O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Próximos SlideShares
função quadrática
Avançar
Transfira para ler offline e ver em ecrã inteiro.

Compartilhar

Função.quadratica

Baixar para ler offline

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

Função.quadratica

  1. 1.  FUNÇÃO QUADRÁTICA     Chama-se função quadrática, ou  função polinomial do 2º grau, qualquer  função f de IR em IR dada por uma lei da  forma f(x) = ax2 + bx + c, onde a, b e c  são números reais e a ≠ 0.
  2. 2. VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS DE FUNÇÃO QUADRÁTICAS:  f(x) = 3x2 - 4x + 1, onde a = 3, b = - 4 e c = 1  f(x) = x2 -1, onde a = 1, b = 0 e c = -1  f(x) = - x2 + 8x, onde a = -1, b = 8 e c = 0  f(x) = -4x2, onde a = - 4, b = 0 e c = 0
  3. 3. O GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO POLINOMIAL DO 2º GRAU, Y = AX2 + BX + C, COM A ≠ 0, É UMA CURVA CHAMADA PARÁBOLA
  4. 4. Trajetória de um salto de ginástica olímpica
  5. 5.   VAMOS CONSTRUIR O GRÁFICO DA FUNÇÃO Y = X2 + X x y -3 6 -2 2 -1 0 -½ -¼ 0 0 1 2 2 6
  6. 6. Ao construir o gráfico de uma função quadrática y = ax2 + bx + c, notaremos sempre que: •se a > 0, a parábola tem a concavidade voltada para cima; •se a < 0, a parábola tem a concavidade voltada para baixo;
  7. 7. EXERCÍCIOS  1-Construa o gráfico das funções abaixo no papel milimetrado:  F(x) = x² - 4  F(x) = 1 – x²  2-Confira seus gráficos no geogebra:
  8. 8. ZEROS OU RAÍZES Chama-se zeros ou raízes da função polinomial do 2º grau f(x) = ax2 + bx + c , a ≠ 0, os números reais x tais que f(x) = 0. Então as raízes da função f(x) = ax2 + bx + c são as soluções da equação do 2º grau ax2 + bx + c = 0, as quais são dadas pela chamada fórmula de Bháskara:
  9. 9. A quantidade de raízes reais de uma função quadrática depende do valor obtido para o radicando ∆ = b² - 4.a.c, chamado discriminante, a saber:  Quando ∆ é positivo, há duas raízes reais e distintas;  Quando ∆ é zero, há só uma raiz real;  quando ∆ é negativo, não há raiz real
  10. 10. Duas raízes diferentes
  11. 11. Duas raízes iguais
  12. 12. Nenhuma raiz real
  13. 13. EXERCÍCIOS  1-Calcule os zeros das seguintes funções: a)f (x) = x² – 3x – 10 b)f (x) = – x² – x + 12  2-Confira as raízes(ou zeros) no geogebra:
  14. 14. Exercícios     1-Represente graficamente as funções no papel milimetrado: a)f(x) = x² + 5x +4 b)f(x) = - x² + 2x 2-Sendo f(x) = 2x² - 3x +1 calcule: a)f(0) b)f(1) c)f(2) d)f(5) – f(-5)  3-Determine o valor de m para que f(x)= (2m -5)x² +3x tenha concavidade voltada para cima.  4-Calcule o valor de m para que f(x) = -4x² +5x – m +1 tenha uma única raiz real
  15. 15. Coordenadas do vértice da parábola Em qualquer caso, as coordenadas de V são (-b / 2.a , - ∆ / 4.a) Veja os gráficos:
  16. 16. Quando a > 0, a parábola tem concavidade voltada para cima e um ponto de mínimo V
  17. 17. Quando a < 0, a parábola tem concavidade voltada para baixo e um ponto de máximo V.
  18. 18. EXERCÍCIOS  1-Encontre as coordenadas do vértice para cada função quadrática em seguida confira no geogebra:  a) y = x² - 4x + 3  b) y = -x² + 2x + 3
  19. 19. CONSTRUÇÃO DA PARÁBOLA É POSSÍVEL CONSTRUIR O GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO DO 2º GRAU SEM MONTAR A TABELA DE PARES (X, Y), MAS SEGUINDO APENAS O ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO SEGUINTE:
  20. 20.  O valor do coeficiente a define a concavidade da parábola;
  21. 21.  O valor do coeficiente a define a concavidade da parábola;  Os zeros definem os pontos em que a parábola intercepta o eixo dos x;
  22. 22.  O valor do coeficiente a define a concavidade da parábola;  Os zeros definem os pontos em que a parábola intercepta o eixo dos x;  O vértice V indica o ponto de mínimo (se a > 0), ou máximo (se a< 0);
  23. 23. O valor do coeficiente a define a concavidade da parábola;  Os zeros definem os pontos em que a parábola intercepta o eixo dos x; O vértice V indica o ponto de mínimo (se a > 0), ou máximo (se a< 0); A reta que passa por V e é paralela ao eixo dos y é o eixo de simetria da parábola;
  24. 24.  O valor do coeficiente a define a concavidade da parábola;  Os zeros definem os pontos em que a parábola intercepta o eixo dos x;  O vértice V indica o ponto de mínimo (se a > 0), ou máximo (se a< 0);  A reta que passa por V e é paralela ao eixo dos y é o eixo de simetria da parábola;  Para x = 0 , temos y = a · 02 + b · 0 + c = c; então (0, c) é o ponto em que a parábola corta o eixo dos y.
  25. 25. Construa os gráficos abaixo e em seguida confira no geogebra:  F(x) = x² – 2x +1  F(x) = x² - 2x  F(x) = x² + 2x + 4
  26. 26. SOLUÇÃO: a) a=1 ,concavidade para cima  ∆=0 , x’ = x” =1  V=(1,0) b)  a=1 ,concavidade voltada para cima  ∆=4 >0 ,x’=0 e x”=2  V=(2,-1) c)  a=1 ,concavidade voltada para cima  ∆=-12 <0 , não tem raiz real  V=(-1,3) 
  • AndersonBetuel

    May. 14, 2020
  • elyvelton

    Apr. 9, 2020
  • thiagocosta354

    Jan. 24, 2020
  • LucasPereira624

    Nov. 15, 2019
  • CarmemlciaFonsecaFon

    Jun. 20, 2019
  • D0ugl42

    May. 8, 2019
  • TiagoBarros86

    May. 8, 2019
  • FefeCabanhas

    Oct. 22, 2018
  • overbitis

    Dec. 18, 2015
  • marcelomartins7798

    Dec. 3, 2014

Vistos

Vistos totais

15.136

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

21

Ações

Baixados

526

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

10

×