publicado em um jornal ou revista, ascaracterísticas do produto são comunicadas ao público sem ônus para a empresa.
  13. 13. Promoção de vendasAs ferramentas de promoção de vendas são:... possuem três características distintas:De comunicação: que visa atrair a atenção dos consumidores;De incentivo: que visa estimular o consumo;De convite: que objetiva convidar para uma transação imediata.Promoções de vendas são ferramentas usadas pelos profissionais de Marketingque fazem parte do nosso dia-a-dia. Quantas vezes não recortamos selos emembalagens para concorrer a um carro ou uma casa?Exemplos como esses têm como principal objetivo alavancar vendas e fazer comque os consumidores sejam atraídos pelas promoções e optem por comprar da empresaque fez a promoção ao invés dos concorrentes.Prêmio Cupom Concurso
  14. 14. 4-FranquiaPosso mencionar, mediante as pesquisas realizadas, que a Franquia é um dosmodelos de negócios mais promissores existentes no mercado. Através dela, ofranqueador, lê-se dono da marca, cede ao fraqueado o direito de uso da sua marca e dadistribuição de seus produtos ou serviços. Sendo assim, por sua vez, o franqueado pagaparte do faturamento ao franqueador sob forma de royalties.É importante ressaltar que as Franquias têm a mesma necessidade de realizarações de Marketing como qualquer outro negócio. Mas tem que seguir as regrasestipuladas pelo franqueador em relação ao tipo de comunicação, linguagem, aplicaçãode logo e fornecedor.Sabendo-se que essas ações são conjuntas, atendem às necessidades de toda arede e são campanhas promocionais ou institucionais. Juntas formam o MacroMarketing com a finalidade de almejar a visibilidade nacional da Franquia. O mesmoconsiste em ações definidas pela rede franqueadora, as quais são baseadas no conceito epúblico-alvo gerais do grupo, sem especificar as diferenças regionais de cada unidade.Uma das vantagens deste plano de Marketing amplo é que uma campanhapromocional, com a inserção de toda rede, pode oferecer mais prêmios e com valoresbem mais altos do que se a mesma ação fosse realizada por uma só unidade.Mas o perfil e o desejo do público podem variar de região para região. Parasuprir as necessidades individuais de cada unidade franqueada existe o MicroMarketing ou Marketing local, que é basicamente a personalização das ações gerais dogrupo.Todas as ações de Marketing fazem parte de um planejamento, na maioria dasvezes, feito pela rede de Franquias e que é analisado para saber quais os resultados estágerando. O planejamento, aliado às ações locais, ajuda a definir a evolução dacampanha, as demandas do mercado e mostra quem é público-alvo de cada unidade,
  15. 15. além de suas respectivas necessidades e desejos. Aponta ainda a concorrência e amelhor maneira de se posicionar nomercado.Assim, podemos perceber a importância do Marketing e como é lucrativoinvestir em publicidade para o público local.Um dos recursos fundamentais é a utilização das redes sociais como meio decomunicação para divulgar os produtos e serviços, além de uma aproximação com ocliente.5- Marketing de RelacionamentoMarketing de Relacionamento e Cliente: uma sintonia perfeita. Sabendo-se, de umlado, qual é a identidade da marca e, de outro, o perfil do consumidor, incluindo assuas crenças e os seus valores, cabe ao Marketing de Relacionamento garantir aconexão entre ambos num processo contínuo de ação e reação.Devido as minhas pesquisas sobre o tema, pude observar que Marketing deRelacionamento está interligado a um conjunto de estratégias, dinâmicas e criativas,que visam primordialmente ao entendimento e a gestão do relacionamento entre umaempresa para com o seu cliente, objetivando consideravelmente a percepção do valor damarca e a produtividade da empresa ao longo do tempo. Refere-se à gestão dorelacionamento, quando o Marketing está voltado para o comportamento do cliente como objetivo de acompanhá-lo e influenciá-lo ao longo da jornada, utilizando-se deinúmeros canais de comunicações como forma de conquistá-lo, ou seja, transformar onão-cliente em cliente, aumentando assim, a frequência de compra. Sendo a fidelizaçãodo cliente um dos pontos fundamentais para o sucesso da empresa.
  16. 16. É através desse tipo de ação que o cliente percebe que a empresa sabereconhecer suas necessidades, entregando produtos e serviços compatíveis com as suascaracterísticas.Sabemos que vivemos em um mercado competitivo, em um meio que é marcadopela similaridade entre empresas e produtos, entretanto, a grande vantagem doMarketing de Relacionamento é a capacidade de ser algo a mais onde todo o resto éigual. Ser inovador é sinônimo de sucesso, é trazer para o consumidor um motivoconcreto e seguro para escolher a sua marca em detrimento das outras. Isso pode seradquirido mediante a uma visão sistêmica do mercado, incluindo uma percepçãoaguçada, inovadora, competente e ousada.Em decorrência, afirmo que o “controle remoto” está nas mãos do consumidor,por isso, o Marketing de Relacionamento deve perceber e reconhecer esta atitude e darpara o consumidor o que ele quer obter, mas que sejam produtos ou serviços comqualidade, sendo eficiente e eficaz, como forma de conquistá-lo com o objetivo defidelizar a sua marca e vencer os desafios impostos pelo mercado.ConclusãoEm virtude dos fatos mencionados somos levados a acreditar que o Marketing évisto como um conjunto de ações criativas e inovadoras capaz de chamar atenção doconsumidor para a marca que está sendo expandida, além de conquistar o público emfunção do produto e/ou serviço oferecidos pela empresa.O Marketing está inserido em qualquer tipo de organização, desde pequenas agrandes empresas, o importante é fazê-lo com ousadia envolvendo criatividade edinamismo, buscando incansavelmente a promoção da marca com os seus respectivosprodutos.Observei que a intenção do mesmo é dar maior visibilidade para empresa, porintermédio das estratégias estipuladas, incluindo as propagandas veiculadas nosdiversificados meios de comunicação.Enfim, o Marketing bem elaborado com estratégias diferenciadas éimportantíssimo para expansão de novos horizontes, incluindo fidelização à marca, boaimagem e lucratividade e, consequentemente, a obtenção concreta do sucesso, além dasatisfação do consumidor.
  17. 17. Introdução: Recursos HumanosRecursos Humanosé considerada uma área estratégica, envolvendo um amplopoder de decisão e influência sobre o rumo dos negócios cujo processo se baseia emvirtude de atrair, reter e desenvolver pessoas por meio de sistemas e políticasestruturadas com a finalidade de otimizar o desempenho e compromisso, visandosatisfazer as necessidades de clientes internos e externos.RHé um termo que enfoca o lado empresarial e o lado administrativo como o todo.A primeira parte do termo faz referência a Recursos que é um conjunto de elementosque se tem a disposição para resolver uma série de necessidades. A segunda parte dotermo Humanos é a complementação do termo que equipara com outros como podemser os tecnológicos, os financeiros, dentre outros.Recursos Humanos é um conjunto de pessoas as quais se dispõem para alcançarum objetivo numa empresa.
  18. 18. 1- A Função do RHA função essencial ou tradicional dos Recursos Humanos é o recrutamento eseleção de pessoal. É analisado o perfil do candidato por meio de entrevistas, provas,dinâmicas e outros procedimentos para melhor desempenho das atividadesdesenvolvidas na empresa.Porém, é sempre válido ressaltar que, o papel do RH não restringe apenas aessas funções. As organizações empresariais estão cada vez mais modernas, atualizadase competitivas, contudo, o órgão assessora os demais setores prestando informaçõespara um melhor desempenho.Estão sempre atuando no planejamento, na organização, na integração dossetores da empresa para que obtenham melhor proveito, exercendo um trabalho deagentes de crescimento, observando o desempenho e a evolução da organização,promovendo mudanças, transformações e contribuindo para o aumento daprodutividade, além de se preocupar com a aprendizagem, trabalho em equipe,qualidade, dentre outros. Tudo para que haja resultados positivos, agregando valor paraclientes, colaboradores e investidores. Sendo uma área responsável peloacompanhamento de todo o processo, desde a seleção de pessoal até o desenvolvimentodas atividades, direcionado para as possibilidades de melhoria e expansão da empresa.Para isso a gestão de Recursos Humanos inclui um conjunto de funções.Sendo elas:Planejamento de Recursos HumanosPlanejar aquilo que deve ser feito para conseguir os colaboradores corretos, comperfil profissional compatível com os objetivos da empresa.Recrutamento e SeleçãoRecrutamento corresponde a um conjunto de técnicas e métodos destinados aatrair candidatos capazes de ocupar determinados cargos ou desenvolver determinadastarefas na organização. Enquanto seleção é a fase que se segue ao recrutamento ecorresponde à escolha das pessoas conforme as necessidades da organização, ou seja,comparar os perfis dos candidatos e as exigências do cargo ou função.Integração dos Recursos HumanosDecidida à seleção dos novos funcionários, segue-se a integração naorganização. Cada funcionário fica com determinada função e é integrado numacarreira. Para isso é efetuada uma apresentação da organização, das instalações e dosrestantes dos colaboradores.
  19. 19. Análise e Descrição de FunçõesConsistem na investigação sistemática das tarefas, obrigações eresponsabilidades de uma função e dos conhecimentos, capacidades e experiências deque uma pessoa necessita para desempenhar as funções de forma adequada, onde podemser inclusas as seguintes questões:- O que é que o funcionário faz?- Como é que o funcionário executa as tarefas?- Por que é que as tarefas são executadas?- Que capacidades são necessárias?Avaliação de DesempenhoConsiste na sistemática apreciação do comportamento do indivíduo na funçãoque ocupa, avaliando-o perante o seu comportamento e a sua comunicação, incluindo asseguintes fases:- Observação do comportamento a medir;- Medição do comportamento;- Comunicação do resultado de forma a motivar o trabalhador.Remuneração e IncentivosRemuneração entende-se por salário como forma de pagamento do trabalho eincentivo entende-se como recompensa destinada a compensar e encorajar oscolaboradores que demonstrem um desempenho superior à média e podem serindividuais ou coletivas.Determinação dos salários:- Análise e avaliação de funções;- Imposições legais e negociação coletiva;- Mercado de trabalho.Higiene e Segurança no TrabalhoA higiene consiste em um conjunto de normas e procedimentos que visam àproteção da integridade física e mental do trabalhador. Enquanto segurança no trabalhoconsiste um conjunto de medidas técnicas destinadas a prevenir acidentes.
  20. 20. Formação Profissional e Desenvolvimento PessoalO desenvolvimento individual não inclui apenas a formação no sentido deaumentar as capacidades com vista à execução de uma tarefa específica, mas aeducação em sentido mais geral, de forma a aumentar o nível de conhecimentos e acapacidade de resposta às mudanças no ambiente exterior à organização.Auditoria de Recursos HumanosA auditoria de recursos humanos é uma forma de avaliar a gestão de pessoal naorganização e pode ser efetuada através de questionários, entrevistas e estatísticas depessoal.Em suma, a gestão de Recursos Humanos é uma das funções tradicionais daorganização e que tem como missão estabelecer o sistema que rege as relações entreseus colaboradores, definir a melhor adequação de cada um deles à função que irárealizar, e estabelecer a integração dos colaboradores.2-EmpregabilidadeOs profissionais de Recursos Humanos referem-se à Empregabilidade comoum conjunto de competências que une atitudes, aptidões, curriculum e qualidadespessoais para trabalhar em equipe, possuindo habilidade, criatividade, dinamicidade,competência, ousadia, persistência, iniciativa, dentre outras características.
  21. 21. A Empregabilidade está relacionada a qualquer modalidade de trabalho, seja namontagem do próprio negócio ou na prestação de serviços como empregado de umapequena, média ou grande empresa. É preciso estar respaldado em raízes fortes quefomentem o crescimento e a transformação profissional.O atual contexto perante o mercado de trabalho exige profissionais cada vezmais preparados e conscientes de sua atuação. O termo Empregabilidade traz elementosessenciais para se pensar em todo e qualquer profissional, pois exige capacidade eadequação do profissional ao mercado de trabalho.O desenvolvimento de competências e habilidades torna-se uma premissa para oingresso de profissionais em um mercado tão competitivo e veloz. A sociedadecontemporânea e os avanços tecnológicos contribuem para a visão e atenção a esse novoolhar voltado para a Empregabilidade.O termo Empregabilidade, segundo Marcus de Almeida – PedagogiaEmpresarial: Saberes, Práticas e Referências -2006, baseia-se na nomenclatura dada àcapacidade de adequação do profissional ao mercado de trabalho. Quanto mais adaptadoo profissional, maior sua Empregabilidade. Almeida( 2006, p. 112 ) cita um trecho doartigo de Nancy Malschitzky:“Entende-se por empregabilidade a busca constante do desenvolvimento de habilidades ecompetências agregadas por meio do conhecimento específico e pela multifuncionalidade, as quaistornam o profissional apto à obtenção de trabalho dentro ou fora da empresa.O termo surgiu na última década, pela necessidade dos trabalhadores de adquirir novosconhecimentos que os habilitassem a acompanhar as mudanças no mercado de trabalho. Até então, asoportunidades de trabalho eram oferecidas principalmente pelas indústrias. A partir daí passam a surgirvagas no setor de serviços, exigindo um outro perfil de trabalhador, que tenha competência paradesenvolver as novas atividades.”O mercado de trabalho, cada vez mais competitivo, busca profissionais comhabilidade e competências renovadas. Atualmente busca-se um perfil profissionalpautado na competência e no desenvolvimento de habilidades. Isso se deve ao fato deque o mercado de trabalho necessita de profissionais atualizados e conscientes de suarealidade. Segundo Idalberto Chiavenato – Gestão de pessoas: O novo papel dosrecursos humanos nas organizações – 1999, a empregabilidade surgiu devido ao altoíndice de desemprego. Ela provém, portanto, da diferença entre a velocidade dasmudanças tecnológicas, as quais exigem do indivíduo novos conhecimentos ehabilidades e velocidade da reaprendizagem.A Empregabilidade exige do profissional a busca constante pelo aprimoramentode seus conhecimentos, sendo esta uma exigência fundamental para se inserir nomercado de trabalho. Tem que ser competente, lê-se representação do saber efetivo damatéria, e habilidoso, lê-se saber executar, ou seja, sua prática. Portanto não basta terum diploma, a empregabilidade exige mais do que isso.
  22. 22. Em suma, o profissional que tem competências e habilidades diversificadas écapaz de atuar em qualquer ambiente organizacional, proporcionando mudança e visãorenovada.3- DesenvolvimentoA área de Desenvolvimento de pessoas é a responsável por construir ferramentas emetodologias para que as pessoas se desenvolvam dentro da estratégia da empresa.O termo Desenvolvimento é muitas vezes confundido com treinamento. Sabemosque o mesmo faz parte do Desenvolvimento, mas não é apenas treinamento quedesenvolve um colaborador e sim a sua força de vontade, ousadia, iniciativa,persistência em querer melhorar o seu rendimento dentro de um grupo empresarial.Podemos resumir Desenvolvimento como um ser humano sair de um ponto A paraum ponto B, sendo que o ponto B é melhor que o ponto A, ou seja, houve crescimento emudança de patamar.Portanto, podemos ressaltar algumas responsabilidades da área deDesenvolvimento:Cultura e ValoresRefere-se à criação de ferramentas, metodologias, processos e projetos para queos funcionários se desenvolvam dentro dos valores ou cultura da empresa.Avaliação de DesempenhoRefere-se à metodologia que avalia os funcionários em relação aos resultados e àforma como os resultados foram alcançados (valores/competências/comportamentos).
  23. 23. TreinamentoRefere-se à capacitação dos funcionários tecnicamente, dentro de determinadosconhecimentos e competências corporativas ou específicas para a função.Gestão de TalentosRefere-se aos programas de desenvolvimento para novos profissionais, atravésde programas corporativos de estagiários ou trainees. Foco em pegar uma pessoa “crua”para desenvolvê-la dentro da cultura da empresa e, depois, tecnicamente.Um dos requisitos primordiais para esta área e outras do RH também, é quealcance seus objetivos visando sempre à diferenciação, ou seja, ser único e transparente.Devemos partir do princípio que pessoas são diferentes e não podem ser vistas como sefossem todas iguais. Um grande desafio dessa área é desenvolver processos emetodologias que consigam diferenciar os resultados e atitudes das pessoas com ointuito de construir um Plano de Desenvolvimento Individual.Contudo, o Desenvolvimento dos Recursos Humanos é visualizado com umtrabalho decisivo de sucesso estratégico para a competitividade da organização.4-CompensaçãoUm sistema direcionado para uma atividade que se preocupa com recompensa oramonetária ora não, dada ao indivíduo, lê-se colaborador, por seu trabalho com afinalidade de atrair, manter e motivar as pessoas na empresa.A Compensação inclui as seguintes atividades:
  24. 24. Estudo dos CargosAnálise minuciosa de cada função dentro da empresa com o objetivo de avaliaras competências e habilidades desenvolvidas por seus colaboradores caracterizados pelaprodução individualcom o intuito de recompensá-los.Estudo dos SaláriosSalário mensal ou salário por hora e reajuste salarial, lê-se bônus e participaçãonos resultados ora individual ora coletivo. Portanto, interesse, motivação e dedicaçãolevarão o colaborador ao aumento da remuneração.BenefíciosSeguro de vida, refeição, transporte, plano de saúde, dentre outros. Além daquelesrelacionados em caso de acidente, demissão ou doença. Ressalto que alguns benefíciossão exigidos por lei e outros são opcionais.Esta é uma área que enfatiza a excelência do serviço e o grau de responsabilidade dofuncionário, portanto, é uma área que lida com a recompensa que o colaborador recebemediante a execução de suas tarefas dentro do âmbito empresarial.Contudo, o que posso deixar expresso é que o sistema de compensação nos fazcompreender perante ensinamentos e liderança que a mesma está inserida no campo damotivação visando um bom desempenho no trabalho.5- ManutençãoUm sistema direcionado para uma atividade que se preocupa com o bom ambientede trabalho, tanto em condições físicas como humanas.A Manutenção inclui as seguintes atividades:
  25. 25. 1- Orientação ao empregado para ele sentir parte da empresa;2- Aconselhamento a problemas individuais;3- Dar aos empregados as melhores condições de trabalho, lê-se higiene esegurança;4- Comunicação visando difundir informações sobre a organização aosempregados.5- Se relacionar com órgãos sindicais e governamentais.Tendo como enfoque as pesquisas realizadas, exponho que a Manutenção criacondições favoráveis para que os colaboradores estejam motivados a trabalhar e,consequentemente, protegidos de possíveis riscos inerentes ao trabalho. Então, cabe aoRH à obrigação ou o trabalho de implantar ferramentas ou suportes condizentes com assuas necessidades com o intuito voltado para a satisfação das necessidades individuaisde seus colaboradores.ConclusãoEm virtude dos fatos mencionados somos levados a acreditar que a área deRecursos Humanos determina toda a estrutura ou organização de uma empresa. Amesma está direcionada para um departamento que tem a responsabilidade de seleção,empregabilidade, desenvolvimento, compensação, manutenção, além de estabelecertoda a comunicação relativa aos funcionários da organização.O RH inclui em suas atividades diversas decisões que são tomadas em prol daprodutividade e organização da empresa, além de formar profissionais capacitados paragerenciar pessoas e lidar com todos os processos relacionados à gestão do quadro defuncionários em sua totalidade.Por fim, uma área que tem a função de estabelecer estratégias, metas e objetivose, que compõe a estrutura óssea de uma organização empresarial, incluindoprofissionais capacitados ecom competências elevadas que têm por objetivo ser a ponteou elo de comunicação entre os colaboradores.
  26. 26. ReferênciasMarketing http://www.docstoc.com/docs/21355035/Os-principais-objetivos-de-marketing-s%C3%A3o http://empresasefinancas.hsw.uol.com.br/planos-de-marketing19.htm http://www.coladaweb.com/marketing/principios-de-marketing http://www.cedet.com.br/index.php?/Tutoriais/Marketing/mix-de-marketing-4-pas-produto-preco-promocao-e-praca.html http://exame.abril.com.br/pme/dicas-de-especialista/noticias/como-funciona-o-marketing-nas-franquias http://www.administradores.com.br/noticias/marketing/a-importancia-das-acoes-de-marketing-para-o-sucesso-das-franquias/49779/Recursos Humanos http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/administracao-negocios/gestao-recursos-humanos-686423.shtml http://www.vw.com.br/pt/institucional/RecursosHumanos.html http://www.significados.com.br/rh/ http://queconceito.com.br/recursos-humanos#ixzz2U3ZwaBbX http://www.knoow.net/cienceconempr/gestao/gestaorecursoshumanos.htm http://rederecursoshumanos.blogspot.com.br/2008/10/funo-dos-recursos-humanos-nas.html http://www.profilerecursoshumanos.com.br/2011/06/15/empregabilidade-uma-exigencia-profissional/ http://www.alessandrogruber.com.br/2010/07/rh-desenvolvimento-organizacional/ http://www.portaladm.adm.br/ARH/arh4.htm http://www.uniriotec.br/~simone/Analise%20Empresarial/Parte%203%20-%20Areas%20Funcionais/5_AreasFuncionais.pdf http://www.coladaweb.com/administracao/processos-de-atracao-desenvolvimento-e-manutencao-em-rh http://pt.scribd.com/doc/35926890/16/Subsistema-de-Manutencao-de-RHFIM!

×